sexta-feira, outubro 22, 2021

Prefeitura de Amambai e empresa terceirizada estão finalizando ponte de concreto na região da fazenda Alexandria

0

A ponte de concreto armado sobre o Rio Moroti na região da fazenda Alexandria está em sua fase final, focando agora na concretagem das faixas de rolamento e últimos ajustes. Recentemente a Prefeitura de Amambai, com seus equipamentos, construiu os aterros de acesso e a adequação de rampagem, restando poucos trabalhos para essa conclusão.

Obra de número 147 da atual gestão, viabilizada após um longo trabalho da Defesa Civil Municipal e Estadual e também da Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, irá resolver um antigo e constrangedor problema em uma região rica em produção e estratégica para o agronegócio amambaiense.

Amambai vem passando por uma transformação da sua base produtiva de pecuária para agricultura, expandindo cada vez mais as áreas de plantio, o que fortalece junto ao comércio local a nossa economia.

Nos últimos anos, já foram construídas no município, mais de 13 pontes de concreto e outras ainda estão em fase de viabilização de recursos e projetos, fundamentando uma conquista para essa gestão que tem foco em oferecer as condições de acesso as estradas rurais.

O prefeito Dr. Bandeira afirmou que está empenhado em levar a estrutura necessária para que mulheres e homens produtores sintam segurança em investir nas suas propriedades, gerando emprego e renda para a população. “Agradeço imensamente a Ministra Tereza Cristina que nunca mede esforços para ajudar Amambai no que lhe é tangível, é bom poder contar com uma pessoa tão inefável”, disse ele.

PM recupera trator furtado e prende um homem

0

Na manhã desta quinta-feira (21/10), uma Equipe Policial Militar de Sanga Puitã/4º BPM realizava patrulhamento ostensivo preventivo no distrito, quando por volta das 6h45, um homem de 41 anos informou aos policiais que o seu trator Valtra BM 125, 4X4, de cor amarela, tinha sido furtado na manhã desde dia.

A vítima foi orientada a registrar o fato junto as autoridades paraguaias, enquanto isso a equipe policial prosseguiu ao patrulhamento, no intuito de localizar a máquina agrícola. Algum tempo depois os Policiais Militares visualizaram o veículo saindo do Paraguai e adentrando em território brasileiro, imediatamente o trator foi alcançado e abordado, os autores saíram correndo desobedecendo ordem de parada, os policiais conseguiram capturar um dos autores, que resistiu à prisão, o segundo autor adentrou no território paraguaio e refugiou-se em um matagal, no entanto foi reconhecido.

O autor de 33 anos, de nacionalidade brasileira recebeu voz de prisão, o autor, o trator e a vítima foram encaminhados até o 2º Distrito Policial de Ponta Porã para as providencias cabíveis.

Veículo com mercadorias contrabandeadas é apreendido na MS-386

0

Na noite de ontem (20), uma equipe Policial Militar do 4º BPM/CPA 1, integrante da Operação Hórus, realizava patrulhamento ostensivo preventivo na região da divisa dos municípios de Ponta Porã, Aral Moreira, Amambai e Laguna Carapã, quando prendeu um veículo com produtos contrabandeados.

De acordo com informações policiais, por volta das 23h50, a polícia abordou um veículo VW Gol, com placas de Laguna Carapã, na rodovia MS-386, próximo ao Posto Taji.

Durante a revista no interior do veículo foi encontrado diversas mercadorias de origem estrangeira, 200 receptores de tv, 25 pacotes de essência de narguilé, 50 assistentes virtuais, seis máquinas de solda, 27 pacotes de cigarro.

O motorista de 44 anos não apresentou a devida documentação de arrecadação fiscal de impostos junto à Receita Federal do Brasil. As mercadorias e o veículo foram apreendidos e encaminhados até a Receita Federal.

Reajuste salarial de servidores administrativos da SED ficará entre 14% e 23%

0

O reajuste salarial dos servidores administrativos da SED (Secretaria de Estado de Educação) vai ser fixado entre 14% e 23%. A informação foi confirmada pela vice-presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Deumeires Morais.

As negociações foram conduzidas pelos secretários de Infraestrutura, Eduardo Riedel, e de Administração e Desburocratização, Ana Carolina Araujo Nardes. De acordo com a Fetems, o projeto de lei com os números negociados será enviado para a Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul) ainda neste mês de outubro, com os repasses para os contracheques a partir de janeiro de 2022.

“Ficou confirmado, também, a incorporação no salário das carreiras do abono salarial de R$ 200 e do vale-alimentação de R$ 100. Esta era uma reivindicação antiga, de mais de cinco anos, que vai beneficiar os servidores aposentados. Considerando o quadro econômico recessivo, avaliamos a negociação como satisfatória”, afirmou Deumeires.

Bolsonaro promete ajuda a caminhoneiros autônomos ‘para compensar aumento do diesel’

0

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o governo federal concederá uma ajuda aos caminhoneiros autônomos diante da alta no preço do diesel. Bolsonaro falou durante evento em Sertânia, no estado de Pernambuco, nesta quinta-feira (21).

Segundo o presidente, cerca de 750 mil caminhoneiros deverão receber a ajuda do governo federal. Bolsonaro, no entanto, não deu detalhes de como o auxílio acontecerá.

“Os números serão apresentados nos próximos dias. Vamos atender aos caminhoneiros autônomos. Em torno de 750 mil caminhoneiros receberão ajuda para compensar aumento do diesel”, disse.

Nas últimas semanas, grupos de caminhoneiros têm se articulado para uma nova paralisação diante da alta no preço diesel.

“Fazemos isso porque é através deles que as mercadorias e alimentos chegam aos quatro cantos do Brasil. São momentos difíceis, mas ninguém vai ficar para trás”, disse o presidente.

O mercado financeiro, que já reagia à ameaça do fim do teto de gastos, intensificou o temor após a declaração de Bolsonaro. Pouco depois das 15 horas, o Ibovespa operava em queda de 4,58%, aos 105.713 pontos. Já o dólar spot subia 1,51%, cotado a R$ 5,6814, batendo novo recorde no dia.

Mais cedo, durante um evento na Paraíba, Bolsonaro falou sobre o valor de R$ 400 para o Auxílio Brasil, programa social que vai substituir o Bolsa Família, e voltou a afirmar que “ninguém está furando o teto” de gastos.

“Temos aproximadamente 16 milhões de pessoas do Bolsa Família. O tíquete médio do Bolsa Família é de cerca de R$ 192. Se o médio é R$ 192, tem muita gente ganhando R$ 40,50. Nós decidimos passar todos para, no mínimo, R$ 400. Isso tudo com responsabilidade. Ninguém está furando o teto não.”

Mortos em queda de helicóptero com cocaína na fronteira são identificados

0

Foram identificados como Matheus Henrique dos Santos Venâncio, 20, Pedro Augusto Boim, 24, os mortos na queda do helicóptero modelo Robinson R66 Turbine Prefixo PR ITT, em uma fazenda em Ponta Porã, nesta quarta-feira (20).

Conforme o Ponta Porã News, Pedro Augusto era morador em Rancharia no interior paulista e é quem pilotava a aeronave.

Os corpos foram identificados nesta manhã, diante de constatações das mães dos jovens, no IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã. As mulheres que vieram do interior paulista,  para a região, estão muito abaladas e estão sendo ouvidas pela polícia civil nesta manhã.

O caso está sendo investigado pela Dracco -Departamento de Repressão a Corrupção e ao Crime Organizado da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul- .

Ainda conforme o Ponta Porã News, o helicóptero consta no Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), em nome de uma empresa imobiliária, sediada em Taubaté, interior  paulista e estava com registros e licenças em dia.

Helicóptero com cocaína que caiu em MS foi vendido pela família de Mazzaropi à empresa goiana

Há uma semana, venda foi protocolada na Anac e aeronave não pertence mais à família do ator

Danielle Errobidarte

 

None
(Foto: Divulgação/ Choque)

O helicóptero carregado com 246 quilos de cocaína, que explodiu e caiu em uma fazenda de Ponta Porã, nesta quarta-feira (21), já pertenceu à família do ator e cineasta brasileiro Amácio Mazzaropi, e foi vendido em julho deste ano. Há uma semana, na última quinta-feira (14), a documentação de venda foi protocolada na Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, a negociação foi feita no dia 27 de julho com uma construtora com sede em Parauna, interior de Goiás. A empresa informou que a venda da aeronave foi comunicada à Anac há cerca de uma semana, no dia 11 deste mês. A documentação de transferência foi feita no dia 14 de outubro.

A SPE 8 MZ Negócios Imobiliários, empresa que administra o espólio de Mazzaropi, informou em nota que a empresa não tem relação com o atual dono do helicóptero. “Deixamos expressamente consignado que nossa empresa — assim como qualquer empresa ou pessoa participante do nosso grupo — não possui qualquer relação com o atual dono da aeronave, nem com o uso da mesma após a venda”, diz a nota.

[Colocar ALT]
Mazzaropi morreu de câncer em 1981 (Foto: Agência Brasil)

O hotel-fazenda que leva o nome do cineasta brasileiro Amácio Mazzaropi fica na cidade de Taubaté, no interior de São Paulo, há 13 anos. O ator morreu em 13 de junho de 1981, vítima de um câncer na medula óssea, aos 69 anos.

Durante três décadas de atuação, ele interpretou 32 personagens e também atuou como produtor. O mais famoso deles, Jeca, do filme Jeca Tatu, foi lançado em 1959.

Corpos identificados

As duas vítimas, que morreram carbonizadas após a queda, foram identificadas como Matheus Henrique dos Santos Venâncio, de 20 anos, e Pedro Augusto Boim, de 24 anos, moradores de Rancharia, no interior paulista. Os corpos foram identificados nesta manhã pelas mães deles no IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã. As mulheres vieram do interior paulista e muito abaladas reconheceram os filhos. Elas estão sendo ouvidas na Polícia Civil.

O caso está sendo investigado pelo Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) e todas as informações colhidas serão repassadas para Campo Grande. O helicóptero Robinson R66 Turbine prefixo PR ITT consta no RAB (Registro Aeronáutico Brasileiro) em nome de uma empresa imobiliária sediada em Taubaté no interior paulista.

A aeronave estava em plenas condições de voo no que diz respeito a registros e licenças. Segundo a delegada do Dracco, Ana Cláudia Medina, os exames periciais e papiloscópicos já foram solicitados.

O secretário de Segurança Pública de Ponta Porã, Marcelino Nunes de Oliveira, afirmou que os funcionários encontraram a aeronave já totalmente carbonizada e dois corpos ao redor. “De imediato eles nos avisaram por meio do 153, da GCM-Fron (Guarda Civil Metropolitana da Fronteira), e contatamos outras forças de segurança”, relatou.

DOF prende dois homens com mais de 40 kg de maconha e haxixe próximo à Fazenda Campanário

0

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam no final da manhã desta quarta-feira (20), próximo à Fazenda Campanário, dois homens que seguiam com maconha e haxixe em um ônibus na MS-156.

Durante a abordagem ao coletivo, foram localizados com um dos autores, de 37 anos, o total de 3.4 quilos maconha e mais de um quilo de haxixe. Ele afirmou aos policiais que comprou a droga em Coronel Sapucaia por R$ 3 mil e levaria até a cidade de Bauru (SP).

Já com o segundo preso, de 22 anos, foram encontrados em duas malas, mais de 36 quilos de maconha. Ele disse aos policiais que pegou o entorpecente na rodoviária de Paranhos e levaria até Campo Grande e que receberia R$ 2 mil.

A ação que resultou nas duas prisões ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública. Os autores e as drogas foram entregues à Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira (DEFRON) em Dourados.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

FUTEBOL

0

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O Athletico-PR cedeu o empate nos acréscimos e ficou no empate por 2 a 2 com o Flamengo na noite desta quarta-feira na Arena da Baixada, em Curitiba, pela rodada de ida das semifinais da Copa do Brasil. Com o resultado quem ganhar o duelo de volta avança.

O confronto de volta será na próxima quarta-feira no Maracanã e nova igualdade forçará a disputa de pênaltis.

O jogo estava equilibrado quando o Flamengo abriu o placar aos 14 minutos. Thiago Maia aproveitou confusão após cobrança de falta de Éverton Ribeiro, dominou a bola na altura da marca do pênalti e chutou sem chances para o goleiro Santos.

Após o gol o Flamengo dominou as ações. Por muito pouco não aproveitou para ampliar aos 20 minutos. Gabigol fez boa jogada individual e chutou para grande defesa do goleiro do Furacão. Santos voltaria a salvar seu time no minuto seguinte, ao salvar cabeçada de Willian Arão.

O Furacão só deu sinal de vida aos 39 minutos. Após cobrança de escanteio, Erick cabeceou e Diego Alves fez a sua primeira grande defesa no jogo.

Logo aos dois minutos do segundo tempo o Furacão empatou. Após cobrança de escanteio Pedro Henrique mandou a bola, de cabeça, para o fundo da rede.

Quem esperava um jogo mais equilibrado se enganou. O Flamengo seguiu mais forte no campo de ataque. Aos dez minutos Michael recebeu aberto na esquerda, puxou para o meio e bateu firme de direita para fora.

O Flamengo se movimentava muito na frente. Mas mesmo assim tinha problemas para furar a defesa rival. Além disso não conseguia neutralizar a jogada aérea do rival. Assim viu o Furacão chegar ao segundo gol aos 25 minutos. Abner cruzou e Renato Kayzer mandou a bola para o fundo da rede.

Após o gol o Flamengo sentiu o golpe e passou a errar muitos passes. Mesmo com espaço, o Furacão, mais preocupado em marcar, não conseguia criar jogadas para matar o jogo. Assim a partida perdeu em qualidade. Melhor para o Furacão, que segurou a vantagem até o fim.

No último lance do jogo Rodrigo Caio foi atingido na área. Com a ajuda do VAR Luiz Flávio de Oliveira marcou o pênalti. Pedro bateu e definiu o placar.

As duas equipes voltam a campo no sábado pelo Campeonato Brasileiro. O Flamengo faz o clássico carioca da 28ª rodada contra o Fluminense. O jogo será no Maracanã às 19h(de Brasília). Um pouco mais tarde, às 19h15(de Brasília), o Furacão visita o Fortaleza no Nordeste.

Atlético-MG ‘amassa’ o Fortaleza e fica muito perto da final


Atlético-MG ‘amassa’ o Fortaleza e fica muito perto da final Foto: Fernando Moreno

O Atlético-MG está muito perto da sua segunda final de Copa do Brasil ao golear o Fortaleza por 4 a 0, gols de Arana, Réver, Hulk e Zaracho, nesta quarta-feira, 20 de outubro, no Mineirão, pelo jogo de ida das semifinais da competição mata-mata.

Com o resultado, o Galo pode perder por até três gols de diferença, que vai disputar a grande decisão contra Flamengo ou Athletico-PR.

Em um primeiro tempo avassalador, time mineiro não tomou conhecimento do Leão do Pici, que parecia não estar em campo, tamanha apatia diante do Atlético, que impôs um ritmo alucinante ao jogo, não dando qualquer chances de reação aos cearenses.

O goleiro Everson foi mero expectador na maior parte do duelo, que se desenhava equilibrado, mas acabou sendo um concerto de uma única equipe no Gigante da Pampulha.

Começo de Gala, Atlético-MG arrasador

Os três primeiros gols do Atlético saíram com 40 minutos de jogo, com Arana, um lindo gol de fora da área, Réver e Hulk, que chegou ao quinto gol na Copa do Brasil se tornando um dos artilheiros, ao lado de Rigoni, do São Paulo e Rossi, do Bahia. Mas, se o time alvinegro tivesse forçado mais, faria o quarto e o quinto ainda na etapa inicial. A equipe de Vojvoda estava irreconhecível, sem nenhum esboço do time que surpreende o país com bela campanha no Brasileirão e a chegada na semifinal da Copa do Brasil.

Dois são presos e 4 veículos apreendidos em MS durante operação contra quadrilha de ex-deputado

0

Dois homens foram presos durante cumprimento de mandados da Operação Vikare, deflagrada pelsa Polícia Federal nesta quarta-feira (20), em Campo Grande e em Aral Moreira, a 372 quilômetros. Ao todo foram três veículos apreendidos e seis mandados, incluindo busca e apreensão e prisão, no Estado. A terceira cidade alvo em MS era Paranhos.

Não foram apreendidos valores em espécie no Estado. Contudo, na Capital, foram levados pelos agentes um carro Nissan March, uma motocicleta BMW e um carro também da marca BMW. Em Paranhos, uma caminhonete Chevrolet S10 foi apreendida.

Os seis mandados incluiam uma busca e apreensão de veículo em Paranhos, duas buscas e apreensões em Campo Grande e uma prisão preventiva, além de uma busca e apreensão e um mandado de prisão em Aral Moreira.

Em todo o Brasil foram cumpridos 51 mandados de busca, 16 de prisão e 37 veículos apreendidos. Nas cidades de Foz do Iguaçu-PR, São Paulo-SP, Sorocaba-SP, Manaus-AM e Macapá-AP também houve apreensão de R$ 769.500,00 ao todo, em espécie.

As investigações apontavam para o grupo criminoso que usava o estado do Amapá como base operacional de suas atividades relacionadas à importação e transporte de drogas, por meio de aeronaves a serem distribuídas para diferentes pontos do País. Também foi descoberto que a organização criminosa possuía na estrutura, mecânicos de aeronaves, pilotos, operadores financeiros responsáveis por transacionar os valores obtidos pelas atividades ilícitas, além de terceiros que recebiam quantias em contas pessoais e de empresas, cujo objetivo era dar aparência de licitude aos valores obtidos com a prática criminosa.

Empresas de ‘fachada’ de outros estados participavam do esquema para ocultar e mesmo dissimular o dinheiro amealhado ilegalmente. No Amapá, foram cumpridos quatro mandados de busca e dois mandados de prisão preventiva, em empresas e duas residências localizadas em Macapá, também em um aeródromo particular.

Investigação

A investigação começou em maio de 2020, no Amapá, quando suspeitaram de movimentações de aeronaves na região. Foram descobertos destroços de um avião de pequeno porte, que ficou atolado em uma região no município de Calçoene/AP. Este estava, em grande parte, destruído por um incêndio. Os policiais ainda perceberam que o avião estava adaptado para transportar drogas, semelhante ao que é feito com outros apreendidos em ações policiais Brasil afora.

Os investigadores levantaram informações de que outra aeronave pousou no mesmo local e resgatou os tripulantes e a carga. Ainda foi descoberto que o proprietário do avião foi preso em julho do mesmo ano, no Paraguai, enquanto pousava outra aeronave carregada com 425 kg de cocaína. A aeronave de pequeno porte utilizada para resgate das pessoas e carga, que havia caído em Calçoene/AP, em março, fora vendida a outro indivíduo. Este, em novembro de 2020, também foi preso em flagrante na cidade de Ipixuna/PA, próximo a Paragominas/PA, transportando 450 kg de “skunk”, logo após deixar Macapá, saindo de um aeródromo desta capital.

No Amapá, a Polícia Federal encontrou indícios de que este aeródromo fornecia apoio logístico, como combustível, para a aeronave fazer esses voos aos demais estados brasileiros, bem como a outros países fornecedores da droga, como Colômbia e Venezuela. O local também foi utilizado como ponto de apoio para realização dos preparativos da aeronave de modo a deixá-la em condições para voar com autonomia para longas distâncias e assim trazer a maior quantidade de drogas possível.

Uma das empresas investigadas foi constituída no ramo de cosméticos, sob a administração de uma mulher de origem colombiana, residente em Sorocaba, São Paulo, o que facilitava o acesso a produtos químicos usados no refino de drogas. Constataram-se indícios de que a suspeita já havia sido presa em 2012, por tráfico de drogas, e era a principal responsável pelo fornecimento de drogas da organização criminosa. A investigação revelou também que uma empresa do ramo de venda de peixes no Rio de Janeiro foi identificada como integrante da organização criminosa, cuja atuação consistia em esconder as drogas no meio da carga de peixe, na tentativa de dificultar o trabalho da polícia.

Carros de luxo apreendidos

Além dos mandados de prisão e de busca e apreensão, a Justiça Federal no Amapá, após representação da Polícia Federal, ainda impôs medidas de sequestro de bens, direitos e valores de 68 pessoas físicas e jurídicas: 95 veículos, entre carros, caminhões e motos, boa parte de luxo, com proibição da transferência de propriedade; 3 aeronaves com indisponibilidade e restrição de uso; 19 embarcações com indisponibilidade e restrição de uso; indisponibilidade de diversos imóveis em nome de 41 pessoas físicas e jurídicas; bloqueio de ativos financeiros de pessoas físicas e jurídicas que chegam ao montante de R$ 5,8 milhões. Os valores são individuais, ou seja, aplicados a cada envolvido.

Trabalhador com acesso gratuito à Justiça não paga honorários, decide STF

0

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubaram nesta quarta-feira, 20, o trecho da reforma trabalhista de 2017 que obrigava beneficiários da Justiça gratuita a pagarem honorários advocatícios e periciais. O julgamento foi decidido por 6 votos a 4. Em votação paralela, os ministros decidiram por 7 votos a 3 que a cobrança só será possível caso o beneficiário não compareça à primeira audiência e não apresente justificativa em 15 dias.

A ação foi apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), com questionamentos quanto à constitucionalidade do dispositivo em vigor pela reforma trabalhista. A PGR defendeu que o trecho da lei violava o direito fundamental dos trabalhadores pobres de terem acesso à gratuidade no acesso à Justiça trabalhista, além de violar outras questões processuais

A tese vencedora do julgamento foi apresentada pelo ministro Alexandre de Moraes, que defendeu em partes o posicionamento da PGR. O magistrado disse ser inconstitucional a cobrança de honorários periciais e advocatícios, mas reconheceu a legalidade da cobrança dos custos caso o trabalhador falte na primeira audiência sem apresentar justificativa no prazo de 15 dias.

O voto de Moraes foi acompanhado pelos ministros Dias Toffoli, Edson Fachin, Ricardo Lewandowski e pelas ministras Cármen Lúcia e Rosa Weber. Ficaram vencidos os ministros Luiz Fux, Gilmar Mendes, Kassio Nunes Marques e Luís Roberto Barroso.

A ministra Rosa Weber argumentou que “as medidas legais restringem a essência do direito fundamental dos cidadãos pobres de acesso gratuito à Justiça do Trabalho em defesa dos seus direitos”. Ela defendeu que a retirada da assistência jurídica gratuita não fará com que a judicialização dos casos envolvendo questões trabalhistas diminuam.

Na outra tese julgada sobre a ausência do trabalhador na audiência inaugural e o prazo para justificativa, votaram a favor os ministros Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Roberto Barroso, Nunes Marques, Gilmar Mendes e Luiz Fux e pela ministra Cármen Lúcia.