Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/correiod/public_html/index.php:1) in /home/correiod/public_html/mainfile.php on line 168
=:Correio da Fronteira:=

 Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
11746357
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




DA HORA
Diversos

Jucá pede licença do cargo

 

O ministro Romero Jucá, do Planejamento, anunciou que vai se licenciar do ministério a partir desta terça-feira (24).

Peemedebista deixa o cargo nos dez primeiros dias do governo interino de Michel Temer
Peemedebista deixa o cargo nos dez primeiros dias do governo interino de Michel Temer

Jucá disse que pedirá uma manifestação ao Ministério Público Federal, a fim de que o órgão avalie se cometeu algum tipo de crime em relação às conversas gravadas entre ele e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.

Segundo o ministro, até que o Ministério Público apresente um parecer, ele permanecerá licenciado. Depois, disse que aguardará decisão do presidente em exercício, Michel Temer, sobre se irá querê-lo de volta ao governo ou não. “Estou consciente que não cometi irregularidade”, declarou.

O jornal “Folha de S.Paulo” informou nesta segunda-feira que, em diálogo com Sérgio Machado, Jucá sugere um “pacto” para tentar barrar a Operação Lava Jato.

Mais cedo, em entrevista coletiva, Jucá havia dito que não pretendia deixar o comando do ministério. “Não tenho nada a Temer, não devo nada a ninguém. Se tivesse medo, se tivesse telhado de vidro, não teria assumido a presidência do PMDB num momento de confronto com o PT para ajudar a afastar a presidente da República. Se tivesse medo de briga, não estaria nesse processo da forma como entrei”, declarou Jucá.

Livros e gráfica deve ‘pegar’ ex-governador André em esquema da Fazendas de Lama

As investigações da Fazendas de Lama, que ocorreu em 10 de maio, pela segunda fase da Operação Lama Asfáltica em Mato Grosso do Sul, aponta em relatórios, que desta vez, se deve chegar no envolvimento, direto ou indireto, do ex-governador André Puccinelli (PMDB) no esquema, em apuração, de desvio de dinheiro público. Este caso envolve recursos federais, estando em investigação da Polícia e Receita Federal e CGU (Controladoria Geral da União), que denominaram todo o esquema e composição do grupo de “organização criminosa”. As apurações e acusação já levou para a cadeia, ao menos temporariamente, a maior parte ou principais nomes do grupo como Edson Giroto, ex-deputado federal e ex-secretario de Obras, e sua esposa Rachel; o empresário João Amorin e suas filhas, e, vários servidores públicos concursados ou comissionados, que estiveram na direção de órgãos do setor de infraestrutura em boa parte da administração de André, de 2007 a 2014, período que está sendo investigado.

A área da Educação e uma gráfica é que pode levar o ex-governador a ‘cair’ desta vez, sendo incluído de fato e com possíveis provas, no esquema investigado, apesar de todo o grupo, já acusado, ter ligação direta com ele e ser da ‘área de Obras’, alvo inicial ou único, que era objeto das investigações. O fato foi descoberto entre as apurações a respeito da aplicação irregular e desvio de recursos da União em obras de rodovias e que foram transformados em esquema de lavagem de dinheiro, apurado em especifico na ‘Fazenda de Lamas’, como oPágina Brazil já divulgou. O levantamento da força tarefa (PF, RF e CGU) na lavagem de dinheiro, revelou o braço do esquema ou momento que também se envolveu compras milionária de livros extra-didáticos para as escolas do Estado, onde a Gráfica Alvorada é apontada como fonte de pagamento de propina e elo entre André Puccinelli e o/s esquema/s de desvio de dinheiro público. A Alvorada recebeu R$ 29 milhões entre 2010 e 2014.

Conforme a PF, apesar de haver indícios desde a primeira fase, ocorrida em julho de 2015, e o grupo ser muito próximo do ex-chefe do Executivo, o envolvimento de André não era possível de ser mensurado ou até apontado, pois ele não tratava de assuntos via meios eletrônicos, sendo ‘prudente’. Mas, agora, de acordo com o inquérito desta segunda fase, houve uma ligação telefônica interceptada, com autorização judicial. “O ex-governador era cauteloso ao telefone e evitou contato com o empresário João Amorim – apontado como líder de esquema para superfaturar contratos com o governo – “, descreve relatório, que segundo investigações aponta existência de elementos que demonstram que André recebeu propina da Gráfica Alvorada e viajou várias vezes no avião de Amorim.

A preferência do governo estadual pela gráfica se intensificou no quarto trimestre de 2014, no fim da administração. Os contratos eram precedidos sempre pela palavra ‘inexigibilidade’, que caracteriza impossibilidade de competição de outros interessados. Segundo relatório da CGU, somente em dezembro de 2014, a Gráfica e Editora Alvorada Ltda recebeu R$ 11.224.625,00, sendo R$ 5,5 milhões no dia 30, penúltimo dia da gestão passada.

Livros

A CGU também aponta escalada de gastos com livros para distribuição gratuita em escolas, que foram confeccionados na gráfica. Na análise dos processos dos livros de distribuição gratuita, foram encontradas inconsistências como: celeridade no trâmite processual, adoção indevida de aquisição de material de livre distribuição, fragilidade na definição do quantitativo e recebimento, liquidação da despesa e pagamento à fornecedora no mesmo dia (30/12/2014).

Para a CGU, os dados indicam fraudes pelo aumento de gastos com livros de distribuição gratuita em desacordo com as aquisições nos meses e anos anteriores. Ainda conforme o levantamento, a Alvorada recebeu R$ 29 milhões entre 2010 e 2014. Durante coletiva no dia 10 de maio, a CGU já havia informado desvio de R$ 13 milhões dos R$ 29 milhões pagos. Como envolvia outra área fora do objeto da investigação em curso, o ‘novo’ caso seira algo de nova apuração em processo a parte.

Em 2010, praticamente não houve gasto. No ano seguinte, foi de aproximadamente R$ 1 milhão. Em 2012, o gasto foi de R$ 7 milhões no mês de março. No ano de 2013, o maior gasto foi em junho: R$ 4 milhões. Em 2014, o custo foi de R$ 4 milhões em março e R$ 11 milhões no mês de dezembro.

O total corresponde a mais da metade do que foi gasto pelo governo com material de distribuição gratuita: R$ 55 milhões. Em fevereiro deste ano, a CGU encontrou 57.956 livros paradidáticos em estoque no almoxarifado da SED (Secretaria Estadual de Educação). Para a controladoria, o estoque indica que a compra era desnecessária à época. Em visita a cinco escolas de Campo Grande em março de 2016, foi constatado que os livros não são utilizados. Uma das justificativas é de tema inadequado para alunos do ensino médio.

A controladoria analisou contratos para aquisição dos seguintes livros: “Caco” (autor Gilberto Mattje), “Caco – Orientações Didáticas” ( Gilberto Mattje), “Cada um é do seu jeito, cada jeito é de um! (Lucimar Rosa Dias), “O barato das baratas”(Ariadne Cantú), “O barato das baratas – Orientações Didáticas (Ariadne Cantú), “Tosco” ( Gilberto Mattje), “Compreendendo o Tosco” (Gilberto Mattje) e “Mãos ao alto! Passa o boné” (Ariadne Cantú).

Possível provas nos autos do processo

Alvorecer – No dia 22 de dezembro de 2014, a PF (Polícia Federal) interceptou ligação entre André Cance, que foi secretário-adjunto da Secretaria Estadual de Fazenda, e o então governador André Puccinelli. No diálogo, Puccinelli menciona que precisa falar com Cance para “que amanhã tenha uma boa alvorada”.

Em seguida, Cance liga para Micherd Jafar Junior, dono da gráfica, e marca um encontro imediato. A suposição é de que o encontro teve por finalidade o recebimento de propina. No dia 26 de dezembro, em novo telefonema, Puccinelli lembra Cance de levar documentos e especificou que tinha “mais os outros da gráfica também”.

Cance responde que já conseguiu o da gráfica e se é para levar também. No dia 29 de dezembro, a conversa entre João Amorim e Cance seria, conforme a a investigação, sobre repasse de valor recebido na Gráfica Alvorada. Os áudios constam na primeira fase da Lama Asfáltica, realizada em 9 de julho de 2015.

Na segunda etapa, batizada de Fazendas da Lama, a Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão no apartamento de Puccinelli, em Campo Grande. A motivação foi a compra dos livros didáticos e ao financiamento da MS-430 pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

PONTA PORÃ
Diversos
h49

Ponta Porã: o turismo e a cultura de fronteira

A "Princesinha dos Ervais", como é conhecida a cidade de Ponta Porã, se localiza a cerca de 324 km da capital sul-mato-grossense e faz divisa com Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Com uma rica cultura, a origem de Ponta Porã começa com a formação de um povoado denominado inicialmente Punta Porá, que surgiu dentre os campos de Erva-mate.

Antes da Guerra do Paraguai, Ponta Porã era apenas uma região deserta no interior do Paraguai habitada somente por tribos de índios, como os Nhandevas e os Caiuás, descendentes do povo Guarani. A região era também local de parada de carreteiros que faziam o transporte de erva-mate. Anos após o fim da Guerra do Paraguai, já em 1943 o Presidente Getúlio Vargas criou o Território Federal de Ponta Porã, onde foi instalada a capital. Em 1946 o território é extinto e incorporado ao então estado de Mato Grosso. Em 1977, com a divisão de Mato Grosso em duas unidades federativas, é fundado o estado de Mato Grosso do Sul ao qual Ponta Porã parte atualmente.

Ponta Porã integra a região turística sul-mato-grossense "Caminhos da Fronteira", que é formada por nove cidades das quais seis fazem fronteira com o Paraguai. São fortes os laços comercial, social e cultural entre brasileiros e paraguaios, que mantêm uma convivência pacífica e em harmonia com as diversidades culturais, responsáveis por proporcionar aos turistas uma experiência de contato com uma identidade multicultural e sua diversidade de hábitos e costumes.

O município de Ponta Porã tem seu turismo focado na interação entre a população local e os seus visitantes. Há várias atrações turísticas que se voltam para o Turismo de Aventura, em Parques Ecológicos com trilhas e cachoeiras, Turismo Rural, em sítios e estâncias, Turismo de Contemplação e Étnicos, em morros com inscrições rupestres, Turismo Histórico, Cultural em museus, monumentos e na própria fronteira seca com o país vizinho, além do turismo de compras.

A gastronomia é um atrativo à parte, pois além da culinária típica de todo o Mato Grosso do Sul como o delicioso churrasco com mandioca, a região de fronteira ainda nos proporciona saborear pratos como a sopa paraguaia (espécie de bolo salgado feito à base de milho, queijo e cebola) e o tereré (bebida feita com mate, água e gelo).

As tradicionais rodas de tereré são muito comuns pela cidade e unem brasileiros, paraguaios e até os visitantes estrangeiros. Por isso, as cidades de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero são consideradas cidades gêmeas por causa de sua proximidade cultural. Outra curiosidade é a língua utilizada pelos moradores, já batizada de "portunhol", pois muitas vezes não se fala puramente os idiomas guarani, nem o espanhol e nem o português. Ponta Porã é uma viagem à rica cultura fronteiriça de Mato Grosso do Sul.

 

Puka pede recapeamento do asfalto no Andreazza e Jardim das Rosas

PUKA (1)

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, vereador Daniel Valdez – Puka, apresentou, na sessão ordinária de 10 de maio, uma indicação endereçada ao deputado estadual, Junior Mochi, ao prefeito, Ludimar Novais e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, Mauro Cézar Vilhar, solicitando a viabilização de recursos para a realização do serviço de recapeamento asfáltico na Rua Livorno no Bairro Ignez Andreazza e também no Jardim das Rosas I.

O parlamentar justificou o pedido informando que o serviço de recapeamento do asfalto naquelas localidades vai representar a garantia de melhorares condições de trafego para os moradores de uma populosa região de Ponta Porã. São pessoas que hoje sofrem muito com tantos buracos e crateras naquela rua.

Grade de proteção de esgoto

Puka também pediu, através de indicação endereçada ao prefeito e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, para que seja realizado o serviço de substituição da grade de proteção da rede de esgoto localizada na Rua Baltazar Saldanha, em frente ao Hospital Regional.

O vereador justificou a solicitação alegando que “o pedido foi feito por pessoas que circulam naquela região todos os dias. Estes cidadãos reclamam, pois já houve acidente naquele local, devido as grades serem muito afastadas. Por isso esperamos que esta indicação seja atendida o mais breve possível”.

Adão Dauzacker solicita lama asfáltica na área de caminhada do Parque dos Ervais

O vereador AdãADÃOZINHOozinho Dauzacker solicitou durante a sessão ordinária desta terça-feira, 10 de maio, ao prefeito, Ludimar Novais, e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, Mauro Cézar Vilhar, a implantação do sistema “Traffic Calming”, que se resume àqueles quebra-molas maiores com a demarcação da faixa de pedestre sobre si, em frente a todas as escolas da rede pública estadual, municipal e Ceinf’s de nossa cidade.

Segundo o parlamentar esta solicitação tem o intuito de inibir que os motoristas transitem em alta velocidade em frente às escolas e Ceinf’s, protegendo a vida dos alunos. “Devido ao intenso fluxo de veículos em horário de entrada e saída de nossos alunos na rede pública de ensino, solicito a implantação deste sistema de redução de velocidade do tipo quebra-molas ou passarela associada com a demarcação e pintura da faixa de pedestres, tais como os que foram implantados em frente à Escola Estadual Adê Marques”, explicou Adãozinho.

Parque dos Ervais

Adão Dauzacker também solicitou a colocação de lama asfáltica em toda a extensão da via destinada a caminhada nos Parques dos Ervais. O pedido foi encaminhado ao prefeito, Ludimar Novais, e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, Mauro Cézar Vilhar, durante a sessão desta terça-feira.

O vereador alegou que esta é uma reiteração de indicações realizadas em 2014 e 2015. “Este é um pedido da comunidade fronteiriça que se utiliza do espaço destinado à caminhada no Parque dos Ervais, sendo este, um ponto de referência e qualidade para a realização de atividades físicas e também como área de lazer em nosso município”, justificou Adão Dauzacker.



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIA
Diversos

Durante fiscalização motorista é preso com 9,4 toneladas de maconha

Traficante saiu de Campo Grande e a droga foi apreendida na noite de ontem (22) km 300 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), no município de Piraju (SP).

Depois de sair de Campo Grande, carga de 9,4 toneladas de maconha foi apreendida na noite de ontem (22), durante fiscalização no km 300 da Rodovia Raposo Tavares (SP-270), no município de Piraju (SP).

De acordo com o G1 de Itapetininga e Região, motorista de 41 anos transportava o entorpecente escondido em meio a carga de soja, quando foi preso em flagrante por equipe da Polícia Rodoviária.

Traficante disse à polícia que saiu de Campo Grande com o caminhão e que seguiria para o Guarujá, onde a maconha seria descarregada e, em seguida, distribuída para São Paulo.

Homem responderá por crime de tráfico de drogas e, se condenado, poderá pegar pena de até 15 anos de prisão.

Esta, conforme a polícia, é a maior apreensão de drogas dos últimos 20 anos na cidade.

Corpo carbonizado é encontrado na fronteira com o Paraguai

A vítima aparentemente é um homem brasileiro 

Um corpo carbonizado, aparentemente de um homem, foi encontrado no início da tarde desta segunda-feira (23) a aproximadamente 3 quilômetros da fronteira entre o Paraguai e o Mato Grosso do Sul. A vítima, não identificada, estava em uma casa abandonada na Colônia Rincon de Júlio, em Pedro Juan Caballero.

De acordo com informações da Polícia Nacional do Paraguai, o corpo foi encontrado por volta das 12 horas em uma residência de madeira na Colônia.

Em virtude ao estado em que a vítima estava não há como saber as circunstâncias da execução, já que o fogo apagou possíveis provas do que poderia ter acontecido no local.

Não foram encontrados documentos da vítima e o corpo foi encaminhado para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Pedro Juan Caballero. Segundo agentes da polícia técnica paraguaia, pelas características do corpo, a vítima se trata de um brasileiro, mas a informação só se confirmará com o reconhecimento de familiares, ou exames necroscópicos. 

Caminhonete recheada de maconha fura bloqueio do DOF e capota na MS 156 na região de Amambai.
O fato ocorreu durante bloqueio policial na MS 156
Caminhonete recheada de maconha fura bloqueio do DOF e capota na MS 156 na região de Amambai.

Rogerio Serejo Nogueira (37), Michelli Thomaz da Silva (30) e Diego pereira de Franca (23), todos moradores em Amambai/MS, foram presos na manhã da ultima sexta-feira (6), por uma das equipes operacionais do DOF, após furar o bloqueio policial na região de Amambai.



 O fato ocorreu durante bloqueio policial na MS 156, quando policiais deram ordem de parada a um veículo Renault Scenic de cor azul com placas de Porto Alegre/RS e logo em seguida uma caminhonete Toyota Hilux de cor prata, com placas de Araçatuba/SP, sendo que os veículos ignoraram a ordem, furando o bloqueio policial.



Os policiais do DOF iniciaram um acompanhamento sentido Amambai, sendo que a caminhonete, devido a velocidade, veio a se descontrolar e capotar na via, e o veículo Scenic parado logo em seguida, tendo 4 pessoas se evadindo em meio a vegetação as margens da rodovia. Após buscas na região, policiais localizaram Rogerio e Michelli que estavam no veículo Scenic e Diego que estava de passageiro na caminhonete.



Em vistoria aos veículos foi localizado na caminhonete 1300 tabletes de maconha que totalizaram 1380 quilos da droga e ainda constatado que o veículo seria produto de roubo na cidade de Nova Genésia/ES em janeiro de 2016.



Rogerio e Michelli foram identificados como batedores da carga de maconha, que teria   como primeiro destino a cidade de Caarapó, e Diego que seria passageiro da caminhonete que era conduzida por  um homem que seria de São Paulo e não conhecia o trajeto, tendo Diego como copiloto, recebendo 1mil reais pelo serviço.



O caso foi registrado como tráfico de drogas na delegacia de Amambai/MS.

 

Fiesta tomba depois de ser atingido por utilitário que invadiu preferencial

Moradores dizem que é o 3º acidente em menos de uma semana no local

Ford Fiesta tombou depois de ser atingido, na tarde de hoje (23), por um Hyundai Santa Fe, no cruzamento das ruas Alexander Fleming com Salim Maluf, na Vila Bandeirantes, em Campo Grande.

Segundo testemunhas, o utilitário esportivo, conduzido por uma mulher de 39 anos, seguia pela Salim Maluf e teria avançado a preferencial, atingindo a lateral do carro, que tinha ao volante uma jovem de 21 anos que foi socorrida pelos bombeiros até a Santa Casa. Ela reclamava de dores na lombar.

Vilma Pereira, de 56 anos, moradora do bairro, disse ao Portal Correio do Estado que é o terceiro acidente em menos de uma semana no cruzamento. “Não tem sinalização adequada, árvores não são podadas e carros estacionados [perto da esquina] atrapalham os motoristas”, reclamou.

Um Fiat Pálio que estava estacionado na Alexander Fleming foi atingido pelo Fiesta.



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

09h02

Homem rejeitado em pedido de namoro atropela mulher em Mundo Novo

Homem responderá pelo crime de lesão corporal no trânsito

Mulher, de 39 anos, foi atropelada por automóvel na noite de ontem (22), na Avenida Campo Grande, em Mundo Novo, e identificou o autor do acidente como sendo homem de quem teria rejeitado recente pedido de namoro. Ele fugiu do local sem prestar socorro à vítima.

A mulher sofreu escoriações e foi atendida por equipe do Corpo de Bombeiros. Enquanto recebia atendimento em hospital da cidade, ela informou para policiais apenas o apelido pelo qual conhece o autor do atropelamento. Relatou, ainda, que ele havia lhe proposto relacionamento amoroso, que foi recusado. Por isso, suspeita que o acidente tenha sido intencional.

O homem que havia fugido no carro, modelo Golf, foi preso em via pública da cidade e responderá pelo crime de lesão corporal na direção de veículo automotor. Inquérito na Polícia Civil foi instaurado para investigar o caso.

Jovem morre com faca cravada no peito ao se negar a reatar relacionamento com ex

 

.

Ellen Emília de Oliveira Lima, de 22 anos, foi assassinada na noite desse sábado na Avenida Aquidauana, próxima da Praça do Peixe, na região central de Bataguassu, distante 335 quilômetros de Campo Grande. A vítima foi morta após se negar ao voltar com o ex-marido Lucas Santana da Silva, de 22 anos.

Conforme o boletim de ocorrência, o casal havia se separado na última sexta-feira (20), depois que Ellen descobriu que havia sido traída. Na noite desse sábado (21), por volta das 23h40, a vítima, a sobrinha e o primo estavam na praça, quando Silva chegou pedindo para reatar a relação.

Segundo os relatos, Ellen se recusou a falar com o ex-marido, que insistiu e a ameaçou. A vítima tentou acionar a polícia, mas foi impedida pelo suspeito. Ela entregou o celular para a sobrinha, pediu que a menina chamasse a polícia.
Pouco depois de tentar pedir socorro, Ellen foi esfaqueada na frente do primo.

O suspeito atingiu o peito da vítima e fugiu em uma moto. A faca ficou cravada e ela teve de ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros. A vítima foi levada para a Santa Casa de Bataguassu, no entanto, não resistiu ao ferimento.

A faca foi apreendida e entregue na Delegacia de Polícia de Bataguassu. Horas depois de matar da ex-mulher, Silva foi preso em flagrante, em Ribas do Rio Pardo, por feminicídio.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

da tarde
Diversos

Em conversa gravada, Jucá afirma que o PT 'puxou o tapete' de Delcídio do Amaral

Prisão foi erro, avaliam ministro e interlocutor

O ex-senador por Mato Grosso do Sul Delcídio do Amaral (sem partido) é citado na conversa entre o ministro do Planejamento Romero Jucá (PMDB) e o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, divulgada nesta segunda-feira (23) pelo jornal Folha de S.Paulo, na qual o ministro fala em um 'pacto' para estancar a 'sangria' da Operação Lava Jato, que incluiria a retirada de Dilma Rousseff do poder. Na conversa, gravada em março deste ano, antes portanto da abertura de processo contra Dilma, ocorrida em abril, Jucá e Machado avaliam que a prisão de Delcídio do Amaral foi uma 'cagada'. Romero completa avaliando que o Partido dos Trabalhadores 'puxou o tapete' do ex-senador.

A avaliação dos dois é que, com a autorização de prisões pelo STF (Supremo Tribunal Federal), como aconteceu com o senador petista, houve pressão por novos acordos de delação, que implicam mais políticos no escândalo da Lava Jato, que investiga a existência de um 'propinoduto' na Petrobras. Romero é alvo de quatro inquéritos no STF, o último deles aberto após Delcídio decidir contribuir com as investigações e contar o que sabia.

É Sérgio Machado, que presidiu uma das subsidiárias da Petrobras e é alvo da investigação, quem começa a falar do ex-senador petista. Para ele, houve “frouxidão” do Senado ao manter Delcídio preso, quando houve a votação na casa para autorizar ou não a decisão do STF.

Prisão questionada

Jucá, no diálogo atribuído aos dois pela Folha de S.Paulo, concorda, mas pondera que não havia outra forma. “Sim, pô, não adianta soltar o Delcidio, aí o PT dá uma manobra, tira o cara, diz que o cara é culpado, como é que você segura uma porra dentro do plenário?”

Machado volta a argumentar, afirmando que a prisão foi ilegal. “Mas o cara não foi preso em flagrante, tem que respeitar a lei. Respeito à lei, a lei diz clara... “, diz.

É aí que o ministro do Planejamento concorda e avalia que o PT abandonou Delcídio.. “Pô, pois então. Ali não teve jeito não. A hora que o PT veio, entendeu, puxou o tapete dele, o Rui [presidente da legenda], a imprensa toda, os caras não seguraram, não'.

Na sequência, vêem a avaliação de que a situação de Delcídio foi um erro. “Eu sei disso, foi uma cagada”, define o ex-presidente da Transpetro. Jucá concorda e amplia: “Foi uma cagada geral”.

Para o interlocutor do então senador peemedebista, o tropeço começa no STF e se estende, incentivando as delações. “Foi uma cagada geral. Foi uma cagada o Supremo fazer o que fez com o negócio de prender em segunda instância, isso é absurdo total que não que não dá interpretar, e ninguém fez nada. Ninguém fez ADIN, ninguém se questionou. Isso aí é para precipitar as delações.” afirma.

A partir daí, os dois começam a falar que, com os acordões de delação, mais políticos podem ser envolvidos. “Não escapa pedra sobre pedra”, afirma Machado.

Na continuação, afirmam que o alvo das próximas investigações são Renan Calheiros, presidente do Senado, Eduardo Cunha, que foi afastado do mandato de deputado federal e da presidência da Câmara, além da presidente Dilma.

A sequência da conversa, já divulgada exaustivamente, revela a intenção de uma ação política para evitar a ampliação das investigações da Lava Jato, negada por Romero Jucá em entrevista na manhã desta segunda-feira (23). Após mais essa bomba ser divulgada, a permanência dele no governo está indefinida

Pai encontra filho morto embaixo de árvore depois de sair para caçar animal

O caso foi registrado como morte a esclarecer

O pai de Augusto Martins Pereira, de 52 anos, acabou encontrando o filho morto nesta segunda-feira (23) embaixo de uma árvore. A vítima teria passado o domingo (22) ingerindo bebidas alcoólicas, na cidade de Amambai, distante 352 quilômetros de Campo Grande, segundo o pai.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia Civil da cidade, Augusto teria ingerido bebidas alcoólicas durante todo o domingo, e teria saído da casa na chácara onde moram para caçar um animal, que estava matando os animais de sua propriedade.

Segundo o pai da vítima por voltas das 17 horas deste domingo encontrou o filho caído embaixo de uma árvore. Augusto teria dito que subiu na árvore para pegar o animal e acabou caindo. O pai teria pedido para o filho voltar para casa, mas ele se negou.

A vítima teria dito que ficaria um pouco mais e depois voltaria para casa. Mas, não retornou e o pai ainda teria ido três vezes atrás de Augusto durante a madrugada, mas em todas as tentativas a vítima se negou a sair do local.

Por volta das 5 horas da manhã desta segunda-feira (23), o pai teria voltado ao local e encontrou o filho morto. A polícia foi acionada e o caso foi registrado como morte a esclarecer.

 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLITICANDO
Diversos

Confronto entre aliados do governo será inevitável nas eleições de outubro

Duelo na Capital e no interior, no entanto, não deve abalar relação na Assembleia

 

Pelo cenário que se desenha até o momento, o confronto entre os partidos políticos aliados do governo e candidatos do PSDB deverá ser inevitável nas eleições municipais de outubro, em Mato Grosso do Sul.

O duelo em Campo Grande e em outras cidades do interior, no entanto, não deve estremecer a relação entre governistas e aliados na Assembleia Legislativa, conforme analistas.


Em Campo Grande, por exemplo, a vice-governadora Rose Modesto (PSDB) se articula para derrotar aliados do governador, como os deputados estaduais Marquinhos Trad (PSD) e Márcio Fernandes (PMDB), além da eventual candidatura do empresário Sérgio Longen (PR).


A exceção do candidato do PMDB do ex-governador André Puccinelli, a cúpula tucana não descarta apoio a Marquinhos Trad na hipótese de Rose não passar ao segundo turno, o que não deve ocorrer com candidatos como o prefeito Alcides Bernal (PP) e o do PT, que não está definido.


O deputado federal Zeca do PT e o deputado estadual Pedro Kemp são as principais opções, mas o vereador Alex do PT colocou seu nome à disposição do partido, na semanada passada.


O certo é que durante as divergências na campanha, que começa em agosto, quando os debates devem ficar acalorados, o secretário Sérgio de Paula (Casa Civil) vai precisar de muito jogo de cintura na tentativa de evitar desgaste na relação e um eventual racha na base aliada.


Em Dourados, o deputado federal Geraldo Resende (PSDB) vai enfrentar o deputado estadual Renato Câmara (PMDB), outro aliado de primeira hora do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), e a vereadora Délia Razuk (PR), apoiada pelo presidente regional da legenda, ex-deputado estadual Londres Machado.

Articulado e com trânsito em vários partidos, o cardeal republicano deve aconselhar os candidatos do PR a fazer uma campanha propositiva, até para evitar desgaste com o grupo político liderado por Reinaldo Azambuja.


Líder da mais recente pesquisa de intenções de voto divulgada pelo Ipems (Instituto de Pesquisa de Mato Grosso do Sul), a própria Délia Razuk já deu o tom de como será a sua campanha.


Em entrevista recente em Dourados, a vereadora defendeu uma campanha limpa, sem ataques entre os adversários, enfocando a necessidade apenas do debate de ideias.


"Eu espero uma política assim porque este é o meu jeito e não tem porque ser diferente", afirmou a pré-candidata do PR, partido que ocupa cargos no governo de Reinaldo Azambuja.

Délia Razuk (PR) vai enfrentar o PSDB (Foto: Hélio Fazan/O Progresso)
Betini (centro) e Londres, da cúpula do PR em MS (Foto: Divulgação )


INTERLOCUTOR INDECISO


A relação com os tucanos é tão boa que não foi a toa que Londres indicou como seu principal interlocutor no governo o assessor parlamentar e vice-presidente regional do PR, Dorival Betini, nomeado na Casa Civil.


A ideia é que Betini, que trocou a assessoria da deputada estadual Grazielle Machado (PR) na Assembleia Legislativa, por uma sala anexa ao gabinete do secretário Sérgio de Paula, possa fazer a interlocução com os prefeitos do interior.


Por causa dessa barganha entre os caciques políticos do PSDB e do PR, o funcionário da Assembleia cedido ao governo ainda está indeciso quanto ao seu apoio no próximo pleito, principalmente em Dourados, uma vez que presta assessoria há anos para Geraldo Resende e para o partido de Londres.

Essa indecisão de Betini também deve ocorrer em vários municípios, fato que pode atrapalhar os planos do governador Reinaldo Azambuja, principalmente no interior, onde o PSDB trabalha para eleger maioria dos prefeitos e fazer uma forte bancada nas Câmaras de Vereadores.


O alinhamento político entre PSDB e PR, no entanto,  só ocorreu após as eleições, já que os partidos se enfrentaram em 2014. À época, o PR indicou Londres como vice na chapa do senador Delcídio do Amaral (ex-PT), derrotado no segundo turno. 


Outro confronto inevitável deve ocorrer em Caarapó, onde o prefeito Mário Valério (PR) é candidato a reeleição contra o ex-correligionário e hoje desafeto político, ex-prefeito Mateus Palma de Farias, que filiou-se ao PSDB à convite do governador.


Outro entre os vários embates entre aliados deve ocorrer em Três Lagoas, onde o PSDB se articula para eleger o deputado estadual Ângelo Guerreiro. Lá, estão cogitados o ex-conselheiro do Tribunal de Contas, Cícero de Souza (PSB), os vereadores Idevaldo Claudino (PTB) e Jorge Martinho (PSD) e o empresário Rógerson Rímoli (PDT).


Apesar disso, a Mesa Diretora da Assembleia costuma entrar no circuito em épocas de eleições visando conciliar os trabalhos e, mais do que isso, impedir eventuais conflitos internos por causa das divergências no calor dos debates lá fora.


A ideia, nesse caso, é que os desentendimentos durante a campanha não contaminem a boa relação institucional mantida até agora entre o Legislativo e o governo do Estado, isso porque Reinaldo Azambuja depende da base aliada para tocar a sua administração.

À esquerda, Marquinhos Trad, do PSD (Foto: Divulgação )

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GIROFLEX
Economia

Marido de comerciante chega no momento de assalto e mata criminoso

Bandido não tinha documentos e não foi identificado, segundo a polícia

Criminoso, de nome ainda não foi identificado, foi morto pelo marido de uma comerciante, que chegou no momento de roubo, por volta das 22h de ontem (22), na Rua Generoso de Albuquerque, no Bairro Aero Rancho, em Campo Grande.

A mulher, de 38 anos, contou que atendia no trailer de lanches que é dona quando o assaltante chegou. Sem reagir, ela atendeu exigências e entregou dinheiro, dois aparelhos celulares e a chave de sua moto que estava estacionada próxima e o bandido usaria para fugir.

Na fuga, o criminoso mandou que a comerciante não saísse do trailer, contudo ela apareceu na janela e ele, então, fez um disparo. A vítima não foi atingida, mas o marido dela, de 40 anos, que chegava à cena do crime reagiu com outro tiro, acertando o bandido pelas costas.

Mesmo ferido, o assaltante fugiu e, em buscas pela região, policiais militares o encontraram já morto, em terreno baldio na Avenida Gunter Hans. Ele não tinha documentos e não foi identificado.

A pistola usada no roubo foi apreendida. O marido da comerciante reagiu com revólver de calibre .38, cujo porte é legalizado, visto que o homem fez parte de uma unidade da segurança, segundo a polícia. A arma foi entregue para autoridade policial que registrou o episódio, na delegacia plantonista da Vila Piratininga.

Mulher é atropelada quando limpava neblina de para-brisa e morre

Sandra Aparecida, 37 anos, chegou a ser internada, mas não resistiu

 

Sandra Aparecida Mendes Batista, 37 anos, morreu depois de ser atropelada, em estrada vicinal, na cidade de Antônio João. A condição climática pode ter colaborado para a tragédia, visto que, segundo testemunha, fazia neblina no momento do acidente e a mulher foi atingida por automóvel depois de descer para desembaçar o vidro do carro que dirigia, já que o limpador havia apresentado defeito.

Segundo Boletim de Ocorrência, Sandra foi levada para hospital de Ponta Porã e por causa da gravidade transferida para Dourados. No entanto, não resistiu aos ferimentos. O acidente ocorreu por volta das 18h de ontem (21) e a morte às 3h de hoje(22).

A vítima dirigia um Uno quando decidiu parar para limpar o para-brisa que estava embaçado por neblina. Segundo declaração de testemunha, o limpador do carro havia apresentado defeito. Logo depois que Sandra desceu, foi atropelada por outro Uno, o qual era dirigido por um homem que estava acompanhado de familiares. Ele precisou ser hospitalizado, mas sem graves ferimentos. O caso foi registrado na Polícia Civil da cidade para investigação.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA HORA
Diversos

Após mais de 70 anos, escola para cadetes do Exército abre primeiro concurso para mulheres

A seleção, porém, reserva menos que 10% das vagas ao sexo feminino e oferece menos áreas de atuação em relação aos homens

Reprodução/Exército

Apesar de já admitir desde 1992 a presença de mulheres em outras carreiras que não sejam da linha militar bélica, o Exército brasileiro está com as inscrições abertas para o primeiro concurso que aceitará representantes do sexo feminino para formação de cadetes. Desde a criação do ensino preparatório do Exército há 77 anos, essa é a primeira vez que mulheres poderão se tornar oficiais combatentes. Apesar da inovação, a participação feminina na carreira começou limitada. Das 440 vagas abertas na seleção, apenas 40 são reservadas às mulheres, ou seja, menos de 10% do total de oportunidades oferecido. E as áreas para atuação no curso de formação se restringem a apenas duas, enquanto os homens podem optar entre sete especialidades. 

Segundo a assessoria do Exército, a inserção feminina na carreira só aconteceu agora por determinação da Lei 12.705, de 2012, que deu prazo de até cinco anos para que fosse permitido o acesso de mulheres. Sobre o quantitativo de vagas limitado do novo edital, o Exército respondeu que se deve “em razão da política de pessoal e da atuação, inicialmente, na área logística, considerados o percentual de vagas destinada para esta atividade e preservada a operacionalidade da Força Terrestre”. 

Ainda de acordo com o Exército, mesmo atuando inicialmente na logística, o perfil esperado da profissional combatente, ao longo da carreira, é diferente de outras áreas. Dentre os principais aspectos, a oficial e a sargento combatentes travarão contato de modo direto, nos primeiros postos e graduações da carreira, com as atividades em campanha e conviverá permanentemente com os riscos inerentes à profissão militar. A mobilidade geográfica, a disponibilidade e a preocupação com o vigor físico, em parâmetros semelhantes aos candidatos homens, também estarão presentes. “As tarefas inerentes ao cargo ou função que desempenharão serão realizadas sem distinção de sexo e sua presença tende a ser cada vez maior”, informou o órgão. 

Para receber as novas aspirantes a cadete, a escola de preparação, localizada em Campinas/SP, passou por adaptações. Como estudos sobre os padrões de desempenho de mulheres, que incluíam aptidão física; estudos para adoção de novos uniformes e sua implantação na cadeia logística; e adaptações nas instalações de vestiários para instrutoras e alunas, alojamentos, banheiros e instalações de saúde. 

Mas, mesmo conseguindo ser aprovada no concurso atual, ainda vai demorar para que a primeira mulher se torne de fato uma oficial combatente. Isso porque a formação começa na condição de aluna, que dura um ano, a partir de 2017. Se aprovada, ela tem ingresso assegurado na Academia Militar das Agulhas Negras, na condição de cadete, continuando o aprendizado por mais quatro anos. Durante sua formação, a jovem recebe alojamento, alimentação e fardamento por conta do Exército, além dos proventos previstos em lei. Participa, também, de operações militares, mas apenas da área de especialização que escolher seguir. Elas terão direito a apenas duas opções: quadro de material bélico ou serviço de intendência, diferentemente do cadete homem, que, além dessas duas opções, ainda pode optar por infantaria, cavalaria, artilharia, engenharia e comunicações. A formação como oficial combatente deverá ser completada somente no ano de 2.021. 

O concurso 
Para concorrer é preciso ter nível médio completo, idade entre 17 e 22 anos e ter altura mínima de 1,55m (mulheres) e 1,60m (homens). As inscrições podem ser feitas até 28 de junho, pelo site
www.espcex.ensino.eb.br. A taxa custa R$ 90. O concurso vai aplicar exame intelectual nos dias 10 e 11 de setembro (com questões de português, redação, física, química, matemática, geografia história e inglês) comprovação de requisitos biográficos, inspeção de saúde e exame de aptidão física. A matrícula no curso de formação está prevista para 18 de fevereiro de 2017.

Temer exonera diretores e secretários executivos de ministérios

O Diário Oficial da União também traz exonerações de assessores e secretários dos ministérios da Fazenda e da Cultura e da Secretaria de Governo

 Crédito: Bruno Peres/CB/D.A Press - 04/06/2014

O presidente interino Michel Temer exonerou nesta terça-feira (17/5) diretores e secretários executivos de diversos ministérios. As exonerações estão publicadas na edição desta terça-feira (17) do Diário Oficial da União.

No Ministério da Justiça, foi exonerado do cargo de secretário executivo Marivaldo de Castro Pereira; na Educação, Luiz Cláudio Costa; na Secretaria de Governo, Luiz Antonio Alves de Azevedo; no Desenvolvimento Agrário, Maria Fernanda Ramos Coelho; no Meio Ambiente, Carlos Augusto Klink; na Secretaria de Aviação Civil, Guilherme Walder Mora Ramalho, e no Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Francisco Gaetani.

Tiveram a exoneração publicada também o presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Francisco de Castro Mucci, conhecido como Francisco Bosco e os presidentes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Maria Lúcia de Oliveira Falcón; da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Ricardo Pereira Melo; e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Newton Lima Neto.



O Diário Oficial da União também traz exonerações de assessores e secretários dos ministérios da Fazenda e da Cultura e da Secretaria de Governo.

Nomeações
Dyogo Henquirre de Oliveira foi nomeado para o cargo de secretário executivo do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, pasta sob o comando de Geddel Vieira. Oliveira era secretário-executivo do ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa. Ocupou esse cargo, o segundo na hierarquia dos ministérios, também durante a passagem de Barbosa pelo Planejamento. Ele é servidor público da carreira de especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental.

Outra nomeação é a de Carlos Henrique Menezes Sobral para o cargo de chefe de gabinete do ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Eliseu Padilha. Sobral era assessor especial do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e foi diretor do Departamento de Programas Regionais de Desenvolvimento do Turismo do Ministério do Turismo, em 2013.

Mais exonerações:

Ministério da Fazenda:
Ramiro Alves da Silva, do cargo de assessor especial do ministro

Secretaria de Governo:
Maria de Fátima Gouveia Maciel, do cargo de assessora do Gabinete
Danilo Gennari de Souza, do cargo de subchefe de Assuntos Parlamentares
Olmo Borges Xavier, do cargo de subchefe de Assuntos Federativos
Carlos Leony Fonseca da Cunha, do cargo de secretário especial da Micro e Pequena Empresa

Ministério da Cultura:
Alexandre de Souza Santini Rodrigues, do cargo de diretor da Cidadania e da Diversidade Cultural da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural
Eduardo Mattedi Furquim Werneck, do cargo de diretor do Sistema Nacional de Cultura e Programas Integrados da Secretaria de Articulação Institucional
Gabriel Portela Saliés, do cargo de assessor especial do ministro
Guilherme Rosa Varella, do cargo de secretário de Políticas Culturais
Helenise Ribeiro Caldeira Brant, do cargo de assessora especial do ministro
Juana Nunes Pereira, do cargo de secretária de Economia Criativa
Pedro Azevedo Vasconcellos, do cargo de diretor de Estudos e Monitoramento de Políticas Culturais da Secretaria de Políticas Culturais
Randal Farah de Oliveira Leão, do cargo de diretor de Desenvolvimento e Monitoramento da Secretaria de Economia Criativa
Vinicius Gomes Wu, do cargo de secretário de Articulação Institucional


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS
Diversos

Órgãos públicos funcionarão dois dias essa semana em Amambai

Nesta terça-feira (24) é dia da padroeira de Amambai e na quinta o feriado nacional de Corpus Christi.

7ª Festa do Milho da Igreja Batista Central de Amambai

A Igreja Batista Central de Amambai realizou no sábado, dia 21 de maio, a 7ª Festa do Milho.

Na ocasião, foram vendidos derivados de milho como pamonha, curau, bolo, espetos, entre outros produtos alimentícios. Os ministérios da igreja se apresentaram durante o evento e foi realizada a segunda edição do festival de danças e coreografias.AN

Produtores Rurais de Amambai, Caarapó e Laguna buscam solução para impedir demarcações de terras

Fonte: Assessoria Sindicato Rural de Amambai

A reunião foi realizada no Pavilhão de Eventos do Parque de Exposições de Caarapó, na quarta-feira (18) / Foto: Assessoria

 Centenas de produtores rurais de todo o Cone Sul de Mato Grosso do sul participaram no dia 18 de maio de uma reunião para tratar das últimas portarias publicadas pela FUNAI (Fundação Nacional do Índio) que reconhecem como áreas indígenas 55,6 mil hectares de terras produtivas na região.

A reunião foi realizada no Pavilhão de Eventos do Parque de Exposições de Caarapó no período da manhã e contou com a presença do assessor jurídico da FAMASUL (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Gustavo Passareli, da antropóloga e presidente do Sindicato Rural de Antonio João, Rosely Ruiz, do presidente do Sindicato Rural de Amambai, Ronan Nunes da Silva, e de Caarapó, Antônio Maran, vice-presidente da Famasul, Nilton Pickler, autoridades, vereadores e produtores do município de Caarapó e região.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Amambai, Ronan Nunes da Silva, 87 propriedades rurais estão comprometidas com os últimos decretos assinados pela presidente Dilma Rousseff, antes de ser afastada do cargo. As áreas a serem demarcadas abrangem os municípios de Amambai, Caarapó e Laguna Carapã.

O assessor jurídico da FAMASUL, Gustavo Passareli, explicou as questões jurídicas que envolvem o processo demarcatório e tirou as dúvidas dos produtores rurais presentes. De acordo com Passareli os proprietários que estão com terras comprometidas com as novas portarias da FUNAI têm 90 dias para apresentar defesa administrativa para a FUNAI. Esse prazo de defesa teve início na publicação das portarias, datada no dia 13 de maio.

Presidente do Sindicato Rural de Amambai, Ronan Nunes da Silva 
Foto: AssessoriaPresidente do Sindicato Rural de Amambai, Ronan Nunes da Silva 
Foto: Assessoria

O presidente do Sindicato Rural de Amambai lamenta a situação e afirma que a economia do município e de toda região está gravemente comprometida, destacando que se essas terras forem tiradas dos produtores que estão há anos produzindo, o resultado pode ser devastador. São mais de 50 mil hectares que deixarão de produzir. Em Amambai, são 20 mil hectares envolvidos, que incluem as terras produtivas das fazendas Brida, Janaína e Cascavel. Nas outras regiões, diversas propriedades rurais e assentamentos estão comprometidos.

Produtores rurais estão em estado de alerta e exigem soluções para que não sejam impedidos de produzir. De acordo com informações divulgadas pela Frente Parlamentar Agropecuária, o presidente em exercício, Michel Temer, se comprometeu a rever todas as ações do governo da presidente afastada a partir do dia 1º de abril, data em que a Dilma Rousseff assinou 21 atos para desapropriar 56 mil hectares de terras.

O Sindicato Rural de Amambai informa que está a disposição de todos os produtores rurais que queiram tirar dúvidas sobre o processo demarcatório. O telefone para contato é 3481.1093.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

cafe da manhã
Diversos

Capital de MS e municípios terão picos de frio e possibilidade de geada

Meteorologista diz que temperaturas devem voltar a subir na quarta (25).
Se temperatura ficar abaixo de 5°C haverá geada, segundo meteorologista.Céu de Campo Grande neste domingo (22) (Foto: Gabriela Pavão/ G1 MS)

Campo Grande e outros municípios de Mato Grosso do Sul terão "picos" de frio até a próxima quarta-feira (25), quando as temperaturas devem subir. A informação é do meteorologista Natálio Abraão, que ressaltou que os casacos farão parte da rotina esta semana. "A temperatura já está caindo, estamos com 14° C na capital neste momento e diversos municípios em declínio. Em Ponta Porã, por exemplo, terá menos de 10° C durante esta noite e madrugada", afirmou ao G1 o meteorologista.

Ainda conforme Abraão, haverá "picos" e as menores temperaturas ocorrerão na terça (24). "Se a temperatura ficar abaixo de 5° C em Ponta Porã e Amambaí existe a possibilidade de geada. Na quarta-feira, ela começa a aumentar gradualmente e assim ocorrerá em todo o estado. Em Campo Grande, na noite de segunda para terça, teremos de 6° a 7° C. No Sul do estado, podemos ter 4° C a 5° C em Corumbá", explicou.

Já na região norte do estado, municípios como Pedro Gomes terão uma temperatura de 12° C a 13° C, de acordo com o meteorologista.

Polícia Federal deflagra a 29ª etapa da Lava Jato no DF e em dois estados

Ex-assessor do Partido Progressista João Cláudio Genu é um dos presos. 
Lava Jato investiga um esquema bilionário de lavagem de dinheiro.

 Polícia Federal (PF) está nas ruas para cumprir mandados referentes à 29ª fase da Operação Lava Jato desde a madrugada desta segunda-feira (23) em Brasília, Recife e Rio de Janeiro. Ao todo, foram expedidos seis mandados de busca e apreensão, um de prisão preventiva e dois mandados de prisão temporária. A ação foi batizada de "Repescagem".

A prisão preventiva é contra João Cláudio Genu. Ele foi preso em Brasília. Também estão sendo cumpridos dois mandados de busca na casa e no apartamento dele.

A PF informou que Genu foi assessor do ex-deputado federal José Janene e tesoureiro do Partido Progressista (PP). Ele foi investigado e condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo do mensalão do PT. Na Operação Lava Jato, Genu é suspeito de distribuir dinheiro oriundo do esquema de corrupção que atuou na Petrobras a políticos do PP. Em julho de 2015, a força-tarefa da Operação Lava Jato já havia cumprido mandado de busca e apreensão na casa do ex-assessor.

"Foi, juntamente com o deputado, denunciado na Ação Penal 470 do STF (Mensalão), acusado de sacar cerca de um milhão e cem mil reais de propinas em espécie das contas da empresa SMP&B Comunicação Ltda., controlada por Marcos Valério Fernandes de Souza, para entrega a parlamentares federais do Partido Progressista, no escândalo criminal conhecido vulgarmente por Mensalão", disse a PF.

A PF declarou ainda que surgiram elementos probatórios que apontam a participação do investigado no esquema de corrupção na Petrobras. "As investigações apontam que ele continuou recebendo repasses mensais de propinas, mesmo durante o julgamento do mensalão e após ter sido condenado, repasses que ocorreram pelo menos até o ano de 2013".

Lucas Amorim Alves teve um mandado de prisão temporário expedido. A PF também cumpre dois mandados de busca na casa e no escritório dele. 

A outra prisão temporária é contra Humberto do Amaral Carrilho. Ele foi preso no Recife.

Os policiais também cumprem um mandado de busca e apreensão na casa de Antônio Gontijo de Rezende, também no Recife.

O G1 tenta contato com os advogados dos investigados.

A prisão temporária tem prazo de cinco dias e pode ser prorrogada pelo mesmo período ou convertida em preventiva, que é quando o investigado fica preso à disposição da Justiça sem prazo pré-determinado.

MANDADOS CUMPRIDOS ATÉ AS 7H55:
Prisão preventiva - João Cláudio Genu
Prisões temporárias - Lucas Amorim Alves e Humberto do Amaral Carrilho.

28ª fase 
A 
28ª fase, batizada de "Vitória de Pirro", foi deflagrada no dia 12 de abril. A investigação focou na cobrança de propinas para evitar convocação de empreiteiros em comissões parlamentares de inquérito sobre a Petrobras em 2014 e 2015.

Foram presos o ex-senador Gim Argello, o assessor dele Paulo Cesar Roxo Ramos e o secretário-geral da Câmara Legislativa do Distrito Federal Valério Neves Campos. Os dois últimos tiveram a prisão temporária vencida e foram soltos.

Gim cumpre mandado de prisão preventiva e está detido no Complexo Médico-Penal, em Pinhais. Paulo Roxo também está detido no complexo médico.

Gim, à época, era membro da CPI no Senado e vice-presidente da CPMI, da Câmara e do Senado. Ele foi senador entre 2007 e 2015

O nome dele apareceu nas delações do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) e do dono da UTC, Ricardo Pessoa. OMinistério Público Federal (MPF) diz que há evidências de que o ex-senador pediu R$ 5 milhões em propina para a empreiteira UTC Engenharia e R$ 350 mil para a OAS. As duas empresas são investigadas na Lava Jato.


Polícia apreende 1,5 tonelada de maconha em fundo falso de caminhão

Carga seria levada do Mato Grosso do Sul para venda em São Paulo.
Droga foi apreendida BR-116 em Barra do Turvo, SP.

 

Droga estava escondida em fundo falso de caminhão  (Foto: Rinaldo Rori / TV Tribuna)

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiu interceptar uma carga de quase 1,5 tonelada de maconha que seria entregue à uma quadrilha na capital paulista. A droga estava escondida dentro de um fundo falso de uma carreta e era transportada por um caminhoneiro que seguia pela rodovia Régis Bittencourt (BR-116).

A apreensão aconteceu por volta das 23h do último sábado (21), na altura da cidade de Barra do Turvo, na região do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.

Apreensão foi feita no posto da PRF de Barra do Turvo, SP (Foto: Rinaldo Rori / TV Tribuna)Apreensão foi feita no posto da PRF de Barra do
Turvo, SP (Foto: Rinaldo Rori / TV Tribuna)

Segundo a polícia, o motorista afirmou que era dono da droga e transportava os entorpecentes da cidade de Amambaí, no Mato Grosso do Sul, até a cidade de São Paulo. O trajeto, porém, incluia uma passagem por Curitiba, capital paranaense. A carreta tinha placas da cidade de Toledo, também no Paraná.

Nervoso
Durante a abordagem no posto da PRF, os agentes desconfiaram do "nervosismo excessivo" do motorista e decidiram investigar melhor. "Verificamos um nervosismo em excesso, o que levantou suspeita de que poderia ter algo errado. Resolvemos conferir e encontramos um orifício na parte inferior onde estava a droga", destacou o policial Luiz Otávio de Oliveira.

O fundo falso de cerca de 20 centímetros de altura ocupava toda extensão do veículo. Segundo os policiais, a maneira como o esconderijo foi construído indica justamente que o caminhão era usado com frequência para o transporte de drogas. Nenhum tipo de carga, além da droga escondida, era levada pelo motorista.

Segurança
Como se trata de uma grande quantidade de droga, todo entorpecente foi separado e lacrado pelos policiais e levado para um local seguro. Já o motorista de 36 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas e, se condenado, poderá cumprir pena de cinco a 15 anos de prisão.

Tijolos estavam escondidos ao longo da carroceria do caminhão (Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação)Tijolos embalados estavam escondidos ao longo da carroceria (Foto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgaçã

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

LIDERABÇA
Diversos

Renan tenta convencer Simone a aceitar liderança do governo de Michel Temer

Senadora ainda está resistindo à ideia de assumir a função

Presidente do Senado, Renan Calheiros acionou parlamentares do PMDB para tentar convencer a senadora Simone Tebet a mudar de ideia e aceitar assumir a liderança do governo Michel Temer na Casa. Até o momento, a senadora estaria recusado a função, mas Renan e aliados trabalham para obter o ‘sim’ de Simone e, então, apresentar o nome dela para chancela do presidente em exercício. O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), deverá conversar com Temer, a quem é ligado, sobre a escolha de Renan para a liderança.

Para o grupo de Renan é estratégico emplacar um peemedebista no posto. Embora o discurso público seja o de que a indicação para o posto cabe a Temer,  o presidente do Senado e seus aliados têm dado sinais de que gostariam de ver um integrante da legenda no cargo. O maior receio é de que outros partidos da nova base aliada garantam maior acesso a Temer nas negociações, caso não emplaque o líder do governo na Casa. Aliados do presidente do Senado consideram que PP e PSDB já foram bem contemplados no Ministério.

(*) A reportagem, de Zana Zaidan, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIM DE TARDE
Diversos

Giroto, Amorim e outros dois presos da Lama Asfáltica ficam sem visitas

Eles estão presos no Centro de Triagem, na máxima da Capital

Os empresários João Amorim e Flávio Henrique Garcia, o ex-deputado federal Edson Giroto e ex-diretor da Agesul Wilson Roberto Mariano, presos na segunda fase da Operação Lama Asfáltica, denominada Fazendas de Lama, ainda não podem receber visitas na prisão. Eles estão no Centro de Triagem, no complexo do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande desde a última segunda-feira (16), onde o dia de visita é sempre aos domingos.

Kênia Fontoura, advogada de Edson Giroto de sua esposa, Rachel Giroto, que cumpre prisão domiciliar e do empresário Flávio, afirmou que Giroto e Flávio não irão receber visitas por que não foi feito a carteirinha necessária até o momento. “Tem toda uma burocracia e alguns critérios que precisam cumprir para se fazer a carteirinha e não houve tempo hábil para isso”, disse a defensora.

O advogado de Wilson Roberto Mariano, mais conhecido como Beto Mariano, Carlos Henrique Oliveira, também confirmou que seu cliente não receberá visitas por falta do documentos e pessoas para pedirem. “De fato, não foi feito a carteirinha e tem toda uma burocracia para isso. Outro detalhe é que este documento só é solicitado e liberado para parente de primeiro grau, sendo sua única filha Mariane Mariano, que está em prisão domiciliar e sua esposa, que está ajudando a filha nos cuidados dos filhos. Mariane, que mora em Campo Grande, tem um filho de 1 mês e outro de pouco mais de um ano. A mãe de Beto mora em outro estado”.

A reportagem tentou contato com o advogado de João Amorim, Benedito Figueiredo, mas as ligações não foram atendidas.

Habeas Corpus

Sobre o pedido de HC (Habeas Corpus), para a soltura dos envolvidos, a advogada de Giroto, sua esposa e Flávio, afirmou que já foi feito o pedido, mas não obteve resposta até o momento. Carlos Henrique, que faz a defesa de Beto Mariano e sua filha disse que ainda não solicitou, mas irá fazer na próxima semana. O TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) já analisa o pedido de HC de João Amorim, sua filha Ana Paulo Amorim Dolzan, que está em prisão domiciliar em Porto Alegre e de Elza Cristina, sua secretária e sócia.

O Diretor-Presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Ailton Stropa, disse que eles estão liberados para receber visitas, mas tem que ter a carteirinha. “Eles estão liberados para receber visita, mas é necessário ter a carteirinha. Se tiverem vão poder receber normalmente. Não tenho conhecimento se já foi feito as carteirinhas, mas são rápidas para serem feitas”.

Operação

Esta segunda fase da operação Lama Asfáltica bloqueou pouco mais de R$ 43 milhões em bens de 24 pessoas, apreendeu dois aviões, um do empreiteiro João Amorim e outro do empresário João Baird, e encontrou na casa dos acusados US$ 10 mil em espécie e um montante em real que ainda está sendo contabilizado pelos agentes da Polícia Federal.

A ação, que envolveu 201 policiais federais, 28 da Controladoria Geral da União e 44 da Receita Federal cumpriu 28 mandados de busca e apreensão e 15 mandados de prisão temporária, bem como 24 mandados de sequestro de bens dos investigados, dentre eles imóveis rurais e urbanos e contas bancárias.

De acordo com o superintende da PF, Ricardo Cubas, do montante de R$ 195 milhões em obras da gestão Puccinelli, na 1ª fase da operação foram identificados desvios de R$ 11 milhões e nesta 2ª fase, mais R$ 33 milhões que teria sido desviados, um total de R$ 44 milhões. Segundo a Polícia, pelo menos 23% de cada empreendimento era desviado pelo grupo, classificado de organização criminosa pela Polícia. (Colaborou Geisy Garnes)

Jovem morre com faca cravada no peito ao se negar a reatar relacionamento com ex

Vítima tinha 21 anos e foi assassinada na frente do primo

 Portal Rádio News/IlustraçãoPortal Rádio News/Ilustração
Ellen Emília de Oliveira Lima, de 22 anos, foi assassinada na noite desse sábado na Avenida Aquidauana, próxima da Praça do Peixe, na região central de Bataguassu, distante 335 quilômetros de Campo Grande. A vítima foi morta após se negar ao voltar com o ex-marido Lucas Santana da Silva, de 22 anos. 

Conforme o boletim de ocorrência, o casal havia se separado na última sexta-feira (20), depois que Ellen descobriu que havia sido traída. Na noite desse sábado (21), por volta das 23h40, a vítima, a sobrinha e o primo estavam na praça, quando Silva chegou pedindo para reatar a relação.

Segundo os relatos, Ellen se recusou a falar com o ex-marido, que insistiu e a ameaçou. A vítima tentou acionar a polícia, mas foi impedida pelo suspeito. Ela entregou o celular para a sobrinha, pediu que a menina chamasse a polícia. 
Pouco depois de tentar pedir socorro, Ellen foi esfaqueada na frente do primo.

O suspeito atingiu o peito da vítima e fugiu em uma moto. A faca ficou cravada e ela teve de ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros. A vítima foi levada para a Santa Casa de Bataguassu, no entanto, não resistiu ao ferimento.

A faca foi apreendida e entregue na Delegacia de Polícia de Bataguassu. Horas depois de matar da ex-mulher, Silva foi preso em flagrante, em Ribas do Rio Pardo, por feminicídio.

Carreta colide em carros de passeio e deixa três feridos na BR-163

Vítimas foram levadas para a Santa Casa na Capital

Um acidente entre uma carreta e dois veículos de passeio deixou três pessoas feridas na manhã deste domingo, no km 539 da Br-163, próximo de Bandeirantes, na região norte do Estado.  

Conforme informações da CCR MSVia, o motorista da carreta colidiu em uma Hilux. Um veículo de passeio que seguia atrás da camionete também foi atingido. 

O acidente deixou o trânsito congestionado na região e alguns motoristas desistiram de seguir viagem. "Eu estava indo para Chapadão do Sul e decidi voltar porque estava um congestionamento imenso", relata o advogado Matheus Maran, de 27 anos. 

As vítimas foram socorridas e encaminhadas para a Santa Casa de Misericórdia, em Campo Grande. O Estado de saúde das vítimas não foi detalhado, no entanto, elas não correm risco de mor


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FATOS & FOTOS
Diversos

 Esta sendo erguido o PARQUE DO PANDUÍ, que vai valorizar a VILA LIMEIRA e administração SERGIO BARBOSA.Esta obra vai rivitalizar a área do PANDUÍ, ONDE FUNCIONAVA UMA  USINA HIDRÓELÉTRICA, principalmente SALVAR O RIO PANDUÍ,  abandonado pela SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE...

ZECA DO PT

Em Anastácio e Aquidauana encerramos a agenda deste sábado. Reunião com nossos dirigentes discutindo o momento político e nossos desafios para este ano.

BRASILEIRA AMA NOVELAS

LINDA FESTA DE ANIVERSARIO DA EDUARDA.PARABENS PRINCESA

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

SENADO
Diversos

Senado define na terça-feira novo cronograma do processo de impeachment de Dilma

A segunda etapa do processo contra a presidenta afastada Dilma Rousseff no Senado começa nesta terça-feira (24) com a apresentação do plano de trabalho do relator da Comissão Especial do Impeachment, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).

Até agora, já foi dado prazo de 20 dias, que terminam no dia 31 de maio, para que a presidenta afastada apresente uma nova defesa por escrito. Chamada de pronúncia, é nesta fase que também são juntadas ao processo todas as provas consideradas importantes por acusação e defesa. Pode haver ainda audiência de testemunhas, diligências e debates entre a acusação e a defesa.

A partir daí, um novo relatório será elaborado por Anastasia, votado na comissão e depois no plenário da Casa. Assim como na fase de admissibilidade, de novo, em ambas as votações (na comissão e no plenário), será exigida maioria simples, ou seja, metade mais um dos senadores presentes a sessão. Se aprovado o relatório no plenário, após 48 horas, será marcado o último julgamento que pode tirar definitivamente a presidenta Dilma do cargo.

A Comissão Especial do Impeachment continua a ser presidida pelo senador Raimundo Lira (PMDB-PB), mas caberá ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, atuar como presidente dos dois julgamentos que ainda podem ocorrer no plenário do Senado sobre o caso. Lewandowski também dará a palavra final sobre questões de ordem apresentadas na comissão, mas que forem objeto de recurso no plenário da Casa.

Lewandowski já tem uma sala de apoio para trabalhar na 1º vice-presidência do Senado, porém deve continuar despachando do Supremo. Ao assumir essa função no Senado, em 12 de maio, mesmo dia em que o plenário da Casa aceitou a admissibilidade do processo que resultou no afastamento temporário de Dilma, o ministro afirmou que os juízes são os senadores e que ele atuará como um órgão recursal. O presidente do STF disse ainda que os procedimentos a serem seguidos são baseados no processo deimpeachment do presidente Fernando Collor, em 1992.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ACIDENTE
Diversos

Reprodução/YouTube

Brasiliense Pedro Piquet se envolve em acidente assustador na Áustria

Piquet escapou do ocorrido sem ferimentos. Outros dois pilotos se envolveram no acidente que marcou a primeira etapa da Fórmula 3 Europeia, na Áustria

 

Filho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet, Pedro Piquet se envolveu em um perigoso acidente na abertura da Fórmula 3 Europeia, neste sábado (21/5), em Spielberg (Áustria). Após rodar na caixa de brita e voltar para a pista, o carro do americano Ryan Tveter foi atingido com violência pelo chinês Peter Li Zhi Cong, a mais de 200 km/h. Após o impacto, Tveter acabou se colidindo com o carro de Piquet. Felizmente, o brasiliense escapou do ocorrido sem ferimentos.

Após o acidente, Piquet, da equipe holandesa Van Amersfoort, largou dos boxes na segunda corrida realizada neste sábado, na Áustria. Tveter passou por checagens rotineiras e foi liberado do hospital. Já o chinês Zhi Cong sofreu múltiplas fraturas na vértebra e escoriações, de acordo com o Globoesporte.com.

Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 40 milhões na quarta

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.820 da Mega-Sena, cujo sorteio foi realizado na noite deste sábado, dia 21 de maio, em São Paulo.

Veja as dezenas: 03 – 19 – 23 – 27 – 40 – 45.

A quina teve 182 apostas ganhadoras, e cada uma vai levar R$ 17.522,94. A quadra teve 9.333 apostas ganhadoras, e cada uma vai ganhar R$ 488,15.

A estimativa de prêmio para o próximo concurso, que será no dia 25, é de R$ 40 milhões, segundo a Caixa Econômica Federal.

As apostas podem ser feitas até as 19 horas (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Dilma monta gabinete da “pronta resposta”
Diversos

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Desde que deixou o Palácio do Planalto, há dez dias, Dilma Rousseff montou o gabinete virtual da “pronta resposta” para despachar. É ali, em sua página no Facebook e no Twitter, que a presidente afastada rebate os anúncios e medidas tomadas por ministros da gestão de Michel Temer, chamada por ela apenas de “governo provisório”.

Tudo funciona no Palácio da Alvorada, transformado em sede da resistência ao impeachment, a seis quilômetros do Planalto. A estratégia é coordenada pelo ex-ministro da Secretaria de Governo Ricardo Berzoini, que faz a “ponte” entre o PT, Dilma e seu padrinho político, Luiz Inácio Lula da Silva.

Depois de tomar café na “dimensão humana” do Alvorada, como batizou a parte superior do Palácio, a presidente afastada despacha na biblioteca, no térreo. “Desço, subo, desço”, conta ela, quando explica por que o Alvorada, apesar da bela arquitetura de Oscar Niemeyer, não é aconchegante.

No gabinete virtual, Dilma atua como uma espécie de “consciência crítica” do governo Temer, respondendo até a perguntas de internautas. Auxiliares dizem que ela está mais “leve” e implica menos com o barulho das emas. Vive só com a mãe, Dilma Jane, de 92 anos, e sente saudade da filha Paula e dos dois netos, que moram em Porto Alegre. “Meninos são sempre mais ingênuos, coitadinhos. As meninas são vivas, maquiavélicas”, diz.

À noite, gosta de escrever. Faz registros sobre sua rotina e já avisou aos mais próximos que vai preparar um livro. “Sou uma escrevinhadora”, brinca Dilma, aos 68 anos.

Na terça (17/5), após receber o jornalista americano Glenn Greenwald para uma entrevista, ela foi surpreendida por um pedido de abraço de uma integrante da equipe que, ao se aproximar, chorou. “Não chora não, menina! Ainda não acabou. Nós vamos lutar. Quando eu saí da cadeia, achei que tinha parado de lutar, mas olha aí…”, comentou a presidente afastada.

Caminhada
Seguidora da dieta Ravenna, Dilma chegou a emagrecer 17 quilos, mas já engordou dois. Não anda mais todo dia de bicicleta e até emprestou uma delas ao ex-chefe da Advocacia-Geral da União (AGU) José Eduardo Cardozo. No lugar das pedaladas – não fiscais -, faz 45 minutos de caminhada bem cedo, dentro do Alvorada.

“Agora sou eu que vou e volto do Alvorada de bicicleta”, afirmou Cardozo, hoje advogado da petista. O ex-ministro, que também foi titular da Justiça, disse ter ficado “espantado” quando viu seu sucessor na AGU, Fábio Medina Osório, declarar que vai apurar possível “desvio de finalidade” cometido por ele ao classificar o impeachment como “golpe”. “Cercear a liberdade do advogado na condução da defesa é algo que não vi nem na ditadura militar.”

Pouco depois de sair do Planalto, ao lado de Lula, Dilma já queria saber como a imprensa internacional abordava o impeachment. Considerou a repercussão favorável e ficou emocionada quando, na terça-feira, a equipe do filme brasileiro Aquarius – com a atriz Sônia Braga à frente – protestou, no Festival de Cannes, durante a sessão de gala que exibiu o longa-metragem. Os atores seguraram cartazes com dizeres como “Um golpe está acontecendo no Brasil”, “54 milhões de votos foram queimados” e “O Brasil não é mais uma democracia”, escritos em inglês e francês.

“Fiquei com a alma lavada”, resumiu ela, em conversa com políticos que a visitaram, semana passada. Na lista estava o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Dilma criticou as “trapalhadas” de Temer. “E agora vão dizer que há um rombo muito maior nas contas”, previu. Ela repetiu o discurso em encontro com blogueiros, na sexta-feira, em Belo Horizonte, depois que o novo governo anunciou um vermelho de R$ 170,5 bilhões. “Vou lutar no Senado e no Judiciário para me defender. Não vou ficar presa dentro do Alvorada”, disse a presidente que um dia quis ser bailarina.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

TENTATIVA DE HOMICIDIO
Diversos

Ana Hickmann sofre tentativa de homicídio em hotel de Minas Gerais

Ana Hickmann sofreu uma tentativa de homicídio na tarde deste sábado (21), em um hotel em Belo Horizonte (MG). Um homem chamado Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, invadiu o quarto onde ela estava hospedada e tinha intenção de atirar na apresentadora, segundo informações da Polícia Militar. Ele se dizia fã de Hickmann e foi morto pelo cunhado da artista.

“Um fã teria se aproximado, atirado e uma assessora de Ana Hickmann foi baleada, levada ao hospital Biocor e passa bem. Ana não foi atingida”, informou um tenente da Polícia Militar de Belo Horizonte à repórter do “Brasil Urgente”, da Band. Um major disse que o atirador hospedou-se no 13º andar do mesmo hotel.

O “Cidade Alerta”, da Record, informou que a cunhada e assessora de Ana Hickmann, Giovana Oliveira, levou dois tiros, um no abdome e outro no braço. Ela realizou um procedimento cirúrgico que durou cinco horas.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o atirador estava no corredor do 9º andar do hotel, abordou o cunhado de Ana Hickmann, Gustavo, e o levou até o quarto. O suposto fã fez a apresentadora, o cunhado e sua mulher de reféns e obrigou os três a se sentarem de costas para ele, informou o programa da Band.

Em seguida, o indivíduo começou a destratar a vítima com palavras pejorativas e de baixo calão. O cunhado, Gustavo, levantou-se e foi em direção ao criminoso, Rodrigo, que efetuou dois disparos em Ana Hickmann, mas os tiros feriram a assessora, informou o Boletim de Ocorrência.

Segundo o boletim, “as vítimas saíram correndo do apartamento, e Gustavo entrou em luta corporal, conseguindo desarmar o agressor”.

Ana Hickmann irá ao hospital saber o estado de saúde da assessora e, em seguida, deverá prestar depoimento no 22º Batalhão da Polícia Militar.

“As pessoas –inclusive eu– ficaram comovidas após a notícia, que chegou através da dona do showroom”, disse o profissional encarregado pelas fotos do evento em entrevista à reportagem da Band.

O “Brasil Urgente” também informou a resposta do hotel Caesar Business, na zona sul de Belo Horizonte, onde Ana estava hospedada. Ela lançaria sua coleção de roupas na cidade. “Em comunicado, o hotel lamenta que no local Ana tenha sido vítima de ataque de um suposto fã”.

Repercussão

Nas redes sociais, famosos e colegas de Ana Hickmann na Record repercutiram o atentado sofrido pela apresentadora e desejaram melhoras para a cunhada dela.

A ex-BBB Ana Paula Renault disse que o incidente ocorreu ao lado de sua antiga residência e desejou melhoras à cunhada da apresentadora do “Hoje em Dia”.”Senhor do bom Jesus! Ao lado da minha antiga residência. Que horror… Orando pela cunhada da Ana Hickmann”, disse a ex-BBB.

Mariana Leão, ex-apresentadora do “Hoje em Dia” e atualmente no “Melhor Pra Você”, da RedeTV!, desesperou-se com a notícia sobre a ex-colega. “Estou chocada com a notícia terrível da tentativa de homicídio contra a Ana. Qu

e mundo é esse? Quanta maldade! Aninha, Deus está com você”, escreveu no Instagram.

No Twitter, Luciana Gimenez resumiu sua indignação pelo ataque sofrido por Hickmann: “Passada”.

Colega de Ana Hickmann no “Hoje em Dia”, César Filho lamentou o atentado contra a apresentadora no Instagram: “Ana e toda a equipe não mereciam passar por um momento tão triste e terrível. Estamos em oração para que tudo termine bem”.

Na mesma rede social, Renata Alves, que também apresenta o “Hoje em Dia”, publicou uma mensagem de fé para Ana: “Força minha amiga! A minha família está orando pela sua”.

Ticiane Pinheiro, do “Hoje em Dia”, divulgou nas redes sociais seu apoio à apresentadora: “Amiga Ana Hickmann, você sempre foi para mim um exemplo de força e determinação. Desejo que você busque toda sua fé e força para se recuperar logo deste episódio traumático e assustador. Deixo aqui também toda minha solidariedade, apoio e carinho aos seus cunhados. Contém sempre comigo”.

Comunicado

A Record enviou um comunicado à imprensa, no qual se solidariza com a apresentadora Ana Hickmann.

“Neste sábado, dia 21/05, a apresentadora do programa Hoje em Dia, Ana Hickmann, foi vítima de um atentado em um hotel de Belo Horizonte . Um homem armado conseguiu entrar no quarto em que ela estava hospedada e efetuou disparos. Ana não foi atingida. Os tiros atingiram a cunhada de Ana, Giovana Oliveira, que foi socorrida e levada para um hospital da capital mineira.

Ana Hickmann e seu cunhado, Gustavo Correa, estão bem.

Neste momento, a Record deseja a mais rápida recuperação de Giovana e informa que Ana, apesar de tudo o que aconteceu, está se recuperando desta absurda situação.”

INSTAGRAM/REPRODUÇÃO

Em uma imagem, Rodrigo diz que Ana Hickmann é “meu Sol, minha luz, minha princesa, meu amor, minha paixão, mulher da minha vida… Eu te amo e te amarei mesmo depois do fim… Quando não houver mais vida na Terra, e as estrelas, os planetas e todo Universo se transformem em nada”. Além disso, nas fotos do Instagram, Rodrigo postava comentários sobre o desejo que tinha pela apresentadora. Várias fotos expõe conteúdo sexual. Há inclusive textos com frases pornográficas.

Entenda
Rodrigo entrou no hotel em que Ana Hickmann estava, em Belo Horizonte, rendeu o cunhado dela Gustavo Oliveira e o levou para quarto onde estava Ana, o marido Alexandre Côrrea e a assessora Giovana Oliveira. O criminoso Rodrigo Augusto de Pádua obrigou todos a se sentarem na cama de costas para ele. O individuo começou a gritar palavras pejorativas para a apresentadora. Neste momento, Gustavo levantou e andou na direção de Rodrigo, quando ele disparou duas vezes. Um deles acertou Giovana.

Facebook/ReproduçãoFACEBOOK/REPRODUÇÃO

Gustavo, o cunhado, entrou em luta corporal com o agressor com a ajuda de Alexandre, o marido de Ana Hickmann. Logo depois, mais um tiro foi ouvido. Não se sabe ainda se o bandido se matou ou se Gustavo ou Alexandre atiraram nele.

O irmão de Rodrigo Helisson Augusto de Pádua em entrevista às emissoras de televisão em frente ao hotel, disse que ele vendeu tudo em Juiz de Fora (MG) e foi para Belo Horizonte. Além disso, descobriram no celular de Rodrigo que ele mandava várias mensagens pelo Instagram para Ana Hickmann. “Meu irmão nunca teve nenhuma doença, vivia dentro de casa. Descobrimos há pouco tempo que ele era fã dela. Ele dizia que a amava e que era recíproco”, disse.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GIROFLEX
Diversos

DOF encontra veículo com quase 400 kg de maconha próximo da Fazenda Campanário

 

Foto: DOF/Dourados

Uma equipe do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) durante patrulhamento na MS 156 -  nas proximidades da Fazenda Campanário, região de Laguna Carapã, na manhã desta sexta-feria (20), visualizou  um veículo Jeep Cherokee de cor preta com placas de Curitiba/PR, parado as margens da rodovia.

Sendo que  em vistoria ao veículo os policiais localizaram 300 tabletes de maconha que totalizaram 370 quilos da droga.

O caso foi registrado como achado de entorpecente na delegacia de Caarapó/MS.

 

2016 21h16

Duas adolescentes são apreendidas com maconha dentro de ônibus em MS

 

 

No início da manhã dessa sexta-feira (20), policiais do DOF.

 

Duas adolescentes de 16 anos, moradoras em Rondonópolis/MT, foram apreendidas por uma das equipes operacionais do DOF, transportando 15 tabletes de maconha cada uma, em um ônibus na região de Ponta Porã.

 

O fato ocorreu durante bloqueio policial na BR 463 – Posto Fiscal Pacuri - região de Ponta Porã, sendo abordado para fiscalização de rotina um ônibus que fazia o itinerário Ponta Porã X Campo Grande, sendo que foi localizado na mochila das adolescentes que estavam embaixo da poltrona em que viajavam, 15 tabletes de maconha em cada mochila, que totalizaram 29 quilos da droga. As adolescentes relataram que compraram a maconha em coronel Sapucaia e que iriam revender na cidade de Rondonópolis/MT.

O caso foi registrado como ato infracional (tráfico de drogas) na delegacia de Ponta Porã MS.

(Com informações da DOF)

PRE recupera em Amambai, caminhão roubado no Paraná

Caminhão havia sido roubado em Toledo, mas estava com placas de São Paulo.

A PRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) recuperou na noite desse sábado, 21 de maio, em Amambai, um caminhão roubado há um mês na cidade de Toledo, estado do Paraná.

O caminhão, um Ford Cargo com prata, ficou sem combustível e foi abandonado pelo receptador na altura do quilômetro 10 da Rodovia MS-289, trecho que liga Amambai a Coronel Sapucaia.

Durante a vistoria os policiais encontraram a chave do veículo de carga sobre o pneu dianteiro, lado direito e em checagem descobriu que o caminhão havia sido roubado no dia 26 de abril na cidade paranaense.

Na hora da abordagem o caminhão estava com as placas frias EJX 4553 de Santo André-SP, mas na checagem os policiais descobriram que as placas originais eram de Toledo no Paraná.

O caminhão foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai para serem adotadas as medidas cabíveis.

h30

Homem é assassinado com pedrada na cabeça em rodovia

Dois suspeitos foram presos e confessaram o crime em Ribas do Rio Pardo

Cecílio Ribas Gomes, 52 anos, foi assassinado a pedradas na madrugada deste sábado (21), na BR-262, em Ribas do Rio Pardo. Dois suspeitos foram presos e confessaram o crime.

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia recebeu denúncia anônima informando que dois homens haviam agredido um terceiro próximo à Empresa Maygra. Quando equipe de investigadores se dirigia para o local, avistou dois rapazes com as características informadas pelo denunciante e sujos de sangue,

Ao serem abordados, os suspeitos confessaram o crime, afirmaram terem dado pedradas no rapaz e indicaram o local onde estava o corpo. A vítima foi encontrada deitada de bruços com ferimentos na cabeça. A pedra utilizada na agressão foi encontrada ao lado do corpo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegarem no local os socorristas constataram que a vítima já estava morta.

Os suspeitos foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil do município, onde foram indiciados por homicídio qualificado por motivo fútil e por recurso que dificulte a defesa da vítima e homicídio doloso praticado em concurso de pessoas.

Não foi informado as motivações do crime, que será investigado.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Mulheres contam por que escolheram dizer 'não' à depilação
Diversos

Cera quente, fria, lâminas e cremes depilatórios? Não, obrigada. No Rio, um grupo de mulheres deixou para trás a depilação e garante: prefere seus corpos assim, assumindo todos os pelos, sem dor nem desconforto.

“No começo, eu ficava preocupada com o julgamento das pessoas. Incomodava que as pessoas ligassem isso à falta 

 

A tendência de axilas, pernas ou virilhas peludas – sem regras – tem sido difundida com o auxílio de redes sociais e grupos feministas. Em entrevistas ao G1, adeptas do estilo falaram sobre as vantagens de não se depilar e o efeito de estranhamento que isso ainda causa em algumas pessoas.

A publicitária Julia Senna, de 23 anos, há dois resolveu deixar para trás a depilação. “No começo, eu ficava preocupada com o julgamento das pessoas. Incomodava que as pessoas ligassem isso à falta de higiene”, conta.

“Aos poucos, comecei a me libertar. Olhavam no ônibus e tal e percebi que, sei lá, ninguém tinha nada com isso. Depois usei blusinha em uma festa, depois com os amigos e família. Hoje não existe nenhuma situação que me cause constrangimento”, diz ela, que conta que cerca de 50% das meninas de seu convívio também não se depilam mais.

“Em grupos feministas no Facebook, fui tendo contato com a vivência de outras meninas que faziam o mesmo e percebi como simplesmente natural. Não fico tentando converter amigas nem nada, mas acho que é normal que você acabe naturalizando e aceitando melhor algo que você vê e por isso mais meninas vão aderindo, por ver mais”, opina.

[A estudante Thaís Cordeiro garante: não se sente constrangida com os olhares (Foto: Elisa de Souza/G1)] A estudante Thaís Cordeiro garante: não se sente constrangida com os olhares (Foto: Elisa de Souza/G1)

A estudante de Relações Internacionais, Thaís Cordeiro, de 23 anos, que sempre foi alérgica à cera e à lâmina, conta que estar em grupos feministas também a ajudou a deixar, há mais de um ano, a depilação no passado.

“Sempre senti muita dor, desconforto, além de ser super caro, enfim: um saco. Influenciou bastante ver outras meninas, notei como a minha percepção de mim era totalmente diferente em relação a outras meninas. Eu não só não achava feio no corpo delas, como admirava”, conta ela.

Ela também garante que os olhares curiosos não a deixam constrangida. “Uma vez no aeroporto aqui no Rio, parecia que uma menina ia vomitar quando viu, foi engraçado. Quando percebo que alguém está olhando, faço questão de levantar o braço, me espreguiçar, deixo claro que o desconforto está na pessoa e não em mim”, afirma ela, que conta que foi questionada por amigas e pela família quando decidiu deixar os pelos naturais.

[A publicitária Julia Senna, de 23 anos, já foi hostilizada na praia por conta dos pelos. (Foto: André Emídio)] A publicitária Julia Senna, de 23 anos, já foi
hostilizada na praia por conta dos pelos.
(Foto: André Emídio)

“O que o seu namorado acha disso?”, essa foi a pergunta que a estudante de moda Julia Souza ouviu da avó quando decidiu, em dezembro de 2015, que não iria mais depilar os sovacos. O namorado não se importou nem um pouco. E ela não só gosta como se sente até mais protegida do assédio na rua.

“Uma vez eu estava passando em um bar e um cara ficou chamando de gostosa, falando gracinha. Levantei o braço e foi como um bloqueador de assédio instantâneo, ele ficou com uma cara de nojo e parou de falar na hora. Ótimo”, diz.

Julia Senna, no entanto, teve uma experiência desagradável. “Em janeiro deste ano, eu estava na praia da Barra, com a minha namorada, sem fazer nada, e um cara da barraca do lado começou a gritar, falando ‘olha o seu sovaco, é igual ao meu’. A crítica dele era pelo meu corpo ser como o dele! E ele ficou insistindo nisso, foram três horas dele falando, encarando até que ele resolveu ir embora”, relembra.

Uma vez eu estava passando em um bar e um cara ficou chamando de gostosa, falando gracinha. Levantei o braço e foi como um bloqueador de assédio instantâneo, ele ficou com uma cara de nojo e parou de falar na hora. Ótimo"
Julia Souza,
estudante de moda

A sexóloga e professora da Uerj Regina Moura afirma que o aumento de meninas que vem mantendo seus pelos tem a ver com a discussão feminista estar tão em voga no momento atual. “Há a questão feminista e a retomada de estéticas mais naturais. Por exemplo, boa parcela das meninas negras já não alisam mais o cabelo, assumem seus blacks. Há um movimento de aceitar o corpo como ele é”, diz ela.

“Eu vejo como uma resposta a uma estética imposta, é uma maneira de se colocar no mundo que é diferente, que rompe com aquela imposta pela estética masculina", resume.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CURIOSIDADE
Diversos

Autoridades dos EUA encontram crocodilos 'comedores de gente' na Flórida

Crocodilos-do-nilo foram identificados com testes de DNA; espécie pode ter até 6 metros de comprimento.

 Um dos três crocodilos-do-nilo foram encontrados em um pântano da Flórida. (Foto: BBC)

Autoridades dos Estados Unidos informaram que encontraram crocodilos-do-nilo "comedores de gente" nos pântanos da Flórida. Foram necessários testes de DNA para confirmar que os três animais eram crocodilos de uma espécie invasora.

Diferente dos jacarés comuns na Flórida, esta espécie pode atacar humanos e acredita-se que seja responsável por até 200 mortes por ano em seu habitat na África subsaariana. Especialistas afirmam que é possível que mais destes crocodilos estejam soltos pelos pântanos do Estado americano.

Ainda não se sabe com certeza como eles chegaram aos Estados Unidos. "Eles não nadaram da África (até aqui)", disse Kenneth Krysko, especialista em répteis e anfíbios da Universidade da Flórida.

Krysko disse à agência de notícias Associated Press que é possível que eles tenham sido trazidos de forma ilegal ao país e a pessoa que trouxe não conseguiu manter os crocodilos em um lugar seguro ou pode até ter libertado os animais de forma intencional.

GigantesOs crocodilos foram encontrados na Flórida nos anos de 2009, 2011 e 2014. Os testes de DNA para confirmar que eram crocodilos-do-nilo foram feitos apenas recentemente.

Esta espécie pode chegar até aos seis metros de comprimento, maior do que os jacarés locais que, geralmente, chegam aos quatro metros de comprimento. Estes crocodilos geralmente se alimentam de peixes, aves e mamíferos incluindo humanos. Eles também são conhecidos por atacar rebanhos.

Especialistas em vida selvagem da Flórida temem que espécies de outros países como este crocodilo possam ameaçar o ecossistema do Estado se começarem a se reproduzir nos pântanos do Parque Nacional de Everglades.

Um exemplo foi o da píton birmanesa que foi vista pela primeira vez em Everglades na década de 1980 agora já é uma população estabelecida na Flórida. O crocodilo-do-nilo chega a ter seis metros de comprimento, maior que o jacaré nativo da Flórida

"Tenho duas palavras para você: píton birmanesa. Se você me falasse 15 anos atrás que teríamos uma população destas estabelecida em Everglades, eu não teria acreditado", disse o biólogo Joe Wasilewski.

Espécies de outros países podem causar muitos danos em um ecossistema que não está pronto para recebê-las.

Quando as primeiras pítons birmanesas apareceram na Flórida, elas começaram a se reproduzir muito rápido e mantiveram sua população alta se alimentando da vida selvagem local, que é formada por espécies ameaçadas.

Entre suas presas estavam até os jacarés locais. Agora acredita-se que existam cerca de 30 mil estas cobras na região. E o governo da Flórida até chegou a permitir a caça da píton birmanesa.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CULTURA
Economia

Temer decide recriar Ministério da Cultura; ministro assume na terça

Para reduzir ministérios, ele incorporou setor à Educação. Artistas protestaram.
Ministro será Marcelo Calero, que tinha sido anunciado como secretário.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, informou neste sábado (21) que o presidente em exercício Michel Temer decidiu recriar o Ministério da Cultura (Minc).

O novo ministro será Marcelo Calero, 
anunciado na última quarta (18) como secretário nacional de Cultura. Com a decisão, a Cultura deixa de ser uma secretaria e não ficará mais subordinada ao Ministério da Educação.

Mendonça Filho explicou, em sua conta no microblog Twitter, que a recriação do Ministério da Cultura será feita por meio de Medida Provisória e que a posse do novo ministro será na terça-feira (25). Ainda segundo o ministro, que disse ter conversado com Temer, o compromisso do governo com a cultura é "pleno".

"A decisão de recriar o Minc é um gesto do presidente Temer no sentido de serenar os ânimos e focar no objetivo maior: a cultura brasileira. [...] Com Marcelo Calero vamos trabalhar em parceria para potencializar os projetos e ações entre os ministérios da Educação e da cultura", publicou o ministro na rede social.

À GloboNews, Mendonça disse ainda que a decisão de Temer foi um gesto de "conciliação" do presidente em exercício porque seu objetivo é promover a cultura e a educação.

A decisão de fundir as pastas de Educação e Cultura foi tomada com base no princípio adotado por Michel Temer ao assumir de reduzir o número de ministérios. O corte da Cultura, contudo, foi alvo de críticas por parte da classe artística.

Nesta sexta (20), por exemplo, músicos como Caetano Veloso, Erasmo Carlos, Seu Jorge e Marcelo Jeneci participaram de um 
ato cultural no pilotis do Palácio Gustavo Capanema, no Centro do Rio de Janeiro. O prédio, que já sediou o Ministério da Cultura e hoje abriga a Funarte, está ocupado em protesto contra a extinção da pasta.

Diante dos protestos de parte dos artistas e de servidores do Ministério da Cultura, Temer já havia anunciado que, mesmo como secretaria, a estrutura da pasta seria mantida. Nesta sexta-feira (20), edição extra do "Diário Oficial da União" publicou medida que dava status de "natureza especial" ao cargo de secretário da Cultura.

Agora, o presidente em exercício decidiu reverter a decisão e devolver à Cultura o status de ministério.

No último dia 12, ao assumir como presidente em exercício, Michel Temer editou uma medida provisória (726/2016) na qual determinou mudanças na composição do governo.

Entre essas mudanças, a pasta da Cultura foi incorporada pelo Ministério da Educação, que voltou a ser o Ministério da Educação e Cultura, nomenclatura que manteve até 1985, quando o então presidente José Sarney criou o Ministério da Cultura.

Antes de indicação de Calero, a intenção do presidente em exercício era nomear uma mulher para a comandar a área e assim responder às críticas por um ministério exclusivamente de homens.

Repercussão política
Líder do governo Dilma na Câmara, o deputado José Guimarães (PT-CE) afirmou ao G1 que a gestão Temer tem um "problema" porque "diz uma coisa de manhã, volta atrás à tarde e recua de novo à noite".

"É um governo que não mantém posições, quer dizer, age conforme a pressão. E agora, naturalmente, vão começar as pressões pelos ministérios das mulheres e do MDA [Desenvolvimento Agrário]. Um governo não pode ficar assim. Quando decidir alguma coisa, decide. Isso mostra que o governo interino tem dificuldades políticas de governar", declarou Guimarães.

Por outro lado, o líder do governo Temer, André Moura (PSC-SE), disse ao G1 que a decisão do presidente em exercício é um "sinal positivo" para a classe artística, pois atende aos pedidos do setor e mostra a "sensibilidade" de Temer ao ouvir a sociedade.

"Acho que o presidente avaliou todas as recentes manifestações, os pleitos e as solicitações em torno do Ministério da Cultura. É uma decisão importante, acho que mostra a importância que o presidente dá à cultura e demonstra a maior característica dele que é de discutir sempre, debater e ser aberto ao diálogo. [...] Mostra ainda a sensibilidade do presidente, que soube ouvir o setor e tomar esta decisão", disse.

Marcelo Calero
O novo ministro da Cultura, o carioca Marcelo Calero, 33 anos, é diplomata, estudou no Colégio Santo Inácio e se formou em direito na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

Tem passagens pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e pela Petrobras. Em 2007, passou a atuar como diplomata e chegou a trabalhar na embaixada do Brasil no México.

Calero trabalhou na assessoria internacional da Prefeitura do Rio e chegou a acumular a Secretaria Municipal de Cultura e a presidência do Comitê Rio450, órgão criado para organizar a celebração do aniversário da cidade.

Marcelo Calero (Gnews) (Foto: Reprodução GloboNews)



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1529 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Quinta, julho 21
· FRONTEIRA
· ESPORTE
· POLICIA
· SEI DIREITO
· 17º RGMec – Campanha do agasalho 2016
·
· FIQUE SABENDO
· DA MANHÃ2
· NOTICIAS
· CAFE DA MANHÃ
Quarta, julho 20
· DA HORA
· ROTARY
· MPE
· FIM DE TARDE
· BLOQUEIO
· ROSTO
· DA MANHÃ1
·
· POLICIA
Terça, julho 19
· Grupo Leon Center
· DOURADOS
· PONTA PORÃ
· JULGAMENTO
· DA MANHÃ
· CONCURSO
· NOITE PEEMEDEBISTA EM AMAMMBAI
Segunda, julho 18
· SELEÇÃO OLIMPICA
· DAFOLHA
· PABORAMA
· FIM SE TARDE

 Calendario de Eventos
Julho 2016
  1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB