Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
11983238
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:


PROTESTO
Diversos
2h16

Macedônio do Gesso protesta na Câmara de Vereadores de Amambai fantasiado de palhaço


Foto: Reprodução Facebook

Amambai (MS) – Mais uma vez o empresário amambaiense, Macedônio do Gesso, conseguiu chamar atenção da mídia simbolizando ações de protesto ao comportamento dos políticos locais.

Meses atrás, conseguiu aquilo que a maioria dos agentes políticos almejam: virar notícia nos principais veículos de comunicação da região e do país, pegando uma picareta e consertando estragos provocados pela incidência das chuvas numa rua que dá acesso a sua residência e de seus familiares. É bom registrar que, atitude de secretário municipal, denunciando-o junto a Delegacia de Polícia Civil local, colaborou na abrangência da cena.

Agora, a manifestação foi dirigida aos edis que compõem o poder legislativo em protesto contra os debates acalorados ocorridos na sessão do último dia 30 – que culminou na medida de um vereador em rasgar o regimento interno do legislativo.

Postou ele em rede social: "Hoje fui assistir a sessão da Câmara de Vereadores de Amambai vestido a rigor, representando os vereadores e ao mesmo tempo a minha insatisfação em ver que os últimos acontecimentos transformaram essa Casa de Leis em motivo de piada entre a população. Eu me sinto um Palhaço em meio a tudo isso. O que vocês acharam?"

Macedônio, além de atuar no ramo da construção civil, tem pretensões políticas. Nas ultimas eleições, foi candidato a vereador e tem declarado pretensão de pleitear novamente o cargo. É filiado ao Partido Progressista (PP) e demonstra contrariedade às ações politicas e administrativas do atual prefeito de Amambai, Sérgio Barbosa (PMDB).

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

4.2
Diversos

Flávia Alessandra faz 42 anos e esbanja sensualidade ao longo do tempo; veja

Flávia Alessandra: sexy sem ser vulgar Foto: divulgação / Agência O Globo
Tamanho do texto A A A

Flávia Alessandra completa nesta terça-feira, 7, 42 anos. Espantado? Pois a atriz esbanja sensualidade. Ao longo da carreira, ela oscilou entre os cabelos loiros, ruivos, castanhos, curtos, longos, médios. Foi capa da “Playboy” duas vezes e fez inúmeros ensaios que deixam sua marca: sexy sem qualquer traço de vulgaridade.

Confira alguns desses cliques em 15 fotos em que Flávia está de parabéns!

Flávia Alessandra: sensualidade a flor da pele
Flávia Alessandra: sensualidade a flor da pele Foto: divulgação

Flàvia Alessandra para o site Paparazzo, em 2005
Flàvia Alessandra para o site Paparazzo, em 2005 Foto: divulgação

Flávia Alessandra para o site Paparazzo
Flávia Alessandra para o site Paparazzo Foto: divulgação

Flàvia Alessandra na capa da “Estilo”
Flàvia Alessandra na capa da “Estilo” Foto: J. R. Duran/divulgação
Flávia Alessandra: estrela da edição de 31 anos da “Playboy”
Flávia Alessandra: estrela da edição de 31 anos da “Playboy” Foto: divulgação
A atriz Flávia Alessandra na capa da revista “Nova”
A atriz Flávia Alessandra na capa da revista “Nova” Foto: Nana Moraes/divulgação
Flávia Alessandra faz a pin-up
Flávia Alessandra faz a pin-up Foto: Laílson Santos / Agência O Globo
Mais uma de Flávia Alessandra para a “Nova”
Mais uma de Flávia Alessandra para a “Nova” Foto: divulgação / Agência O Globo

Flávia Alessandra, lindíssima nua
Flávia Alessandra, lindíssima nua Foto: J.R. Duran / Agência O Globo

Flávia Alessandra: sensualidade como marca
Flávia Alessandra: sensualidade como marca Foto: divulgação / Agência O Globo

Flávia Alessandra em ensaio recente
Flávia Alessandra em ensaio recente Foto: Divulgação

Flávia Alessandra na 'Playboy'
Flávia Alessandra na 'Playboy' Foto: Divulgação

Flávia Alessandra em ensaio recente
Flávia Alessandra em ensaio recente Foto: Fernando Torquatto

Flávia Alessandra é capa de revista
Flávia Alessandra é capa de revista Foto: Nana Moraes / Divulgação

Foto: JR Duran

Foto: Nana Moraes

Mais uma de Flávia Alessandra para a “Nova”
Mais uma de Flávia Alessandra para a “Nova” Foto: divulgação / Agência O Globo

Capa da revista “Nova” em 2008
Capa da revista “Nova” em 2008 Foto: Nana Moraes

Flavia Alessandra na revista
Flavia Alessandra na revista "Boa Forma" Foto: Divulgação

Flávia Alessandra: sexy na revista
Flávia Alessandra: sexy na revista "Vip" Foto: Mauricio Nahas/ divulgação/ vip

Flávia Alessandra, linda aos 41 anos
Flávia Alessandra, linda aos 41 anos Foto: Yuri Sardenberg/BOA FORMA / Yuri Sardenberg/BOA FORMA/ divulgação

Flávia Alessandra em ensaio de moda da revista Canal Extra
Flávia Alessandra em ensaio de moda da revista Canal Extra Foto: Luis Alvarenga/Extra



 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FATOS & FOTOS
Diversos

DIOGO  PODERÁ SER VICE DE BANDEIRA

RANFIS GONZALEZ EX INTENDENTE DE CAPITAN BADO-PY-.

MADURO JA ESTÁ NA HORA DE CAIR


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CORREIODAFRONTEIRA 11500.OOO
Diversos

MUITO 0BRIGADO INTERNAUTAS PELOS  ONZE MILHÕES E QUINHENTOS MIL ACESSOS. CONTINUE CONOSCO E FIQUE SEMPRE BEM INFORMADO-CORREIODAFRONTEIRA- O PRIMEIRO SITE DE AMAMBAI.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MACONHA
Diversos
6 07h45

Polícia apreende mais de meia tonelada de maconha que seria levada até SCCarga estava escondida em fundo falso de caminhão e seria levada até SC - Foto: Divulgação

A PMRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) em Amambai apreendeu na manhã de hoje, (06), às 10h30, na MS-156, mais de meia tonelada de maconha. Um homem de 33 anos foi preso.

Durante fiscalização de rotina a guarnição deu ordem de parada para o Sinotruk que tracionava o semirreboque, ambas com placas de Santa Maria (RS) que seguia sentido ao município de Tacuru.

Como a estrutura do assoalho do semirreboque apresentava alguns parafusos novos, os policiais resolveram realizar revista minuciosa e descobriram um fundo falso. Dentro do compartimento foram encontrados 328 tabletes de maconha. Ao todo, a droga pesou aproximadamente 512 kg.

O condutor, um homem de 33 anos, informou ter pegado a droga no distrito de Sanga Puitã, município de Ponta Porã, e a levaria até Blumenau (SC), onde receberia quantia não especificada em dinheiro.

Autor, droga e veículos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ISTO É INCRIVEL
Diversos
h30

Menino com 59 cm e 6 kg é maior bebê nascido no HR de Ponta Porã

Bebê nasceu com dobro de peso de um recém-nascido e 9 cm a mais (Foto: Reprodução/TV Morena)

Ezequiel parece que tem três meses de idade, mas acabou de nascer em Ponta Porã. Com 59 centímetros e seis quilos é o maior bebê nascido no Hospital Regional da cidade.

A mãe Estefane Vardez já sabia que filho seria grande, mas ainda assim se surpreendeu. Ezequiel tem o dobro do peso e, pelo menos, nove centímetros a mais que a maioria dos recém-nascidos. O procedimento foi cesariana.

Segundo o médico obstetra Juscelino Teotônio, Ezequiel nasceu grandão porque a Estefane é diabética. Então, durante a gestação, ele recebeu mais açúcar da mãe. O bebê nasceu sem a doença, mas com a taxa de insulina um pouquinho mais elevada.

Por causa da taxa alta de insulina, é normal que o ele fique na incubadora até tudo se normalizar. A previsão de alta é na terça-feira (7).


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

TEMPESTADE
Diversos

Temporal destelha casas, derruba árvores e rios transbordam em SP

Em Barueri, parte de rua cedeu; em Vargem Grande, teve destelhamento.
Carro caiu em buraco em São Paulo, e Rio Atibaia transborda em Campinas.

Chuva e ventos fortes que atingiram a Grande São Paulo na noite desta segunda-feira (6) e madrugada de terça (7) provocaram destelhamentos, queda de árvores, e deixaram moradores isolados.

O Sistema Alto Tietê, que abastece a Grande São Paulo, atingiu o maior nível em dois anos e quatro meses, chegando a 44,8% de sua capacidade.

Já no Sistema Cantareira, em sete dias já choveu três vezes o esperado para todo o mês de junho, segundo dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Nesta terça-feira (7), os reservatórios indicavam acúmulo de 175,5mm de água em junho; a média para o mês é de 58,1mm.

No interior, também teve chuva. Em Campinas, o Rio Atibaia transbordou. Em Capivari, o rio que dá nome à cidade atingiu 3,56  metros, quando o esperado para o mês de junho é de 73 centímetros. O nível do Rio Tietê também subiu.

A tempestade de ontem em São Roque levou um homem de 58 anos à morte. Em Jarinu, uma mulher morreu no domingo. Os moradores desta cidade estão há 30 horas sem energia elétrica.

Confira abaixo como está a situação em cada cidade:


Atibaia

Chuva em Atibaia (Foto: Reprodução/ TV Vanguarda)Chuva em Atibaia (Foto: Reprodução/ TV Vanguarda)

Em Atibaia, 300 pessoas estão desalojadas após a chuva que atinge a região desde a madrugada de segunda (6). Os números fazem parte de um novo balanço da Defesa Civil.

Nesta terça-feira (7), parte da cidade amanheceu sem abastecimento de água e energia.

Equipes da coordenadoria Estadual da Defesa Civil estão na cidade para avaliar os estragos e um abrigo foi montado em uma escola no Jardim Terceiro Centenário.

A chuva acompanhada de vento de até 120 km/h destelhou casas e derrubou árvores. Além disso, o rio Atibainha transbordou e alagou ruas e imóveis. Nos últimos três dias, foram registrados 200 milímetros de chuva, quando eram esperados 56 para todo o m

A chuva forte que atingiu Barueri, na Grande São Paulo, deixou moradores isolados e na escuridão na madrugada desta terça-feira (7).

Parte da Rua Chico Mendes cedeu e bloqueou o único acesso dos moradores ao bairro por volta das 23h desta segunda (6). Por volta das 6h20, uma faixa da via havia sido liberada e os carros conseguiam passar. No entanto, a via ainda não estava liberada para a passagem de ônibus e os passageiros precisavam caminhar.


Campinas
Em Campinas (SP), o 
Rio Atibaia transbordou no Distrito de Sousas. A Praça São Sebastião, que fica ao lado da subprefeitura, foi alagada. Os moradores do Beco do Mokarzel, que perderam tudo na enchente de março, deixaram as casas assim que perceberam que a água estava subindo.


Capivari

Capivari tem pelo menos 12 pontos de alagamento, segundo a Prefeitura (Foto: Tonny Machado/ Raízes FM)Capivari tem pelo menos 12 pontos de alagamento, segundo a Prefeitura (Foto: Tonny Machado/ Raízes FM)

O Rio Capivari voltou a transbordar na madrugada desta terça-feira (7). Com as fortes chuvas, o nível do manancial atingiu 3,56  metros de profundidade às 7h56, quando o esperado para o mês de junho é de 73 centímetros.

Há, pelo menos,12 pontos de alagamento, segundo a Prefeitura de Capivari (SP). A Defesa Civil da cidade decretou estado de alerta máximo. Os únicos pontos de acesso a cidade são pelos bairros Castelane e Padovani, pela Avenida Brigadeiro Faria Lima.


Itupeva

Prefeitura de Itupeva decreta estado de emergência após vendaval (Foto: Prefeitura de Itupeva/Divulgação)Prefeitura de Itupeva decreta estado de emergência após vendaval (Foto: Prefeitura de Itupeva/Divulgação)

A Prefeitura de Itupeva (SP) decretou estado de emergência nesta terça-feira (7) devido aos estragos causados pelo forte vendaval que atingiu a cidade no último domingo (5). Segundo meteorologistas, a cidade foi atingida por uma microexplosão. Uma família chegou a ficar soterrada nos escombros de uma casa destruída pelo temporal.

ês de junho.

Atingida por um forte temporal na noite de domingo (5), Jarinu segue em estado de emergência.Uma pessoa morreu atingida pela estrutura de um ponto de ônibus, que desabou sobre ela. Uma igreja desmoronou durante um culto e atingiu 50 pessoas. Nesta terça (7), os moradores completam 30 horas sem energia elétrica.

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) esteve na cidade no início da noite desta segunda-feira (6) para acompanhar o trabalho de recuperação da cidade.

Segundo levantamento da Defesa Civil, quatro bairros foram afetados. A prefeitura informou que mais de 50 comércios ficaram total ou parcialmente destruídos, dez prédios públicos foram danificados, e mais de 20 residências foram atingidas. Ainda conforme a prefeitura, 45 famílias estão desalojadas e se abrigaram em casa de parentes e amigos.


Jundiaí

Temporal causou estragos em Jundiaí e deixou cidade em estado de atenção (Foto: Artur Henrique/Arquivo Pessoal)Temporal causou estragos em Jundiaí e deixou cidade em estado de atenção (Foto: Artur Henrique/Arquivo Pessoal)

A cidade de Jundiaí (SP) está em estado de atenção após registrar diversos estragos por conta do temporal que castiga a cidade desde a madrugada de segunda-feira (6). Fotos aéreas mostram a extensão dos estragos em vários pontos. De acordo com a Defesa Civil, cinco famílias estão desabrigadas e um Gabinete de Gestão de Riscos foi montado com diversos setores da prefeitura para tentar atenuar os efeitos da forte chuva. Não houve mortos e feridos.


Casa de mandeira foi levada para ventania (Foto: Geovanne Danioti/Arquivo pessoal)


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIA
Diversos

PF apura se suspeitos de golpe em pensão fraudavam programas sociais

Cartões de Bolsa Família e carteiras de trabalho estavam com investigados.
Grupo era composto de 6 pessoas, incluindo servidor da Funai e advogado.Cartões de banco e de benefícios sociais foram apreendiso em operação contra fraudes contra Previdência Social (Foto: Divulgação/ Polícia Federal)

Cartões de banco e de benefícios foram apreendidos em operação contra fraudes (Foto: PF/ Divulgação)

A quadrilha investigada pela Polícia Federal na Operação Uroboros por fraude em pensão por morte de indígenas também pode estar envolvida em golpes de benefícios sociais, segundo o delegado da Polícia Federal de Ponta Porã, Sérgio Barbosa Menezes. Um servidor da Funai foi preso.

Ele disse ao G1 nesta terça-feira (7) que a investigação confirmou cinco casos de fraude até o momento, mas o número e o prejuízo estimado, de R$ 1 milhão aos cofres públicos, podem ser ainda maiores.

"Conseguimos um número inicial de cinco fraudes, que conseguimos comprovar, e a partir dessas cinco nossa estratégia de investigação envolvia a entrada nas residências e nos estabelecimentos comerciais do grupo para colher elementos de prova e, a partir daí, fazer revisão e identificar novos benefícios, tanto que dentro das casas a gente apreendeu grande quantidade de documentos", explicou.

Polícia Federal deflagrou operação Uroboros em Amambai e Iguatemi (Foto: PF/Divulgação)Polícia Federal deflagrou operação Uroboros
em Amambai e Iguatemi (Foto: PF/Divulgação)

Foram apreendidos 32 carteiras de trabalho, 45 cartões de banco, 65 cartões do Bolsa Família, 31 cartões de INSS, 23 cartões do cidadão e 5 cartões do Vale-Renda MS, além de certidões de óbito e nascimento durante a Operação Uroboros foi deflagrada pela PF na sexta-feira (3) em Amambai e Iguatemi .

Ao total, os policiais cumpriram 14 mandados de busca e apreensão e 16 de condução coercitiva.

O material será analisado e o objetivo, segundo Menezes, é completar o ciclo de investigação e identificar quais documentos seriam usados em fraudes e quais já tinham sido usados para conceder através de benefícios previdenciários a indígenas.

Prisão
Um 
servidor da Fundação Nacional do Índio (Funai) de Mato Grosso do Sul foi preso na Operação. Ele é apontado pela investigação como chefe do grupo de seis pessoas. A Funai informou ao G1 que está ciente, colaborando e acompanhando a investigação.

Segundo Menezes, o servidor está preso por tempo indeterminado e negou participação no esquema. "Ele nega e alega que entrava com as ações [de pedidos de benefícios] conforme o que os indígenas falavam, alega que não tinha como verificar as informações, mas, encontramos elementos que o vinculam a determinados casos", esclareceu o delegado.

O segundo mandado de prisão expedido é contra um indígena, investigado por tramar as fraudes, mas ele não foi preso até o momento. A PF apurou que o grupo tinha apoio jurídico de um advogado para concretizar as fraudes. Ele prestou depoimento, mas não foi preso.

"Ele foi ouvido e o juiz determinou a suspensão parcial da advocacia impedindo que ele atuasse em causas de indígenas e em empresários consiganados. Ele não foi preso porque não havia elementos para solicitar a prisão dele", afirmou.

Prejuízo
De acordo com o delegado, a investigação começou há um ano por causa da movimentação suspeita do servidor da Funai. Segundo a polícia, essa organização lucrou mais de R$ 1 milhão fazendo registros falsos de crianças como se fossem filhos de indígenas que já tinham morrido. A intenção era receber a pensão por morte dos índios. Conforme a polícia, o indígena era enganado e recebia a partir da data do pedido do benefício.

"A soma é do prejuízo causado e do prejuízo evitado, porque quando a gente interrompe um processo deses, de fraude, a gente cessa o fluxo de dinheiro que sairia dos cofres públicos até o falecimento da esposa [no caso de viúva] ou até o filho completar 21 ano. Cada fraude dessa tem período de maturação grande, então, quando a gente soma esses valores, considera o prejuízo causado e o evitado", esclareceu Menezes.

Idoso morre após ser socorrido em meio a chamas em Maracaju, MS

Ele era cadeirante e estava deitado quando gritou por socorro.
Caso aconteceu na madrugada desta terça-feira.

 

Um idoso de 80 anos morreu na madrugada desta terça-feira (7), em Maracaju, a 157 quilômetros de Campo Grande, com queimaduras por todo o corpo. Ele estava deitado na cama quando gritou por socorro, foi levado ao hospital, mas, não resistiu.

Conforme o boletim de ocorrência, o idoso morava com a filha, com o marido dela e duas netas. Era cadeirante por conta da idade e tinha o hábito de fumar deitado na cama.

Na madrugada desta terça-feira, o homem acordou a família com gritos e foi visto em volto a chamas, na cama. Os familiares tiraram o idoso do local, chamaram o Corpo de Bombeiros e apagaram o incêndio.

Ele foi socorrido para o hospital pelo Corpo de Bombeiros com aproximadamente 90% do corpo queimado e morreu. O caso foi registrado como morte a esclarecer.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

TACURU
Diversos

Tacuru, MS, decreta emergência devido estragos causados pela chuva

Segundo a prefeitura, cidade tem estragos desde chuvarada de dezembro.
Chuva de maio danificou ainda mais estradas rurais e vias urbanas.Erosão em área rural de Tacuru (Foto: José Carlos Coelho/ Prefeitura de Tacuru)

Erosão em área rural de Tacuru (Foto: José Carlos Coelho/ Prefeitura de Tacuru)

Tacuru, município que fica a 407 quilômetros de Campo Grande, está em situação de emergência devido aos estragos causados pela chuva que caiu na cidade no mês de maio. O decreto homologado pelo governo do estado está publicado na edição desta terça-feira (7) do Diário Oficial do estado.

Anaurilândia, Iguatemi e Eldorado também estão em emergência devido à chuva do mês de maio. Os dois primeiros já tiveram os decretos reconhecidos pelo governo do estado.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura de Tacuru, o município já estava com estradas e vias danificadas devido à chuvarada de dezembro de 2015 e agora, a situação se agravou. Há ainda danos em cabeceiras, em uma ponte estadual na área urbana e também erosões.

Conforme o decreto, chove no município desde 10 de maio. A situação prejudicou ainda a rede de drenagem de águas pluviais, causou danos em bueiros e prejuízos para o setor público e privado.

Caminhão coloca terra para diminuir erosão e prejuízos (Foto: José Carlos Coelho/ Prefeitura de Tacuru)Caminhão coloca terra para diminuir erosão e
prejuízos
(Foto: José Carlos Coelho/ Prefeitura de Tacuru)

Por causa dos estragos, o escoamento da safra agrícola e o transporte escolar nas estradas vicinais ficou comprometido. A prefeitura ainda contabiliza os prejuízos. A situação de emergência tem validade por 180 dias.


Emergência
A situação de emergência valida várias medidas. Uma delas é que autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais para ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução e a convocação de voluntários.

Em caso de risco iminente, as autoridades administrativas e os agentes de defesa civil ficam autorizados a entrar nas casas para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação e usar de propriedade particular, no caso de iminente perigo público, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver dano.

Decreto de emergência autoriza também o início de processos de desapropriação, por utilidade pública, de propriedades particulares comprovadamente localizadas em áreas de risco intensificado de desastre.

Ficam dispensados de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários dos desastres, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de 180 dias consecutivos e ininterruptos, contados a partir da caracterização do desastre, vedada a prorrogação dos contratos.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ELEIÇÕES
Diversos

Hillary atinge número de delegados para indicação democrata, diz agência

Ex-secretária de Estado conseguiu 2.383 delegados, diz Associated Press.
Seis estados votam em prévias nesta terça-feira (7).

Hillary Clinton celebra sua vitória na primária democrata de Nova York, na noite de terça (19) (Foto: Reuters/Mike Segar)

 

Hillary Clinton conseguiu o número de delegados necessários para ser a nomeada do Partido Democrata como candidata à presidência dos Estados Unidos, de acordo com contagem da agência de notícias Associated Press divulgada nesta segunda-feira (6).

Para alcançar a indicação pelo Partido Democrata é necessário que o pré-candidato conquiste pelo menos 2.383 delegados.

A ex-secretária de Estado e ex-senadora por Nova York conquistou este número após a atribuição dos delegados 
disputados neste final de semana em Porto Rico e de apoios de última hora de superdelegados, que têm livre escolha e não precisam seguir o voto popular.

Mesmo oficializando seu voto apenas na convenção nacional do partido, em julho, os superdelegados que declararam apoio à Hillary garantiram à AP que votarão nela.

Durante as prévias, Hillary acumulou 1.812 delegados e também recebeu o apoio de 571 superdelegados, somando 2.383, segundo a contagem da Associated Press. Ela venceu em 29 prévias estaduais, enquanto seu concorrente pela nomeação democrata, Bernie Sanders, teve 21 vitórias.

"Esse é um marco importante, mas há seis estados que votarão nesta terça-feira com milhões de pessoas indo às urnas, e Hillary Clinton está trabalhando para ganhar cada voto", disse o chefe de campanha de Hillary, Robby Mook, em um comunicado divulgado após o novo balanço da AP.

"Vamos esperar até terça à noite, quando Hillary Clinton garantir não apenas uma vitória no voto popular, mas também a maioria dos delegados comprometidos", acrescentou.

No Twitter, Hillary disse estar "lisonjeada" com a notícia, mas que espera vencer nas primárias que serão realizadas nesta terça-feira em seis estados. "Estamos lisonjeados, @AP, mas temos primárias para vencer", postou.

Bernie Sanders
A aposta de Sanders para uma virada na disputa pela nomeação democrata era a de tentar conquistar o voto dos superdelegados que apoiam Hillary. De fato, os superdelegados podem mudar de opinião. Mas, segundo a AP, desde o começo de suas entrevistas com eles em 2015 nenhum desistiu de apoiar Hillary para apoiar Sanders.

O pré-candidato democrata Bernie Sanders (Foto: Lucy Nicholson / Reuters)O pré-candidato democrata Bernie Sanders (Foto: Lucy Nicholson / Reuters)

A agência entrevistou todos os 714 superdelegados do Partido Democrata nos últimos sete meses e, segundo ela, apenas 95 ainda não declararam seu voto.

Mas o senador por Vermont já anunciou, reiteradas vezes, que não pretende jogar a toalha antes da Convenção Nacional do partido em julho, na Filadélfia. Seus simpatizantes defendem que ele lute até o fim e até mesmo desafie a indicação de Hillary.

Apoio de Obama
Mais cedo nesta segunda, a Casa Branca deu a entender que o presidente Barack Obama poderá anunciar, formalmente e ainda nesta semana, seu apoio à Hillary. Em Washington, não é segredo que o presidente Obama tem a intenção de apoiar sua ex-secretária de Estado.

Ao ser questionado sobre se Obama não falará já na quarta-feira, quando seis estados votam nas prévias, o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, desconversou.

"Não sei. Talvez ele vá fazer isso", respondeu, com um sorriso, sem anunciar uma data específica.

"Acho que a campanha de Sanders concordaria em que o presidente trabalhou duro e fez todo o possível para ser justo [em relação a ambos os pré-candidatos]", afirmou Josh Earnest, nesta segunda.

Ele destacou, porém, que "o presidente tem, sim, laços pessoais de longa data com a secretária Hillary, ela foi sua secretária de Estado por mais de quatro anos".

Prévias em 6 estados
A vitória de Hillary Clinton nas prévias era esperada para se concretizar nesta terça-feira, quando seis estados realizam prévias. Hillary espera anunciar sua vitória nas prévias amanhã, após o fechamento das seções de votação de Nova Jersey, na costa leste dos EUA.

Além de Nova Jersey, também votam os norte-americanos dos seguintes estados: Califórnia, Montana, Dakota do Norte, Dakota do Sul e Novo México.

Em sua segunda tentativa de chegar à Casa Branca, depois de perder a indicação democrata para o então jovem senador por Chicago Barack Obama, em 2008, Hillary não deixa de reafirmar o caráter histórico de sua candidatura.

"Meus seguidores são apaixonados", disse ela nesta segunda-feira, principalmente porque "acreditam que ter uma mulher como presidente enviará uma mensagem forte, uma mensagem histórica sobre o tipo de país que somos e no qual acreditamos".

Do lado republicano, o bilionário Donald Trump é considerado o provável candidato e, segundo a AP, ele também tem o número de delegados necessários, que pelo Partido Republicano é 1.237.

Trump atingiu número de delegados para alcançar nomeação republicana (Foto: Brennan Linsley/AP)Trump atingiu número de delegados para alcançar nomeação republicana, segundo a AP (Foto: Brennan Linsley/AP)

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FRAUDES
Diversos

Fraudadores do INSS agiam como se fossem abutres, diz Polícia Federal

Paulo Yafusso

O esquema de fraudes contra a previdência social desarticulado pela PF (Polícia Federal) na Operação Uroboros, realizada na semana passada, desvendou uma rede que contava até com aliciadores dentro das aldeias. Tudo coordenado por um servidor da Funai (Fundação Nacional do Índio) de Amambai, a 360 km de Campo Grande. O servidor está preso preventivamente, quando não há prazo para terminar. Um índio que teve a prisão decretada está foragido.

“Agiam como se fossem abutres”, comenta o delegado que comandou a Operação, Felipe Menezes. Segundo ele, os aliciadores avisavam o servidor da Funai sempre que ocorria alguma morte nas aldeias. Várias conversas telefônicas foram gravadas com autorização da Justiça e em muitas delas o funcionário público era avisado. O delegado cita um caso, em que um aliciador avisa: “Tem uma morte boa aqui, uma mulher com seis filhos”.

As investigações tiveram início há um ano, a partir da constatação pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que estavam sendo concedidas muitas pensões por morte de indígenas na região sul do Estado. A partir do levantamento de indício de participação do servidor da Funai de Amambai, ele passou a ter o telefone monitorado e as conversas gravadas com autorização judicial.

Segundo Menezes, com o cumprimento dos mandados de busca e apreensão foram obtidos muitos documentos que comprovam os indícios apurados e novos elementos para a investigação. Além de certidões de nascimento, foram apreendidos 32 carteiras de trabalho, 45 cartões bancários, 62 cartões de bolsa família, 23 cartões do cidadão, 5 cartões de Vale Renda e 31 cartões de benefício.

O grupo, denominado pela PF como organização criminosa, agia de várias formas para conseguir a aprovação da pensão por morte. Como para os adultos o valor é de um salário mínimo ( R$ 880,00) por mês, eles concentravam na obtenção do benefício em nome de crianças, pois nesse caso a pensão é paga retroativamente até a data da morte do pai ou da mãe.

De acordo com as investigações, os chefes da organização criminosa tinham interesse no valor pago retroativamente, cujo montante era maior, deixando para o indígena participante do esquema os pagamentos mensais.

No esquema de fraude, eram feitos registros falsos de índios, e para isso o servidor da Funai providenciava uma declaração que atestava o nascimento da criança, documento conhecido como DNV (Declaração de Nascido Vivo), cujo registro de nascimento é feita tardiamente, ou seja, muito tempo depois do parto. De posse desse documento, conseguiam o registro da criança.

Em alguns casos, os criminosos entravam com pedido de guarda da criança cujos pais haviam morrido, usando as certidões falsas. E na hora da entrevista com o Conselho Tutelar, era apresentada outra criança como se fosse aquela do registro de nascimento.

No início das investigações, a PF estimou prejuízo de R$ 1 milhão apenas com cinco benefícios fraudados. Com a apreensão dos documentos, o valor deve ser maior ainda. Só em cartões de pensão apreendidos são 31. A Operação Uroboros foi realizada na última sexta-feira (3), com o apoio do 11º Regimento de Cavalaria Mecanizada do Exército e do MPE (Ministério Público Estadual).

Segundo da PF, a operação foi batizada de Uroboros, em referência “à serpente mítica que é representada engolindo seu próprio rabo, a qual simboliza o caráter destrutivo da cobiça e da ganância que moveram a organização criminosa investigada e a repetição cíclica e a totalidade, elementos presentes nas fraudes que englobam diversas etapas”.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS
Diversos

Conversa 'estranha' entre menor e vereador vira caso de polícia

Um Termo Circunstanciado foi registrado

Após encontrar conversa 'estranha' entre a filha de 15 anos e o vereador de Sidrolândia, Edivaldo dos Santos, a mãe da menor procurou o conselho tutelar para saber como agir. Ela foi encaminhada à delegacia da cidade onde um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) foi registrado no dia 6 de maio.

De acordo com a polícia a troca de mensagens foi feita por meio do bate-papo do Facebook. A mãe relatou que o político 'puxou conversa' perguntando se a menina tinha namorado, qual era sua idade e aonde morava.

Mas depois o vereador pediu para que a adolescente não o interpretasse de forma errada, pois é casado há 22 anos e tem cinco filhos. Disse ainda que eles eram amigos na rede social por engano.

A mãe descobriu o conteúdo no dia 4 de maio e dois dias depois procurou auxílio das autoridades. Ela foi acompanhada por integrantes do conselho tutelar à delegacia. Pelo teor das mensagens o caso foi registrado como perturbação da tranquilidade.

Número de servidores implicados com Operação Lama Asfáltica deve aumentar

Comitê do governo pediu para secretarias realizarem um levantamento

O Comitê Estadual Temporário de Apuração de Denúncias do governo do Estado, realizou a sua primeira reunião na manhã desta segunda-feira (6). Na ocasião uma das deliberações foi de que as secretarias que tem denúncia de envolvimento na Operação Lama Asfáltica faça um levantamento e apuração de responsabilidade de servidores. Desta forma, o número de funcionários estaduais envolvidos na operação pode aumentar.

Confirmados pelo governo do estado, apenas dois dos investigados são servidores estaduais de carreira, Hélio Yudi e Wilson Roberto Mariano. Mas de acordo com o relatório da segunda fase da operação, deflagrada no dia 10 de maio e denominada Fazendas de Lama, outros nomes são citados em supostas irregularidades na fiscalização dos trabalhos feitos pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos). Dos dois citados pelo governo, somente Mariano continua preso. Beto e Hélio atuavam dentro da Agesul.

Segundo o coordenador do comitê, Felipe Mattos, este primeiro encontro foi para se inteirar da situação. “Na verdade foi a primeira reunião do Comitê, então a gente deliberou por tomar pé da situação. Primeiro vamos requisitar a todas as secretarias que tem denúncia de envolvimento nessas questões o andamento atual dentro delas de como estão as investigações, como por exemplo, a apuração de responsabilidade de servidores pra gente centralizar aqui essas informações”.

Outra definição feita é que irão pedir acesso aos documentos que estão sendo investigados pelos órgãos competentes. “Vamos pedir também o compartilhamento dos autos no judiciário e nos órgãos de controle. Então pedir junto ao MPF, MPE e Polícia Federal o que eles tem de provas em por ausência de sigilo possam nos remeter para que a gente, dentro do possível já entre com as ações judiciais, relativas ao ressarcimento aos cofres do estado”.

Mattos explica ainda que é possível obter o ressarcimento. “Todo o trabalho será sobre a Lama Asfáltica, Fazendas de Lama e até com relação a Força Tarefa do MPE, que está apurando mais ou menos os mesmos fatos. Vejo possibilidade de ressarcimento sim, eventualmente a gente identificando provas de que realmente isso aconteceu, a gente judicializará e pediremos restituição aos cofres junto aos responsáveis”.

Fazem parte do comitê as secretaras de Governo, Casa Civil, Fazenda, Educação, Infraestrutura, além da Auditoria Geral do Estado e Procuradoria Geral do Estado. A segunda reunião ficou marcada para a próxima sexta-feira (10), às 14h. “Deliberamos que eles tem que fazer um levantamento dentro das secretarias e na sexta já retornam com essas informações pra gente dar o próximo passo”, finalizou o coordenador.

 

Susto: criança de 11 anos é picada por escorpião enquanto brincava com irmão

Estado de saúde do menino não é grave

Uma criança de 11 anos foi levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon na tarde desta segunda-feira (6) depois de ser picada por um escorpião enquanto brincava com o irmão mais novo no quintal de sua casa localizada na Rua dos Marimbas, no Jardim Caiara em Campo Grande.

De acordo com o padrasto do menino que preferiu não se identificar as duas crianças estavam em casa sob os cuidados de uma vizinha enquanto ele a esposa trabalhavam. Por volta das 14h30 a vizinha ligou para a mãe das crianças informando que um deles havia sido picado por um escorpião no quintal de casa. O padrasto foi avisado em seguida.

A mãe se deslocou até a residência e acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas após cerca de 40 minutos de espera, segundo o padrasto, um vizinho levou o menino para a UPA. Depois de um contato com a mãe da criança na unidade de saúde, o padrasto do menino informou à reportagem do Jornal Midiamax que o estado de saúde dele não é grave, que está sendo medicado e em breve será liberado.

O homem contou à reportagem que o animal morto foi levado pela esposa em um vidro para a unidade de saúde, mas não soube informar o tipo de escorpião que picou o menino. Ele ainda destacou que nesta época do ano é comum aparições desses animais pela região.

Cuidados

De acordo com o Civitox (Centro Integrado de Vigilância Toxicológica), as altas temperaturas e o aumento da incidência de chuvas são fatores propícios ao aparecimento desses animais em casas e quintais. De 2012 a 2015 foram 1035 notificações de picadas de escorpiões em humanos em Mato Grosso do Sul. Apenas no ano passado foram 206 casos. O único caso de óbito registrado devido a picada de escorpião no Estado foi em 2011.

O Centro alerta que quando uma pessoa for picada, ela precisa manter a calma e buscar atendimento médico imediato. Não deve furar, amarrar ou jogar substâncias químicas no local da picada. É importante que ligue para o Civitox no telefone de emergência: 0800 722 6001 ou (67) 3386-8655. O Civitox funciona 24 horas por dia. Casos de picadas por qualquer animal peçonhento, ou envenenamento humano e animal, também são atendidos.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA NOITE
Diversos

Os 11 políticos mais reprovados do Brasil

  • Reprodução/Arquivo

    Eduardo Cunha superou Collor e lidera o ranking de rejeição


 

O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é o político número 1 em reprovação no Brasil conforme levantamento da empresa de pesquisas Ipsos. Em 2º aparece Fernando Collor (PTB-AL) com 71%, em 3º Renan Calheiros com 70%, em 4º Dilma Rousseff com 69%, em 5º Lula com 68%, em 6º Michel Temer com 67%, em 7º Aécio Neves com 62%, em 8º Geraldo Alckmin com 56% e em 9º lugar FHC, José Serra e Marina Silva, os três com 54%. A pesquisa foi feito entre os dias 29 de abril e 14 de maio com 1,2 mil pessoas de 72 cidades em todo o Brasil. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, informa o site da revista Exame.
 

'A Santa Casa é o fim de todos nós', afirma deputada Grazielle após confusão no hospital

  • Reprodução de vídeo

    Grazielle e o filho na Santa Casa: encaminhada por hospital particular


 
Para lá, por exemplo, são encaminhados pacientes de outras capitais da região como Cuiabá (MT), Belém (PA) e Macapá (AP) em casos graves de de fraturas e lesões, oncologia, coronariana e de pediatria cuja complexidade de CTI não é disponível na rede particular. "Tudo isso é feito através de uma regulação - setor da saúde que informa onde o paciente poderá assegurar vaga para ser tratado, por exemplo, de uma fratura bacia, de câncer do pulmão, ou de insuficiênica coronariana grave", explica o médico e ex-prefeito Nelsinho Trad. 
 
No caso de Grazielle, a deputada havia levado o filho para o Hospital da Criança onde, constatada a suspeita de meningite, os médicos encaminharam para a Santa Casa. Embora a deputada tenha convênio com a Unimed e pudesse ter procurado o Prontomed (Pronto Socorro da Santa Casa que atende convênios com entrada pela Rua 13 de Maio), seu filho ainda não foi incluído no plano de saúde. "Por isso nós o levamos ao Pronto Socorro do SUS que atende todos os cidadãos que pagam impostos, independente de quem seja a pessoa", disse Grazielle aqui ao Blog.
 
A deputada fez questão de destacar a importância do hospital. "O fim de todos nós é a Santa Casa, que é hospital de referência na região. Por isso é preciso salvar a Santa Casa que é de extrema importância para toda nossa população", afirmou Grazielle.
 

Pedro Chaves está entre os principais alvos do Planalto para assegurar impeachment

  • Divulgação

    Depois de virar senador, Pedro Chaves foi recebido por Temer no Planalto

 

 Do Gerson Camarotti em blog no G1:

"Para compensar eventuais baixas, o Palácio do Planalto trabalha para conseguir novos votos pelo impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Pela contabilidade do governo, será possível até mesmo ampliar a margem de votos na votação final. Na votação da admissibilidade do processo, foram 55 votos favoráveis. Integrantes do governo trabalham para ampliar a margem de segurança. Para que o impeachment seja aprovado, será preciso um mínimo de 54 votos. 
 
Com indefinição de alguns senadores, aliados do presidente em exercício Michel Temer passaram a trabalhar o PMDB para virar votos. Entre as prioridades, estão os senadores Jader Barbalho (PA) e Eduardo Braga (AM), ausentes na votação da admissibilidade, João Alberto (MA), que votou contra, e o senador Pedro Chaves (PSC-MS), suplente do senador cassado Delcídio do Amaral. 
 
Para um auxiliar de Temer, com esses quatro votos, haverá uma margem de segurança para compensar baixas. Até mesmo o voto do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), passou a ser alvo do Palácio do Planalto. A expectativa é que Renan se posicione pelo impeachment, já que não precisará presidir a sessão, que será comandada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski. 'Há muita pressão. Tem muita alma querendo reza. O leilão vai começar', disse um aliado de Temer."
 

Chuva de granizo com pedras enormes machuca gado de fazenda em Santa Rita do Pardo

A chuva de granizo que atingiu a zona rural do município de Santa Rita do Pardo

A chuva de granizo que atingiu a zona rural do município de Santa Rita do Pardo - distante 266 km de Campo Grande, ontem, está despertando a curiosidade na internet. Isso porque imagens registradas por moradores, mostram pedras de gelo muito maiores que o normal.

Produtores rurais do município, registraram em imagens que as pedras de granizo deixaram marcas no gado, o que mostra o tamanho e o impacto. De acordo com o presidente do Sindicato Rural da cidade, Florindo Cavalli Neto, a chuva e o granizo realmente ocorreram na cidade, mas ele não sabe precisar em qual fazenda.

Segundo assessoria da prefeitura, o vídeo e as fotos já estão no celular de quase toda a cidade, e é assunto em todas as rodas de conversa, porém ninguém sabe ao certo, em qual fazenda a chuva de granizo foi gravada.

De acordo com meteorologista Natálio Abrão, a única informação que é possível ter da região, é que há muitas nuvens e chuvas fracas. “A região leste do Estado, assim como a norte e a sul está com nuvens encobertas e possibilidade de chuva, mas não soubemos de nada sobre granizo naquela região”, afirma. O vídeo foi veiculado pelo Blog do Nélio.

Padre é preso em Goiás suspeito de abusar de adolescente deficiente

A Arquidiocese de Uberaba, no Triângulo Mineiro

A Arquidiocese de Uberaba, no Triângulo Mineiro, afastou nesta segunda-feira (6) o padre Fabiano Gonzaga, 28, de Frutal, também em Minas Gerais. Ele foi preso em flagrante no sábado (4), em Caldas Novas, Goiás, acusado de abusar de um adolescente de 15 anos, que tem problemas mentais.

Segundo a denúncia, o garoto estava em uma sauna, onde teria sofrido o abuso. O sacerdote nega que isso tenha ocorrido, mas foi autuado. O relato de um psicólogo, que conversou com a vítima, e outros indícios - como imagens pornográficas em seu celular - teriam pesado no flagrante.

O caso foi descoberto após o garoto contar para a mãe que foi trancado na sauna de um clube e obrigado a se relacionar com o sacerdote. A Polícia Militar foi chamada, e o caso então acabou na delegacia e no indiciamento pelo crime de estupro de vulnerável.

O religioso alegou à polícia ter mesmo conversado com o adolescente. Mas que saiu do local assim que notou que ele tinha problemas.

Afastamento

A Arquidiocese de Uberaba divulgou nota para dizer que repudia todo tipo de violência e que aguarda a apuração dos fatos pelas autoridades competentes. A arquidiocese também alegou que o padre, que foi ordenado há pouco mais de dois anos, está agora "vedado no exercício do ministério presbiteral ou qualquer outro encargo eclesiástico".


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

SENADO
Diversos

Senado deve decidir em 2 de agosto se impeachment vai a julgamento final

Fase atual definirá se procede acusação de que Dilma cometeu crime.
Julgamento que pode afastar a petista definitivamente pode ocorrer em agosto.

 comissão especial do impeachment do Senado aprovou nesta segunda-feira (6) o cronograma sugerido pelo relator do caso, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), para a segunda etapa do processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff. De acordo com o calendário do tucano, o Senado deve decidir no plenário, em 2 de agosto, se a denúncia de crime de responsabilidade contra a petista vai a julgamento final.

Na atual fase do processo, chamada de “pronúncia”, a comissão especial deve votar, após produção de provas e oitivas de testemunhas, um relatório dizendo se a denúncia de crime de responsabilidade de Dilma é ou não procedente.

Seja qual for o resultado da votação, o parecer deverá ser votado também pelo plenário principal do Senado, o que, segundo o plano de trabalho do relator, está previsto para acontecer até o dia 2 de agosto. A discussão do parecer, entretanto, teria início no dia 1º de agosto.

Essas datas, porém, podem ser adiadas, de acordo com o andamento dos depoimentos de testemunhas.

Ao final da sessão, o presidente da comissão, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), ressaltou que o cronograma é flexível “para mais ou para menos”.

"Se o presidente do Supremo [Ricardo Lewandowski] definir que serão 40 testemunhas nessa fase das oitivas, teremos, necessariamente, por uma questão de bom senso, de negociar um prazo maior para ouvir 40 testemunhas. Se forem apenas 16 testemunhas definidas pelo Supremo, então, o prazo que foi estabelecido no cronograma já é suficiente", enfatizou Lira.

Sobre o julgamento final, o presidente não quis arriscar uma data, mas disse acreditar que a votação será no mês de agosto.

O ex-advogado-geral da União José Eduardo Cardozo, responsável pela defesa de Dilma, também entende que os prazos para ouvir as testemunhas poderão ser ampliados se for necessário.

"Ficou claro, e hoje foi reiterado pelo relator, que os prazos desse cronograma não são fixos definitivamente. Ou seja, se for necessário, terá mais prazo. Na medida em que é uma proposta e não há rigidez nessas etapas [de depoimento das testemunhas], não vejo problema", ponderou Cardozo.

Se a maioria simples dos senadores (metade dos presentes à sessão mais um, necessitando estarem presentes pelo menos 41) decidir que a denúncia não procede, o caso seria arquivado eDilma Rousseff voltaria à presidência da República.

No entanto, se a maioria simples decidir que a denúncia é procedente, o processo vai a julgamento final. Nesse caso, para ser aprovado o impeachment são necessários os votos de pelo menos 54 senadores.

Fim do processo em agosto
Se a denúncia for a julgamento final, após decisão do dia 2 de agosto, a acusação terá 48 horas para elaborar um documento chamado de libelo acusatório. Já os advogados de Dilma terão o mesmo prazo de 48h para elaborar uma defesa ao libelo acusatório.

Depois disso, Ricardo Lewandowski terá, no mínimo dez dias, para marcar uma data para o julgamento final, intimando testemunhas de acusação e defesa. Se ele marcar dentro do prazo mínimo, o julgamento final, que pode durar vários dias, pode começar já em meados de agosto.

Próxima sessão
Ao final da sessão desta segunda-feira, o presidente da comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB), convocou uma nova reunião para quarta-feira (8), às 11h. Na ocasião, serão ouvidas seis testemunhas.

Duas delas, o procurador do Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Júlio Marcelo Oliveira; e o auditor fiscal do TCU, Antônio Carlos D’ávila Carvalho, foram convocados pelos autores da denúncia contra Dilma Rousseff.

As outras quatro testemunhas foram convocadas por senadores favoráveis ao impeachment de Dilma Rousseff. São eles:

- Rogério Jesus Alves Oliveira, gerente de Operações de Créditos Agropecuários (GECAP) na Coordenação-Geral das Operações de Crédito do Tesouro Nacional (COPEC);

- Adriano Pereira de Paula, coordenador-geral de Operações de Crédito do Tesouro Nacional;

- Otávio Ladeira de Medeiros, secretário do Tesouro Nacional;

- Jânio Carlos Endo Macedo, ex-diretor de governo do Banco do Brasil.

O advogado de Dilma Rousseff no processo, o ex-ministro da Advocacia-Geral da União José Eduardo Cardozo, foi intimado para comparecer à reunião.

Veja o cronograma aprovado pela comissão especial para a fase intermediária do processo:

De 6 de junho a 17 de junho
Oitiva de testemunhas, esclarecimentos de peritos, juntada de documentos

20 de junho
Interrogatório da presidente ou de sua defesa

De 21 de junho a 5 de julho
Alegações por escrito dos autores da denúncia: os juristas Miguel Reale Júnior, Janaína Paschoal e Hélio Bicudo

De 6 de julho a 21 de julho
Alegações escritas da defesa da denunciada

25 de julho
Leitura do relatório sobre a procedência ou não da denúncia na comissão

26 de julho
Discussão do relatório na comissão

27 de julho
Votação do relatório na comissão

28 de julho
Leitura do parecer no plenário

1º e 2 de agosto
Discussão e votação do parecer em plenário


 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

REAJUSTE
Diversos

Vereadores reajustam salários em média de 30%, mesmo em tempo de crise

Vereadores reajustam salários em média de 30%, mesmo em tempo de crise

Atualmente, todo o país vive um momento tenso no setor da economia. Mato Grosso do Sul não é diferente e tão pouco nos municípios do Estado. Mesmo assim, diante desta situação, os vereadores de Itaporã decidiram aprovar um aumento de 30% nos próprios salários. Na prática isso representa um salto de R$ 6 mil para R$ 7.596,67, além do vice-prefeito de R$ 9 mil para R$ 10mil e prefeito (a) R$ 18 mil para R$ 20 mil reais. As informações são do site Itaporã Agora.

Também de acordo com a publicação, o aumento salarial ocorre no momento em que a Câmara dos vereadores trava uma batalha terrível com a queda da receita, pelo menos esse foi o argumento que usado pelo presidente Vanilton de Melo Galdino, ao exonerar os 11 assessores de gabinete.

Em sessão realizada na calada do dia 29 de janeiro de 2016, parlamentares municipais votaram um projeto de lei que aumenta os próprios salários. O novo projeto prevê um aumento exorbitante em média de 30% por cento. Ou seja, três vezes acima da inflação atual, que é de 9,28% em 12 meses.

Se comparar o salário do chefe do Executivo municipal com o do trabalhador brasileiro, equivaleria há 23 salários mínimos. O decreto de lei de número 2403/2016 aprovado em janeiro deste ano já foi homologado no diário oficial e entrará em vigor a partir do ano que vem.

Subsídio

Quanto maior a população, maior o percentual. Por exemplo, em um município com menos de 10 mil habitantes, os vereadores não podem receber mais do que 25% do valor do que um deputado estadual recebe. Já em um município com 60 mil habitantes eles poderão receber até 40% do recebido por um deputado estadual, e em um município com mais de 500 mil habitantes esse percentual sobe para 75%.

A Constituição impõe limites máximos para o percentual de despesas do Legislativo em relação ao total de receitas do município no ano anterior. Por exemplo, qualquer município com menos de 15 mil habitantes não pode gastar com o legislativo municipal mais do que o equivalente a 7% de sua receita no ano anterior. Esse limite também varia de acordo com a população do município. Em um município com mais de 8 milhões de pessoas, o limite máximo de despesa com o legislativo cai de 7% para 3,5%.

Explicação

De acordo com o site Itaporã News, o presidente da Câmara de Itaporã, Vanilton de Melo Galdino (PTN), explicou que não houve neste pleito, nenhum reajuste salarial que beneficiasse os atuais vereadores, ou a vice-prefeita, ou o prefeito, até porque isso seria crime.

Galdino explica que, o que houve, foi à garantia do legislativo municipal, de que os salários dos próximos vereadores, estejam de acordo com a Emenda Constitucional Nº. 25 de 14 de Fevereiro de 2000, que garante em seu Inciso VI do artigo 29 da alínea “b”: “b) em Municípios de dez mil e um a cinquenta mil habitantes, o subsídio máximo dos Vereadores corresponderá a trinta por cento do subsídio dos Deputados Estaduais”.

O presidente lembrou ainda, que a soma bruta dos subsídios dos parlamentares, com a remuneração dos demais servidores da Câmara Municipal, não deverá ultrapassar 70% do repasse efetuado pelo Executivo, a título de duodécimo”, ou seja, se não houver um aumento na arrecadação, os próximos vereadores eleitos, terão ceifados deste reajuste, mesmo sendo o mesmo, garantido por lei.

“A atualização é realizada uma vez a cada quatro anos, de uma legislatura para outra, por isso, votamos no final do ano passado, tudo dentro da legalidade”, explica Galdino. No caso do prefeito e vice-prefeito, segundo o presidente, o reajuste aprovado para o próximo pleito, foi de acordo com a razoabilidade dos valores que os mesmos tem direito, uma vez que o salário do vice em nosso município é a metade do prefeito, no qual o reajuste foi proporcional nos dois casos.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PTOTESTO
Diversos :16

Professores de MS param na sexta em protesto contra medidas de Temer

As escolas da rede de ensino municipal e estadual vão paralisar as aulas na próxima sexta-feira (10) em protesto organizado pela Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação), contra as medidas propostas pelo governo provisório do presidente interino Michel Temer (PMDB).

O presidente da Fetems, Roberto Botarelli, destacou que as propostas do governo provisório serão prejudiciais aos profissionais da educação. “Entre as nossas reivindicações está a luta contra a alteração do reajuste do piso salarial nacional, contra a medida que prevê o fim do concurso público, os royalties do petróleo e do pré-sal”, citou.

Roberto acredita que todas as escolas da rede pública do Estado irão aderir a manifestação. Um ato será realizado na Capital na sexta-feira a partir das 08 horas. Segundo o presidente, caravanas de diversas cidades devem vir a Campo Grande para participar, e Três Lagoas já confirmou que enviará três ônibus com profissionais da área para o protesto.

A manifestação faz parte do chamado nacional da CUT (Central Única dos Trabalhadores) para que as categorias lutem contra as medidas que estão sendo propostas pelo governo provisório.

Roberto explicou que a Fetems autorizou que os profissionais entrassem nas reivindicações das pautas que envolvem a educação. “A CUT chamou para o ato no dia 10 e nós vamos para defender a educação. É um recado para o governo federal de que não vamos aceitar essas propostas calados. São conquistas que conseguimos ao longo da história do país, e não vamos aceitar que um governo ilegítimo, porque nós não reconhecemos como legítimo, altere o plano nacional de educação. Os trabalhadores que vão pagar o pato por isso, e vamos lutar para que isso não ocorra”, finalizou.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GIROFLEX
Diversos

Homem de 64 anos encontrado morto foi vítima de golpes de barra ferro

O carro da vítima e também dinheiro foram levados do local

Encontrado morto pela mulher e filha, Rubens Alegria, de 64 anos, foi espancado e morto com uma barra de ferro. Com a perícia realizada no local nesta segunda-feira (6), não foi encontrado nenhum projétil, ou marcas de tiro nas paredes, além disso, os policiais também não encontraram uma quantia de dinheiro que a vítima guardava na casa, reforçando a hipótese de latrocínio.

De acordo com o delegado Edmilson José Holler, da 6ª Delegacia de Polícia Civil, os peritos constataram que o crime aconteceu no sábado (4), último dia em que Rubens conversou com a esposa. O homem, que o síndico da vila de casa em que morava, foi morto com pelo menos duas pancadas na cabeça, que causaram afundamento de crânio.

A esposa de Rubens ainda informou à polícia que o marido guardava uma quantia em dinheiro na casa, valor que não foi encontrado no local, assim como o carro da família, um Celta prata. Conforme o delegado, o carro foi recuperado pela Polícia Militar neste domingo (6), quando uma guarnição encontrou o veículo abandonado no Bairro Nova Lima.

Além dos pertences da vítima, os bandidos também fugiram levando a chave da casa, que precisou ser arrombada pelo Corpo de Bombeiros. Em virtude disso, a polícia investigará se o autor do crime era conhecido de Rubens, já que nenhum vizinho percebeu movimentação estranha ou ouviu barulhos na residência.

O caso agora será encaminhado e investigado pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furto).

O caso

Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Civil foram acionados pela mulher e pela filha de Rubens. Elas contam que moram em Bela Vista e vieram para Campo Grande visitar o homem, mas ao chegarem à casa, ocalizada na Avenida Marechal Deodoro, no Amambaí, encontraram a porta trancada e puderam ver pela janela o homem já sem vida.

Bastante abalada com o ocorrido, à esposa da vítima contou que conversou com ela na sexta-feira e, na manhã de sábado (4), antes de seguir para a Capital, ainda recebeu um 'Bom dia' do marido pelo WhatsApp. Depois disso, a família não teria se falado mais.

Avó não acredita e ameaça matar adolescente que denunciou 7 anos de estupro

Jovem era estuprada pelos tios

Depois de sete anos de abusos constantes por parte dos tios, uma adolescente, de 15 anos resolveu procurar ajuda na última sexta-feira (4) no Conselho Tutelar, de Campo Grande. A adolescente teria pedido ajuda para avó, que não acreditou na história e ainda teria dito que se aconteceu foi por que a jovem quis.

Uma amiga próxima a família, que não quis se identificar, contou ao Jornal Midiamax, que os abusos começaram na infância, quando a adolescente tinha 8 anos. Segundo relatos, a mãe teria entregado a jovem ao pai logo que ela nasceu não tendo mais contato com a filha.

O pai da menina por sua vez entregou a criança para a avó, com quem foi criada. A história de abusos, agressões e torturas psicológicas terminaram no dia 4 de junho quando a menina procurou o Conselho Tutelar. Os primeiros abusos aconteceram na infância por um tio que já morreu.

“Depois que este tio morreu, outro tio que é paraguaio começou a estuprar a menina”. Fala a mulher. Ainda de acordo com a amiga da família a adolescente teria dito que já havia contado sobre os abusos para várias pessoas da família, mas que ninguém a teria ajudado, e apenas a avó ainda não sabia do caso.

“Ela sempre foi agredida pela avó e pelo pai, que hoje mora em Rio Verde. Como ela se parece muito com a mãe, eles descontavam toda raiva na menina”, diz. Quando a bisavó morreu há três meses, o tio veio para a Capital e foi quando a adolescente foi estuprada novamente.

Ainda segundo relatos, desta vez com raiva dos abusos a jovem teria de posse de uma tesoura picado o dinheiro do tio, o que resultou em novas agressões. Foi neste dia que a adolescente resolveu contar para a avó o que acontecia.

Em reposta, a menina ouviu que se aconteceu foi por que ela quis e que não acreditava na história contada por ela. Ainda de acordo com informações, a avó da menina teria descoberto que ela estava namorando, foi quando a adolescente foi agredida com cabo de vassoura nas costas, além de agressões no rosto.

“Depois disso ela veio me procurar e no último dia 2 de junho disse para ela procurar a polícia, mas ela estava com muito medo de que a polícia achasse que a culpa era dela e que a levassem de volta para a casa da avó”. Explica. Já na última sexta-feira (4), a adolescente procurou o Conselho Tutelar de Campo Grande e desde então encontra-se em um abrigo longe do convívio familiar.

Ainda de acordo com a mulher, a avó da menina teria dito que se ela estivesse em casa a teria matado por denunciar a família. O caso agora deve ser investigado pela Depca (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente). 

Há três dias policiais vasculham matas e rios à procura de assassino de idosa

Gilmar Muller é acusado de matar Juraci Franca com 23 facadas; crime ocorreu em assentamento no distrito de Prudêncio Thomaz

Policiais militares dentro de córrego durante buscas a homem que matou idosa (Foto: RB em Tempo Real)

Policiais militares retomaram na manhã desta segunda-feira (6) em Rio Brilhante, município a 163 km de Campo Grande, as buscas a Gilmar Darcy Muller, 41, o “Cigano”, acusado de matar com 23 golpes de faca a sitiante Juraci Franca, 77. O crime ocorreu na tarde de sexta-feira (3) em um sítio no Assentamento Sílvio Rodrigues, no distrito de Prudêncio Thomaz.

 

No fim de semana, mesmo embaixo de chuva, policiais militares fizeram buscas em matas, córregos e rios da região, mas não conseguiram localizar o acusado, que morava em um acampamento próximo ao assentamento.

Fugindo da polícia - Gilmar matou a mulher após pedir socorro na casa dela, alegando que a polícia estava atrás dele. Roseli França da Silva, filha de Juraci, contou à polícia que na sexta-feira foi até Nova Alvorada do Sul para vender milho, quando a mãe ligou informando que Gilmar estava na casa pedindo socorro, pois estava fugindo da polícia.

A vítima disse para a filha que Gilmar estava ameaçando a todos de morte, momento em que a ligação caiu. Depois de tentar por várias vezes falar com a mãe, Roseli ligou para a vizinha pedindo que ela fosse até o local saber o que estava acontecendo.

Antes de ir até o sítio, a vizinha acionou a Polícia Militar e quando chegou à casa encontrou a idosa caída no chão da cozinha, morta.

Juraci recebeu 23 facadas – dez nas costas, duas no peito, uma na barriga, três no ombro esquerdo, uma no pescoço, uma na mão direita, duas na mão esquerda e três na axila esquerda.

Segundo o site Rio Brilhante em Tempo Real, no dia 28 de maio deste ano, Gilmar fugiu de um cerco da PRF (Polícia Rodoviária Federal) quando foi flagrado bêbado, dirigindo um caminhão carregado com mudança. Ele teria oferecido uma TV para os policiais o liberarem. Para não ser preso, fugiu para o mato e só foi visto na sexta, quando matou a agricultora.

Professor morto em rodovia atropelou rodovia e estava em alta velocidade, diz polícia

A vítima foi arremessada da motocicleta 

O motociclista que morreu na tarde desta segunda-feira (6) na CG-010, no trecho que liga Campo Grande e Rochedinho, foi identificado como o professor Edson Diego Aparecido Belchior Corrêa, de 29 anos. Para a polícia, a alta velocidade e o atropelamento de uma Seriema foram as causas do acidente.

De acordo com o tenente Wilson Freitas do Corpo de Bombeiros, o professor conduzia uma Suzuki GSXR 750, OOT-8633, de Campo Grande, em sentido a Rochedinho quando ao fazer uma curva, perdeu o controle da direção, saiu da pista, atingiu um barranco na margem da rodovia e foi arremessado cerca de 50 metros da motocicleta.

Na pista, aproximadamente 100 metros do local onde a moto parou e próximo dos primeiros sinais do acidente, os militares encontraram uma Seriema morta. Para a subtenente da Polícia Rodoviária Estadual, Cardinale Cabanhas, é grande a possibilidade da ave na pista, ligada a alta velocidade, ter sido a causa do acidente que matou Edson.

Pela dinâmica do acidente, segundo a subtenente, o professor deveria estar de 160 a 170 km/h no momento do acidente, já que o corpo dele foi encontrado a 150 metros da ave. Ainda conforme Cabanhas, ocorrências envolvendo atropelamento de animais na CG-010 são raras, diferente da rodovia MS-040, onde casos assim, incluindo com animais de grande porte, são comuns.

Colegas de trabalho de Edson e também familiares estiveram no local do acidente e o reconheceram. Formado em educação física, nas tardes de sábado o professor viajava até Rochedinho para dar aula na Escola Municipal Barão do Rio Branco, onde lesionava no projeto da prefeitura, Família na Escola.

O diretor da instituição, que preferiu não se identificar, relatou que no sábado (4), Edson deu aula normalmente, mas foi para casa sem conversar com uma professora do local e por isso voltava à escola nesta segunda-feira para uma reunião com ela.

Funcionários da escola foram até a rodovia e falaram que Edson começou a trabalhar esse ano na escola e era conhecido como uma pessoa prestativa, ‘gente boa’ e sempre disposto a judar quando alguém precisava.

Além do Corpo de Bombeiros, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Polícia Rodoviária Estadual e a perícia atenderam a ocorrência

 

SIG prende acusado de furtar em órgão públicos, em Amambai

Durante a ação os investigadores recuperaram um computador levado do Centro da Juventude que havia sido levado no final de semana.

Clique na Imagem para ampliá-la

O acusado, Júnior Iran Ávila de Lima, de 18 anos e o computador, segundo a polícia, levado pelo rapaz e recuperado nessa segunda pelo SIG, em Amambai. (Fotos: Divulgação/A Gazetanews)

Vilson Nascimento

Investigadores lotados no SIG (Setor de Investigação Geral) da Delegacia de Polícia Civil local prenderam na manhã dessa segunda-feira, 6 de junho, um rapaz de 18 anos, acusado de praticar furto em órgãos públicos e recuperou parte do material furtado, em Amambai.

Três órgãos públicos, duas escolas e o Centro da Juventude da Prefeitura local, situada na frente do Ginásio Flávio Derzi, foram alvos de larápios no decorrer do final de semana.

De acordo com o SIG, Júnior Iran Ávila de Lima, de 18 anos foi quem praticou o furto no Centro da Juventude, de onde, ao contrário do que tinha sido informado anteriormente, foi levado um e não dois computadores.

Na ocasião, após arrombar uma porta de vidro lateral, o indivíduo invadiu o prédio e furtou o CPUs (computador) com teclado.

A ação criminosa foi registrada por câmeras de segurança. No meio do furto o acusado percebeu a presença de uma das câmeras instalada do lado de fora da edificação e destruiu o aparelho.

Em uma das salas invadidas o acusado não percebeu a existência do dispositivo de segurança e toda a ação, entre ela o momento que se apoderou do computador furtado e que praticou ato de vandalismo, despejando tinta sobre mesas e um monitor, foi flagrado pela câmera.

A reportagem do A Gazetanews teve acesso com exclusividade e divulgou as imagens que registram toda a ação criminosa, fator, que segundo o SIG, foi crucial para desvendar o crime.

De acordo com a Polícia Civil, tão logo tomou conhecimento, por meio da reportagem, do ato criminoso na tarde desse domingo, o Setor de investigação Geral passou a atuar no caso e por meio das análises das imagens publicadas, conseguiu chegar a autoria do furto e prender o autor.

Segundo a Polícia Civil, de posse de Júnior Iran os investigadores encontraram o computador e o teclado furtado do Centro da Juventude.

De acordo com a polícia ele nega, mas as investigações vão continuar, já que existe a suspeita de que Júnior possa estar envolvido nos outros dois furtos registrados no final de semana.

Na Escola Municipal Maria Bataglin Machado, situada na região do Jardim Panorama ladrões adentraram a uma sala que estava com a janela destravada e furtaram um notebook.

No Centro de Educação Infantil Nosso Lar, situado na Vila Jussara, os larápios adentraram no berçário e furtaram uma TV 32 polegadas.

As instalações do CEI contam com sistema de segurança. Segundo informações repassadas a reportagem do A Gazetanews, o alarme chegou a disparar, um representante da empesa privada responsável pelo sistema de monitoramento eletrônico chegou a ir até o local, mas teria classificado o alerta como “alarme falso”.

PRE apreende meia tonelada de maconha em Amambai

Traficante disse que receberia R$ 20 mil para levar a droga de Sanga Puitã a Blumenau, em Santa Catarina.

Clique na Imagem para ampliá-la

A maconha era transportada em fundo falso no semirreboque do caminhão. (Fotos: Assessoria PRE)

Vilson Nascimento

A Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE) realizou a apreensão na manhã dessa segunda-feira, 6 de junho, em Amambai, de mais de meia tonelada de maconha.

A droga, que era transportada no fundo falso de um semirreboque tracionado pelo cavalo mecânico Sinotruk Howo, cor branca, placas ISI 3441 de Santa Maria-RS, foi apreendida quando os policiais abordaram o veículo de carga ao passar pela base operacional, situada na Rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Tacuru e desconfiaram dos pregos da carroceria do semirreboque que estava vazia, que eram novos.

Ao realizar uma vistoria minuciosa os policiais encontraram a droga, um total de 328 tabletes de maconha que depois de pesados totalizaram 512 quilos do entorpecente.

Ao receber voz de prisão, o motorista do caminhão, Maicon Castro de Lima, de 33 anos, morador em São Sepê, no Rio Grande do Sul, disse que havia pegado a maconha no distrito de Sanga Puitã, em Ponta Porã e receberia R$ 20 mil para levar o entorpecente para Blumenau, em Santa Catarina.

Encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai, o motorista foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, crime que em caso de condenação acarreta em uma pena que varia de cinco a quinze anos de prisão.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

RODOVIAS
Diversos

Chuva agrava problemas na região sul e buracos tomam conta de rodovias

MS-156 entre Amambai e Caarapó e MS-289, que liga Amambai a Coronel Sapucaia, estão intransitáveis; Agesul anuncia tapa-bura

Trecho da MS-156 tomado por buracos entre Caarapó e Amambai (Foto: Eliel Oliveira)Trecho da MS-156 tomado por buracos entre Caarapó e Amambai (Foto: Eliel Oliveira)

As chuvas constantes que levaram vários municípios de Mato Grosso do Sul à situação de emergência desde novembro do ano passado continuam castigando as regiões sul e de fronteira com o Paraguai. Além dos estragos nas cidades, na zona rural os maiores transtornos são enfrentados nas estradas, como ocorre em Amambai, a 360 km de Campo Grande.

 

A MS-156 e a MS-289, duas rodovias que ligam Amambai a cidades vizinhas estão tomadas de buracos. Moradores reclamam que as crateras na pista causam estragos e retardam a viagem, principalmente para deslocamento até a Capital. A preocupação se agrava com a proximidade da colheita do milho segunda safra, que começa neste mês.

O trecho de 77 km da MS-156 entre Amambai e Caarapó, que já estava cheio de buracos há seis meses, ficou intransitável com as chuvas ocorridas em maio.

MP cobra providência – São tantos buracos na estrada – principal acesso dos moradores de Amambai e de outras cidades da região à BR-163 – que os promotores de Justiça Luiz Eduardo Sant’Anna Pinheiro e Nara Mendes dos Santos Fernandes cobraram providências do governo do Estado.

O tapa-buraco foi feito por uma empresa contratada pelo Estado, mas com tanta chuva a estrada já está novamente intransitável. Segundo moradores da região, algumas crateras vão de um lado ao outro da pista, pavimentada em 2005.

Coronel Sapucaia – Outra rodovia afetada pela chuva na região de Amambai é a MS-289, que liga ao município de Coronel Sapucaia, já na fronteira com o Paraguai. Existem buracos em quase todo o trecho de 45 quilômetros, mas a situação é mais grave próximo a uma curva, na região da Estância Dez de Maio.

A rodovia esburacada virou pesadelo para os 15 mil habitantes de Coronel Sapucaia, que não possuem outra estrada pavimentada para chegar a cidades maiores, como Amambai, Ponta Porã e Dourados.

Rota de escoamento da produção agropecuária, a rodovia também é usada por paraguaios que moram em Capitán Bado, cidade vizinha de Coronel Sapucaia. Muitos cidadãos do outro país circulam pelo território de Mato Grosso do Sul para chegar a Pedro Juan Caballero e Salto Del Guairá, dois importantes centros comerciais do Paraguai.

Em dezembro de 2015, a chuva derrubou um aterro e deixou a rodovia interditada. O problema foi resolvido pelo governo do Estado, mas agora os moradores cobram a manutenção do asfalto.

Por meio da assessoria de imprensa, a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) informou hoje (3) que apenas serviços de tapa-buraco estão previstos para essas duas estradas.



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PISO SALARIAL
Diversos

Em MS, professores de 23 municípios 
não recebem piso nacional

Em cinco meses 21 cidades deixaram de cumprir a legislação federal

O número de municípios de Mato Grosso do Sul que não pagam o piso nacional dos professores aumentou entre o fim de 2015 e abril deste ano, passando de apenas dois para 23. Dados do “Ranking Salarial de MS”, divulgados periodicamente pela Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), que informa o salário dos profissionais do magistério praticados na Rede Estadual e nos 79 municípios, mostram que em apenas cinco meses 21 cidades deixaram de cumprir a Lei Federal nº 11.738/2008. 

A legislação, conhecida como Lei do Piso, estabelece valor mínimo da remuneração dos professores que é de R$ 2.135,64 - vigente desde janeiro -, em início de carreira, para formação em nível médio e jornada de até 40 horas semanais. Até o início do ano, dois municípios, Guia Lopes da Laguna e Rio Negro, não cumpriam a lei e pagavam R$ 1.834,88 e R$ 1.916,32, respectivamente. Porém, a partir de março o número aumentou para 24 municípios, entre eles Dourados e Ponta Porã. Já em abril, quando foi elaborado o último levantamento pela Fetems, 23 cidades continuavam a não cumprir a lei e outros oito não pagam o piso para os profissionais do magistério (e sim para aqueles com nível superior).

(*) A reportagem, Natalia Yahn, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Nova frente fria chega e semana pode ter sensação térmica negativa em MS

Temperatura começa a cair amanhã e frio será mais intenso a partir de terça

Nova frente fria deve chegar amanhã (6) em Mato Grosso do Sul e as temperaturas devem sofrer queda gradativa durante toda a semana, podendo chegar a 5°C, com sensação térmica negativa na quarta-feira. Além do frio, os dias também devem ser chuvosos.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu aviso meteorológico de onda de frio, alertando para perigos potenciais decorrentes da queda de temperatura, que devem ficar 5°C abaixo da média por um período de até três dias, sendo mais intenso nas regiões sul, sudoeste e oeste.

Conforme o Inmet, a partir de amanhã as temperaturas já começam a cair, com a mínima prevista de 11°C. Na terça, termômetros podem registrar 7°C e na quarta-feira, 5°C. Entre segunda e terça, deslocamento da massa de ar polar promove pancadas de chuvas, que devem diminuir a partir de quarta.

Em Campo Grande, a semana começa com termômetros oscilando entre 18°C e 25°C. Com chegada da frente fria, menores temperaturas devem ser registradas quarta e quinta-feira, de 10°C. Durante o período, máximas não devem passar de 19°C.

No sul, temperatura já terá quada acentuada a partir de amanhã. Ponta Porã e Dourados devem registrar mínima de 12°C com máxima de 20°C. Durante a semana, previsão é que os termômetros registrem 5°C entre quarta e quinta-feira.

No norte, o frio será menos intenso e a mínima não deve ser menor que 15°C em Coxim, com máxima de 21°C. No município, dias devem ser predominantemente de céu nublado, com névoa úmida ao amanhecer.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MADURO TEM QUE CAIR
Diversos

Oposição venezuelana volta às ruas por referendo contra Maduro

Oposição exige referendo revogatório contra mandato de Nicolás Maduro.
País sofre uma grave crise agravada pela queda do preço do petróleo.

A oposição venezuelana retorna nesta segunda-feira (6) às ruas, já tensas em razão da escassez de alimentos, para exigir um referendo revogatório contra o presidente Nicolás Maduro, no momento em que as autoridades eleitorais estarão reunidas para definir se o processo avançará.

Oposição exige referendo revogatório contra mandato de Nicolás Maduro (Foto: Enrique de la Osa/Reuters)Oposição exige referendo revogatório contra mandato de Nicolás Maduro (Foto: Enrique de la Osa/Reuters)

Sob o lema "A minha assinatura vale", a opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD) convocou uma manifestação nesta segunda e terça-feira em frente à sede do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), em Caracas e outras cidades.

"Essa será a resposta popular ao cinismo dos agentes eleitorais (...), às violações repetidas, ao uso da CNE como bloqueio para adiar as eleições", ressaltou a coalizão em um comunicado.

A MUD convocou a mobilização após o CNE, a quem acusa de responder ao governo, cancelar na quinta-feira um evento importante, durante o qual informaria se a oposição recolheu um mínimo de 200.000 assinaturas válidas de 1,8 milhões apresentadas para ativar o referendo.

A oposição exige que o CNE defina as datas e procedimentos para dar continuidade a ratificação das assinaturas. Uma vez concluída essa etapa de ativação, a MUD deverá recolher quatro milhões de assinaturas para convocar um referendo.

A oposição quer que o processo se acelere, porque se o referendo for realizado antes de 2017, quando completa quatro anos de mandato do atual governo, e que Maduro seja derrotado, novas eleições deverão ser convocadas.

Apesar da convocação da mobilização esta semana, as manifestações correm o risco de não acontecer, uma vez que suas marchas anteriores foram bloqueadas pela polícia e em meio aos temores de violência, como aconteceu em 2014 quando 43 pessoas morreram.

Mais ocupados com as dificuldades diárias, os venezuelanos expressam o seu descontentamento com a situação política e econômica em longas filas que fazem para comprar comida subsidiada.

"Eu tenho me calado (suportado) duas filas para conseguir arroz e açúcar", reclarou Eneuris Cantillo, uma ascensorista de 46 anos em uma fila em Chacao (leste).

O país sofre uma grave crise agravada pela queda do preço do petróleo - responsável por 96% de suas divisas - que tem refletido em uma escassez de 80% dos produtos básicos, e uma inflação de 180,9% em 2015, a mais alta do mundo.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1492 páginas.
 Calendario de Eventos
Agosto 2016
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB