Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/correiod/public_html/index.php:1) in /home/correiod/public_html/mainfile.php on line 168
=:Correio da Fronteira:=

 Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
9795137
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




CAFE DA MANHÃ
Diversos

Comércio de Pedro Juan Caballero fechou as portas contra diminuição das cotas de compras de importados


.

Presidente da Câmara, Marcelino Nunes de Oliveira participou de protesto na Linha Internacional na manhã desta terça-feira Presidente da Câmara, Marcelino Nunes de Oliveira participou de protesto na Linha Internacional na manhã desta terça-feira
Contra a redução da cota de compras de importados de U$ 300 para U$150 que entrará em vigor no próximo dia 1º de julho, cidades fronteiriças como Pedro Juan Caballero, Ciudad del Leste e Salto Del Guairá fecharam as portas por duas horas na manhã desta terça-feira (17) em forma de protesto.

O Movimento Fronteiras Unidas quer que a cota ao invés de diminuir aumente para U$500. Ao término da passeata, grandes empresas de Pedro Juan continuaram com as portas fechadas e não abriram no decorrer do dia. Cerca de seis mil pessoas participaram do protesto na Linha Internacional.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, Eduardo Gauna, disse que apóia a manifestação já que o mesmo dinheiro que circula em Pedro Juan também circula em Ponta Porã. “45% das vendas são do Paraguai e como a cidade paraguaia está parada, ambas estão perdendo”, disse Gauna.

Com a alta do dólar o movimento em Pedro Juan Caballero e Ponta Porã tem diminuído significativamente, já que o turismo predominante é o de compras.

De acordo com o presidente da Câmara de Industria e Comércio de Pedro Juan, Pedro Bondiman, Pedro Juan e Ponta Porã estão sendo prejudicadas com essas mudanças na economia. “Com essa alta do dólar nossa fronteira está parada, tivemos uma baixa nas vendas e aumento de trabalhadores desempregados, fazendo com que aumente a taxa de criminalidade”, comentou Bondiman.

O presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, Marcelino Nunes de Oliveira, destaca que o Movimento Fronteiras Unidas é justo, pois visa o aumento da cota. “A redução da cota para U$150 acarretará prejuízos para as fronteiras. Aqui o nosso turismo é de compras e com a suba do dólar tem diminuído o fluxo nos hotéis e restaurantes”, explicou Marcelino.

 

Produtores rurais organizam manifesto no domingo


.
Produtores rurais realizam manifesto na manhã de domingo em Dourados - Foto: Divulgação Produtores rurais realizam manifesto na manhã de domingo em Dourados - Foto: Divulgação
 

Dourados irá sediar no próximo domingo mais um manifesto contra a corrupção e em oposição às medidas adotadas recentemente pelo governo federal. Desta vez, a mobilização será liderada pela Frente Produtiva do Brasil, movimento encampado por produtores rurais e representantes da sociedade civil organizada.

O protesto irá acontecer no domingo (22) às 10h no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho e contará com o apoio da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced) e outras entidades de todo o Estado.

O ruralista Luiz Antonio Naban, um dos coordenadores da Frente Produtiva do Brasil, ressalta que o movimento realizado em Dourados terá abrangência estadual, com participação de entidades de todos os municípios de Mato Grosso do Sul.

O manifesto é aberto a toda a sociedade incluindo não somente a classe produtora, mas também a indústria, comércio, profissionais liberais, igrejas, trabalhadores e também os desempregados. “É um movimento da nação brasileira, um encontro de cidadãos do bem, que trabalham e pagam seus impostos e estão sendo prejudicados por uma gestão desmoralizada e incompetente”, destaca o ruralista.

Segundo ele, representantes nacionais da Força Produtiva também estarão em Dourados durante o manifesto que, a exemplo da mobilização realizada domingo passado pelas ruas da cidade, também promete ser pacífico e ordeiro. “Estamos unindo forças para demonstrar nossa insatisfação com a política desastrosa praticada em nosso país”, acrescenta. Atos como este estão sendo realizados em vários locais do país, sempre com a mesma proposta. O próximo passo, segundo o coordenador, será a realização de uma audiência pública em Brasília para apresentar as reivindicações do povo brasileiro ao Congresso Nacional.

O presidente da Aced, Antônio Nogueira, comenta que o manifesto levanta a mesma bandeira dos atos anteriores, e por este motivo contará com o apoio da entidade. “Estes movimentos vão ao encontro do que a Aced defende. Também somos contra os desmandos administrativos e políticos do atual governo e por isto estaremos, mais uma vez, envolvidos neste movimento”, garante.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CARA DE PAU
Diversos
17/03/2015 12h45

Filho de prefeito e sobrinho de Zeca ironiza manifestação de domingo


 

Sobrinho do deputado federal Zeca do PT, parente de Vander Loubet e filho do prefeito de Porto Murtinho, Heitor Miranda dos Santos (PT), e da ex-prefeita Myrian Silvestre dos Santos, Marcelo Heitor Silvestre dos Santos, 33, publicou um vídeo em rede social ironizando as manifestações de domingo (15) em todo o Brasil.

O ato serviu de protesto contra a corrupção e pedindo a saída da presidente da República Dilma Rousseff. Um dos parentes de Heitor, Vander Loubet, é investigado por suposto envolvimento na Operação Lava Jato desencadeada por crimes de corrupção na Petrobras.

Num carro com teto solar, Marcelo dá sonoras gargalhadas e ironiza o que define como protesto da “direitinha”, de “criança mimada” e “de quem não voltou na Dilma e tá com dorzinha de cotovelo”.

“Compreendo a repercussão que teve. É um momento político acirrado, tenho um ponto de vista diferente do que a maioria das pessoas que frequentou a manifestação. Sou partidário, sou petista. Não me arrependo porque não ofendi ninguém, coloquei de forma irônica o que pensava”, afirma em entrevista ao Campo Grande News.

De acordo com Marcelo, a gravação resultou em críticas que vão de xingamentos a ameaça de apanhar na rua. “Mas também teve gente que me parabenizou e mandou mensagem de apoio. O PT está no DNA nosso. Para o bem e para o mal”, diz.

Militante do PT, ele vai transferir o título eleitoral de Porto Murtinho para Campo Grande. A pretensão é ser candidato a vereador na Capital. “Vamos estabilizar algumas ideias internas nossas na família”, afirma.

Saiba Mais

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CAMARA MUNICIPAL DE AMAMBAI
Computer Music

Resumo da sessão da Câmara de Amambai do dia 16 de março de 2015

Fonte: AN

Membros da mesa diretora do legislativo de Amambai
Foto: Moreira Produções Membros da mesa diretora do legislativo de Amambai
Foto: Moreira Produções

Amambai (MS) - A sessão do legislativo municipal de Amambai realizada na última segunda-feira, dia 16, no plenário Lourino Jesus de Albuquerque, contou com a presença dos 13 vereadores que compõem o poder legislativo municipal.

Na sessão, foram apresentados e aprovados projetos, requerimentos e indicações sobre os mais diversos assuntos. Os trabalhos foram coordenados pela mesa diretora composta pelo presidente, vereador Jaime Bambil (PT do B); vice-presidente, vereador Ilzo Victor Arce Vieira (PT do B) e pelo vereador Professor Ailton (PSB), primeiro secretário.

Luciney Bampi (PV)
O vereador apresentou requerimento, subscrito pelo vereador Valter Brito (Pros), ao prefeito de Amambai, Sérgio Barbosa (PMDB), solicitando a liberação de um ônibus para o transporte de alunos do cursinho pré-vestibular, na cidade de Dourados. O documento contou a assinatura dos demais vereadores

David Nicoline (SDD)
O vereador apresentou requerimento ao prefeito de Amambai, Sérgio Barbosa (PMDB), solicitando a destinação de um terreno e construção de uma Capela Mortuária, na vila Limeira.

Anilson Prego (PSB)
O vereador apresentou projeto de lei autorizando o poder executivo conceder escritura pública de registro de propriedade de imóvel aos moradores da vila Monte Cristo, em Amambai.

Valter Brito (Pros)
O vereador apresentou indicação ao deputado federal, Vander Loubet (PT), solicitando apresentação de emendas junto ao Orçamento Geral da União (OGU) para aquisição de um Tomógrafo e um Mamógrafo, para o Hospital Regional de Amambai. O documento foi subscrito pelo vereador Luciney Bampi (PV).

Roberto Protético (PSD)
O vereador apresentou requerimento ao prefeito de Amambai, Sérgio Barbosa (PMDB), solicitando a construção de uma passarela elevada em frente da escola estadual Dr. Fernando Corrêa da Costa.

Luis Fernando Fischer (PR)
O vereador apresentou requerimento ao secretário municipal de Saúde, Sérgio Périus, solicitando informações sobre os números de notificações e de confirmações de casos de Dengue, no município de Amambai.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIA
Diversos

Em quatro dias de operação, DOF apreende maconha e 1,5 mil caixas de cigarro na fronteira de MS

Fonte: Sejusp/MS

Operação aprendeu drogas e cigarros e cinco pessoas presas / Foto: Divulgação Operação aprendeu drogas e cigarros e cinco pessoas presas / Foto: Divulgação

Campo Grande (MS) – Ações coordenadas por equipes do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) desarticularam nos últimos quatro dias vários grupos criminosos que agiam na fronteira do Estado e resultaram até o momento, na apreensão de meia tonelada de maconha, 125 mil pacotes de cigarros, duas armas de fogo e nas prisões de cinco pessoas.

Na madrugada do último dia 12, durante patrulhamento na região de Paranhos, próximo à linha internacional, as equipes do DOF abordaram uma caminhonete importada, cor branca, com placas do Paraguai, conduzida por um brasileiro, que portava um revólver calibre 38 especial, modificado para o calibre 357. O acusado foi preso e encaminhado junto com a arma para a Delegacia de Polícia Civil de Paranhos, onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Já na última sexta-feira (13), uma das equipes do DOF em atuação na região de Corumbá, abordou na BR-262, um carro popular, cor preta, com placas de Piquete (SP), conduzido por um homem de 55 anos. Em vistorias, os policiais contataram adulterações nos sinais identificadores do veículo. O acusado foi preso e encaminhado juntamente com o veículo para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá, onde foi autuado em flagrante pelo crime de receptação.

No mesmo dia, outra equipe do DOF que realizava policiamento itinerante na região de Caarapó, interceptou uma pick-up, cor branca, com placas do estado de São Paulo, conduzido por um homem de 26 anos, que transportava na carroceria 485 quilos de maconha. A droga e o veículo foram apreendidos, o acusado preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Caarapó, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Na tarde de domingo (15), os policiais do DOF identificaram em Mundo novo, um galpão semelhante a uma fábrica, onde haviam dois caminhões carregados com 1.500 caixas de cigarros de várias marcas, contrabandeados do Paraguai. Os proprietários das cargas não foram identificados. O material foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal em Naviraí, para as providencias cabíveis.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

EB
Diversos

Viaturas blindadas com tecnologia avançada substituem antigas “Urutu e Cascavel”


Joandra Alves
Viaturas blindadas foram apresentadas em Dourados - Fotos: Joandra Alves Viaturas blindadas foram apresentadas em Dourados - Fotos: Joandra Alves
 

Foi realizado na manhã desta terça-feira (17) no comando da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, Brigada Guaicurus, em Dourados, o lançamento da viatura blindada “Guarani” de transporte pessoal sobre rodas. Os novos veículos com fabricação em 2014 substituirão os tradicionais “Urutu e Cascavel” que estão há mais de 40 anos no país.

A VBTP-MR Guarani foi desenvolvida pela Iveco do Brasil, como parte do programa de modernização do Exército. Eles contam com inovações tecnológicas como capacidade de navegação por GPS ou inercial e aviso de detecção por laser.

“Estamos recebendo viaturas de ponta de uma série com alta tecnologia e visando o desenvolvimento que o Exército vive no momento. Elas são inovadoras, trazendo mais segurança. Com toda tecnologia de bordo, célula de vida, ou seja, proteção da guarnição ela é a de mais moderna que existe”, disse o general de Brigada Rui Yutaka Matsuda, comandante da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada.

Da nova série, oito viaturas chegarão para a região e serão divididas com as brigadas de Amambai, Ponta Porã e Bela Vista.

“Até 2016 contaremos com 32 viaturas como esta, que serão usadas em diversas situações como, por exemplo, as com necessidade de proteção blindada, já que elas substituirão as Urutu e Cascavel”, explicou o general Matsuda.

A viatura é composta por uma guarnição com três pessoas, comandante, motorista e atirador e ainda nove combatentes.

Ela conta ainda com baixa assinatura térmica e de radar, proteção blindada para munição perfurante incendiária e minas anticarro, sistema de Consciência Situacional, torre automática com canhão 30mm, visão noturna e reparo automatizado para metralhadora 50 ou 7,62mm.

A guarnição que irá conduzir a viatura, já está recebendo o treinamento adequado por engenheiros militares do exército e fabricantes. As atividades são realizadas na brigada 17º Regimento de Cavalaria Mecanizado de Amambai.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ACIDENTE
Diversos

Pai de prefeito fica ferido em acidente na MS-156



 

 Irani Pereira de Souza, de 62 anos, sofreu fratura exposta em um dos braços e escoriações pelo corpo quando o carro que conduzia sofreu um desvio de direção, saiu da pista e capotou na Rodovia MS-156, em Amambai.
 

O acidente aconteceu na manhã dessa terça-feira, 17 de março, no trecho da rodovia estadual que liga Amambai a Tacuru, a cerca de 20 quilômetros da cidade, em Amambai.
 

Irani, que é pai do prefeito de Paranhos, Júlio César de Souza (PDT), se deslocava de Campo Grande onde reside atualmente, para Paranhos, cidade onde milita há vários anos no meio político.
 

Ele foi socorrido por populares e encaminhado ao Ponto Socorro do Hospital Regional de Amambai onde recebeu atendimento de emergência, posteriormente foi encaminhado para o Hospital da CASSEMS, na cidade de Dourados, mas apesar da violência do acidente, não corria risco de morte, segundo o HR.
 

O carro que Irani de Souza viajava na hora do acidente, um Fiat Uno cor preta, placas HRU 4346 de Paranhos-MS, ficou completamente destruído.
 

Uma equipe da PRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) da base operacional de Amambai esteve no local do capotamento realizando levantamentos e um laudo deverá apontar as causas do acidente.
 

As suspeitas iniciais são de o condutor tenha cochilado ao volante, segundo polícia.
 

O prefeito Júlio Cesar de Souza esteve em Amambai e se deslocou para a cidade de Dourados para acompanhar o atendimento a seu pai.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA NOITE
Diversos

Frigorífico Fribrasil fechará unidade em Caarapó no dia 31



O frigorífico Fribrasil Alimentos fechará a unidade em Caarapó no próximo dia 31, suspenderá os abates de até 500 bovinos por dia e demitirá os cerca de 500 funcionários. Todos estão de aviso prévio. Funcionários contratados há menos de 90 dias, que não tinham essa garantia trabalhista, já teriam sido dispensados.


A ação é mais um capítulo da crise da companhia, iniciada em 2008 por causa do foco de febre aftosa no Estado o qual implicou redução da demanda pela carne bovina da região. A crise inclui, ainda, um processo de recuperação judicial, cujo plano foi aprovado pelos credores em 2011. Além da sucessão de problemas financeiros, se junta às dificuldades do atual custo de bovinos para o abate, perto dos recordes históricos de preços.


O sócio e diretor do Fribrasil, Luiz Antonio Ramalho, apenas confirmou o fechamento da unidade. Ramalho disse que não poderia dar mais detalhes da operação para não prejudicar as atividades ainda realizadas na planta industrial.


Já o advogado do Fribrasil, Rodrigo Machado Siviero, informou que a companhia vinha tomando prejuízo há vários meses, o que motivou a decisão do fechamento. "Eu não sei se a decisão é definitiva ou se há planos para retomar o abate quando o cenário for outro", afirmou Siviero.


O advogado confirmou as demissões e informou que os débitos previstos no plano de recuperação judicial deverão ser pagos normalmente mesmo com o fechamento da unidade. 

Polícia flagra negociação de armas e prende dois no Centro


Adriano Moretto, com Osvaldo Duarte
Dupla foi presa na tarde desta terça em Dourados - Foto:Osvaldo DuarteDupla foi presa na tarde desta terça em Dourados - Foto:Osvaldo Duarte
 

Policiais da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) de Campo Grande em conjunto com a Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) de Dourados, prenderam dois homens na tarde desta terça-feira (17) negociando armamento na avenida Hayel Bon Faker, região central da cidade.

Wellinton Fernando Rodrigues dos Santos Silva, 26 e Isaac Pereira Luna, 36, foram flagrados no momento em que tentavam finalizar uma transação.

De acordo com as informações policiais, equipes da Capital receberam a informação que armas estariam sendo negociadas a partir de Dourados para outras cidades do Estado e do país.

Após investigações, descobriram o horário e o local que a dupla se encontraria e com o apoio da Defron, prenderam os dois.

Após a ação, se deslocaram até a casa de Wellinton, na rua Joaquim de Barros, Jardim Pantanal, onde foram apreendidas três pistolas, duas calibre 9 milímetros e outra .380, além de R$ 1,2 mil e 1,5kg de cocaína.

Encaminhados para a sede da Defron, serão ouvidos e colocados a disposição da Justiç


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIQUE SABENDO
Diversos

Vídeo de sobrinho de Zeca do PT zombando de protesto ganha repercussão nacional



Marcelo com o primo Vander Loubet

 Um vídeo  gravado e publicado na rede social por Marcelo Heitor Miranda dos Santos, filho do prefeito de Porto Murtinho, Heitor Miranda dos Santos, e sobrinho do deputado federal, ex-deputado estadual e ex-governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, ganhou repercussão nacional. O material foi compartilhado até pela jornalista Rachel Sheherazade, ex-apresentadora do SBT.

Nas imagens, Marcelo Heitor - primo do deputado federal Vander Loubet, denunciado na Operação Lava Jato - aparece zombando das pessoas que, no último domingo (15), foram para as ruas em todo Brasil, protestar contra a presidente Dilma Rousseff e os escândalos envolvendo casos de corrupção na Petrobras.

Além de postar o vídeo em seu perfil na rede social Facebook, Marcelo também escreveu. “A caminhada do chororô foi tão piada, que na linha de frente estava o Bolsonaro, Zé Agripino e de lambuja Vanessa Camargo entoando o Hino Nacional. Movimento político, sem apresentar nada de novidade. Renderam a caminhada e inúmeras risadas, nem tudo foi perdido né?”

Horas depois, Marcelo retirou o vídeo e deixou apenas o texto.

Já a jornalista Rachel Sheherazade compartilhou o vídeo gravado por Marcelo em seu perfil na rede social e escreveu: “Marcelo Heitor Miranda - Filho do prefeito de Porto Murtinho e sobrinho do Zeca do PT. Tirando sarro da população e ainda vai se candidatar a vereador”.

Vídeo

Entre risos e gargalhadas, Marcelo grava a seguinte mensagem enquanto dirige um veículo:

“Bom dia Campo Grande, Capital Morena! Bom dia Brasil! Deu não, né? Dilminha tá lá, né? Como é que faz? Muito bom, é delicioso ganhar da direitinha. São quatro anos saboreando a vitória, o desespero, o mimimi, o chororô eterno, tipo aquela criancinha mimada que perde o doce, sabe? Não deu, né? Mas valeu a caminhada, perdeu um pouquinho de caloria, tipo caminhada da saúde, né? É uma delícia! Como é que pode? Mas olha, não cansa não. Vamos continuar fazendo manifestaçõezinhas dessas daí política, né? Não tem essa de apolítica, né? Manifestação política de quem não votou na Dilma, está com dorzinha de cotovelo, doído pela derrota, mas Lulinha vem aí em 2018 e aí é ferro de novo e mais quatro anos de chororô e mimimi. Mas que é bom é, é muito bom ganhar de vocês. Um beijinho gente, até a próxima, tchau!”

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PROTESTO
Diversos

Comerciantes paraguaios protestam por aumento da cota de importação

Na fronteira com Foz do Iguaçu e Guaíra (PR), lojas fecharam nesta terça (17).
Governo promete reduzir limite de isenção de US$ 300 para US$ 150.

Em Ciudad del Este, na fronteira com Foz do Iguaçu (PR), comércio de importados ficou fechado das 9h às 11h desta terça-feira (17) (Foto: Reprodução / RPC)Em Ciudad del Este, na fronteira com Foz do Iguaçu (PR), comércio de importados ficou fechado por duas horas nesta terça-feira (17) (Foto: Reprodução / RPC)

Comerciantes de Ciudad del Este e Salto del Guairá, no Paraguai, fecharam as portas nesta terça-feira (17) para pedir que o governo brasileiro mantenha a cota de importação de US$ 300 isenta de impostos ou aumente o limite para US$ 500. Em julho de 2014, o governo reduziu a cota de importação por terra para US$ 150 e um dia depois suspendeu a medida por mais um ano, prazo que está prestes a vencer. A mudança também depende da instalação de lojas francas nas chamadas cidades gêmeas fronteiriças.

De acordo com os empresários, a redução afeta diretamente a economia de Ciudad del Este e da vizinha Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná e de Salto del Guairá e Guaíra, na mesma região. O ideal, apontam, seria não só manter, mas aumentar a cota para US$ 500 a exemplo do limite para as compras no exterior para quem volta ao país de avião. Um estudo encomendado pelo Fundo de Desenvolvimento e Promoção Turística do Iguaçu (Fundo Iguaçu) indica que com a equiparação, a fronteira poderia receber cerca de 450 mil turistas a mais em cinco anos.

O presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu (Codefoz), Danilo Vendrúsculo, reforça que a ideia é atrair para a região cerca de 10% dos turistas brasileiros que atualmente têm preferido fazer compras em Miami (EUA). "A ideia é que este visitante possa aproveitar os benefícios da fronteira, ficando nos hotéis de Foz, jantando nos restaurantes de Puerto Iguazú (AR) e fazendo compras em Ciudad del Este. Queremos uma fronteira cada vez mais integrada", apontou.

Quanto à instalação dos free shops, Vendrúsculo disse que ainda não é possível afirmar se as lojas francas trarão mais benefícios ou prejuízos à economia da região. "Sem a instrução normativa da Receita Federal não dá para saber como isso vai funcionar exatamente."

Para o governador de Alto Paraná, Lucho Zacarias, esta é uma questão interna do Brasil, porém com efeitos sobre o Paraguai. "A redução da cota é nociva para os dois países, em especial para as regiões de fronteira, com efeitos econômicos e sociais. Cinco milhões de brasileiros cruzam a Ponte da Amizade todos os anos, enquanto apenas 1, 5 milhão visitam as Cataratas do Iguaçu, por exemplo. Ou seja, 3,5 milhões fazem o turismo de compras e dependem desta cota maior."

Em um encontro nesta terça em Ciudad del Este, parlamentares que representam o Paraguai no Mercosul e senadores que fazem parte da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) tentam encontrar uma solução para o impasse. Na segunda (16), os prefeitos de Foz do Iguaçu, Ciudad del Este, Salto del Guairá e Pedro Juan Caballero – na fronteira com Ponta Porã (MS) - estiveram com o presidente Horário Cartes na capital Assunção. Na ocasião, discutiram um projeto para a manutenção ou aumento da cota. A iniciativa tem o apoio do governo paraguaio.

Free shops
A medida publicada no dia 21 de julho – e que deve entrar em vigor em após 30 de junho de 2015 – determina que as importações acima de US$ 150 serão tributadas com uma alíquota do imposto de importação de 50%. A nova cota valerá também para transporte fluvial (por rios) e lacustre (lagos). Para o ingresso de mercadorias no país por meio de transporte aéreo, porém, a cota será mantida inalterada em US$ 500 por pessoa.

A portaria 307 do Ministério da Fazenda estabeleceu ainda uma cota extra de até US$ 300 para o regime de lojas francas ou free shops, que poderá funcionar, além dos portos e aeroportos com alfândega, em 28 cidades brasileiras de fronteira. Por este regime, as pessoas que comprarem produtos nessas lojas poderão gastar até US$ 300 acima da cota de US$ 150 por pessoa sem a cobrança de imposto de importação. Para que a medida entre em vigor, é preciso que as cidades gêmeas publiquem leis municipais autorizando o funcionamento deste tipo de comércio e que a Receita Federal estabeleça as regras.

A lista das cidades gêmeas foi publicada em decreto do Ministério da Integração Nacional


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

TRADICIONALISMO
Diversos

PONTA PORÃ LINHA DO TEMPO. HÁ 37 ANOS O SONHO DOS GAÚCHOS TRADICIONALISTAS FRONTEIRIÇOS SE REALIZAVA, SURGIA O CTG-QUERÊNCIA DA SAUDADE NA REGIÃO.

PONTA PORÃ LINHA DO TEMPO. HÁ 37 ANOS O SONHO DOS GAÚCHOS TRADICIONALISTAS FRONTEIRIÇOS SE REALIZAVA, SURGIA O CTG-QUERÊNCIA DA SAUDADE NA REGIÃO.


“Em matéria de Clube, Ponta Porã tem, desde 1978, um que merece referência especial: é o Centro de Tradições Gaúchas – Querência da Saudade e que já nasceu vitorioso. Fundado por um grupo de gaúchos e filhos de gaúchos, logo no primeiro ano o CTG começou a construção de uma sede campestre em terreno localizado a 6 km do centro da cidade, com 1500m² de área construída, onde já se acham prontos: salão restaurante, gabinete médico, sanitários, cozinhas, etc...” ELPIDIO REIS, Ponta Porã Polca, churrasco e chimarrão, Rio, 1981. Pág. 128.

Arquivo pessoal de Deidamia Amarilha Godoy: Foto do fim da década de 70 CTG Querência da Saudade em destaque da esquerda para direita, Sebastião Roncatti e sua esposa Diomar Roncatti, de chapéu e bigode Alberi Venâncio posteiro da época, Godofredo Sady Bueno (in memoriam) um dos sócios fundadores do clube e sua esposa Deidamia Amarilha Godoy, em frente ao tradicional do bolicho do cocho velho.

Ponta Porã cidade fronteiriça carinhosamente apelidada como “Princesinha dos Ervais”, de histórias marcadas por fatos ricamente relatados por historiadores e escritores sul mato-grossenses, com Elpídio Reis, e de inúmeras pessoas que aqui fixaram sua morada, como também de descendentes que aqui cresceram, escutando e repassando essas histórias da criação de nossa cidade de nossa rica fronteira.

Arquivo pessoal Deidamia Amarilha Godoy: Baile Realizado no salão Paroquial São José Ponta Porã 1977, o referido baile foi para formalizar a composição, formação e construção do CTG Querência da saudade de Ponta Porã, com seus primeiros sócios fundadores. Em destaque na foto, Sebastião Silva e sua esposa Diomar Roncatt ladeado de Godofredo Sady Bueno (in memoriam) e Sua Esposa Deidamia Amarilha Godoy.

“Começam a chegar a Mato Grosso as comitivas do Rio Grande do sul, as causas dessa epopeia. Terminada a guerra do Paraguai, em 1870, a zona sul de Mato Grosso se tornara conhecida pelos componentes da coluna do general Câmara, que operou nas cordilheiras de Amambaí e Maracaju, na sua fase final. Feita a desmobilização, os que regressaram à sua província natal Rio Grande do Sul levaram a notícia de que aqui existiam campos devolutos, próprios para criação de gado, e imensas matas virgens, onde se encontrava a erva-mate nativa.” ELPIDIO REIS, Ponta Porã Polca, churrasco e chimarrão, Rio, 1981. Pág. 49.

Foto Arquivo da Família Rodrigues (Francisco Rodrigues in memoriam).  Acervo de Carlos Morel. Dom Rodrigues uruguaio trajado com vestimentas típicas da época (pilcha), patriarca da família Rodrigues pioneira na formação de fazendas estâncias ervateiras na região fronteiriça na virada do século XIX.

No fim do século XIX e início do século XX, neste período histórico da região fronteiriça ocorreu uma grande migração do sul do país principalmente do Rio Grande do Sul, “gaúchos”, que juntamente com as comitivas e tropeiros, vieram em busca de novas oportunidades existentes na imensidão de terras de Mato Grosso, isso se deu principalmente por fatos ocorridos no seu estado, à revolução de 1893 a 1895, entre elementos do que defendiam as causas do Partido Federalista e defensores das causas do Partido Republicano, este fato contribuiu para uma grande saída em massa do estado do Rio Grande do Sul, para fugir deste conflito várias famílias sulistas migraram para a região de fronteira. Vale ressaltar que o Partido Republicano saiu vitorioso neste conflito.

Os colonos gaúchos, por longos anos trabalharam a terra, muitas pastagens foram formadas, a exploração da erva mate, sendo um dos percussores Tomas Laranjeiras, que ajudou no desenvolvimento econômico da região, sendo grandemente explorada, por este motivo à cidade de Ponta Porã ganhou o apelido de “Princesinha dos Ervais”, o café também foi muito explorado por longos anos substituído com a mudança climática e econômica do país ao longo dos anos a soja invadiu os campos fronteiriços, à exploração de madeira que proporcionou a criação de centenas de madeireiras em pleno funcionamento até meados da década de 80 a grande maioria sendo afiliado de empresas da Região Sudeste.

Agropecuária e o que atraiu mais os gaúchos a região de fronteira, que mesmo com seus ganhos e com as famílias fixadas sentiam falta, saudade dos pampas rio-grandenses, por tais motivos juntamente com a vontade de vencer trouxe em sua bagagem a cultura o modo de ser e existir, os costumes tradicionalistas.

Arquivo pessoal de Deidamia Amarilha Godoy: Foto da década de 70 do início da formação do CTG Querência da Saudade, membros da diretoria e invernada do clube, neste evento recebendo diplomação do primeiro curso de formação de dança artística cultural promovida para sócios e membros das invernadas do clube.

Uma cultura gaúcha, que se destaca o churrasco que foi brilhantemente narrado por Elpídio Reis.

“Churrasco. Os Pontaporanense são, como poucos, afeiçoados ao churrasco. Tudo é motivo para um bom churrasco. Festa de noivado, de casamento, por exemplo, tem que ter um grande churrasco. Quando o filho completa o primeiro ano, mais outro churrasco. Se um fazendeiro convoca a vizinhança para um mutirão ou “puxirão”, como se diz nas fazendas da fronteira, o almoço churrasco. Se é dia de marcação de bezerrada outro churrasco”. ELPIDIO REIS, Ponta Porã Polca, churrasco e chimarrão, Rio, 1981. Pág. 63.

Arquivo pessoal Deidamia Amarilha Godoy: CTG Querência da saudade Ponta Porã grupo xiru década de 80, em destaque Deidamia Amarilha Godoy (Dada) e Godofredo Sady Bueno, de óculos ao fundo da imagem, Ângelo Perin idealizador e primeiro patrão do CTG.

Com um grandioso churrasco e muita festa a primeira reunião oficial dos gaúchos, descendentes e admiradores desta cultura sulista, para abraçar a causa do gaúcho Ângelo Perin, que depois de vir de uma de muitas de suas viagens do Rio Grande do Sul e de ver como estava a formação dos Centros tradicionalistas, os famosos CTG, idealizou a construção de um CTG em suas terras localizadas a aproximadamente 6 km do centro de Ponta Porã, na BR 164 na saída que leva a cidade vizinha Antonio João, para que o mesmo servisse de ponto de encontro para os antigos e novos descendentes de gaúchos da região fronteiriça, um clube de referências às tradições gaúchas, para tal empreitada contou com apoio e ajuda de muitos que dividiram e compartilharam deste ideal tradicionalista, o primeiro encontro oficial foi no salão da igreja matriz São José, localizado na Av. Brasil em 1977, reunindo a sociedade Pontaporanense e futuros sócios fundadores.

Arquivo pessoal do amigo Rodrigo Perin, seu pai Ângelo Perin idealizador e primeiro patrão do CTG Querência da Saudade de Ponta Porã – MS, discursando na sede do clube.

O CTG Querência da Saudade foi percussor na região fronteiriça no tradicionalismo gaúcho, incentivando outros a construir seu CTG, dar seguimento e propagar essa rica tradição, com passar dos anos grandes bailes ocorriam na sede do CTG, eventos que eram apreciados de tal maneira que gaúchos dos quatro cantos do país prestigiavam, convites eram reservados com meses de antecedências, o baile das debutantes fronteiriças de famílias tradicionais de nossa cidade, era um dos eventos mais esperados do ano, onde tantos os tradicionalistas, como a sociedade fronteiriça comparecia enchendo o salão do clube, para apreciar a glamorosa festa, que sempre era brindado com um excelente grupo oriundo do Rio Grande do Sul.

Arquivo CTG Querência da Saudade: FEGAMS 1989 a origem do evento cultural da tradição gaúcha em Mato Grosso do sul.

Nada se faz só, sempre ao lado existem companheiros e companheiras tradicionalistas sempre a postos para dar suporte, esses inúmeros tradicionalistas e admiradores desta cultura, que sempre se fazem presentes quando necessário.

Viver o presente planejar o futuro se faz necessário, mas nunca se esquecer dos pioneiros do passado, como Ângelo Perin gaúcho tradicionalista, que concretizou um ideal, acreditando que era possível realizar esse sonho, de proporcionar uma parada, que a mesma servisse referencia a tantos gaúchos saudosos da sua pátria o Rio Grande do Sul.

Que sirvam de espelho os acontecimentos passados, que esses fatos não se apaguem da memória das novas e futuras gerações, que a história reverencie eternamente estes pioneiros, que proporcionaram a tantos o prazer de viver dentro do tradicionalismo gaúcho, aos futuros patrões que sempre consigam manter viva essa chama da cultura na região fronteiriça.

Pesquisador e historiador: Yhulds Giovani Pereira Bueno. Pós-graduado em Metodologia Científica em História e Geografia. Professor de qualificação profissional, gestão e logística (Programas Municipais, Estaduais e Federais). Professor coordenador da Rede Municipal de Educação, membro do Grupo Xiru do CTG – Querência da Saudade – Ponta Porã – 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

LOOK
Diversos

Direto da passarela, veja três tendências de unhas para o verão


GNT

Enquanto todos os olhos estão nas roupas que desfilam pela semana de moda nova-iorquina, nós focamos nos detalhes, afinal são eles que fazem a verdadeira diferença. Particularidades quase imperceptíveis ao olho nu, mas essenciais para um look ser completo, muitas vezes se transformam em um espetáculo a parte.

É o caso das unhas, que de uns tempos para cá vêm ganhando mais atenção nos desfiles e entrando para a wishlist de muita gente. Pensar em cada detalhe, dos pés à cabeça, significa desenvolver também um esmalte especialmente para a passarela.

Nesta temporada nova-iorquina de verão vimos nail art de todo tipo. Postiças enfeitadas, com purpurina, pérolas, bicolor, tricolor, francesinhas invertidas, listras e bolinhas. Mas, no meio de tudo isso, três ideias se destacaram e prometem se tornar tendência no próximo verão. Metálicos, azul pastel e o efeito mármore apareceram em diversos desfiles e têm tudo para serem a sensação da estação.

Os metálicos, em geral, puxam para tons de prata ou dourados claros e aparecem em detalhes, granulado ou cobrindo toda a unha. Já o azul serve para os pés e mãos, em francesinhas ou meia lua. Por fim, o mármore, a mais complexa das tendências. A ideia é que as unhas fiquem manchadas, com veias que lembram às da pedra, em dois ou três tons de cores complementares, como marinho com azul ou bege com branco.

Confira imagens da Hip Hop Summer

 

 

Galourada festa de recepção dos calouros de Publicidade

 

 

 

Veja imagens da Calourada Chic

 

 

Confira fotos do show da MC Tati Zaqui

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CAFE AMARGO
Diversos

Comércio de Pedro Juan "fecha as portas" em ato nesta terça


 
Comércio não abrirá as portas nesta terça-feira em Pedro Juan Caballero - Foto: Arquivo/Ademir Almeida Comércio não abrirá as portas nesta terça-feira em Pedro Juan Caballero - Foto: Arquivo/Ademir Almeida
 

O comércio de Pedro Juan Caballero cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, no Brasil, fechará as portas nesta terça-feira (17). A medida foi definida pela Câmara de Comércio de três cidades de fronteira, que se reuniram no dia 24 de fevereiro, em Ciudad Del Leste. Além de Pedro Juan e Ciudad Del Leste [fronteira com Foz do Iguaçu], o comércio de Guairá, fronteira com as brasileiras Mundo Novo e Guaira (PR), também não abrirá.

O Dourados News entrou em contato com algumas empresas que confirmaram a ação.

Segundo o Correio de Ponta, com a alta do dólar que nesta semana chegou a casa de R$2.87 a fronteira entre Ponta Porã (BR) e Pedro Juan Caballero (PY), que tem no chamado turismo de compras seu principal atrativo, vem apresentando considerável queda nas vendas de importados.

Segundo dados da Câmara, o novo quadro econômico do Brasil e a alta da moeda americana apresentou uma redução de 30% nas vendas. Com esse panorama, muitas empresas já sentem o impacto e pensam em reduzir o quadro de pessoal.

Outra medida questionável é a que pretende baixar de 300 a 150 dólares a quantidade permitida para cada cidadão brasileiro realizar suas compras no estrangeiro, livre dos impostos.

Na última reunião dos comerciantes foi acordado criar uma aliança, através da organização denominada Fronteira Unida, com o propósito de buscar uma forma conjunta, por meio de estratégia que possa resultar em ajuda aos comerciantes das três cidades de fronteira.

Durante a reunião foram definidas alternativas para que autoridades paraguaias e brasileiras se sensibilizem, entendendo a gravidade do tema que resultaria em uma demissão em massa de funcionários, inclusive o fechamento da porta de vários comércios. Uma das medidas é que dia 17 de março, será o fechamento total das portas do comércio


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GIRO
Diversos

Filho de Michael Schumacher sofre acidente de carro a 160km/h

O Fuxico/CN


Mick Schumacher tem um nome de peso na Fórmula 4, categoria em que começa a disputar as corridas pelo mundo. Mesmo assim, ele já deu um susto em sua equipe recentemente. O piloto filho de Michael Schumacher bateu o carro a 160km/h durante um treino da pré-temporada do circuito de Lausitzring, que acontece na Alemanha, segundo informou a imprensa alemã.

 

Aos 15 anos, o adolescente não sofreu ferimentos graves e passa bem. Ele também nem considerou a possibilidade de abandonar a carreira por causa do acidente, afinal, é o tipo de risco que se corre no esporte. Atualmente, ele está na equipe holandesa Van Amersfoort.

 

Enquanto isso, Michael segue se recuperando do acidente nos alpes franceses que o deixaram em coma desde 2013. O ex-piloto já mostrou alguns avanços, mas segue desacordado, em tratamento, depois de uma queda enquanto esquiava. 

Sandy substitui Ivete Sangalo e é a nova jurada do Superstar


Uol
 

A cantora Sandy foi anunciada nesta segunda-feira, dia 16 de março, como a nova jurada do programa SuperStar, da rede Globo.

Ela substituirá a cantora Ivete Sangalo, que segue como apresentadora do Super Bonita, no canal pago GNT.

Thiaguinho e Paulo Ricardo, que entraram no lugar de Fábio Jr. e Dinho Ouro Preto, completarão a bancada do reality musical.

Torta de limão com suspiro é ótima opção de sobremesa deliciosa



 Ingredientes

Massa:

2 gemas
2 colheres (sopa) de margarina
1 colher de açúcar
Trigo aos poucos até a massa despregar da mão (a massa fica bem macia)

Recheio

1 lata de leite condensado
Suco de 2 limões (puro)

Suspiro:

2 claras em neve com 4 colheres de açúcar

Modo de Preparo

Coloque o açúcar com a margarina e bata com a mão até unir
Coloque as gemas e mexa, adicione o trigo devagar até a massa se unir
Coloque em uma travessa rasa sem untar, espalhe a massa e suba na lateral
Depois peque o leite condensado coloque no liquidificador com o limão, até obter uma boa consistência
Por último o suspiro
Coloque no forno até dourar o suspiro


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS DA MANHÃ
Diversos

Motociclista pode ter pé amputado após se chocar com outra moto em BR

 

@@START_COMMENT AddThis Button END @@END_COMMENT

 

 

 

Motociclista pode ter pé amputado após se chocar com outra moto em BR

 

 

Uma colisão entre duas motocicletas deixou três pessoas feridas na madrugada deste sábado (14), na BR-359, em Coxim, a 243 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Edição de Notícias, o trabalhador rural Ivan Troxe, de 24 anos, seguia para o Assentamento Vale do Taquari, pilotando um Yamaha Factor, quando teria tentado ultrapassar um veículo e acabou colidindo contra outra motocicleta, que seguia no sentido contrário.

O trabalhador rural acabou caindo em um barranco a cerca de 70 metros da colisão. Ele sofreu ferimentos na perna esquerda, teve o pé esmagado e corre o risco de amputação.

Na outra motocicleta estava o enfermeiro Sebastian de Morais Leite, de 31 anos e a namorada Solange Lopes da Silva, de 16 anos. O motociclista seguia para o trabalho, no Hospital Regional. O piloto teve fraturas múltiplas e expostas na perna e braço esquerdos. A namorada sofreu um corte profundo na perna esquerda e possível fratura.

 

Um jovem morre vítima de álcool a cada 36 horas no Brasil

Morte do universitário Humberto Moura Fonseca, de 23 anos, em uma festa em Bauru, no sábado passado, após a ingestão de 25 doses de vodca, não é uma situação tão incomum no país. Dados levantados pelo jornal O Estado de S. Paulo no portal Datasus mostram que, a cada 36 horas, um jovem brasileiro morre de intoxicação aguda por álcool ou de outra complicação decorrente do consumo exagerado de bebida alcoólica.

De acordo com informações do Ministério da Saúde reunidas no portal, foram registradas em 2012, último dado disponível, 242 mortes na faixa etária dos 20 aos 29 anos causadas por "transtornos por causa do uso de álcool", conforme definido na Classificação Internacional de Doenças (CID).

Considerando todas as faixas etárias, o número de mortes causadas pelo álcool chegou a 6.944 em 2012, quase o dobro do registrado em 1996, dado mais antigo disponível na base Datasus. Naquele ano, foram 3.973 óbitos associados ao consumo exagerado de bebida. No período, a alta no número de mortes foi de 74%.

De acordo com especialistas, o número de mortes associadas ao álcool deve ser ainda maior se computadas as causas secundárias, como doenças provocadas pelo consumo por um longo período de tempo ou violência associada à ingestão da bebida.

"Se considerados problemas como cirrose hepática ou acidentes causados por embriaguez, por exemplo, esse dado sobe", diz Deborah Malta, diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis do Ministério da Saúde.

Pesquisadora do Instituto Nacional de Políticas Públicas do Álcool e Outras Drogas da Universidade Federal de São Paulo (Inpad/Unifesp), Clarice Madruga afirma que o consumo excessivo de álcool em todas as faixas etárias vêm crescendo nos últimos anos.

Pesquisa da Unifesp mostra que, entre os brasileiros que consomem álcool, o hábito chamado de "beber em binge", quando há ingestão de pelo menos cinco doses de bebida em um período de duas horas, cresceu de 45%, em 2006, para 59%, em 2012.

"E esse abuso é mais comum entre jovens, porque nessa faixa etária é realmente mais difícil controlar os impulsos. Por isso não se pode culpar a vítima ou os pais. É preciso que o poder público intervenha na venda de bebida", defende ela. A especialista explica que o consumo exagerado de álcool, quando não chega ao ponto de levar à morte, está associado a uma série de problemas físicos e psíquicos.

"No caso da intoxicação, é uma relação simples. O álcool em excesso paralisa o sistema nervoso e, se a pessoa entrar em coma alcoólico e não tiver o devido cuidado, pode sofrer a parada cardiorrespiratória. Além disso, o álcool causa doenças no fígado, perda cognitiva e ainda pode desencadear de forma mais rápida e mais severa doenças como a depressão e o transtorno de ansiedade."

Estudante de Construção Civil em uma faculdade da capital paulista, J., de 19 anos, diz que o fácil acesso à bebida colabora para o consumo exagerado.

"Eu mesmo estava tentando beber menos, mas, quando entrei na faculdade, no início do ano, era muita bebida. Os veteranos passavam com as garrafas e ofereciam, aí não tem como não beber", conta ele, que começou a consumir bebida alcoólica aos 14 anos.

Para Clarice, "a situação não vai mudar enquanto o governo não sobretaxar a indústria e proibir situações como o patrocínio de empresas cervejeiras a festas universitárias".

A representante do ministério diz que o governo tem feito ações de monitoramento e prevenção do uso de álcool e que o governo apoia projetos de lei que dificultam o acesso à bebida. "Esperamos que a lei que criminaliza a venda de bebida para menores de idade entre em vigor o mais rápido possível", diz Deborah.

 



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DOLAR CAI
Diversos

Dólar fecha em baixa após atingir a maior cotação em quase 12 anos


G1

 

O dólar teve mais um dia de volatilidade nesta segunda-feira (16) e encerou com leve queda em relação ao real, refletindo o quadro externo mais tranquilo e em um respiro após as expressivas altas das últimas sessões, enquanto investidores digeriam os protestos contra o governo da presidente Dilma Rousseff no fim de semana. saiba mais

Mas, segundo a Reuters, incertezas sobre a intervenção do Banco Central no câmbio e em relação à política monetária dos Estados Unidos limitaram o alívio. Na sexta, a moeda chegou à maior cotação em quase 12 anos.

A moeda norte-americana fechou a R$ 3,2445, em baixa de 0,14%. O dia foi instável. Nesta sessão, o dólar chegou a recuar mais de 1% e subir quase 0,5%, segundo a Reuters.

No mês, há valorização acumulada de 13,6% e no ano, de 22,03%.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

EDUCAÇÃO
Diversos

Cozinha Central e associação de moradores serão inauguradas nesta segunda-feira (16) em Amambai

Cozinha Central Municipal conta com ampla estrutura e acompanhamento de nutricionista em tempo integral.

Interior da Cozinha Central Municipal. Convite às autoridades e a população de Amambai para a inauguração de duas importantes obras nesta segunda-feira, dia 16 de março / Foto: Assessoria Interior da Cozinha Central Municipal. Convite às autoridades e a população de Amambai para a inauguração de duas importantes obras nesta segunda-feira, dia 16 de março / Foto: Assessoria

 - A administração municipal de Amambai inaugura nesta segunda-feira, dia 16 de março, duas importantes obras para a comunidade local, a Cozinha Central Municipal e a sede própria da Associação de Moradores do Conjunto Habitacional Nossa Senhora Aparecida, situado às margens da rodovia MS-289 trecho que liga Amambai a Juti, região da antiga hípica.

Segundo o secretário de administração da Prefeitura de Amambai, Rodrigo Selhorst, a inauguração da Cozinha Central Municipal, que está situada nas instalações do Centro de Eventos da Prefeitura, antigo Alphaville Clube e irá contar com ampla estrutura, inclusive acompanhamento permanente de nutricionista, está marcada para as 16 horas desta segunda-feira.

Já a inauguração da sede da Associação de Moradores do Nossa Senhora Aparecida está agendada para às 19 horas.

Professores convocados ganham direito a férias proporcionais

Nesta segunda-feira(16), a FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), anunciou que os professores convocados ou com aulas suplementares terão direito a férias proporcionais. Foi concluído o julgamento do Mandado de Segurança Coletivo, proposto pela Federação contra a Secretaria Estadual de Educação, pedindo que o judiciário estadual reconhecesse aos professores suplentes (convocação ou aulas complementares), o direito de usufruir ou ser indenizado ao período de férias proporcionais.

Até este julgamento os professores suplentes tinham apenas o direito de receber o abono de férias proporcionais.

O Estado de Mato Grosso do Sul, através da Secretaria Estadual de Educação entendia que a Lei Complementar 87, o Estatuto do Magistério, não compreendia o pagamento das férias, apenas o abono de férias.

No entanto, o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), entendeu que ao pagar o abono de férias, proporcionalmente está reconhecido explicitamente que o direito às férias proporcionais, seja usufruída ou indenizada em pecúnia.

O Mandado de Segurança da FETEMS é coletivo, logo sua decisão será estendida a todos os convocados ou em aulas complementares.

Para o assessor jurídico da Federação, Ronaldo Franco, o TJ/MS, corrigiu uma injustiça histórica ao estender aos professores suplentes o direito do usufruto ou indenização das férias proporcionais.“Sem pagar as férias o professor convocado era mais barato que o efetivo, isso fazia que o governo ao invés de priorizar a contratação mediante concurso, realizava a convocação de professores, inclusive de professores que já haviam sido aprovados no concurso, mesmo tendo vaga pura em aberto”

Da decisão do Tribunal de Justiça ainda cabe recurso em Brasília(DF), só que a medida, "seguramente não vai prosperar", avalia o advogado da entidade.

Para o presidente da FETEMS, professor Roberto Magno Botareli César, a decisão do Tribunal de Justiça é mais um reconhecimento de que os professores convocados não podem ser tratados como professores de segunda categoria.

“Com esta decisão a FETEMS vai propor uma ação coletiva para que o Estado de Mato Grosso do Sul pague as férias dos convocados ou professores em aulas complementares referentes aos últimos cinco anos”, sintetiza Botareli.

Segundo o advogado da Federação, a ação para receber o retroativo aos últimos cinco anos vai ser mais demorada, mas além do cunho econômico para os convocados ou professores em aulas complementares tem um valor pedagógico ao governo do estado.

 

Conselho LGBT garante uso do nome social em escolas e instituições

Decisão formula orientações quanto ao uso da identidade de gênero e procedimentos em documentos, processos seletivos e banheiros.

O Conselho Nacional de Combate à Discriminação e promoções dos direitos de lésbicas, gays, travestis e transexuais (CNCD/LGB) estabeleceu parâmetros para a garantia das condições de acesso e permanência de pessoas travestis e transexuais nos sistemas e instituições de ensino.

A decisão, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de quinta-feira (12), formular orientações quanto ao reconhecimento institucional da identidade de gênero e sua operacionalização.

Com a medida deve ser garantido, àquelas e àqueles que o solicitarem, o direito ao tratamento oral exclusivamente pelo nome social, em qualquer circunstância, não cabendo qualquer tipo de objeção de consciência.

A decisão também determina que o campo "nome social" deve ser inserido nos formulários e sistemas de informação utilizados nos procedimentos de seleção, inscrição, matrícula, registro de frequência, avaliação e similares.

Documentação e uso de banheiros

Recomenda-se a utilização do nome civil para a emissão de documentos oficiais, garantindo concomitantemente, com igual ou maior destaque, a referência ao nome social.

A decisão também garante o uso de banheiros, vestiários e demais espaços segregados por gênero, quando houver, de acordo com a identidade de gênero de cada sujeito.

As orientações se aplicam, também, aos processos de acesso às instituições e sistemas de ensino, tais como concursos, inscrições, entre outros, tanto para as atividades de ensino regular ofertadas continuamente quanto para atividades eventuais.

A decisão completa pode ser acessada diretamente no DOU. (Portal Brasil, com informações da Imprensa Nacional)


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

OPINIÃO
Diversos

 

OPINIÃO POLÍTICA

Antônio João Hugo Rodrigues


'Chega de chororô!'

Publicado em : 25/01/2015


Desde que eu me conheço por gente (e isso faz muitos anos...), tenho assistido a governadores eleitos culparem os antecessores por uma série de “maldades” como se isso bastasse para justificar, por exemplo, o não cumprimento de promessas feitas na campanha, em boa parte, irresponsáveis e enganosas para os eleitores.

Vivi muitos chororôs de governadores depois de empossados. Reclamaram de Garcia Neto, de Cássio Leite de Barros, de Marcelo Miranda, de Pedro Pedrossian, de Wilson Barbosa Martins, de Zeca do PT e, agora, de André Puccinelli. O que mais temos visto, nos últimos dias, é a choradeira de Reinaldo Azambuja, como se pudesse culpar o ex-governador de tudo que poderá vir a acontecer. Como todos sempre assim o fizeram, ou seja, culpar ex-governantes, vamos dar um desconto e deixar Reinaldo na sua constante lamúria, quase um mantra. Mas não por muito tempo.

Afinal, nosso governador, pelo menos durante a campanha, tinha soluções para tudo: para a falida (?) máquina administrativa, para a segurança pública, para a educação, para a saúde, enfim, para tudo. Escolheu a comissão de transição, acompanhou o ex-governador e o ocaso do Governo Puccinelli por meio desta comissão, durante os últimos dois meses, e, enfim, assumiu. Em traje de gala, cercado de assessores e dos inevitáveis puxas. E como eram tantos...

Penso que, em fevereiro, ele comece a achar as soluções para os problemas que certamente encontrou. Ele, pessoalmente, escolheu seus assessores. Os partidos que o apoiaram não foram contemplados, pelo menos alguns. Mas há de se convir que, em alguns casos, os secretários usarão as secretarias como palanques eleitorais. O que é uma pena, uma vez que nosso Estado não merece que políticos, durante a campanha, pleiteiem uma função e, depois da vitória, mudem de ideias, abandonem as suas promessas eleitorais e passem a se dedicar a interesse próprios e pessoais. Assim, mal terminou a eleição, foi iniciada a guerra pela Prefeitura de Campo Grande. E várias do interior. No caso do atual Governo, será uma fase de absoluta autofagia. O que será mais do que péssimo para Mato Grosso do Sul.

Será um teste de liderança para Reinaldo Azambuja. Ou faz seus secretários e apoiadores sossegarem ou terá de conviver com brigas internas. Para isso, terá de ter autoridade de chefe. Puccinelli, com todos os seus defeitos, tinha de sobra, pelo menos, até o meio do seu último período de Governo. Depois, perdeu-se e perdeu suas maiores eleições.

Pessoalmente, estou mais do que curioso. E receoso, ao mesmo tempo. Espero ver Reinaldo Azambuja impor sua autoridade, mas receio que não o faça na medida do necessário. Também espero que acabe a fase quase natural da choradeira e passe a apresentar soluções para todos os problemas que encontrou. Durante o período eleitoral, ele tinha todas as receitas. Creio e espero que não tenha perdido o caderninho de soluções mágicas. Caso contrário, estaremos todos liquidados. E vamos nos juntar ao coral das lamúrias, como as velhas carpideiras.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

O DIA SEGUINTE
Diversos

Protestos mostram que 'valeu a pena' lutar por democracia, afirma Dilma

'País está mais forte', disse. Ela falou pela primeira vez após manifestações.
Presidente deu declaração ao sancionar novo Código de Processo Civil.

Filipe Matoso e Fernanda Calgaro Do G1, em Brasília

Um dia após os protestos contra o governo em várias cidades do país, a presidente Dilma Rousseff se emocionou ao falar do assunto durante cerimônia de sanção do novo texto do Código de Processo Civil, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Com a voz embargada, a presidente, ex-presa política durante a ditadura militar, disse que "valeu a pena" lutar por liberdade e democracia.

"Ontem, quando eu vi centenas e milhares de cidadãos se manifestando, não pude deixar de pensar que valeu a pena lutar pela liberdade, valeu a pena lutar pela democracia. Este país está mais forte que nunca", declarou.

Segundo a presidente, o fortalecimento das instituições democráticas no Brasil torna o país “cada vez mais impermeável ao golpismo e ao retrocesso”.

A corrupção não nasceu hoje. Ela é uma senhora bastante idosa neste país e não poupa ninguém. Ela pode estar em qualquer área, inclusive no setor privado."

“Um país amparado na separação, independência e harmonia dos poderes, na democracia representativa, na livre manifestação popular nas ruas e nas unas se torna cada vez mais impermeável ao preconceito, à intolerância, à violência, ao golpismo e ao retrocesso”, afirmou.

Segundo a presidente, "nas democracias, nós respeitamos as urnas, respeitamos as ruas”, afirmou . Ela reiterou que governo sempre irá “dialogar” com as manifestações das ruas e,
como dois ministros haviam antecipado no domingo, anunciou que pretende enviar ao Congresso medidas de combate à corrupção.

“É assim a nação que todos nós queremos fortalecer. (...) Eu tenho certeza de que o que nós queremos é um lugar em que todos possam exercer os seus direitos pacificamente sem ameaça às liberdades civis e políticas”, acrescentou.

A cerimônia contou com as presenças do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux e do ex-presidente da República José Sarney. Mais cedo, a presidente já havia se reunido com o seu conselho político, formado pelo vice-presidente da República Michel Temer e nove ministros, para avaliar o impacto das manifestações.

Corrupção
Em entrevista após o evento, Dilma foi indagada sobre declaração do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de que a
corrupção está no Executivo, não no Legislativo.

Segundo Dilma, a corrupção "é uma senhora idosa no Brasil” e não há segmento “acima de qualquer suspeita”.

“Acho que essa discussão não leva a nada. A corrupção não nasceu hoje. Ela é uma senhora bastante idosa neste país e não poupa ninguém. Ela pode estar em qualquer área, inclusive no setor privado”, disse a presidente.

É possível que a gente possa ter cometido algum [erro de dosagem]. Agora, nós queríamos uma melhoria de emprego e renda. Tem gente que acha que a gente devia ter deixado algumas empresas quebrarem e alguns trabalhadores desempregados. Eu tendo a achar que isso era um custo muito grande para o país."

Tesoureiro do PT
Dilma negou que a denúncia do Ministério Público Federal
contra o tesoureiro do PT João Vaccari Neto e contra o ex-diretor Renato Duque possa provocar impacto na imagem do governo.

"Se vocês estão perguntando se o governo sou eu, eu asseguro que não. Se vocês estão se referindo ao governo como sendo eu, jamais em tempo algum", declarou.

Segundo ela, a denúncia contra Vaccari só mostra que não houve interferência do governo nas investigações das irregularidades na Petrobras.

“Eu não acredito [que haverá impacto] porque eu acho que esses acontecimentos mostram que todas as teorias de como é que o governo interferiu sobre o Ministério Público Federal, sobre quem quer que seja, para investigar, são absolutamente infundadas. Tanto é assim que isso acontece”, disse. E continuou: “Se querem investigar, vamos investigar. Quem for responsável pagará pelo que fez”.

Erros
A presidente foi indagada sobre se admitia ter cometido erro de dosagem na condução da economia, ao fazer desoneração tributária de empresas de alguns setores da economia.

"É possível que a gente possa ter cometido algum [erro de dosagem]. Nós gostaríamos muito que houvesse uma melhoria econômica de emprego e de renda. Tem gente que acha que a gente devia ter deixado algumas empresas quebrarem e muitos trabalhadores se desempregarem. Eu tendo a achar que isso era um custo muito grande para o país. Agora, que é possível discutir se podia ser um pouco mais ou um pouco menos, é possível discutir. Agora, isto não explica porque estamos nessa situação. O que explica o porquê é um fato constatado: a economia não reagiu. Ninguém pode negar que nós fizemos de tudo para a economia reagir. Podem falar o seguinte: 'então era melhor deixar quebrar'. Eu não acredito nisso", respondeu.

Para Dilma, "em qualquer atividade humana, se comete erros". "O que não posso concordar é ser responsabilizada por algo que seria pior se tivéssemos deixado. Nós seguramos os 20 milhões e pouco de empregos", declarou.

Durante a entrevista, a presidente admitiu erro ao responder sobre o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Segundo ela, o governo "errou" ao permitir que o Fies deixasse todo o serviço de matrículas a cargo das instituições particulares de ensino superior. "Cometemos um erro no Fies ao deixar as matrículas a cargo das instituições particulares. Voltamos atrás e estamos corrigindo o problema. Agora, o governo vai disponibilizar as matrículas", declarou.

Diálogo
A presidente reiterou que o governo tem de ser “humilde” e tem obrigação de abrir o diálogo com todos os setores, mas manter, ao mesmo tempo, uma postura firme. Para a presidente, unanimidade só existe em um regime. "E vocês sabem qual é", disse.

Eu procurarei diálogo com seja quem for. [...] Abertura para o diálogo é o seguinte: nós estamos dispostos a dialogar com quem quer que seja. Eu vou escutar com humildade."

“Eu procurarei diálogo com seja quem for. [...] Abertura para o diálogo é o seguinte: nós estamos dispostos a dialogar com quem quer que seja. Eu vou escutar com humildade”, disse. “Agora, vamos ser firmes. Não vou deixar de dizer pra todo mundo o que queremos fazer. Você dialoga, mas você não abre mão daquilo que acredita”, declarou.

Ela também cobrou "responsabilidade" em relação às instituições. "Não quero consenso. Você tem de aceitar que as vozes são diferentes, mas tem de haver responsabilidade quando se trata de instituição. Isso vale para todas as instituições. Vale para Congresso, Executivo, Judiciário", disse.

Ajuste fiscal
Ela defendeu a necessidade de implantar medidas de ajuste fiscal para recuperar a economia, mas afirmou que o país não tem chance de “quebrar”.

“O país não quebra enquanto as coisas ficam mais voláteis como estão lá fora, porque temos uma quantidade expressiva de reservas”, disse. “O Brasil tem todas as condições de sair [da crise] em menos tempo do que em qualquer outra circunstância.”

Segundo a presidente, o objetivo das medidas de ajuste fiscal é “impedir que a crise crie um problema social gigantesco”.

Ela fez ainda um apelo para que as medidas sejam aprovadas no Congresso. “Vamos brigar depois. Agora, vamos fazer para o bem do Brasil tudo o que tem de ser feito”, afirmou


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DENGUE
Diversos

Prefeitura confirma segunda morte por dengue na capital paulista em 2015

Menino de 11 anos morreu por conta da doença no Jardim Miriam.
Segundo último balanço, SP registrou 3 vezes mais casos do que em 2014.

A Secretaria da Saúde de São Paulo informou nesta segunda-feira (16) que um menino de onze anos, morador do Jardim Miriam, Zona Sul de São Paulo, morreu por dengue na capital paulista. É a segunda morte pela doença registrada na cidade neste ano de 2015. Uma idosa de 84 anos, moradora da Brasilândia, morreu em 28 de janeiro.

A cidade de São Paulo registrou 1.833 casos de dengue confirmados até a oitava semana de 2015. O número é três vezes maior que o contabilizado no mesmo período de 2014, quando ocorreu 603 casos.

 
DENGUE

Os dados foram apresentados na quinta-feira (12) pelo secretário-adjunto municipal da Saúde, Paulo Puccini, na sede da Prefeitura.

A região Norte da cidade segue liderando o índice de incidência, com 976 casos. O bairro do Limão foi um dos mais afetados, com 104. "É uma ocorrência elevada, desproporcional, que precisa ser combatida de forma desproporcional", disse Puccini sobre a região.

Dentre as ações previstas, ele mencionou o trabalho em conjunto com a Defesa Civil e demais secretarias. "Envolvimento mais rápido e intenso das nossas secretarias, Defesa Civil, educação e saúde. O que nós estamos fazendo é o correto que tem que ser feito."

O secretário citou como exemplo a presença de 32 viaturas da Defesa Civil, com sistema de alto-falante, que circulam pelos bairros com maior incidência informando a importância do controle. Sete deles estão concentradas no Limão, no Jaraguá, e na Brasilândia, três bairros mais afetados da Zona Norte.

Fumacê
Também foi intensificada a aplicação do inseticida na região. O procedimento, conhecido como fumacê, é realizado nas áreas mais críticas. A Zona Norte é responsável por 53% dos casos de dengue registados nos dois primeiros meses do ano.

Apesar do cenário, Paulo Puccini negou que a região esteja vivendo uma epidemia. "Epidemia em dengue todo mundo gosta de falar, mas não existe uma base real científica para falar. Mas é uma ocorrência elevada, desproporcional em relação ao restante do município, que precisa ser combatida de forma mais intensa".

Crise hídrica
A Secretaria Municipal da Saúde realizou uma pesquisa sobre a densidade de larvas para identificar a situação da presença da larva do mosquito transmissor e criadouros nos domicílios ocupados.

Segundo o secretário, os dados mostram um aumento significativo em recipientes como caixas d'água e baldes. Para Puccini, a crise hídrica é em corresponsável pela elevação dos números. "Os recipientes de armazenamento de água que não existiam ano passado passaram a existir como criadouros de uma forma muito expressiva, três vezes ao que ocorreu em 2014”, disse.

“A dengue vem se manifestando sobretudo na Zona Norte que é a área mais penalizada pela falta de água", completou. Para ele, o problema não é gerado por conta da falta de cuidado no armazenamento da água. "A culpa é do não adequado tamponamento da caixa d água."

Infográfico detalha como a dengue age no corpo (Foto: G1)


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MS
Diversos

Reinaldo lança hoje a Caravana da Saúde

  • Governo de MS

    Reinaldo lança o programa estadual hoje em Campo Grande


Reinaldo Azambuja (PSDB) lança nesta segunda-feira, às 16h, no Yotedy Buffet, em Campo Grande, o projeto “Caravana da Saúde”, programa do Governo do Estado para reestruturação dos serviços de saúde e reduzir filas para exames e cirurgias em Mato Grosso do Sul. O programa vai atender as 11 microrregiões de saúde do estado a cada mês: Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã, Paranaíba e Três Lagoas abrangendo os 79 municípios do estado. A Caravana contará com veículos adaptados para consultas, diagnósticos e cirurgias em várias especialidades médicos, além de exames e atendimentos odontológicos.

Reinaldo diz 'não acreditar' que deputados barrem taxa da vistoria anual

Assunto pode entrar em votação já na próxima quarta-feira (18)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), não acredita que a Assembleia Legislativa irá derrubar a obrigatoriedade da inspeção em veículos com mais de cinco anos de fabricação. A proposta contrária ao serviço deve entrar em votação em regime de urgência ainda nesta semana.

“Tenho certeza que a Assembleia vai fazer o que deve ser feito. Um decreto legislativo não pode sobrepor a uma lei”, comentou o governador, durante agenda no Centro de Formação da Polícia Militar, em Campo Grande, na manhã desta segunda-feira (16).

Saiba Mais

O tucano também falou que a atual direção do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) investiga as circunstâncias nas quais empresas de vistoria foram credenciadas pelo órgão, ainda em 2014. Segundo ele, quem não estiver enquadrado nas normas legais será descredenciado.

Reinaldo reafirmou que a vistoria obrigatória é prevista em “regramento”, termo usado por ele, do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). Por isso, o governo estadual não discute voltar atrás da medida.

No entanto, ainda conforme Reinaldo, o que se avalia é eventual redução da taxa cobrada –
R$ 103 no Detran e R$ 120 nas credenciadas. Outras mudanças, como o prazo de exigência passar de cinco anos para dez anos, também pode ocorrer, desde que o Denatran assim estabeleça.

Após denúncias de falta de critérios na execução de serviços – vistoriadoras aprovaram um carro que teve problemas propositalmente causados nos freios e suspensão –, a bancada do PT na Assembleia, formada por quatro parlamentares, anunciou projeto de decreto legislativo para derrubar a protaria número 32 do Detran, de dezembro do ano passado, que estabelece a vistoria obrigatória. Os petistas prometem pedir regime de urgência à matéria, o que a levaria a votação já na sessão de quarta-feira (18).

Exporã deve receber mais de 100 mil visitantes

G1

Feira também contará com a exposição de animais
  (Foto: Reprodução/TV Morena)Feira também contará com a exposição de animais
(Foto: Reprodução/TV Morena)

A 41ª Exposição Agropecuária de Ponta Porã (Exporã) será aberta nesta sexta-feira (13), no parque de exposições Alcino Pereira. A expectativa do Sindicato Rural da cidade, entidade que promove o evento, é que 100 mil pessoas visitem a feira até o dia 22 de março, quando será encerrada.

Um dos destaques desta edição é a realização do ciclo de palestras sobre segurança pública e segurança nacional da fronteira do Brasil com o Paraguai, no dia 21, às 14h. A iniciativa contará com a palestra de um representante do Comando Militar do Oeste (CMO), que apresentar o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron).

A Exporã contará também com a realização de cursos e palestras e receberá mais de 50 expositores de setores variados como comércio, ONGs, maquinários, alimentação e veículos, além de cinco leilões onde devem ser ofertadas 4 mil cabeças de gado e rodeio com a participação de cerca de 30 competidores. “Apesar da situação econômica do País, a expectativa para a feira é boa, pois ela movimenta a população de Ponta Porã e região todos os anos”, relata o presidente do Sindicato Rural, Jean Pierre Paes.

Durante a feira, o Sindicato Rural de Ponta Porã e o Senar vão capacitar 300 pessoas por meio de oito cursos. “São capacitados produtores e trabalhadores sejam eles pequenos, médios ou grandes e isso contribui para o desenvolvimento do agronegócio como um todo”, considera Paes.

A Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS) também participa da programação da 41ª Exporã. Na segunda-feira (16), acontece palestra de apresentação da atuação da entidade, do Projeto Soja Plus e o Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga). O evento está marcado para às 19h30 na abertura da Feira de Tecnologia da Fronteira (Frontec), que será promovida em paralelo a Exporã.

 

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1365 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Terça, agosto 25
· A VOLTA DE BERNAL
· POLITICANDO
· AZAMBUJA EM AMAMBAI
· Por dois a um, TJMS devolve cargo de prefeito a Alcides Bernal
· Afastado da Prefeitura, Olarte pode sofrer segundo processo por corrupção
· CAPITAN BADO
·
· NOTICIAS DA MANHA
Segunda, agosto 24
·
· GOVERNO
· FIQUE SABENDO
· CAMPO GRANDE MS
· DA HORA
· DA TARDE
· FRONTEIRA
· POLICIA
· AMAMBAI
Domingo, agosto 23
· POLITICANDO
· PSDB DE AMAMBAI
· AMAMBAI
· FIM DE TARDE
· avó
· dicas
· FIQUE SABENDO
· CAFE DA MANHÃ
· FRONTEIRA
· VIRTUAL
· MACONHA
Sábado, agosto 22
· Concurso Literário sobre o tema “ A importância do 17º R C Mec em Amambai”
· TRAGEDIA

 Calendario de Eventos
Agosto 2015
  1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB