Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/correiod/public_html/index.php:1) in /home/correiod/public_html/mainfile.php on line 168
=:Correio da Fronteira:=

 Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
10771526
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




POLICIA
Diversos

Traficantes trocam tiros com DOF, mas são presos com 900 quilos de maconha

Jovens de 19 e 20 anos estavam com carro roubado interceptado em rodovia na fronteira; eles carregavam duas placas falsas do veículo

Helio de Freitas, de Dourados
Policial do DOF observa Cruze com maconha, interceptado na MS-289 (Foto: Divulgação/DOF)Policial do DOF observa Cruze com maconha, interceptado na MS-289 (Foto: Divulgação/DOF)
Cleberson Acosta levou tiro de raspão durante perseguição (Foto: Divulgação/DOF)Cleberson Acosta levou tiro de raspão durante perseguição (Foto: Divulgação/DOF)
O paraguaio Derliz Gonzales Escurra também foi preso (Foto: Divulgação/DOF)O paraguaio Derliz Gonzales Escurra também foi preso (Foto: Divulgação/DOF)

Dois traficantes foram presos na região de Amambai, a 360 km de Campo Grande, depois de trocarem tiros com policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) para tentar fugir com um GM Cruze carregado de maconha. A apreensão ocorreu no final da manhã desta quarta-feira (9), mas só foi divulgada nesta quinta pelo serviço de comunicação do departamento, que tem sede em Dourados. O carro estava lotado com 900 quilos da droga.

Veja Mais
Tribunal instala amanhã centros de conciliação em Dourados e Ponta Porã
Ministério reconhece evolução da competitividade turística de Corumbá

Foram presos Cleberson Vasques Acosta, 20, morador em Coronel Sapucaia, e o paraguaio Derliz Gonzales Escurra, 19. Eles estavam no Cruze branco, roubado em Goiânia no dia 9 de outubro deste ano. O carro usava placa “fria” de Campo Grande e no porta-malas foram encontradas outras duas placas falsas.

De acordo com o DOF, a dupla seguia pela MS-289, que liga Coronel Sapucaia a Amambai, quando o carro foi interceptado na barreira policial. Armados com um revólver calibre 32, os dois acusados atiraram na equipe e chegaram a atingir o para-brisa da viatura. Quando tentavam fugir do cerco, os policiais atiraram no carro e acertaram os pneus.

Sem balas, o revólver usado pelos traficantes foi jogado para fora do carro em movimento. Com o veículo sem condições de rodar por estar com os pneus estourados, os dois rapazes foram abordados e presos.

A polícia chama essa estratégia de tráfico de “cavalo doido”. Pessoas contratadas pelos verdadeiros donos da droga se arriscam nas estradas com carros lotados de maconha, até sobre os bancos, na esperança de não encontrar a polícia. Caso contrário, fogem em alta velocidade e abandonam o veículo. Mas desta vez não deu tempo para a fuga.

Cleberson foi atingido de raspão na cabeça por um dos disparos feitos pelos policiais. Depois de ser levado ao hospital de Amambai, para curativo, ele e o comparsa foram encaminhados para a delegacia da cidade e autuados por tráfico de drogas, tentativa de homicídio, desobediência e direção perigosa. Os dois contaram que tinham sido contratados em Coronel Sapucaia para levar a droga até Dourados e que receberiam R$ 5 mil pelo serviço.

33

Mãe que se desesperou em roubo pediu a ladrão para tirar bebê do carro

Mulher se desesperou ao pensar que o filho foi levado durante roubo (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Mulher se desesperou ao pensar que o filho foi levado durante roubo (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A professora Luzia Maria Lima, que se desesperou ao ter o carro roubado, disse que, durante a ação, se esqueceu que já havia deixado o filho no berçário e até pediu a um dos criminosos para tirá-lo do automóvel. “Eu pedi para pegar [o filho] e eles [ladrões] me empurraram, tiraram a chave e saíram”, disse. Em seguida, ela entrou em pânico ao pensar que os assaltantes haviam levado a criança e se emocionou reencontrar o menino.

O caso aconteceu na manhã de quarta-feira (9). Luzia foi abordada por criminosos no momento em que deixava os filhos, de 9 e 1 ano de idade, na porta da escola. “Eu não me vi tirando ele de dentro do carro. A menina disse que eu tirei e entreguei pra ela. Pra mim, eu não tinha entregue”, contou Luzia, ainda sem acreditar que tinha reencontrado o filho.

O pai das crianças, o construtor Cristiano Silvestre, contou que passou por fortes emoções durante a manhã. “É uma sensação de angústia e alegria, porque o que eu passei eu não desejo para ninguém”, disse.

A filha mais velha da professora, Giovana Lima, conta como foi o assalto: “Eu só vi que o cara tava com a moto vermelha e minha mãe pediu pra eu sair do carro. Aí eu catei minha mochila e coloquei o telefone no bolso se não eles iam levar o telefone”.

Confusa, Luzia passou mal e foi levada para um hospital próximo ao local do roubo. Com a suspeita de que os ladrões haviam levado a criança, equipes da polícia se mobilizavam nas buscas pelo carro e o filho da professora. Porém, a equipe de reportagem da TV Anhanguera foi até a escola e descobriu que as duas crianças estavam na unidade e comunicou a mãe logo em seguida.

Ela ficou emocionada ao encontrar o filho nos braços das responsáveis pelo berçário da escola e o abraçava ainda sem crer que o filho estava bem e longe dos assaltantes. O carro roubado foi encontrado pela polícia ainda na mesma manhã.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

UTILIDADE PUBLICA
Diversos

Verdades e mentiras sobre vírus zika e microcefalia

UOL

A confirmação de que o vírus zika pode causar microcefalia (má-formação do cérebro) em bebês e a possível relação com doenças neurológicas em adultos vem causando preocupação na população. O UOL consultou os infectologistas Ana Freitas Ribeiro, do Hospital Emílio Ribas, e Érico Arruda, presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, que responderam as principais dúvidas sobre o assunto.

O zika é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo que transmite também os vírus da dengue e da febre chikungunya, e tem também sintomas parecidos com o da dengue, mas intensidades diferentes. Porém, depois de comprovada a ligação do zika com a microcefalia, concluiu-se a necessidade de se estudar mais o vírus.

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil já registrou ao menos 1.761 casos suspeitos de microcefalia em 13 Estados e no Distrito Federal este ano, número dez vezes maior do que a média de notificações anuais no Brasil.

Não há dados exatos do total de casos de zika no país, já que a doença não apresenta sintomas na maioria dos casos. Mas estima-se que ao menos 500 mil pessoas foram infectadas com o vírus no país somente em 2015.

"Apesar de ser transmitido pelo Aedes aegypti e ter reações parecidas com o vírus da dengue, o zika vírus é diferente na sua estrutura biológica e por isso é possível que haja comportamento diferente no organismo para que cause a má-formação", afirma Arruda.

Diagnóstico 

Ainda não há kits de diagnóstico para o zika no sistema público. O Instituto Adolfo Lutz está desenvolvendo o teste que, segundo a Secretaria de Estado da Saúde, estará pronto nas "próximas semanas". Na rede privada, o laboratório Hermes Pardini oferece o teste para o vírus zika a R$ 500. O Fleury deve começar a oferecer o exame em até dez dias.

Por enquanto, o diagnóstico é feito pelos sintomas (clínico). O método, no entanto, é impreciso visto que dengue, zika e chikungunya têm sintomas muito parecidos. Alguns testes foram feitos também para identificar o material genético do vírus no sangue dos pacientes. Contudo, esse exame é caro, demorado e restrito, pois só é capaz de detectar o vírus até o 5° dia de sintomas.

Saiba mais sobre zika e microcefalia

Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

O que é o vírus zika?

O zika é um vírus da família Flaviviridae, do gênero Flavivirus, transmitido pela picada no mosquito Aedes aegypti, o mesmo que transmite os vírus da dengue e do chikungunya. Há duas linhagens de zika, uma de origem africana e outra de origem asiática, a última predominante no Brasil

Getty Images

Getty Images

Quais são os sintomas do zika?

Em cerca de 80% dos casos não há sintomas, mas quando eles surgem são praticamente os mesmos que os da dengue: febre, dores e manchas pelo corpo, olhos vermelhos e diminuição no número de plaquetas no sangue. No zika, a vermelhidão e as manchas no corpo são mais acentuadas, na dengue as dores no corpo costumam ser mais fortes e no chikungunya há fortes dores articulares

Shutterstock

Shutterstock

O zika é passado pelo sexo ou pelo leite materno?

O vírus é transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti. Há casos de identificação do vírus no leite materno e no sêmen, no entanto são considerados raros e a doença não é tida como sexualmente transmissível

iStock

iStock

Tem tratamento para o zika?

Não. Assim como na dengue, os sintomas são tratados com remédios para dor e para diminuir a febre, já que os sintomas somem em sete dias, em média

Venilton Kuchler/ANPr/Divulgação

Venilton Kuchler/ANPr/Divulgação

Como prevenir o zika?

Elimine focos de água parada em casa e no trabalho, onde as larvas do Aedes aegypti crescem e viram mosquitos. Use mosquiteiros, calças e mangas compridas em locais com muitos mosquitos e permita a entrada de agentes da vigilância sanitária para destruir focos com inseticidas e larvicidas

Moacyr Lopes Júnior/Folhapress

Moacyr Lopes Júnior/Folhapress

 

Já tive dengue. Tenho menos chance de ter zika?

Por serem vírus diferentes, há relatos de pessoas que contraíram tanto a dengue como o zika. Até o momento, os cientistas acreditam que o humano não fica imune ao zika depois de contrair dengue. Ainda não se sabe se a pessoa se torna imune ao zika após contrair a doença uma vez

Edson Silva/ Folha Imagem

Edson Silva/ Folha Imagem

Existe uma vacina contra o zika?

Por enquanto não. O processo para a criação de uma vacina é muito longo, haja vista que a própria vacina da dengue ainda está na fase de testes clínicos

Thinsktock

Thinsktock

Crianças e adultos com zika podem sofrer sequelas neurológicas?

Ainda não se sabe. Já foi comprovada que a infecção pelo zika em gestantes tem correlação com a microcefalia. Cientistas suspeitam que o vírus possa atingir o sistema neurológico, aumentando o risco de doenças autoimunes como a síndrome de Guillain-Barré

Shutterstock

Shutterstock

Há exames que comprovam o zika?

O exame mais utilizado para diagnosticar o zika é o PCR (Reação de cadeia de polimerase, na sigla em inglês), usado para detectar dengue no material genético e que pode indicar zika por exclusão. Neste exame o zika só é detectado em até cinco dias após a contaminação. Caso alguém faça o teste após esse período, não será detectado o zika. O teste no entanto é caro e restrito

Guga Matos/ JC Imagem/ AE

Guga Matos/ JC Imagem/ AE

O aumento de casos de microcefalia no Brasil é causado pelo vírus zika?

O Ministério da Saúde confirmou a relação entre o vírus zika e o surto de microcefalia na região Nordeste, após resultado de exame de um bebê cearense, que nasceu com microcefalia e outras más-formações congênitas, ter apresentado o vírus zika em amostras de sangue e tecidos. Essa é uma situação inédita na pesquisa científica mundial. Em análise inicial, o risco está associado aos primeiros três meses de gravidez

Getty Images

Getty Images

O que é a microcefalia?

A microcefalia é uma má-formação congênita, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. Neste caso, os bebês nascem com o tamanho da cabeça menor que o normal, que habitualmente é superior a 32 cm. A doença pode acarretar problemas no desenvolvimento, com limitações para falar, andar, escutar, e ainda algum grau de deficiência mental

Getty Images

Getty Images

Quais as causas da microcefalia?

A má-formação congênita pode ser efeito de uma série de fatores de diferentes origens, como uso de substâncias químicas e agentes biológicos (infecciosos), como bactérias, vírus e radiação durante a gravidez

Thinkstock

Thinkstock

Como as grávidas podem se prevenir contra o zika?

Use repelentes, roupas de manga comprida e evite acumular água parada em casa ou no trabalho. Não use remédios sem prescrição e faça um pré-natal qualificado, com todos os exames previstos. Procure um médico se sentir qualquer um dos sintomas apontados e se pretende viajar para áreas endêmicas

Getty ImagesGetty Images

Qual período da gestação é mais suscetível à ação do vírus?

As gestantes cujos bebês desenvolveram a microcefalia tiveram sintomas do vírus zika no primeiro trimestre da gravidez. Mas o cuidado para não entrar em contato com o mosquito Aedes aegypti é para todo o período da gestação
Shutterstock

Qual o tratamento para a microcefalia?

Não há tratamento específico. Existem ações de suporte que podem auxiliar no desenvolvimento do bebê e da criança. Como cada criança desenvolve complicações diferentes --entre elas respiratórias, neurológicas e motoras-- o acompanhamento por diferentes especialistas vai depender de suas funções que ficarem comprometidas. No SUS (Sistema Único de Saúde) estão disponíveis serviços de atenção básica e de reabilitação, além de exames e colocação de órteses e próteses.

Reprodução/Daily Mail

Reprodução/Daily Mail

É possível detectar a microcefalia apenas com ultrassonografia?

Sim. No entanto, somente o médico que está acompanhando a grávida poderá indicar o método de imagem mais adequado

Reprodução/Youtube

Reprodução/Youtube

Como é feito o diagnóstico da microcefalia?

Após o nascimento do recém-nascido, o primeiro exame físico é rotina nos berçários e deve ser feito em até 24 horas do nascimento. Este período é um dos principais momentos para se realizar busca ativa de possíveis anomalias congênitas. Por isso, é importante que os profissionais de saúde fiquem sensíveis para notificar os casos de microcefalia no registro da doença no Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (Sinasc). A má-formação pode, ainda, ser confirmada com exame de tomografia.
Thinkstock

A microcefalia pode matar ou deixar sequelas no bebê?

Cerca de 90% das microcefalias estão associadas com retardo mental, exceto nas de origem familiar, que podem ter o desenvolvimento cognitivo normal. O tipo e o nível de gravidade da sequela vão variar caso a caso. Tratamentos realizados desde os primeiros anos melhoram o desenvolvimento e a qualidade de vida

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NATAL DE LUZES EM AMAMBAI
Diversos


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

AMAMBAI
Diversos

CAMARA MUNICIPAL DE AMAMBAI ENTREGA TITULO DE CIDADÃO E CIDADÃ AMAMBAIENSE NA NOITE DESTA QUINTA-FEIRA, 10 DE DEZEMBRO DE 2015

OS NOVOS AMAMBAIENSES SÃO:

SIRLENE RODRIGUES ROSSI,  SATSUO HARADA, RAIMUNDO DE OLIVEIRA SIMÕES, DILMAR DALVANE BERVIAN, JORGE BERLITZ, JAIME SIGMORE, GUIDO BERNO, VALTER BRUTO DA SILVA, ALEXANDRE FERREIRA DE SOUZA, LOURIVAL ANTONIO DE PAULO. VALE DESTACAR QUE O GOVERNADOR REINALDO AZAMBUJA E DEPUTADA MARA ELISA N. CASEIRO, NÃO PUDERAM COMPARECER POR MOTIVO DE AGENDA.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

O BICHO TA PEGANDO, LIMPA BRASIL
Diversos

Se está ruim para o mercado financeiro, com impeachment pode ficar pior diz consultoria

  • Reprodução/Arquivo

    Com Temer no lugar de Dilma o risco continuaria elevado, diz Eurasia


Da Natalia Viri no blog Radar da Veja:
 
"Especialista em avaliar o componente de risco político na economia, a respeitada consultoria Eurasia tem jogado um balde de água fria na euforia do mercado financeiro com a possibilidade de impeachment de Dilma.
 
A avaliação é, com o PMDB rachado e o PSDB de olho em 2018, um eventual governo de Michel Temer teria pouco poder de coalizão e também enfrentaria grandes dificuldades para aprovar medidas no Congresso.
 
Nas suas apresentações a banqueiros e empresários, vem aconselhando ainda que não se subestime o PT. Se escanteado pelo impeachment, são grandes as chances de o partido radicalizar mais à esquerda e fazer oposição ferrenha a cortes de gastos, agravando o cenário de arrecadação já minguada pela atividade econômica.
 
Em outras palavras, o risco – que gera aversão e diminui o preço dos ativos – continuaria elevado. A Eurasia, contudo, acredita que a presidente deve se manter: calcula que as chances de Dilma não terminar o mandato são de 40%."
 

Duas vereadoras de Jateí também teriam sido presas na operação 'Polígrafo' do Gaeco

  • Ribeiro Júnior/Siliganews/Reprodução

    Presidente da Câmara levado ao MPE de Fátima do Sul por agentes do Gaeco

Além do presidente da Câmara, Francisco Alves de Araújo (PDT), o Tiquinho, outras duas vereadoras de Jateí teriam sido presas em operação do Gaeco denominada "Polígrafo": as vereadoras Rose Monica Duck Ramos (PSL), e Maria Aparecida Neres Leite (PR), mulher do ex-prefeito de Jateí, Eraldo Jorge Leite, informa o site Campo Grande News, frisando que as informações ainda não são oficiais, pois o Gaeco só deve de pronunciar no fim do dia. Os vereadores seriam acusados de peculato, falsidade ideológica, falso testemunho e associação criminosa. São acusados de ocupar dupla função pública, o que é ilegal. Além do mandato, eles teriam cargos na prefeitura.
 

No Conselho de Ética (?) e Decoro (?)... tapas

  • Veja/Reprodução

    Tapas no conselho que deveria zelar pela ética e decoro na Câmara



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ARGENTINA
Diversos

Macri toma posse como presidente da Argentina e prega política "sem ego"

Foto: Juan Mabromata/AFP

Foto: Juan Mabromata/AFP

Mauricio Macri, líder da frente conservadora Mudemos, tomou posse nesta quinta-feira (10) como o novo presidente da Argentina, pondo fim a 12 anos de kirchnerismo. 

"Quero ser o presidente que se comunica com todos os argentinos, que fala de suas dúvidas, de suas crenças e de suas esperanças", afirmou em discurso após prestar juramento diante do Congresso.

Ele prometeu trabalhar "incessantemente por vocês nos próximos quatro anos". E aproveitou para dar uma alfinetada em sua antecessora, Cristina Kirchner: 

"A política para mim não é uma competição para ver quem tem o ego maior. É trabalhar juntos para o bem de todos."

Ele prometeu ainda combater a pobreza, a corrupção e o tráfico de drogas e melhorar as relações com os EUA.

"Temos de tirar a confrontação do centro da política", afirmou ainda, em nova crítica a Cristina. "Com brigas, ninguém ganha; com diálogo, todos ganham."

"Um novo tempo está chegando, um tempo de diálogo, um tempo de trabalho de equipe", afirmou. 

Boicote

A posse de Macri foi cercada de polêmicas. Cristina defendia que a posse e a transmissão da faixa presidencial deveriam ser realizadas no Congresso. Já Macri defendia que ocorressem na Casa Rosada, sede do governo.

Sem um acordo, Cristina decidiu boicotar a cerimônia e não passar a faixa ao sucessor.

Com uma liminar, Macri conseguiu que ela fosse afastada do cargo antes do tempo, à meia-noite desta quinta. Até o juramento de Macri na quinta-feira, o chefe de Estado foi Federico Pinedo, presidente provisório do Senado.

Foi ele que passou a faixa e o bastão de comando a Macri, na Casa Rosada. 

Prefeito da capital Buenos Aires durante oito anos, Macri jurou o cargo perante a Assembleia Legislativa, reunião das duas Câmaras do Congresso, como estabelece a Constituição. Antes dele, passou pelo mesmo processo a vice-presidente Gabriela Michetti.

Macri, de 56 anos, chegou ao Congresso acompanhado pela terceira mulher, Juliana Awada, e pela filha de ambos, Antonia, de 4 anos. (Com agências internacionais)


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PT
Diversos

Em nota, PT afirma que presidente da Câmara de Jateí não pertence à legenda desde agosto

Foto:Siliganews

Foto:Siliganews

Em nota divulgada na tarde desta quinta-feira (10), o diretório regional do PT, em Mato Grosso do Sul informou que o presidente da Câmara de Vereadores de Jateí, município distante  a 260 quilômetros de Campo Grande - Francisco Alves de Araújo (PT), o “ Tiquinho” não pertence aos quadros  de filiados do partido desde o dia 28 de agosto de 2015. Araújo foi preso na manhã desta quinta pelo Geaco (Grupo de Atuação Especial e combate ao Crime Organizado. A prisão faz parte da Operação Polígrafo.

Araújo  está sendo investigado por suspeita de peculato, falsidade ideológica, falso testemunho e associação criminosa. Além do presidente da Câmara também foram presos  as vereadoras Rose Monica Duck Ramos (PSL) e Maria Aparecida Neres Leite (PR), mulher do ex-prefeito de Jateí, Eraldo Jorge Leite. Rose foi presa em Jateí na sua residência e Maria foi presa na Capital. Entre as denúncias contra os parlamentares está ocupação de dupla função pública, por acumularem cargos na Prefeitura de Jateí enquanto exercem mandato de vereador. 

Embora executiva regional do PT afirme que desligamento de Francisco Alves de Araújo tenha ocorrido no mês de agosto de 2015, conforme  registo do TRE/MS ( Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), a desfiliação do vereador foi oficializada em 17 de outubro deste ano. 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GAECO
Diversos

Relatório do Gaeco aponta envolvimento de 13 vereadores em suposto esquema para cassar Bernal

Saiba Mais

O relatório do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) entregue na sexa-feira (4) ao Procurador Geral de Justiça, Humberto de Matos Brittes, aponta envolvimento de 13 vereadores, um ex-vereador e seis empresários no suposto esquema para cassar mandato do prefeito Alcides Bernal (PP), em março de 2014. A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira (10) por emissora de televisão da Capital.

Segundo documento, que contém aproximadamente 200 páginas, entre os supostos responsáveis por organizar esquema, além de Gilmar Olarte, então vice-prefeito, estão empresários João Alberto Krampe Amorim dos Santos, dono da Proteco Construções Ltda, Carlos Naegele, João Roberto Baird, dono da Itel Informática e Fábio Portela. Raimundo Nonato e Luiz Pedro Guimarães, que apresentaram denúncia na Câmara contra Bernal que gerou Comissão Processante, também foram apontados como supostos articuladores do esquema.

Entre vereadores, apontados pelo Gaeco como possíveis responsáveis pela associação criminosa estão Mario Cesar (PMDB), na época presidente da Câmara, Flávio César (PTdoB) que exerceu mandato de presidente por pouco mais de três meses após afastamento de Mario por determinação da Justiça, e vereador do DEM, Airton Saraiva.

Ainda de acordo com relatório, os vereadores Paulo Siufi, Edil Albuquerque, ambos do PMDB, Jamal Salém (PR), Gilmar da Cruz (PRB), Edson Shimabukuro (PTB), Eduardo Romero (Rede), Chocolate (PP), Carlão (PSB), Otávio Trad (PTdoB) e atual presidente do Legislativo, João Rocha (PSDB) são apontados por suposto envolvimento em corrupção passiva por aceitar cargos e vantagens da administração de Gilmar Olarte, que assumiu Prefeitura de Campo Grande após cassação de Bernal. O ex-vereador Alceu Bueno também é apontado pelo Gaeco por corrupção passiva. 

O ex-governador André Puccinelli e ex-prefeito da Capital Nelsinho Trad (PTB) também são apontados pelo Gaeco por suposto envolvimento no esquema. Cabe agora ao Procurador Geral de Justiça apresentar ou não denúncia. Porém, como o Procurador está de férias, a decisão dele deve ser conhecida apenas em 2016. 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLITICA
Diversos  

Leonardo Quintão (MG) é o novo líder do PMDB na Câmara

 
Como já era esperado, o novo líder do PMDB na Câmara é o deputado federal Leonardo Quintão (MG). O antigo líder do partido, Leonardo Picciani, foi destituído nesta quarta-feira (9).
 
Com 35 assinaturas, o grupo de parlamentares protocolou o pedido na Mesa Diretora para que o deputado federal Leonardo Quintão (MG) assumisse a vaga. Quintão já era o mais cotado pela ala insatisfeita do PMDB. A troca acontece automaticamente, não é preciso eleição para escolha do líder. 
 
A mudança ocorreu por conta da lista de nomes do PMDB que Picciani apresentou para compor a comissão especial que vai analisar o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff

Dirceu nega à Justiça ‘atos ilícitos’ após sua condenação no Mensalão

 
 
O ex-ministro José Dirceu (Casa Civil/Governo Lula) afirmou nesta quarta-feira, 9, à Justiça Federal que todos os contratos de sua empresa de consultoria foram firmados antes de sua condenação no processo do Mensalão, em 2012. Dirceu negou a prática de atos ilícitos por meio da JD Assessoria e Consultoria. Ele foi ouvido na 23.ª Vara Criminal Federal em Curitiba, onde está preso desde 3 de agosto, alvo da Operação Lava Jato. 
 
O depoimento de Dirceu foi tomado por ordem do ministro Luís Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). 
 
Barroso analisa pedido da Procuradoria-Geral da República para revogar regime de prisão domiciliar do ex-ministro de Lula nos autos da Ação Penal 470 (Mensalão). Dirceu foi ouvido durante cerca de 40 minutos. Ele respondeu a todas as perguntas. A Procuradoria alega que Dirceu perdeu o direito ao benefício da custódia em casa porque, mesmo após sua condenação no Mensalão, continuou atuando de forma ilícita – na Lava Jato, o ex-ministro é suspeito de corrupção e lavagem de dinheiro por meio de sua empresa em contratos supostamente fictícios com empreiteiras que formaram cartel na Petrobrás entre 2004 e 2014. A Procuradoria quer Dirceu novamente em prisão fechada – regime em que ele se encontra na Lava Jato. Qualquer condenado e preso em regime não fechado perde o benefício se cometer um crime durante esse estágio de cumprimento de pena. Foi isso que ocorreu com o ex-deputado Pedro Corrêa (PP/PE). Também condenado no Mensalão, Corrêa estava em regime domiciliar mas foi preso na Lava Jato. Agora, voltou ao regime fechado no Mensalão. O ex-ministro de Lula foi ouvido nesta quarta, 9, porque a Lei de Execuções Penais prevê que o condenado se manifeste. Na ação. Barroso mandou carta de ordem à Justiça Federal do Paraná para que o petista fosse ouvido. Ele afirmou que depois da sentença condenatória transitada em julgado no Supremo Tribunal Federal ‘não praticou nenhum ato comercial’. 
 
 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOVELA
Diversos

'A regra do jogo': Adisabeba desiste de entregar Zé Maria à polícia e o ajuda a fugir

Adisabeba e Zé Maria em "A regra do jogo"

Adisabeba e Zé Maria em "A regra do jogo" Foto: Reprodução

Adisabeba (Susana Vieira) vai mostrar que não é tão poderosa quanto parece quando o assunto é Zé Maria (Tony Ramos). Nos próximos capítulos de “A regra do jogo”, ela descobre que o amante sempre foi bandido e decide entregá-lo à polícia. Mas na hora H, a Rainha da Macaca dá para trás e livra Zé Maria da cadeia. Com a ajuda de Juliano (Cauã Reymond), Adisabeba arma uma emboscada para Dante (Marco Pigossi) prender o bandido. O policial e seus colegas ficam à espreita na casa dela para surpreender Zé. Adisabeba fica nervosa e ele acaba percebendo. O pai de Juliano coloca a amante contra a parede e ela confessa que armou para Dante prendê-lo. “Eu achei os quadros com os diamantes! Eu chamei a polícia pra te prender! Tá todo mundo de tocaia lá em casa, só esperando você, seu bandido, desgraçado!”, diz ela, que parte para cima dele, agredindo-o.

Zé segura os braços de Adisabeba e pede para eles conversarem. “Sabe o que é pior de tudo, Zé? Que eu não tenho coragem de te mandar pra cadeia! Essa imbecil aqui ainda gosta de você! Agora vem comigo”, continua ela, que o conduz até a adega e o esconde. “Obrigado, Bebinha. Eu te amo”, diz ele. Como Zé Maria não aparece, Dante e os policiais vão embora. Quando eles deixam a favela, Zé e Adisabeba discutem e ele continua mentindo para ela. “Eu errei! eu errei muito! Eu tô arrependido, acredita em mim! Me perdoa, Bebinha! Me perdoa! Não me castiga! Eu vou me tornar uma pessoa melhor, pra poder pagar por todos os erros que eu cometi”, fala Zé. Adisabeba diz que não o entregou porque ele já salvou a pele dela algumas vezes, mas manda o noivo ir embora de lá. “Já tô arrependida, Zé. Essa foi a maior burrada que eu fiz na minha vida. Acabou. Você nunca mais me procure ou eu chamo a polícia”, fala ela, firme.




Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS
Diversos

09/12/2015 19h18

Depois de reunião em Brasília, União promete recursos para reconstruir pontes em Caarapó e região

Titular da Defesa Civil afirmou que, em até 15 dias, estarão sendo liberados os recursos

 

Ministro reúne-se com prefeitos às 9h, na Câmara de Vereadores de Amambai / Foto: Divulgação


O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e integrantes da bancada federal de MS se reuniram, na tarde desta quarta-feira (09), em Brasília, com o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração, general Adriano Pereira Junior, para tratar da liberação de recursos aos municípios atingidos pelas chuvas dos últimos dias no sul do Estado. Nesta terça-feira (08), o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, veio a Mato Grosso do Sul, e anunciou 1,7 mil kits de ajuda humanitária. A reunião foi marcada pelo coordenador da bancada, senador Waldemir Moka (PMDB).

O titular da Defesa Civil afirmou que, no máximo em 15 dias estarão sendo liberados os recursos, inicialmente, para restabelecimento e reconstrução de pontes e acessos destruídos pelas chuvas. O valor, porém, ainda será analisado em reunião marcada para a próxima sexta-feira (11), de acordo com levantamento apresentado pelo governo do Estado.

O secretário de Obras, Marcelo Miglioli disse que só com reconstruções de pontes serão necessários R$ 30 milhões. Contudo, as cifras para garantir recuperação aos danos materiais causados vão ultrapassar essa faixa de recursos. "Graças a Deus não houve vítimas, isso a gente deve ressaltar. Mas pontes, estradas, em termos de estragos, foi um prejuízo muito grande. Teremos que fazer obras de drenagem", avaliou Miglioli.

São 17 os municípios mais atingidos pelas enchentes, em Mato Grosso do Sul, 14 dos quais com emergência já decretada: Amambai, Aral Moreira, Bela Vista, Campo Grande, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Jutí, Mundo Novo, Naviraí, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru.

ESTRAGOS

Em Coronel Sapucaia, região sul do estado, a rodovia MS-289 que liga a cidade a Amambai, ficou destruída por causa das chuvas. Em outra rodovia, na MS-295, que liga Amambai e Iguatemi, a chuva foi tanta que uma ponte cedeu.

Já em um acesso para uma estrada vicinal para Aral Moreira, um buraco abriu na lateral da pista, o córrego transbordou e uma casa foi levada, deixando uma família desalojada.

Em Caarapó, barragem de quase 20 metros foi rompida e totalmente esvaziada. No local, o balneário que tinha mais de 30 anos foi totalmente esvaziado, segundo o secretário de Governo e Comunicação do município, Dilermano Alves.

A "ponte velha", que liga os municípios de Jardim e Guia Lopes da Laguna, chegou a ser interditada pelo Corpo de Bombeiros, por causa da cheia dos rios Miranda e Santo Antônio. Em Bela Vista, 30 famílias estão desabrigadas por causa de enchentes.

A maior preocupação do governo é que, em janeiro, começa o escoamento da safra de grãos em Mato Grosso do Sul, que pode ficar prejudicado pelos estragos em rodovias causados pelas chuvas. Cerca de 3 mil km de rodovias foram danificadas, além de 80 pontes.

Polícia apreende 62 quilos de cocaína que renderiam R$ 1,5 milhão ao traficante

Alan Diógenes
A droga renderia R$ 1,5 milhão ao mandante do crime. (Foto: Divulgação)A droga renderia R$ 1,5 milhão ao mandante do crime. (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar Rodoviária apreendeu 62,7 quilos de cocaína, que renderiam R$ 1,5 milhão aos traficantes, na MS-240, KM-75, em frente a base do órgão. A droga estava sendo transportada por duas mulheres e um homem, em um veículo Renault Logan, conduzido por uma das mulheres.

 

Durante vistoria minuciosa, os policiais localizaram a droga. Os acusados confessaram que o quilo da droga seria vendido a R$ 25 mil, o que renderia R$ 1,5 milhão ao mandante do crime.

Eles receberiam R$ 10 mil apenas para transportar a droga da Capital até a cidade de Paranaíba, distante 422 quilômetros de Campo Grande. 

As duas mulheres de 25 e 28 anos e o jovem de 21 foram presos em flagrante por tráfico de drogas e encaminhados à delegacia de polícia. O carro também foi apreendido.

Traficantes trocam tiros com DOF, mas são presos com 900 quilos de maconha

Jovens de 19 e 20 anos estavam com carro roubado interceptado em rodovia na fronteira; eles carregavam duas placas falsas do veículo

Helio de Freitas, de Dourados
Policial do DOF observa Cruze com maconha, interceptado na MS-289 (Foto: Divulgação/DOF)Policial do DOF observa Cruze com maconha, interceptado na MS-289 (Foto: Divulgação/DOF)
Cleberson Acosta levou tiro de raspão durante perseguição (Foto: Divulgação/DOF)Cleberson Acosta levou tiro de raspão durante perseguição (Foto: Divulgação/DOF)
O paraguaio Derliz Gonzales Escurra também foi preso (Foto: Divulgação/DOF)O paraguaio Derliz Gonzales Escurra também foi preso (Foto: Divulgação/DOF)

Dois traficantes foram presos na região de Amambai, a 360 km de Campo Grande, depois de trocarem tiros com policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) para tentar fugir com um GM Cruze carregado de maconha. A apreensão ocorreu no final da manhã desta quarta-feira (9), mas só foi divulgada nesta quinta pelo serviço de comunicação do departamento, que tem sede em Dourados. O carro estava lotado com 900 quilos da droga.

 

Foram presos Cleberson Vasques Acosta, 20, morador em Coronel Sapucaia, e o paraguaio Derliz Gonzales Escurra, 19. Eles estavam no Cruze branco, roubado em Goiânia no dia 9 de outubro deste ano. O carro usava placa “fria” de Campo Grande e no porta-malas foram encontradas outras duas placas falsas.

De acordo com o DOF, a dupla seguia pela MS-289, que liga Coronel Sapucaia a Amambai, quando o carro foi interceptado na barreira policial. Armados com um revólver calibre 32, os dois acusados atiraram na equipe e chegaram a atingir o para-brisa da viatura. Quando tentavam fugir do cerco, os policiais atiraram no carro e acertaram os pneus.

Sem balas, o revólver usado pelos traficantes foi jogado para fora do carro em movimento. Com o veículo sem condições de rodar por estar com os pneus estourados, os dois rapazes foram abordados e presos.

A polícia chama essa estratégia de tráfico de “cavalo doido”. Pessoas contratadas pelos verdadeiros donos da droga se arriscam nas estradas com carros lotados de maconha, até sobre os bancos, na esperança de não encontrar a polícia. Caso contrário, fogem em alta velocidade e abandonam o veículo. Mas desta vez não deu tempo para a fuga.

Cleberson foi atingido de raspão na cabeça por um dos disparos feitos pelos policiais. Depois de ser levado ao hospital de Amambai, para curativo, ele e o comparsa foram encaminhados para a delegacia da cidade e autuados por tráfico de drogas, tentativa de homicídio, desobediência e direção perigosa. Os dois contaram que tinham sido contratados em Coronel Sapucaia para levar a droga até Dourados e que receberiam R$ 5 mil pelo serviço.

Senado aprova artigo de PEC que abre janela para mudança de partido


Por Agência Brasil

O plenário do Senado aprovou na quarta-feira (9) um artigo da proposta de emenda à Constituição (PEC) que cria uma janela para que detentores de mandatos eletivos migrem de partido sem serem condenados por infidelidade partidária e, consequentemente, sem o risco de perda do mandato.
 
O artigo faz parte de uma PEC mais ampla, que trata da reforma política e que já foi aprovada pela Câmara. No entanto, os senadores destacaram apenas este artigo, aprovaram em plenário e remeteram o restante do texto de volta à Comissão de Constituição e Justiça. Assim, o artigo será promulgado, porque não foi alterado, enquanto o resto da PEC fica pendente de aprovação.
 
O texto do artigo prevê que a mudança, sem perda de mandato, será possível apenas nos primeiros 30 dias após a promulgação da PEC e ainda que a migração não vale para fins de distribuição do Fundo Partidário e nem para a divisão do tempo gratuito de rádio e televisão ao qual as agremiações partidárias têm direito.
 
Atualmente, os deputados e vereadores só podem se desfiliar do partido pelo qual foram eleitos se forem para um novo partido político. O artigo aprovado hoje visa a inibir a criação de legendas apenas com o intuito de recepcionar os parlamentares insatisfeitos. Os detentores de mandatos majoritários podem fazer a mudança sem o risco de perder o mandato.
 
“A proposta significa, na prática, criarmos um instrumento constitucional para estancar a deformação do processo político brasileiro e, especialmente, o processo partidário”, disse o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CAFE DA MANHÃ
Computer Music

Prefeito decreta situação de emergência após desastre com chuvas

O prefeito Alcides Bernal decretou Situação de Emergência no município, em função do desastre classificado como chuvas intensas que destruíram a Capital no último sábado (5), de acordo com edição extra do Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) publicado nesta terça.   

O Decreto nº 12.766 de 7 de dezembro de 2016 foi assinado em função das chuvas que atingiram a intensidade de 54mm entre as 13h20 e 15h, conforme dados da Estação Meteorológica Uniderp, e registraram danos em todas as regiões, sobretudo nas obras de infraestrutura pública, evidenciando a fragilidade do sistema de águas pluviais, causando inundações de vias urbanas e a morte de um cidadão campo-grandense, com o agravante de Campo Grande enfrentar uma epidemia de dengue a qual tenta enfrentar com ações proativas.

O decreto autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais que atuarão sob o comando da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) e Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha) nas ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução. 

Com a declaração de situação de emergência, os agentes públicos responsáveis pelas ações ficam autorizados a adentrar nas casas, no caso de necessidade de prestação de socorro, ou quando da necessidade de evacuação do imóvel ou área, e a utilização de propriedades particulares no caso de iminente perigo público. Os agentes da defesa civil ou autoridade administrativa que se omitir de suas obrigações poderá ser responsabilizado.

O decreto tem por base o inciso IV do art. 24 da Lei Federal nº 8.666, de junho de 1993 e dispensa de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às respostas ao desastre, de prestação de serviços para os mesmos fins e obras para a reabilitação das áreas afetadas, desde que realizadas no prazo máximo de 180 dias consecutivos e ininterruptos.

Após se sentir “decorativo” Dilma e Temer propõem harmonia para combater crise no país

Pedro Ladeira/Folhapress

Pedro Ladeira/Folhapress

Após a carta polêmica que “vazou” do Planalto, em que o vice-presidente Michel Temer (PMDB) demonstrava insatisfação em relação à falta de confiança em que a presidente Dilma (PT) depositava nele, na última quarta-feira (9) presidente e vice se encontraram reafirmando “corrigir os erros do passado”. 

Em um encontro que durou 50 minutos entre Dilma Rousseff e Michel Temer, o vice reafirmou os pontos de sua insatisfação que estavam na carta enviada por ele ao Palácio do Planalto e a presidente reconheceu erros no passado e prometeu trabalhar para evitá-los. "Combinamos, eu a presidente Dilma, que nós teremos uma relação pessoal, institucional, que seja a mais fértil possível".
No mesmo tom, Dilma preferiu não inflamar o clima e prometeu mais compromisso e transparência na relação com Temer. "Na nossa conversa, eu e o vice-presidente Michel Temer decidimos que teremos uma relação extremamente profícua, tanto pessoal quanto institucionalmente, sempre considerando os maiores interesses do País".

Foi o primeiro encontro de ambos depois que o vice enviou à presidente a carta onde diz que, nos últimos anos, foi "decorativo" no governo e explicita a desconfiança que a petista tem em relação a ele e seu partido, o PMDB.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ENFOQUE
Diversos

Defesa civil garante verba para reparar estragos das chuvas em municípios de MS

  • Divulgação

    Azambuja e bancada com secretário da Defesa Civil hoje em Brasília


 

Ainda neste mês serão liberados recursos federais para reconstrução de 80 pontes e cerca de 3 km de estradas destruídos pelas chuvas nos últimos dias em Mato Grosso do Sul. Assim que chegarem os projetos e documentos dos municípios – o que deve ocorrer em reunião na sexta-feira – no máximo em 15 dias os recursos serão liberados, disse o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração, general Adriano Pereira Junior, em reunião hoje em Brasília com o governador Reinaldo Azambuja e integrantes da bancada federal de MS. De 17 municípios atingidos, 14 já decretaram emergência: Campo Grande, Amambai, Aral Moreira, Bela Vista, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Jutí, Mundo Novo, Naviraí, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru.
 

Veja: Marun recusou ministério de Dilma

  • Carlos Alberto/Agência Câmara

    Carlos Marun é um dos 4 do PMDB que recusou ministério, diz Veja


Da Vera Magalhães no blog Radar da Veja:
 
"Após a saída de Eliseu Padilha da Secretaria de Aviação Civil, a pasta foi oferecida para pelo menos quatro deputados do PMDB, que recusaram o convite: Carlos Marun, Leonardo Quintão, Mauro Lopes e Newton Cardoso Júnior. Mas o governo ainda deve insistir em oferecer a SAC para um deputado, preferencialmente do PMDB mineiro, para tentar ampliar o apoio no partido e reforçar o aliado Leonardo Picciani na liderança."
 

Padrasto é preso depois de jovem flagrar irmã de 7 anos sendo estuprada em casa

Suspeito confessou que ‘se sentia atraído’ pela vítima desde quando ela tinha 5 anos

O caseiro de uma fazenda localizada na BR-262, em Campo Grande, foi preso nesta quarta-feira (9) por estuprar a enteada de 7 anos. O caso chegou ao conhecimento da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) depois que a irmã da vítima, de 23 anos, flagrou o homem abusando da menina no dia 2 de dezembro.

Saiba Mais

De acordo com o delegado Paulo Sérgio Lauretto, responsável pelo caso, na manhã do crime a vítima e o irmão tiveram uma briga. O padrasto que estava em casa apartou os irmãos, mandou o menino para o quarto dele e levou a menina para o quarto onde ele dormia com a mulher.

Lá, o caseiro tirou as roupas da criança e começou a abusar dela. A jovem de 23 anos, que mora em outra casa na mesma fazenda, ouviu o irmão chorar e foi até a casa para ver o que estava acontecendo. Ela encontrou o garoto e foi atrás da irmã, momento que flagrou o padrasto com as calças abaixadas em cima da menina.

O suspeito tentou disfarçar, vestiu as roupas e fugiu. Por volta das 11 horas a família procurou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) para relatar o caso e a Depca foi acionada. “Fomos até o local para tentar localizar o suspeito, mas ele conseguiu fugir. Nesta terça-feira (8) recebemos informações que ele estava rondando a fazenda e hoje conseguimos encontrá-lo”, explica Lauretto.

Em depoimento, o caseiro confessou o crime e contou detalhes do que sentia. Ele relatou que está com a mãe da menina, que tem 40 anos, há 2 anos e desde a primeira vez que a viu, quando ela tinha apenas 5 anos, sentiu atração sexual por ela. O homem afirmou ainda que já havia se masturbado várias vezes pensando na garota e que ela chamava a atenção porque usava roupas apertadinhas.

Para o delegado, o jovem contou que no dia que foi flagrado havia bebido um copo de vodca e que teve vontade de fazer sexo anal com a menina. Ele teria passado o órgão genital nas partes íntimas da criança, além de tocá-la. “O depoimento dele repudia. Segundo a vítima essa já era a segunda vez que ele abusava dela”, lembra o delegado.

Para a equipe do Jornal Midiamax, o suspeito alegou que cometeu o crime por causa da bebida, já que havia ingerido dois copos de vodca. Ele ainda afirmou que era a primeira vez que abusava da menina e que não chegou a ‘estuprar’ ela, mas que estava arrependido. Para a polícia, a mãe da criança falou que só descobriu o crime depois que a filha mais velha flagrou o marido.

O mandado de prisão preventiva para o suspeito foi aceito nesta quarta-feira (9) e agora o delegado Paulo Sérgio Lauretto tem dez dias para concluir o inquérito de estupro de vulnerável qualificado, já que ele é padrasto da vítima. O caseiro será encaminhado para uma cela da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), onde permanecerá até ser transferido para o presídio. 

Vereadores que receberam acima do limite terão que devolver dinheiro

Políticos terão que ressarcir subsídios em 60 dias

Dez políticos que eram vereadores em 2012/2013 que receberam subsídios acima do limite permitido por lei terão que ressarcir os cofres públicos de Mundo Novo, a 473 quilômetros de Campo Grande. Os políticos foram julgados pelo TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) e multados em 2.111 Uferms em multas (R$ 46.948,64), além de ter que devolver R$ 58.868,99.

O pagamento de subsídios acima do limite permitido pela Constituição Federal aconteceu na gestão de 2012 e 2013 da Câmara de Mundo Novo, em gestão de Sebastião Reis Oliveira, o Tião Barbudo (PMDB), que foi multado em 200 Uferms (R$ 4.448,00) pela irregularidade.

Os dez vereadores da época (quatro ainda são vereadores) terão que ressarcir o cofre municipal em 46.493,99, valor devidamente atualizado, acrescido de juros legais, e imputar a responsabilidade pelo ressarcimento ao erário do Município, às pessoas e nos valores seguintes: a) Sebastião Reis Oliveira, R$ 9.417,48; b) Gildo Amaral, R$ 4.617,48; c)João Ravazine Filho, R$ 4.617,48; d)Marcelo Labegalini Ally, R$ 4.617,48; e)Neivaldo Francisco Bau, R$ 4.617,48; f)Orandir Ribeiro, R$ 4.617,48; g)Richardson Prates Schvartz, R$ 4.485,28; h)Eliete Feitosa Tel, R$ 268,87; i)Roque Joaquim Paes, R$ 4.617,48; j)Wagner Ribeiro de Lima, R$ 4.617,48.

O TCE-MS determinou também a intimação das pessoas elencadas nominalmente, sejam elas atuais ou ex-vereadores de Mundo Novo, para que efetivem, no prazo de 60 dias contados da data de suas respectivas intimações, o ressarcimento, ao erário do Município, dos valores das despesas impugnadas em decorrência do recebimento a maior, e assim irregularmente, dos seus subsídios no exercício financeiro de 2012.

 Os valores objeto dos obrigatórios ressarcimentos poderão ser parcelados, se for o caso, conforme as regras da lei tributária municipal; deverão ser corrigidos pelos mesmos índices ou critérios que o Município utilize para o recebimento dos seus créditos tributários, a contar de 1º de janeiro de 2013 (primeiro dia do exercício financeiro seguinte ao de 2012, no qual ocorreram as despesas impugnadas).

Após publicação no Diário Oficial Eletrônico do TCE/MS, os gestores dos respectivos órgãos jurisdicionados poderão entrar com recurso ordinário e/ou pedido de revisão, conforme os casos apontados nos processos.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ZECA DO PT
Diversos

Zeca do PT nega ter ordenado destruição de urnas durante votação na Câmara

Foto: Reprodução/MS Noticias

Foto: Reprodução/MS Noticias

Deputado federal, Zeca do PT negou ter incitado correligionários a quebrar urnas de votação durante eleição de parte da comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), nesta terça-feira (8). 

Nesta quarta-feira (9), Zeca informou ao MS Noticias que houve um equívoco e que a frase “quebrem as máquinas, quebrem as máquinas”, que teria sido dita pelo parlamentar durante a votação remetia à “cuidado com as máquinas, segundo petista. “Era muito barulho, e muita confusão. “Pessoas com 65 anos normalmente são pessoas pacíficas”, disse acrescentando que “não mandei quebrar nada”, afirma.

Quanto a decisão do ministro do STF ( Supremo Tribunal Federal), Edson Fachin que suspendeu, tramitação do pedido de impeachment da presidente Dilma, Zeca do PT avaliou como sensata. “Foi o comportamento arrogante e arbitrário do  Eduardo Cunha [ presidente da Câmara Federa] inventar votação secreta para manipular cabeças de pessoas. Não concordo com isso”, frisou.  

Uma das questões levantadas pelo ministro foi  a votação secreta realizada nesta terça, na Câmara dos Deputados, para eleger os membros da comissão. No despacho, Fachin ressalta que a Constituição e o Regimento Interno da Câmara não preveem votação fechada.

Ministro Fachin decidiu suspender a tramitação do pedido de impeachment até a próxima quarta-feira (16), quando o plenário da corte deverá julgar pedido liminar do PCdoB sobre a constitucionalidade da Lei 1.079/50, que regulamentou as normas de processo e julgamento do impeachment.

Com a determinação, a Câmara dos Deputados fica impossibilitada de instalar a comissão especial do impeachment até a decisão do Supremo sobre a validade da lei.  A pedido do partido, Fachin decidiu paralisar a tramitação para evitar que atos futuros possam ser anulados pela corte.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA NOITE
Diversos

Esposa de Delcídio desmente contratação de advogado e garante ‘ele não fará delação premiada’

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Esposa do senador Delcídio do Amaral (PT), Maika do Amaral desmentiu nesta quarta-feira (9) a informação de que o petista contratou o advogado e especialista em delações premiadas, Antônio Figueiredo Basto para fazer a sua defesa. “Isso não existe. O que tem sido publicado pela mídia é mentira”, afirma. Questionada sobre o fato de Delcídio fazer ou não a deleção premiada, Maika foi enfática. “Ele não fará delação premiada”, frisou.

A afirmação da esposa do senador contradiz informações publicadas pela mídia nacional nesta terça-feira (8), que foram repassadas pelo advogado Maurício Leite, por meio de nota à imprensa, na qual confirma a contratação de Antônio Figueiredo. 

Por meio de nota, o  Mauricio Leite, confirmou a contratação de Basto. "A defesa do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) informa que o advogado Antonio Augusto Figueiredo Basto foi contratado", diz o texto. 

Antônio Figueiredo Basto ficou nacionalmente conhecido após fechar delações relevantes para as investigações na Operação Lava Jato, entre elas a do doleiro Alberto Youssef  e a do dono da UTC, Ricardo Pessoa. Segundo informações divulgadas pela imprensa, o advogado, que tem escritório em Curitiba, teria se encontrado, em Brasília com Delcídio nesta terça-feira. Conforme  órgãos da imprensa, ambos tiveram a primeira conversa na sala onde o senador está preso, na superintendência da PF. O senador cumpre prisão preventiva, sem prazo determinado. 

Na terça, o petista foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) que o acusa de impedir e embaraçar a investigação de infrações penais que envolvem organização criminosa (com pena de 3 a 8 anos) e patrocínio infiel (6 meses a 3 anos), que é quando o advogado trai o interesse de seu cliente, e exploração de prestígio (com penas de 1 a 5 anos).

A aceitação ou rejeição da denúncia caberá à 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal ( STF). O colegiado é composto pelos ministros Teori Zavascki (relator da Lava Jato na Corte), Gilmar Mendes, Celso de Mello, Cármen Lúcia e Dias Toffoli. Se a denúncia for aceita, os acusados passam a ser considerados réus num processo penal. Delcídio do Amaral está há duas semanas preso na superintendência da Polícia Federal, em Brasília

Deputados analisam PEC que autoriza tramitação de projetos de iniciativa popular na Assembleia

Foto: Roberto Higa

Foto: Roberto Higa

Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que autoriza tramitação de projetos de iniciativa popular na Assembleia Legislativa foi aprovado nesta quarta-feira (9) pelos deputados de Mato Grosso do Sul. 

De autoria do deputado Eduardo Rocha (PMDB), a matéria, facilita a tramitação de projetos de iniciativa popular no Legislativo estadual. Com a aceitação do texto, a PEC será encaminhada para comissões permanentes da Casa e depois voltará ao plenário.

Segundo o propositor, a PEC trata da deliberação como direito de exercício imediato. De acordo  a proposta, as assinaturas podem ser colhidas também por meio eletrônico. O texto prevê adesão de 1% do eleitorado sul-mato-grossense, distribuídos em cinco municípios diferentes, para depois ter tramitação no legislativo estadual.

Além da proposta de Eduardo Rocha, deputados também aprovaram Projeto de Emenda Constitucional que impede o governo estadual de conceder qualquer vantagem, criação de cargos ou estrutura da carreira dos servidores, sem dotação orçamentária prévia, ou que não ultrapasse o exercício de seu mandato. A proposta será promulgada e publicada em Diário Oficial de Mato Grosso do Sul  Estado.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS
Diversos

Celulares do MS vão receber nono dígito a partir de maio de 2016

Júlia Kaifanny
Até o final de 2016 todo o País já deve ter aderido ao sistema. (Foto:Arquivo/Alcides Neto)Até o final de 2016 todo o País já deve ter aderido ao sistema. (Foto:Arquivo/Alcides Neto)

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) informou que Mato Grosso do Sul e outros nove estados passarão a ultilizar o nono digito no número do telefone celular. No Estado, a mudança acontecerá a partir de maio do ano que vem, e até o final de 2016 todo o País já deve ter aderido ao sistema. O aviso foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (8).

 

O nono digito foi adotado devido a demanda por novos números nos grandes centros como São Paulo e no Rio de Janeiro, e será estendida ao restante do Brasil para padronizar, evitando confusão, além de aumentar a disponibilidade de números na telefonia celular.

O dígito 9 (nove) será acrescentado à esquerda dos atuais números, que passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx. Após a implantação as ligações com 8 dígitos ainda serão completadas por um curto período até que a adaptação ao novo sistema aconteça, gradualmente haverão interceptações e os usuários receberão mensagens gratuitas com orientações sobre a nova forma de marcação. Após esse período de transição, as chamadas com 8 dígitos não serão mais completadas.

A regra vale para chamadas feitas a partir de telefones fixos, públicos ou privados, quanto de outros celulares, independente da operadora e do local de onde a pessoa está ligando. Também será preciso incluir o nono dígito para enviar mensagens de texto. Os Planos de Numeração dos demais serviços (Serviço Telefônico Fixo Comutado - STFC e Serviço Móvel Especializado - SME) não sofrerão alterações, permanecendo com códigos de acesso com 8 dígitos.

Amambai fornece exames gratuitos de HIV e câncer bucal

Unidade Móvel de saúde estará disponível durante toda a manhã da sexta-feira (11) na Praça Central.

Katiéli Duarte

A Prefeitura de Amambai, através da SMS (Secretaria Municipal de Saúde), realiza nessa sexta-feira (11), Dia “D” de conscientização e prevenção ao Câncer Bucal e o vírus HIV.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Sérgio Périus, durante a ação, a Unidade Móvel de Saúde estará na Praça Central, onde serão realizados os exames rápidos para a detecção do HIV, assim como o diagnóstico odontológico, que será realizado pela equipe de profissionais, disponíveis para atendimento durante toda a manhã da sexta-feira. “A ação terá como objetivo diagnosticar possíveis casos de câncer bucal e orientar os pacientes para o tratamento, assim como identificar pacientes soropositivos através do teste rápido, que também será feito pelos profissionais no local”, explica.

Luciana A. Ramos Alcantre, coordenadora da Saúde Bucal em Amambai, explica que, se identificados casos de suspeita para o câncer bucal, os pacientes serão encaminhados para o tratamento especializado. “A nossa intenção é de alertar as pessoas quanto aos cuidados que se deve ter para evitar o desenvolvimento da doença, já que é pouco conhecida e, consequentemente, pouco vigiada”, alerta.

De acordo com Deborah A. Brandão, coordenadora Municipal dos Programas de Prevenção à DST/AIDS e Hepatites Virais, a ação é uma forma de orientar e conscientizar a população quanto à importância da identificação da doença. “Em Amambai, temos 69 casos oficiais de pacientes soropositivos. Temos a consciência de que esse numero é relativamente maior, mas por medo ou até mesmo preconceito, muitas pessoas evitam de fazer o teste, que pode fazer a diferença na vida do paciente”, explica a enfermeira, que constata: “Quando detectado à tempo, o soropositivo pode ser tratado e levar uma vida próxima do saudável”, conclui.

A ação, que é realizada em parceria com a coordenadora municipal da atenção básica, Renata Moraes, bem como equipes de enfermagem da Secretaria de Saúde e agentes comunitários de saúde, acontece na Praça Central Coronel Valêncio de Brum durante toda a manhã da sexta-feira (11).
 

Fonte: Assessoria Prefeitura 

Polícia Militar Rodoviária apreende mais de 340 Kg de maconha na MS-164

PMR

Homens da Polícia Militar Rodoviária apreenderam mais de 340 quilos de maconha na MS-164, em Dourados. A droga estava em um carro com placas de Cascavel (PR), abordado nesta segunda-feira (7), no quilômetro 13 da rodovia.

O veículo ocupado por dois homens seguia sentido Itahum – Dourados. Durante a abordagem, o motorista não obedeceu a ordem de parada e fugiu em alta velocidade no sentido BR-463. Foi feito o acompanhamento tático e aproximadamente 8 quilômetros adiante o condutor e o passageiro abandonaram o carro e fugiram para uma plantação de soja às margens da rodovia.

Os acusados, que estavam deitados em meio a plantação, foram localizados e presos. Durante as vistorias ao veículo foram localizados no porta-malas 308 tabletes de maconha, que após pesagem totalizaram 344 quilos. Além disso, as placas afixadas eram falsas e o carro é produto de furto ocorrido em agosto em Franca (SP).

Aos policiais, os acusados informaram que pegaram o veículo já com a droga na região do Presídio Semiaberto de Ponta Porã e que o destino seria Presidente Prudente, em São Paulo, onde o pagamento pelo transporte seria feito. Eles foram presos e encaminhados junto com a droga e o veículo para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Dourados, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e receptação.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

casa suja
Diversos

Defesa pensa em delação premiada como estratégia para livrar Delcídio da prisão

Preso há quase duas semanas na superintendência da Polícia Federal, em Brasília, o senador Delcídio do Amaral, abriu uma nova frente de defesa na Operação Lava Jato e de acordo com o site G1, contratou  o especialista em delações premiadas, Antônio Figueiredo Basto, que é criminalista e está assumindo a defesa do parlamentar junto com o advogado Mauricio Leite.
Delcídio cumpre prisão preventiva, sem prazo para acabar, sendo denunciado pela Procuradoria-Geral da República. Advogados da Lava Jato entendem que a negociação com a nova defesa sinaliza que Delcídio está disposto a fechar delação premiada – contar o que sabe em troca de redução de pena. 

Por meio de nota à imprensa, o escritório do advogado Mauricio Leite, confirmou a contratação de Basto. "A defesa do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) informa que o advogado Antonio Augusto Figueiredo Basto foi contratado", diz o texto. A nota que a diz que a condução do pedido de revogação de prisão do parlamentar no Supremo Tribunal Federal permanece sob a responsabilidade de Leite.

A defesa de Delcídio conta que uma delação ainda não está descartada, porém há rumores de que a família de Delcídio o pressiona bastante pra entregar o que sabe e tentar sair da cadeia. O MS Notícias tentou entrar em contato com a esposa de Delcídio, Maika Amaral e com o assessor de imprensa Eduardo Marzagão e até o fechamento desta matéria não houve êxito no retorno das ligações. 

Cerveró diz que Delcídio recebeu propina no governo FHC, afirma a Folha de S.Paulo

  • Laycer Tomaz/Agência Câmara Arquivo

    Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras preso na Lava Jato


 

O ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, teria dito a procuradores na fase de negociação de sua delação premiada que seu antigo chefe na estatal, Delcídio do Amaral, teria recebido subordo de 10 milhões de dólares da multinacional Alstom durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) entre 1999 e 2001, afirma a Folha de S.Paulo na edição de hoje. O pagamento "ocorreu na compra de turbinas para uma termoelétrica que seria construída no Rio, a TermoRio, por US$ 550 milhões”, diz o jornal, acrescentando que a “Petrobras tinha pressa em construir termoelétricas por causa do apagão que ocorreu no governo FHC entre 2001 e 2002”.
 
Pelo relato de Cerveró, conforme o jornal, o dinheiro teria sido repasado a Delcídio por meio do lobista Afonso Pinto Guimarães, responsável pelos interesses da Alstom no Rio. "Um documento apreendido pela Polícia Federal com o chefe de gabinete de Delcídio, Diogo Ferreira, que também está preso, trazia as seguintes inscrições 'Nestor, Moreira, Afonso Pinto' e 'Guimarães Operador Alstom BR pago p/Delcídio", diz o jornal. O agora senador foi preso no dia 25 acusado de tentar dar fuga a Cerveró para que seu nome não constasse em delação premiada na Lava Jato. A Folha de S.Paulo diz que procurou o advogado Maurício Silva Leite, que cuida da defesa do senador, mas ele não quis comentar o assunto sob o argumento de que desconhece o depoimento.
 
09/12/2015 12:02

No primeiro dia de ação, Exército recolhe 5 t de pneus em borracharias

Militares percorreram borracharias no Jardim Noroeste. (Foto:Gerson Walber)Militares percorreram borracharias no Jardim Noroeste. (Foto:Gerson Walber)

O primeiro dia de ação de combate a dengue em parceria com militares recolheu pelo menos 1,2 mil pneus nos nove bairros visitados pelas equipes da prefeitura e do Exército, o que totaliza cerca de cinco toneladas.

Segundo o chefe de serviço do Controle de Vetores e Endemias, Wagner Ricardo dos Santos, o número já era esperado pelas equipes devido ao tempo que o serviço não era realizado nas borracharias.

No bairro Jardim Noroeste, por exemplo, em menos de uma hora de trabalho a equipe recolheu 146 pneus em apenas três borracharias. Com a caçamba lotada, a logística consiste em levar o material para descarte em um eco ponto próximo ao terminal Nova Bahia e, na sequência, retornar a região para visitar outros estabelecimentos.

Só no Jardim Noroeste, que pertence a região norte da cidade, a expectativa era passar em seis borracharias. Mais sete bairros compõem a região. Como a demanda de trabalho foi grande, os demais bairros serão visitados a partir desta quinta-feira (10), já que os militares só foram liberados para auxiliar os agentes de saúde no período matutino.

Para Roberto Carlos Dias, dono de uma bicicletaria localizada na Avenida Adventor Divino de Almeida, o trabalho é importante no sentido de auxiliar no transporte dos pneus. “Nem todo mundo tem condições de levar o material toda semana para descarte, e por isso acaba acumulando”, diz.

Ele ressalta que procura fazer o descarte quando acumula de dez a 15 pneus em seu estabelecimento e para evitar que acumulem água, ele faz um corte em uma das laterais, para o escoamento de líquidos, evitando que se transformem em criadouros do Aedes aegypti.

“Eu faço a minha parte, mas tem muito vizinho aqui que não se importa com a limpeza e joga lixo na rua”, reclama Roberto, que leva os pneus para uma empresa especializada em descarte,na saída para Cuiabá.

Falta de responsabilidade – A movimentação dos militares no bairro chamou a atenção dos moradores, que aprovaram o trabalho, e viram na parceria entre o poder público e Exército, a esperança de frear a epidemia de dengue que já assusta a população.

O recolhimento dos pneus despertou a curiosidade do aposentado Pedro Alcântara, que aproveitou para criticar o que ele chama de “falta de responsabilidade”, dos moradores que não se preocupam em manter os quintais, terrenos e ruas do bairro limpos.

Ele mesmo foi uma vítima recente da dengue e chegou a ficar 12 dias internado. “Não adianta eu fazer a minha parte se os outros não ligam”, ressalta.

A indignação é maior porque agora, além da dengue, o Aedes aegypti também é o responsável pela febre chikungunya e Zika vírus, doença grave que vem provocando casos de microcefalia em todo o país. Em Mato Grosso do Sul são nove casos sob investigação.

Também revoltada com o descaso de vizinhos estava a merendeira Irene Fátima Gomes. Ela diz que na escola estadual Rachid Saldanha, onde trabalha, toda semana há alunos com sintomas de dengue e acredita que enquanto a população não se comprometer de fato com o problema, os índices continuarão crescendo.

E é visível o descaso de muitos moradores com a manutenção da limpeza das ruas e terrenos. Apesar de o último LIRA (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti ) apontar o Jardim Noroeste como um dos bairros com maior infestação do mosquito, é comum observar lixo espalhado nas ruas, sem contar o lixão improvisado pelos próprios moradores, onde é feito o descarte de todo tipo de material.

“Eu sei que é proibido, mas tem dia que preciso atear fogo no lixo porque o pessoal joga as sacolas de qualquer jeito e a sujeira acaba espalhando”, conta Irene.

Como a única via asfaltada no bairro é a Rua Vaz de Caminha, onde há a linha de ônibus, a falta de pavimentação nas demais ruas acaba incentivando a atitude de moradores que deixam o lixo jogado em frente às casas, muitas, sem lixeiras de ferro. 

Para a dona de casa Célia Aguirre da Silva, que trabalha na bicicletaria do marido, visitada pelos militares, a presença do Exército deverá intimidar os moradores, contribuindo com a conscientização.

Mesmo sabendo que nesta primeira fase eles não entrarão nas residências, ela acredita que simples presença da equipe vai impor respeito.“Muita gente aqui não deixa os agentes de saúde entrarem em casa. Agora acho que vão respeitar mais”, ressalta.

Mãe de um bebê de 1 ano, ela teme que uma das três doenças transmitidas pelo Aedes aegypti chegue e sua família, mesmo tomando os cuidados básicos de limpeza. “Mantenho meu quintal sempre limpo. Não deixo acumular nada de garrafas nem latas”, destaca.

Em outro bairro também visitado na manhã desta quarta-feira pelas equipes da Sesau e Exército, os moradores também esperavam maior conscientização. “O povo ainda não percebeu a gravidade das doenças e não é zeloso com suas casas. Qualquer pessoa pode ser infectada”, afirma a aposentada Elza Maria de Souza, que também aprova a presença dos militares na esperança de ajudar os agentes a entrarem no imóveis onde são barrados.

Cronograma - Ao todo, 150 militares divididos em nova equipes irão realizar, durante dois meses, o serviço de coleta de pneus nos bairros com maior infestação do mosquito, como o Nova Campo Grande, Coophavila II, Guanandi, Lageado, Tiradentes, Noroeste, Nova Lima, Cruzeiro e Rancho Alegre.

Nesta quinta-feira (10), uma outra fase da parceria começa a entrar em ação. É a montagem de duas unidades móveis hospitalares, que serão montadas em frente aos postos de saúde da Vila Almeida e Universitária.

As barracas vão ampliar em 20 leitos a capacidades dessas unidades de saúde. Vai ser possível fazer coleta de sangue, aplicação de medicamentos, e outros atendimentos médicos relacionados as doenças transmitidas pela mosquito, além de ampliar a capacidade ambulatorial.

O Exército irá disponibilizar as barracas e a prefeitura os enfermeiros e médicos para fazer o atendimento à população.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA HORA
Diversos

Funkeiras em ‘A regra do jogo’, Letícia Lima e Roberta Rodrigues posam juntas de maiô

Roberta Rodrigues e Letícia Lima posaram juntas de maiô Foto: Mauricio Nahas/ divulgação

Funkeiras em “A regra do jogo”, Letícia Lima e Roberta Rodrigues mostram sintonia na frente e atrás das câmeras. As atrizes vestiram um maiô e posaram juntas para a capa da revista “Joyce Pascowitch” incorporando pin-ups.

Rivais no horário nobre, elas falam da amizade que surgiu entre elas. "A gente passa tantas horas no Projac que a Susana Vieira até me ofereceu o colchãozinho que ela deixa em um canto do camarim”, brinca Letícia.

Roberta Rodrigues e Letícia Lima: sintonia dentro e fora de cena
Roberta Rodrigues e Letícia Lima: sintonia dentro e fora de cena Foto: Mauricio Nahas/ divulgação

Entre uma foto e outra, as atrizes falaram sobre vaidade. “Quando eu era criança, minha mãe puxava tanto o meu cabelo para fazer rabo de cavalo que eu ficava japonesa. O povo dizia: ‘Que negra exótica!”, conta Roberta. Já Letícia confessa que sempre se achou feia e muito magra. "Agora sou gata e inteligente", diz Letícia garantindo que está solteira.

Roberta Rodrigues e Letícia Lima vivem duas funkeiras na novela das nove
Roberta Rodrigues e Letícia Lima vivem duas funkeiras na novela das nove Foto: Mauricio Nahas/ divulgação

Letícia Lima faz careta e posa de maiô
Letícia Lima faz careta e posa de maiô Foto: Mauricio Nahas/ divulgação

Roberta Rodrigues e Letícia Lima: sintonia dentro e fora de cena

 

 

Novo advogado do senador Delcídio é especialista em delação premiada

  • Gazeta do Povo/Reprodução Arquivo

    Antônio Figueiredo Basto, especialista em delação premiada


DELCIDIO SABE MUITO...

 

Preso há quase duas semanas na superintendência da Polícia Federal em Brasília, o senador Delcídio do Amaral (PT-MS contratou um advogado especialista em delações premiadas: Antônio Figueiredo Basto. O criminalista está  assumindo a defesa do parlamentar junto com o advogado Mauricio Leite. Basto, que tem escritório em Curitiba, ficou conhecido em nível nacional após fechar delações relevantes para as investigações da Operação Lava Jato, entre elas a do doleiro Alberto Youssef e a do dono da UTC, Ricardo Pessoa. O advogado esteve hoje em Brasília e teve sua primeira conversa com Delcídio na superintendência da PF. (Com G1)

Camila Rodrigues posa seminua para revista e diz que dividiria cachê de ensaio pelada com o marido

Camila faz ensaio seminu para a 'Playboy' de novembro

Camila faz ensaio seminu para a 'Playboy' de novembro Foto: Playboy/Yuri Sardenberg

 

Aos 32 anos e após recusar alguns convites para posar nua, a atriz Camila Rodrigues resolveu dar uma colher de chá para os fãs e fotografou seminua para a revista “Playboy” deste mês. Na publicação, a ex-mulher do ator Bruno Gagliasso falou de como se sente com o novo visual, de cabelo mais curtinho.

"Parece que eu não estou vestindo absolutamente nada com o cabelo curtinho", diz ela.

Tirar a roupa por completo para uma revista masculina é algo que não está totalmente descartado pela atriz. E Camilla até brinca sobre o que faria com o cachê caso aceite, um dia, a proposta.

Camila Rodrigues posou para o fotógrafo Yuri Sadenberg na
Camila Rodrigues posou para o fotógrafo Yuri Sadenberg na "Playboy" Foto: reprodução/ instagram

"Se eu posar nua um dia, vou dividir o cachê com o meu marido (o empresário Roberto Costa). Assim, ele compensa a tiração de sarro dos amigos", diz ela, acrescentando que o marido não é nada ciumento.

Camilla se casou em 2012 com Roberto, dois anos após se separar de Bruno Gagliasso, com quem foi casada de 2008 a 2010.

Camilla e Bruno foram casados por 2 anos
Camilla e Bruno foram casados por 2 anos Foto: Arquivo/Div


Supremo suspende eleição da comissão do impeachment na Câmara dos Deputados

  • Gazeta do Povo/Reprodução Arquivo

    Luis Fachin suspendeu a instalação da comissão na Câmara

O ministro Edson Fachin, do Supremo, suspendeu, em decisão monocrática, a formação e a instalação da comissão especial da Câmara que analisará o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A decisão foi publicada nesta noite, depois de a oposição impor derrota ao governo e eleger a chapa indicada com dissidentes de partidos da base aliada. Fachin suspendeu o funcionamento da comissão até quarta-feira (16) e pediu esclarecimentos ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). No dia 16, o plenário do Supremo analisará a ação de descumprimento de preceito fundamental protocolada pelo PCdoB em defesa de Dilma. O partido questiona a ausência de um rito claro para o processo de impeachment e pediu medida cautelar argumentando que a votação para formar a comissão não poderia ser secreta e que as chapas teriam que ser formadas por integrantes indicados apenas pelos líderes de cada bancada.

'É a primeira vez que desobedeço minha mãe', diz Marun eleito à comissão do impeachment

  • Antonio Agusto/Agência Câmara

    Carlos Marun: 'é a primeira vez que não obedeço minha mãe'


 

"É a primeira vez que não atendo ordem da minha mãe", me disse há pouco o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), por telefone, de Brasília, após ser eleito integrante da comissão especial que avaliará o pedido impeachment da presidente Dilma Rousseff (leia a nota abaixo). Marun fez alusão à notícia divulgada ontem pelo jornal O Globo de que sua mãe pediu para que ele não entrasse na comissão do impeachment. "Agora vamos enfrentar mais um desafio", afirmou. Em seu primeiro ano de mandato, Carlos Marun integrou a CPI da Petrobras, o Conselho de Ética e agora comissão do impeachment na Câmara. "Haja Lexotan", suspirou.
 
 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PADRE ALESSANDRO
Diversos

Fenômeno da música sertaneja, Padre Alessandro se aprsenta nesta quarta na Capital

Padre se apresenta nesta quarta-feira (9) na Capital/Foto: divulgação

Padre se apresenta nesta quarta-feira (9) na Capital/Foto: divulgação

Criado no interior de São Paulo e fã incondicional da música raiz, padre Alessandro Campos é o novo fenômeno da música sertaneja e leva o evangelho às pessoas de maneira alegre e inovadora. 

Alessandro Correa de Campos nasceu no dia 17 de fevereiro de 1982, em Guaratinguetá (SP). Aos 13 anos, ele ingressou no seminário e com apenas 23 ordenou-se padre, um dos mais jovens do Brasil.

Padre Alessandro pertence à Arquidiocese Militar (Ordinariado Militar do Brasil) organismo responsável em prestar assistência religiosa às Forças Armadas do país. O jovem padre foi ordenado na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) em Resende (RJ), depois foi transferido para Brasília onde foi vigário Paroquial na Catedral Militar Rainha da Paz.

Foi também vigário da Paróquia Militar Santo Expedito e São Miguel Arcanjo; Capelão do Colégio Militar, vigário Paroquial no “Oratório do Soldado” e atualmente é apresentador do programa Aparecida Sertaneja que vai ao ar todas às terças-feiras na Rede Aparecida de Comunicação, com reprise às sextas.

Em 2013, padre Alessandro lançou pela Editora Gente o seu primeiro livro, intitulado “Os Segredos da Felicidade” que traz mensagens de alegria, amor e esperança. Seu mais recente livro,  “O que sou sem Jesus” , agora pela editora Loyola , foi  lançado no dia 23 de outubro de 2014 na Livraria Saraiva do Shopping Pátio Paulista, em São Paulo/SP.

Atualmente pertence a uma das maiores gravadoras do Brasil, a Som Livre, que lançou seu segundo CD , “O que é que eu sou sem Jesus?”,  que em dois meses já chegou à marca de 500 mil cópias vendidas.

Serviço:

09/12 no Ginásio Dom Bosco

18h – Abertura dos Portões 

20h – Início do Show

Ingressos:

Cadeiras (não são numeradas) 

1º setor R$ 100,00

2º setor R$ 80,00

3º setor R$ 50,00

Arquibancada: R$ 30,00

Obs: Meia entrada vale somente na arquibancada. Ponto de Venda: Católica Livraria na Rua Treze de Maio, 2961.

Mesmo com novos parâmetros, MS tem 4 casos de microcefalia

Medida de referência passou de 33 cm para 32 cm

Uma redução de 1 centímetro no diâmetro do cranio do recém-nascido, determinada pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (7), excluiu cinco, dos nove bebês de Dourados, da suspeita de microcefalia. Um dos fatores que pode determinar se a criança tem ou não a doença, é o tamanho da cabeça da criança ao nascer, e até ontem o valor de referência era de 33 cm, mas com adoção dos parâmetros da OMS (Organização Mundial de Saúde), o tamanho do crânio diminui para 32 cm.

Conforme a Secretaria de Saúde do Estado, dos nove casos registrados em Dourados entre novembro e dezembro deste ano, pelo menos cinco se encaixavam na antiga referencia de 33 cm, que agora é considerada normal pelo ministério.

Dos outros quatro casos registrados, um está ligado a sífilis, e três ainda estão sendo investigados, para apurar possível relação com o zika vírus.

O secretário de Saúde de Dourados, Sebastião Nogueira, tentou amenizar a situação, destacando que nenhuma das mães apresentaram algum sintoma relacionado a doença, ou mesmo a dengue, e reforçou que a microcefalia é motivada por diversos fatores, como uso de drogas e bebidas durante a gestação, além de diversas doenças, como toxoplasmose, que também podem causar má formação no feto.

Ainda segundo a secretaria, o informe epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta terça-feira (8) ainda traz os nove registros, porque quando os dados foram solicitados para o Estado, as medidas ainda eram de 33 cm, mas na próxima semana, o número deve ser corrigido.

O órgão nacional explicou a mudança, alegando que o perímetro cefálico (PC) varia conforme a idade gestacional do bebê, ou mesmo por características étnicas e genéticas da população. Assim sendo, 33 cm ainda é considerado normal para os parametros brasileiros.

Nacional

Até o último sábado (5) foram notificados 1.761 casos suspeitos de microcefalia em 422 municípios do país. Vale destacar que todos os casos notificados se enquadraram na definição estabelecida na Nota Informativa N.º 01/2015, tratando-se de casos suspeitos e que ainda precisam ser investigados e classificados. 

Entre o total de casos, foram notificados 19 óbitos suspeitos, sendo 17 em estados da região Nordeste (Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) e 2 no Rio de Janeiro.

Protocolo

Junto com o informe epidemiológico, o Ministério da Saúde também lançou um protocolo emergencial de vigilância e resposta aos casos de microcefalia relacionados ao vírus Zika. O objetivo, segundo a pasta, é passar informações, orientações técnicas e diretrizes para profissionais de saúde e equipes de vigilância.

O documento contém a definição de casos suspeitos de microcefalia durante a gestação, o parto ou após o nascimento. Também traz critérios para a exclusão de casos suspeitos e apresenta um sistema de notificação e investigação laboratorial.

Há ainda orientações sobre como deve ser feita a investigação epidemiológica de casos suspeitos e sobre o monitoramento e análise dos dados. O protocolo também traz informações sobre o reforço do combate ao Aedes aegypti.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MINISTRO ESTEVE EM AMAMBAI
Diversos

Governo federal deverá transferir recursos para ajudar municípios atingidos pela chuva em MS

Foto: Chico Pinheiro

Foto: Chico Pinheiro

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB)  sobrevoou, juntamente com ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, região Sul do Estado afetada por temporais que atingiram Mato Grosso do Sul nos últimos dias. Depois, reuniram-se com representantes dos municípios  para discutirem  a recuperação das áreas atingidas pelas  chuvas .

No encontrou ficou acordado que o governo estadual enviará  seis equipes para atender a região, para iniciar trabalhos de reconstrução de estradas. Por sua vez, o Governo Federal irá, inicialmente, dar uma ajuda humanitária e, posteriormente, poderá transferir recursos para as prefeituras restabelecer os acessos. Algumas comunidades estão isoladas.

Segundo governador,  a parceria será fundamental para a recuperação da normalidade na região. “ Defesa Civil e o próprio ministro disseram que eles [Governo Federal] podem fazer transferências diretamente às prefeituras para essa emergência: para óleo diesel, para locação de equipamentos e para fortalecer o parque de máquinas”, comentou Azambuja.

Há a possibilidade de ocorrer  a substituição das pontes de madeira por de concreto. O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, afirmou que irá analisar essa possibilidade e garantiu a ajuda humanitária com doações de água potável, cestas básicas, colchões e kits de limpeza e higiene. Além disso, ele explicou que haverá um esforço conjunto de governos federal, estadual e municipais pare reconstruir pontes, estradas e proteger as famílias.  “Toda a região espera uma tréqua da chuva”, resumiu o prefeito de Amambai, Sérgio Barbosa. Uma das preocupações do chefe do Executivo municipal é com relação aos prejuízos que já ocorreram e com as colheitas, que têm início em janeiro. “Os prefeitos querem orientação da União para não entrarem em desespero. Estamos preocupados também com a dengue e outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti”.

Após fortes chuvas,  governo de Mato Grosso do Sul reconheceu a situação de emergência de 14 municípios. Além de pontes, diversas rodovias, galerias e dutos foram destruídos ou danificados parcialmente em Tacuru, Naviraí, Itaquiraí, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Amambai, Iguatemi, Sete Quedas, Paranhos, Caarapó, Juti, Novo Horizonte do Sul, Japorã e Eldorado.

Carta de Temer à Dilma movimenta os bastidores do poder

Foto: Diario do Poder

Foto: Diario do Poder

Após o vazamento da carta do vice-presidente Michel Temer (PMDB), o conteúdo, considerado por ele como forma de desabafo em "caráter pessoal", endereçada à  presidente da República Dilma Rousseff (PT), foi mal avaliado por alguns peemedebistas que trataram o ato como "infantil" e "primário", onde foi colocado em dúvida a capacidade do vice se vir a ocupar o cargo máximo do Executivo.

Segundo a assessoria da vice-presidência, a carta foi enviada em "caráter pessoal" e não propõe rompimento com o governo ou entre partidos, mas a "reunificação do país", mesmo contendo trechos que se diz "vice-decorativo" no primeiro mandato do governo Dilma, e lamenta a perda de "todo protagonismo político" que teve no passado.

Para contornar a crise, lideranças do PMDB  do Senado minimizam afirmando que a carta revela o desejo de Temer de colaborar mais com o governo. Nos bastidores, grupo ligado ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), criticou postura de Temer e aponta que o "mi-mi-mi-Michel" deveria se tratar sobre a conjuntura política e econômica que passa o país. Segundo pessoas próximas a Renan e o ex-senador José Sarney, o comentário é que o partido se " apequenou" diante do ato de Temer em tratar de cargos e questões pessoais.

Para evitar comentários mais desastrosos, alguns integrantes do PMDB tratam o conteúdo da carta como assunto entre Dilma e Temer. " O que está ali é uma avaliação pessoal do vice-presidente que foi escrita em uma carta endereçada à presidenta. Este é um assunto entre ele e ela, e só cabe aos dois falarem sobre o assunto",  avalia Eunício Oliveira, líder do PMDB no Senado.

Alguns peemedebista se manifestaram pontuando que deve haver um dialogo, mas " tem que esfriar, discutir a relação", analisa Guilherme Afif Domingos (PMDB). Para Domingos é importante manter o dialogo e o bom senso, e comenta que Temer tem o direito de se manifestar, "ele se manifestou, cada um tem o direito de se manifestar, dos dois lados tem que haver a busca de um equilíbrio", afirma.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1445 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Quarta, fevereiro 10
· PANORAMA
· FIM DE TARDE
· MERECEU
· ALTA VELOCIDADE
· GIROFLEX
· MACONHA
· DA HORA
· PONTA PORÃ
· POLICIA
· Campanha da Fraternidade 2016 será lançada nesta quarta-feira
· CAFE DA MANHÃ
Terça, fevereiro 09
· FOTOS E FATOS
· DA TARDE
· ELEIÇÕES
· DA HORA
· CAFE DA MANHÃ
Segunda, fevereiro 08
· PORTO ALEGRE
· NOTICIAS
· FIQUE SABENDO
· DA HORA
· DA TARDE
· UFC
· giroflex
· DA HORA
Domingo, fevereiro 07
· DA NOITE
· Professora amambaiense é brutalmente assassinada em Navira
· ZECZ DO PT
·
· PANORAMA
· CARNAVAL

 Calendario de Eventos
Fevereiro 2016
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB