Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/correiod/public_html/index.php:1) in /home/correiod/public_html/mainfile.php on line 168
=:Correio da Fronteira:=

 Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
13916217
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




Projeto de Zeca acaba com sonegação no ITR e ajuda prefeituras
Diversos

Resultado de imagem para Zeca do PT apresenta projeto acaba com sonegação no ITR e ajuda prefeituras em crise

Acabar com a sonegação de impostos de propriedades rurais e ajudar as prefeituras que estão em crise financeira. Essa é a proposta do Projeto de Lei 7.266/2017, de autoria do deputado federal Zeca do PT. O projeto altera a lei 9.393, de 1996, que trata da cobrança do Imposto Territorial Rural (ITR).

O projeto prevê melhorias na gestão do imposto e acaba com a autoavaliação de propriedade rurais, que gera prejuízos a inúmeras prefeituras do país, com imóveis rurais declarados com valor abaixo do de mercado.

Como funciona o ITR

Atualmente o produtor rural autoavalia o valor do hectare de sua propriedade, ou seja, declara o valor que quer pagar por hectare a prefeitura, que recolhe o ITR. O modo de cobrança é diferente da forma que é computado o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), em que o administrador municipal se baseia nos estudos do mercado imobiliário, organizado pela Câmara de Valores Imobiliários (C.V.I) do município.

Tecnicamente as informações sobre preços das terras deveriam observar levantamentos realizados pelas Secretarias de Agricultura dos Estados ou dos Municípios, porém na prática, o dispositivo jamais teve eficácia, devido à incapacidade dos Estados e Municípios realizarem esse tipo de serviço técnico de avaliação rural ano a ano.

Para solucionar o problema, o projeto prevê uma padronização dos preços das terras para fins do ITR. Pela proposta, as prefeituras utilizarão dados da Receita Federal do Brasil e do Incra, que juntos deverão elaborar uma tabela a cada ano/exercício com os preços médios de mercado das terras em cada município do país. Dessa forma, estaria eliminada a autoavaliação para fins do ITR e os proprietários rurais passariam a contar com as mesmas bases de preços da terra para a declaração do ITR, acabando assim com a sonegação por meio da subavaliação do hectare pago as prefeituras.

O projeto propõe, também, que as informações sobre a utilização do imóvel, indispensáveis para o cálculo do ITR conforme disposto no §1º do Art. 10 da Lei nº 9.393, de 1996, sejam consideradas conforme constam no Cadastro Ambiental Rural. O Regulamento da Lei especificaria tais informações. A proposta oferece condições para o aprimoramento da declaração do ITR em benefício dos produtores e da gestão do tributo pelo poder público.

“O cidadão que tem uma propriedade na área urbana, em qualquer cidade, ele é tributado por meio do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). Como é feita essa avaliação? A prefeitura todo ano vai lá, dimensiona o tamanho do lote, a qualidade da obra, acha o valor venal com base na Câmara de Valores Imobiliários e em cima daquele valor que é o cobrado o IPTU. O proprietário de terra rural é cobrado por meio do ITR. Ocorre que uma lei aprovada em 1996, a Lei 9393/96, autorizou que o ITR fosse autodeclaratório. Isso mostra força do latifúndio, do agronegócio, dos interesses mais conservadores do nosso país e da elite brasileira”, crítica o deputado.

Zeca explica como funciona autodeclaração do ITR.

“As prefeituras têm direito até 100% do valor recolhido do ITR, que é federal, porém a responsabilidade da cobrança é do município. Que é o correto, mas as prefeituras não tem forças para questionar a autodeclaração do fazendeiro. Todo mundo sabe que a terra de pior qualidade nesse Estado passa de R$ 10 mil. As terras boas de Sidrolândia, Dourados Maracaju, com maior potencial agrícola chegam a R$ 40 mil o hectare. Quando chega a hora de pagar o ITR, o fazendeiro diz que o hectare da sua terra vale R$ 5 mil”, explica Zeca

“Vamos fazer os imóveis urbanos autodeclaratórios? Eu vou para prefeitura e digo que meu imóvel vale tanto e vou pagar tanto. Normalmente seria subavaliado, como acontece com as propriedades rurais. Para acabar com essa pouca vergonha e ajudar as prefeituras a cobrarem o valor correto, nós apresentamos o projeto de lei protocolado no dia 29 de março, retirando no artigo oitavo, que dá essa definição de autodeclaração”,comenta o parlamentar.

A proposta aguarda a designação do relator na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural ( CAPADR ).


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PONTA PORÃ
Diversos

Hélio recebe governadora em exercício Rose Modesto

Reunião com empresários do Grupo ReGra, que estuda montar uma fábrica no município.

hp

O prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo, recebeu na manhã desta sexta-feira a governador em exercício, Rose Modesto. A governadora esteve na cidade para participar de uma audiência pública que debateu a violência contra a mulher na fronteira.

Recebida pelo prefeito no Aeroporto Internacional, Professora Rose participou de uma reunião com empresários que demonstram interesse em investir no município.

Os empresários do Grupo ReGra, de Goias, querem montar uma fábrica em Ponta Porã e, para isso, o prefeito Hélio Peluffo já ofereceu todo apoio do Município através de incentivos fiscais e auxilio na montagem da fábrica. Hélio disse que o objetivo é trocar os benefícios fiscais, em especial os impostos, por empregos. “Um dos objetivos da nossa administração é incentivar a oferta de empregos. Proporcionar trabalho principalmente uma parcela grande da população que possui qualificação. Estamos dando boas-vindas aos empresários e, ao mesmo tempo, buscando apoio do Governo do Estado, que é fundamental para atrair investimentos”, afirmou Hélio.

A governadora em exercício, Rose Modesto, disse que o interesse de empresários em investir no estado dá um alento neste momento em que a crise está sendo superada. “Repasso aqui a palavra do nosso governador Reinaldo Azambuja de que, tudo o que estiver ao nosso alcance, estaremos fazendo. No que depender do Governo do Estado, Ponta Porã vai receber este investimento industrial de grande importância”, garantiu.

O empresário Reynaldo Solera disse que ficou impressionado com a localização geográfica de Ponta Porã o que, no seu entendimento, permite investir também de olho no Mercosul. Ele elogiou a infraestrutura existente na região com estradas de boa qualidade, uma população fronteiriça bem receptiva e que pode ser qualificada par atender os interesses do setor industrial. Elogiou também a postura do prefeito Hélio Peluffo e da governadora em exercício que demonstram terem conhecimento de gestão, algo tão necessário no setor público neste momento.

Acompanharam a reunião o vice-prefeito Caio Augusto, vários secretários municipais, a sub-secretária estadual de Políticas para a Mulher, Luciana Azambuja e o coordenador regional do Governo do Estado, professor Adir Teixeira. Também os empresários Reynaldo Solera Filho e Raimundo Saraiva, do Grupo ReGra.

A empresa, uma das cinco maiores distribuidoras de produtos da Ambev do Brasil, atuando no mercado desde 1975, em Goiás e outros estados, pretende diversificar os negócios investindo na implantação de uma indústria de materiais de náilon na fronteira.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

COISA DE GAUCHOS

Gaúchos assam cordeiro inteiro na Avenida Afonso Pena para divulgar festa

Quem passar pela Avenida Afonso Pena, no cruzamento com a rua 13 de Maio, na manhã do domingo dia 7, vai se deparar com uma cena provocante. A festa acontece no domingo dia 14.

festa cordeiro

Integrantes do CTG Farroupilha devidamente pilchados, com suas cuias e gaitas, vão assar um carneiro inteiro no calçamento da avenida, tudo para divulgar a 4ª Festa do Cordeiro que acontecerá no Dia das Mães, 14 de maio. “Já é uma tradição o CTG Farroupilha trazer para a avenida uma amostra do que servimos em nossas festas, e a reação do público é muito boa. Em março tivemos a Festa do Leitão no Rolete e assamos um leitão na Avenida, foi uma situação divertida, chama a atenção das pessoas, todo mundo quer tirar foto e alguns até pediam pra provar um pedaço, mas isso não dá pra fazer, assim na rua, né?”, diz a diretora social do CTG, Sirlei Golin.

A 4ª Festa do Cordeiro do CTG Farroupilha será uma edição especialmente dedicada a homenagear as “guapas patroas campeiras”, as mães, que vão ganhar brindes e muitos mimos durante toda a programação. A Festa do Cordeiro integra o Calendário de Eventos de Campo Grande e tem sido sucesso de público desde sua primeira edição, em 2014. Para este ano a intenção é melhorar o que for preciso, porém mantendo intocável a estrela da festa – os pratos à base de cordeiro.

“Já reservamos 24 cordeiros da raça Dorper, especial para corte, com no máximo cinco meses de idade, que é até quando a carne tem a textura e o sabor diferenciado”, anuncia o patrão do CTG, Jânio Golin. A atração principal é o cordeiro assado inteiro, no estilo uruguaio, mas quando a mesa é posta outro prato à base da carne tem feito muito sucesso: o cordeiro no tacho, cozido lentamente sobre brasas em um buraco, misturado a frutas e legumes.

O preparo do Cordeiro no Tacho começa no sábado pela manhã. A carne é picada em pedaços médios, temperada com alecrim, sal, pimenta e outras especiarias, e vai para os recipientes em que é coberta por maçãs, cebolas, batatas e cenouras. Em seguida os tachos são acomodados no fundo de uma vala com 4,5 metros de comprimento, 1,5 metro de largura e 1 metro de profundidade, onde se formou uma camada espessa de brasas após horas de fogo. O buraco é tampado por folhas de zinco e recoberto de terra e nesse ambiente os tachos permanecem por oito horas. Quando são abertos, o que se vê e o odor que a mistura exala tortura até os mais retovados paladares.

Já o churrasco de cordeiro tem uma receita mais simples, porém nada fácil. Os segredos começam no preparo das carcaças, ensina o vice-patrão Osmar Christofari, um dos responsáveis pela churrasqueira. É preciso extrair as glândulas que podem impregnar a carne do mau cheiro que tanto incomoda quem não sabe apreciar a excelente carne de cordeiro. “Sem essas glândulas e com o tempero apropriado a carne de cordeiro apresenta um odor delicado e sabor levemente adocicado, ideal para crianças e mulheres, que normalmente são mais exigentes”, afirma.

O assado do cordeiro segue a tradição do modelo uruguaio. As carcaças são espetadas inteiras e dispostas em pé, ao redor de um fogo de chão, e vão assando levemente desde às 6h da manhã. Quando chega o meio-dia o churrasco está no ponto perfeito.

Todos os acompanhamentos de um bom almoço gaúcho compõem a farta mesa da Festa do Cordeiro, como arroz, farofa, saladas, mandioca. Quem não gosta mesmo de cordeiro não fica sem opção, terá frango assado no capricho. No bar: vinho, cerveja, refrigerantes e água e ainda haverá doces variados pra sobremesa. Abrilhantam a festa apresentações artísticas dos grupos de dança do CTG e o baile com o Grupo Rancho Grande que se estende por toda a tarde. Durante a programação serão sorteados vários brindes entre as mães presentes. 

 

98-img-8537

Serviço: O ingresso para a 4ª Festa do Cordeiro do CTG Farroupilha pode ser adquirido por R$ 40,00 nestes pontos de venda:

Gráfica Nova Print, Rua Pedro Celestino, 1927 – Telefone: (67) 3022-6868; e rua Jeribá, 325, sala 3, Telefone: 7705-7345; 

Panificadora Pão Moreno, na Av. Eduardo Elias Zahran, 1668 – Telefone: (67) 3341-5148; 

Pantanal Piscinas, Av. Ceará, 1700 – Telefone: (67) 3326-1733; 

Escapamentos Pampa, Av. Bandeirantes, 2351 – Telefone: (67) 3331-4008; 

Chaves e Carimbos Moreira, Av. Júlio de Castilho, 29 – Telefone: (67) 99982-4726; 

Drogaria Alvorada, Av. Afonso Pena, 2326 – Telefone: (67) 2106-5050. 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIM DE TARDE

Médico detido após confusão com bombeiro foi ouvido e liberado

Caso aconteceu na UPA Leblon

Depois de discutir com um militar do Corpo de Bombeiros na manhã desta sexta-feira (5), o médico, de 32 anos, da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Leblon foi ouvido na 6ª Delegacia de Polícia Civil e em seguida liberado. O caso aconteceu depois que os militares encaminharam uma vítima para atendimento na unidade.

A confusão começou quando a equipe do Corpo de Bombeiros, formada por um sargento e dois soldados, levou um paciente em crise convulsiva para a UPA, por volta das 8h20. Assim que chegaram ao local, o sargento pediu para que os soldados retirassem a vítima da viatura e passasse ela para uma das macas da unidade que estavam no setor de emergência.

Segundo o relato do militar, foi nesse momento que o médico se aproximou dizendo: “Não é pra deixar aí, quem manda aqui é eu” (sic). Consta também no boletim que o médico teria xingado o sargento e partido para cima dos bombeiros, que pediram que ele os acompanhasse até a delegacia.

O médico afirmou que só iria com um mandado judicial, e por isso o comandante da equipe e a Polícia Militar foram acionados. Todos foram levados para a 6ª Delegacia, ouvidos e liberados.

O profissional assinou umTCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e deve ficar a dispossição da polícia. A reportagem apurou ainda que esta não é a primeira vez que o médico teria se envolvido em discussões com os bombeiros.

Ao lado de André, Tereza explica a filiados motivo de ter perdido o PSB

Ex-governador, do PMDB, compôs mesa de autoridades do PSB

A deputada federal Tereza Cristina, destituída do comando do PSB em Mato Grosso do Sul por ter votado favorável à reforma trabalhista na Câmara Federal, reuniu filiados da sigla no Estado para explicar suas ‘convicções’ favoráveis às reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB). O anúncio foi feito ao lado do ex-governador André Puccinelli (PMDB).

“As reformas (trabalhista e da previdência) são necessárias para o Brasil”, justificou Tereza, que afirmou ainda que não vai aceitar ‘igual um cordeirinho’ a decisão da Executiva Nacional pessebista de destituí-la da presidência da sigla em Mato Grosso do Sul.

De acordo com a deputada, que alegou não ver prejuízos na reforma trabalhista, apesar do posicionamento do próprio PSB de que a proposta retira de direitos garantidos aos trabalhadores, o assunto se tornou um debate político entre oposição e base do governo Temer.

Mesmo após alegar que não será ‘cordeirinho’, a deputada fez um balanço do seu mandato à frente da executiva estadual do PSB. “Espero que façam (a direção nacional) uma boa escolha (do novo presidente estadual). Acho que fui uma boa presidente, o partido cresceu bastante e conseguimos resolver algumas pendências”, pontuou.

Tereza foi secretária de produção durante o governo de André Puccinelli, e contou com apoio do ex-governador para se eleger, em 2014, ao cargo de deputada federal.

Alguns nomes importantes do partido como o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, o deputado estadual licenciado, Barbosinha, atual secretário de justiça, e os vereadores da Capital Carlão e Veterinário Francisco, não estão presentes no encontro do PSB que acontece na manhã desta sexta-feira (5) em um hotel no centro da Capital.

A parlamentar também negou que pretenda deixar a sigla, mas revelou ter sido convidada por pelo menos 'quatro grandes partidos' em Brasília.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

BOLIVIA
Diversos

Estado assina carta de intenção para importar gás e ureia da Bolívia

Governador está no país vizinho em reunião com presidente boliviano

 

O governo boliviano e os estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso assinaram hoje carta de intenção para negociar futuramente a compra e ureia e gás natural. O negócio ainda depende de ajustes e só seria definido a partir de 2019.

O presidente Evo Morales, o ministro de hidrocarbonetos, semelhante ao de Minas e Energia brasileiro, Luis Alberto Sánchez, e os governadores Reinaldo Azambuja (PSDB) e Pedro Taques (PSDB), de Mato Grosso, participam da reunião que acontece em Santa Cruz de la Sierra.

O mesmo tipo de acordo pode ser estendido para Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

A negociação só pode avançar daqui a dois anos porque é quando se encerra o contrato de fornecimento de gás natural entre a Petrobras e a estatal boliviana, YPFB (Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos).

"Esses cinco estados têm interesse em comprar gás boliviano a partir de 2019, quando conclui o contrato que temos com Brasil. Então é uma grande oportunidade de negócio, um novo nicho de mercado, com preços menores que os atuais", explicou o ministro Sánchez ao jornal El Mundo.

A Bolívia também precisa preparar-se para atender a possível nova demanda. "Esses entendimentos nos obrigam a acelerar a exploração para garantir mais recursos de gás", observou o presidente Morales ao El Mundo.

Azambuja comemorou a sinalização positiva de compra e venda. "É muito importante essa tratativa e a carta de entendimento para que possamos avançar na política de integração entre os estados", comentou. Ele não mencionou na Bolívia, mas a tentativa de avançar esse mercado também acontece porque Mato Grosso do Sul sofreu corte no repasse de recursos da Petrobras, por conta da diminuição na compra dos combustíveis.

A criação de outra via, sem depender da estatal brasileira, pode permitir outros ganhos ou mesmo servir para melhorar uma possível futura negociação com a Petrobras.

Os integrantes da reunião não descartam chamar a estatal brasileira para participa do acordo. Ao jornal El Mundo, Azambuja afirmou que a MSGás e as empresas do setor em Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul têm a intenção de se tornarem sócias da YPFB.

MAIS ENCONTROS

A reunião de hoje também serviu para ser feito convite pessoalmente ao presidente Evo Morales para que participe de encontro no dia 22 de maio em Florianópolis (SC).

Esse evento vai contar com demais governadores e empresas de gás para analisar a importância na importação do produto boliviano para uso na indústria agrícola.

Nesse sentido, Mato Grosso é um dos principais estados interessados no negócio para a compra de ureia da Bolívia. O produto entraria no estado pela faixa de fronteira, que tem as cidades de San Matías e San Ignacio como principais pontos de entrada para o Brasil.

Técnicos e autoridades bolivianas e brasileiras também estão presentes nessa reunião em Santa Cruz de la Sierra para detalhar necessidades que precisam ser atendidas para ocorrer, de fato, o convênio.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIA

MORTE A ESCLARECER

Detento é encontrado morto na Máxima depois de reunião do PCC

Ele foi encontrado enforcado pouco depois de grupo entoar gritos da facção

Detento Manoel Gamarra, 32 anos, foi encontrado morto na Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande, no fim da manhã de hoje.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 8h30, cerca de 460 presos foram liberados para o banho de sol.

Segundo relato dos agentes penitenciários, minutos antes do encerramento do banho de sol, por volta de 11h20, vários presos se reuniram na quadra e ecoaram gritos de ordem da facção criminosa PCC, sendo “um por todos e todos por um”, “Se Deus é por nós, quem será contra nós” e por fim, repetiram por diversas vezes a sigla PCC.

Todos foram recolhidos às 11h30 e, durante fechamento das celas, Gamarra foi encontrado no saguão superior da Ala B, pendurado por uma corda que envolvia o pescoço e estava amarrada no teto.

Equipe da perícia e delegado da 3ª Delegacia de Polícia Civil, Geraldo Marim, foram ao local. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Manoel Gamarra cumpria pena por tráfico de drogas, crime pelo qual foi condenado a cinco anos e seis meses de prisão em julgamento realizado em 2013. No ano passado, ele conseguiu progressão de regime, passado para o semiaberto.

No entanto, segundo processo no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, no primeiro dia no semiaberto, Gamarra fugiu e Justiça expediu mandado de prisão para que ele retornasse ao regime fechado.

Ainda segundo os autos do processo, detento tinha péssimo histórico prisional, demonstrado através das inúmeras faltas disciplinares cometidas no decorrer do cumprimento da pena.

Homem é detido nu e com calcinhas de crianças nas mãos em matagal

Caso foi registrado como ato obsceno

Nu e com duas calcinhas de crianças nas mãos, um homem, de 49 anos, foi preso na noite desta quinta-feira (4), na cidade de Bonito distante 300 quilômetros de Campo Grande. Ele foi levado para a delegacia de polícia da cidade.

Uma moradora acionou a polícia depois de ouvir barulhos e conversas vindos de um matagal. Quando chegaram ao local, os militares encontraram o autor nu e com duas calcinhas de crianças nas mãos. Uma bicicleta estava próxima ao homem.

As roupas do autor estavam jogadas há 10 metros de onde ele estava. Um jovem estaria na companhia do autor e teria fugido antes da chegada da polícia. Ainda de acordo com o site Bonito Mundo, a moradora que acionou a polícia disse que seus cachorros ficaram inquietos, e acabou ouvindo barulhos de galhos quebrando e alguém tentando pular o muro.

Buscas foram feitas na mata na tentativa de encontrar o jovem, mas ninguém foi localizado. O autor foi levado para a delegacia de polícia e autuado por ato obsceno. O Jornal Midiamax tentou entrar em contato com a delegacia, mas a delegada não estava no local.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CONEX]AO INTERNACIONAL É NA FM CONQUISTA 90.7
Diversos

Conexão Internacional é na FM  Conquista 90.7

O Programa Conexão Internacional é apresentado pelo Jornalista que sabe das coisas, Jorge Pacheco,  Conquista 90.7, todos os Sábados a partir das 12Horas . Entrevista 

 VEREADORES ISMAEL MOREL,   SECRETARIO DE GOVERNO MARCELO,VEREADOR DILMAR BERVIANHUMBERTO HOSEGAWA, VEREADOR CHICO RATIER, , PREFEITO DE AMAMBAI DR. BANDEIRA,VICE PREFEITO DE AMAMBAI VALTER BRITO,  DILMAR BERVIAN, GEVERSON VICENTIM,ENTRE OUTROS

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, meme e texto

FATOS & FOTOS
Diversos

A imagem pode conter: 2 pessoas

DR BANDEIRA RECEPCIONA SECRETARIO MARCELO E PREFEITOS DA REGIÃO COM ALMOÇO NO CLUBE MILIONARIOS, NESTA QUARTA FEIRA DE MAIO

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

VICE PREFEITO VALTER BRITO, SECRETARIO MARCELO E PREFEITO DE AMAMBNAI DR BANDEIRA

A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

REGIÃO PRESENTE

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé

SECRETARIO MARCELO AGRADEÇOU A PRESENÇA DE TODOS E PELA CALOROSA RECEPÇÃO

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e área interna

REUNIÃO NO SINDICATO RURAL DE AMAMBAI, SECRETARIO MARCELO FALOU EM NOME DO GOVERNADOR REINALDO AZAMBUJA E DISSERTOU ALGUMAS PRIORIDADES, TAIS COMO- RECUPERAÇÃO DA RODOVIA 289 E PROMESSA DE LOGO ASFALTAMENTO, PONTES DE CONCRETOS EM VARIOS LUGARES, RECAOPEAMENTO DAS RODOVIAS AMAMBAI- CORONEL SAPUCAIA, AMAMBAI- CAARAPÓ, ENTRE OUTRAS BENFEITORIAS PARA A NOSSA REGIÃO

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área interna

VEREADORAS NIAGARA E ELOIR , REPRESENTARAM O PREFEITO RUDI

A imagem pode conter: 2 pessoas, texto

PREFEITO DR BANDEIRA COM O SECRETARIO DE GOVERNO MARCELO

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área interna

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sentadas, pessoas comendo, tabela e comida

A imagem pode conter: 2 pessoas

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, tabela e área interna

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e comida

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, texto


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

EB
Diversos

Exército faz 1º curso para sargentos mulheres; conheça a 1ª colocada

Gabrielli Lopes estudou para a prova por 10 meses e enfrentou a concorrência de 12,5 mil candidatas.

 

Gabrielli Lopes enfrentou concorrência de concorrência de 179 por vaga e foi a 1ª colocada (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)

os 21 anos, Gabrielli Lopes escolheu uma rotina bem diferente da maioria dos jovens. Desde o dia 17 de abril, seu dia a dia é exaustivo com muito estudo e exercícios físicos no curso de formação de sargentos do Exército.

Em busca de um futuro estável, ela se dedicou exclusivamente aos estudos por 10 meses atrás de uma vaga. A recompensa foi a aprovação, em 1º lugar entre as mulheres, no concurso da Escola de Sargento das Armas (ESA) na área de combatente/ logística-técnica/ aviação, realizado no ano passado. Gabrielli deixou para trás 12,5 mil candidatas, uma concorrência de 179 por vaga, e conseguiu uma das 70 vagas no curso.

“Eu só queria passar. Se passasse na 70ª posição seria ótimo. Eu não esperava esse resultado. Quando vi a concorrência fiquei assustada, mas percebi que tinha que pensar na minha prova”, afirma Gabrielli.

Essa foi a primeira vez que o Exército abriu seleção nessa área para mulheres. A jovem acredita que terá uma grande responsabilidade para que outras turmas de mulheres possam surgir no futuro.

“Essa turma vai fazer história e ser o exemplo para outras. Eu acho que tem que expandir cada vez mais para as mulheres”, afirma.

Segundo o Exército, as mulheres recebem a mesma instrução militar básica ministrada aos homens e participam de marchas (a pé e motorizadas), acampamentos, tiro real, jogos de guerra (em computadores) e manobras logísticas, na esfera de suas especialidades. Atualmente, cerca de 8 mil mulheres ocupam cargos em organizações militares de todas as regiões do país.

O curso de formação de sargentos vai até dezembro de 2018 e acontece em regime de internato. Os alunos podem sair nos dias de semana em caráter excepcional, e nos finais de semana eles podem ser liberados a critério do comandante. Após a formatura, os novos sargentos terão salário em torno de R$ 3.950.

A jovem deixou o bairro de Bonsucesso, no Rio de Janeiro, e se apresentou para o curso em 17 de abril, em Juiz de Fora (MG).

Gabrielli optou pelos concursos públicos pela estabilidade e pelo plano de carreira. Ela tem familiares militares e seu irmão era do Exército. “Tenho curso técnico em enfermagem e pensei em fazer o concurso para a área da saúde, mas quando vi a opção de combatente fiquei em dúvida. Só decidi dois dias antes de terminar a inscrição”.

Ela chegou a fazer um ano de cursinho pré-vestibular, mas não conseguiu chegar à segunda fase da UERJ para disputar uma vaga no curso para o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. A jovem também fez concursos de nível médio, na área administrativa, para órgãos estaduais, mas resolveu focar no seu objetivo: a ESA do Exército.

Estratégia de estudo

A jovem se preparou exclusivamente para esse concurso por 10 meses durante o ano passado, estudando nove horas por dia, sendo três horas no Curso Progressão e outras seis em casa ou em grupo de estudos. Pouco tempo antes da prova, ela chegou a estudar oito horas por dia, totalizando 11 horas.

O principal entrave foi a matemática. Ela não teve trigonometria na escola e teve que se esforçar para aprender o conteúdo. Estudo no ônibus, caderno com fórmulas e muitos simulados fizeram parte da preparação de Gabrielli. Por outro lado, cinema, praia e saídas com os amigos ficaram de fora da sua agenda.

Gabrielli Lopes estudou por 10 meses para passar em concurso do Exército (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)Gabrielli Lopes estudou por 10 meses para passar em concurso do Exército (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)

Gabrielli Lopes estudou por 10 meses para passar em concurso do Exército (Foto: Rodrigo Gorosito/G1)

Um imprevisto atrasou o cronograma de estudos de Gabrielli. Ela teve chikungunya e precisou ficar em repouso. Algumas matérias já tinham terminado, mas ela acabou perdendo aulas de trigonometria. “Eu fiquei desesperada. Minha amiga filmava a explicação do professor e mandava para mim. Tive que parar por algumas semanas e depois não consegui manter o ritmo de oito horas de estudo, mas estudava todos os dias”, conta.

O resultado da dedicação total foi visto na prova: respostas certas em todas as questões de português e história, um erro em matemática e dois em geografia. Além de uma boa pontuação na redação.

Teste físico

Depois de passar pelas provas, o teste físico era o novo desafio de Gabrielli. Ela começou a se preparar somente depois da divulgação do resultado da redação, no fim de janeiro, mas os exames estavam marcados para o início de março. “Foi uma escolha péssima. Eu tinha um mês para treinar e não conseguia fazer as flexões sem apoio”.

Ela se inscreveu em um curso de preparação física para concursos e começou uma rotina de exercícios e dieta. O teste consistia em 37 repetições de abdominal supra, 8 flexões de braços sem apoio dos joelhos e corrida de 1.950 metros em 12 minutos.

“Fiz uma promessa, junto com três meninas da sala, de que não iria sair nesse período. Também cortei besteiras do cardápio. Até deixei de comemorar meu aniversário [no início de março]”, relembra.

Ela foi a mais rápida na corrida e conseguiu completar as outras exigências. “Fui indo e nem sabia como estava me saindo. A questão psicológica é pior do que a física”, afirma.

Futuro

Poucos dias antes de sua apresentação para o início do curso, Gabrielli estava apreensiva por ter de deixar a família no Rio de Janeiro. “Nunca sai de casa, sempre morei aqui e agora vou para outro estado. Deixei para pensar nisso só agora, no final”.

Ela quer ter um bom aproveitamento no curso para só depois pensar qual das áreas vai escolher: logística, aviação, intendência ou material bélico.

Fazer faculdade, ser professora, participar de uma missão de paz e ser atleta estão entre as possibilidades para a jovem dentro do Exército. “Quero continuar no Exército porque existe um mundo de coisas para fazer. Quero entrar para ficar”, afirma.

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

AMAMBAI
Diversos

Governo do Estado anuncia investimentos em Amambai

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Durante reunião com o prefeito Dr. Bandeira, secretário de Estado anunciou vários investimentos no município

Durante reunião com o prefeito de Amambai, Dr. Bandeira, com o vice-prefeito, Valter Brito, vereadores, secretários municipais e com prefeitos de outras sete cidades da região do conesul do Estado, o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, anunciou importantes investimentos no município. A visita de Miglioli faz parte de uma estratégia do governo estadual de conferir ‘in loco’ as demandas dos municipais assim como vistoriar obras em execução.

Como Amambai se firma cada vez mais como polo regional da região sul-fronteira, o governo do Estado também convocou para a reunião os prefeitos dos municípios de Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Tacuru, Sete Quedas, Paranhos, Caarapó e Juti. Durante o encontro todos puderam conversar com Miglioli e aproveitaram para encaminhar suas demandas.

Com relação a Amambai, uma das obras que vinha sendo solicitada pelo prefeito Dr. Bandeira, que é o reperfilamento da pavimentação asfáltica da MS-156, que dá acesso a Caarapó, o secretário de Estado assegurou que as obras serão iniciadas brevemente. Ressaltou que já foi aberto o processo para receber as documentações e que uma empresa que foi considerada inabilitada entrou com recurso. Mas, segundo ele, o recurso será julgado e já na próxima semana poderá ter novidade com a confirmação da proposta vencedora para realizar a obra.

Outro importante anúncio foi de que o governo do Estado está retomando os servidos de recuperação da MS-289 no sentido Amambai-Juti. A estrada receberá patrolamento, escarificação, cascalhamento e depois os pontos críticos serão compactados, assegurando boas condições de tráfego para quem utiliza esta rodovia estadual.

Uma outra sinalização positiva foi de uma reivindicação feita pelo prefeito Dr. Bandeira e pelo prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Garcia, para continuidade das obras da ponte sobre o rio Amambai, passando pela Escola Agrícola e que demanda para Aral Moreira. Miglioli garantiu que as obras de 6 pontes de concreto terão continuidade em Amambai.

MAIS OBRAS

Logo depois da reunião com o prefeito Dr. Bandeira, o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, aproveitou para fazer visitas no perímetro urbano de Amambai, conhecendo vias que serão pavimentadas e outras que receberão recapeamento asfáltico dentro do pacote de R$ 4 milhões, viabilizados junto ao governador Reinaldo Azambuja.

Dr. Bandeira também questionou o secretário a respeito da construção do minianel de Amambai. Miglioli disse que o Estado já contratou uma empresa para fazer o projeto executivo desta importante obra, que depois de pronta, vai desviar o trânsito de caminhões do centro da cidade. Uma outra reivindicação feita pelo prefeito é para que o governo estadual pavimente a MS-289 entre Amambai e Juti.

Fonte: Decon Assessoria Prefeitura

22h49

Ismael pede construção de abrigos de ônibus nas aldeias Amambai e Limão Verd

A imagem pode conter: 1 pessoa

Para atender as pessoas que moram nas aldeias Amambai e Limão Verde e utilizam o transporte coletivo, o vereador Ismael Guarani Kaiowá (PMDB) está reivindicando da prefeitura a construção de abrigos cobertos na rodovia, junto a entrada das duas comunidades.

O pedido foi feito por intermédio do requerimento número 046/2017, aprovado e apresentado na sessão ordinária do legislativo, ocorrida nesta quarta-feira (3). O requerimento é subscrito pelos vereadores Chico Ratier (PEN), Humberto Hasegawa (PSC), Geverson Vicentim (PDT), Fernando Fischer (PT do B), Janete Córdoba (PSDB) e Sangue Bom (DEM).

Locais

Através do requerimento, Ismael quer que os abrigos cobertos sejam construídos nos seguintes locais: um na rodovia Amambai/Ponta Porã, na entrada da aldeia Amambai e outro na rodovia Amambai/Tacuru, na entrada da aldeia Limão Verde. "Os abrigos são para atender os universitários e outras pessoas que utilizam o serviço de transporte coletivo", diz Ismael.

"O nosso pedido é no sentido de garantir proteção para as pessoas que usufruem do transporte, nos dias de chuva e frio", reforça o vereador .


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PLANTÃO

Mãe que prostituía a filha de 9 anos à advogado tem condenação mantida

Em julgamento de recurso, homem teve pena reduzida por ter mais de 70 anos

Em julgamento de recurso, desembargadores da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul mantiveram condenação de uma mulher que obrigava a filha de 9 anos a manter encontros sexuais com um advogado. A pena dela é de 23 anos. Ao mesmo tempo, os magistrados reduziram a pena do agressor em 2 anos e quatro meses, condenando-o a 16 anos e 8 meses de prisão.

De acordo com o TJMS, criança foi obrigada a manter relações sexuais com o advogado por quatro anos, desde 2008, quando tinha 9 anos, no escritório do homem, em Nova Andradina, e em um motel de Campo Grande. Pelos programas sexuais, o advogado pagava em dinheiro.

Mãe ameaçava a vítima caso a ordem não fosse atendida e a agrediu fisicamente por várias vezes quando menina se negava a ir ao encontro do agressor.

Abusos sexuais foram descobertos em 2012, quando vítima viu o advogado perto da escola onde estudava e se assustou. A reação da menina chamou atenção dos professores e, em conversa reservada, vítima contou sobre os abusos sofridos.

Em julgamento de 1º grau, mãe foi condenada a 23 anos de prisão e o advogado, que tinha 70 anos na época, foi condenado a 19 anos de prisão em regime fechado.

Defesa dos acusados recorreu pedindo absolvição de ambos, alegando insuficiência de provas sobre a materialidade e autoria do crime, afirmando que condenação foi embasada apenas nos depoimentos da vítima.

REDUÇÃO DE PENA

Advogado do agressor pediu ainda que caso não fosse concedida absolvição, fosse aplicada atenuante prevista no artigo 65 do Código Penal, que determina com circunstância atenuante da pena quando o acusado for menor de 21 anos ou maior de 70 na data da sentença, que era o caso do advogado.

Relator do processo, desembargador Francisco Gerardo de Sousa afirmou que materialidade e autoria do crime ficaram comprovadas por meio de exame de corpo de delito, relatório psicológico, laudo pericial e interceptações telefônicas e depoimentos colhidos ao longo do processo.

Além disso, magistrado afirmou que as palavras da vítima foram confirmadas por depoimentos, em especial das professoras que viram o depoimento da menor ao se deparar com o acusado na saída da escola e pela secretária do advogado, que confirmou que ele recebia a vítima em seu escritório constantemente e permaneciam na sala fechada por cerca de 20 minutos.

Desembargador entendeu ainda que o os valores repassados pelo homem à mãe da menina eram forma de pagamento pelos abusos, e não ajuda financeira, como alegado pela defesa.

Dessa forma, pena estabelecida para a mãe foi mantida em 23 anos e para o advogado houve redução, por conta da idade, sendo fixada em 16 anos e 8 meses.  

Menina de 2 anos que morreu no Damha teria sofrido mal súbito durante o sono

Foi encontrada já sem vida pelos pais

A morte da menina de 2 anos no último domingo (30), no Residencial Damha em Campo Grande, teria acontecido enquanto ela dormia. Segundo o laudo necroscópico, a criança já estava morta há algumas horas quando foi socorrida pelo pai, que é médico, e pelos militares do Corpo de Bombeiros.

Por volta das 10 horas equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para socorrer a bebê. A primeira informação era de que ela estava com dificuldade de respirar, mas ao chegarem ao local encontraram a menina já morta. O pai da criança e um amigo da família seriam médicos e também participaram dos primeiros socorros, sem sucesso.

Nesta quinta-feira (4) o delegado Geraldo Marim, da 3ª Delegacia de Polícia Civil da Capital, explicou que segundo o laudo necroscópico a menina teria morrido durante o sono ao sofrer um mal súbito por engasgamento. Foi ao tentar acordar a filha, que o médico e a mulher perceberam que ela não respirava e chamaram o socorro.

Os exames feitos até agora apontam que a menina teria regurgitado e sofrido um mal súbito. Conhecida como a síndrome da morte súbita do lactente, o problema é comum em bebês recém-nascidos.

Conforme o delegado, ainda será feito exame anatomopatológico, para ver se a menina sofria de alguma doença. Os pais da criança também serão ouvidos e o caso deve ser concluído depois da entrega de todos os laudos.

Menina de 11 anos é estuprada vai sozinha à delegacia e suspeito é preso em SP

Suspeito já foi preso por tráfico e até liderou motins

Um homem de 28 anos foi preso em cumprimento a um mandado de prisão temporária, suspeito de estupro de uma menina de 11 anos, que à época do crime era sua enteada. A prisão foi realizada por policiais civis da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Três lagoas, a 338 km de Campo Grande, em conjunto com a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Presidente Venceslau - São Paulo.

Conforme a Polícia Civil, a vítima de 11 anos fugiu de casa e foi sozinha até a delegacia de polícia para denunciar ter sofrido abusos do padrasto. A vítima foi levada à DAM, onde confirmou a versão.

Assim que soube da denúncia, o suspeito fugiu de Três Lagoas e o delegado responsável pelo caso, Thiago José Passos da Silva, solicitou à Justiça a prisão temporária do suspeito, que foi deferida pela 3.ª Vara Criminal de Três Lagoas.

Em um trabalho de inteligência entre as Polícias Civis de Mato Grosso do Sul e São Paulo, o suspeito foi localizado e preso na cidade de Presidente Venceslau, onde residem alguns de seus familiares.

O suspeito foi escoltado à Três Lagoas e negou o crime durante interrogatório. Ele permanecerá preso até o fim do inquérito e poderá ter a prisão preventiva decretada.

Com várias passagens em MS e até prisão em flagrante, por violência doméstica, no mês de fevereiro, o suspeito também já cumpriu pena em São Paulo por crimes de tráfico de drogas e roubo, passando por um período no RDD (Regime Disciplinar Diferenciado), por ter liderado um motim da penitenciária de Caiuá-SP.

Durante prisão em flagrante em fevereiro, a vítima de 11 anos também fugiu de casa para pedir socorro, enquanto a mãe era agredida.

Se condenado, poderá ficar preso de 8 a 15 anos por cada crime, tendo em vista, a suspeita de que possa ter vitimado outra criança.

A Polícia Civil solicita que as vítimas ou quem tenha informações sobre estes tipos de denuncie, inclusive, de forma anônima pelo telefone 3521 9056.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

AGRICULTURA

Balança de MS tem superavit de
US$ 287 milhões, alta de 43%

Exportações somaram US$ 461 milhões e importações, US$ 174 milhões

Balança comercial de Mato Grosso do Sul fechou com superavit de US$ 287,031 milhões no mês de abril, de acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).

O montante é 43% superior ao registrado no mesmo mês do ano passado (US$ 200,945 milhões). O valor de exportações somou US$ 461,074 milhões e o de importações, US$ 174,043 milhões em abril. O montante comercializado alcançou 1,334 milhão de toneladas.

Já quando considerados os primeiros quatro meses deste ano, o saldo da balança comercial sul-mato-grossense ficou em US$ 897,411 milhões.

Contribuíram para o resultado positivo o desempenho dos principais produtos de exportação, com destaque para a soja, que teve aumento nas vendas de 15,60% em relação ao primeiro quadrimestre de 2016, avançando de US$ 556,239 milhões para US$ 643,031 milhões (+15,60%); e açúcares de cana, que saltou de US$ 74,974 milhões para US$ 157,829 milhões (+110,51%).

Segundo principal produto da pauta de exportação, a celulose recuou de US$ 374,299 milhões para US$ 321,909 milhões (-14%). 

*Leia reportagem, de Daniella Arruda, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

André promete 'verdades' sobre Aquário e diz que faltou competência para Reinaldo concluir

Peemedebista revelou ter deixado dinheiro para fim da obra

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) prometeu uma ‘manchete’ com o título ‘A Verdade sobre o Aquário do Pantanal’, talvez a obra mais emblemática de seu governo, que ainda não tem sequer prazo para conclusão.

“Deixei dinheiro, se tivessem dado continuidade com competência já teriam terminado”, disparou André sobre seu sucessor, o atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Segundo Puccinelli, os contratos deixados por sua gestão previam a conclusão com os valores que o Estado já teria em caixa, considerando, segundo ele, a alteração do custo inicial de R$ 84 milhões para R$ 176 milhões (valor estimado para conclusão em 2014, de acordo com o peemedebista).

“Do jeito que deixei já era para ter terminado. Devo representar perigo muito grande pelo tanto que falam de mim”, alfinetou.

Como a obra já não aceita mais aditivos, por questões legais, o governo de Azambuja aguarda uma definição da Justiça Estadual com uma previsão legal que permita aporte de mais recursos para conclusão das obras, que segundo Reinaldo terá um custo final aos cofres públicos de mais de R$ 200 milhões.

No último mês de março, o tucano revelou o interesse do Grupo Cataratas, que vai gerenciar o empreendimento, de assumir a responsabilidade de concluir o Aquário do Pantanal. Mas, a proposta da parceira público-privada ainda não havia sido feita ao governo.

Puccinelli diz que Simone tem mais chances que ele de disputar governo

Ex-governador voltou a afirmar que ‘já fechou o ciclo’

Apontado pela cúpula do PMDB em Mato Grosso do Sul como candidato do partido para disputa do governo estadual em 2018, o ex-governador André Puccinelli surpreendeu a afirmar que a senadora Simone Tebet tem mais possibilidade disputar a eleição pelo partido que ele próprio.

“Não gostaria de ser candidato. Acho que já fechei um ciclo, e a Simone tem mais possibilidade (de disputar o governo pelo PMDB nas próximas eleições) que eu. Ou ela ou eu”, afirmou Puccinelli.

André não quis comentar sobre possíveis alianças de seu partido com aliados, como o PSDB. “Pergunte isso para os deputados. Eu defendo candidatura própria”, disparou o peemedebista, que disse ter convencido, em 2014, Simone a concorrer, e vencer, a uma cadeira no Senado.

Segundo o ex-governador, que visitou lojistas no Camelódromo na manhã desta quarta-feira (3), ao lado deputado estadual Paulo Siufi (PMDB), apesar de ‘não ter batido o martelo’, atualmente ele tem ‘uma possibilidade em mil’ de ser o candidato do PMDB para disputar o Governo do Estado.

Apesar de peemedebistas com o deputado Carlos Marun e o senador Waldemir Moka já terem cobrado celeridade do partido nas definições para 2018, principalmente resposta de André aos pedidos para voltar a disputar uma eleição, o ex-governador não quis falar em prazo de definições.

Pedidos

Ao lado de Puccinelli na visita ao Camelódromo, Siufi discordou do ex-governador. "A Simone é boa, mas ninguém conhece o Estado como o André e as pessoas, como aqui hoje, pedem sua volta", frisou o deputado.

O ex-governador disse apenas que os pedidos de aliados, e da população, 'massageam o ego'.

PMDB fará pesquisa para
lançar candidarura própria

 

Resultado de imagem para PMDB

Levantamento será do final de maio a início de junho

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Junior Mochi (PMDB), declarou em sessão de hoje que o partido fará pesquisa qualitativa no período de final de maio até início de junho para lançar candidatura própria ao Governo do Estado em 2018. "Estaremos nos reunindo nos próximos dias e vamos definir a contratação do instituto que fará a pesquisa", disse.

O objetivo do levantamento é avaliar todos os cenários para que o partido tenha informação suficiente para tomada de decisões.

Sobre a candidatura do ex-governador André Puccinelli (PMDB), Mochi disse que André solicitou ao partido o prazo até 01 de julho para decidir. "Após a decisão dele, que é fundamental, tomaremos algum rumo", finalizou o parlamentar.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

LIGAÇÃO PERIGOSA

Jovem que desapareceu após desconfiar de relação entre a irmã e ex-marido reaparece

Kedma Oliveira, de 23 anos, estudante de Arquitetura Foto: Reprodução/Facebook
Extra
Tamanho do texto A A A

A estudante de Arquitetura Kedma Oliveira, de 23 anos, que desapareceu após deixar um texto de despedida publicado no Facebook, foi encontrada, a cerca de 60 quilômetros de Cuiabá, na Chapada dos Guimarães pelos pais na tarde desta quinta-feira. Após receber uma ligação de um familiar, os pais de Kedma foram encontrá-la na cidade vizinha.

Segundo o irmão, Kedma foi encontrada sem ferimentos e deve chegar a Cuiabá por volta das 19h. Kedma saiu de casa nesta quarta-feira, às 17h, para ir à academia. Kedma teria se jogado na frente de um carro durante a noite e esta foi a última vez que ela foi vista.

A mãe da jovem contou que um amigo a teria buscado no local após o incidente. Com isso, Esla contou que procurou auxílio da prefeitura e da polícia para localizarem o veículo, mas até o momento a família da jovem desconhece o motorista, assim como o paradeiro de ambos.

"Essa não é a hora de julgamentos e sim de tentar ajudar a encontrá-la!", escreveu uma amiga, pedindo que as pessoas compartilhassem a publicação.

Leia o relato que a estudante deixou antes de desaparecer:


 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FALTA DE SEGURANÇA

Caminhoneiros cobram até 50% mais caro para trazer cargas de fora para o Rio

Caminhão foi atingido por 40 tiros de fuzil

Caminhão foi atingido por 40 tiros de fuzil Foto: Reprodução

Luã Marinatto, Marcos Nunes e Pollyanna Brêtas

Estacionado diante do depósito de uma grande rede de supermercados do Rio, em Realengo, João (nome fictício) aguarda o caminhão ser descarregado — nele, estão R$ 32 mil em pacotes de macarrão. De repente, dois homens armados rendem o motorista e o obrigam a seguir para o Chapadão, um trajeto que, no trânsito congestionado de início da noite, pode levar mais de meia hora. No caminho, ao passar próximo a uma comunidade dominada por uma facção rival à dos assaltantes, o veículo é “alvo de centenas de disparos de arma de fogo”, como consta no registro de ocorrência feito na 39ª DP (Pavuna). Mais de 40 tiros de fuzil atingem o caminhão, que consegue seguir adiante mesmo com os pneus furados.

— Achei que fosse morrer. Transporto cargas há nove anos e nunca tinha me acontecido nada parecido. Já avisei que não volto ao Rio tão cedo — desabafa João, morador do interior de São Paulo.

Rio sem entrega: carga roubada é vendida no trem até duas horas após o crime

Facções já têm gerentes de roubo de cargas e faturamento superior ao do tráfico de drogas

Rio sem entrega: para fugir dos roubos de carga, até carne é transportada em carro-forte

Ficar sob a mira de uma arma em solo fluminense tornou-se tão comum que caminhoneiros de outros estados passaram a cobrar mais para vir ao Rio. Segundo a Federação dos Motoristas de Transportes Autônomos de Carga do Estado de São Paulo, o valor pago por serviços semelhantes chega a ficar 50% mais caro.

— Além disso, no caso do Rio os caminhoneiros exigem o pagamento de 70% do valor do frete já na saída da mercadoria, e o restante no ato da entrega. A praxe é que isso seja feito meio a meio — acrescenta Haroldo Araújo Christensen, diretor da entidade.

A explosão nos roubos levou a outras mudanças na logística de transporte. Como em alguns casos os assaltantes levavam até mesmo o dinheiro recebido a cada entrega, já há quem trabalhe exclusivamente com boletos bancários.

— Tenho um botão aqui na minha sala e posso travar o caminhão a qualquer momento, mas é a vida do motorista que está em jogo — revela um empresário, pedindo para não ser identificado.

Caminhão foi fuzilado por bandidos
Caminhão foi fuzilado por bandidos Foto: Reprodução

Em 90 minutos, macarrão já era revendido

João foi rendido em 6 de abril, por volta das 18h. Após descarregarem a carga, dentro do Chapadão, em Costa Barros, os bandidos liberaram o motorista. Uma hora e meia depois, enquanto ele ainda registrava ocorrência na delegacia, pacotes do macarrão já eram vendidos no ramal Belford Roxo da SuperVia — como o EXTRA revelou no primeiro dia da série, a linha virou um feirão de produtos roubados.

Às 19h35, logo após embarcar na estação Agostinho Porto, um camelô do crime oferecia três embalagens de 500 gramas por R$ 5. O desconto em relação ao preço habitual (cerca de R$ 2,75 à unidade) era de 40%. Nos dias seguintes, no mesmo ramal, itens da carga tomada de João seguiam sendo redistribuídos nos vagões.

Uma hora e meia depois do roubo, carga já era vendida no trem
Uma hora e meia depois do roubo, carga já era vendida no trem Foto: Luã Marinatto

Remédios, insônia e terapia

A insegurança ao transportar cargas pelas ruas do Rio transformou-se em risco de vida quando o motorista Jair (nome fictício), de 43 anos, foi perseguido por bandidos, de madrugada, ao passar pela Avenida Brasil. Naquela ocasião, no início do ano passado, o frete dos eletroeletrônicos estava sendo feito sem escolta, ao contrário do que ocorre normalmente.

Primeiro, homens numa moto o abordaram na altura da Penha, e ordenaram que ele os seguisse. Quando os assaltantes emparelharam, Jair contrariou os protocolos de segurança e disse que a carga era de verduras. Não adiantou. Já próximo ao Complexo do Alemão, com medo da reação dos criminosos ao descobrirem a mentira, o motorista tentou fugir do bando, que abriu fogo de imediato. Durante a perseguição, ao avistar uma viatura da PM, o caminhoneiro enfim pôde pedir socorro. Os ladrões seguiram adiante, mas não sem antes lhe apontarem as armas e vociferarem ameaças.

Desde então, Jair usa medicamentos controlados, tem ataques de pânico, sofre de insônia e faz acompanhamento psicológico. O trauma, contudo, parece longe de ser superado.

— Pedi demissão, mas o que sei fazer é dirigir caminhão. Não levo mais eletrônico, agora só alimentos, mas está ficando tão perigoso quanto — lamenta.

Caminhoneiros sofrem ameaças constantes nas estradas
Caminhoneiros sofrem ameaças constantes nas estradas Foto: Reprodução

‘Sofri 18 assaltos em dois anos’

Depoimento do caminhoneiro José (nome fictício), de 49 anos

"Trabalho com isso há 16 anos e sofri 18 assaltos só nos últimos dois. Sinto medo quando pedem para trocar de roupa comigo e com o ajudante, como se eles fossem os trabalhadores e nós os bandidos. Se houver uma abordagem policial, seremos os primeiros a morre



 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FRONTEIRA
Diversos

Polícia paraguaia prende quadrilha com arsenal de guerra em Pedro Juan

Dos sete homens membros da quadrilha, cinco são brasileiros com idades entre 21 e 33 anos

Fuzis e farta munição foram apreendidos nesta quarta-feira pela polícia paraguaia em Pedro Juan Caballero (Foto: Departamento Antinarcóticos da Polícia Nacional do Paraguai/Divulgação)

Fuzis de fabricação norte-americana, russa e belga, muita munição, coletes à prova de balas, celulares, cocaína, maconha, dinheiro e veículos foram alguns dos itens apreendidos na quarta-feira (3) por policiais do Departamento Antinarcóticos da Polícia Nacional do Paraguai. A apreensão foi em uma casa, em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com o município de Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

Segundo o Departamento Antinarcóticos da polícia paraguaia, foram presos no local sete homens, sendo cinco brasileiros, com idades entre 21 e 33 anos e dois paraguaios, com 22 e 27 anos de idade. A operação ocorreu por volta das 16h (horário local), no bairro Bernardino Caballero, em cumprimento a mandado de busca expedido pela Justiça do país.

Foram apreendidos no local três fuzis: AM15 (norte-americano), com cinco carregadores; AK-47 (russo), com oito carregadores e Fal (belga), com um carregador (Foto: Departamento Antinarcóticos da Polícia Nacional do Paraguai/Divulgação) Foram apreendidos no local três fuzis: AM15 (norte-americano), com cinco carregadores; AK-47 (russo), com oito carregadores e Fal (belga), com um carregador (Foto: Departamento Antinarcóticos da Polícia Nacional do Paraguai/Divulgação)

Foram apreendidos no local três fuzis: AM15 (norte-americano), com cinco carregadores; AK-47 (russo), com oito carregadores e Fal (belga), com um carregador, 1.000 cartuchos de munição para o fuzil AM15, 500 cartuchos de munição para o fuzil AK-47 e 25 cartuchos para o fuzil FAL, 12 cartuchos calibre 357, três coletes à prova de balas, 15 aparelhos celulares, vários chips, maconha, cocaína, fitas adesivas, uma balança de precisão, três carros, sendo um com placas brasileiras, uma caminhonete e dinheiro.

Os sete presos e os veículos foram encaminhados para a sede da Divisão de Investigação de Crimes do departamento de Amambay, enquanto que os outros materiais apreendidos foram levados para a sede do escritório regional Antinarcóticos de Pedro Juan Caballero


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

REINALDO

Reinaldo viaja na sexta a Bolívia para tratar questão do gás natural

Com isso, governador se antecipa ao fim de contrato do Gasbol em 2019. 

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) viaja à Bolívia nesta quinta (4.5) e, nesta sexta-feira (5.5), participa de rodadas de negociações com vistas à importação de gás natural diretamente por Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. 


Com exceção de MT, os estados integram o Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul). As reuniões acontecem em Santa Cruz de la Sierra e Tarija. A Assembleia Legislativa aprovou nessa quarta-feira (3.5) autorização para a viagem do governador em missão oficial.


O objetivo é evitar a interrupção do fornecimento de gás ao bloco. A maior parte do trecho Norte do Gasbol (Gasoduto Brasil Bolívia) está em Mato Grosso do Sul. O duto começa em Santa Cruz, na Bolívia, entra na fronteira de Corumbá e corta o Estado até Três Lagoas, seguindo até Campinas (SP). 


O trecho Sul passa pelo Paraná e Santa Catarina até o Rio Grande do Sul. Para manter o transporte a partir de 2010 será negociado um novo contrato. O governador Reinaldo Azambuja é o interlocutor do bloco nas negociações. Reinaldo Azambuja também negocia a compra direta através de terminal na fronteira de Corumbá, para atender a termelétrica que etá sendo construída em Ladário.


Reinaldo Azambuja assumiu as negociações bilaterais após receber, em fevereiro, aval do presidente Michel Temer e Ministério das Relações Exteriores. No dia 15 de fevereiro, o governador fez a primeira reunião com autoridades bolivianas, na Embaixada da Bolívia, em Brasília, quando ficou acertada a reunião técnica, marcada para esta sexta-feira.


Além dos interesses do bloco, Mato Grosso do Sul negocia a compra direta para viabilizar a termelétrica de Ladário, que obteve em janeiro a licença ambiental prévia para construção. Nesse projeto a previsão é de importação de 1 milhão a 1,2 milhão de metros cúbicos de gás natural por dia, segundo o diretor presidente da MSGÁS, Rudel Trindade. Todos os dirigentes de empresas de gás e energia dos estados que integram o Codesul devem participar da reunião técnica em Santa Cruz de la Sierra nessa sexta-feira.


Reinaldo Azambuja defende a expansão do gasoduto com ramais nos principais centros urbanos. Hoje a distribuição está concentrada, inclusive o GNV (Gás Natural Veicular).


No caso da termelétrica de Ladário, a vantagem é que não haveria custo de transporte pelo gasoduto. O gás boliviano seria entregue na fronteira, por meio de um ramal que já foi concluído, mas está desativado. “A expectativa é que logo, com o fechamento do contrato de suprimento de gás compra direta, o projeto da térmica de Ladário possa ser cadastrado nos leilões da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica)”, diz o diretor presidente da MSGÁS.


Os leilões regulados de geração e transmissão de energia fazem parte da legislação do setor elétrico brasileiro e tem estimulado a concorrência entre agentes e induzido a entrada de empreendedores procedentes de outros setores e de outros países. A concorrência, por sua vez, tem resultado em redução de custos e prazos para construção de novas instalações de geração e transmissão.


Para Mato Grosso do Sul, segundo o governador Reinaldo Azambuja, será mais uma atividade econômica no “círculo virtuoso de geração de emprego, renda e receita com a arrecadação de tributos”, além de incentivar a expansão de empreendimentos na área energética, já nos leilões de energia são negociados contratos de suprimento de energia de longo prazo, que selam o compromisso para que os empreendedores possam realizar investimentos em novas instalações.


Comitiva brasileira

O governador Reinaldo Azambuja vai à Bolívia acompanhado do coordenador geral de Assuntos Econômicos Latino-Americanos e Caribenhos da Subsecretaria-Geral da América Latina e Caribe do Ministério das Relações Exteriores, João Carlos Parkinson de Castro, o governador de Mato Grosso, Pedro Taques, dirigentes de estatais de gás e energia do PR, de SC e do RS; secretário de Estado Infraestrutura de Mato Grosso do Sul, Marcelo Miglioli, e o diretor presidente da MSGás, Rudel Trindade.


Do lado boliviano está confirmada a presença do presidente Evo Morales, o ministro de Hidrocarburos Y Energía, Luis Alberto Sanchez Fernández, o vice-ministro de Exploração e Exportação de Hidrocarboneto, Luis Alberto Poma Calle; o vice-ministro de Industrialização, Comercialização, Transporte e Armazenamento de Hidrocarboneto, Oscar Barriga Arteaga; e o presidente da estatal YPFB (Yacimientos Petrolíferos Fiscales Boliviano), Guilhermo Acha Morales.


Para o diretor presidente da MSGÁS, Rudel Trindade, essa importação conjunta será uma garantia de manutenção da receita do gás a Mato Grosso do Sul, independentemente da oscilação do volume adquirido pela Petrobras dentro do contrato que vence em 2019.


Termelétrica de Ladário

O diretor presidente da MSGÁS disse que é provável que, ainda este ano, Mato Grosso do Sul comece a produzir energia e participar dos leilões da Aneel. “A termelétrica está pronta para entrar em operação, já dispõe da licença ambiental. Falta apenas definir a parte comercial e técnica para a compra do gás”.

O projeto da UTE Fronteira em Ladário, vizinha de Corumbá, pertence ao grupo baiano GPE (Global Participações em Energia), que projeta investir US$ 250 milhões (R$ 900 milhões) no empreendimento.


A usina terá capacidade para gerar 267 MW de energia, suficiente para abastecer uma cidade de 1 milhão de habitantes, e adquirirá o gás natural (até 1,2 milhão de m³/dia) diretamente da Bolívia. O combustível será entregue na fronteira, bombeado diretamente no ramal exclusivo da termelétrica.

 

“Nas etapas de fase de construção e operação a usina termoelétrica a gás natural vai contribuir com a economia de Ladário e Corumbá e na arrecadação de tributos, com geração de 500 empregos diretos e 2 mil indiretos na etapa de construção e 50 empregos diretos e 100 indiretos na fase de operação, daí a importância do gás natural como suprimento”, destaca o governador Reinaldo Azambuja.  


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CUIDADO

SAÚDE| Sinais de que você está a um passo de um esgotamento nervoso

O esgotamento nervoso (termo não-médico também denominado de colapso mental) é a condição resultante de um ataque grave de uma doença mental.

Um esgotamento nervoso pode surgir como resposta a um ataque súbito de ansiedade, mas também como consequência de uma agravamento da depressão. Contudo, independente da doença mental que o desencadeia, o colapso é diagnosticado quando a pessoa já não é mais capaz de realizar as tarefas do dia a dia.

De acordo com o site da revista Prevention, a psicologia moderna associa ainda o esgotamento nervoso à incapacidade cada vez mais notória das pessoas em conseguirem lidar com as emoções e com o estresse (e com estes dois fatores em simultâneo). A melhor forma de prevenir o esgotamento é através da conversa e da capacidade de revelar o que vai na alma, pois o silêncio pode ser, muitas vezes, o pior inimigo.

“O que é importante entender é que um esgotamento nervoso é, normalmente, um indicador de problemas de saúde mental subjacentes que podem ser tratados”, diz Healther Senior Monroe, mentor de um dos principais centros de saúde mental dos Estados Unidos.

Prestar atenção a alguns dos sintomas que o corpo e a mente vão dando é a melhor forma de prevenir o colapso mental, diz a revista, listando os sinais aos quais as pessoas, os médicos e os familiares devem prestar atenção.

1 – Ter uma doença mental mal diagnosticada ou cujo tratamento não é adequado. De acordo com Monroe, “qualquer pessoa pode ter uma crise de saúde mental”, mas esta é mais frequente quando existe já um problema do foro mental subjacente, isto é, este tipo de colapsos é mais comum em pessoas com depressão, ansiedade, distúrbios mentais, etc. O acompanhamento regular junto de um médico é fundamental.

2 – Consumo abusivo de bebidas alcoólicas e/ou medicamentos. Quando a pessoa está prestes a ter um colapso, é comum que tente encontrar algum tipo de conforto ou forma de controle, porém, a tendência é para ter comportamentos abusivos que, na verdade, nada mais fazem do que agravar a situação.

3 – Muito estresse (sempre). Já é conhecimento comum que o estresse é o maior inimigo da saúde e a incapacidade das pessoas fazerem frente a esta condição é cada vez menor, deixando-as à mercê de todas as consequências associadas ao elevado nível de cortisol no organismo.

4 – Ter ataques de pânico ou ponderar por fim à vida. É impossível saber o que se passa na cabeça de uma pessoa e, por isso, o diagnóstico nem sempre é célere e eficaz, o que faz com que a pessoa se sinta mais e mais estressada, sozinha e incapaz, sofrendo, com isso, ataques de pânico e ponderando até o suicídio. Para o especialista, os ataques de pânico recorrentes num curto espaço de tempo são um dos principais sinais de alerta.

5 – Sensação de dormência. A apatia, a sensação de dormência e não presença do corpo é também um sinal de alerta, diz a publicação, salientando que estes são os sintomas mais comuns de depressão, uma das doenças mentais que mais desencadeia os esgotamentos nervosos.

6 – Incapacidade de levar a vida normalmente. Quando as tarefas diárias não são mais realizáveis da mesma forma e a pessoa se sente incapaz de ter uma vida normal, então está mais do que na hora de agir.


Fonte: NAOM

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

nova andradina

Nova Andradina tem novo comandante da Polícia Militar

Oficialização aconteceu no Plenário da Câmara de Vereadores

O 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Nova Andradina passa a contar, a partir desta quinta-feira (4), com um novo comandante. O Tenente Coronel Rodrigo Alex Potrich assumiu o posto no lugar do Tenente Coronel Emerson Carvalho, que esteve a frente da corporação durante três anos.

 

A solenidade de passagem de comando foi realizada no plenário Sidney Sanches, na Câmara Municipal. A solenidade foi prestigiada pelo Comandante de Polícia Militar do Estado, Waldir Ribeiro Acosta, Comandante do CPA-1, Givaldo Mendes de Oliveira, prefeitos de Nova Andradina e Taquarussu, Gilberto Garcia (PR) e Roberto Tavares (PSDB), respectivamente, vereadores, delegados de polícia, promotores de Justiça, policiais militares e da Força Tática, Ambiental e da PMR (Polícia Militar Rodoviária).

 

Em entrevista ao Jornal da Nova, o novo comandante, de 42 anos, recordou que já trabalhou no município ano 2.000, quando ainda era a 4ª CI-PM, disse que pretende implementar um policiamento bastante atuante e falou da sua expectativa para assumir mais este desafio na carreira militar, a qual integra há 23 anos, tendo já uma vasta experiência dentro da polícia.

 

Questionado pela reportagem sobre os altos índices de furtos e roubos em Nova Andradina, o novo comandante assumiu o compromisso de intensificar o policiamento para coibir este tipo de delito, porém, fez questão de lembrar que a responsabilidade não é apenas da PM. “Não cabe apenas a parte da polícia, tem ainda a questão do Judiciário e da legislação que não conseguem atingir da forma que é esperado”, defende.

 

Alex confirmou também que existe um planejamento sendo coordenado de modo a interagir com as outras forças de segurança para combater de maneira efetiva e prática esses pequenos furtos e roubos, principalmente em residências, estabelecimentos comerciais e indústrias.  O novo comandante aguarda a chegada de uma nova viatura, mas não tem previsão de aumento do efetivo a curto prazo. “Segundo o secretário de Justiça todos os municípios receberão viaturas. Quanto a vinda de novos policiais, apesar das baixas por aposentadoria, sem previsão. Só após a realização de concurso público”, avisou.

Tenente Coronel Emerson Carvalho, se despede do 8º BPM – Foto: Luis Gustavo/Jornal da Nova

Já o comandante que se despede do 8º Batalhão, Emerson Carvalho, fez um balanço dos seus três anos de trabalho. “A missão foi cumprida. Tivemos muitas dificuldades, mas várias realizações como a formatura de novos soldados, a passagem de muitas crianças pelos projetos sociais como Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), Ecoterapia e Polícia Militar Mirim, pois tratam-se de ações essenciais para afastar as crianças e adolescentes do mundo das drogas. Assim, avalio como muito positivo este período que estive no comando do 8ºBPM”.

 

Com relação as campanhas e as atividades preventivas na área de trânsito, o saldo foi considerado satisfatório. “As parcerias com as escolas, empresas e a sociedade como um todo aconteceram durante todo este tempo e trouxeram resultados muito bons, como a redução dos acidentes de trânsito com vítimas e principalmente, a redução de óbitos”, elencou, lembrando que a Polícia Militar privilegia a prevenção e só parte para ações de repressão quando é estritamente, necessário. “As multas e apreensões de veículos ocorrem em último caso, preferimos a prevenção”, pontua.

 

Em última análise, Tenente Coronel Emerson avaliou que a marca do seu trabalho está na sua atuação dentro dos projetos sociais e que deixa pronto um projeto para a implantação da Polícia Comunitária nos bairros. “Contingências alheias a nossa vontade não permitiram que colocássemos em prática este projeto. Está tudo pronto, temos profissionais capacitados e uma estrutura inicial. Falta efetivo para que possamos tirar o policial da atual função para fazer este trabalho e apoio do alto escalão”, encerrou o ex-comandante, que agora deverá servir a PM em Campo Grande

 

Dados Estatísticos 8° BPM Nova Andradina

Período - Junho de 2014 a Abril 2017


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

da tarde

Luan Santana será protagonista de filme sobre jogador de futebol

Luan Santana vai incluir mais um quesito em seu currículo artístico: além de cantor, o sertanejo vai virar ator. Ele vai interpretar um jogador de futebol em "Jorge - O Corinthiano", cuja estreia está prevista para fevereiro de 2018.

Em conversa com o Purepeople, Henrique Alberto, produtor executivo do filme, conta como surgiu o convite para o músico, com planos de cantar em trio elétrico no Carnaval.

"Nós começamos a cercá-lo, consultando pessoas próximas dele no meio artístico e eles adoraram o projeto. O Luan estava de férias na Suíça esquiando. Aí, comuniquei o pai dele que era o empresário, marcamos uma reunião. Ele se comportou como como um artista que ele é, com a humildade que ele tem, e foi um casamento ali de mão cheias. Saímos já sacramentados nessa reunião que ele seria nosso protagonista".

PERSONAGEM TERÁ CARISMA COMO LUAN SANTANA

Henrique fala também que personagem de Luan, cotado para a próxima temporada do "The Voice Kids", será carismático, assim como ele. "Ele vai ser muito carismático como ele é realmente na carreira e dentro dos show", garante. "Estamos em pré-produção. O roteiro está ficando pronto, agora nós vamos para a produção. As gravações devem acontecer no final do segundo semestre", completa ele, nesta quarta-feira (3).

 

Prefeito descobre rombo de R$ 23 milhões nos cofres da cidade

Ex-prefeito informou dívida R$ 16 milhões menor

Pouco mais de quatro meses à frente da prefeitura de Paranaíba, distante 407 quilômetros da Capital, o prefeito Ronaldo Miziara (PSDB) revelou nesta quinta-feira (4) que descobriu rombo de R$ 23 milhões nos cofres do município. O valor é R$ 16 milhões maior do que o informado pelo antecessor Diogo Tita (PPS), quando fez a transição do comando da cidade, em dezembro passado.

De acordo com a atual gestão, levantamento detalhado foi feito durante os primeiros quatro meses deste ano. Quando assumiu a cidade, Miziara afirma que tinha conhecimento de dívidas que somavam R$ 7 milhões, desse montante, conforme o prefeito, R$ 3,5 milhões já foram quitados.

No entanto, durante levantamento descobriu-se dívidas que chegam a R$ 23 milhões. “A dívida real é muito maior do que os gestores do governo passado nos forneceram. Mais de 300% de diferença entre o que nos informaram e o valor real”, disse o prefeito.

A reportagem tentou apurar com a administração da cidade quais dívidas compõem o rombo descoberto pela atual gestão, mas a informação repassada pela assessoria de imprensa é que os detalhes só podem ser fornecidos nesta sexta-feira.

O Jornal Midiamax também tentou contato, por telefone, com o ex-prefeito Diogo Tita, mas nenhuma ligação foi atendida até o fechamento desta matéria.

GESTÃO CONTURBADA

Diogo Robalinho de Queiroz, mais conhecido como Diogo Tita, se elegeu pela primeira vez para o cargo de prefeito de Paranaíba em 1996, ainda pelo PTB. Ele se reelegeu na eleição seguinte.

Fora da administração municipal, em outubro de 2010, Tita foi convocado para assumir cargo de deputado na Assembleia Legislativa. Ele havia ficado na suplência e ocupou cadeira deixada por Carlos Marun (PMDB), que deixou Assembleia para comandar secretaria de Habitação do governo André Puccinelli.

Nas eleições de 2012, Tita concorreu novamente à prefeitura de Paranaíba, mas acabou derrotado nas urnas por Zé Braquiara (PDT), que se reelegeu. Meses depois das eleições, em abril do ano seguinte, a candidatura de Zé foi cassada por ele ter confeccionado 10 mil cartilhas para material de campanha usando recursos da prefeitura.

Diogo Tita acabou diplomado para assumir a cidade, ele renunciou ao mandato de deputado e permaneceu na prefeitura até dezembro do ano passado. Durante a gestão, Tita foi alvo de investigação da Câmara Municipal por não ter pago R$ 4,5 milhões ao instituto de previdência do município. O assunto virou CPI, que não teve desfecho até o fim do mandato de Tita.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIQUE SABENDO

Por que a gordura da barriga é diferente e pior do que as outras?

A gordura visceral é a que mais consequências traz para a saúde

naom_5909f583dc337

Para que o organismo funcione corretamente e o sistema imunitário seja capaz de fazer frente a todo o tipo de agentes agressores é preciso que o corpo humano tenha alguma reserva de gordura.

Contudo, quando ela se encontra em excesso, os riscos são muitos e existe um tipo que pode ser verdadeiramente penoso para a saúde. Falamos da gordura visceral, bem mais perigosa para a saúde do que a gordura subcutânea, aquela que se encontra debaixo da pele e que pode ser apalpada (sim, o pneuzinho que tanto chateia e teima em não desaparecer).

Como explica o site da revista Health, a gordura visceral se encontra no interior da barriga, mais precisamente à volta dos órgãos e debaixo dos músculos do abdominal, não sendo, por isso, palpável. Mas, por que é que este tipo de gordura é diferente e pior? Porque estimula a criação e libertação de citocina, uma proteína que interfere com a função de várias células e que, por exemplo, afeta a produção de insulina. Mas não só.

A gordura visceral, aquela que faz com que a barriga cresça consideravelmente em casos de excesso de peso, é ainda uma das principais desencadeadoras de processos inflamatórios no corpo, deixando-o sempre em estado de stress e à mercê das respostas inesperadas do sistema imunitário.

A revista diz, ainda, que a gordura visceral interfere em grande escala com a saúde do fígado, uma vez que impede que as suas células tenham ‘consciência’ dos níveis de insulina presentes, o que pode causar um aumento da pressão sanguínea e ainda desencadear o aparecimento de diabetes tipo 2.

A melhor forma de prevenir ou combater esta gordura – que tende a aumentar com o avançar da idade – é através de um estilo de vida saudável, pautado pela alimentação variada e equilibrada (e sem produtos industrializados ou ricos em açúcar e gorduras trans) e pela prática de exercício físico.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

VIDA DE bOMBEIROS

Bombeiros usam alho e destelham casa para achar cobra que fez família ‘fugir’

Animal deve ser solto em mata próxima

Alho e creolina foram utilizados, nesta quinta-feira (4), para localizar cobra-cipó que ‘expulsou’ família de imóvel no Jardim Tarumã, em Campo Grande. Ela não é considerada venenosa.

Equipe do Corpo de Bombeiros teve que subir no telhado para retirar uma cobra-cipó, com cerca de meio metro. O réptil capturado deve ser solto em brejo próximo.

Paula Andressa dos Santos, 24 anos, contou que a família foi surpreendia logo depois de se mudar há duas semanas para o imóvel no Condomínio Jorge Amado. A cobra teria aparecido no forro.

Temendo ataque, todas as cinco pessoas deixaram o local e se refugiaram na casa de parentes. “Desde que a vimos não dormimos com medo dela atacar. Temos crianças”, relatou.

Bombeiros retiram o animal em segurança, porém foram acionados minutos depois para atender caso semelhante em outro imóvel do condomínio.

A cobra-cipó, Philodryas olfersi, costuma viver em árvores e mesmo não sendo considerada venenosa, vale o cuidado porque ao morder solta secreção tóxica que auxilia na imobilização de suas presas.

Dentre os sintomas mais comuns causados por serpentes consideradas não venenosas estão sensação de queimação, dor, hemorragia local, coceira e eritema, além de dormência e suadouros.

Justiça declara inconstitucional suspensão da cobrança de taxa de iluminação

Cosip foi suspensa por 180 dias e cobrança retornou em janeiro

Desembargador do Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul julgaram como inconstitucional a suspensão da cobrança da Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública (Cosip). Taxa ficou suspensa por 180 dias e cobrança foi retomada  no dia 21 de janeiro.

Lei Complementar Municipal foi aprovada por vereadores da Câmara Municipal sob alegação de falta de investimentos e melhorias no sistema de iluminação pública. 

Depois de veto do então prefeito Alcides Bernal (PP), lei foi promulgada pelos vereadores e chefe do Executivo Municipal entrou com ação, pedindo a declaração de inconstitucionalidade sob alegação de que a lei viola princípios da separação, independência e harmonia dos poderes municipais, conforme estabelecido no artigo 2º e 14 da Constituição Estadual; princípio da legalidade e da moralidade, também estabelecidos em Constituição.

Desembargador Claudionor Miguel Abbs Duarte, relator do processo, entendeu que a Lei Complementar é inconstitucional, uma vez que a suspensão da cobrança da Cosip fere a ordem jurídica e atenta contra a independência e harmonia entre os poderes.

Relator apontou, em seu voto, falta de competência da Câmara Municipal para propor lei iniciativa do Chefe do Executivo Municipal, sobretudo quando causar diminuição na arrecadação da receita.

Para o desembargador, princípio da legalidade foi violado, já que a suspensão da cobrança afrontou a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei Eleitoral ao promover renúncia da receita sem observar os parâmetros legais, além de conceder benefício de natureza fisca em ano de eleições municipais.

Magistrado considerou ainda que a suspensão do pagamento afetou gravemente a arrecadação do município, que já estava em dificuldades financeiras, acarretando em dificuldades na recuperação monetária e aumentando o deficit municipal.

“Considerando que toda verba pública possui destinação orçamentária certa e que a lei impugnada suspendeu, de forma inconstitucional, o pagamento de contribuição de natureza tributária por prazo elástico, que afetará sensivelmente a arrecadação municipal, cuja responsabilidade de aplicação compete ao Chefe do Executivo, a lei hostilizada causa, como de fato causou, gravames ao erário local, em prejuízo do cumprimento das metas estipuladas pelo gestor municipal”, disse o desembargador.

Dessa forma, pedido foi julgado procedente o pedido para suspender a aplicabilidade da Lei Complementar Municipal nº 285.

14h15

Morador é surpreendido com jiboia de dois metros ao sair para trabalhar

Animal foi encontrado no bairro Cristo Redentor - Foto: Divulgação/bombeiros

Uma jiboia de aproximadamente dois metros foi capturada na manhã de hoje pelo Corpo de Bombeiros em Corumbá.

Segundo as informações divulgadas pelos militares, morador do Bairro Cristo Redentor seguia para o trabalho quando se deparou com o animal no portão de casa.

Os bombeiros capturaram a jiboia e a devolveram ao habitat natural.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1720 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Quarta, agosto 16
·
·
·
·
Terça, agosto 15
·
·
· POLIRICA
· MADE IN PARAHUAY
Segunda, agosto 14
·
·
·
· AZAMBUJA
·
·
·
·
·
Domingo, agosto 13
·
·
· PORTO MURTINHO
· morte
·
·
·
·
·
Sábado, agosto 12
·
· PERIGO
·
· POLICIA

 Calendario de Eventos
Agosto 2017
  1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB