Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/correiod/public_html/index.php:1) in /home/correiod/public_html/mainfile.php on line 168
=:Correio da Fronteira:=

 Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
9642677
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




chacina em caarapó
Diversos

Quatro pessoas são executadas em chacina ocorrida na Santa Maria em Caarapó

A polícia acredita que as execuções trata-se de um acerto de contas, ligado ao tráfico de drogas.

CaarapoNews


Perícia acredita que 3 armas de calibres diferentes possam ter sido utilizadas nos crimes (Foto: Maycon Chaves/CaarapoNews)

Quatro pessoas foram assassinadas na noite desta terça-feira (31) em frente uma residência, localizada na rua XV de Novembro, próximo a comunidade Santa Maria, em Caarapó.

Conforme informações apuradas peloCaarapoNews, por volta das 22 horas, três homens teriam chegado em um carro escuro, dois deles desceram armados e começaram atirar contra as pessoas que estavam em frente à casa. 

Sebastião Correia (39), o goleiro "Tiãozão" como era conhecido, foi alvejado e morreu em frente à casa. Ramão Roa Lima (27), o "Lebre",  tentou fugir mais foi alcançado e executado. Uma moça, Leonéia Vieira de Jesus, também foi atingida e morreu em frente ao portão da residência. E a quarta vítima, Alex Sandro Pereira Bueno (29), morreu dentro da casa, em cima do sofá onde dormia. Os disparos, em sua maioria, foram efetuados na cabeça das vítimas.

Um rapaz que dormia no quarto conseguiu se esconder embaixo da cama e não foi encontrado pelos assassinos. 

A polícia acredita que as execuções teriam sido motivadas por um acerto de contas ligado a dívidas com o tráfico de drogas e que possivelmente foram utilizados no crime 3 tipos de armas diferente, sendo uma pistola 380, uma pistola calibre 22 e um revólver calibre 38.

 

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS
Diversos

Quadrilha invade posto 
de combustíveis e explode 
dois caixas eletrônicos

Imagens das câmeras de segurança do posto serão utilizadas nas investigações

Cinco bandidos armados explodiram na madrugada desta quarta-feira (1º) dois caixas eletrônicos instalados no Posto Prudentão, localizado na cidade de Bataguassu. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos invadiram o estabelecimento, renderam os funcionários e detonaram os equipamentos. A lanchonete e o restaurante ficaram destruídos na ação que durou cerca de 5 minutos.

O bando chegou no local em um veículo Honda Civic e rendeu primeiro os frentistas e o funcionário que fica no caixa do posto de combustíveis. Em seguida, os trabalhadores foram levados para o interior da lanchonete, onde os demais funcionários foram rendidos. Todos foram levados para o pátio do posto.

Os bandidos então utilizaram explosivos para abrir os dois caixas eletrônicos, que ficam no restaurante. Segundo um dos funcionários, a todo instante os marginais ameaçavam os trabalhadores com as armas de fogo.

A informação de uma das vítimas é de que os bandidos utilizavam roupas da Polícia Civil. Na fuga, que ocorreu pela BR-267, os marginais teriam efetuado disparo.

Danos
Por conta das explosões, as instalações do prédio ficaram danificadas e vidros foram quebrados. O valor levado pelos ladrões não foi divulgado.

As imagens das câmeras de monitoramento do posto serão utilizadas nas investigações e devem auxiliar na identificação da quadrilha.

 

Quatro são executados com tiro na cabeça e motivo pode ser dívida com tráfico de drogas

Polícia acredita que as execuções foram motivadas por acerto de contas ligado a dívida com o tráfico de drogas

Quatro pessoas foram executadas com tiros na cabeça na noite desta terça-feira (31) em frente a uma residência localizada na Rua XV de Novembro, próximo a comunidade Santa Maria, em Caarapó.

Por volta das 22h, três homens chegaram em um carro, dois deles desceram armados e atiraram contra as pessoas que estavam em frente à casa.

Sebastião Correia, de 39 anos, morreu no local. Ramão Roa Lima, 27 anos, tentou fugir, mas foi alcançado e executado. Uma jovem identificada apenas como Juliana, também foi atingida e morreu em frente ao portão da residência. A quarta vítima, Alex Sandro Pereira Bueno, de 29 anos, morreu em um sofá, no interior da casa. Todos os disparos foram efetuados na cabeça das vítimas.

Um rapaz, irmão de Ramão, que dormia no quarto conseguiu se esconder embaixo da cama e não foi encontrado pelos assassinos. Conforme a polícia, a mãe de Ramão também conseguiu se esconder dos autores.

A polícia acredita que as execuções foram motivadas por um acerto de contas ligado a dívida com o tráfico de drogas. Outra suspeita é de que foram utilizados no crime 3 tipos de armas de fogo, sendo uma pistola, um revólver calibre .22 e outro calibre .38.

Carreta com minério tomba em rodovia e motorista fica ferido

Carreta tombou quando motorista tentou desviar de um animal na pista

Uma carreta carregada com minério tombou na manhã desta quarta-feira (1º) na rodovia MS-338, entre as cidades de Bataguassu e Santa Rita do Pardo. O condutor Rafael Oliveira ficou ferido.

Segundo informações de testemunha, o motorista perdeu o controle da direção da carreta depois que um animal atravessou a pista. Ele tentou desviar e o veículo tombou em uma das margens da rodovia.

O motorista Rafael, que saiu de Cuiabá (MT) e seguia para o Rio de Janeiro (RJ), sofreu ferimentos, foi socorrido e encaminhado a Santa Casa de Bataguassu.

Nomeações de parentes de deputado e conselheiro 
mostram nepotismo cruzado

Rinaldo foi alvo de críticas pela nomeação de filhos e agora por acolher irmã de Waldir

Num mesmo período a Assembleia Legislativa e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS) trocaram nomeações em favor de parentes do deputado estadual Rinaldo Modesto (PSDB) e do conselheiro Waldir Neves Barbosa.  O caso, caracteriza nepotismo cruzado e pode mobilizar o Ministério Público Estadual  (MPE), a abrir investigação para recomendar a demissão dos parentes.

Coincidentemente, em menos de um mês, dois filhos de Rinaldo foram nomeados no TCE, enquanto a irmã do conselheiro teve contratação firmada no gabinete do parlamentar, no Legislativo estadual.

No dia 13 de fevereiro, Felipe Nunes Modesto de Oliveira foi contratado como prestador de serviços no Tribunal, com remuneração que poderia chegar a R$ 12 mil por mês. Vinte dias depois, sua irmã, Caroline Daniele Macena de Oliveira Rosa foi nomeada como assessora de gabinete, com salário de R$ 4.381,65. 

Na mesma época, especificamente no dia 2 de março, saiu no Diário Oficial da Assembleia, publicação referente à contratação de Vanda Neves Barbosa como assessora de gabinete de Rinaldo. O cargo prevê remuneração mensal de aproximadamente R$ 2,5 mil.

Situação do Instituto Mirim 
será debatida em audiência

A Câmara Municipal de Campo Grande realiza na próxima segunda-feira (6), a partir das 14h, audiência pública para debater a situação do Instituto Mirim de Campo Grande.

O debate foi convocado pela Comissão Permanente de Legislação, Justiça Redação Final da Casa de Leis, composta pelos vereadores Airton Saraiva (presidente), Paulo Pedra (vice), Otávio Trad, Alex do PT e Vanderlei Cabeludo, e será realizado no Plenário Oliva Encisco.

Serviço
A Câmara Municipal está localizada na Avenida Ricardo Brandão, n° 1.600, Bairro Jatiuka Park.

Bandidos quebram vidraça 
de loja e furtam produtos

Da loja foram subtraídos produtos, como óculos, roupas e bebidas

Uma loja de artigos importados, localizada na Travessa Bela Vista, no centro de Bataguassu, foi furtada por criminosos na madrugada desta quarta-feira (1º).

Bandidos quebraram um cadeado e o vidro do estabelecimento. Da loja foram subtraídos produtos, como óculos, roupas e bebidas.

Equipe da Polícia Militar (PM) fez buscas pela região, mas nenhum suspeito foi preso. O caso será apurado por investigadores da Polícia Civil.

Previsão é de céu nublado nesta quarta-feira no Estado

A previsão do tempo para esta quarta-feira (1º) em Mato Grosso do Sul é de céu parcialmente nublado, com possibilidade de diminuição de chuvas nas regiões centro-sul e centro leste. Na região norte a possibilidade de chuva ainda existe, porém o volume deve ser baixo.

De acordo com o Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul (Cemtec) as temperaturas devem permanecer estáveis, com a mínima variando entre 20ºC e 23°C. Caracol e cidades próximas registram as temperaturas mais elevadas do Estado, 35ºC.

Em Campo Grande a previsão é de sol e céu com poucas nuvens. Pela manhã a temperatura fica em 20ºC e a tarde a máxima varia entre 30ºC e 31ºC.

Homem morre em pronto socorro da Capital depois 
de se envolver em acidente

João Vargas dos Santos, de 66 anos, morreu por volta das 23h30min desta terça-feira (31), no pronto socorro da Santa Casa, em Campo Grande, para onde foi encaminhado depois de se envolver num acidente de trânsito que aconteceu na rodovia MS 376, entre as cidades de Guia Lopes da Laguna e Bonito.

No boletim de ocorrência consta que o acidente de trânsito foi provocado pela própria vítima, mas a polícia não descreve a dinâmica do fato. O caso será investigado.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

SENADOR MOKA
Diversos

Moka não descarta concorrer à Prefeitura de Campo Grande em 2016

Senador surge como opção do PMDB na Capital

O senador Waldemir Moka (PMDB) pode acabar escalado pelo PMDB para ser o candidato a prefeito de Campo Grande. O partido sofre para encontrar um nome forte para disputa e pode convocar o senador para cobrir a ausência de André Puccinelli (PMDB), que não pretende ser candidato, e de Marquinhos Trad (PMDB), que não quer continuar no partido.

Moka foi citado como um dos pré-candidatos pelo líder do PMDB na Assembleia, deputado Eduardo Rocha. Na avaliação do deputado, Moka seria um nome muito forte do partido para a disputa, caso Puccinelli e Marquinhos confirmem o desinteresse pela vaga.

Procurado pelo Midiamax, o senador disse que tem como objetivo a reeleição em 2018, mas não descartou a possibilidade de uma candidatura. “Meu projeto político é diferente. É a reeleição em 2018. Claro que se tiver uma convocação, convergência, é diferente. Mas, não estou pensando nisso e nem postulando concorrer à eleição de prefeito de Campo Grande”, declarou.

O senador entende que ainda é muito cedo para fazer um debate em relação a nomes e entende até que o partido tem outras opções antes de chegar ao nome dele. “Neste momento o partido tem opções. Até junho ou julho talvez seja o momento de conversar e definir isso ai. Neste momento não sou candidato. Mas é cedo para este tipo de discussão”, justificou.

Moka é o único senador que não descartou disputar a Prefeitura. Simone Tebet (PMDB) já revelou que pretende continuar no mandato, já que tem oito anos pela frente. Delcídio do Amaral (PT), por sua vez, acabou de perder o Governo do Estado e já anunciou que não será candidato pelo PT em 2016.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIA
Diversos

Caminhão furtado é recuperado na MS 156 entre Caarapó e Amambai


 

(Foto: Divulgação)

A Polícia Militar Rodoviária apreendeu na madrugada de ontem (29), na MS-156, entre Caarapó e Amambai, uma carreta furtada no estado do Paraná.

 

De acordo com informações apuradas, três pessoas foram encaminhadas ao departamento de polícia por volta das 5h da manhã durante fiscalização de rotina, no km 28, da MS 156. Sendo que o primeiro carro abordado foi um Honda Fit, com placas de São Paulo capital.

 

O automóvel era conduzido por um homem de 22 anos, como passageiro estava um homem de 25 anos. Na qual durante uma vistoria minuciosa no veículo os policiais da aproximação de um cavalo trator que trafegava no mesmo sentido que o Honda Fit foi abordado.

 

O veículo também foi abordado e constatou-se que um menor de idade o conduzia, e de imediato o menor confessou que o veículo era roubado e ao continuar a busca no Honda Fit foi encontrado o celular do menor no seu interior.

 

Diante dos fatos, o menor confirmou que ele e os homens estavam juntos no ‘negocio’ e que o veículo seria vendido em Antônio João. Disse ainda aos policiais que a carreta foi furtada em um posto de combustível em Castelo Branco no Paraná e que tinha abandonado o semirreboque em um canavial na mesma cidade. Sendo assim o trio juntamente com os veículos foram encaminhados ao departamento de polícia de Amambai.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Malafaia diz que governo Dilma tirou dos pais a autoridade sobre filhos
Diversos

No programa Vitória em Cristo do último sábado, 28 de março, o pastor Silas Malafaia teceu críticas ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT) por aderir às estratégias do ativismo gay e publicar a resolução que permite a adolescentes usarem os banheiros do sexo oposto nas escolas públicas e privadas.

Reprodução

De acordo com Malafaia, existe por parte da militância homossexual um empenho em fazer as pessoas acreditarem que quem não é a favor da homossexualidade, necessariamente é defensor da violência contra gays, lésbicas e transexuais.

“Nós não estamos aqui para proibir ninguém de ser nada. A questão não é essa. Ok? Se alguém quer ser homossexual, é direito ser. Nós não estamos aqui para concordar com violência contra grupo nenhum, e nem contra homossexuais, nem contra ninguém. Agora, eu, pela Constituição Brasileira, pelo Estado Democrático de Direito, como qualquer um pode criticar a religião de quem quiser, como qualquer um pode criticar o comportamento de quem quiser, tenho o direito de contraditar toda a teoria do ativismo gay”, disse o pastor, referindo-se ao argumento de discriminação de gênero, usado para incentivar o uso de banheiros por pessoas do sexo oposto.

Segundo o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), o que o governo federal se propôs a fazer em defesa dos argumentos usados pelos ativistas gays é uma “esculhambação”.

“Onde é que esses caras desse governo querem chegar?”, questionou o pastor. A resolução permite que meninos e meninas que decidirem usar os banheiros do sexo oposto não precisam da autorização dos pais.

“Querer tirar da família, dos pais, sobre os filhos… Um garoto de 12 anos de idade poder se vestir de mulher, ir à escolha e entrar no banheiro feminino? Onde é que esses caras desse governo querem chegar? Isso é uma afronta à família, uma afronta a autoridade dos pais, é uma esculhambação!”, esbravejou Malafaia.

O pastor ainda sintetizou seu pensamento sobre o caso em um lema: “Família fortes, nação forte; famílias fracassadas, nação sem rumo!”.

08h02

Austrália vaza dados pessoais de Dilma e líderes do G20

(Foto: DIVULGAÇÃO)

Dados pessoais dos líderes mundiais que participaram da cúpula do G20 na Austrália foram divulgados acidentalmente pelos entes do governo responsáveis pela organização do evento. De acordo com o jornal britânico The Guardian, o erro foi cometido pelo Ministério da Imigração do país. Entre as vítimas, estariam o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama; da Rússia, Vladimir Putin; do Brasil, Dilma Rousseff, além do primeiro-ministro britânico, David Cameron; e da chanceler alemã, Angela Merkel.

Um funcionário do ministério teria enviado por engano um e-mail com dados pessoais de todos os líderes políticos aos organizadores da Copa da Ásia de futebol, disputada em janeiro. Segundo o jornal, as informações vazadas continham o nome, data de aniversário, título, nacionalidade, número de passaporte e vistos de cada um dos 31 políticos que estiveram na Austrália para o G20.

"A causa da violação de privacidade é um erro humano", informaram representantes do ministério. "É improvável que as informações tenham caído em domínio público", defenderam, alegando que o erro foi causado por uma confusão no programa Microsoft Outlook. À época da violação, o ministério resolveu não informar os líderes sobre o ocorrido, destacando que os dados divulgados eram poucos e impediam "qualquer risco".

Os 19 países mais poderosos do mundo e a União Europeia (UE) se reuniram em novembro de 2014, na Austrália, para a 9ª Cúpula do G20. A presidente Dilma Rousseff participou do evento, que discutiu temas econômicos, mudanças climáticas, a crise na Ucrânia e a epidemia de ebola.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DINHEIRO
Diversos

14h32Servidores estaduais podem sacar salários no dia 1º de abrilValor aproximado da folha salarial bruta é de cerca de R$ 365 milhões

O pagamento dos servidores públicos de Mato Grosso do Sul referente ao mês de março estará disponível para saque no próximo dia 1º. A informação foi dada pela Secretaria de Estado de Fazenda, responsável por efetuar o pagamento.

O valor aproximado da folha salarial bruta é de aproximadamente R$ 365 milhões, que estarão disponíveis para os cerca de 60 mil servidores públicos, entre ativos e inativos.

Assim, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul mantém o compromisso de realizar o pagamento dos servidores no primeiro dia útil de cada mês.

- 14h17Auditoria sobre herança deixada por Puccinelli sai dia 7Levantamento irá apontar se governo de Puccinelli feriu ou não a LRF

(Foto: Victor Chileno)
O governo de Mato Grosso do Sul apresentará no dia 7 de abril o resultado da auditoria realizada para verificar a situação herdada pela atual administração. A informação foi repassada pelo próprio governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A auditoria foi prometida por Reinaldo antes mesmo dele assumir o governo. A auditoria deverá apontar se o antecessor André Puccinelli (PMDB) feriu ou não a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O atual governador tem reclamado, por exemplo, que Puccinelli não repassou aos bancos dinheiro referente aos empréstimos consignados dos servidores públicos, deixando para trás uma dívida de cerca de R$ 50 milhões.

Reinaldo mencionou que irá apresentar também um levantamento das obras inacabadas. “Vamos apresentar todas as obras contratadas e não concluídas e nosso objetivo é concluir todas porque obra inacabada é prejuízo”, afirmou o tucano segundo relato de sua assessoria com base em entrevistas à imprensa.

A intenção, explicou o governador, é concluir essas obras inacabadas ainda em 2015.  Uma das obras que ficou por terminar é o Aquário do Pantanal que está sendo edificado nos altos da Avenida Afonso Pena. O governador disse que o momento é de crise nacional, mas que o governo do Estado quer reduzir impostos com responsabilidade e conta com a parceria com os poderes, que devolveram parte do duodécimo. (Com informações da assessoria de imprensa do governo do Estado)


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MAIS ESPAÇO
Diversos

'Lobby do batom' pressiona por mais espaço nas chapas e nos legislativos
Divulgação
Ampliar
Mara, Simone e Carla durante o evento em SP
Divulgação
Ampliar
Mulheres querem mais espaço na política
Willams Araújo

Mesmo enfrentando extrema dificuldade devido a fraca atuação das mulheres em campanhas eleitorais, a bancada feminina de Mato Grosso do Sul decidiu encampar movimento em favor da ampliação de sua participação na política. 

Um dos pontos defendidos é ampliar de 30% para 50% a cota de mulheres nas chapas de candidatos aos cargos proporcionais, reivindicação recebida com certa preocupação pelos dirigentes partidários. 

Elas também desejam garantir já nas próximas eleições municipais, que 30% das vagas das casas legislativas de todo o país sejam ocupadas por mulheres.

Particularmente, o presidente regional do PRP, Dorival Betini, disse que é preciso ver primeiro os critérios da proposta defendida pelas lideranças femininas. 

“Temos que saber os critérios. Agora se for para ampliar o número de vagas nas chapas de candidatos para 50% irá dificultar ainda mais a vida dos partidos. Se já é difícil fechar uma chapa com 30% de mulheres, imagine se aumentar”, observou o dirigente. 

Segundo Betini, se a lei tornar obrigatório o fechamento das chapas proporcionais com essa proporcionalidade vai acabar engessando os partidos. “Aí arrebenta de vez”, acrescentou. 

Três mulheres de expressão política em Mato Grosso do Sul – a vereadora Carla Stephanini (PMDB), a deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB) e a senadora Simone Tebet (PMDB) – vão liderar o  movimento por maior espaço para as mulheres na política.

Elas participaram na última semana, na sede da Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo), do lançamento da campanha "Mais mulheres na política", 

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), estiveram no evento e receberam as reivindicações das lideranças femininas. 

O evento foi liderado pelas senadoras Simone Tebet e Marta Suplicy (PT-SP), com apoio da Procuradoria Especial da Mulher no Senado, Secretaria da Mulher na Câmara dos Deputados, do presidente da Fiesp, Paulo Skaf, da atriz Maitê Proença, e bancada feminina no Congresso Nacional.

Durante o ato, Renan e Cunha se manifestaram em favor da aprovação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) nº 23/2015, que garante para as mulheres 30% das vagas no Poder Legislativo, e da PEC nº 24/2015, que torna obrigatória a eleição de uma mulher quando da renovação de dois terços do Senado.

O presidente da Câmara avaliou ser possível concluir a discussão para que as mudanças possam valer na eleição de 2016. “Faremos o possível até 30 de setembro deste ano para que as propostas sejam consideradas. Nosso apoio é real em favor da causa das mulheres como condição fundamental para a boa condução da política nacional”, afirmou.

Agora, a ideia é difundir a campanha em Mato Grosso do Sul, por meio da coleta de assinaturas para aprovação da proposta.

“Queremos o apoio de todas as mulheres de Mato Grosso do Sul, tanto da classe política quanto das trabalhadoras, mães, donas de casa, servidoras públicas, enfim, nossa sociedade precisa compreender que somos 52% do eleitorado e estamos subrepresentadas, o que precisa mudar com urgência”, declarou Mara Caseiro.

A própria Mara reconhece a fraca participação das mulheres na política. Durante discurso no Dia Internacional da Mulher, na Assembleia Legislativa, ela pontuou que na Câmara dos Deputados só 9,9% dos assentos são ocupados por mulheres - 51 de um total de 513. No Senado, elas estão em 12 das 81 cadeiras, o equivalente a 13%.

Segundo ela, a taxa está bem abaixo da média mundial, que chega a ser de 22% de mulheres ocupando cadeiras nos parlamentos. “Em Mato Grosso do Sul, a história não é diferente: dos 79 municípios, apenas 8 são comandados por mulheres, e só três representantes femininas foram eleitas para a Assembleia Legislativa, em um universo de 24”, lembra.

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CAFE DA MANHÃ
Diversos 06h11

Câmara aprova reajuste de vencimentos dos defensores públicos

Deputados da oposição se aliaram à proposta governista de rejeitar

Deputados da oposição se aliaram à proposta governista de rejeitar

A Câmara aprovou na noite de hoje (30) projeto de lei que aumenta o subsídio do defensor público-geral federal para R$ 33.763 a partir de janeiro do ano que vem. De autoria da Defensoria Pública, a proposta aprovada mantém o escalonamento que possibilitará o aumento dos  salários dos defensores públicos federais no início da carreira dos cerca de R$ 16 mil para algo em torno de R$ 28 mil a partir de janeiro de 2016. O projeto será encaminhado ao Senado.

O governo, por meio do seu líder José Guimarães (PT-CE), insistiu para que a proposta fosse rejeitada, uma vez que o governo está comprometido com o ajuste fiscal e não pode concordar com propostas que aumentam os gastos. “No momento de dificuldades da economia, não podemos sinalizar algo que possa ser interpretado como vacilação do governo no sentido de enfrentarmos os efeitos da crise e a necessidade de votarmos os ajustes fiscais”, afirmou.

Alguns deputados da oposição se aliaram à proposta governista de rejeitar o reajuste. Vice-líder do DEM, o deputado José Carlos Aleluia (BA) criticou os defensores que pressionavam os deputados pela aprovação da matéria dizendo que eles são “defensores de si mesmos”.  De acordo com Aleluia, não há dinheiro para pagar os médicos e as universidades federais estão parando porque não têm dinheiro para pagar serviço de limpeza.

Mesmo com posição contrária do governo, muitos líderes da base defenderam a proposta. Para o líder do PMDB, deputado Leonardo Picciani (RJ), aprovar o projeto é manter a igualdade no sistema jurídico.  “O que não se sustenta é que quem acusa para o Estado ganhe o dobro do que quem defende pelo Estado”, disse Picciani.

Para o líder do PDT e relator do projeto, deputado André Figueiredo (CE), é preciso valorizar a carreira e buscar instrumentos para que a Defensoria Pública não continue perdendo profissionais para outras carreiras jurídicas com salários mais elevados. “Estamos trabalhando na valorização de uma categoria que está perdendo seus quadros por conta da assimetria entre quem julga e quem acusa. E justamente quem defende os necessitados que tem um salário aquém das demais carreiras”.

Em outra votação, os deputados aprovaram projeto de lei que dobra a pena de reclusão, que hoje varia de um a cinco anos, para o crime de estelionato se o delito for cometido contra pessoa com idade igual ou superior a 60 anos. Nesses casos, a pena varia de dois a dez anos de reclusão. O projeto será encaminhado à apreciação do Senado.

07h50

Reajuste dos preços de remédios poderá ser de até 7,7%, diz governo

Os remédios poderão ficar mais caros a partir desta terça-feira (31) em todo o país. A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamento (CMED) fixou em até 7,7% o ajuste máximo permitido este ano aos fabricantes na definição do preço dos medicamentos.

A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União" desta terça-feira.

A regulação é válida para um universo de mais de 9.000 medicamentos e os ajustes são autorizados em três níveis, conforme o perfil de concorrência dos produtos.

O nível 1, que tem o maior percentual de reajuste, inclui remédios como omeprazol (gastrite e úlcera); amoxicilina (antibiótico para infecções urinárias e respiratórias). No nível 2, cujo percentual é de 6,35%, estão, por exemplo, lidocaína (anestésico local) e nistatina (antifúngico). No nível 3, que tem o menor índice de aumento, 5%, ficarão mais caros medicamentos como ritalina (tratamento do déficit de atenção e hiperatividade) e stelara (psoríase).

A autorização para reajuste leva em consideração três faixas de medicamento, com mais ou menos participações de genéricos. O reajuste segue a lógica de que nas categorias com mais genéricos a concorrência é maior e, portanto, o reajuste autorizado pode ser maior.

O ajuste de preços considera a inflação acumulada em 12 meses até fevereiro, calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e que ficou em 7,7%. Em 2014, o reajuste máximo autorizado foi de 5,68%.

07h54

Oficializada na Assembleia CPI que vai investigar supostos desvios na Enersul

IlustraçãoIlustração

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que vai investigar suposto desvio de R$ 700 milhões na Enersul, além da existência de uma ‘folha confidencial’ que beneficiava ao menos 35 pessoas, foi oficialmente criada. Faltava apenas a publicação em Diário Oficial da Assembleia Legislativa, o que aconteceu nesta terça-feira (31).

Segundo o ato n. 02/15, ‘fica criada a Comissão Parlamentar de Inquérito com a finalidade de apurar denúncias apontadas por uma Auditoria realizada na Enersul , onde foi constatado o desvio de R$ 700 (setecentos) milhões de reais e existência de uma folha confidencial para pagar mensalmente 35 pessoas físicas e jurídicas , configurando uma espécie de mensalão, anos 2010 ­ 2015”.

O ato, assinado pelo presidente da Casa, deputado estadual Junior Mochi (PMDB), dá o prazo de 120 dias para conclusão dos trabalhos de investigação. A comissão será composta de cinco parlamentares titulares e cinco suplentes

As supostas irregularidades foram apontadas por uma auditoria que revelou, entre outros pontos, 35 nomes que aparecem numa “lista confidencial”, como supostos beneficiários de um esquema de desvio de verbas - será investigado, ainda, se houve participação de políticos nas irregularidades.

A investigação foi feita pela PWC (Pricewaterhouse Coopers), a pedido da Comissão de Valores Mobiliários, após requerimento de Marquinhos e o então deputado federal Fábio Trad, irmão dele.

Também será alvo de investigação supostas gratificações milionárias pagas a ex-diretores de 2010 para cá. Os valores das gratificações chegam a R$ 2 milhões, segundo disse, durante a sessão de quarta-feira (18), Marquinhos Trad.

Agora, os partidos devem indicar seus membros para compor a comissão. O governador  Reinaldo Azambuja (PSDB) se reuniu com a base dele na Assembleia Legislativa e discutiu, entre outros assuntos, a CPI da Enersul. Segundo o líder do PMDB na Assembleia, Eduardo Rocha, o governador mostrou preocupação com os investimentos da nova proprietária da Enersul, a Energisa


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MPE
Diversos

Cachê de R$ 200 mil faz MPE recomendar cancelamento de show



 O Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul (MPE-MS) recomendou a prefeitura o cancelamento do show do cantor Michel Teló em Eldorado, município distante 440 quilômetros de Campo Grande. O MPE considerou que o cachê do artista, de R$ 200 mil, equivale a mais de 10 % da arrecadação municipal mensal. 30% do cachê já foi pago para a realização do show durante as comemorações do 39º aniversário da cidade, no dia 13 de maio.

A recomendação é do promotor de Justiça Substituto de Eldorado, Thiago Bonfatti Martins e visa “atender aos princípios da razoabilidade, proporcionalidade, eficiência, economicidade e interesse público.” Thiago pediu também, que a prefeitura restitua os cofres públicos da quantia já paga como sinal, 30% do cachê do artista, ao todo R$ 60 mil.

De acordo com as informações do MPE, o prazo para que a prefeitura informe por escrito à Promotoria de Justiça sobre o acatamento ou não da recomendação é de dez dias. Caso não, o MPE pode entrar com medidas administrativas e ações judiciais cabíveis. Para fazer a recomendação, o promotor de Justiça levou em consideração a grande quantia envolvida na contratação de artista, que seria incompatível com a situação financeira do município.

Ele destaca que a contratação é uma “nítida ofensa aos princípios da razoabilidade e proporcionalidade, diante da ausência de recursos financeiros para garantir a prestação com qualidade de serviços públicos essenciais, sem ingressar no mérito da qualidade do artista contratado.”

O promotor considerou ainda que o aniversário de Eldorado não envolve apenas o show em questão, de modo que seguramente outros gastos serão realizados; e que no ano de 2014 a dotação orçamentária destinada à cultura no município de Eldorado foi de R$ 18 mil, o que demonstra que o valor do contrato em questão equivale a mais de dez anos de dotação orçamentária destinada à cultura.

Também foi considerado que o balancete financeiro de janeiro a novembro de 2014 aponta que a receita corrente do município de Eldorado foi de R$ 20.871.243,38, de modo que a média mensal de receita corrente é de R$ 1.897.385,73, ou seja, o valor do contrato equivale a mais de 10 % da arrecadação municipal mensal, de onde se depreende que será necessário o remanejamento de recursos do erário para pagamento da quantia, tendo reflexo direto na prestação de serviços públicos essenciais, o que, segundo o MPE, confirma a flagrante violação aos princípios da razoabilidade e proporcionalidade.

Procedimentos administrativos

O Promotor de Justiça também levou em consideração para fazer a Recomendação, que há diversos procedimentos administrativos instaurados na Promotoria de Justiça de Eldorado visando apurar a ineficiência do Município na prestação de serviços públicos essenciais.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Confira: deputados federais de MS gastaram R$ 267 mil do 'cotão' em 60 dias
Diversos

Material de escritório, refeições, anúncios de jornal, locação de carros de luxo, sala em prédio comercial em área central e, principalmente, combustíveis e passagens aéreas. A lista integra a relação de despesas feitas por deputados federais de Mato Grosso do Sul e bancadas pela cota para exercício da atividade parlamentar, a um custo total de R$ 267,5 mil nos dois primeiros meses de legislatura, tudo sem licitação.

Via de regra, o chamado cotão é legal, ainda que seja questionado por setores da sociedade quanto à moralidade, por bancar despesas questionáveis e, até, pela facilidade para eventuais fraudes. Deputados federais sul-mato-grossenses têm direito a R$ 40.170,98 mensais cumulativos – na prática, R$ 482 mil anuais para torrar praticamente como bem entenderem, desde que apresentem nota fiscal.

Quem mais gastou nesta legislatura até agora é Geraldo Resende (PMDB). Em fevereiro, o deputado usou R$ 60.498 do cotão, a maior parte (R$ 29,7 mil) para imprimir 'gibis de divulgação de atividades parlamentares', conforme consta no site da Câmara dos Deputados.

Por outro lado, o mais modesto é o recém-chegado Elizeu Dionízio (SD), com gastos de R$ 6,7 mil. De qualquer forma, ele 'queimou' deste total a maior despesa com combustíveis – R$ 3.180,89 de notas em fevereiro.

 

O cargo ainda dá direito a mimos especiais. Dagoberto Nogueira (PDT), por exemplo, paga quase R$ 8 mil mensais pelo aluguel de uma Hilux SW4 14/15, enquanto a colega Tereza Cristina (PSB) paga, à mesma empresa, R$ 7 mil para locar um Freelander 2010. Com o valor, em dezenove meses, aproximadamente, os cofres públicos pagarão de aluguel o preço total de uma Hilux. 

Também é com verba do cotão que a pessebista garante o aluguel de duas salas no Edifício Evolution Business Center, na Avenida Afonso Pena entre o Parque das Nações e o Shopping Campo Grande, um dos endereços mais nobres da cidade. Incluindo o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), a ocupação dos imóveis custa R$ 3,6 mil mensais, segundo as notas apresentadas pela parlamentar – é a única da bancada a apresentar despesa deste tipo.

Em fevereiro, Tereza Cristina também afirma ter gasto R$ 1.488 por 13 rodízios em uma churrascaria de Brasília (DF). Já Vander Loubet (PT), no dia 5 de março, gastou R$ 302,90 em 'apenas' uma picanha acompanhada de feijão tropeiro e salada mista em outro estabelecimento do tipo na Capital federal.

Já Zeca de PT aluga modelos mais populares de veículos, embora os valores se mantenham acima dos R$ 8 mil mensais. Ele gasta R$ 10 mil mensais pelo uso de três Gol e um Voyage – a cota máxima mensal para este tipo de despesa, incluindo locação de aeronave, é de R$ 10,9 mil.

Regras e benefícios

Existem algumas regras que os deputados devem seguir na hora de gastar o cotão – clique aqui para ver em detalhes. Não permite “gastos de caráter eleitoral”, por exemplo, e veda sua utilização no período de 120 dias que antecedem as eleições. A limitação abre, por exemplo, questionamento sobre eventual uso para imprimir material que possa ser caracterizado como promocional para o detentor do cargo público.

Por outro lado, é mais uma em uma relação de benefícios que incluem, por exemplo, apartamento funcional ou auxílio moradia. Também é garantida aos parlamentares a contratação de até 25 funcionários, plano médico e o salário, de R$ 33,7 mil mensais.

Na sua conta

Na legislatura passada, entre 2011 e 2014, deputados federais e senadores de todo o Brasil gastaram R$ 753 milhões, sem licitação, por meio do cotão. O equivalente a um ano de Bolsa Família para 12 mil beneficiários, como exemplificou o autor do levantamento, Congresso em Foco.

O MPF (Ministério Público Federal) do Distrito Federal tenta, na Justiça, rever os critérios de uso da cota parlamentar. Segundo levantamento, do total gasto na legislatura passada, pelo menos R$ 250 milhões estariam passíveis de licitação.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CAMINHÃO FURTADO É RECUPERADO
Diversos

Caminhão furtado é recuperado na MS 156 entre Caarapó e Amambai


 

(Foto: Divulgação)

A Polícia Militar Rodoviária apreendeu na madrugada de ontem (29), na MS-156, entre Caarapó e Amambai, uma carreta furtada no estado do Paraná.

 

De acordo com informações apuradas, três pessoas foram encaminhadas ao departamento de polícia por volta das 5h da manhã durante fiscalização de rotina, no km 28, da MS 156. Sendo que o primeiro carro abordado foi um Honda Fit, com placas de São Paulo capital.

 

O automóvel era conduzido por um homem de 22 anos, como passageiro estava um homem de 25 anos. Na qual durante uma vistoria minuciosa no veículo os policiais da aproximação de um cavalo trator que trafegava no mesmo sentido que o Honda Fit foi abordado.

 

O veículo também foi abordado e constatou-se que um menor de idade o conduzia, e de imediato o menor confessou que o veículo era roubado e ao continuar a busca no Honda Fit foi encontrado o celular do menor no seu interior.

 

Diante dos fatos, o menor confirmou que ele e os homens estavam juntos no ‘negocio’ e que o veículo seria vendido em Antônio João. Disse ainda aos policiais que a carreta foi furtada em um posto de combustível em Castelo Branco no Paraná e que tinha abandonado o semirreboque em um canavial na mesma cidade. Sendo assim o trio juntamente com os veículos foram encaminhados ao departamento de polícia de Amambai.

 

PRF restringe tráfego de caminhões em rodovias federais durante feriados

Fonte: Agência Brasil

No caso de descumprimento das normas o veículo autuado só seguirá viagem após o horário de término da restrição / Tânia Rêgo/Agência Brasil No caso de descumprimento das normas o veículo autuado só seguirá viagem após o horário de término da restrição / Tânia Rêgo/Agência Brasil

Portaria do Departamento de Polícia Rodoviária Federal publicada hoje (30) no Diário Oficial da União restringe o tráfego de veículos de carga e demais veículos com Autorização Especial de Trânsito (AET) em rodovias federais durante os feriados de 2015.

De acordo com o texto, as restrições abrangem trechos rodoviários de pista simples. A lista de feriados inclui: Semana Santa, Tiradentes, Dia do Trabalho, Corpus Christi, Independência, Nossa Senhora Aparecida, Finados e fim de ano, além dos festejos juninos.

O descumprimento, segundo a Polícia Rodoviária Federal, constitui infração de trânsito prevista no Artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro. Neste caso, o veículo autuado só poderá seguir viagem após o horário de término da restrição.

-


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

AMAMBAI
Diversos

17º RC Mec realiza o Projeto Social de Equoterapia em conjunto com a APAE

O 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado realiza o Projeto Social de Equoterapia em conjunto com a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) em Amambai-MS.

 

 O 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado é uma Organização Militar pertencente ao Exército Brasileiro e têm em seu bojo as seguintes Missões Constitucionais: “à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”. Além de cumprir as missões constitucionais, o Regimento Solon Ribeiro, participa de ações subsidiárias previstas em Lei Federal, tais como: Ações Cívico-Sociais, Operações em Faixa de Fronteira, dentre outras, que tem o objetivo de cooperar com o desenvolvimento nacional e a defesa civil.

Neste contexto, o 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado também realiza o Projeto Social Equoterapia, em apoio à APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Amambai-MS.

A equoterapia é um método terapêutico que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais.

A equoterapia emprega o cavalo como agente promotor de ganhos a nível físico e psíquico. Esta atividade exige a participação do corpo inteiro, contribuindo, assim, para o desenvolvimento da força muscular, relaxamento, conscientização do próprio corpo e aperfeiçoamento da coordenação motora e do equilíbrio.

A interação com o cavalo, incluindo os primeiros contatos, os cuidados preliminares, o ato de montar e o manuseio final desenvolvem, ainda, novas formas de socialização, autoconfiança e autoestima.

Este Projeto Social atende cerca de 30 (trinta) crianças, em geral portadoras de necessidades especiais, a fim de que possam buscar uma melhor qualidade de vida.

Desta maneira, o 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado reafirma o compromisso contido em seu Slogan “Mão Amiga” para com a sociedade, da qual está totalmente inserido.

Fonte: Assessoria 17º RCMec Prefeito Sérgio Barbosa. Desde que assumiu, no início de 2013, a administração vem mantendo os salários em dia e pagos de forma antecipada. (Fotos: Assessoria)

Prefeitura de Amambai paga nessa terça salários de março

Desde que assumiu a prefeitura local, em janeiro de 2013, a atual administração vem mantendo os salários do funcionalismo rigorosamente em dia

 

A Prefeitura de Amambai, através da Secretaria Municipal de Finanças, informa que o salário dos funcionários públicos municipais referente ao mês de março será pago nessa terça-feira (31).

No mês de março, os salários de todos os funcionários municipais contarão com antecipação salarial retroativa aos meses de janeiro e fevereiro no valor de 4,53% e, a partir deste mês, todos, sem exceção, passarão a receber acréscimo de 7%, referente ao ajuste salarial do funcionalismo público.

“Mesmo com as mudanças nos números relativos ao pagamento, através do emprenho dos servidores ligados aos departamentos de Recursos Humanos, Contabilidade e Tesouraria, que se esforçaram trabalhando inclusive fora do horário de expediente, pudemos cumprir a solicitação do Prefeito Municipal, que era a de realizar o pagamento dentro do mês vigente”, explicou Williams Fernandes, Secretário Municipal de Finanças, salientando que o Prefeito Municipal prima pela valorização do Servidor.

Desde que assumiu a Prefeitura local, em janeiro de 2013, a atual Administração Municipal vem mantendo os salários do funcionalismo rigorosamente em dia, inclusive pagando a folha dentro do mês corrente, apesar da legislação permitir que os salários sejam pagos até o quinto dia útil do mês seguinte, ou seja, os salários de Março poderiam ser pagos até o dia 08 de Abril, mas a Prefeitura Municipal optou por realizar o pagamento antecipado, como forma de valorização aos funcionários públicos.

Administração mantém salário dos servidores como prioridade

O Secretário salientou que apesar das dificuldades financeiras que o governo municipal encontrou nos primeiros meses de administração, o pagamento dos servidores sempre foi a prioridade absoluta para o Prefeito Sérgio Barbosa. Desde que assumiu, não houveram quaisquer atrasos, seja no pagamento da folha, ou no repasse dos valores previdenciários. No início do ano de 2013, a prefeitura tinha um saldo devedor de aproximadamente R$ 2 milhões de reais para com os servidores, no tocante ao pagamento de rescisões, 13º salário, férias e outros, herdados da administração anterior.

“Graças à uma gestão rígida no que se diz respeito às finanças municipais, de contenção de gastos exacerbados e total controle das despesas municipais, conseguimos retomar as rédeas, quitar as dívidas herdadas e garantir que o pagamento da folha salarial seja sempre efetuado antecipadamente, proporcionando maior comodidade e tranquilidade financeira para o servidor público”, disse o Secretário.
 

Fonte: Katiéli Duarte/Assessoria Prefeitura


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA TARDE
Diversos

Para não deixar PM a pé, Azambuja vai locar frota de veículos para o Batalhão de Choque

  • Governo de MS

    Azambuja (à direita) em entrevista à FM Capital


Xenofobia cabocla

  • Foto Elis Regina/SemanaOnline e Ilustração/Reprodução

    Orro estranha a xenofobia cabocla dos vereadores 'forasteiros'


O deputado estadual e ex-prefeito de Aquidauana, Felipe Orro (PDT), rebateu críticas dos vereadores dos vereadores Edil Albuquerque e Loester Nunes (ambos do PMDB) e Chiquinho Telles (PSD) sobre a pretensão dele e de outras lideranças naturais de outras cidades de disputar a sucessão do prefeito Gilmar Olarte em Campo Grande no ano que vem publicadas pelo jornal Correio do Estado na sexta-feira sob o título "Vereadores repudiam 'forasteiro' do interior". 
 
Orro acredita que tal matéria tem claro interesse de beneficiar pré-candidato nascido na Capital. E achou até engraçado usarem vereadores nascidos do interior para criticar candidaturas de lideranças do interior como se avaliassem que os interioranos não dão certo por aqui. Na nota, o deputado lembra que Edil que já foi vice-prefeito é natural de sua cidade, Aquidauana; Loester nasceu em Nioaque e Chiquinho é de Fátima do Sul. "Aliás, mais da metade dos vereadores desta legislatura não são nascidos em Campo Grande" diz Felipe Orro. 
 
Felipe lembra que "um dos administradores mais respeitados de nossa Capital em todos os tempos, o ex-prefeito e ex-governador André Puccinelli, é italiano de nascimento e iniciou carreira política em Fátima do Sul. Portanto, entendo que esse argumento é controverso e fraco". O deputado acrescenta que "os requisitos que a população exige do candidato a prefeito são competência, experiência, lisura, respeito ao dinheiro público, vontade de trabalhar, projetos e propostas que venham ao encontro das necessidades do povo". 
 
Para Orro, buscar "melhorias da cidade" e "impedir escândalos como o Gisa", ocorridos durante administração do ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB) que é nascido na cidade, seria mais salutar para a Capital do que a xenofobia cabocla.

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Pátio alaga e mercadorias apreendidas ficam expostas no DOF - See more at: http:
Diversos

Sem uma sede própria, a estrutura precária do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) revela suas fragilidades, principalmente em dias de chuva. Com pátio totalmente alagado na última quinta-feira, os policiais foram obrigados a deslocar mais de 20 veículos apreendidos e “recheados” de mercadoria contrabandeada para o canteiro que fica as margens da Avenida Coronel Ponsiano.

O local é de grande fluxo de motoristas e as mercadorias expostas, que passam de R$ 500 mil, dentro dos carros, são motivadoras para os mais “ousados” que queiram desafiar a polícia e tentar furtar veículos e produtos contrabandos nas proximidades da Delegacia, já que estão em locais inadequados. Risco de prejuízo para o estado que teria que arcar com as despesas do crime.

Em recente reunião do Conselho Institucional de Segurança Pública de Dourados (Coised), diversos problemas estruturais foram apontados. O primeiro deles é que sem uma sede própria, todos os tipos de treinamentos e preparação da polícia são realizados de forma improvisada. O treinamento de tiros ocorre em local emprestado do Exército. Sem ginásio de esportes, os testes de aptidão física ocorrem no Estádio Douradão, quando não há eventos. Os treinamentos em água são feitos na piscina Olímpica da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) quando a estrutura não está sendo ocupada pelos alunos.

A nova sede DOF está orçada em R$ 6 milhões em investimentos. O projeto prevê área construída de 2.380 metros quadrados o que inclui serviços de heliponto, estande de tiros indoor, além de equipamentos de última geração e espaço para armazenamento de materiais apreendidos como veículos e drogas.

De acordo com o projeto, a estrutura será construída em área de 14,7 mil metros quadrados localizada às margens da MS-156 no Jardim Guaicurus, nas proximidades da BR-163 e BR-463, rodovias que dão acesso à Ponta Porã e Fátima do Sul. O terreno foi doado pelo Executivo Municipal.

Os recursos que vão custear as obras de construção são de emendas parlamentares destinadas pelos deputados federais Geraldo Resende (R$ 1 milhão) e Fábio Trad (R$ 1 milhão), além do então deputado Reinaldo Azambuja, hoje governador do Estado que destinou mais (R$ 1 mil) no Orçamento Geral da União de 2015. Com R$ 3 milhões provenientes de emendas parlamentares, que ainda precisam ser aprovadas no Orçamento Geral da União de 2015, o governador já assumiu o compromisso de destinar a contrapartida no mesmo valor, ou seja, outros R$ 3 milhões, o que garante R$ 6 milhões para custear o projeto.

Assim que as emendas forem aprovadas, o Estado pode iniciar os processos burocráticos para contratação da empresa que fará as obras.

O comandante do DOF de Dourados, tenente-coronel Ari Carlos Barbosa, disse recentemente que a nova estrutura servirá para aumentar substancialmente a segurança nas fronteiras. Segundo ele, o DOF atua hoje em 51 municípios de Mato Grosso do Sul, sendo 44 na fronteira seca.

Ele explicou na ocasião que o DOF não tem sede própria e funciona em estrutura que não é pública, mas cedida pela Ong Salve (Sociedade Amigos da Liberdade, Vigilância e Esperança) em regime de comodato. A estrutura foi edificada no ano de 1994, com cerca de 1.100 m² de área construída e cedida ao Governo do Estado.

Segundo o coronel, a nova sede é um “sonho” de todos os policiais do Dof e da Delegacia da Fronteira (Defron), já que poderão atuar com mais qualidade. “A população é a maior beneficiada”, comemora, observando que torce para que os trâmites de construção sejam rápidos.

- See more at: http://www.douradosagora.com.br/dourados/em-sede-precaria-mercadorias-apreendidas-ficam-expostas-no-dof#sthash.ZdoDR4zJ.dpuf

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Zeca diz que André também dobrou dívida e chama discurso de ‘canalha’
Diversos

O projeto que altera o indexador da dívida dos Estados junto à União já passou pela Câmara dos Deputados, mas ainda está ‘parado’ no Senado. O assunto voltou a suscitar o antagonismo político entre os ex-governadores de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT e André Puccinelli (PMDB).

“Mais um discurso canalha que o André fez dizendo que o Zeca tinha deixando uma dívida de bilhões com a União. É verdade, quando eu assumi tinha R$ 2 bilhões, se não me falha a memória, pagamos tudo em dia, quando sai devíamos R$ 4 bilhões. O André saiu e devia R$ 8 bilhões”, disparou Zeca.

A proposta aprovada na Câmara esta semana, permite a aplicação da lei da renegociação das dívidas de Estados e municípios sem necessidade de regulamentação por parte da União. Proposta que enfrenta resistência do Governo Federal.

“Eu acho que o governo precisa ser mais proativo nessas coisas, ou seja, abrir um dialogo. É perversa a forma de correção das dívidas dos Estados. Você paga, paga, paga e sempre ta devendo”, afirmou o petista.

A matéria aprovada por Cunha prevê que as dívidas sejam indexadas levando em conta o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo - índice oficial do Governo Federal para medição das metas inflacionarias, contratadas com o FMI, a partir de julho/99) + 4%. “Se é bom para os Estados, e de fato é, para as finanças da União é um rombo”, frisou Zeca.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

TEMPO E BELEZA
Diversos 2015 07h12

Meteorologia prevê pancadas de chuva em Mato Grosso do Sul nesta segunda

Meteorologia prevê pancadas de chuva em Mato Grosso do Sul nesta segundaMeteorologia prevê pancadas de chuva em Mato Grosso do Sul nesta segunda

O tempo deve permanecer quente, mas a alta umidade pode provocar pancadas de chuva no norte e nordeste de Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira. 
A temperatura fica entre 17°C e 34°C, de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).
Em Campo Grande, a máxima não passa de 28°C e o dia pode amanhecer nublado. Para a tarde e a noite estão previstas chuvas em pontos isolados. A previsão é a mesma para Coxim, Ponta Porã, Antônio João e Maracaju. Em São Gabriel do Oeste, os termômetros podem marcar um grau a mais.
Corumbá, Porto Murtinho, Nova Andradina e Três Lagoas terão mais calor, com máxima de 30°C, mas pode amanhecer com nevoeiro e chover em áreas isoladas durante a tarde

 Aricia Silva

Pouco mais de um ano depois do primeiro ensaio nu, Aricia Silva mostra que está ainda mais gostosa

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PERIGO
Diversos

Motociclista sai da pista, bate em árvore e morre na MS-376 -

Motociclista morreu ao bater contra árvore
  Foto: Izomar Galeano/Siliga News

Um motociclista morreu após sair da pista e colidir contra uma árvores às margens da MS-376 entre Dourados e Fátima do Sul. Segundo a polícia trata-se de Edinaldo, morador no distrito de Vila Rica em Vicentina. Ele seguia pela rodovia sentido a Dourados, quando perdeu o controle da motocicleta YBR, saiu da pista e bateu contra um pé de goiaba. O corpo dele foi encontrado por populares que passavam pelo local e avistaram a motocicleta. O socorro foi acionado, porém Edinaldo já estava morto. -

Campo Grande registra em média 66 notificações de dengue por dia

O número de notificações de casos de dengue na Capital continua crescendo, e apesar de não se falar em epidemia, os postos de saúde têm dobrado seu atendimento à população em virtude da doença.

Na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Vila Almeida, de acordo com a gerente Dirce Dominoni, foi necessário a ajuda da Unidade Móvel no posto. “Nosso atendimento para pacientes com suspeitas de dengue dobrou e a unidade que atendia cerca de 300 pacientes por dia passou a atender 600”, fala Dirce Dominoni.

 

O último Boletim Epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde de mato Grosso do Sul)  aponta que em média por dia são registrados, na Capital, 66 novos casos de dengue. Do dia 18 de março para o dia 21 foram 266 novas notificações, de 1.290 para 1.556.

Outros três municípios do Estado também têm registrado altos índices de  notificações de dengue como Iguatemi, com 1.218 casos, Itaquiraí, com 673, Três Lagoas, com 459 casos. Nos três primeiros meses de 2015 os casos de notificação da doença já chegam a 8.424, quase o mesmo número registrado em todo o ano passado de 9.256. Em todo o Estado 86.200 imóveis foram visitados e mais de 863 mil litros de inseticidas utilizados em borrifações.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CAFE DA MANHÃ
Diversos

Câmara de Amambai tem sessão

Voto minerva do presidente do legislativo, Jaime Bambil (PT do B), garante aprovação do projeto de lei / Foto: Moreira Produções

A Câmara Municipal realiza nesta segunda-feira, dia 30 de março, a partir das 8h da manhã, no Plenário Lourino de Jesus Albuquerque, mais uma sessão ordinária do ano legislativo de 2015, em Amambai.

As sessões da Câmara de Amambai também podem ser acompanhadas em tempo real pela rádio comunitária Auxiliadora FM pelo endereço eletrônico: www.auxiliadorafm.com.br

Colônia paraguaia faz festival da sopa e chipa

A Associação da Colônia Paraguaia de Dourados realiza a 5ª edição do festival de sopa e chipa. O evento acontece neste sábado e domingo, 28 e 29 de março na sede da Associação, situada na Avenida Indaiá, 630, no Bairro Altos do Indaiá. Haverá posto de venda na praça paraguaia, na Rua Independência, no bairro Jardim Itália.

O evento está sendo organizada por toda equipe da diretoria, com o objetivo de manter sempre vivos os costumes e tradições paraguaias.

Os convites já estão sendo vendidos de forma antecipada pelos membros da diretoria, pelos telefones 3421-6601/ 3421-7112. 9913-6601/ 8115-2808/ 99041593.

A Associação da Colônia Paraguaia já esta com a programação organizada para a comemoração do Dia do Povo Paraguaio, que acontece nos dias 16 e 17 de maio.

Na abertura haverá noite cultural paraguaia com entrada gratuita para ver shows de artistas paraguaios de Assunção e Capiatá. No dia 17 haverá o tradicional almoço dançante com a animação do grupo paraguaio Tavarandu o nacional “Sem fronteiras”. Para este evento, estão sendo convidados as demais associações paraguaias dos municípios vizinhos como Itaporã, Laguna Carapã, Maracaju, Rio Brilhante Nova Andradina e Campo Grande.

 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIQUE SABENDO
Diversos  20h45

A partir do dia 1º, empregador terá de pedir seguro-desemprego pela internet A medida foi determinada pelo Ministério do Trabalho e Emprego

Para tornar mais rápido o atendimento ao pedido e dar maior segurança às informações sobre os trabalhadores, o Ministério do Trabalho e Emprego determinou que as empresas passem a preencher o requerimento do seguro-desemprego de seus empregados pela internet. A medida começa a valer na próxima quarta-feira (1º), de acordo com resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Os empregadores só poderão preencher o requerimento do seguro-desemprego e a comunicação de dispensa de trabalhadores por meio do aplicativo Empregado Web, disponível no Portal Mais Emprego, do ministério. A entrega dos  formulários impressos, utilizados hoje, será aceita até 31 de março.

Segundo o ministério, o sistema dará maior rapidez à entrega do pedido, além de garantir a autenticidade dos dados, e possibilitará o cruzamento de informações sobre os trabalhadores em diversos órgãos, facilitando consultas necessárias para a liberação do seguro-desemprego.

20h46

Início de "Babilônia" é pior resultado da Globo em 50 anos A nova novela marcou 27,7 pontos; sua antecessora, Império, teve 31,5

Espera-se que "Babilônia" se recupere, mas uma comparação de audiência consolidada entre seus 10 primeiros capítulos e todas as novelas anteriores não deixa dúvidas: a atual novela das 21h da Globo vai registrando o pior desempenho desde a inauguração da emissora --embora lidere com folga o ibope em São Paulo e no país, é bom lembrar.

Do capitulo 1 ao 10 "Babilônia" tem 42,5% de share (participação nas TVs ligadas) e 27,7 pontos de média (e isso pode ainda cair mais um pouquinho, pois no último sábado marcou só 25 pontos no ibope prévio).

Cada ponto vale por 67 mil residências sintonizadas, cada uma com, em média, três pessoas diante da TV, na Grande São Paulo.

"Império", antecessora de "Babilônia", até então era dona do título de pior começo, com 49,8% de participação e 31,5 pontos no mesmo período (veja abaixo).

A novela de Aguinaldo Silva, porém, acabou tendo alguma recuperação e terminou, na média geral, não como a pior novela, mas a "vice-pior" de todos os tempos na emissora, nessa faixa.

Espera-se agora o mesmo para "Babilônia", de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga.

Veja a seguir como foi o resultado da atual e das últimas seis novelas do horário nobre:

Babilônia: 27,7 pontos (42,5%)

Império: 31,5 pontos (49,8%)

Em Família: 32,2 pontos (52,2%)

Amor à Vida: 34,5 (54,9%)

Salve Jorge: 32,2 pontos (53,3%)

Avenida Brasil: 35,5 pontos (58,4%)

Fina Estampa: 37,8 pontos  (57,4%) 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ENFOQUES
Diversos

Morre a repórter Beatriz Thielmann da Globo

  • Fotos Globo/Arquivo e Tomás Rangel/Revista Cultura

    Beatriz entrevista Fidel em 1987 e fala à revista Cultura em 2013


 

A jornalista Beatriz Thielmann morreu aos 63 anos, vítima de câncer, em São Paulo, neste domingo. Com mais de três décadas na profissão iniciada em 1980, Beatriz passou pelos impressos Jornal de Brasília e Correio da Manhã, na capital federal, e, em 1982, foi contratada pela Rede Globo em estágio acumulando duas funções: uma no jornal impresso e outra na TV. Os militares ainda conduziam o país e os censores imperavam sobre as redações quando Beatriz cobriu importantes momentos da história do País e do mundo. Foi a primeira repórter da emissora a entrevistar Fidel Castro, em 1987; acompanhou a queda do Muro de Berlim, em 1989; viu de perto o conflito árabe-israelense, ainda com a figura do líder palestino Yasser Arafat (1929-2004); noticiou a promulgação da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, a eleição e morte de Tancredo Neves, a implantação do Plano Cruzado e mais recentemente a visita do Papa Francisco ao Rio. Em 2003, escreveu o livro “De mulheres para mulheres” com a médica Odilza Vidal, contando o que a medicina apresentava de novo para a vida da mulher depois dos 40 anos. Beatriz deixa dois filhos.
 
ETA, BRASIL
 
 

A insustentável máquina do governo

  • IstoÉ/Reprodução

    A insustentável máquina do governo

"Os 39 ministérios de Dilma custam mais de R$ 400 bilhões por ano e empregam 113 mil apadrinhados. Só os salários consomem R$ 214 bilhões - quase quatro vezes o ajuste fiscal que a presidente quer fazer às custas da sociedade" diz matéria assinada por Izabelle Torres na IstoÉ desta semana.

 

A insustentável máquina do governo

Os 39 ministérios de Dilma custam mais de R$ 400 bilhões por ano e empregam 113 mil apadrinhados. Só os salários consomem R$ 214 bilhões - quase quatro vezes o ajuste fiscal que a presidente quer fazer às custas da sociedade

Izabelle Torres (izabelle@istoe.com.br)

Diante da necessidade imperativa de disciplinar as desordenadas contas públicas, legadas da farra fiscal praticada no mandato anterior, a presidente Dilma Rousseff impôs ao País um aperto de cintos. Anunciou como meta de sua segunda gestão um ajuste fiscal capaz de gerar uma folga de R$ 66 bilhões no Orçamento até o fim do ano. O necessário ajuste seria digno de louvor se as medidas anunciadas até agora pela presidente não tivessem exigido sacrifícios apenas de um lado dessa equação: o dos cidadãos brasileiros. Mais uma vez, a conta da irresponsabilidade fiscal de gestões anteriores sobra para o contribuinte. Ao mesmo tempo em que aumenta impostos, encarece o custo de vida da população, ameaça suspender a desoneração de empresas e retira dos trabalhadores direitos previdenciários e trabalhistas, Dilma Rousseff segue no comando de uma bilionária máquina pública aparelhada, inchada e – o mais importante – ineficiente.

01.jpg

 

Na semana passada, pressionada por líderes no Congresso, especialmente do PMDB, a presidente sacou mais uma de suas promessas. “A ordem é gastar menos com Brasília e mais com o Brasil”, disse. A despeito do efeito publicitário indiscutível da frase, a presidente dá sinais de que seguirá na toada já recorrente de dizer uma coisa em público e praticar outra bem diferente no exercício do poder. O governo, na realidade, sempre resistiu em cortar na própria carne. Por isso, permanece desde 2010 com uma colossal estrutura administrativa composta por 39 ministérios, a maioria deles criados para acomodar apadrinhados políticos, cujos custos de manutenção – o chamado custeio – consomem por ano R$ 424 bilhões. Desse total, o gasto com pessoal atinge a inacreditável marca de R$ 214 bilhões, o equivalente a 4,1% do Produto Interno Bruto (PIB) do País. Esse universo de servidores soma quase 900 mil pessoas distribuídas pela Esplanada, sendo 113.869 ocupantes de funções comissionadas e cargos de confiança, as chamadas nomeações políticas baseadas no critério do “quem indica. A credibilidade do governo está no fundo do poço, e é impossível imaginar a sociedade acreditando no ajuste fiscal sem que sejam tomadas medidas radicais para reduzir o tamanho dessa monumental máquina. Sem cortar na própria carne, o governo do PT não tem autoridade para pedir sacrifícios ou falar em ajuste fiscal”, afirmou o senador Álvaro Dias (PSDB-PR).

02.jpg

Não bastassem os 39 ministérios com seus milhares de cargos de indicação política, o que se vê hoje na Esplanada em Brasília é o claro desperdício do dinheiro público, facilmente ilustrado pelo excesso de regalias e benesses à disposição dos ocupantes do poder. A principal função do ministério da Pesca, por exemplo, é distribuir o seguro-defeso – espécie de seguro-desemprego pago a pescadores. A pouca expressividade da pasta não limita as vantagens e os benefícios de quem garantiu um cargo executivo no órgão provavelmente chancelado por algum partido aliado de Dilma. Segundo apurou ISTOÉ, há carros de luxo com motoristas disponíveis aos sete integrantes da cúpula do ministério para deslocamento em Brasília. O custo estimado com a regalia é de R$ 1,5 milhão por mês. Embora o ministério esteja constantemente ameaçado de extinção, a pasta vem se mantendo com estrutura que chama a atenção. São mil servidores em exercício, sendo 440 indicados políticos.

03.jpg

O benefício de ter carros e motoristas à disposição não é uma exclusividade do ministério da Pesca. Segundo gestores públicos ouvidos por ISTOÉ que já atuaram em diferentes órgãos do governo petista, pelo menos 28 das 39 pastas permitem a benesse para quem está até cinco níveis da hierarquia abaixo do ministro. Isso sem contar os celulares, os cartões corporativos e uma dezena de assessores cujas funções frequentemente coincidem. No ministério do Turismo, que tem uma estrutura mais enxuta e apenas 268 cargos de confiança, o que causa espécie é a quantidade de garçons e copeiras disponíveis para atender a cúpula da pasta. Segundo um dos servidores, há 16 funcionários para servir água e cafezinho aos executivos do ministério.

esp01.144601z.jpg
No ministério do Turismo, 16 garçons e copeiras foram
contratados para servir os executivos do órgão

Embora prometa cortar despesas, Dilma e sua equipe econômica não querem ouvir falar em redução de pessoal, que consome muito mais do que os principais programas sociais do governo. O Bolsa Família, por exemplo, receberá R$ 27 bilhões – o correspondente a 12% do que o País gasta com servidores federais. Já a Saúde, considerada área prioritária para os brasileiros em todas as pesquisas realizadas, terá investimentos de R$ 109 bilhões neste ano. Custará, portanto, metade do gasto do governo com o funcionalismo. Atualmente, o ministério da Educação é a pasta com maior número de funcionários da Esplanada e serve para mostrar que o tamanho da máquina está longe de ser sinônimo de eficiência. No órgão, há mais de 44 mil cargos de confiança, além dos 285 mil efetivos. Nos últimos anos do governo Dilma, foram criadas 50 mil novas vagas. Em 2015, se a presidente preservar os recursos previstos para a pasta, serão R$ 101 bilhões destinados a cumprir a promessa utópica de campanha de transformar o Brasil em uma “pátria educadora”. Mas até aqui as demonstrações de gestão dadas pelo MEC são da mais completa ineficiência. Um exemplo é o programa de financiamento estudantil, o FIES. O governo flexibilizou as regras relacionadas aos fiadores dos estudantes e reduziu as taxas de juros. Mas falhou no controle dos preços das mensalidades e forçou a ampliação do programa sem analisar os reflexos financeiros. Um exemplo típico de má gestão em um órgão aparelhado por servidores.

05.jpg
FARRA DOS CARROS OFICIAIS
Não é rara a utilização dos veículos oficiais pelos ministros
fora do horário do expediente 

A Presidência da República figura em segundo lugar no ranking do número de servidores: emprega 6.969 pessoas. Os cargos vêm acompanhados das benesses, o que significam mais e mais gastos com o dinheiro do contribuinte. Em outubro do ano passado, para atender aos seus servidores, a Presidência comprou 130 taças de cristal por R$ 4,5 mil. No apagar das luzes de 2014, além de eletrodomésticos, toalhas de banho e de rosto, o Planalto adquiriu aparelhos de malhação e até roupões de banho. Ao todo, a conta saiu por R$ 262,8 mil. O conjunto de banho completo custou R$ 7,8 mil. Já a aquisição de 20 frigobares, 100 bebedouros e 30 fragmentadoras de papel custou ao órgão R$ 155,7 mil. A Presidência justificou a compra por eventuais atendimentos em cerimônias oficiais. Outros R$ 99,3 mil foram gastos pela Presidência na reposição de aparelhos de ginástica. Na lista, figuram um crossover angular, um banco extensor e outro flexor, um apolete, um crucifixo, duas esteiras eletrônicas e um smith machine (plataforma para a realização de vários exercícios). Segundo o órgão, a aquisição dos equipamentos ocorreu em função da necessidade de manutenção ou melhoria do treinamento de força e do condicionamento físico do pessoal da segurança e para melhoria da qualidade de vida dos servidores.

06.jpg
UNIDOS PELA REFORMA ADMINISTRATIVA
Os presidentes da Câmara e Senado, Eduardo Cunha e Renan
Calheiros, propõem a redução dos ministérios

A criação desenfreada de ministérios é obra recente da democracia do País e se acentuou na era petista no poder. O ex-presidente Getúlio Vargas (1951-54) contava com apenas 11 pastas de primeiro escalão. Juscelino Kubitschek (1956-61), 13. O governo Fernando Henrique Cardoso terminou seu mandato (1994-2002) com 24 órgãos. Lula (2003-2010), para abrigar a aliança que o elegeu, criou mais 11, chegando a 35 – um recorde até então. Dilma o superou: subiu para 39. O cenário de distribuição de poder em Brasília é uma anomalia especialmente se comparado a outros países, como França, Portugal, Espanha e Suécia, que possuem uma média de 15 ministérios. Para se ter uma ideia do despropósito do aparelhamento, quem hoje discute corte de ministérios como ocorre atualmente no Brasil é o pobre Moçambique, que possui 28 pastas e está sendo pressionado a reduzir a própria estrutura por países que o apóiam financeiramente. “Essa forma de gestão caminha na contramão da história e de tudo aquilo que seria o ideal para a administração pública, não só no Brasil, mas em qualquer País. A criação desses ministérios é uma forma de abrigar a base aliada do governo e acelera ainda mais as distorções dentro da máquina pública”, afirma José Matias-Pereira, professor de administração pública da Universidade de Brasília (UnB).

07.jpg

08.jpg

A necessidade de enxugamento da máquina administrativa ganhou eco durante a última campanha presidencial. O então candidato à presidência Aécio Neves (PSDB) propôs a fusão de ministérios, de modo a reduzir drasticamente os gastos e a estrutura governamental. Nos últimos dias, foi a vez de o PMDB encampar a bandeira da reforma administrativa. Como se não ocupasse fatia considerável da Esplanada e não exigisse a nomeação de um sem-número de afilhados políticos como condição ao apoio ao governo – a qualquer governo, diga-se – caciques peemedebistas, caso do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, querem limitar a 20 o número de ministérios. Um projeto de sua própria autoria já está em tramitação na Casa. Na semana passada, depois de discursar para empresários, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), engrossou o coro. Afirmou, em tom de ironia, que o momento exigia o lançamento pelo governo do programa Menos Ministérios, numa brincadeira com o programa Mais Médicos. Renan promete apoiar a proposta de Cunha. “Isso vai gerar menos cargos comissionados, menos desperdício e menos aparelhamento. Devemos aproveitar a oportunidade”, disse ele.
Pressionada pelo Congresso e pelos protestos nas ruas, Dilma pode ser forçada a repensar a estrutura da portentosa burocracia que ajudou a criar. No final da última semana, informações oriundas do Planalto deram conta de que um estudo teria sido encomendado à Casa Civil visando à redução no número de pastas. Resta saber se a presidente ficará mais uma vez na retórica ou atenderá ao clamor público. 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1352 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Sexta, julho 31
· FIQUE SABENDO
· FESTIVAL
· FIM DE TARDE
· DA HORA
· DEPUTADA PASSOU MAL
· CAFE AMARGO
· EXPOBAI 2015
Quinta, julho 30
· DA NOITE
· UFC
· MS
· PARAGUAY
· NOTICIAS
· DA HORA
· NOTICIAS DIVERSAS
· FESTIVAL
· DA MANHÃ
· CAFE AMARGO
Quarta, julho 29
· TIRANDO DUVIDAS
· FIM DE TARDE
· DA HORA
· BOMBANDO
· DA HORA
· DATENA 2016
· CAFE DA MANHÃ
· Zeca do PT insiste para que o vereador Anilson Prego volte para PT
· PARAGUAY
· ARROYO
Terça, julho 28
· GIRO POLICIAL
· POLICIA
· FIM DE TARDE

 Calendario de Eventos
Agosto 2015
  1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB