Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
8982720
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




FOTOS & FATOS
Diversos

GRANDE RIO DE JANEIRO, CADA VEZ MAIS LINDA

PARABENS SILVIA PELO ANIVERSARIO.SILVIA É DIRETORA DE COMUNICAÇÃO DA FM 90.7 CONQUISTA DE CAPITAN BADO-PY- NA FOTO SILVIA COM O SENADOR ROBERT Q. DE ACEVEDO

PREFEITO SERGIO BARBOSA TAMBEM FEZ ANIVERSARIO.PARABENS

DIA 12 DE JANEIRO FARÃO ANIVERSAEIO SE DELIZ UNIÃO JORGE PACHECO E ALINE

É HORA DO TERERE-PREFEITO DE CAPITAN BADO-PY-  RANDIS GONZALEZ ,PREFEIRA NILCEIA E VICE SANDRA DE CORONEL SAPUCAIA-BR

LINDA BADENHA

LINDAS PARAGUAIAS DE CAPITAN BADO

SUB 17 DE CAPITAN BADO SE CLASSIFICA PARA O QUADRANGULAR FINAL CO CAMPEONATO NACIONAL. AVANTE CAPITAN BADO, A TAÇA TEM QUE SER NOSSA

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

REELEIÇÃO
Diversos  1

Deputado federal de MS investiu 91% do patrimônio na reeleição

Mandetta utilizou 91% do seu patrimônio para pagar despesas da campanha (Foto: Arquivo)

Mandetta utilizou 91% do seu patrimônio para pagar despesas da campanha (Foto: Arquivo)

O deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) conseguiu se reeleger na eleição deste ano, mas investiu 91% do patrimônio para pagar as contas de campanha. Sendo o parlamentar reeleito para Câmara dos Deputados, que mais comprometeu seus recursos próprios em todo país.

 

De acordo com a reportagem do jornal Folha de S.Paulo, Mandetta utilizou R$ 581, 5 mil de recursos próprios para pagamento de suas contas de campanha. O valor representa 91% do patrimônio, R$ 634, 6 mil, conforme a declaração do Imposto de Renda.

Além do democrata, outros oito deputados federais estiveram na mesma situação, com investimento de mais da metade do patrimônio para pagar as despesas da eleição. Pela legislação eleitoral, o candidato não pode gastar mais do que o 50% do patrimônio na campanah eleitoral.

De uma maneira geral, o patrimônio real dos candidatos é superior ao declarado a Justiça Eleitoral, já que neste cenário se analisa o valor histórico dosimóveis, sem correção, ao valor de mercado.

Mandetta afirmou ao jornal, que precisou vender 400 cabeças de gado, não indicados na declaração de bens, que estão na Declaração Anual do Produtor, restando ainda 250 (gados) deste rebanho.

O democrata argumentou que precisou tomar esta ação quando as doações "quase pararam" em função da morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB) e que uma série de compromissos de campanha precisavam ser cumpridos.

Mandetta teve 57.374 votos, o que representa 4,49% do eleitorado, sendo o sexto deputado federal mais votado de Mato Grosso do Sul. O Campo Grande News entrou em contato com o deputado federal, para obter mais informações sobre esta situação, mas ele não atendeu as ligações da reportagem.

Segundo a Folha de São Paulo, esta ação foi irregular já que contraria a resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de 2014, que veda a contribuição com recursos próprios superior a 50% do patrimônio declarado, no imposto de renda de 2013.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

9NDIOS E PISO SALARIAL DOS PROFESSORES
Diversos 2

Estado promete ‘assistência de verdade’ e solução para conflitos indígenas em MS

 Reinaldo Azambuja

Reinaldo Azambuja

Uma das promessas do agora governador Reinaldo Azambuja (PSDB), enquanto candidato ao governo estadual, era acabar com o conflito indígena e transformar o Estado em "árbitro" da briga entre fazendeiros e índios, existente há décadas em Mato Grosso do Sul. Para dart início a essa discussão, uma reunião foi marcada para a próxima quinta-feira (8).

O encontro reunirá lideranças indígenas das sete etnias existentes em MS, Azambuja, membros do MPF (Ministério Público Federal) – instituição responsável constitucionalmente pela defesa dos interesses das comunidades indígenas –, MPE (Ministério Público Estadual) e Funai (Fundação Nacional do Índio).

Para iniciar as tratativas, o secretário da Casa Civil, Sérgio de Paula, se reuniu com alguns indígenas na última sexta-feira (2). O objetivo, segundo ele, foi ouvir as principais demandas dos índios. “O pensamento deles, acredito que seja semelhante ao nosso [governo], que é produzir nas áreas”, resumiu.

Mais detalhes, como áreas reivindicadas por indígenas e reparação por titulação errônea de terras, só serão discutidos na reunião do dia 8, quando participarão representações de cada etnia, com lideranças de cada terra indígena de Mato Grosso do Sul. “O principal pedido é que o Estado faça a ponte com os municípios e a União, para achar uma solução da situação de conflito que há aqui”, diz o terena Lindomar Ferreira.

Da parte do governo, de Paula afirma que será aplicada "assistência técnica de verdade" para os indígenas, assim como prometido na campanha tucana ao governo estadual. “É o que vamos fazer: dar saúde e educação, por exemplo. Isso tem que ter de uma forma melhor”, avalia.

 

Segundo Lindomar, uma das reivindicações dos índios é por mais condições para produzir, principalmente no caso da etnia terena, que tem tradição na agricultura. No entanto, as outras seis etnias têm hábitos, tradições, culturas e demandas diferentes, que precisam ser levadas em consideração, aponta o terena. “Por isso é importante a representação de cada uma das etnias, até para a questão toda caminhar bem”, completa.

Um dos casos mais recentes de conflito direto envolvendo fazendeiros e indígenas aconteceu em 2013, quando houve a reintegração de posse da Fazenda Buriti, em Sidrolândia, município distante 70 quilômetros de Campo Grande. Durante a ação policial, o terena Oziel Gabriel foi morto.

Na ocasião, o MPF disse que faltava "vontade política para solucionar a questão indígena". Ainda durante a campanha eleitoral, Azambuja também criticou a postura da União e do governo estadual.

Agora, segundo expectativa da liderança indígena, é aguardar as primeiras tratativas com o governo e a reunião que acontecerá no próximo dia 8. “Acredito que, se houver esse comprometimento por parte do chefe do Estado, ambas as partes ganharão”, diz Lindomar

 

Piso nacional do magistério pode subir até 14% e beneficiar 28 mil em MS O reajuste vai causar impacto direto na conta dos municípios e do Estado, que são obrigados a pagar o piso nacional

O Ministério da Educação deve anunciar na quarta-feira reajuste de 12% a 14% no piso nacional da educação, segundo nota do jornal deste sábado. O aumento, que deve elevar o valor de R$ 1.697 para cerca de R$ 1,9 mil, será quase o dobro da inflação e vai beneficiar 28 mil professores em Mato Grosso do Sul.

O novo piso será anunciado pelo ministro da Educação, Cid Gomes, que assumiu ontem. Durante o discurso de posse, a presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou que a educação será prioridade da nova gestão e até virou lema: "pátria educadora". 

O reajuste vai causar impacto direto na conta dos municípios e do Estado, que são obrigados a pagar o piso nacional. Em Campo Grande, que será a primeira cidade brasileira a pagar o piso para a jornada de 20 horas neste ano, o aumento deve forçar novo reajuste nos salários dos 5 mil profissionais da educação básica.

No ano passado, após greve e protestos, o prefeito Gilmar Olarte (PP) conseguiu se impor e dividiu em quatro parcelas o reajuste de 8,46% previsto em lei aprovada em 2012. Ele alegou falta de recursos para conceder o reajuste na integra.

Outro problema será para o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) que começa a cumprir neste mês o acordo firmado pelo antecessor, André Puccinelli (PMDB), com a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação. A proposta é chegar ao piso nacional para 20 horas em 2018.

O reajuste no piso vai contemplar 28 mil professores no Estado, segundo levantamento do Inep (Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOVO SECRETARIO
Diversos

"Manter eficiência da arrecadação e fechar os ralos", diz Márcio Monteiro

Secretário da Fazenda afirma, porém, que setor econômico não será penalizado

CRISTINA MEDEIROS 4 de Janeiro de 2015 | 18h00
Marcio Campos Monteiro é o novo secretário de Fazenda
(Foto: Valdenri Rezende/Correio do Estado)

Marcio Campos Monteiro é o novo secretário de Fazenda

No currículo,  Márcio de Campos Monteiro, 58 anos, relaciona cargos que o habilitam a ocupar o novo status de secretário da Fazenda de Mato Grosso do Sul. Ele foi, por duas vezes, prefeito do município de Jardim, foi deputado estadual e, na última eleição, eleito deputado federal. Completamente engajado no programa de governo de Reinaldo Azambuja, fala, nesta entrevista, sobre os futuros enfrentamentos, parte deles decorrentes da atual conjuntura econômica do País, que reflete diretamente em MS.  Entre outros, cita o novo modelo de gestão, o qual integrará todas as secretarias, e fala sobre desenvolvimento regionalizado, ICMS e recursos federais.

CORREIO PERGUNTA  - O ano de 2015 inicia-se sob a aura de um ano que será difícil em vários aspectos. O senhor pode elencar, explicando, claro, quais serão as principais medidas a serem tomadas na Secretaria da Fazenda, para que o Estado cresça economicamente e aumente a arrecadação?

MÁRCIO CAMPOS MONTEIRO Primeiramente, temos de entender que a economia está com sinais graves de que o País não cresce. Se não está na UTI, está na CTI. E isso tem demonstrado que o crescimento do Brasil foi pífio no ano passado. Isso foi agravado com a própria situação do governo federal, que, para não incorrer em final de mandato em crimes de responsabilidade fiscal, encaminhou ao Congresso Nacional uma lei que alterava as metas do País com relação à economia. Isso, para que o superavit da economia não fosse frustrado em virtude da legislação que já havia preestabelecido até como uma meta colocada pelo próprio governo, que não pôde cumprir. Isso demonstra um descontrole dos gastos. O governo pode ter sido eficiente, aumentado a arrecadação, mas perdeu o controle dos gastos, porque gastou mais. Concluindo, o superavit ficou muito aquém daquele esperado, e isso não é bom para o País. Então, mudou-se a regra do jogo, para que o governo ficasse enquadrado dentro daquilo que a legislação previa. E Mato Grosso do Sul, perante este cenário todo, não é diferente. Em que pese que o nosso Estado é extremamente produtor de matéria-prima básica, como as comodities que nós produzimos do setor agrícola, rural. No nosso Estado, há até uma expectativa boa de produção, o que nos dá um pouco mais de tranquilidade. O setor industrial do Estado, que vem aquecendo, também dá sinais de estabilidade; o setor sucroenergético vem passando por uma crise, e isso nos preocupa bastante, mas a diversidade destas indústrias – nós temos a parte de celulose, que hoje é extremamente forte – e, ainda, o mercado externo, compradores, deixam a economia aquecida, por mais que isso não gere diretamente impostos para o cofre público neste momento. Porém, aquece a economia e, consequentemente, as outras atividades estão aquecidas. 

Então, podemos dizer que o senhor está tranquilo no quesito arrecadação?

Neste sentido, nós estamos no sinal amarelo, por conta da economia do País como um todo, e, para que não corramos risco, o governador Reinaldo vem definindo, juntamente à equipe, algumas medidas de austeridade nos gastos públicos, e isso deve ser uma constante neste governo, não é apenas neste momento. Ele será constantemente austero nisso, evitando todo e qualquer gasto que não seja estritamente necessário.

O senhor diria que haverá um novo modelo de gestão em sua área?

Sem dúvida, o governo como um todo; a nova proposta é justamente fazer um modelo de gestão no qual, primeiro, o governo seja extremamente integrado em todas as áreas, em todas as unidades do governo, secretarias, autarquias, fundações, sejam extremamente participativas no que se refere a todas as outras ações de governo. Para que isso? Primeiro, para que não se criem diversos governos dentro de um único, para que todos falem a mesma língua. Depois, no que se refere à gestão de recursos, também não haja nenhum tipo de desperdício. E, para isso, o governador Reinaldo, nesta nova proposta de governo, cria a Secretaria de Governo extremamente forte, voltada justamente para fazer a integração interna de todas as unidades, evitando até mesmo que determinados serviços contratados por uma secretaria sejam, também, contratados pela outra. E nós temos constatado que isso não vem acontecendo. Há acúmulo de serviços contratados que poderiam ter sido feitos numa única vez, atendendo todo o governo. Enfim, a proposta do governador Reinaldo é fazer uma gestão extremamente integrada, com uma Secretaria de Governo que, além de fazer a integração, seja uma secretaria de planejamento, com metas preestabelecidas, a serem cumpridas por todas as unidades. Nós entendemos que, desta forma, teremos mecanismos para implantar a meritocracia dentro do governo. Então, pretendemos fazer um novo modelo de gestão no Estado.

Como reduzir os gastos num estado em que é preciso injetar cada vez mais recursos, investir cada vez mais, principalmente no interior, região que, segundo o governador eleito, é uma das prioridades do novo governo?

Nós temos como meta, e está no plano de governo do Reinaldo, a interiorização do desenvolvimento do Estado de forma regionalizada. O que vem acontecendo hoje em MS? Nós temos regiões que estão se desenvolvendo em progressão geométrica extremamente grande, como é o caso de alguns municípios da costa leste, e temos municípios em outras regiões, como a norte, sudoeste e no cone sul, que estão empobrecendo, os indicadores mostram isso . Entendemos que o governo terá de fazer uma proposta de desenvolvimento regionalizado, em que os incentivos sejam direcionados de acordo com as aptidões que cada região tem. E o Estado já tem um trabalho feito desta forma, que contribui para isso e que não foi utilizado até agora: o Zoneamento Ecológico Econômico. Isso já é uma ferramenta de planejamento, de desenvolvimento de ações, e a qual tem sido pouco utilizada pelo governo. E esta é uma das ferramentas que poderemos utilizar até mesmo para fazer esta interiorização do desenvolvimento. É evidente que nós não temos recursos novos e, no que se refere à eficiência na gestão pública, podemos dizer que o foco vai mudar quanto às prioridades. Vamos cuidar mais do interior, dar uma atenção mais especial para o interior, principalmente nas prioridades que a população tem: ouvir as pessoas. E isso nós temos sentido em todas as regiões do Estado em que, por exemplo, segurança e saúde pública têm sido a grande demanda da população, que não tem tido do governo a atenção merecida, uma vez que o governo que se encerrou no fim do ano tinha foco em outras prioridades. 

O que foi feito na gestão anterior e que não será repetido na atual?

Bem, começa pelo planejamento, já que nós vamos atuar planejadamente. O governo deixou a ferramenta de planejamento, que é de gestão, praticamente de lado. O planejamento no governo anterior estava na cabeça de poucas pessoas, e isso não é assim. Nós entendemos que as ações do governo precisam ser sincronizadas, no sentido de irem ao encontro das necessidades da população, de forma que todas as unidades, todas as secretarias, trabalhem sincronizadas com este objetivo. É evidente que nós temos diversas áreas a serem atendidas. Nós temos a questão da área social, que vai ser cuidada com muito carinho, e o sinal disso é que a nossa  vice-governadora, professora Rose, está à frente desta pasta com esta missão. Nós temos que cuidar do turismo do Estado, temos que cuidar da Ciência e Tecnologia. Todas estas ações terão o nosso olhar, porém, focaremos nas necessidades da população, mas, acima de tudo, com planejamento. 

A dependência de recursos federais, diante da crise que se avizinha, pode prejudicar seus planos?

No que se refere a recursos estaduais, temos duas situações: os repasses constitucionais, os quais praticamente se restringem ao Fundo de Participação dos Estados (FPE), e que o governo federal tem demonstrado que vai retomar algumas medidas que ele utilizou no passado e que não foram eficientes, como a redução do IPI, que afeta diretamente na receita da União e, consequentemente, no repasse do FPE, enfim, toda esta atividade que foi isentada ou teve imposto reduzido. Por mais que a economia desaqueça, o governo vai arrecadar mais neste sentido. Então, no que diz respeito aos recursos constitucionais, os repasses obrigatórios, como se diz, ela vai manter. Com relação àqueles repasses voluntários, com recursos que vêm do Orçamento da União por meio de emendas parlamentares, ou não, isso nosso Estado tem sido altamente sacrificado ao longo dos anos. Temos sido o Estado que menos tem recebido recursos voluntários, que são por meio de processos, e, evidentemente, buscaremos eficiência neste sentido. Para isso, o governador Reinaldo está criando, junto à secretaria de Governo e com a de Planejamento, um setor específico para tratar dos projetos para o Estado e que vai organizar os projetos de todas as secretarias, para que o nosso ranking na captação de recursos voluntários da União tenha melhor desempenho. Esta é uma luta que nós não podemos assegurar agora, mas é o tempo que vai dizer o resultado disso. Estamos extremamente confiantes.   

Como ficará a questão do concurso dos agentes fiscais. Como está o andamento na Justiça?

Este concurso está judicializado, e temos que aguardar a decisão judicial. E, com relação aos demais concursos, também. Até que se tome pé da situação do Estado, o governador está suspendendo qualquer contratação, até mesmo a nomeação por concurso de servidores neste momento, para que possamos ter um levantamento da situação real do Estado, já que, neste primeiro dia de governo e na transição, ainda não tivemos a oportunidade de fazer este levantamento, uma vez que precisava-se aguardar o fim do ano para que a contabilidade do Estado se encerrasse. É evidente que as ações já encerraram dia 31, mas a formalização delas ocorre nos primeiros dias do ano, então, creio que em mais uma semana o governador já terá os dados finais do exercício anterior.

Uma das maiores reclamações dos empresários é a cobrança do ICMS Antecipado. Existe previsão de alguma mudança no setor? 

Esta é uma situação que nos preocupa também. A questão da cobrança do ICMS antecipado tem tido uma prática em quase  todas as unidades da Federação. Parece-me que em torno de 22 estados, e eu creio que passa a ser uma atividade da qual você não tem como abrir mão. Você pode mudar a forma de fazer. E isso nós estamos buscando. Já determinamos à Secretaria da Fazenda  que fizesse um estudo, a pedido do governador Reinaldo, de ter uma equipe ali que trabalhe com a inteligência fiscal, que tem a missão de fazer este estudo, e de que forma poderemos criar um mecanismo de cobrança do ICMS em que se assegure a receita para o Estado. Até mesmo porque, MS tem diversos compromissos com esta receita, parte dela já comprometida com financiamentos, com custos do servidor, que teve grande impacto na economia do Estado, nos planos de cargos e carreira que entraram em vigor no último mês do governo anterior e, até mesmo, os repasses para os poderes. O Estado não tem como abrir mão disso, estamos em busca de um mecanismo que assegure ao Estado a receita, mas que, de alguma forma, não penalize o comerciante. 

Como fica MS na questão da guerra fiscal, em casos como do ICMS do Gás e do e-commerce, já que o governador de SP é do mesmo partido de Azambuja? 

Isso vai continuar, o governador Reinaldo vai defender arduamente os interesses de Mato Grosso do Sul, porque é um dever dele e entende que não pode ser diferente. Mas, em relação ao gás, nós não temos dúvida de que já existem decisões nas cortes superiores favoráveis ao nosso Estado. E vamos continuar nisso. Quanto ao Alckmin, é dever dele defender o Estado dele, independentemente das questões partidárias.

Quais são os maiores desafios para a sua pasta?

Bem, na Secretaria de Fazenda, nós temos que manter a eficiência na arrecadação, principalmente para que se possa fazer a justiça, a sonegação seja diminuída, e isso já tem sido feito pela Secretaria da Fazenda. E esta é uma das grandes surpresas que nós estamos encontrando,  a eficiência na arrecadação. Nós temos que  fechar todos os ralos, porque não só o Estado perde receita, mas você torna desleal a competitividade entre os empresários, os comerciantes. Então, buscaremos cada vez mais a eficiência nisso. E ajudando na equipe do governo e fazendo monitoramento muito perto dos gastos realizados pelas outras unidades. Não se pode gastar mais do que se ganha.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GIRO
Diversos 08

Entenda por que pimenta emagrece e o ar-condicionado pode engordar Os especialistas ressaltam, porém, que a pimenta e o ar-condicionado, isolados, não são determinantes na perda ou ganho de peso, eles interferem na queima de calorias


São milhares de coisas que podem ajudar na perda ou ganho de peso – no entanto, no Bem Estar, o endocrinologista Bruno Halpern e a nutricionista Andréia Naves falaram sobre dois fatores específicos que podem interferir na balança: o ar-condicionado e a pimenta.
 
De acordo com a nutricionista, a pimenta é um alimento termogênico, como o gengibre, a canela e a cafeína, por exemplo, que faz com que o corpo aumente a produção de calor e queime mais energia.
 
Fora isso, ela ainda estimula a produção de certos hormônios que aceleram a frequência cardíaca e o metabolismo. Uma boa dica, segundo a especialista, é consumir ovos mexidos com pimenta 40 minutos antes de fazer atividade física, porque isso acelera a quebra de gordura.
 
Já no caso do ar-condicionado, o que ocorre é que a temperatura confortável – que não provoca nem frio nem calor – gera uma condição neutra que não estimula o corpo a produzir calor e gastar energia, como alertou o endocrinologista Bruno Halpern.
 
Se essa temperatura diminuir, o frio pode fazer o organismo trabalhar mais para produzir calor, e isso promove um gasto energético, como mostrou a reportagem.
 
Os especialistas ressaltam, porém, que a pimenta e o ar-condicionado, isolados, não são determinantes na perda ou ganho de peso. Eles interferem na queima de calorias durante o dia, mas o mais importante é o hábito da pessoa, que deve manter uma alimentação equlibrada e fazer atividade física regular.
 
Como se proteger dos raios?
 
Na tarde desta segunda-feira (29), quatro pessoas morreram após serem atingidas por um raio na Praia Grande, litoral de São Paulo. O grupo estava perto de um quiosque na hora em que o raio caiu. Como explicou o programa, a principal dica nessas horas é entrar em um local fechado, como um carro, por exemplo, e evitar ficar em locais abertos e na água.

Viajar de ônibus agora só com bilhete nominal

Fotos Deurico/Capital News e TV Globo/Reprodução

A partir deste sábado, empresas de ônibus que fazem transporte de um estado para outro ou para outros países como os vizinhos Paraguai e Bolívia são obrigadas a emitir bilhetes com o nome do passageiro que terá de se identificar no guichê apresentando documento com foto, se quiser comprar a passagem. O nome sai impresso no documento, um cupom fiscal parecido com o comprovante emitido pelas companhias aéreas.
 
Um dos objetivos da medida é dar mais segurança ao usuário que terá facilidade se precisar pedir segunda via, em caso de perda ou roubo do bilhete. Com a passagem agora identificada, autoridades também poderão verificar, se necessário, quem viajou para outros estados ou países. No caso de criança, mesmo de colo que não ocupe poltrona, tem de ter bilhete nominal. Neste caso, os pais devem apresentar identidade, passaporte ou certidão de nascimento da criança.
Semy não pode presidir o PT, diz Alex Silva

Facebook Reprodução

Sobre a disposição do ex-secretário de Obras de Campo Grande e ex-deputado Semy Ferraz de buscar o apoio de Zeca para presidir o PT, conforme divulgou o site Midiamax, o secretário de Organização do Diretório Regional do partido, Alex Silva, averte: "só membros titulares podem concorrer à presidência, conforme o estatuto, e o companheiro Semy não é nem suplente". Alex informa que a reunião do diretório que deve decidir a nova presidência está prevista para o dia 28 de fevereiro.
 

Condutor de caminhonete morre depois de tentar ultrapassagem e colidir com carreta na BR-163

Acidente aconteceu depois de Ford Ranger tentar ultrapassagem; pista está interditada

Caminhonete ficou praticamente destruída
(Foto: Gerson Oliveira/Correio do Estado)

Caminhonete ficou praticamente destruída

O condutor de uma caminhonete Ranger morreu em acidente, por volta das 9h deste domingo (04), no km 511 da BR-163, próximo a Jaraguari (MS) - distante cerca de 30 km da Capital.

O homem que não teve a identidade divulgada tentou ultrapassagem e colidiu de frente com um caminhão. Não havia mais passageiros na caminhonete. O motorista da carreta nada sofreu.

Equipes da concessionária que administra a rodovia, CCR MSVia, estão no local. O trânsito está interditado nos dois sentidos para o trabalho da perícia, que irá apurar as circunstâncias do acidente.

Ainda segundo a CCR, o congestionamento no local ultrapassa os 3 km de cada lado. Não há previsão de liberação da pista.

Congestionamento dos dois sentidos da pista foi muito grande (Foto: Gerson Oliveira


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

N,OTICIAS DIVERSAS
Diversos 14h12

Destino de 2,7 mil comissionados de Puccinelli está nas mãos de Reinaldo

O agora ex-governador André Puccinelli (PMDB) exonerou no seu último dia de governo, na quarta-feira (31), aproximadamente 130 comissionados. Porém, segundo dados informados pelo próprio peemedebista, outros 2,7 mil continuam empregados e à disposição do sucessor, Reinaldo Azambuja (PSDB). 

Governador tucano já disse que deve manter parte do pessoal de Puccinelli no governo

Governador tucano já disse que deve manter parte do pessoal de Puccinelli no governo

Os números são baseados na informação passada pelo próprio Puccinelli, de que o Estado tem 2.825 comissionados. Neste caso, caberá ao tucano decidir quem fica e quem será substituído ou terá o cargo extinto, já que ele promete enxugar a máquina.

Há grande possibilidade de o novo governador manter comissionados do PMDB. Azambuja já disse ao Midiamax que pode manter na gestão tucana técnicos do governo peemedebista.

A informação é confirmada pelo presidente estadual do PMDB, Junior Mochi, que entregou lista dos funcionários considerados “importantes” para a gestão.

Demitidos

No último dia de mandato, Puccinelli publicou no Diário Oficial do Estado a lista de exonerados que deixam a administração com ele. A relação, com aproximadamente 130 servidores, traz vários comissionados que, caso não sejam efetivos, estão desempregados e sem os altos salários pagos na gestão do peemedebista.

Os secretários recebiam salários de R$ 21.373,02. Mas, a lista também tem presidentes de várias fundações e empresas do Governo do Estado. Os salários variam de acordo com a importância de cada cargo, podendo passar por um DGA-2, com salário que pode chegar a R$ 3.828,00; DGA-1, com renda de R$ 8.185,00 e até um DGA Especial, que ultrapassa R$ 10 mil.

A lista de exonerados de Puccinelli inclui todo o primeiro escalão e presidentes de fundações: Jader Rieffe, secretário de Fazenda; Carlos de Marchi, secretário de Governo; Jáber Cândido, secretário de Juventude; Thie Higuchi, secretária de Administração; Edna Antonelli, secretária Extraordinária de Articulação, de Desenvolvimento Regional e dos Municípios; Evelyse Ferreira, Gestão de Recursos Humanos; Carlos Alberto Negreiros, secretário de Meio Ambiente; Paulo Engel, Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo e Miriam Aparecida Paulatti, secretária de Habitação e das Cidades.

A lista segue com Tania Mara Garib, Trabalho e Assistência Social; Jorge Razanauskas, delegado-geral da Polícia Civil; Maria Nilene Badeca, Educação; Wantuir Jacini; Justiça e Segurança Pública; Antônio Lastória, Saúde; Rafael Coldibelli, procurador-geral e José Aparecido Barcelo, procurador-geral adjunto.

Também foram exonerados os presidentes de fundações: Mariângela Yule, Diretora-Presidente da Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul; Américo Calheiros, Fundação de Cultura; Nelson Yutoku, presidente da Agência de Previdência Social de Mato Grosso do Sul; Jefferson Hespanhol, Fundesporte; Maria Cristina Carrijo, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal.

A lista de exonerados também inclui: Nilde Brun, Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul; José Roldão, Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural; Maria Wilma Casanova, Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos; José Maria de Oliveira, Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul, Carlos Henrique Santos Pereira, Detran; Rodrigo Aquino, Hospital Regional; Deusdete de Oliveira, Agepen; Valter Godoy, comandante da PM; Pedro Pedrossian Neto, adjunto no Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo; Guiomar Emilia, Diretoria Geral de Administração e Finanças; Guilherme Filho, secretaria de Comunicação.

Máurio Martins teve o carro incendiado em decorrência de pane elétrica, na madrugada deste domingo (4), na Avenida Ricardo Brandão, em Campo Grande. Ele retornava para casa, após socorrer um amigo com problemas mecânicos no Parque dos Poderes. Seu veículo, um Volkswagen Gol de cor branca, ficou completamente destruído.

Fogo consumiu veículo, que possui seguro (Foto: Marcelo Calazans)

A pane ocorreu por volta das 5h40, quando o motorista percebeu que a corrente elétrica do motor havia sido cortada. Depois de múltiplas tentativas de dar a partida, chamas surgiram abaixo do capô e Máurio acionou o Corpo de Bombeiros.

Mesmo com o trabalho dos militares, o fogo consumiu toda a estrutura do veículo, que possui seguro.

08h36

Acidente de motos deixa marido e mulher com múltiplas fraturas em Jardim

Uma colisão na madrugada deste sábado (3) no município de Jardim envolvendo duas motocicletas deixou feridas três vítimas, sendo duas em estado grave e com múltiplas fraturas.

O condutor de uma das motos, Daniel de Oliveira Santana, de 21 anos, vinha com sua esposa, Gislaine Martin de Oliveira, de 22 anos, na garupa, pela rua Márcia Valéria, no bairro Vila Angélica II, quando colidiu com a motocicleta pilotada por Rodrigo Lemes da Silva, de 26 anos.

Ao cair no solo, Daniel sofreu fraturas expostas no braço e na perna esquerda, enquanto sua mulher Gislaine teve fratura na mandíbula, na mão esquerda e na perna esquerda. O condutor da outra moto, Rodrigo, apresentou esquimoze (mancha escura) no olho direito e corte no maxilar. O garupa, Rodrigo Lemes da Silva, de 26 anos, apresentou apenas algumas escoriações.

Por conta das lesões mais graves, as vítimas Rodrigo e Gislaine foram encaminhadas ao Hospital Marechal Rondon e Rodrigo posteriormente foi encaminhado para hospital em Campo Grande para cirurgia.

Ambos os condutores estavam sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Bombeiros socorrem mulher vítima de atropelamento em Amambai

Regina Varella, de 28 anos, sofreu fratura exposta ao ser atingia por caminhonete.

O Corpo de Bombeiros socorreu, no final da tarde desse sábado, 3 de janeiro, uma mulher vítima de atropelamento na Vila Limeira, em Amambai.

Regina Varella, de 28 anos, sofreu fratura exposta na perna esquerda após ser atropelada por uma caminhonete S-10 cor branca, placas de Amambai-MS.

Depois de receber os primeiros socorros no local do acidente, a mulher foi encaminhada pelos bombeiros para o Pronto Socorro do Hospital Regional de Amambai para receber atendimento médico.

Segundo o condutor da caminhonete, o empresário Elpídio Simas, morador em Amambai, Regina estava no meio da rua e teria se jogado para o lado da caminhonete quando o veículo passava.

No reflexo ele ainda teria tentado evitar o choque, mas Regina acabou atingida pelo retrovisor esquerdo da S-10.

Com o impacto o retrovisor da caminhonete acabou arrancado, vindo a provocar um pequeno corte na mão do motorista.

Preso com droga em Eldorado

Em Eldorado o indígena Arce Duarte, de 33 anos, foi detido por uma equipe do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) no final da manhã desse sábado (3) transportando 200 gramas de maconha em um ônibus de passageiros.

A detenção aconteceu durante barreira montada na Rodovia MS-295, trecho que liga Eldorado a Iguatemi.

Segundo a polícia, ao ser indagado, o indígena teria relatado que adquiriu a droga na cidade de Sete Quedas e levaria o entorpecente para consumir na cidade de Naviraí, onde trabalha no corte de cana.

Preso com aliança furtada em Mundo Novo

Em Mundo Novo, Almir Rogério Kopsel Crispim, de 29 anos, foi preso na manhã desse sábado, 3 de janeiro, usando uma aliança de ouro furtada.

Segundo a polícia, a peça, avaliada em R$ 2 mil reais e que inclusive tinha o nome da vítima gravado, havia sido furtada de uma residência em Mundo Novo no dia 21 do mês passado, dezembro.

Depois de preso, Almir Rogério Kopsel foi autuado em flagrante pelo delegado, Dr. Natanael Matias, pelo crime de receptação.

Preso por furto em Mundo Novo

Também em Mundo Novo a Polícia Militar prendeu, na manhã desse sábado, 3 de janeiro, Manoel Messias Reginaldo, de 39 anos, sob acusação de furto.

Segundo a Polícia Militar local, a prisão aconteceu após o indivíduo invadir o quintal de uma residência situada no Barro São Jorge e furtar uma bicicleta.

De acordo com a Polícia Civil de Mundo Novo, Manoel já tem passagens por furto nas cidades de Itaporã e Caarapó no ano de 2012, na cidade de Juti em 2013 e também já tem passagens pelo crime de violência doméstica

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MS
Diversos 47

Tucano dará fim a pacote de bondades deixado no apagar das luzes por André Ele determina que os contratos autorizados pelo antecessor sejam revistos

Reinaldo Azambuja

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), adiantou na sexta-feira (2) que dará fim ao "pacote de bondades" deixado no apagar das luzes no governo de André Puccinelli (PMDB) como estratégia para inviabilizar a sua administração. 

O anúncio foi feito durante visita de Reinaldo a repartições públicas, acompanhado pelos secretários Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Sérgio de Paula (Casa Civil).

Na prática, Reinaldo determinará que todos os contratos de prestação de serviços autorizados pelo seu antecessor sejam analisados e revistos. Outra medida será a publicação de decretos que anularão algumas das ações aprovadas no fim do governo anterior.

Entretanto, o que Reinaldo não poderá mudar será o aumento do duodécimo aos Poderes que seu adversário político concedeu, com a anuência da Assembleia Legislativa, antes de entregar o cargo. A medida, que aumentará os gastos do governo, terá de ser cumprida, conforme reza a Constituição. 

No fim da atual legislatura, os deputados aprovaram projeto do Executivo que aumenta o repasse dos poderes de 16,7% da Receita Corrente Líquida para 18% para o atual exercício financeiro. 

O orçamento prevê destinação de recursos de 7,3% para o Tribunal de Justiça do Estado, que em 2014 contou com repasse de 6,8% e, para Assembleia Legislativa, o percentual foi aumentado de 2,7% para 2,9%, o que representa R$ 212,4 milhões. 


 

Ao TCE (Tribunal de Contas do Estado), os repasses também subiram de 2% para 2,2%, ou seja, para R$ 161,1 milhões.

Para o MPE (Ministério Público do Estado), o repasse subiu de 3,7% para 3,9%, representando R$ 286,6 milhões, enquanto que a Defensoria Pública Estadual terá R$ 131,8 milhões, com o índice passando de 1,5% para 1,8%. 

Na sexta, o tucano cumpriu o seu primeiro dia útil de administração, no qual conversou com alguns servidores públicos, em sua maioria efetivos. No total, são lotados no Estado aproximadamente 62 mil funcionários ativos. 

Segundo o governador, para distribuir e monitorar as ações do governo, o Estado será dividido em nove regiões.

Durante a visita, ele falou da reorganização da estrutura administrativa. Duas secretarias foram extintas e outras secretarias foram reformadas. Ainda, segundo Reinaldo, foi criada uma subsecretaria para dar prioridade as questões indígenas, de grande importância para Mato Grosso do Sul. 

A faxina tucana inclui à caça a funcionários fantasmas contatados por André Puccinelli, ou seja, aqueles considerados ociosos que não desempenham funções nenhuma no governo e foram nomeados, na maioria dos casos, para campanhas políticas ao longo dos oito anos da administração peemedebista. 

Em entrevista na manhã de sexta-feira ao programa Bom Dia MS, da TV Morena, Reinaldo  adiantou que irá reconvocar os funcionários remanejados para outras funções, inclusive policiais militares que a partir de agora serão reutilizados para reforçar a segurança pública. 

Na entrevista, Reinaldo disse ainda que trabalhava com a expectativa de aumento de R$ 20 milhões nos gastos do governo. No entanto, houve um incremento de R$ 22,7 milhões só com a folha de pagamento dos funcionários públicos estaduais.

SERENO POLÍTICO 

Após transmitir o cargo a Reinaldo, André Puccinelli preferiu não fazer qualquer avaliação sobre o desempenho de seu governo, deixando isso para a população. No entanto, reconheceu que faltou muita coisa para fazer, por exemplo, mais casas, escolas e obras em todo o Estado. 

O sereno político do líder peemedebista começa na próxima segunda-feira (5), quando ele passará férias em São Lourenço por um período de 15 dias. À imprensa, o ex-governador limitou-se a dizer que só saberá sua nova ocupação quando retornar de viagem. 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

LOTERIA
Diversos

Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 5 milhões

Quina premiou 82 apostas com R$ 15.191,80.

O primeiro sorteio de 2015 da Mega-Sena acumulou e o prêmio pode chegar a R$ 5 milhões nesta quarta-feira (7), informou a Caixa Econômica Federal. O concurso 1.666 foi sorteado a partir das 20 horas (horário de Brasília), na cidade de Posse (GO).

Veja as dezenas sorteadas:

01 - 02 - 23 - 27 - 45 - 51

A Quina premiou 82 apostas com R$ 15.191,80. A Quadra registrou 5.042 apostas vencedoras e cada uma receberá R$ 352,95.

As apostas podem ser feitas até as 19h de quarta-feira (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país. O valor da aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 2,50.

Ganhador do DF da Mega da Virada fez uma única aposta, de R$ 2,50

Essa é a terceira vez que o ganhador da Mega Sena de fim de ano é do DF.

O brasiliense que vai dividir o prêmio de R$ 263,29 milhões da Mega da Virada com outras três pessoas fez a aposta na lotérica União, no centro de Brazlândia, informou a Caixa Econômica Federal nesta sexta-feira (2). O homem fez uma única aposta, de R$ 2,50. Brazlândia é um núcleo rural do Distrito Federal com cerca de 50 mil habitantes.

O apostador de Brazlândia vai dividir o prêmio com mais três apostas – duas de São Paulo e outra em Santa Rita do Trivelato (MT). Cada bilhete vale um prêmio de R$ 65.823.888,16. Até as 11h desta sexta-feira, o ganhador do DF não havia retirado o prêmio.

Essa é a terceira vez que alguém da capital federal ganha a Mega Sena de fim de ano desde 2009, quando o prêmio passou a existir. O rateio deste ano é o maior da história das loterias no país. A quantia é superior à estimativa inicial, que havia sido de R$ 240 milhões.

Em 2011, a Mega da Virada saiu para cinco apostadores, sendo um de Brasília. O prêmio total foi de R$ 177,6 milhões. Já em 2009, o sortudo da vez também era da capital federal e fez a aposta na lotérica Rodoviárias, no Guará.

O sorteio ocorreu às 20h25 desta quarta-feira, no estúdio da Rede Globo, em São Paulo. As dezenas sorteadas foram: 01 - 05 - 11 - 16 - 20 - 56

Do início das apostas, em 10 de novembro, até seu seu encerramento, às 14h desta quarta-feira, foram realizadas mais de 348 milhões de apostas em todo país, numa arrecadação total de R$ 871,3 milhões.

O prêmio deste ano supera em quase R$ 40 milhões o valor pago em 2013 e quebra o recorde da Mega da Virada de 2012, que pagou R$ 244 milhões. A Quina premiou 2.581 apostas com R$ 19.764,32. A Quadra registrou 168.546 apostas vencedoras e cada uma receberá R$ 432,36.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MADONNA
Diversos

Madonna rebate críticas de racismo após publicar fotos de Mandela e Luther King

Cantora foi acusada de racismo ao publicar fotos de ícones negros em montagens para imitar a capa de seu novo disco

Madonna rebate críticas de racismo após publicar fotos de Mandela e Luther King Facebook/Reprod~ução

Madonna publicou na rede social imagens de personalidades como Martin Luther King, Lady Di e Nelson Mandela manipuladas no Photoshop para imitar a capa do seu novo disco Foto: Facebook / Reprod~ução

Acusada de racismo por ter publicado no Facebook fotos dos ícones negros Nelson Mandela e Martin Luther King em uma montagem polêmica, cobrindo seus rostos com cordas pretas, a cantora americana Madonna fez questão de rebater as críticas de internautas.

Na sexta-feira, a diva do pop publicou na rede social imagens de Mandela, King e outras personalidades manipuladas no Photoshop para imitar a capa do seu novo disco, Rebel Heart (coração rebelde).

– Cada vez mais baixo na escala do mau gosto – comentou um usuário do Facebook.

Madonna alegou que as imagens tinham sido enviadas por fãs, e negou estar se comparando a Mandela, King, ou qualquer outra personalidade que aparece nas montagens, como John Lennon ou a falecida princesa Diana.

– Desculpe, não estou me comparando a ninguém. Admiro e reconheço seus corações rebeldes. Não é nenhum crime, nem um insulto racista – rebateu a cantora, em uma mensagem cheia de erros de ortografia.

– Fiz a mesma coisa com Michael jaclson (ela se referia ao cantor Michael Jackson), frida khalo (Frida Kahlo) e marilyn monroe... Estou dizendo que sou como eles? Não. Estou dizendo que também são corações rebeldes. Espero fazer um dia  um centésimo do que fizeram – afirmou.

– Eu apenas compartilhei estas fotos enviadas por fãs, mas eles, tampouco, são racistas. Pode me colocar na mesma categoria, agradeço – completou.




Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS DA MANHÃ
Diversos

Partes do avião da AirAsia são encontradas no mar

Equipes de resgate continuam no Mar de Java atrás dos corpos das vítimas do voo QZ8501

 
 
    Partes do avião da AirAsia são encontradas no mar ADEK BERRY/AFP
Marinha indonésia recolhe corpos do fundo do mar de Java Foto: ADEK BERRY / AFP

Duas "partes grandes" do avião da AirAsia que caiu no último domingo no mar de Java, na Indonésia, com 162 pessoas a bordo, foram encontradas, informou neste sábado o chefe da agência nacional de buscas da Indonésia, Bambang Soelistyo.

No sétimo dia de operações feitas pela Indonésia com a ajuda de vários outros países, foram recuperados destroços significativos da aeronave, assim como 30 corpos de vítimas entre as 162 pessoas que viajavam a bordo do Airbus A320-200 (voo QZ8501).

Acidente com avião da AirAsia está entre os três mais graves de 2014

— Com a descoberta de uma mancha de combustível e duas grandes partes do avião, posso garantir que são da aeronave da AirAsia que procuramos — disse Soelistyo durante uma coletiva de imprensa em Jacarta.

Segundo Soelistyo, a maior parte encontrada mede de 10 metros por 5 metros e o outro 7 por 0,5 metro. Uma dessas partes pertenceria à cauda do avião.

— Enquanto eu falo com vocês, um ROV (veículo submarino por controle remoto) está imergindo para obter imagens reais dos objetos detectados no fundo do mar. Eles se encontram a uma profundidade de aproximadamente 30 metros — completou.


Um porta-voz do ministério dos Transportes indonésio afirmou neste sábado em um comunicado que a AirAsia não contava com a autorização para voar no corredor Surabaya-Cingapura no domingo, e que não solicitou a mudança no plano de voo.

— O Airbus voou no corredor aéreo em um horário em que a companhia não tinha autorização — declarou o diretor-geral de transportes aéreos, Djoko Murjatmodjo. — Infrigiu a permissão de voo dado, o horário autorizado, e isso é um problema — explicou.

O piloto do avião da AirAsia pediu para ganhar altitude na tentativa de evitar as tempestades, mas não recebeu imediatamente a autorização por causa do intenso tráfego aéreo que havia no momento. Pouco depois, a aeronave desapareceu do radar.


Clima complica as buscas

O Airbus A320-200 que caiu no mar era explorado pela companhia AirAsia Indonesia, filial da companhia da Malásia AirAsia, elevando, assim, para três o número de acidentes fatais para a aviação malásia em 2014, após a queda de outros dois aviões da companhia Malaysia Airlines (voos MH370 e MH17).

Soelistyo informou que uma forte corrente marinha dificulta, no momento, o trabalho do veículo submarino automático. O mau tempo registrado nos últimos dias tem atrapalhado a busca dos corpos e da fuselagem do Airbus A320-200. As autoridades, contudo, enviaram mergulhadores para onde foram encontrados os destroços e tentarão encontrar mais corpos.

— Neste sábado, a principal tarefa é encontrar e retirar (os corpos) das vítimas — disse Soelistyo.

Até agora, foram recuperados 30 corpos. As tarefas de busca contam com 29 barcos e 17 aviões.

* AFP

Menina de sete anos sobrevive a queda de avião nos EUA

Outros quatro passageiros da aeronave, incluindo os pais da criança, morreram no acidente

 
 
Uma menina de sete anos sobreviveu à queda de um avião privado numa área verde do estado de Kentucky nesta sexta-feira, informou a polícia dos Estados Unidos. Outros quatro passageiros do avião morreram no acidente.

A polícia foi alertada sobre o acidente após receberem a chamada de emergência de um morador, segundo comunicado postado no Facebook. Larry Wilkins, de 71 anos, disse que ele estava assistindo televisão por volta das 18h30min (hora local) quando ouviu alguém bater na sua porta.

— Ela estava sangrando muito, nas pernas, no rosto e no nariz. Ela estava descalça, tinha apenas uma meia no pé — disse o homem à rede de televisão NBC neste sábado. — Ela me disse que a mãe e o pai estavam mortos, e que ela estava num avião que caiu, e que o avião estava de cabeça pra baixo — contou.


Ele disse que pegou um pano para limpar as feridas da menina e imediatamente chamou os serviços de emergência. A menina foi atendida e levada a um hospital para tratar os ferimentos, que são leves, segundo informações da polícia.

Equipes de emergência foram até o local do acidente e localizaram o avião de pequeno porte. "Equipes de busca confirmam quatro mortes no local: o piloto e o restante dos passageiros", de acordo com outro comunicado publicado pela polícia no Faceb
 

Moradores e veranistas protestam por mais salva-vidas em Arroio do Sal

Na semana passada, homem morreu afogado na região, que fica entre duas guaritas separadas por 2,5 quilômetros

Moradores e veranistas protestam por mais salva-vidas em Arroio do Sal Daniel Mengue/Arquivo Pessoal

Moradores e veranistas protestam pedindo mais salva-vidas em Arroio do Sal Foto: Daniel Mengue / Arquivo Pessoal

Cerca de 300 moradores e veranistas protestaram na tarde deste sábado pedindo por uma guarita de salva-vidas no balneário Serra Azul, em Arroio do Sal, no Litoral Norte. A manifestação acontece depois que um homem morreu afogado no local na semana passada, ao tentar salvar a enteada de 12 anos.

A região é considerada de risco pelos moradores, pois está entre duas guaritas de salva-vidas, a de número 23, de Arroio do Sal, e a 22, de Itapeva. São 2,5 quilômetros sem a presença de salva-vidas.

Segundo a servidora pública Dalva Lipert, que mora no local há 25 anos, essa é a segunda morte por afogamento na região nos últimos anos.

– Não podemos esperar mais, quem será o próximo? Nós encaminhamos um abaixo-assinado pedindo mais guaritas ainda no governo Yeda. Agora, estamos com ofício assinado pelos vereadores e pelo prefeito de Arroio do Sal e vamos encaminhar ao novo governador e ao Corpo de Bombeiros – diz a moradora.

A última morte na região aconteceu em 25 de dezembro. Jéferson Schutz, 37 anos, teria tentado salvar a enteada de 12 anos que caiu em um buraco no mar e acabou sendo levado por uma corrente. Moradores foram de carro buscar ajuda na guarita de Arroio do Sal, a 800 metros do local.

A reportagem entrou em contato com a Operação Golfinho, mas não obteve retorno.

"Ela e as outras meninas estavam tirando fotos", diz irmão de jovem que morreu afogada em Torres

Corpo é velado em salão comunitário do bairro 1º de Maio

"Ela e as outras meninas estavam tirando fotos", diz irmão de jovem que morreu afogada em Torres Jonas Ramos/Agencia RBS
Corpos serão enterrados às 17h em Caxias Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

O corpo de Andrieli Almeida de Campos, 19 anos, uma das três vítimas de afogamento em Torres, é velado no salão comunitário do bairro 1º de Maio. Vizinhos e familiares prestavam as últimas homenagens à jovem.

Andrieli tinha oito irmãos, sendo que cinco residiam com a mãe dela no bairro. O irmão, Anderson da Silva de Campos, 17 anos, descreve a moça como sorridente, se dava bem com os parentes e gostava de música, especialmente funk. Já havia conhecido Torres com a família e adorava praia.

A excursão a Torres que terminou com três caxienses mortos por afogamento seria um presente de final de ano para as crianças e adolescentes acolhidos na Casa Sol Nascente de Caxias do Sul.

Para cuidar da limpeza e das refeições, a direção da Sol Nascente convocou um mulher que presta serviços para a casa, Rosa Maria da Silva, 41 anos. Andrieli, filha dessa trabalhadora, seguiu junto para auxiliar a mãe e também curtir o passeio.

—  A mãe contou que ela e as outras meninas estavam tirando foto quando uma onda as arrastou. O professor, que estava perto, tentou ajudar e entrou na água — explica Anderson.

Quando ligou para comunicar a morte da filha, Rosa relatou que uma onda havia levado a jovem. A mulher chegou a desmaiar quando soube do afogamento de Andrieli.

Há alguns meses, a moça saiu da casa da mãe para morar com o namorado.

— Ela queria casar depois do Natal, no mês que vem — conta a tia de Andrieli, Adriana Moraes da Silva, 33 anos.

O enterro ocorre às 17h deste sábado. Andrieli será enterrada no Cemitério Público, Kérolin Ágata Teixeira Braghini no Cemitério dos Santos Anjos e Homero Miorin de Abreu no Cemitério Parque.

Ao todo, segundo a FAS, 11 crianças e adolescentes viajaram na companhia de quatro educadores sociais. Kérolin  era acolhida na Casa Estrela Guia e foi convidada para a excursão.

Adolescente da Serra morre afogado em Arroio do Sal

Darlan Visentin Fontana era natural de Antônio Prado

Um adolescente de 17 anos morreu afogado na tarde deste sábado no mar de Arroio do Sal, no Litoral Norte. Ele chegou a ser socorrido pelos salva-vidas, mas não resistiu. Segundo o posto de saúde do município, a vítima já chegou sem vida para atendimento. As informações são da Rádio Gaúcha.

Darlan Visentin Fontana era natural de Antônio Prado. Esse é o segundo caso de afogamento no feriadão de Ano-Novo. Na quinta-feira, o corpo de um jovem de 19 anos foi encontrado em um açude de Pântano Grande.

Litoral gaúcho recebe shows de Lulu Santos

Músico se apresenta nesta sexta em Xangri-lá e sábado em Tramandaí

 

Litoral gaúcho recebe shows de Lulu Santos Guto Costa/Divulgação

Foto: Guto Costa / Divulgação

Um dos maiores hitmakers do Brasil, Lulu Santos volta ao Rio Grande do Sul para se apresentar no litoral. A bordo da turnê Toca + Lulu, o músico se apresenta nesta sexta, no Maori Beach Club, em Xangri-lá, e sábado, no Ginásio Municipal de Tramandaí.

Do case de suas inseparáveis guitarras, o músico vai tirar clássicos que atravessam gerações, como Tudo Azul, Tempos Modernos, A Cura, Toda Forma de Amor, Como uma Onda e O Último Romântico. Acompanhando Lulu, estão Sergio Mello (bateria), Silvio Charles (percussão), Jorge Ailton (baixo), PC (sopros e vocais), Hiroshi Mizutani (teclados), Andrea Negreiros (vocal e percussão) e Pedro Augusto (teclados).

Também jurado e técnico do reality show The Voice Brasil, Lulu saiu vencedor da terceira e mais recente edição do programa apadrinhando a dupla sertaneja Danilo Reis e Rafael. O músico ainda lançou um novo disco de inéditas neste ano, Luiz Maurício, que deve se transformar em turnê em meados de 2015. Por enquanto, ele segue apresentando apenas sucessos da carreira com Toca + Lulu.

SERVIÇO
Sexta, à 0h30min. Abertura da casa às 23h
Classificação: 16 anos
Maori Beach Club (RS 389, KM 29, Xangri-lá)
Ingressos: R$ 70 (pista), R$ 150 (pista premium feminino) e R$ 180 (pista premium masculino) Desconto de 50% para idosos e sócios do Clube do Assinante. Pontos de venda: lojas Multisom e site
www.blueticket.com.br (com cobrança de taxa)

Sábado, às 23h. Abertura dos portões às 20h
Classificação: 14 anos
Ginásio Municipal de Tramandaí (Avenida da Igreja, 346, Centro)
Ingressos: R$ 30 (arquibancada e pista), R$ 70 (pista VIP), R$ 100 (pista premium feminino) e R$ 150 (pista premium masculino). Desconto de 50% para sócios do Clube do Assinante. Pontos de venda: lojas Quero-Quero de Porto Alegre, Novo Hamburgo, Osório, Capão da Canoa, Torres, Tramandaí e Imbé e pelo site
www.blueticket.com.br (com cobrança de taxa)


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CURIOSIDADE
Diversos

 

Sorvete salgado, barrinha de proteína feita de inseto e outras tendências gastronômicas que vão dominar 2015

 Ndjua – o novo bacon -, sabores amargos, matcha... Segundo especialista, o exotismo estará em alta e promete agradar os paladares mais ousados neste ano

 

 

 

Depois do boom dos sucos verdes detox, está na hora de conhecer os alimentos que chegam com tudo em 2015. As tendências foram apresentadas pela Baum + Whiteman, principal consultoria de restaurantes e comida internacional, instalada no Brooklyn, em Nova York.

SORVETE SALGADO
Se depender de 2015, os sorvetes não ficarão mais restritos às sobremesas. “Receitas salgadas feitas de alcachofra e anchova estarão em alta e prometem deixar os pratos, em geral, mais refrescantes”, conta Rosa Moraes, diretora de hospitalidade da Laureate Brasil. “Nos restaurantes, eles são servidos para limpar o paladar, entre um prato e outro do cardápio. Por exemplo, quando a entrada contém peixe e o prato principal é feito à base de carne.”

Segundo a especialista, esta novidade é, em parte, reflexo da onda fitness e vida saudável que tomou conta de 2014, e surge para acompanhar a tendência dos sucos. A abertura de sorveterias também exerce certa influência sobre o surgimento dos sorvetes salgados e deve oferecê-los a quem busca alimentos naturais e gosta de ousar.

INSETOS
A resistência à ingestão de formigas deve diminuir substancialmente. Muito consumidas no México e no Oriente, elas devem ganhar o mundo como ótima fonte de proteína. “Além disso, não engorda, não tem glúten e é livre de gordura saturada”, comenta Rosa. O preparo é simples: deixar secar e, depois, temperar. Mas, na verdade, são as barras de proteínas feitas à base de insetos que devem surgir como novidade.

MATCHA
Muito consumidos nos templos budistas japoneses, o chá preparado com as folhas mais novas vindas de plantações protegidas do sol devem ganhar o ocidente. “Ele é rico em antioxidante e tem propriedade diurética”, conta a especialista. Em paralelo, continuam forte as águas temperadas com pepino, limão ou hortelã.

SABORES AMARGOS
A tendência do cacau cada vez mais puro se une aos vegetais amargos – almeirão, chicória e escarola - como sabor a ser explorado.

O RETORNO DAS OSTRAS
Além de serem ingeridas abertas ou gratinadas, elas têm tudo para virar atração de happy hour ao acompanhar coquetéis em forma de molho. “É mais uma ótima fonte de proteínas”, explica Rosa.

O NOVO BACON
O bacon que reinou por anos como o queridinho quase unânime dos paladares deve ganhar concorrente. O maior deles atende pelo nome de ndjua, uma espécie de salame preparada com a pancetta, orelhas e bochecha do porco.

PISTACHE
Apesar de não ser novidade, o pistache figura na lista das tendências, provavelmente, por conta de sua multifuncionalidade. “Ele é muito saboroso, pode ser usado em sorvete, consumido ao natural ou ainda enriquecer pratos diversos ao ser usado ralado”, sugere a especialista.

SAI A COUVE, ENTRAM OUTRAS RAÍZES
“Em 2014, os restaurantes estavam usando muita couve em seus pratos”, lembra Rose. Em 2015, porém, ela será substituída por outras raízes, como aipo e kohlrabi. Eles podem ser servidos em forma de purê, fritos ou gratinados.

COZINHA CASUAL
Os food trucks e as feirinhas gastronômicas orgânicas, que começaram a dar as caras em 2014, devem se estabelecer como tendência absoluta. Muito chefes e proprietários de restaurantes cinco estrelas estão focados em ampliar – e popularizar – o acesso a pratos preparados com bons ingredientes.

 

 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Uma pessoa morre e duas ficam feridas depois de Gol tombar

Corpo de Bombeiros foram acionados e prestaram atendimento às vítimas.

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas em acidente ocorrido no início da tarde deste sábado (03), na Avenida Lúdio Martins Coelho, em Campo Grande.

O motorista de um veículo Gol perdeu o controle da direção. O carro invadiu o canteiro central, colidiu em um poste e tombou. O condutor do Gol, identificado como Aldo Mariano, de 41 anos, morreu na hora. Os outros dois passageiros sofreram fraturas e escoriações, e foram socorridos pelos bombeiros até a Santa Casa.

A Polícia Militar de Trânsito foi acionada para registrar a ocorrência.

(Colaborou Álvaro Rezende)


Foto: Álvaro Rezende / Correio do Estado


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ASSEMBLEIA MS
Diversos

Azambuja prefere Zé Teixeira a Mochi para presidir Assembleia

Governador destaca o deputado do DEM como “grande aliado” político

O deputado Júnior Mochi (PMDB) não tem apoio do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para presidir a Assembleia Legislativa. Ele disse a algumas lideranças políticas não ter “nada contra” Mochi, mas a sua preferência é pela pré-candidatura do deputado Zé Teixeira (DEM) por ser aliado de “primeira hora” nas últimas eleições. Mas também lembrou dois deputados de seu partido, o PSDB, Onevan de Matos e Flávio Kayatt, em condições de dirigir o Legislativo.

Para evitar o confronto, Azambuja defendeu o entendimento em torno de um candidato. Mas, se depender dele, Teixeira será o sucessor do deputado Jerson Domingos (PMDB), que presidiu a Assembleia Legislativa por oito anos consecutivos.

O fato é que o apoio de Azambuja a Teixeira poderá enfraquecer as articulações de Mochi, que saiu na frente com a manifestação de respaldo de nove deputados. Nem a proposta de recusar cargos de primeiro escalão no governo em troca da presidência da Assembleia surtiu efeito em favor de Mochi.

O pré-candidato peemedebista conversou longamente com Azambuja sobre o processo sucessório na Assembleia. Ele mostrou ao governador a unidade da bancada do PMDB para apoiá-lo e integrar a base aliada, independentemente do compromisso da eleição da Mesa Diretora. Azambuja ouviu atentamente e disse que apoiaria o nome do consenso de todos os partidos.

Mochi entrou na disputa pela presidência do Legislativo com apoio do governador André Puccinelli (PMDB). Toda a movimentação vinha sendo feita justamente para reunir o consenso. André estava pessoalmente empenhado em ajudá-lo nas reuniões com deputados reeleitos e eleitos.

O grande interesse de André é assegurar ao partido, pelo menos, o comando de um Poder depois da derrota eleitoral para governador e  Prefeitura de Campo Grande. Mas a estratégia pode se frustrar se Mochi não conseguir reunir apoio de todos os deputados eleitos pelos partidos da coligação de Nelsinho Trad (PMDB), do senador Delcídio do Amaral (PT) e de outros candidatos a governador.

Antes da posse, Azambuja apenas acompanhou as articulações à distância e evitou se envolver diretamente na disputa. Apenas ouvia os pré-candidatos e líderes políticos sobre o processo sucessório. O que fez agora foi manifestar às lideranças políticas o seu apoio a Zé Teixeira. Ele prometeu até “pescar” votos para ajudar o amigo-aliado a conquistar a presidência da Assembleia Legislativa.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

RONDA
Diversos

Estado tem até professor de licença dando aula na rede particular, diz secretário

Secretário afirma que, pelo menos, 460 professores não estão na sala de aula

 

A rede pública estadual de Ensino de MS tem até professor de licença médica que dá aula na rede particular, segundo o secretário da Casa Civil, Sérgio de Paula. De acordo com ele, esse dado, assim como o número de 460 professores que estão afastados das salas de aula, foi obtido a partir dos documentos levantados no período de transição.

“São distorções que temos que consertar”, ressalta. Ainda segundo o secretário, 460 professores convocados não estão dentro da sala de aula. Deste total, há casos de profissionais que ocupam cargos administrativos, ou seja, em desvio de função. Outros estão erealmente de licença médica, porém, há ainda casos de professores afastados da atividade na rede estadual por atestados médicos, mas que exercem a atividade de professor em escolas particulares e continuam a receber do Estado.

Os números de quantas pessoas estariam nesta condição ainda não foram divulgados, segundo o secretário. “O governo tem quatro anos pela frente. Vamos, agora, iniciar uma etapa. Logicamente, vamos respeitar os que estão de atestado de fato, mas temos que analisar bem”, acrescenta.

Atualmente, segundo de Paula, o professor custa, em média, R$ 6 a R$ 7 mil para o Estado. “Se ele está fora da finalidade temos que convocar outro e gasta mais R$ 6 mil. Isso porque o professor deslocado para a parte administrativa ganha isso, enquanto o servidor ao lado, que desempenha a mesma função, ganha R$ 1,5 mil”, compara.

Ainda conforme o novo governo estadual, as informações, inicialmente levantadas pelas equipes de transição, serão analisadas de forma mais criteriosa a partir de agora. Nos próximos dias, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) baixará um decreto de recadastramento social de funcionário público. “Aí vamos com começar a analisar”, avisa o secretário.

Em dezembro, Azambuja anunciou que convocará os servidores em desvio de função para os cargos originais. Ele afirmou ainda que implantará o método de "meritocracia" em sua gestão.

Azambuja não falou em números, mas disse que "seriam muitos" em desvio de função, assim como afirmou a Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais, que admitiu não ter controle destes remanejamentos dentro do funcionalismo estadual.

Trata-se de servidores de determinada área que foram remanejados – muitas vezes mediante articulação política, não apenas interesse administrativo – para outros setores da estrutura governamental.

Já o Sindicato dos Trabalhadores e Servidores da Administração de MS afirma que o que acontece, na verdade, são remanejamentos de servidores para áreas com maior demanda. Isto, somado à falta de concurso público em algumas áreas do governo estadual.

Ainda segundo o sindicato, somente a Setass (Secretaria de Estado de Assistência Social) cede 294 servidores para o município desde 2007.  “Tem que fazer concurso, e aí, sim, depois, retornar para área de origem”, disse, na ocasião, a presidente do sindicato, Lilian Fernandes.

Comunidade em MS é reconhecida como quilombola pelo Governo Federal A comunidade de Dezidério Felipe/Picadinha é formada pelos descendentes de Dezidério Felipe de Oliveira

A Comunidade Remanescente Quilombola de Dezidério Felipe de Oliveira/Picadinha, de 2.656 hectares, localizada no município de Dourados (MS), foi reconhecida como quilombola pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). 

O reconhecimento foi aprovado pelo Comitê de Decisão Regional da Superintendência do Incra no Mato Grosso do Sul e pelo processo de diálogo, consulta e acordo firmado entre o Incra, a comunidade quilombola, o Ministério Público Federal e proprietário do imóvel Fazenda Che Cay.

Histórico 
A comunidade de Dezidério Felipe/Picadinha é formada pelos descendentes de Dezidério Felipe de Oliveira. Nascido em 1867, foi escravo e testemunha da abolição da escravatura de 1888. Saiu, então, de Minas Gerais e se instalou na região conhecida como Picadinha, em Mato Grosso do Sul.
 
No município de Dourados, ele conseguiu a posse de cerca de 3.700 hectares de terra na cabeceira do córrego São Domingos. Lá se casou e seus descendentes e agregados povoaram o local. Sua posse foi sendo ocupada por fazendeiros e a família foi aos poucos perdendo a área.
 
A portaria de reconhecimento foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (31). Ela assegura a garantia do acesso a grande parte da área ocupada por Dezidério e seus descendentes no início do Século XX. A próxima etapa do processo de regularização do território quilombola é a elaboração e encaminhamento da proposta de decretação de interesse social da área pela Presidência da República.

 

Primeiro bebê do ano em Amambai é um menino

Nailda Silva trouxe ao mundo o pequeno Janderson / Foto: Moreira Produções

Nailda Silva trouxe ao mundo o pequeno Janderson / Foto: Moreira Produções

Amambai (MS) - Foi às três horas da manhã desta terça-feira, 2 de janeiro, que nasceu o menino Janderson Silva, o primeiro bebê a nascer em Amambai após a virada do ano de 2014 para 2015.

Filho da indígena, Nailda Silva, de 21 anos, da Aldeia Limão Verde, Janderson veio ao mundo com muita saúde e trouxe muita alegria para sua mãe e o irmão.

“Fiquei feliz ao saber que ele era o primeiro a nascer, já sabia que ele nasceria nesta terça, mas não que seria o primeiro do ano”, afirma a mãe emocionada.

Nailda conta que seu primeiro filho nasceu em Tacuru e agora que veio a completar seus quatros anos, conheceu seu irmão. “Tudo ocorreu da melhor maneira para que Janderson viesse ao mundo”, concluiu.

A criança nasceu com 2,900 kg, no Hospital Regional de Amambai, assim que sua mãe completou as 42 semanas de gravidez


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIA
Diversos

Em ação conjunta, Polícia identifica acusado de matar jovem homossexual em Caarapó

 


A Polícia já identificou o assassino de Wagner Araújo da Purificação, 21 anos, encontrado morto, por volta das 3h30 de quinta-feira (1), próximo a uma construção na rua Arcênio Cardoso, na área central da cidade. A suspeita dos policiais é de que a motivação do crime tenha sido latrocínio, roubo seguido de morte, ou homofobia, já que o jovem era homossexual.

Conforme apurado pelo CaarapoNews, uma denúncia anônima feita para a Polícia Militar de Caarapó os levou ao endereço do autor do crime, identificado apenas como "Edmílson", mais conhecido como "Cuenca" ou “Negão”, de 19 anos. De posse da informação os militares comunicaram o delegado de Polícia Civil e em ação conjunta, entre as duas polícias, na rua Projetada II, pelo Bairro Santo Antônio, onde o autor mora, os policiais encontraram os dois irmãos dele que confessaram que foi ele quem matou Wagner.

Os irmãos ainda disseram aos policiais, que Edmílson se encontrava na casa da irmã em um bairro próximo. Chegando ao local, a equipe não encontrou o acusado. Mas, sua irmã falou que ele estava com o celular da vítima. Ela [irmã] teria perguntado de quem era o aparelho, e ele acabou confessando o crime dizendo: "Celular de viado, eu tinha que matar ele mesmo". 

Além de estar com o celular da vítima, Edmílson também estava com os documentos de Wagner dentro de sua carteira. Os policiais encontraram a arma do crime, uma faca de cabo branco, atrás do sofá da casa do acusado.

Segundo a polícia, um dos irmãos de Edmílson pode estar envolvido no crime. "A irmã dele disse que um dos irmãos o ajudou a matar o Wagner. Enquanto um atraiu o jovem e manteve relações sexuais com ele, o outro o matou em certo momento. Mas, isso ainda está sendo investigado", explicou.

O delegado responsável pelo caso Rodrigo Daltro já ouviu os três irmãos para levantar mais informações sobre o caso. A polícia encontrou esperma no corpo de Wagner. O resultado do exame do material genético ainda não foi divulgado para saber quem realmente foi o autor do crime. 

A Polícia Militar também recebeu a informação de que Edmílson estaria no balneário municipal na tarde de hoje, porém em diligências no local os policiais não o encontraram e o acusado segue foragido. 

Se alguém tiver alguma pista do paradeiro de Edmilson entre em contato nos telefones 190 ou 3453-1311.

Polícia Civil prende homem que teria torturado e estuprado a ex-esposa em Nova América

 


 

A Polícia Civil de Caarapó prendeu na tarde desta quinta-feira (2) o homem acusado de manter em cárcere privado, estuprar, bater, ameaçar e torturar a ex-esposa, de 51 anos, por seis horas no final da tarde do dia 31 de dezembro, no distrito de Nova América.

O acusado, Paulo Padilha da Silva, 39 anos, usou uma cueca para amarrá-la e até uma das mãos para estuprar a vítima.

Segundo o delegado Rodolfo Daltro, responsável pela prisão, Paulo e a ex-mulher moraram juntos por 10 anos, mas estavam separados. No dia 31, ele foi até a casa dela, a amarrou com um de suas cuecas, começando a tortura.

O acusado passou uma faca na barriga da vítima, depois a estuprou, inclusive utilizando uma das mãos. Depois do ato ele fugiu e deixou a mulher em casa. Ela começou a gritar por socorro e foi ajudada pelos vizinhos.

A mulher foi internada no hospital São Mateus, mas recebeu alta depois de 24 horas em observação.

O delegado disse que nesta quinta, Paulo ligou para o filho da vítima e ameaçou ele e a mãe. Pela ligação, os policiais encontraram o acusado, que fugiu, adentrando em um matagal. Minutos depois, ele foi encontrado em cima de uma árvore, momento que foi preso.

Paulo foi autuado por lesão corporal, estupro, ameaça e cárcere privado. Conforme o delegado, ele pode sofrer uma agravante no pena, pois a mulher possui problemas mentais.

 

Assassino de casal teria matado a amásia para acobertar o crime


 


 

Alexsandro da Silv, vulgo “Pepe”, fugitivo do sistema prisional, é o principal suspeito da morte de Marcos Antônio (39) e Vilma Santana (33), moradores Maracaju, que desapareceram na noite do dia 14 de dezembro de 2014 sendo os corpos encontrados no dia 20 às margens da rodovia MS-157.
 

Ele também teria matado a adolescente Ana Lorena dos Santos, 14 anos, porque esta confidenciou à algumas pessoas que ele seria o autor do duplo homicidio.
 

O corpo de Ana, em estado de decomposição, foi encontrado no dia 30 de dezembro em uma plantação de soja no local conhecido como "Canhadão" no município de Itaporã.
 

Depois de o corpo ser removido do local e a mãe da jovem identificá-la no Instituto Médico Legal (IML) de Dourados relatou aos investigadores que sua filha vinha recebendo ameaças de morte vindas de seu amásio“Pepe”, pois ela teria contado a amigos que o marginal havia sequestrado um casal na região de Itaporã e ateado fogo no carro posteriormente em uma estrada vicinal.
 

Com informações e dos indícios,  a polícia tem ''Pepe'' como o principal suspeito dos três assassinatos.
 

Ele tem inúmeras passagens pelos meios policiais pelos crimes de tráfico de drogas, lesão corporal dolosa, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, roubo, furto e estelionato.
 

Sua primeira prisão ocorreu em janeiro de 2007 por tráfico de drogas.
 

Um dos comparsas do acusado morava em Maracaju e foi morto na cidade de Dourados  com 5 tiros  no dia 6 de novembro de 2014.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

OPINIÃO
Diversos

Odilon de Oliveira: "Falência da segurança pública"

Juiz federal criminal em Mato Grosso do Sul

Juiz federal criminal Odilon de Oliveira

A impressão que se tem é que o Brasil perdeu a capacidade de gerir a segurança pública. Em Mato Grosso do Sul, onde atuo como juiz criminal há três décadas, não tem sido diferente. De janeiro a 15 de novembro de 2014, ocorreram 4.200 roubos (fora furtos) só em Campo Grande, cuja população gira em torno de apenas 800 mil habitantes. No mesmo período de 2013, foram 2.870 roubos, resultando num aumento de 46%. Um absurdo!

O delegado de polícia Fábio Peró, ousando criticar a Secretaria de Segurança Pública (Sejusp-MS), mas falando a verdade, declarou, recentemente, que as 1.153 fugas de presídios estaduais, só em Campo Grande, ajudam a explicar o aumento assustador dos roubos em Mato Grosso do Sul. Só em novembro de 2014, foram 85 fugas.

A essa lamentável situação deve ser adicionada a enorme quantidade de celulares que entram nos presídios deste Estado, de onde os presos, com inacreditável frequência, passaram a ordenar roubos, assassinatos e outros crimes graves. A Sejusp-MS, em vez de acabar com a entrada desses aparelhos, vem surpreendendo a população com bloqueios de sinais. Essa medida, além de representar uma confissão de incompetência na proibição de entrada, termina atingindo todos os usuários das proximidades dos presídios. O correto não é bloquear, mas não deixar entrar celular.

Em operações policiais a cargo da polícia federal ou da estadual, grande parte das prisões é feita dentro dos presídios. As cadeias viraram escritório da criminalidade.

Isto não significa qualquer desídia por parte dos policiais, mas o descaso com que a Sejusp-MS passou a tratar a sociedade: como mero detalhe. Em 2014, até 30 de novembro, foram mais de 500 assassinatos. Nos últimos anos, o Estado passou a girar num constante cenário de criminalidade. E olhe que Mato Grosso do Sul é um dos menores estados em população, ocupando o 21º lugar.

O Brasil é o dono de 6% da população carcerária mundial e responde por 60% do total de presos da América do Sul. Mato Grosso do Sul contabiliza a vergonha de um preso para cada 246 habitantes.

Na área das drogas, nosso Estado é o que mais envergonha, sendo um preso para cada grupo de 572 pessoas. Aqui, os presos por drogas correspondem a 43% de sua população carcerária, enquanto a média nacional equivale a 27%. Essa legião de presos, entre os quais não há graúdos, não representa grande atuação da Sejusp. Significa, sim, que o tráfico de drogas tomou conta do Estado, cujos policiais, civis e militares, afogados no sucateamento das duas instituições, não conseguem fazer o que gostariam. São, pois, heróis.

Em 2014, até 5 dezembro, proferi 121 palestras em escolas públicas, em Campo Grande, cedo para alunos e, à noite, para pais, falando sobre drogas, família e espiritualidade. Em média, 17% dos estudantes do Estado adquirem drogas dentro da própria escola. Não se vê, à noite, um só policial no entorno desses estabelecimentos.

Essa situação caótica em que foi transformada a segurança pública em Mato Grosso do Sul é explicada também por outros fatores, entre eles a falta de funcionamento, de fato, do grupo de patrulhamento aéreo (Decreto 12.584/2008). O helicóptero PT-HBM, do traficante colombiano Juan Carlos Abadia, e os vários aviões (PT-IES, PT-KYF, PT-WFO, PR-FPG, PT-KPG, PT-JDF, PT-OIH, PT-WDI, PT-EMS e PT-OJV) cedidos para a Secretaria de Segurança Pública em troca da promessa de que os empregaria no combate à criminalidade apodreceram ou foram vendidos a preço de banana-nanica.

O PT-KPG foi acidentado em 2012 e nunca mais saiu do chão. O PT-WFO sofreu acidente em 2012. Consertado em 2014, foi novamente acidentado já no primeiro voo. O PT-JDF também sofreu acidente em 2012 e não foi reparado. O PT-IES acidentou-se e não voltou a operar. Virou sucata. O PT-OIH está sem uso desde 2010. O PT-WDI nunca foi utilizado, ocorrendo o mesmo com o PT-OJV, PT-KYF e o PT-EMS (jatinho). O último, doado pela Justiça Federal de São Paulo (SP), passou 4 ou 5 anos apodrecendo, sem sair do chão, e foi leiloado, em outubro de 2014, por R$ 16.576,00, preço inferior ao que devem custar seus pneus. O PR-FPG, cedido pela Justiça ao Corpo de Bombeiros, para atividades aeromédicas, nunca realizou um resgate. Está sendo usado pela Sejusp, com desvio de finalidade. Por fim, o helicóptero do traficante Abadia, cedido pela 1ª Vara Federal de São Paulo, está sem voar desde 2010, por falta de manutenção. A Anac cancelou seu certificado de aeronavegabilidade.

A Sejusp-MS, cujo titular era o mesmo desde 2006, perdeu uma grande oportunidade para, por meio de um policiamento aéreo na faixa de fronteira com o Paraguai e a Bolívia, prevenir e reprimir a entrada de armas e drogas, estas responsáveis por metade de toda a violência.

Enquanto isto, a criminalidade agradece. É necessário que o povo saiba que não é o juiz que deixa os aviões virarem sucata. Alguém terá de pagar esses prejuízos. Com a palavra, o Ministério Público e a Advocacia da União.

 

Dólar fecha com forte alta frente ao real na primeira sessão de 2015 A perspectiva de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, eleve os juros neste ano tem impulsionado a divisa norte-americana globalmente

 

 

Na primeira sessão de 2015, o dólar fechou com forte alta frente ao real. A moeda norte-americana subiu 1,27%, cotada a R$ 2,6925 na venda.  Como havia anunciado, o Banco Central reduziu pela metade suas intervenções diárias no câmbio este ano.

"A mudança no programa do BC deixa claro que, com o câmbio nesses níveis, ele não vai brigar para fazer o dólar cair", disse à Reuters o superintendente de câmbio da corretora TOV, Reginaldo Siaca. "E com pouca gente no mercado e sem mais notícias, o mercado aqui acaba se alinhando com lá fora", acrescentou.

A perspectiva de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, eleve os juros neste ano tem impulsionado a divisa norte-americana globalmente. Essa expectativa contribuiu para levar o dólar às máximas em quase 10 anos ante o real e espera-se que o câmbio siga pressionado nos próximos meses.

Na terça-feira (30), o BC anunciou que continuará intervindo diariamente no câmbio, mas reduzirá a oferta para 2 mil swaps cambiais, equivalentes a US$ 100 milhões, contra os 4 mil contratos que vinha ofertando diariamente. O órgão também ressaltou que poderá "realizar operações adicionais de venda de dólares através dos instrumentos ao seu alcance".

Valorização em 2014
O dólar fechou em queda frente ao real nesta terça-feira (30), na última sessão do ano. A desvalorização foi de 1,79%, a R$ 2,6587 na venda. Mas a moeda acumulou valorização de 12,78% no ano, em relação ao fechamento de 2013, quando o dólar foi cotado a R$ 2,3575.

A maior cotação de 2014 foi de R$ 2,7355, no último dia 16 de dezembro. Com a alta anual, o dólar foi o melhor investimento de 2014. Na outra ponta, a bolsa brasileira apresentou o pior desempenho entre as aplicações financeiras, com queda de 2,91% no ano, seguida do euro, que sofreu desvalorização de 0,73% frente ao real.

Entre as aplicações financeiras, a moeda foi também a que mais gerou retorno aos investidores, com desempenho melhor que o ouro, fundos de renda fixa, poupança, euro e a bolsa de valores.

Bovespa
A Bovespa fechou o primeiro pregão de 2015 no vermelho, após ter acumulado em 2014 uma queda de 2,91%. A forte queda nas ações da Petrobras influenciou a baixa no índice esta sexta-feira (2). O Ibovespa


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CONEXÃO INTERNACIONAL FM 90.7- CONQUISTA
Diversos

CONEXÃO INTERNACIONAL FM 90.7- CONQUISTA

O PROGRAMA CONEXÃO INTERNACIONAL, LIDER DE AUDIENCIA EM SEU HORARIO EM TODA NOSSA FRONTEIRA BRASIL-PARAGUAY-,CONEXÃO INTERNACIONAL É UM PROGRAMA APRESENTADO PELO JORNALISTA QUE SABE DAS COISAS-JORGE PACHECO- TODOS OS SABADOS PELA RADIO CONQUISTA DE CAPITAN BADO 90.7, APARTIR DAS 12  HORAS.   FIQUEM DE ANTENAS LIGADAS.HOJE PREFEITO SERGIO BARBOSA, RANFIS GONZALEZ,DR.BANDEIRA, ISMAEL VALIENTE  ENTRE OUTROS


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PASSARELA
Diversos

55

Ex-amante de doleiro estampa capa da Playboy com dólares tapando partes íntimas

Taiana Camargo

Taiana Camargo

Taiana Camargo, a ex-amante de Alberto Youssef, é a estrela da capa da primeira edição da “Playboy” em 2015. A moça, que teve um caso extra-conjugal com o doleiro durante cinco anos, aparece na imagem só de sutiã, com dólares e um carro caríssimo. As fotos foram feitas pela americana Autumn Sonnichsen, que também clicou Jéssika Alves.

Alberto Youssef foi o pivô do escândalo que resultou na Operação Lava-Jato, que prendeu empresários e funcionários do governo. Taiana Camargo tem 30 anos e é natural do Ceará. Ela e o doleiro se conheceram quando a moça se mudou para São Paulo para trabalhar com vendas. Segundo a Polícia Federal, o número dela apareceu 10.222 no celular de Youssef entre 2010 e 2013. O romance acabou com a prisão de Youssef, em março

Agricultor faz sucesso ao andar montado em porco enorme

Um agricultor chinês chamou atenção no ano passado após alguns vídeos que mostram ele andando montado em um enorme porco foram publicados na web. Assista ao vídeo.

Jiang Chengyou, que cria suínos há mais de três décadas, virou uma celebridade local após ser flagrado em um porco ao longo de uma estrada movimentada em Chongqing
.
 

0

'Perdemos a saúde para ter dinheiro', afirma Andressa Urach Ainda em casa de repouso e acompanhada diariamente por uma equipe médica , após 25 dias internada devido ao processo infeccioso decorrente da aplicação de hidrogel


Ainda em casa de repouso e acompanhada diariamente por uma equipe médica , após 25 dias internada devido ao processo infeccioso decorrente da aplicação de hidrogel nas pernas, Andressa Urach usou as redes sociais para mandar uma mensagem aos seguidores e também fazer um balanço de 2014.  A modelo, que passou o Réveillon com a família em Porto Alegre, comemorou estar viva. "A palavra Vida tem apenas Um "V", o resto é só "ida"... Desfrute do Senhor, de sua Palavra e de todos os que você ama!! Enttão Um Briindee Ee Quee Veenhaa 2015 Não poderia passar ano novo melhor!!! Na presença de Deus com minha família agradecendo a vida!", escreveu no post publicado na madrugada desta quinta-feira (01).
 
Com foto de uma criança, o post ainda tinha a seguinte dizeres: "Quando a última coisa que você tiver for Deus, você vai descobrir que ele era a única coisa que você precisava ter", revelando uma Andressa arrependida dos erros que cometeu no passado. "Sabe qual é a ironia da vida? Pensamos sempre ao contrário, temos pressa de crescer e depois suspiramos pela infância perdida. Perdemos a saúde para ter dinheiro e logo em seguida perdemos o dinheiro para termos saúde... Pensamos tão ansiosamente no futuro que esquecemos o presente, assim nem vivemos o presente nem o futuro e esquecemos muitas vezes da família e amigos. Vivemos como se nunca fôssemos morrer e morremos como se nunca tivéssemos vivido".


 
A modelo, de 27 anos, ainda não tem previsão de deixar o Sul e voltar a morar em São Paulo.  Ela saiu do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre na véspera de Natal, 24 de dezembro. Em conversa com o UOL no domingo (28), Marisete De Faveri, mãe da vice-Miss Bumbum, contou que Andressa está sendo acompanhada em casa pela equipe do hospital e tomando remédios regularmente. "A Dessa está se recuperando a cada dia, está tomando muitos remédios ainda, o Hospital Conceição tem um atendimento chamado PAD que atende os pacientes em casa, ela está neste programa porque ainda precisa cuidados médicos e repouso", explicou.
Processo infeccioso
 
A modelo foi hospitalizada na unidade de saúde no dia 29 de novembro, quando chegou acompanhada pela mãe. Na ocasião, Andressa apresentava um processo infeccioso decorrente da aplicação de hidrogel nas pernas, realizada há cinco anos em uma clínica especializada.
 
De acordo com Cacau Oliver – assessor de Urach e criador do concurso "Miss Bumbum" – sua cliente estava trabalhando em Brasília (DF), no final de novembro, quando começou a sentir dores nas pernas. Ela viajou a Porto Alegre para procurar um hospital e acabou sendo operada para que a infecção fosse contida. Em julho, ela já havia passado por um procedimento para a retirada de parte do hidrogel de seu corpo. "Como ela passou muito mal, voltou para o hospital no último domingo e descobriram que a dreno fechou e causou uma infecção", contou.
 
O uso da substância composta por poliamida e soro fisiológico, comercializada como um gel aquoso, é indicado para diminuir pequenas rugas do rosto, celulites e cicatrizes, além de redesenhar partes assimétricas do corpo, como o bumbum. Mas, a recomendação médica é que ela seja usada em poucas quantidades, por isso não seria indicado para utilização nas pernas e nas nádegas com a intenção de aumentá-las.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GIRO POLICIAL
Diversos

Maquina agrícola passa por cima de homem que morre na hora em Itaporã O Homem trajava calça jeans clara e blusa, estava com uma bicicleta vermelha e aparentemente ter a idade acima de 40 anos

Maquina agrícola passa por cima de homem que morre na hora em Itaporã

Foto: ilustrativa

Foto: ilustrativa

Na noite desta sexta-feira (02/01) a polícia de Itaporã recebeu informações de dois agricultores dizendo um indígena havia morrido após um trator que passava veneno em uma lavoura de soja ter passado em cima do mesmo a cerca de dez quilometro de Itaporã na ITA-90, estrada que passa próximo ao Clube de Campo Pedra Bonita e dá acesso as aldeias indígenas de Dourados.

O tratorista estava a cerca de dez metros dentro da lavora quando percebeu que o trator passou por cima de algo, onde o operador achou que fosse um buraco de tatu entretanto logo a frente viu que se tratava de uma bicicleta caída.

Diante do fato o operado de máquina desceu do trator e volto para traz onde percebeu que havia passado por cima do indígena que morreu na hora.

A máquina passou por cima do peito e cabeça da vítima. No local foi encontrada uma baquinha de pinga, onde indica que o indigna estava ingerindo bebida alcoólica e deve ter ficado bêbado e veio a dormir, onde aconteceu a fatalidade.

A Policia Militar esteve no local preservado o local onde acontece o incidente, até a chegado do delegado de Itaporã Dr. Ricardo Meirelles e da perícia de Dourados comandada pelo perito Dr. Valmor Garcia.

O indígena não portava nem um tipo de documento e logo após os procedimentos de praxe o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Dourados.

 

Brasileiro fica com faca encravada na cabeça e dirige por duas horas até chegar em hospital

Um homem com uma faca encravada em sua cabeça dirigiu por duas horas para o hospital depois de ser atacado três vezes em uma festa. 

Juacelo Nunes, de 39 anos, teve sorte de escapar com vida depois da lâmina de 30 centímetros de comprimento passar por sua boca, para o lado direito de sua mandíbula, o fazendo perder seu olho esquerdo. 

O motorista de táxi também sofreu ferimentos da faca em seu peito, garganta e no ombro, após uma discussão em um evento em Água Branca, Piauí. 

Três outros homens teriam se envolvido no ataque. 

[Brasileiro fica com faca encravada na cabeça e dirige por duas horas até chegar em hospital][Brasileiro fica com faca encravada na cabeça e dirige por duas horas até chegar em hospital]


Ele permaneceu consciente durante todo o calvário e dirigiu para um hospital em Teresina - embora ele diga que não se lembra do momento em que ele foi esfaqueado. 

O diretor do hospital do estado de Piauí disse: "A faca passou por vários nervos e veias, que podem rapidamente matar um paciente". 

A esposa de Nunes disse que ficou chocada ao vê-lo com a faca em seu crânio, e descreveu a sua sobrevivência como um "milagre".

 

Mãe e filho são assaltados na noite de Ano Novo

Uma mulher de 51 anos e o filho dela de 14 anos foram vítimas de um assalto que aconteceu pouco antes da virada do ano, no dia 31, por volta das 21h.

Conforme as informações relatadas pelas vítimas à polícia, os dois estavam na casa de amigos. Ao saírem do local em direção ao carro Ford Fiesta de cor prata com placa HTT 3678, os dois foram surpreendidos por um homem que se aproximou a pé e anunciou o assalto aos gritos de “perdeu, perdeu”.

Mãe e filho foram obrigados a sair do veículo e o assaltante fugiu em seguida levando o carro, documentos pessoais, celulares e R$ 200 em dinheiro. A Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu localizar o criminosos.

Ontem (1) de madrugada, horas após o assalto, a polícia conseguiu localizar o carro da família na região periférica da cidade, em local que não foi divulgado. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial e está sob investigação.

 Amambaiense de 30 anos é morto à facadas no Paraná

Corpo de Elias da Silva Santos será velado e sepultado em Amambai onde residem seus familMorreu na madrugada dessa sexta-feira, 2 de janeiro, no Hospital Universitário em Cascavel no Paraná, o amambaiense Elias da Silva Santos, de 30 anos.

Segundo a imprensa paranaense, Elias foi ferido a golpes de faca durante um desentendimento na noite de quarta-feira, dia 31 de dezembro, na cidade de Nova Aurora, no Paraná, onde estava residindo atualmente.

O corpo de Elias está sendo trazido por uma equipe da Pax Primavera para Amambai onde deverá chegar por volta das 22h de hoje.

O velório será na Igreja O Brasil para Cristo, situada próximo ao Posto Sol Nascente, na saída para Aral Moreira e o sepultamento será neste sábado, 3 de janeiro, no Cemitério Municipal Santo Antônio, em Amambai.

Elias da Silva Santos era irmã do motorista Marcelo da Silva Santos, o “Pato Roco”, assassinado com requintes de crueldade em agosto de 2006 em Amambai, crime até hoje não desvendado

Cãozinho protege corpo de amigo que morreu atropelado

Um exemplo de fidelidade e amizade chamou a atenção de motoristas e pedestres que passavam na manhã desta quarta-feira (21) pela Av Juscelino Kubitschek de Oliveira, no CIC, em Curitiba.

Um cão está deitado ao lado do corpo de outro animal que morreu, provavelmente atropelado, e protege o amigo da aproximação de qualquer pessoa.

Segundo informações de pessoas que vivem na região, o animal está parado no mesmo lugar desde domingo (18). Alguns moradores levaram água, comida e tentaram resgatar o animal, porém, ele avança em qualquer um que chegue perto do corpo do cão atropelado

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CAFE DA MANHÃ
Diversos Avião pousa à margem de rodovia em MS

Divulgação Polícia Civil MS

Um avião monomotor com quatro pessoas a bordo fez um pouco forçado hoje às margens da rodovia MS-141 entre Ivinhema e Naviraí (MS). O piloto e os três passageiros, incluindo um casal de estado-unidenses, tiveram apenas leves escoriações. A aterrisagem foi perto da pista de pouso de uma usina sucroalcooleira AdecoAgro onde o piloto pretendia descer. O piloto, cujo nome não foi divulgado, disse que "faltou motor" e tentou pousar na rodovia, mas como vinha uma carreta foi obrigado a jogar o avião à margem da estrada, causando as avarias, informa o site Jornal da Nova

Feliz ano velho

José Cruz/Agência Brasil

Do migalheiro colunista do site jurídico Migalhas:
 
"Para uns foi bom, para outros foi ruim. Referimo-nos ao discurso da presidente Dilma na posse. Uma coisa, porém, não se pode negar: foi uma oratória fraca, sem a grandeza que muitos temas mereciam. 
 
A fala esteve polvilhada de recados esconsos. Mas em termos jurídicos uma coisa nos chamou a atenção. No Congresso, S. Exa. disse que iria propor ao Legislativo alterar a CF para tratar ´a segurança pública como atividade comum de todos os entes federados, permitindo à União estabelecer diretrizes e normas gerais válidas para todo o território nacional, para induzir políticas uniformes no país e disseminar a adoção de boas práticas na área policial`. 
 
Ótimo, dirá o leitor. Sim, de fato, eis um problema a ser federalmente tratado. 
 
Ocorre, no entanto, que ao chegar no parlatório do palácio do Planalto, poucos minutos depois, Dilma não mais falou em proposta para os representantes do povo. 
 
Em ato falho, Dilma asseverou que, ´de pé e com a força da fé nesse país`, vai mudar a Constituição para melhorar a segurança pública. Chefe do Executivo falando que vai mudar a CF?!
 
Definitivamente, não é um bom começo..."

www.MarcoEusebio.com.br

Rudel Trindade, ex-presidente da Agetran de Campo Grande, vai comandar a MSGás no governo Azambuja. Porém, o nome dele e o de dirigentes de outras autarquias ligadas à Secretaria de Produção só serão anunciados pelo novo governador quando Ademar da Silva Jr. (leia Entre Azambuja e a ministra Kátia Abreu) ou outro nome for confirmado como secretário. 
 
No evento de posse do secretariado de Reinaldo, ontem, perguntei se ele entra na cota do presidente regional do DEM, Mandetta, que apoiou a eleição do tucano. Ao lado do presidente local do PSDB e novo secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, o Rudel, que de bobo não tem nada, fez questão de prestigiar as três principais lideranças democratas no estado e respondeu:
 
– "Na cota do DEM do deputado federal Mandetta, do vereador Saraiva e do deputado estadual Zé Teixeira!"

Jéssica Barbosa, da Assessoria

Após a posse do novo governador, perguntei a Azambuja se já teria um nome para a cadeira que deve ficar vaga no TCE, caso o conselheiro Ricardo Cabral mantenha sua disposição de pedir aposentadoria do cargo - já que o primeiro pedido foi anulado pela Corte Fiscal - depois que o decreto de André nomeando Arroyo para a vaga que acabou não existindo foi suspenso pela desembargadora Tânia Garcia.
 
Ao seu estilo, Reinaldo respondeu "mineiramente" que vai esperar a decisão do mérito na Justiça:
 
– "Esse caso está judicializado. Vamos deixar a Justiça decidir."
 
Atento à nossa conversa, pássaro de bico grande me sugeriu, entretanto, um nome lá de Ponta Porã... o do recém eleito deputado estadual Flávio Kayatt (PSDB).

Deurico do Capital News para o www.MarcoEusebio.com.br

A propósito, depois de a desembargadora Tânia Garcia, plantonista do TJMS, suspender decreto do ex-governador André Puccinelli (PMDB) que o nomeava para o Tribunal de Contas, o deputado Arroyo (PR) bem que tentou cumprimentar o novo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) após a posse, na saída da Assembleia. Mas como o poder é sedutor e muita gente queria fazer o mesmo, não obteve êxito em meio ao empurra-empurra.

Polícia detona 'bomba' encontrada embaixo da mesa do governador

O esquadrão antibombas da Polícia Militar (PM) vai remontar o artefato que foi localizado embaixo da mesa onde ocorreu a posse do secretariado do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB). O objeto, que aparentava ser uma bomba, foi detonado nesta sexta-feira (2) no pátio do Centro de Convenções Gil de Camilo, em Campo Grande.

Com o jato de água, a bomba foi desmanchada para ser feita a explosão e será encaminhada para perícia. Temos até 30 dias para tomar conhecimento deste laudo e a investigação será conduzida pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, Assaltos a Bancos e Sequestros (Garras)”, afirmou a delegada Daniela Kades, da 3ª Delegacia Civil de Polícia.

Em um laboratório, a delegada disse que o objeto será reproduzido e então será verificado o motivo dele não ter explodido.

“Ele precisava estar compactado e ter pressão para servir como bomba. Então será analisado se o artefato estava realmente desta maneira”, afirmou o perito criminal João Ricardo Parreira.

Entenda o caso

De acordo com a PM, o material tinha dois canos de PVC de cerca de 30 centímetros e um relógio. O chefe de segurança institucional do governo, Nelson Antônio da Silva, disse que duas vistorias foram feitas antes do início do evento de posse e que nada foi encontrado.

O Corpo de Bombeiros, policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Batalhão de Choque (BPChq) foram ao local, além de peritos e policiais da Garras

 
 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1302 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Sexta, março 27
· MULHER
· COLIRIO
· CASO DE POLICIA
· CAFE DA MANHÃ
Quinta, março 26
· NOTICIAS DA NOITE
· TAXA
· VIVA A DILMA...
· MACONHA
· ENFOQUES DO MARCO
· NA HORA H
Quarta, março 25
· ODILON
· INDIOS
· da noite
· NOTICIAS DA TARDE
· FUSÃO
· SAINDO DE FININHO
· MASCOTE
· AMAMBAI
· ENFOQUES DO MARCO
Terça, março 24
· DENGUE
· POLICIA
· BABILONIA: 12 OU 21
· AZAMBUJA SE ENCONTRARÁ COM PRESIDENTE DO PARAGUAI
· DELCIDIO PODERÁ DEIXAR O PT
· 80 ANOS
· GIRO
· SEM CONTROLE
· AMAMBAI
· TOP
· SAUDE DA CRIANÇA

 Calendario de Eventos
Março 2015
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB