Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/correiod/public_html/index.php:1) in /home/correiod/public_html/mainfile.php on line 168
=:Correio da Fronteira:=

 Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
13192087
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




NOVELA
Economia
- 17h50
Rock Story: Resumo dos Capítulos de 19 á 25 de Janeiro

CAPÍTULO 62 - Quinta-feira (19-01) 

Néia pede ajuda de Diana para fazer as pazes com Léo
No resumo do capítulo de Rock Story de quinta-feira, dia 19 de janeiro, Júlia tenta fazer Alex aceitar sua proposta pois quer ir embora do país. Lázaro vai conversar com Léo e ele pede para não ser demitido. Lorena vai dizer a Alex que perdeu o trabalho e também a casa onde estava morando. Néia vai ter uma discussão com Ramon e Lázaro. Zac decide mentir para Gui e diz que não está dando mais aulas para Yasmim.

Alex não confia em Júlia e diz que não vai participar do roubo na casa de Gui. Júlia decide oferecer grana para Alex. Néia vai pedir ajuda de Diana para ela conseguir o perdão de Léo. Chiara vai reclamar com Diana o fato de Gui não deixar ela a dormir em sua casa. Laila continua enganando Gordo com Jorginho. Diana descobre que Júlia está esperando um filho.

CAPÍTULO 63 - Sexta-feira (20-01) 

Júlia acredita que Alex aceitará o seu plano
No resumo de Rock Story de sexta-feira, dia 20 de janeiro, Diana faz acusações a Gui dizendo que ele está se afastando de Chiara pelo fato de Júlia estar esperando um filho dele. Gordo não gosta das desculpas de Laila. Júlia vai conversar com Gui e diz ter certeza que Alex vai acabar aceitando fazer parte de seu plano. Alex pede ajuda de William e Romildo para que ele não caia em uma armadilha.

Gui vai conversar com Chiara e revela que Júlia está esperando um filho. Haroldo fica bastante surpreso ao saber que a churrascaria está com problemas de dinheiro. Gordo vai dar a notícia para Laila dizendo que um programa de TV a procurou. Laila acaba revelando para Syl que não conseguiu resistir às investidas de Jorginho. Léo e Yasmin acabam descobrindo que Lázaro e Néia se uniram para boicotar um de seus shows. Alex vai até a casa de Júlia e ela fica apavorada.

CAPÍTULO 64 - Sábado (21-01) 

Júlia explica para Alex como será o assalto
No resumo de sábado da novela Rock Story do dia 21 de janeiro, Alex acaba aceitando a armação de Júlia para roubar Gui. Léo decide rescindir o contrato com Lázaro. Diana diz que vai cuidar da carreira dele. Paçoca quer arrumar um emprego na banda de Zac. Júlia vai entregar para Alex uma foto do cofre do apartamento de Gui e começa a dar as coordenadas para eles fazerem um assalto. Tom não gosta de ter Paçoca na banda.

Diana faz ameaças a Lázaro dizendo que vai acabar com a carreira dele. Alex fica bastante surpreso quando vê Lorena com outro cara. Gordo atende uma ligação de Nicole através do smartphone de Laila onde os dois são convidados para irem a uma festa no sul. Diversos fãs da banda 4.4 invadem a churrascaria.

CAPÍTULO 65 - Segunda-feira (23-01) 

Júlia avisa Alex que vai fazer uma viagem com Gui
No resumo de Rock Story de segunda-feira, dia 23 de janeiro, Nicolau faz sucesso e Haroldo fica emocionado. Paçoca vê que o canal da banda está tendo mais visitas. Alex começa a chorar por ter perdido Lorena.

Néia e Lázaro trocam acusações por não ter conseguido impedir o casamento de Diana e Léo. Gordo pensa em vigiar Laila. Yasmim conta para Néia que Léo não quer conversar com ela. Néia tenta agradar o filho e a nora. Júlia diz que ele deveria pedir para Gordo administrar a banda. Júlia diz a Alex que vai fazer uma viagem com Gui e que ele poderá assaltar o apartamento.

CAPÍTULO 66 - Terça-feira (24-01) 

Alex é surpreendido pela polícia e usa Zac de escudo
No resumo da novela Rock Story de terça-feira, dia 24 de janeiro, Gordo manda Laila embora de sua casa. Nanda diz a Diana que Laila traiu Gordo mais uma vez e ela quer se vingar. Júlia dá as chaves do apartamento de Gui para Alex.

Gordo vê a apresentação de Laila na TV. Alex diz não confiar em Júlia. Júlia e Gui ficam olhando o momento em que Alex e Romildo estão entrando no prédio do músico. William diz a Alex que Júlia mandou chamar a polícia. Néia diz que vai ficar na casa de Lázaro. Alex imobiliza Zac e utiliza ele como escudo para conseguir sair do apartamento.

CAPÍTULO 67 - Quarta-feira (25-01) 

Alex é pego pela polícia
No resumo da novela Rock Story do dia 25 de janeiro, quarta-feira, Zac foge e Alex é preso. Gui consegue recuperar o dinheiro. Zac acredita que Júlia e Gui conhecem Alex. Diana pede para Gordo esquecer de Laila. O clipe da banda 4.4 faz muito sucesso.

Daniel chama a atenção de Gui e Júlia por terem armado o assalto. Léo não gosta do sucesso da banda de Zac. Lázaro começa a pensar em tentar ser empresário da banda 4.4. O delegado diz a Gui e Júlia que Alex entrou na casa sem arrombamento. Júlia afirma que havia perdido a chave da casa. Ela fica preocupada quand

* O resumo dos capítulos da novela Rock Story pode sofrer alterações devido à edição.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MORTE NO CÓRREGO
Diversos

Ex nega briga em boate e 'amigo' será indiciado pela morte de Izabela em córrego

Menina de 15 anos havia saído de boate com amigos

O gerente e o segurança da boate Macalé, localizada na Rua Brilhante, em Campo Grande, prestou  depoimento nesta terça-feira(24) sobre a morte da adolescente Izabela da Silva, de 15 anos, ocorrida no dia 15 de janeiro. Os dois negaram que a menina estivesse na boate, segundo o delegado que cuida do caso, Valmir Moura Fé. Ainda de acordo com o delegado, o ex-namorado de Izabela, apontado como causador do acidente, também foi ouvido.

O jovem negou qualquer briga na boate e perseguição ao veículo, onde estava Izabela. O motorista que conduzia o veículo Chevrolet Monza, que seria amigo da vítima, será indiciado por homicídio culposo. A polícia agora aguarda outros laudos sobre a morte da adolescente.

O acidente

Izabela da Silva estava com um grupo de mais seis pessoas em uma boate, na Avenida Ernesto Geisel, identificada como Macalé. O grupo teria discutido com outro rapaz, que esperou os jovens saírem do local para começar a perseguição.

Ao chegar a Rua Petrópolis com a Rua Lúdio Coelho, o motorista teria perdido o controle da direção e caído com o carro no córrego Lagoa, causando a morte de Izabela. Dois rapazes que estavam com ela pediram ajuda de um motorista que passava pela Avenida Prefeito Lúdio Martins Coelho. Enquanto a testemunha descia o barranco do córrego para ajudar as meninas feridas, os jovens fugiram.

À polícia, o homem que prestou socorro às vítimas contou que passava pela avenida, quando viu os dois jovens pedindo ajuda e sinalizando para ele parar o veículo. Logo os rapazes contaram do acidente e a testemunha desceu até o córrego para ver o que estava acontecendo.

Perto do Chevrolet Monza, que havia caído no córrego, ele encontrou três meninas, ajudou duas delas e percebeu a terceira já estava sem vida. Foi o homem quem ligou para o socorro e quando voltou para avenida, notou que os dois jovens que o abordaram tinham fugido.

Abalada com a morte da menina, a mãe de Izabela contou que não sabia que a filha iria para uma boate, pois ela saiu de casa dizendo que iria tomar tereré na casa de uma amiga, conhecida da família. 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ACIDENTES

Jovem de 22 anos morre 
após colidir moto em carro

A vítima foi socorrida, mas não resistiu

 

Marcos Neves Alves de 22 anos morreu na noite de ontem (24) após invadir um cruzamento na rua Da Saudade, região central de Nova Andradina.

De acordo com o site Vicentina Online, o jovem conduzia uma Honda Biz e ao invadir a preferencial na rua São José, colidiu com o veículo Honda CR-V e foi foi arremessado com o impacto da batida.

O motociclista teve ferimentos graves, chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital. O condutor do veículo não teve ferimentos.

Um morre e cinco se ferem em 
capotagem a caminho do trabalho

Funcionários de usina seguiam para o trabalho

Capotagem, na manhã de hoje, deixou uma pessoa morta e 5 feridas em estrada vicinal, entre Rio Brilhante e Maracaju. As vítimas seguiam para o trabalho em uma usina no momento do acidente.

De acordo com o site Rio Brilhante em Tempo Real, a Kombi transportava trabalhadores para uma usina localizada na região quando o motorista perdeu o controle da direção próximo de uma ponte.

Sidnei Alves, de 35 anos, morreu na hora e as outras cinco vítimas tiveram ferimentos leves, foram socorridas e encaminhadas para o hospital de Rio Brilhante.  A Polícia Militar e peritos da Polícia Civil fazem levantamentos do caso, que será apurado. 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Veículos e ônibus são destruídos em incêndios durante a madrugada

Cabine de caminhão ficou destruída, em uma oficina no Bairro Pioneiros (Foto: André Bittar)
Dois incêndios em oficinas mecânicas foram registrados na madrugada desta quarta-feira (25), em bairros da região sul de Campo Grande. Em um dos casos, o proprietário do estabelecimento acredita que se trata de incêndio criminoso.

Dono de mecânica, no Bairro Cidade Morena, acredita que Fusca
 foi alvo de vândalos (Foto: André Bittar)
Um dos incêndios ocorreu na Mecânica Cascavel, na Rua Letícia, no Bairro Pioneiros. Por lá, a cabine de uma carreta e um ônibus de autoescola foram destruídos pelas chamas.

O proprietário não quis falar com a imprensa sobre o assunto, mas os funcionários dele acreditam que uma pane elétrica em um dos veículos causou o fogo, que acabou se espalhando. No momento não havia ninguém no local.

No Bairro Cidade Morena, na Rua Floral, um Fusca foi totalmente destruído pelas chamas. O mecânico Marco Aurélio Oliveira, 38 anos, contou que o carro estava estacionado em frente ao estabelecimento, quando testemunhas avistaram as chamas, por volta das 4h10, e acionaram o Corpo de Bombeiros.

"Acredito que seja incêndio criminoso, pois o carro estava sem bateria”, lamenta. Marco Aurélio aproveita para pedir mais segurança na região. Segundo ele, na redondeza está ocorrendo muito assalto. O mecânico deve registrar o caso em uma delegacia ainda nesta manhã.

Motociclista é arremessado após colisão com carro e morre no hospital

Foto: Nova News
Na noite de terça-feira (24), Marcos Alves, de 22 anos, morreu em acidente de trânsito em Nova Andradina, cidade a 297 quilômetros de Campo Grande. Ele estava em uma motocicleta e teria desrespeitado a sinalização, quando colidiu com um carro.

Segundo informações do site Nova News, Marcos trafegava em uma moto no cruzamento das ruas São José e Rua da Saudade. Ele teria desrespeitado o ‘pare’, quando foi atingido por um Honda HR-V e foi arremessado.

Corpo de Bombeiros socorreu o motociclista, que foi levado ao Hospital Regional, mas ele não resistiu aos ferimentos. O motorista não precisou de socorro e ficou no local do acidente até a chegada da Polícia Militar, que registrou o caso e fez os levantamentos necessários.
Foto: Nova News


Cármen Lúcia deve mandar redistribuir processo da Lava Jato

Arquivo
A presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, deve determinar a redistribuição dos processos relativos à Operação Lava Jato que estavam sendo relatados pelo ministro Teori Zavascki, morto em acidente aéreo na semana passada. 

A tendência é que seja feito um sorteio entre os integrantes da Segunda Turma que, além de Zavascki, é formada pelos ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e Celso de Melo. 

Desde a morte de Teori Zavascki, Cármen Lúcia avalia o regimento interno do STF para decidir a quem transferir os processos da Lava Jato. 

Ela chegou a cogitar a possibilidade de construir uma solução com os colegas, mas cresceu a indicação de que o melhor caminho é mesmo seguir o regimento no artigo que recomenda a resdistribuição – que é o sorteio, dentro da turma onde os casos estavam, pois esta foi a solução mais utilizada na Corte.

Há a avaliação de que o novo relator terá pouco espaço para imprimir estilo próprio na relatoria dos processos, mas deverá seguir a mesma linha de Teori Zavascki na condução dos processos da Lava Jato – que, conforme se viu após sua morte, recebeu forte apoio da sociedade.

Até aqui, eram cotados para a função de relator da Lava Jato os ministros Celso de Melo, Luis Roberto Barroso e Edson Fachin. Se esta for a decisão de Cármen Lúcia, entre estes, apenas Celso de Melo entra no sorteio. 

Há possibilidade de um ministro da Primeira Turma pedir transferência para a Segunda, mas este não herdaria os processos da Lava Jato. Ele poderia participar do sorteio de redistribuição do caso.

Ao mesmo tempo, Cármen Lúcia decidiu determinar a retomada dos depoimentos dos delatores da Odebrecht, de modo a não atrasar a homologação das delações da empresa, que envolve 77 executivos e ex-executivos e 950 depoimentos. 

Ela própria deve cuidar da homologação, mas

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

arcotraficante brasileiro preso no Paraguai pede internação em clínica

Narcotraficante brasileiro está preso no Paraguai

O narcotraficante brasileiro Jarvis Chimenes Pavão, de 48 anos, pediu para ser internado em uma clínica médica por 12 dias. Preso na Agrupação Especializada, em Assunção, no Paraguai, ele está prestes a concluir o cumprimento da pena de 8 anos de reclusão por lavagem de dinheiro no país vizinho. No Brasil, a Justiça o condenou a 17 anos de prisão por tráfico de drogas.

De acordo com o ABC Color, maior jornal paraguaio, uma junta médica apresentou parecer pela transferência imediata de Pavão sob o risco de ter um AVC (Acidente Vascular Cerebral). O documento é assinado pelos médicos Aurelio Espínola Caballero, José Nicolás Lezcano e Juan Carlos Martínez, destacados pelo Judiciário para avaliar o paciente.

Segundo a publicação, esses profissionais pontuaram ser de “extrema necessidade começar de forma imediata” o tratamento adequado de Pavão, que não pode continuar onde está por ser um local impróprio para um portador de “patologia que é a maior causa de morte súbita e perigo de AVC se não for tratada de forma constante e em ambiente apto com suporte profissional durante 24 horas por dia”.

Caberá à juíza de execução de sentenças Lourdes Scura decidir se acata ou não o pedido feito por Pavão, que indicou a clínica La Veró para a eventual internação. A magistrada foi alertada pela junta médica sobre a gravidade do caso e os especialistas destacaram não ter responsabilidade sobre qualquer acidente que possa ocorrer por falta de tratamento adequado e ininterrupto.

Apontado como mandante do assassinato do narcotraficante brasileiro Jorge Rafaat Toumani no dia 15 de junho de 2016, Pavão estava preso no presídio de Tacumbú, também na capital paraguaia, até que as autoridades descobriram a estrutura luxuosa da qual dispunha o condenado. Ele foi transferido para a Agrupação Especializada há 6 meses e deve concluir a pena no final deste ano.

Nesta semana, o ABC Color cogitou a possibilitade de Pavão ser extraditado ao Brasil para cumprir a pena a qual foi condenado por tráfico de drogas. A publicação do país vizinho citou a extradição de Carlos Antonio Caballero, o Capilo, apontado como "embaixador" do PCC (Primeiro Comando da Capital) no Paraguai que havia sido preso em 2009 com Pavão na região de Pedro Juan Caballero.

No entanto, ainda em setembro de 2016 o senador paraguaio Robert Acevedo afirmou que Rafaat foi executado brutalmente com tiros de metralhadora antiaérea calibre ponto 50 justamente porque atuava nos bastidores da Justiça do Paraguai para extraditar Pavão ao Brasil, meio de eliminar uma suposta concorrência pelo controle do narcotráfico na fronteira.

"Sou polícia, cara"; veja o que PRF disse antes de matar empresário a tiros

Conversa é transcrição da ligação ao 190, feita pelo policial Ricardo Hyun Su Moon, poucos minutos antes do crime

Divulgação
“Vou te mostrar, rapaz. Tá entendendo? Ta pensando o que, rapaz. Sô polícia, cara!” (Sic).

Esta foi a primeira frase que é possível ouvir em uma gravação de 7 minutos e 18 segundos, registrada pelo Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) da Polícia Militar, no dia 31 de dezembro de 2016. 

O trecho é parte da transcrição do áudio de ligação feita pelo policial rodoviário federal Ricardo Hyun Su Moon de 47 anos, para o 190, no dia em que ele matou o empresário Adriano Correia do Nascimento, 33 anos, e atirou contra outras duas pessoas.

Trecho final da conversa. (Foto: Reprodução)

“Por favor. Manda uma viatura aqui que tem um motorista aqui que tá com indício de embriaguez. Eu tô aqui na Geisel, eu tô aqui na Geisel com... Aqui perto do parquinho, cara e...”, continua dizendo o PRF.

No texto, que descreve o diálogo do PRF com o policial militar responsável por atender as ligações de urgência, também está relatada parte da conversa de Moon com as vítimas, gravada ao fundo da ligação. “Você também ta bêbado então”, diz uma delas.

“Ô jovem, o que aconteceu aí? O cara ta conduzindo o veículo aí? O que é?”, questiona o policial, sem entender direito o que se passa do outro lado da linha.

Moon responde que o motorista de quem fala “fez uma barbeiragem” e que “quase entrou num acidente”, e completa, “que os três passageiros são suspeitos”.

De repente, o policial interrompe a explicação ao colega PM para dizer a alguém com quem está discutindo, que “vai mostrar”.

Do outro lado da linha, o policial da emergência então pergunta o endereço da ocorrência novamente. Moon se atrapalha e diz que vai buscar no GPS, ao mesmo tempo em que repete “eu vou mostra pro senhor, eu vou mostrar”.

Ainda na ligação, o policial passa o endereço para o colega da PM e diz que é preciso que levem o etilômetro, enquanto continua uma discussão com alguém não identificado nos documentos que transcrevem a gravação. “Vou fazer, vou fazer também, vou fazer com certeza”, diz o PRF, numa referência o teste de etilômetro.

Neste momento, alguém ao fundo grita: “Você ta louco, rapaz!”. Momento em que Moon responde: “Vocês três estão loucos!”.

A discussão segue, até o PRF volta a dizer para o colega no telefone que o trio é suspeito e que foi vítima de uma manobra perigosa no trânsito.

A partir desta hora, Moon começa a repetir um uma ordem: “Mantenha distância. Mantenha distância.” E uma das vítimas responde: “A hora que você me mostrar a sua identidade, eu vou me afastar. Eu não saio daqui enquanto você não me mostrar a sua identidade”.

A discussão começa de novo, e o policial dá a entender que suspeita do passageiro do banco de traz, que pediu para ele mostrar algo, mas ele se recusou. “E daí cara? Eu pedi. (Ininteligível) e se você tá com uma arma atrás ai e não...” (vozes sobrepostas)

A transcrição da conversa termina com mais discussão entre o policial e uma das vítimas, onde o assunto é ameaça. “Ameaçaram. Ameaçaram. Por isso que eu tive que me defender, entendeu? Três contra um. Então. Vamos Esperar a chegada da PM aqui para resolver então. Beleza.”

A resposta também é gravada. Alguém, ao fundo, diz apenas: “Ta bom”. Momento em que o policial volta a discutir: “Beleza? Vocês fizeram errado.”

Pela transcrição, a ligação termina com o som de apenas duas palavras ditas por uma das vítimas: “a arma”.

Análise do conteúdo 

Toda a conversa está registrada no inquérito da Polícia Civil sobre o caso, que tem 582 páginas. No documento, também é feita uma análise pericial sobre a gravação. 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Bailarina do "Domingão do Faustão", Natacha Horana surpreende ao revelar que não gosta de marquinha de biquíni

Bailarina do "Domingão do Faustão", Natacha Horana surpreende ao revelar que não gosta de marquinha de biquíni

Foto: Divulgação / MF Assessoria
Natacha Horana, considerada a mais bela bailarina do "Domingão do Faustão", faz uma revelação bombástica. A loira que é dona de um corpo com 99cm de quadril, 65cm de cintura e 90cm de busto distribuídos em 1,69m de altura revela não gostar de marquinha de biquíni.

"Não gosto de marquinha na parte de cima. Nem atrás, nem na frente. Mas não nego que gosto de marquinha na parte de baixo", dispara a beldade para delírio dos seus quase 500 mil seguidores no Instagram.

Natacha Horana sempre é comparada com a atriz e apresentadora Ellen Rocche, e teve a honra de ser escolhida a nova embaixadora da marca Vitaflex, dos Estados Unidos. Antes da bailarina do "Domingão do Faustão", a companhia especializada em suplementos e vitaminas do universo fitness era representada pela celebridade fitness Bella Falconi, brasileira que mora nos EUA.

Além de bailarina e modelo fitness, Natacha Horana também é atriz está em cartaz na peça "Dois Casais em Maus Lençóis" todos os sábados às 21h30 no Teatro Ruth Escobar, em São Paulo.













Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ATENÇÃO
Diversos

Macacos são encontrados mortos em MS e suspeita é de febre amarela

Suspeita vem da região do Bolsão

Quatro macacos encontrados mortos em Aparecida do Taboado, a 456 quilômetros de Campo Grande, acendeu o sinal de alerta em relação à suspeita de febre amarela na região do Bolsão. Na divisa com Mato Grosso do Sul, três pessoas já morreram de febre amarela no estado de São Paulo e 32 em Minas Gerais.

Em entrevista ao site Perfil News, a enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Aparecida do Taboado, Eugênia Paiva, disse por telefone que a morte dos quatro animais aconteceu em áreas rurais de Aparecida do Taboado.

O primeiro caso aconteceu há aproximadamente 15 dias, quando a dona de uma fazenda encontrou três macacos em estado de decomposição em sua propriedade rural. A mulher enterrou os animais e só comunicou o fato à Vigilância na semana passada.

‘’A fazendeira nos avisou do ocorrido depois de saber pela imprensa sobre o surto da febre amarela em Minas Gerais, e que os macacos também podem ser vítimas do mosquito que transmite a doença’’, contou Eugênia, esclarecendo que o animal não transmite o vírus.

Ainda de acordo com a enfermeira, não foi possível coletar material genético dos macacos pelo fato de eles estarem em decomposição e enterrados. Segundo ela, a amostra deve ser recolhida no período de até 24 horas após o óbito do animal.

Já na última sexta-feira (20), um quarto macaco foi achado morto também em decomposição em uma mata de Aparecida do Taboado. O morador que encontrou o animal fez contato com a Secretaria de Saúde, porém, também  não foi possível o exame pelo fato do corpo do animal ter sido encontrado em decomposição.

Nesta quarta-feira (25) a Secretaria de Saúde de Aparecida do Taboado vai receber especialistas que irão vistoriar a região e capturar macacos para que o exame possa ser feito. Os profissionais são de Campo Grande, Dourados e Três Lagoas.

Já o governo de Mato Grosso do Sul informou que mais de 60 mil vacinas contra a febre amarela estão estocadas para atender os 79 municípios do estado. De acordo com a Secretaria de Saúde, todas as cidades estão abastecidas com doses.

Em Mato Grosso do Sul, o último caso confirmado da doença aconteceu em 2015. Pessoas que não se imunizaram contra o vírus devem procurar uma unidade de saúde para atualizar a caderneta de vacinação.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PLANTÃO
Diversos

Fuzilado em caminhonete era pistoleiro 
e matou dois em Campo Grande

Ezequiel Espinosa morreu, hoje, depois de ser atingido por cinco tiros

 

O homem executado a tiros de fuzil, na manhã de hoje, em Ponta Porã, era pistoleiro e usava documentos falsos. Em um primeiro momento ele foi identificado como Victor Hugo Colman, mas depois de investigação a polícia descobriu que era Ezequiel Romeiro Espinosa, apontado como autor de duplo homicídio em Campo Grande. As informações são do delegado Lucas Soares Caires.

À reportagem do Portal Correio do Estado, o delegado contou que Espinosa foi atingido por cinco disparos de fuzil calibre 556 enquanto conduzia caminhonete na Avenida Marechal Floriano, na divisa com Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

O delegado teve acesso às imagens de câmeras de segurança do comércio local e adiantou serem quatro os suspeitos de participação na morte de Espinosa. "As primeiras informações que tivemos é que se trata de crime encomendado. E de fato parece ser um acerto de contas,  como sempre ligado a atividades ilícitas", pontuou Caires.

Em relação a outra vítima, motociclista que passava pela avenida, o delegado disse que “em princípio, não tinha ligação com o fato e foi alvejado por engano. Parece que estava entregando currículos pela cidade. Estava no lugar errado e na hora errada”, lamentou.

HISTÓRICO

Em agosto do ano passado, Ezequiel atirou contra Magno Gauber Guimarães e Ailton Mário de Oliveira Ferreto em rua do bairro Nova Lima. Na ocasião, ele foi indiciado apenas por porte ilegal de arma de fogo porque, na visão do delegado, agiu em legítima defesa.

Informação inicial era de que Ailton e Magno tinham sido seguidos e mortos por pistoleiros em motocicleta. No entanto, durante apuração constatou-se que a dupla tinha ido ao endereço para matar Ezequiel, que ao perceber o risco, reagiu. Magno morreu ainda dentro do imóvel que estava Ezequiel e Ailton foi morto no carro Uno, quando tentava fugir

Homem morre depois de ter reação alérgica a remédio receitado em hospital e UPA

Vítima deu entrada nas unidades por lesões sofridas em acidente de moto

 

Antônio dos Santos Gomes, de 48 anos, morreu depois de ter reação alérgica a medicamento receitado por médico do Hospital Universitário (HU) e ministrado em soro na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Universitário, em Campo Grande. Vítima deu entrada na unidade por conta de acidente de motocicleta.

De acordo com boletim de ocorrência, na noite do dia 17 de janeiro, vítima passou por buraco na rua, quase caiu da moto e bateu a região genital. Por conta das dores e inchaço, ele foi até a UPA do bairro Universitário, de onde foi encaminhado para o HU, onde ficou internado para realização de exames e avaliação médica.

No sábado (21), vítima recebeu alta e sua esposa comprou medicação receitada no hospital. Depois de tomar o remédio, Gomes começou a passar mal, dizendo que não conseguia respirar, além de ficar com o corpo vermelho.

Por conta da reação, ele foi novamente até a UPA Universitário, onde tomou soro e foi liberado no domingo (22). Segundo a família, ele recebeu alta mesmo reclamando de dores.

Depois de chegar na casa da irmã, familiares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que foram até a casa e encaminharam o homem novamente até a Upa Universitário.

Na unidade de saúde, o paciente ficou tomando soro com dipirona e, como não teve melhora, foi entubado e encaminhado para a Santa Casa, onde morreu ontem à noite, depois de parada cardiorrespiratória.

Na Santa Casa, foi constatado que a vítima tinha alergia ao medicamento.

A Polícia Civil investiga o caso, registrado como morte a esclarecer, e enviou requisição ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol), a Santa Casa e pediu também a receita do medicamento que a vítima tomou.

Homem passa direto em curva e morre ao bater carro em árvore e poste

Acidente aconteceu em região conhecida como "curva da morte"

 

Ricardo Barbosa da Silva morreu na noite de ontem, após o veículo que conduzia bater em poste e capotar. Acidente aconteceu por volta das 21h, na MS-147, em local conhecido como “curva da morte”.

De acordo com o site Vicentina Online, o homem morava em fazenda localizada entre Ivinhema e Amandina. Populares acionaram a Polícia Militar de Culturama que, quando chegou ao local, encontrou o Fiat/Strada Adventure, com placas de Ivinhema capotado e fora da MS-147 em meio a pastagem.

O motorista foi encontrado morto debaixo do veículo. Consta no boletim de ocorrência que o condutor seguia sentido Culturama à Lagoa Bonita, passou direto na curva, colidiu em árvore e poste de energia elétrica, que quebrou e derrubou fios de alta tensão juntamente com o transformador.

A Polícia Civil de Glória de Dourados e a Defesa Civil de Deodápolis também estiveram no local.

Executado na fronteira usava nome falso e respondia a duplo homicídio em Campo Grande

 Na época, o homem se apresentou a polícia na Capital 

Victor Hugo Colman, executada na manhã desta terça-feira (24) em Ponta Porã, é na verdade Ezequiel Romero Spinosa, o principal suspeito de assassinar Magno Guaber Guimarães e Aílton Márcio de Oliveira Ferreira, no dia 12 de agosto em Campo Grande. Na época, o homem se apresentou a polícia, entregou a arma e afirmou que matou para se defender.

O duplo homicídio aconteceu no Bairro Nova Lima. Magno e Aílton foram assassinados a tiros em uma residência da na Rua Randolfo Lima. Quando se apresentou na 2ª Delegacia de Polícia Civil, Ezequiel Romero Spinosa afirmou que tinha uma rixa antiga com as vítimas e que no dia do crime, a dupla foi até a casa para um acerto de contas.

Os dois teriam chegado ao local em um Fiat Uno. Aílton então teria descido do veículo com uma pistola 9 mm em mãos e ao perceber a sua aproximação, Ezequiel teria saído e efetuado vários disparos contra ele. Em seguida, o autor teria ido até o carro e atirado em Magno, que conduzia o Uno.

Na Capital, Ezequiel morava com a irmã, que fazia um tratamento de saúde. Depois do crime, ele fugiu para o Paraguai, mas voltou e se apresentou ao delegado Weber Luciano de Medeiros e entregou a arma usada. Ele respondia o crime em liberdade, já que não houve flagrante.

Nesta manhã, o paraguaio foi alvejado por vários tiros enquanto conduzia uma caminhonete Hilux SW4 em Ponta Porã, a 313 quilômetros de Campo Grande. Os quatro suspeitos do crime estavam em um Chevrolet Onix vermelho, com placas paraguaias, quando fecharam o veículo que Ezequiel conduzia.

Usando um fuzil e uma metralhadora, os ocupantes do Onix atiraram mais de 20 vezes contra o motorista, que morreu no local. Com ele foram encontrados documentos no nome de Victor Hugo Colman, que só depois teve a verdadeira identidade descoberta. Para o delegado Weber Luciano, Ezequiel deveria usar um nome no Brasil e o outro no Paraguai.

Após ser atingido pelos disparos, a vítima ainda perdeu o controle da direção e acabou atropelando um motociclista, de 25 anos, que ficou em estado grave e foi levado para o Hospital da Vida de Dourados.

Depois do crime, os quatro suspeitos abandonaram o carro e as armas e fugiram a pé para o lado paraguaio. Logo na fronteira, os suspeitos abordaram um morador de Ponta Porã que dirigia um Fiat Siena, roubaram o carro e continuaram a fuga.

O veículo roubado pelos bandidos foi encontrado pela Polícia Civil da cidade na tarde desta terça-feira na Rua Cabreuva, ainda do lado brasileiro. A suspeita é que os autores do homicídio tenham fugido para o Paraguai. 

Câmeras de segurança filmaram o momento em que os quatro suspeitos fugiam para o Centro de Ponta Porã. As imagens do momento da execução ainda mostraram uma segunda vítima, que estaria na caminhonete com Victor Hugo. Ele foi identificado como Julio Gamarra Garcia, de 33 anos, mas não há confirmação se foi atingido por algum disparo, já que fugiu do local em seguida. 

Polícia Civil incinera mais de 9 toneladas de drogas em Amambai

Entorpecente é fruto de apreensões realizadas em um período de dois meses no âmbito do município, diz delegado.

Clique na Imagem para ampliá-la

Momentos do transporte e da incineração dos mais de 9 mil quilos de drogas, na manhã dessa terça-feira (24) em Amambai. (Fotos: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

A Polícia Civil incinerou na manhã dessa terça-feira, 24 de janeiro, em Amambai, mais de 9 toneladas de drogas.

O entorpecente, 8.945 quilos de maconha, 125 quilos de pasta base de cocaína, 22 quilos e 570 gramas de haxixe e mais uma pequena quantidade de crack, foi fruto de apreensões realizadas pela Polícia Militar, o Departamento de Operação de Fronteira (DOF), a Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE) e pela própria Polícia Civil no âmbito do município nos últimos dois meses, segundo o delegado titular de Polícia Civil, em Amambai, Dr. Mikaill Alessandro Gouveia Faria.

Segundo o delegado, de 2016 para cá foram incinerados cerca de 50 toneladas de drogas apreendidas na região.

Um forte aparato de segurança, com a participação de militares do Exército Brasileiro lotados no 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado (17º RC Mec), foi montado para o transporte da droga da Delegacia de Polícia Civil, em Amambai até a caldeira de uma cooperativa instalada do município, onde o entorpecente foi incinerado.

Além de militares do Exército e policiais civis, o ato de incineração foi acompanhado por representantes do Ministério Público Estadual (MPE) e da Vigilância Sanitária do município, em Amambai.

Dupla rouba caminhonete e acaba presa depois de capotar veículo na fuga

Produtor rural foi agredido e feito refém por homem e adolescente de 17 anos

Homem de 26 anos foi preso e um adolescente, de 17, apreendido, depois de roubarem caminhonete Toyota Hilux de um produtor rural e capotar veículo durante fuga, na tarde de hoje, em Mundo Novo.

De acordo com a Polícia Militar, vítima, de 52 anos, conversava com uma mulher na região central quando os suspeitos chegaram, o renderam utilizando um revólver calibre .32, amarraram suas mãos e roubaram a caminhonete.

Produtor rural e a mulher foram feitos reféns pelos criminosos, que seguiram pela MS-386, onde há estradas vicinais de acesso ao Paraguai.

Uma testemunha do roubo acionou a PM. Militares conseguiram se aproximar do veículo e deram ordem de parada aos suspeitos, mas eles desobedeceram e continuaram em fuga.

Depois de alguns quilômetros de acompanhamento tático, condutor perdeu o controle da direção e veículo capotou. Dupla tentou fugir a pé, mas foi presa.

Vítima foi agredida com golpes de arma no rosto e informou que suspeitos acionaram o gatilho por três vezes, mas arma falhou . Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao hospital.

Ladrões e a mulher que estava com a vítima não tiveram ferimentos. Suspeitos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CALDERÃO
Computer Music

152 presos fogem durante rebelião em Bauru; 100 são recapturados

Até a tarde, 100 fugitivos foram recapturados pela polícia. Helicóptero Águia sobrevoa a cidade para ajudar a localizar outros homens.

Durante rebelião, detentos gritaram palavras de ordem (Foto: Reprodução/TV TEM)
 A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) confirmou que 152 detentos fugiram do Centro de Progressão Penitenciária (CPP 3) "Prof. Noé Azevedo", em Bauru (SP), durante a rebelião desta terça-feira (24). Policiais militares já recapturaram 100 homens, segundo a SAP, mas 52 continuam foragidos. Parte dos detentos serão levados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) I e II de Bauru, outros para presídios da região e cerca de 600 devem ficar na penitenciária.

Durante uma coletiva na tarde desta terça-feira, o coronel da Polícia Militar Flávio Kitazume descartou relação com outras rebeliões que estão acontecendo no país. “Em nenhum momento houve refém e por isso descartamos este caso em relação aos demais fatos que estão acontecendo em outras regiões do país e isso nos tranquiliza.”

Segundo informações da Polícia Militar, os presos colocaram fogo no prédio de três pavilhões e conseguiram fugir. O capitão da Polícia Militar Juliano Loureiro diz que a situação foi controlada ainda de manhã. O Corpo de Bombeiros foi chamado para controlar as chamas e o helicóptero Águia sobrevoa a cidade para localizar os fugitivos.

No período da tarde, chamas foram vistas novamente saindo de um dos pavilhões da penitenciária. Os bombeiros informaram que não se trata de uma nova rebelião, mas sim de um foco de incêndio que não foi totalmente controlado e que equipes trabalham para controlar as chamas e fazer o rescaldo.

“Esse é um caso isolado e não há qualquer relação com o crime organizado, mesmo porque os detentos são de regime semiaberto. Eles saem para trabalhar e têm benefícios com saídas temporárias. Pode haver um problema de relacionamento entre eles. Se houve um problema, foi algo pontual. O motivo da revolta está sendo apurado e também por que alguém portava celular lá dentro”, afirmou o coronel da PM Airton Martinez.

Ainda segundo o coronel Airton houve uma tentativa de roubo de carro perto do CPP 3, mas os suspeitos foram presos em flagrante. “Não houve invasão em lugar nenhum e o comércio está voltando a funcionar normalmente. Todos os policiais estão patrulhando no centro da cidade.”


Coronel Airton e Kitazume em coletiva da PM (Foto: Heloisa Casonato/G1)
Segundo a SAP, o CPP 3 - antigo IPA (Instituto Penal Agrícola) - funciona em regime semiaberto e tem capacidade para 1.124 pessoas, mas abriga atualmente 1.427 presos. Já o sindicato dos agentes funcionários afirma que o CPP 3 tem capacidade para 742 presos e abriga 1.500.

O regime do CPP 3 é semiaberto e todos os detentos têm direito a trabalhar ou estudar fora da unidade. Segundo a SAP, hoje, 208 presos trabalham fora da penitenciária, outros 65 em empresas dentro da unidade e 358 trabalham em atividades de manutenção do próprio presídio. Os outros estão em férias escolares ou aguardam conseguir uma atividade.

Três pavilhões estão com muitos danos, segundo o capitão da PM. Familiares de presos foram ao local em busca de informações de vítimas, mas o sindicato dos agentes penitenciários afirma que nenhum agente foi feito refém ou ficou ferido e que alguns presos ficaram feridos, mas nenhum com gravidade.

Um vídeo registrado por um morador mostra o momento em que policiais abordam um carro com detentos que tinham fugido..

Apreensão de celular

Segundo o presidente do Sindicado dos Agentes Penitenciários, Gilson Pimentel Barreto, a rebelião em Bauru começou por causa de uma apreensão de celular dentro da penitenciária. "Durante uma ação dos funcionários no alojamento e pegaram um preso com um celular e a revolta começou devido a isso. Os funcionários estavam retirando o preso e o resto da população não aceitou."

Ainda segundo Barreto, os detentos do CPP 3 em Bauru não estavam sendo monitorados com tornozeleira eletrônica porque o convênio entre o estado e a empresa não foi renovado. "Foi colocado fogo em papelões, tem alguns feridos, funcionários não ficou ninguém refém, mas não foram muitas fugas", afirma.

Por conta da rebelião, uma onda de pânico se espalhou na cidade. Comerciantes fecharam lojas e a unidade do Poupatempo em Bauru reforçou a vigilância. Os serviços públicos municipais foram retomados durante a tarde.
Presos atearam fogo em penitenciária (Foto: César Evaristo/TV TEM)
Confira a nota enviada pela SAP:

A Secretaria da Administração Penitenciária informa já foram recapturados 90 reeducandos dos 152 evadidos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) III, popularmente conhecido como Instituto Penal Agrícola "Prof. Noé Azevedo" de Bauru.

O tumulto de hoje aconteceu durante revista de rotina. O incidente iniciou-se após um Agente de Segurança Penitenciária ter surpreendido um preso se comunicando através de celular.

A situação foi rapidamente controlada pelo Grupo de Intervenção Rápida, enquanto que a Polícia Militar atua na recaptura dos evadidos. Não houve reféns. Todos os presos envolvidos no episódio e os apreendidos regredirão ao regime fechado.

Ressalvamos que as unidades de regime semiaberto, conforme determina a legislação brasileira, não dispõem de muralhas nem segurança armada, sendo cercada por alambrados. A permanência do preso nesse regime se dá mais pelo senso de autodisciplina do preso do que a mecanismos de contenção. Os presos que cumprem a pena em regime semiaberto podem obter permissão para trabalhar e estudar fora da unidade penal e pela Lei de Execução Penal poderão visitar os familiares em cinco ocasiões do ano.

O CPP III é o antigo Instituto Penal Agrícola de Bauru e está localizado numa área, do tipo fazenda, de 240 alqueires. Hoje, 208 presos trabalham fora da unidade, exercendo atividades externas, outros 65 em empresas dentro da unidade e 358 trabalham em atividades de manutenção do próprio presídio.
Pavilhões do CPP 3 ficaram danificados (Foto: Arquivo Pessoal)
Fogo foi ateado em penitenciária (Foto: Reprodução/TV TEM)

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MERGENCIA
Diversos

NOVA ALVORADA DO SUL| Prefeito decreta estado de emergência, mas MPE questiona e emite recomendação

Promotoria alega que não há motivação idônea em decreto

prefeito Arlei Silva Barbosa (PMDB) - Divulgação
Após a Prefeitura de Nova Alvorada do Sul - distante 120 km de Campo Grande - decretar estado de emergência, alegando dificuldades financeiras, o MPE (Ministério Público Estadual) emitiu recomendação para que o prefeito Arlei Silva Barbosa (PMDB) "se abstenha de realizar contratações de obras e serviços públicos com dispensa de licitação".

"O Promotor de Justiça Maurício Mecelis Cabral, titular da Promotoria de Justiça de Nova Alvorada do Sul,recomendou ao Prefeito do referido município que se abstenha de realizar contratações de obras e serviços públicos com dispensa de licitação fundamentadas no Decreto Municipal nº 1.473, de 18 de janeiro de 2017, que declarou estado de emergência administrativa, procedendo à anulação de eventuais contratos realizados nas mesmas condições, sob pena de responsabilização por ato de improbidade administrativa", afirma o MP. Agora, o prefeito deve responder à recomendação em até 10 dias úteis.
Decreto

Em publicação do Diário Oficial do município, Arlei afirma que "o processo de transmissão de governo do Poder Executivo Municipal ocorreu de forma deficitária, não tendo atendido de forma plena as determinações contidas no Decreto de Transição de Mandato, haja vista que os técnicos do prefeito eleito não tiveram acesso às informações indispensáveis ao planejamento das ações de início de governo".

Além da justificativa, o Prefeito declara "necessidade de se garantir a primazia dos seguintes princípios Constitucionais e de Direito Administrativo; a nova equipe de governo precisa tomar conhecimento de toda a estrutura funcional do Poder Executivo Municipal, com vistas a desempenhar suas atribuições com segurança, eficácia e eficiência; necessidade de evitar prejuízos ou comprometimento com a segurança das pessoas, obras, serviços, equipamentos e outros bens públicos ou particulares".

Para a Promotoria de Justiça de Nova Alvorada do Sul, no entanto, a justificativa apresentada pelo chefe do executivo "não se mostrou idônea e nem proporcional à medida adotada de afastar a obrigatoriedade do procedimento licitatório". O MPE também questionada o decreto, do ponto de vista jurídico, e alega que "não encontra amparo legal no ordenamento jurídico vigente".

"Para fazer a recomendação, o Promotor de Justiça levou em consideração o fato de que o Decreto Municipal nº 1.473/2017, publicado no Diário Oficial do Município nº 796, de 20 de janeiro de 2017, que declara estado de emergência administrativa no município de Nova Alvorada do Sul e autoriza o Poder Executivo a promover contratações de bens e serviços público com dispensa de licitação, não encontra amparo legal no ordenamento jurídico vigente".

"Essa inobservância da obrigatoriedade do procedimento licitatório, a toda evidência, acarreta impactos financeiros negativos nas contas públicas, contribuindo ainda mais para o agravamento do ‘deficit’ público e acarretando a diminuição da eficiência administrativa”, afirmou o promotor Maurício Mecelis Cabral.

Procurador-Geral Maurício Mecelis Cabral ainda pediu ao Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público Estadual, Paulo Cezar dos Passos, representação de inconstitucionalidade. O promotor solicitou "que sejam tomadas as medidas cabíveis contra o Poder Executivo de Nova Alvorada do Sul, 'visando à declaração de inconstitucionalidade do disposto nos artigos 2º e 3º do Decreto Municipal nº 1.473/2017'".

O jornal Midiamax tentou falar com a Prefeitura, mas em razão do horário, não foi possível localizar a assessoria de imprensa da administração.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA HORA
Diversos

Jesus' aparece em tronco de árvore que seria derrubada

'Jesus' talhado misteriosamente em árvore | Reprodução/Twitter(El Intra)
O Papa já é da Argentina, mas há muita gente acreditando que país tem mais a contribuir com o cristianismo.

Moradores da pequena General Las Heras, na província de Buenos Aires, dizem que "Jesus" apareceu no tronco de uma árvore, em terreno baldio na cidade, que seria derrubada. Para eles, a "aparição", a machadadas, é sinal de bênção.

O primeiro a ver "Jesus" no tronco foi o morador Pablo José Fredes.

"Essa é uma imagem forte, você pode ver Jesus Cristo no tronco e quando você está diante da árvore pode sentir algo dentro de você", comentou ele, de acordo com o site "Minuto 1".
Moradores acreditam que a 'aparição' é uma bênção | Reprodução/Twitter(NacidoParaSegundear)


A região se tornou ponto de peregrinação.

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PISTOLEIROS
Diversos

Após execução, pistoleiros roubaram carro e fugiram para o Paraguai

Os suspeitos usaram um fuzil e metralhadora no crime

Os pistoleiros responsáveis pela morte do paraguaio Victor Hugo Colman, na manhã desta terça-feira (24), roubaram um carro na fronteira e assim conseguiram fugir para Pedro Juan Caballero, cidade que faz divisa com Ponta Porã, a 313 quilômetros de Campo Grande. Depois de abandonar o veículo que usado durante a execução, os suspeitos fugiram a pé até roubarem um Fiat Siena.

Conforme informações do site Porã News, quando abordaram o paraguaio, os quatro suspeitos estavam em um Chevrolet Onix vermelho, com placas paraguaias. A vítima conduzia uma Hilux SW4, pela Avenida Marechal Floriano, quando foi fechado pelos bandidos.

Usando um fuzil e uma metralhadora, os ocupantes do Onix atiraram mais de 20 vezes contra o motorista, que morreu no local. Após ser atingido pelos disparos, a vítima ainda perdeu o controle da direção e acabou atropelando um motociclista, de 25 anos, que ficou em estado grave e foi levado para o Hospital da Vida de Dourados.

Depois do crime, os quatro suspeitos abandonaram o carro e as armas e fugiram a pé para o lado paraguaio. Logo na fronteira, os suspeitos abordaram um morador de Ponta Porã que dirigia um Fiat Siena, roubaram o carro e continuaram a fuga.

Câmeras de segurança filmaram o momento em que os quatro suspeitos fugiam pela Rua Paraguai, no Centro de Ponta Porã. Dois estariam portando armas de fogo. As imagens do momento da execução ainda mostraram uma segunda vítima, que estaria na caminhonete com Victor Hugo.

Ele foi identificado como Julio Gamarra Garcia, de 33 anos, mas não há confirmação se foi atingido por algum disparo, já que fugiu do local em seguida. A Polícia Civil da cidade investiga o caso.

Confira vídeo:

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MORRE VICE PREFEITO DE NAVIRAÍ
Computer Music

Vice-prefeito e presidente de 
cooperativa morre no interior

Sakae morreu na madrugada desta terça-feira

 

Sakae Kamitani morreu, hoje, em hospital de Dourados. Ele era vice-prefeito de Naviraí e presidente da Cooperativa Agrícola Sul-Mato-grossense (Copasul). Tinha 86 anos.

No final de semana, Sakae se acidentou dentro de casa e teve diagnosticado traumatismo craniano. Foi, então, encaminhado de Naviraí para Dourados, onde passou por intervenção cirúrgica para reduzir a pressão cerebral. Faleceu hoje por volta das 5h40.

Filho de imigrantes, que chegaram ao país em 1934, sua família trabalhou em fazendas de café no interior paulista e paranaense, antes de se mudar para propriedade de cultivo de hortelã em Naviraí. Grupo pertencente a sua família, inclusive, possibilitou a criação da Copasul em 1978 com foco no algodão. Sakae também era vice-prefeito da atual gestão do município sul-mato-grossense.

Velório será realizado na Câmara Municipal de Naviraí, a partir das 13h, sendo o enterro realizado no cemitério municipal amanhã em mesmo horário.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

policia
Diversos

Vereador mais votado de Ladário 
aguarda transferência para presídio

Policiais federais conduziram hoje duas pessoas para depor

 

Eurípedes Zaurízzio de Jesus, 44 anos, aguarda transferência para presídio estadual depois de ser preso por corrupção eleitoral, falsidade ideológica e agiotagem em Ladário. Investigadores da Polícia Federal confirmaram que o vereador eleito pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) reteve documentos de eleitores e pagou até R$ 200 por voto. Se condenado, pode ficar 11 anos preso.

Cinco pessoas confirmaram o modus operandi, que consistia na retenção de cartões magnéticos do Bolsa Família e carteiras de trabalho de famílias em situação de vulnerabilidade social. O vereador, mais votado do município, teria perdoado durante dois meses juros mensais de 30% em troca de votos.

Prisão preventiva se estendeu a um assessor do então candidato, que não teve nome revelado. Outras duas pessoas foram conduzidas coercitivamente a prestar depoimento na Delegacia de Polícia Federal de Corumbá, que mobilizou 15 agentes para cumprir os mandados.

De acordo com investigadores, a denúncia chegou depois das eleições. Na primeira fase da Operação Anatocismus – traduzida como usura ou agiotagem – foram apreendidos documentos de identificação, cartões do Bolsa Família, além de contas de água e luz em nome de terceiros.

Apuração apontou que o indiciado explorou pessoas de baixa renda, em clara vulnerabilidade econômica e social, retendo cartão magnético do programa social e respectiva senha para efetuar saques a fim de cobrir percentual de 30% mensais cobrados pelos empréstimos ilegais.

Mandados foram autorizados pela Justiça Eleitoral e muitas pessoas teriam se beneficiado do esquema, sendo que parte delas é tratada como vítima ao colaborar com a investigação.

Supostas sessões de tortura contra internos derrubam diretor e chefe da Unei Dom Bosco

Servidores punidos autorizariam uso de cassetete de madeira na unidade

Cassetetes de madeiras ficavam em alojamento dos agentes

O secretário-adjunto de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antônio Carlos Videira, por determinação judicial, afastou provisoriamente, o diretor e o chefe de segurança da Unidade Educacional de Internação (Unei) Dom Bosco, em Campo Grande, que abriga jovens infratores com idades de 12 a 20 anos. Suposta prática de tortura contra os jovens internados na Unei motivou a punição.

O afastamento de Jean Lesseski Gouveia, então diretor da Unei Dom Bosco e do chefe da segurança do estabelecimento Maurício Cesar Lagoa, foi publicado na edição de ontem, segunda-feira (23), do Diário Oficial do Estado.

Na Unei Dom Bosco, a informação é que Jean está de férias, e no telefone repassado à reportagem que seria de Maurício ninguém atendeu. A defesa dos dois servidores também foi procurada na manhã desta terça-feira (24), mas até a publicação do material os advogados não foram encontrados.

Na publicação do Diário Oficial de ontem, é dito que o desligamento dos dois servidores atende 'determinação judicial' sem, contudo, mencionar a causa da repreensão.

Embora divulgado ontem no Diário Oficial, a resolução do desligamento do diretor e do chefe da unidade foi definida no dia 17, terça-feira, uma semana atrás.

O histórico da suposta tortura contra os infratores surgiu em setembro do ano passado, durante vistoria da Unei Dom Bosco, chefiada por integrantes do MNPCT (Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura), órgão federal, vinculado à Secretaria de Direitos Humanos do Ministério da Justiça.

"Evidenciou-se uma realidade muito pior que a correspondente dos adultos presos no que tange ao emprego de armamentos menos letais e à excessiva rotina de revistas vexatórias nos adolescentes e jovens, que são impressionantemente mais ostensivos e repressores. Evidenciou-se uma desproporcionalidade e abusividade destas práticas na unidade", diz trecho do relatório da inspeção.

Ainda segundo o relatório, que foi entregue em outubro passado às autoridades estaduais, incluindo o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), a vistoria descobriu que a “tortura é uma prática recorrente e disseminada na Unei Dom Bosco”.

Diz também o relatório que os internos relataram aos vistoriadores  que sofriam na Unei “ameaças, agressões físicas e ainda psicológicas.

“São onipresentes [agressões e ameaças] na unidade. Esta prática criminosa variaria desde os métodos mais tradicionais como a agressão física direta, até a utilização do frio, da umidade e da privação de saneamento básico”, aponta outro trecho do documento preparado pelo MNPCT.

Cassetetes

Interno disse ter sido agredido por agentesInterno disse ter sido agredido por agentes

Agentes de segurança da Unei Dom Bosco, diz o relatório, torturavam os internos cassetetes fabricados com pedaços de madeiras. Estas armas foram achadas em diversos cômodos da Unei, principalmente no dormitório dos servidores que lá trabalham.

“Estes cassetes, conhecidos pelos adolescentes e jovens como chicos, são aparentemente produzidos de maneira artesanal, a partir de pedaços de madeira maciços e bastante pesados”, cita o documento, que acrescenta:

“Informou-se [declarações dos internos] que os agentes socioeducativos fariam uso frequente dos cassetes, tendo-os em mãos durante idas e vindas para a escola e outras atividades, assim como durante rondas nas alas, também na transferência, em casos de indisciplina, e durante atos de tortura”.

Também conforme as declarações que constam no relatório, além de cassetetes, agentes recorriam a outros instrumentos para torturar os jovens e adolescentes, como arma de fogo.

Durante as vistorias, feitas em setembro passado, a Unei Dom Bosco abrigava perto de 90 internos, entre os quais apontados como responsáveis por crimes patrimoniais, crimes contra a vida e de tráfico de drogas.

Lilian Fernandes, presidente do Sinsad-MS (Sindicato dos Trabalhadores e Servidores do Estado de MS), entidade que representa os dois servidores punidos ainda não se manifestou. Ela disse que consultaria o setor jurídico do sindicato para, depois, se posicionar sobre o caso.

Mais vistorias

Além da vistoria feita na Unei Dom Bosco, peritos do MNPCT também inspecionaram o Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi, em Campo Grande e na Penitenciária Estadual de Dourados. O relatório do trabalho fez 79 recomendações - sugestões de iniciativas que poderiam melhorar a condição das unidades prisionais. A situação mais grave, contudo, afetou a Unei Dom Bosco.

Cassetetes foram descobertos nos dormitórios dos agentesCassetetes foram descobertos nos dormitórios dos agentes

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FRONTEIRA
Diversos

 

Ponta Porã: Homem é morto a tiros de fuzil em pleno centro da cidade

O crime aconteceu na rua Tiradentes ao lado da praça Lício Borralho.

homicídio que aconteceu teve inicio em Pedro Juan Caballero nas imediações da prefeitura da cidade paraguaia, após a perseguição do veiculo Toyota Hillux, placa OCL de Ponta Porã, pelo veiculo Onix de cor vermelha placas BNU 243 do Paraguai, que tinha em seu interior quatro homens com armas de grande poder de fogo.

Quando a caminhonete Hillux foi em direção a Ponta Porã, para tentar fugir dos atiradores, entrou pela Tiradentes, fez o contorno da rotatória da rua Marechal Floriano e iria voltar para a cidade de Pedro Juan Caballero, momento este que o condutor do Onix, entrou pela contramão da rua Marechal Floriano e fechou a frente da Hillux. Neste momento, um motociclista que passava pelo local acabou sendo atingido caindo na pista e a moto ficou embaixo da Hillux. Nesse ínterim, começou a troca de tiros entre os ocupantes dos dois veículos, sendo que os ocupantes do Onix estavam com um Fuzil 7.62, e com os disparos acabaram matando Victor Hugo Colman, que era o motorista da Hillux.

Após cometer o crime, os atiradores desceram do veiculo e saíram correndo, virando na rua Paraguai, onde em seguida roubaram um outro veiculo e tomaram rumo ignorado.

Os atiradores deixaram dentro do Onix um fuzil 7.62, arma que tem grande poder de fogo

Homens do corpo de bombeiros de Ponta Porã atenderam os feridos que foram encaminhados para o hospital Regional.

A Policia Militar, juntamente com policiais Civis e policiais da Policia Nacional do Paraguai estiveram no local e isolaram a área até a chegada da Pericia da Policia Civil que fez os levantamentos de liberou o local.

De acordo com as últimas informações, o motociclista foi identificado como Mesaque Almeida, pastor de uma igreja evangélica situada na Vila Áurea e está em estado grave.

Ele foi transferido em estado grave para Dourados, e até agora não tem nenhuma informação


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FATOS & FOTOS
Diversos
FATOS & FOTOS
Diversos

PREFEITO E VICE ELEITOS EM AMAMBAI- DR BANDEIRA E VALTER BRITO- AGUARDANDO A DIPLOMAÇÃO NA SEXTA-FEIRA, COM O FUTURO SECRETARIO DE MEIO AMBIENTE LUCINEY BAMPI.

 

AMAMBAI JA TEVE A MELHOR PISTA DE MOTO CROSS DO MS, ESPORTE TRAZIDO PARA A CIDADE E REGIÃO POR JORGE PACHECO

FONTE DA PRAÇA CEL VALENCIO DE BRUM

NOSSA PRAÇA ORIGINAL

PRIMEIRA PISCINA E AREA DE LAZER DE AMAMBAI, HOJE DESATIVADA

AMAMBAI EM 1971

GOVERNADOR DO MT GARCIA NETO, INAUGURANDO A ENERGIA ELÉTRICA EM AMAMBAI NO GOVERNO DO SAUDOSO PREFEITO PEQUENO MACHADO

 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

AMAMBAI DE HOJE

LUCINEY BAMPI NA ARENA DO GREMIO EM PORTO ALEGRE, CAPITAL GAUCHA

 

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo

FAMILIA GONZALEZ

DR BANDEIRA PREFEITO ELEITO DE AMAMBAI, , GOVERNADOR DO MS E VICE  PREFEITO DE AMAMBAI VALTER BRITO

PARCERIA QUE VAI DAR CERTO

 

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, texto e atividades ao ar livre


A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, chapéu e texto

Nenhum texto alternativo automático disponível.

VISITE CAPITAN BADO -PY-

Fotos: Reprodução / Instagram


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GOVERNO MS
Diversos

A pedido do governo de MS, Forças Armadas podem controlar fronteira

Pedido foi feito pelo governo do Estado ao presidente Michel Temer (PMDB-SP)

O governo de Mato Grosso do Sul informou ontem que solicitou apoio das Forças Armadas nas regiões de fronteira. O objetivo, segundo a assessoria, é aumentar o controle das fronteiras e combater o tráfico de drogas. O estado faz fronteira com Bolívia e Paraguai.


O pedido de auxílio das Forças Armadas foi feito diretamente ao presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP) pela vice-governadora do estado, Rose Modesto (PSDB), após reunião no Palácio do Planalto na última quarta-feira (18), convocada para discutir a crise de violência e rebeliões nas penitenciárias brasileiras. O estado, porém, ainda não oficializou o pedido. Só depois disso é que o governo federal deve dar a resposta.


O encontro foi realizado um dia após o governo federal anunciar que colocaria as Forças Armadas à disposição dos governadores de todo o país para operações específicas em presídios – somente neste ano, mais de 130 presos morreram em motins e disputas de facções em presídios, principalmente no Norte e Nordeste.


O Fantástico, da TV Globo, informou há duas semanas que a ordem para a rebelião que resultou no massacre de 56 detentos no Complexo Anísio Jobim, em Manaus (AM), partiu de chefes de facções criminosas presos no presídio federal de segurança máxima de Campo Grande (MS).


Embora não tenha registrado rebeliões em presídios neste ano, Mato Grosso do Sul é o segundo estado a solicitar apoio das Forças Armadas para atuação nas regiões de fronteiras. Na semana passada, o governo de Roraima já havia feito pedido semelhante. Roraima também solicitou apoio dos militares para inspeções nos presídios.


Para os governos dos dois estados, o controle da entrada e da saída de drogas nas fronteiras pode enfraquecer as facções criminosas que se sustentam do dinheiro do tráfico e que, atualmente, são centro da crise nos presídios brasileiros. Além disso, entendem que o controle das fronteiras não cabe apenas aos estados, mas também ao governo federal.


Ajuda em Roraima

Além do Mato Grosso do Sul, Roraima é o único estado a também pedir a ajuda das Forças Armadas nas fronteiras. De acordo com o governo do estado, são 1,9 mil quilômetros de fronteira desguarnecidos e "que servem a rotas internacionais de tráfico de drogas e outros ilícitos transfronteiriços". Roraima faz fronteira com a Venezuela e a Guiana.


A solicitação inclui ainda a presença das tropas dentro dos presídios locais diante da crise penitenciária e também foi feita logo após a reunião com o presidente Michel Temer no Planalto.


No dia 6 de janeiro, 33 presos foram assassinados na maior unidade prisional de Roraima. O governo atribuiu o massacre a uma facção. Os mortos, no entanto, não pertenciam a nenhum grupo criminoso. Há mais de 10 dias, 102 agentes da Força Nacional atuam na segurança dos presídios do estado.


Controle nas fronteiras


Na última quinta (19), o secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Cezar Schirmer, afirmou ao G1 que, em vez de enviar as Forças Armadas para dentro dos presídios para operações específicas, seria "mais importante" para o governo daquele estado se os militares agissem "mais fortemente" ao longo da área de fronteira com a Argentina e o Uruguai.


Schirmer disse considerar que a autorização para que as Forças Armadas auxiliem na segurança dos presídios estaduais foi motivada, sobretudo, por um apelo dos governadores de Roraima, Amazonas e Rio Grande do Norte, que foram palco de massacres de presos nas últimas semanas.


O Rio Grande do Sul não formalizou um pedido de ajuda ao governo federal. O secretário disse, porém, que já conversou “superficialmente” sobre um possível pedido com o ministro da Justiça e que ficou de reunir mais informações para voltar a tratar com o governo federal sobre o tema.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PONTA PORÃ
Diversos

Rancho do Laço de Dourados ganha a Taça de Ouro no Lino do Amaral Cardinal

Confira a galeria dos campeões no final da pagina

Fotos; tião Prado (Pontaporainforma)

O 39º encontro de Clube de Laço da Federação de Clubes de Laços realizado no Lino do Amaral cardinal foi um sucesso total, contou com a presença de 104 equipes de laçadores, mais os laçadores individuais masculino e feminino e teve como grande vencedor a equipe do Rancho do Laço da cidade de Dourados, que na final conseguiu jogar e acertar as 15 armadas.

No encerramento da festa o patrão do clube, o Engenheiro Agrônomo Pompílio Cabral de Jesus Junior, fez um agradecimento especial a todos o publico presente, aos laçadores, seus familiares, patrocinadores , ao prefeito Hélio Peluffo Filho e ao governador Reinaldo Azambuja pelo grande apoio que todos deram para a realização do festa

A solenidade de premiação foi dividida em duas etapas, na primeira foram premiados as categorias individuais, de duplas e trios e a segunda de patrão, as taças de bronze especial, prata e ouro, o troféu mais cobiçado da festa.

Confira a galeria dos campeões e vices:

  • Categoria Peão Publico:

Campeão: Suplente de senador Gino Ferreira

Vice-campeão: Vereador Som

  • Categoria Peão Letrado

Campeão: Celso Vicentim do Aimoré

Vice-campeão: Thiago Blanco - Lino do Amaral Cardinal

  • Categoria Mirim:

Campeão: Vitor Cardinal – Lino do Amaral Cardinal

Vice-campeão: Lucas Arnaldo – Lino do Amaral Cardinal

  • Categoria Bandeira:

Campeão: Messias Góes - Florencio

Vice-campeão: Jhonatan - Portão da Fronteira

  • Categoria Amazonas Mirim

Campeão: Leticia Carneiro - Aliança

Vice-campeão: Fiorela - Portão da fronteira

  • Categoria Amazonas adulta:

Campeão: Stefhane - Querencia do Sul

Vice-campeão: Alice Dionizio – Portão da Fronteira

  • Categoria Amazonas por Equipe

Campeão: Jaqueline Oliveira – Portão da Fronteira

Vice-campeão: Ariane Soares - Portão da Fronteira

  • Categoria Casal laçador:

Campeão: Thiago Cardinal e Rafaela – Lino do Amaral Cardinal

Vice-campeão: Rogério Chaves e Jaqueline – Lino do Amaral Cardinal

  • Categoria veterano:

Campeão: João Brasil – Lino do Amaral Cardinal

Vice-campeão: Pompílio Cabral – Lino do Amaral Cardinal

  • Categoria avô e Neto:

Campeão: João Barbosa e Quelo - Aimoré

Vice-campeão: : João Marques e João Neto – Lino do Amaral Cardinal

  • Categoria Dupla de irmãos:

Campeão: Rogério Boeira e Mocotó

Vice-campeão: Betão e Boca - Querência

  • Categoria: Pai e filho Mirim:

Campeão: Alfredo Cardinal e Vitor Cardinal – Lino do Amaral Cardinal

Vice-campeão: Vilson Lara e Vinicius Lara – Lino do Amaral Cardinal

  • Categoria Pai e filho Bandeira:

Campeão: Aislan Marques e Mauro Neto – Lino do Amaral Cardinal

Vice-campeão: Ferreira e Bruno - Japorã

  • Categoria Pai e filho adulto:

Campeão: Evonei Macedo e Claudinei - Querência

Vice-campeão: Amarildo Alves e Mateus – A Carreta

  • Categoria Bagualhada:

Campeão: Daniel Machado e Tonho Soares – Estrela

Vice-campeão: Luiz Antônio e Mauricio Oliveira – Portão da Fronteira

  • Categoria Trio:

Campeão: André Brasil, Pompílio Cabral e Paulo Matos – Lino do Amaral Cardinal

Vice-campeão: João Carlos, 100 % e João Vitor – Florêncio

  • Categoria Capataz:

Campeão: Evonei Macedo – Querência

Vice-campeão: Leandro

  • Categoria Fecha Rosca:

Campeão: Valter junior – Querência do Sul

Vice-campeão: Ednei Carapé – Florêncio

  • Categoria Capitão:

Campeão: Thiago Cardinal – Lino do Amaral Cardinal

Vice-campeão: Paulo Aguiar – Portão da Fronteira

  • Categoria Campeão Individual:

Campeão: Paulo Aguiar – Portão da Fronteira

Vice-campeão: Mocotó – Portão da Fronteira

  • Categoria Patrão:
  •  

Campeão: Paulo Sérgio – União Amambaiense

Vice
Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


BRASILIA
Diversos

Desembargador decide que Maia pode concorrer à reeleição na Câmara

Maia foi eleito presidente da Câmara em julho do ano passado, para substituir o deputado Eduardo Cunha, que tivera o mandato cassado em plenário

O desembargador federal Hilton Queiroz, presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, derrubou uma decisão liminar tomada na última sexta-feira (20) que impedia a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara dos Deputados.

Queiroz escreveu, na decisão tomada neste domingo, (22) que o artigo 57 da Constituição Federal deixa clara a permissão para que Maia concorra à reeleição. Ele atendeu a um recurso feito pela Advocacia-Geral da União (AGU).

O inciso 4º do artigo 57 da Constituição Federal afirma que senadores e deputados devem promover, a partir de 1º de fevereiro, sessões preparatórias com o objetivo de realizar "a eleição das respectivas Mesas, para mandato de 2 (dois) anos, vedada a recondução para o mesmo cargo na eleição subsequente".

Segundo a interpretação feita pelo desembargador Hilton Queiroz, "a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente só é vedada aos que foram eleitos para o mandato de dois anos, o que não é o caso nos autos, em que o atingido pela decisão judicial apenas cumpre mandato-tampão", afirmou o magistrado na decisão deste domingo.

Hilton Queiroz disse também que qualquer interferência da Justiça na eleição para a presidência da Câmara dos Deputados seria também um descumprimento do princípio constitucional da separação entre os poderes.

A interpretação do presidente do TRF-1 é contrária e anula a do juiz federal Eduardo Ribeiro de Oliveira, da 15ª Vara Federal em Brasília, que, na sexta-feira (20), proferiu decisão na qual impedia a candidatura de Maia à reeleição.

"Não se deve interpretar o silêncio do inciso 4º do Artigo 57 da Constituição, relativamente ao mandato suplementar, como autorização para a reeleição, prestigiando-se eventual decisão política nesse sentido, como já se sustentou. Ao contrário, nessa hipótese, deve-se prestigiar a interpretação que mais promova a rotatividade no exercício do poder, por força do princípio republicano", escreveu Eduardo Ribeiro de Oliveira, na decisão de sexta-feira.

Além do processo na Justiça Federal de Brasília, uma ação popular, a reeleição de Maia é contestada também no Superior Tribunal Federal (STF), onde um pedido de liminar feito pelo deputado André Figueiredo (PDT-CE) permanece pendente de decisão.

Maia foi eleito presidente da Câmara em julho do ano passado, para substituir o deputado Eduardo Cunha, que tivera o mandato cassado em plenário. A disputa pela presidência da Câmara é de grande sensibilidade para o presidente Michel Temer, diante de um possível racha na base de apoio ao governo.



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PLANTÃO
Diversos

Acidente em pista de motocross mata jovem de 18 anos

Rapaz treinava quando colidiu em cerca

Um acidente de moto em uma pista de motocross na MS-156 matou Wallisson da Silva Marques, de 18 anos, na tarde desta segunda-feira (23). O rapaz treinava no local quando colidiu na fita da pista e nos arames. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu ao chegar ao hospital de Itaporã.

De acordo com o site Itaporã News, o rapaz foi até a pista, que fica próximo ao município de Montese, a 221 quilômetros de Campo Grande, com um grupo de amigos para treinar. Já perto da hora de ir embora, em circunstâncias a serem apuradas, Wallisson perdeu o controle da motocicleta e colidiu contra a fita e os arames na margem da pista.

Com o impacto, os arames se romperam e bateram no pescoço do jovem. Amigos do rapaz o socorreram e o levaram de carro para o Hospital Municipal de Itaporã. No caminho, o motociclista se relatava que estava com falta de ar e minutos depois de chegar à unidade, não resistiu aos ferimentos.

Wallisson é filho de um empresário da cidade, que após saber da morte foi até a Delegacia de Polícia Civil registrar o caso, tratado pela polícia como morte a esclarecer. Exames de corpo de delito para apurar a causa da morte do rapaz também foram pedidos pelo delegado Guilherme Carvalho Rocha, que vai coordenar as investigações. 

Estupro coletivo é transmitido ao vivo no Facebook

Imagens chocantes

Imagens chocantes de um estupro coletivo na Suécia foram transmitidas ao vivo durante mais de três horas em rede social. O crime foi registrado em um apartamento de Uppsala,. Durante mais de três horas, alguns homens ficaram abusando sexualmente de uma garota, que possivelmente estava inconsciente.

Os homens estavam armados e as imagens desse #Estupro coletivo foram transmitidas ao vivo na rede social #Facebook, em um grupo fechado, na noite de sábado, dia 21 de janeiro. Foi a jovem Josefine Lundgren quem viu isso e alertou a polícia, que foi investigar o local e parar com o ataque brutal.

Tão grave quanto o estupro foi eles ainda filmarem isso, para compartilhar as imagens com outras pessoas, ao vivo. Não ficou claro quantas pessoas fariam parte do grupo de Facebook, onde a transmissão estava sendo feita, mas certo é que apenas uma jovem fez queixa depois de ver essas imagens.

Josefine Lundgren, de 21 anos, assistiu incrédula a essas imagens e ligou para a polícia da Suécia. Quando os investigadores chegaram na casa, onde o estupro estava acontecendo, eles encontraram os homens com armas de fogo. Perguntaram o que estava se passando e desligaram a câmera, colocando fim a a transmissão.

Josefine contou para a imprensa sueca que quando assistiu a transmissão no Facebook, ficou chocada vendo um homem despindo a garota e "se deitando sobre ela". Incrédula com o que estava vendo, ela ligou para a polícia. Estranhamente, ela teria sido a única pessoa a fazer a denúncia, apesar de o #Vídeo estar passando durante mais de três horas.

 

Detenção de três suspeitos

Um homem teria admitido ter visto as imagens, mas que não tinha percebido a gravidade, pensando que fosse brincadeira. Conforme o jornal sueco Aftonbladet, a polícia deteve três homens na sequência desse caso, que seriam os abusadores da garota. Da vítima nada se sabe, apenas o relato de Josefine, que a descreveu dizendo que ela parecia estar inconsciente durante os abusos sexuais.

ELEIÇÕES 2016

Operação da PF prende vereador 
que pagou de R$ 100 a R$ 200 por voto

Pessoas foram exploradas e cartões Bolsa Família eram retidos

 

Operação da Polícia Federal que investiga crimes eleitorais praticados durante as últimas eleições cumpriu ordem de prisão contra vereador, na manhã de hoje, em Ladário. Além do político, outra pessoa foi presa e nomes ainda não foram divulgados. Conforme a instituição policial, o representante municipal comprou votos por valores entre R$ 100 a R$ 200, além de ter praticado outros crimes.

A ação policial denominada Anatocismus está na segunda fase e empenha cerca de 15 policiais federais de Corumbá. Diligências de busca domiciliar começaram a ser feitas às 6h. Duas pessoas foram levadas para prestarem depoimentos, em cumprimento à ordem da Justiça de condução coercitiva.

De acordo com a Polícia Federal, os investigados foram indiciados pela prática de corrupção eleitoral ativa, falsidade ideológica eleitoral (“caixa dois”), usura pecuniária (“agiotagem”) e retenção de documentos de identificação, cujas penas somadas variam de dois a 11 anos de prisão.

1ª FASE

Na primeira fase da Operação Anatocismus foram apreendidos documentos de identificação, cartões do programa Bolsa Família e contas de água e luz em nome de terceiros.

As investigações indicam que o, na época, candidato a vereador de Ladário teria comprado votos com valores que iriam de R$ 100 a R$ 200, possivelmente fazendo uso, para pagamento, de valores obtidos por meio da prática de crime conhecido popularmente como “agiotagem”. Suspeita-se, ainda, que tenha ocorrido o perdão de dívidas em troca de votos.

A apuração aponta que o indiciado explorou principalmente pessoas de baixa renda, em clara vulnerabilidade econômica e social, muitos deles beneficiários do programa Bolsa Família, retendo o cartão magnético do programa e a respectiva senha para efetuar os saques e cobrir os juros devidos pelos tomadores dos empréstimos. Os empréstimos ilegais seriam contraídos com juros mensais na ordem de 30%.

Além de desvirtuar a finalidade do programa Bolsa Família, que indiretamente teria financiado a compra de votos, o candidato também realizou a prática conhecida como “caixa dois”, sonegando e inserindo informações falsas na prestação de contas de campanha.

Segundo a polícia, o nome dado à operação anatocismus - de gênese grega, pode ser traduzido como usura, também conhecida como agiotagem.  

Veja abaixo vídeo de equipes da PF nas ruas no começo da manhã desta terça-feira:

 

Estuprada e esfaqueada, mulher pede ajuda em estrada e bandido é preso

Crime ocorreu na tarde de hoje na margem da BR-163 em Dourados; rapaz de 18 anos foi preso em flagrante pela PRF

Tales Nascimento disse que intenção era apenas assaltar mulher (Foto: Divulgação)
Uma mulher de 21 anos escapou da morte na tarde desta segunda-feira (23), em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Arrastada para uma mata na margem da BR-163, na saída para a Capital, ela foi estuprada e recebeu dois golpes de faca no pescoço, mas conseguiu chegar à estrada e pedir socorro.

Tales da Silva Nascimento, 18, foi preso por policiais rodoviários federais e confessou o crime. Ele foi levado para a Delegacia de Atendimento à Mulher e está sendo autuado em flagrante por estupro, roubo e tentativa de feminicídio.

De acordo com o inspetor-chefe da PRF em Dourados, Waldir Brasil Junior, a vítima é moradora em um sítio nas redondezas do local onde ocorreu o crime.

Nua e ensanguentada, ela conseguiu chegar até a rodovia e foi socorrida por um casal que passava pelo local e está em estado grave em um hospital particular de Dourados. As roupas dela foram encontradas na mata.

Alertados pelas pessoas que socorreram a mulher, os policiais rodoviários cercaram o local e prenderam Tales tentando fugir de bicicleta. Ele disse que a intenção era apenas assaltar a mulher, mas depois decidiu também estuprá-la. A vítima reagiu e levou dois golpes de faca no pescoço.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1653 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Segunda, março 27
· plantão
· culinaria
· LIMÃO
· PLANTÃO
Domingo, março 26
· GUERRA É GUERRA
· ADESIVOS
· TRAGICO
Sábado, março 25
· novo lider do prefeito bandeira
· MENOS MAL
· COLIRIO
· F 1
·
· POLICIA
· INDUSTRIA DAS MULTAS
· CONESUL GANHARÁ COM NOMEAÇÃO DE DIRCEU LANZARINI
· PLANTÃO
· DA MANH]A
Sexta, março 24
· FRONTEIRA
· DA TARDE
· REPOSIÇÃO
· SHOW DE BOLA
·
· Lei da terceirização acaba com concurso público, diz procurador-geral do Trabalh
· AMAMBAI
· PLANTÃO
· DEMISSÃO
· ENFOQUE
Quinta, março 23
· DA NOITE
· MEGA
· PONTA PORÃ

 Calendario de Eventos
Março 2017
  1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB