Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
7959566
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




POLITICANDO
Diversos

Zé Teixeira pede ação de deputados para proteger produtores de MS

 

Na sessão ordinária desta quinta feira (8/5) O deputado estadual Zé Teixeira (DEM) usou a tribuna, quinta-feira (8), na Assembleia Legislativa, para pedir aos deputados integrantes da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da qual é membro titular, a urgência na elaboração de um Projeto de Lei que complemente o Decreto estadual 8.235/2014.

O decreto, publicado em edição extra no Diário Oficial da União de segunda-feira (5), estabelece normas gerais complementares aos Programas de Regularização Ambiental dos Estados, ao CAR (Cadastro Ambiental Rural) e ainda institui o Programa Mais Ambiente Brasil.

Após a publicação da Instrução Normativa, os produtores terão dois anos [um ano prorrogável por igual período, conforme o decreto] para cadastrar as propriedades, independente de ter passivo ambiental ou não, todos devem fazer o cadastro por meio do Sicar (Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural).

De acordo com o publicado no decreto, os proprietários rurais deverão informar a localização da área a ser recomposta e o prazo para que o dono do imóvel possa atender às propostas de regularização ambiental.

Como cada unidade da Federação deve acompanhar, por meio de programas de regularização ambiental, a recuperação, regeneração ou compensação das áreas e a possibilidade de se suspender ou extinguir a punição dos passivos ambientais, “é necessário urgência na elaboração do Projeto de Lei que defina as regras a serem seguidas pelos produtores rurais em nosso Estado, que não podem ser prejudicados nesta situação”, ressalta Teixeira.

O parlamentar ainda sugere que “os produtores rurais - que não tem como adiar o plantio ou a colheita devido ao emperramento das questões burocráticas -, que quiserem, possam contratar escritórios particulares, desde que estejam devidamente regularizados, para desenvolverem os projetos ambientais de suas propriedades, tendo em vista que a quantidade de funcionários da Semac (Secretaria de Meio Ambiente) é insuficiente para atender as reais necessidades do setor produtivo principalmente no que esta nova norma demandará. Nada mais justo que estes projetos tenham validade dentro da Semac, que ficaria com a função de realizar as devidas vistorias, orientações e validações neste processo”.

O Programa Mais Ambiente Brasil, criado pelo decreto, apoiará os programas de regularização e desenvolverá ações nas áreas de educação ambiental, assistência técnica, extensão rural e capacitação de gestores públicos.

A não regularização, além de acarretar multas e punições, impede o aceso a financiamentos bancários, entre outras sanções. As multas serão convertidas em serviços de preservação ambiental, após o produtor cumprir suas obrigações e ter a situação regularizada.

O decreto estabelece, ainda, que as áreas com prioridade na regularização são as unidades de domínio público e regiões que abriguem espécies migratórias ou ameaçadas de extinção.

Zauith pede vaga na chapa de Reinaldo Azambuja

Ao participar nesta sexta-feira da Conferência sobre Demarcações de Terras Indígenas na Assembleia Legislativa, o deputado federal e pré-candidato do PSDB ao Governo do Estado, Reinaldo Azambuja, revelou que o prefeito de Dourados e presidente regional do PSB, Murilo Zauith, pediu vaga na sua chapa majoritária para a disputa das eleições deste ano.

“O Murilo Zauith nos pediu uma vaga na majoritária e aguardamos uma resposta. Estamos com as conversas com o PSB bastante adiantadas, até porque também há um bom entendimento entre os dois partidos em nível nacional", destacou Reinado Azambuja.

O pré-candidato do PSDB já conta com o apoio do DEM e do PPS, por intermédio dos líderes desses partidos, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta e o deputado estadual Zé Teixeira, bem como do ex-vereador Athayde Nery.

PTB quer aliança para disputar Governo ou Senado

Durante encontro regional realizado nesta sexta-feira (9) no auditório do Gran Park Hotel, em Campo Grande e que contou com a presença do presidente nacional, deputado Benito Gama, o PTB anunciou de que está propenso a receber ofertas de outros partidos para compor aliança, desde que lhe sejam oferecidas as condições para disputar o Governo do Estado ou o Senado.

Presidente nacional da sigla, Benito Gama disse que o PTB só aceita uma dessas opções. “Do contrário, é emprestar o nome do partido”. Também não escondeu a preferência em coligar com o Partido dos Trabalhadores, que vai lançar o senador Delcídio do Amaral candidato a governador.

“A via mais provável é seguir junto com o PT, com quem temos acordo com Dilma Rousseff na nacional”. Somente no Distrito Federal e Minas Gerais foi aberta exceção. “É muito difícil que aqui siga caminho diferente”, salientou.

Já o presidente regional do PTB, Ivan Louzada, se mostra mais flexível. “É como nuvem, que muda de local sem se perceber”, disse, ao analisar o cenário político. Ele avaliou que a aliança mais difícil seria com o PMDB. “Porque na composição não haveria espaço para deputados federais do partido”. O pré-candidato do PMDB ao governo é Nelsinho Trad, ex-prefeito de Campo Grande, e os peemedebistas teriam quatro deputados em reeleição.

O nome do PTB como de maior musculatura financeira para a disputa é o estreante na política, Sérgio Longen, atual presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul.

O PTB também analisa os nomes do presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Francisco Maia, e o ex-deputado estadual Aluízio Borges. No Estado, a sigla vai lançar oito candidatos para a disputa na Assembleia Legislativa. Os planos nacionais incluem eleger 32 deputados federais, seis senadores e de dois a três governadores.

DEM aponta Mandetta como candidato ao Senado

Uma das principais referências do DEM em Mato Grosso do Sul, o deputado estadual Zé Teixeira disse que seu partido está propenso a indicar o deputado federal Luiz Henrique Mandetta para integrar a chapa majoritária encabeçada por Reinaldo Azambuja, do PSDB, como candidato ao Senado.

Com isso, a vaga de candidato a vice-governador seria oferecida pelo pré-candidato tucano ao Governo ao PSB de Murilo Zauith ou a outra sigla partidária interessada em compor essa coligação.

“Temos a consciência, assim como o próprio Reinaldo Azambuja e o PSDB, que o nome do deputado Luiz Henrique Mandetta é o mais forte do DEM e que pode, perfeitamente, ser o candidato ao Senado nesta aliança", disse Zé Teixeira, ressaltando que o assunto já está sendo discutido entre os dois partidos.

Já o deputado federal Luiz Henrique Mandetta não confirmou pré-candidatura a nenhum cargo. “Sou presidente regional do DEM e estou deputado federal”, disse, ressaltando que seu partido está conversando no Estado e nacionalmente. “O partido prioriza a bancada federal. É o deputado federal que garante tempo de TV e fundo partidário”, lembrou Mandetta.

 

folhacg.com.br



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIA
Diversos

Homem é preso após jogar aparelho de som na cabeça de policial militar em MS

 

Dois homens, de 22 e 25 anos, foram levados para a Delegacia de Polícia Civil durante atendimento a uma ocorrência de perturbação da tranquilidade por volta das 23h10 de sexta-feira (09) no bairro Aeroporto, em Corumbá. Um dos homens jogou a aparelhagem de som na cabeça de um cabo da Polícia Militar.

Segundo nota da assessoria de comunicação do 6º BPM, a guarnição já havia comparecido ao local solicitando que os acusados diminuíssem o volume do som, mas assim que os PMS deixaram a casa, eles voltaram a aumentar o volume. Os policiais retornaram ao local e uma mulher de 35 anos, disse que estaria disposta a representar contra os autores.

A guarnição pediu que a dupla desligasse a aparelhagem de som e a acompanhasse até a delegacia, quando o homem de 22 anos, veio pelas costas do cabo PM e jogou a aparelhagem de som, atingindo a cabeça do policial. Ele disse: “pode levar essa porcaria.”.

Com a pancada, o cabo caiu no chão com fortes dores, mas se levantou e conseguiu impedir que o autor fugisse pulando o muro da residência. A aparelhagem, que pesa cerca de dez quilos, ainda atingiu uma mulher que estava próxima ao policial. Os autores xingaram os PMS e fizeram ameaças contra eles e familiares.

O policial militar passou por atendimento no pronto-socorro e foi liberado após fazer exames médicos. A dupla foi levada para o 1º Distrito Policial.

PM

 

Homem morre atropelado ao cair da carroceria de um caminhão na BR-060

 

Antoniel Goncalves dos Santos de 49 anos, morreu após cair da carroceria de um caminhão e ser atropelado por outro veículo que vinha em seguida, no quilômetro 139 na BR-060, nesta sexta-feira (9), em Paraíso das Águas, 278 quilômetros de Campo Grande.

A vítima estava na carroceria de um caminhão WV com placas de Umuarama, que seguia sentido Camapuã/Paraíso das Águas, quando por volta das 18h30, Antoniel caiu. Neste momento outro caminhão com placas de Campo Grande, que vinha logo atrás, atropelou o corpo da vítima, que estava sob a pista de rolamento.

De acordo com a polícia, a rodovia possui um forte declive para quem trafega sentido Paraíso das Águas/Camapuã e um forte aclive para quem trafega no sentido contrário.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de São Gabriel do Oeste e o Corpo de Bombeiros estiveram no local do acidente, prestando atendimento. O corpo de Antoniel, que estava sob as margens da rodovia, apresentando várias lesões pelo corpo (politraumatismo), foi removido do local pelo serviço funerário e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

(Informações Idest)

Trabalhador rural leva dois tiros na cabeça de amigo por engano em MS

 

O trabalhador rural Jhonatan Batista de Souza, de 22 anos, foi alvejado por engano com dois tiros na cabeça, por volta das 7 horas deste sábado (10), na avenida Otacílio Severo dos Santos, em Coxim.

Segundo o dono de bar onde a vítima estava com mais três amigos, os quatro deixaram o bar depois de pequena confusão, quando Jhonatan se separou dos amigos. O comerciante foi atrás dos amigos da vítima, que não haviam pagado duas cervejas. De acordo com o dono do bar, um dos homens pegou arma no carro e atirou, com intenção de acertá-lo, mas acertou o trabalhador rural por engano.

A Polícia Militar descia a mesma avenida e também agiu rapidamente, prendendo os três envolvidos a poucos metros do local. Já se sabe que os tiros foram disparados por Naberson Gregório da Silva, de 22 anos, com um revólver de calibre 22, que é um velho conhecido da polícia. A arma do crime foi encontrada num terreno baldio, próximo ao local.

O jovem foi rapidamente socorrido pelo Corpo de Bombeiros, que identificou o afundamento de crânio com exposição de massa encefálica. Encaminhado para o Hospital Regional Álvaro Fontoura, ele foi transferido para Campo Grande, pois seu estado de saúde é considerado gravíssimo.

PC de Souza

Forças Armadas iniciam operação com 30 mil militares nas fronteiras, inclusive em MS

Começou neste sábado (10) a Operação Ágata 8, em que as Forças Armadas reúnem mais de 30 mil militares para treinamento e combate aos crimes e irregularidades ocorridas nas fronteiras do Brasil. No Centro Oeste, Exército, Aeronáutica e Marinha estarão entre Mundo Novo (MS) e Comodoro (MT).

A ação vai abranger toda a extensão da fronteira, que tem 16,8 mil quilômetros. O mesmo aconteceu em 2013, em função da visita do papa Francisco e da realização da Copa das Confederações. Nas seis primeiras edições, nos anos de 2011 e 2012, a operação patrulhou somente pontos estratégicos.

Segundo informações da Agência Brasil, também colaboram com a Operação as Polícias Federal, Militar e Rodoviária Federal. Também vão colaborar profissionais da Receita Federal e de agências governamentais como a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Eles estarão atentos aos principais crimes fronteiriços, como tráfico de drogas e armas, contrabando, crimes ambientais e imigração, além de garimpo ilegais, por exemplo.

De acordo com o Ministério da Defesa, não há prazo para o término da ação, porém um balanço será divulgado. A Operação Ágata 8 é parte do Plano Estratégico de Fronteiras, criado pela presidenta Dilma Roussseff em 2011. Antes da deflagração, o governo brasileiro manteve contato com os dez países vizinhos para repasse de informações sobre o emprego do aparato militar.

A operação está sob comando do ministro da Defesa, Celso Amorim, e do general José Carlos De Nardi, chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS DA NOITE
Diversos

Consumir frutas e legumes diariamente reduz risco de AVC

TERRA 
foto
Foto: Divulgação
Um estudo comprovou a importância da presença de frutas e vegetais no combate à hipertensão

Melhorar a dieta e o estilo de vida é fundamental para a saúde do coração e para evitar acidente vascular cerebral, afirmou o especialista Yan Qu, diretor da unidade de cuidados intensivos do Hospital Municipal Qingdao, na China. O profissional coordenou um estudo que comprovou a importância da presença de frutas e vegetais no combate à hipertensão: risco de AVC diminui em 32% a cada 200g de frutas consumidas e em 11% a cada 200g de legumes ingeridos diaramente. As informações são do Daily Mail.

Entre os benefícios, estão os micronutrientes e macronutrientes, além das fibras e energia fornecida. A dieta também tem efeito positivo sobre o índice de massa corporal, circunferência da cintura, colesterol e inflamações, de acordo com a pesquisa. O ideal é o consumo de cinco porções de 80g de frutas e vegetais por dia.

Para os resultados, pesquisadores combinaram as conclusões de seis estudos feitos nos EUA, oito realizados na Europa, seis da China e do Japão. Foi observado o baixo consumo de frutas e vegetais no mundo todo, especialmente, em países de baixa e média renda. Mais de 150 mil pessoas sofrem AVC por ano no Reino Unido e o acidente pe a terceira maior causa de mortes, atrás apenas das doenças cardíacas e câncer. 

Confira os resultados 
das loterias

10/05/2014 21h26 
 

Mega-sena

Concurso nº 1598, sorteio realizado no dia 10/05/2014

Quina

Concurso nº 3485, sorteio realizado no dia 10/05/2014

Homens gastaram mais com presentes

INFOMONEY 

Os homens estão dispostos a gastar mais com o presente de Dia das Mães do que as mulheres. Uma pesquisa realizada pela Fecomércio RJ/Ipsos mostra que, em média, eles pretendem desembolsar um total de R$ 212 contra R$ 174 delas. O valor médio do presente deste ano ficará em torno de R$ 193.

Dos itens mais mencionados com possíveis presentes, as roupas estão na preferência nacional com 32,2% das intenções de compra, seguidas por perfumes e cosméticos (20,8%) e calçados, bolsas e acessórios (11,5%). Também foram citados: flores (5,5%), telefone celular ou smartphone (2,9%), joias e bijuterias (2,7%) e televisão (2,6%).

Varejo
Para 46,6% dos empresários fluminenses o faturamento deste ano com a data deve subir em relação ao ano passado, enquanto 41,2% disseram que haveria estabilidade nas vendas. Somente 12,2% dos entrevistados disseram acreditar no recuo da receita.

Miss Brasil prorroga inscrições gratuitas

DA REDAÇÃO 
foto
Foto: Divulgação
Atual Miss MS, Patricia Marchy

Até o dia 23 de maio poderão se inscrever gratuitamente pelo sitewww.missbrasiloficial.com.br as candidatas ao título de Miss Mato Grosso do Sul. A prorrogação foi uma decisão da organização do Miss Brasil que considerou a grande demanda de mulheres de várias partes do Estado. "Muitas candidatas que se inscreveram possuem o perfil de Miss e isto é muito bom. Nossa expectativa é levantar o melhor elenco de candidatas com potencial para ser a Miss Mato Grosso do Sul e ir para o Miss Brasil com chances de vencer o concurso", afirma a representante do Miss Brasil oficial em Mato Grosso do Sul, Melissa Tamaciro.

CONCURSO
As cidades que tiveram candidatas validadas já serão divulgadas. Nesta etapa todas as candidatas serão treinadas e preparadas pela equipe da Arena Models e o fotógrafo Alexis Prappas para a final do concurso que será realizado no dia 31 de maio, no Shopping Campo Grande. "Este será o grande dia e seguirá o mesmo modelo de escolha técnica pautada pelo Miss Brasil. Para muitas candidatas, será talvez a primeira experiência numa passarela de moda profissional. Isso será excelente para testar como as candidatas vão driblar o nervosismo e conseguir mostrar o seu brilho diante de um público de mais de 5 mil pessoas", explica Melissa que é produtora executiva do Campo Grande Fashion onde acontecerá a coroação do Miss Mato Grosso do Sul 2014.

PERFIL
Para se inscrever a candidata deverá ter entre 18 e 25 anos, ter altura mínima de 1,70, ser solteira, não ter filhos entre outros pré requisitos tradicionais do concurso. Não há nenhuma objeção a cirurgias plásticas e que a candidata tenha nascido na cidade que deseja representar. No site 
www.missbrasiloficial.com.br a candidata deve ler o regulamento do concurso, preencher o formulário e enviar fotos de rosto e corpo. As selecionadas serão contatadas pela organização do evento.

O Miss Brasil é uma das mais efetivas oportunidades para uma beldade ter sua carreira alavancada nacionalmente. O concurso impulsiona fortemente a carreira artística, marcando e transformando a vida profissional da eleita. Em Mato Grosso do Sul, a Arena Models é a agência oficial para cuidar dos talentos do estado. Há quatro anos credenciada pelo Miss Brasil, possui uma equipe que trabalha seriamente para a realização do evento. Da seletiva ao grande dia da escolha e também dando todo o suporte após o concurso.



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS
Diversos

Delegado ouve amiga de vítima de incêndio e confirma ligação

O delegado de Amambai, Leandro Costa de Lacerda Azevedo, responsável pela investigação no incêndio ocorrido em uma conveniência de Coronel Sapucaia, ouviu na tarde de hoje (9) uma amiga do filho da proprietária do estabelecimento e que também morreu no incêndio, ocorrido no dia 2 de maio.

Segundo o delegado, a amiga confirmou que fez uma ligação para Alejandro dos Santos, 22 anos. Ela disse que ele atendeu, mas não houve nenhum diálogo entre os dois, pois o rapaz ficou mudo no telefone.

Contudo, o delegado não deu mais informações sobre o depoimento da amiga de Alejandro, pois disse que a divulgação de outros detalhes pode interferir na investigação do caso. Mas garantiu que o relato da testemunha "foi útil e abriu uma nova diretriz na investigação".

Sobre os cômodos da casa onde os corpos foram encontrados, o delegado confirmou que estavam o de Alejandro e da mãe dele, Rosângela dos Santos, 50 anos, no quarto do rapaz. Os corpos de Vanusa dos Santos, 26 anos, e dos filhos dela, Thiago, 10, Sabrina, 4, e Stefani, 10 meses, estavam no banheiro.

A Polícia chegou a esses detalhes pelo depoimento do esposo de Vanusa, Edson da Silva, 34 anos, que levantou a suspeita contra Alejandro, que era cunhado dela. Da família, Edson foi o único que ficou vivo, pois não estava no imóvel no momento do incêndio.

Edson também falou em depoimento que um dia antes do incêndio viu uma mensagem escrita por Alejandro dizendo: "Vocês me odeiam, eu só lamento!". Segundo o delegado, essa mensagem não foi encontrada.

Segundo o delegado Leandro Azevedo, a investigação ainda não descarta nenhuma possibilidade e ele trabalha com as hipóteses de o incêndio ter sido criminoso ou acidental. O delegado aguarda o resultado dos laudos da perícia e necroscópico.

Em Conferência sobre o Processo de Demarcação de Terras Indígenas governador fala da necessidade de uma política indigenista

O evento aconteceu na Assembleia Legislativa

Durante sua participação na Conferência sobre o Processo de Demarcação de Terra Indígenas, na manhã desta sexta-feira (9), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (AL/MS), o governador André Puccinelli falou sobre a democracia e a igualdade entre negros, brancos e índios. “É válido discutir essa PEC [215/200]. Se estamos em um estado democrático não podemos ter uma visão unilateral. Precisamos também saber quem quer e quem não quer a aprovação da PEC 215. O Governo Federal precisa de uma política indigenista decente com provisão financeira e tratar brancos, negros e índios da mesma forma, pois somos todos brasileiros”, discursou.

A Conferência tem como finalidade ampliar o debate com autoridades e sociedade locais sobre a proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/200, que faz referência à cidadania indígena e quilombola. MS é o quinto estado a receber a Conferência da Câmara dos Deputados. O debate já foi realizado em Santa Catarina, Pará, Rio Grande do Sul e Mato Grosso.

Para o governador a questão não é apenas a terra, mas também o fato de que os índios desejam se tornar cidadãos brasileiros. “Eles são nossos irmãos e têm os mesmos direitos, mas estão sendo levados a erro, estão sendo tutelados como se não tivessem voz”, frisou.

André também falou que o governo federal deve uma “fórmula” de uma política indigenista nacional que garanta a integração do índio à sociedade. “Eles não podem ter uma saúde 'meia boca', eles devem ter a saúde que é oferecida a todos”, ressaltou. Para Puccinelli, a política indigenista não se limita à demarcação de terras. “Comprem as terras, mas não parem por aí se não vai acontecer o mesmo que aconteceu com os mais de 3 mil Kadiweus que estão em 378 mil hectares e vivem na miséria, os índios e nós queremos que a Funai funcione”.

O próximo estado a sediar a Conferência será a Bahia, na próxima segunda-feira.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PANORAMA
Diversos

Sem dinheiro de Moon há 18 meses, Cene sonha com volta do incentivo

Reverendo Moon morreu no dia 2 de setembro de 2012. De lá para cá o Cene tem caminhado com suas próprias forças e parcerias

O hexacampeão sul-mato-grossense Cene (Clube Esportivo Nova Esperança) ficou conhecido logo quando surgiu no futebol profissional, em meados de 1999, ainda na cidade de Jardim, por ser o clube fundado por Sun Myung Moon, o reverendo Moon. O Furacão sempre recebeu incentivo para se manter no futebol, cerca de US$ 50 mil mensais, mas desde que Moon faleceu, há um ano e oito meses, o clube depende das próprias pernas para caminhar e conseguir incentivos.

São quase dois anos sem o apoio da seita, mas com muito sucesso. O clube se sagrou bicampeão Estadual e já figura como o terceiro maior vencedor de Mato Grosso do Sul, a dois do segundo, o Comercial. Mesmo assim ainda sonha com o retorno do apoio da Igreja da Unificação, fundada pelo reverendo Moon. “Fomos muito bem nesses dois anos sem o reverendo, mas ainda sonho com o retorno da igreja para o nosso clube. Garanto que com ela podemos sonhar com voos altos, estou falando de primeira divisão brasileira”, almeja o presidente do clube, José Rodrigues.

O fim do investimento da igreja obrigou a equipe auriceleste a correr atrás de parceiros. Mesmo em grande quantidade, nunca se igualou a quantia que recebia antigamente.

O clube este ano contou com os patrocínios entre oito a dez empresas e ainda passou aperto para pagar as contas. “Não teremos vergonha nenhuma de voltar a receber apoio da igreja. É uma parceria ou patrocínio como outro qualquer, precisamos dele para sobreviver”, ressalta o diretor de futebol Paulo Telles, quando questionado sobre as brincadeiras que sempre envolveram torcedores rivais.

"Tudo o que Cene conquistou foi graças a ele", completa.

No quadro, reverendo Moon com uma das taças conquistadas pelo Cene No quadro, reverendo Moon com uma das taças conquistadas pelo Cene

O vínculo com todos os patrocinadores do primeiro semestre já se encerrou. “Atualmente não temos nenhum investidor para bancarmos o elenco no Campeonato Brasileiro da Série D”, lamenta Telles.

A seita - A organização religiosa que o reverendo Moon fundou em 1954, após ter sido rejeitado pelas igrejas protestantes sul-coreanas, é uma das mais controversas do mundo e é considerada uma seita em vários países.

A Igreja da Unificação é famosa por casamentos coletivos de milhares de casais. Suas ramificações no mundo dos negócios vão do setor da construção civil à educação e mídia. 

Sun Myung Moon nasceu em uma família de agricultores em uma região que hoje pertence à Coreia do Norte. Ele afirmou que aos 15 anos teve uma visão de Jesus Cristo, que lhe disse de continuar sua missão interrompida pela crucificação.

Apesar do fim da ‘parceria’ com a igreja, muitos funcionários do Cene, inclusive o presidente, ainda são seguidores da seita. Um coreano ainda tem cargo cativo no clube e opina em todas as decisões. Na final contra o Águia Negra, no Morenão, mais dois adeptos coreanos foram convidados vips do clube nesta tentativa de reaproximação.

Além do Furacão Amarelo, o reverendo Moon investia em mais dois clubes no mundo, o Atlético Sorocaba e o Seongnam FC, clube da primeira divisão da Coreia do Sul, que inclusive disputou o terceiro lugar do Mundial de Clubes da Fifa, em 2010, contra o Internacional de Porto Alegre.

O reverendo Moon morreu no dia 2 de setembro de 2012. Boa parte do seu patrimônio foi construída em Mato Grosso do Sul, principalmente no município de Jardim, onde chegou em 1996 para instalar a igreja.

O Cene é o único representante do futebol do Estado no Campeonato Brasileiro da Série D, que tem a previsão de início entre junho e agosto.

Lista mostra 25 situações que aumentam a ansiedade

TERRA

Quem nunca teve uma crise de ansiedade, ficou estresado, tenso e irritado por causa de algumas coisas que acontecem na vida. Pois, o site The Huffington Post listou 25 situações responsáveis por aumentar ainda mais essa ansiedade. Confira:

Bateria do celular em 1%
E ninguém por perto tem um carregador. Mas isso depende do lugar onde está: se for no trabalho ou em uma balada, a ansiedade aumenta muito, mas se está de férias ou curtindo a vida, então não é problema nenhum.

Entrar na Forever 21
A loja de departamentos tem muita roupa, muita gente, muita desorganização.

Chegar ao caixa de uma grande loja
Você percorre a loja inteira onde é possível encontrar qualquer coisa, mas não acredita na quantidade de pessoas que tinha ali até chegar à fila do caixa.

Jogos
Brincar de jogos em grupos em que é preciso memorizar alguma coisa não é tão legal como parece.

Noites de domingo
Quando o fim de semana termina e você não fez nada de bom e só consegue se lembrar que no dia seguinte tem que voltar a trabalhar.

Tentar encontrar um emprego novo
Por que ninguém me retorna? Por que não há vagas? Me inscrevi há 10 minutos e até agora nada. Por que ninguém quer me contratar?

Banheiros compartilhados
É muito difícil ir ao banheiro quando se tem alguém nas cabines ao lado.

Longos corredores
Deveria dizer "oi" para a pessoa que cruza com você no corredor? Deve virar o rosto para não ter contato visual? Deve sorrrir? Acenar com a cabeça? Cumprimentar em voz alta?

Escolher uma roupa
Não tenho nada para vestir, mesmo tendo um guarda-roupa lotado.

Pensar se deve ou não falar em uma reunião
E se ninguém gostar do que tem a dizer? E se alguém falar ao mesmo tempo que você? E se sua voz não sair alta o bastante? E se as pessoas rirem de você? Você ficou pensando em tudo, mas quando a reunião se aproxima do fim a ansiedade aumenta porque não falou nada mesmo estando cheio de ideias na cabeça.

Sair do prédio junto com alguém e não saber o que fazer
A situação pode ser muito embaraçosa já que nunca se sabe se deve puxar assunto, andar mais rápido ou mais devagar.

Como responder mensagens de texto para pessoas não tão próximas
Responder um SMS para o namorado ou amigos é fácil demais, mas quando alguém não tão próximo envia alguma mensagem é difícil achar o tom certo.

Perceber que não tem dinheiro suficiente quando é o próximo na fila de alguma loja
Você procura desesperadamente mais dinheiro na bolsa e torce para que tudo dê certo.

Não ter certeza se trancou a porta depois que saiu de casa
Pensar se trancou mesmo a porta, fechou a janela, desligou o fogão e o ferro de passar roupa podem deixar qualquer pessoa ansiosa

Ver uma pessoa conhecida em público e não saber como deve se aproximar
Deve colocar os óculos escuros e ignorar? Deve entrar em um corredor? Deve fingir muito interesse em outras coisas para não chegar perto da pessoa? E, se for inevitável, como puxar conversa?

Tentar fazer planos
Você não pode se comprometer com nada porque e se alguma coisa melhor aparecer?

Não entender sobre o que estão falando, mas finge para não parecer estúpido
Nessa hora, sorrir pode ser o melhor remédio.

Ficar sentado no sofá pensando em tudo o que precisa fazer
Você tem um milhão de coisas para fazer, mas por que não vai fazê-las? Por que não consegue levantar do sofá? E por que não para de pensar nos afazeres?

Ter vontade de ir ao banheiro quando está na rua
Quando está andando pela cidade e percebe que não tem nenhum lugar para ir ao banheiro.

Encontrar alguém desconhecido
O que você deve vestir? Deve chegar pontualmente? Deve chegar mais cedo? Mas quanto antes? Sobre o que conversar?

Pensar que perdeu alguma coisa
Pior ainda, realmente perder alguma coisa. Sua chave, carteira de habilitação, telefone, cartão de crédito, roupa. Como as coisas simplesmente desaparecem? Como você guarda e não consegue mais achar?

Ler as mensagens que enviou na noite anterior quando tinha bebido demais
Meu deus, eu disse isso?

Decidir o que fazer no jantar
Seria muito mais fácil fazer uma refeição inteira de domingo do que decidir o que cozinhar para o jantar. Ovos? Frango? Carne? Macarrão? 

Esperar um email ou uma mensagem
Em geral, esperar por qualquer coisa deixa qualquer pessoa muito ansiosa.

O relógio marca 16h45 numa sexta-feira à tarde
Ainda não está na hora de ir embora do trabalho? 



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

VACA LOUCA
Diversos

OIE descarta surto de vaca louca no Brasil

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, na sigla em inglês) confirmou como "atípico" o caso de encefalopatia espongiforme bovina (EEB) no frigorífico da JBS, dona da marca Friboi, em Mato Grosso. Isso afasta a hipótese de o animal ter contraído a doença pela ingestão de alimento e um surto no País.

O resultado foi divulgado pelo Ministério da Agricultura. Em nota, ele também ressaltou que não houve "diagnóstico conclusivo que possa ser usado para classificá-lo de forma inequívoca até o momento". Ou seja, a OIE não conseguiu identificar a origem da doença e optou por respaldar os exames feitos pelo laboratório da rede estatal Lanagro, em Recife.

O laboratório brasileiro classificou o caso como atípico devido ao fato de o animal não ter desenvolvido a doença nem ter morrido por causa dela. O Lanagro detectou que uma deficiência na formação de proteína, a chamada marcação priônica, se desenvolveu por causa da idade avançada do animal - ela ocorre normalmente em bovinos acima de dez anos, por causa do envelhecimento das células. A vaca nelore tinha 12 anos.

O caso clássico da doença ocorre em rebanhos mais jovens, de até 7 anos, que é a média de idade-limite dos animais comercializados no mercado. Nesses casos, a enfermidade pode ser causada pela alimentação à base de farinha de osso e carne.

"A manifestação do laboratório corrobora com as investigações epidemiológicas desenvolvidas a campo de que se trata de um caso espontâneo e previsível, que não tem qualquer correlação com a ingestão de alimento contaminado, e que pode ser detectado em qualquer país do mundo que tenha um sistema de vigilância robusto transparente como o do Brasil", disse o ministério em nota.

 

Um motociclista teve uma das pernas amputadas, durante um acidente envolvendo duas motos Honda CG, na rotatória entre a avenida Selingardi e a Guaicurus em Campo Grande. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motociclista foi levado ao Pronto Socorro. O outro envolvido que também sofreu ferimentos, também foi levado ao Pronto Socorro da Santa Casa.

Um motociclista teve uma das pernas amputadas, durante um acidente envolvendo duas motos Honda CG, na rotatória entre a avenida Selingardi e a Guaicurus em Campo Grande. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motociclista foi levado ao Pronto Socorro. O outro envolvido que também sofreu ferimentos, também foi levado ao Pronto Socorro da Santa Casa.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

enfoques Do MARCO
Diversos

Delcídio diz que candidatura de tucano não preocupa e fala em vencer no primeiro turno

Jéssica Barbosa PSDB-MS Arquivo

O senador e pré-candidato ao governo Delcídio do Amaral (PT) declarou nesta sexta-feira não ter ficado preocupado com a disposição do deputado Reinaldo Azambuja (PSDB) de também disputar a sucessão do governador André Puccinelli (PMDB) despontando como terceria via entre ele e o peemedebista Nelsinho Trad. “Não ficamos nem um pouco preocupados”, respondeu ao site Midiamax. “Nós já prevíamos três candidaturas, então não estamos surpresos mesmo”, emendou. Delcídio disse que ainda não avaliou de quem o tucano pode tirar mais votos, se dele ou do rival, mas disse os dois têm o mesmo campo. Evitando menosprezar os outros pré-candidatos, disse que ninguém entra em campo para empatar, mas apostou na vitória de seu time no primeiro tempo do jogo eleitoral. “É como em um jogo de futebol, ninguém entra na disputa pensando em empatar. Nosso projeto é de vitória no primeiro turno, sem dúvidas”.

Como Tomé, Trad "quer ver pra crer" se Azambuja será candidato ao governo de MS

Larissa Ferreira Almeida/Divulgação Arquivo

Como São Tomé, o pré-candidato governista à sucessão do governador André Puccinelli, Nelsinho Trad (ambos do PMDB), afirmou hoje que quer "ver para crer" se o deputado Reinaldo Azambuja (PSDB) vai mesmo disputar o governo como terceira via nas eleições. “Cada vez que o PSDB ensaia algum movimento, no dia seguinte o Reinaldo aparece de mãos dadas e levantadas com o Delcídio em algum lugar. Se há uma pré-candidatura, ela tem que ser demonstrada. Quero ver para crer”, respondeu, questionado pelo site Midiamax. Para Trad, por ter propostas muito diferentes, Reinaldo não tira votos dele e disse estar preparado para o embate independente dos adversários e como o rival Delcídio (PT) apostou na vitória no primeiro tempo.“Vamos ganhar no primeiro turno. Estamos preparados para isso.”

Campanha dos macacos

Facebook Reprodução

No terreno livre das redes sociais, em contraponto à tal campanha de Neymar & Cia "#SomosTodosMacacos" contra o racismo no futebol, a galera da arquibancada pode até perder o jogo, mas não a piada e lançou a versão acima dos macacos dizendo "#NãoSomosHumanos".

Nelsinho diz que "PT exala corrupção"

Wilson Aquino/MV Divulgação

A disputa pela cadeira de governador começa a pegar fogo no estado. Ao cumprir agenda hoje em Dourados, o pré-candidato Nelsinho Trad (PMDB) atacou o PT e deflagrou a estratégia de comparar gestões. “Nós já experimentamos o governo do PT e sabemos como foi. Mato Grosso do Sul não pode voltar a andar para trás, até porque o PT exala a corrupção e está sendo rejeitado pela população de todo o país”, disparou. “Nosso projeto político é a certeza de que o Estado vai continuar avançando e não andando para trás, como acontecia no tempo em que o PT governava, onde para receber os servidores precisavam fazer empréstimo bancário”, afirmou, em alusão às gestões do ex-governador Zeca do PT. Dizendo que o governador André Puccinelli (PMDB) fez muito mais em todas as áreas, citou a construção de 62 mil casas populares pela gestão peemedebista e questionou. “Sabem quantas casas o Governo do PT fez? Nem 20 mil.”

Azambuja se coloca como 3ª via na disputa pelo governo e busca apoio de outros partidos

Roberto Higa/ALMS

Reinaldo Azambuja (PSDB) confirmou hoje que está conversando com lideranças de outros partidos colocando seu nome como pré-candidato ao governo de Mato Grosso do Sul como alternativa para enfrentar os pré-candidatos Delcídio do Amaral (PT) e Nelsinho Trad (PMDB), depois de reunião com o senador e pré-candidato tucano à Presidência da República, Aécio Neves, na quarta-feira, em Brasília. "O Aécio me pediu para construir uma candidatura própria no no estado. Estamos buscando partidos que têm interesse em uma terceira via entre as candidaturas do PT e do PMDB e me dispondo a por meu nome como candidato", me disse o deputado federal, por telefone. Depois de participar de debate sobre a PEC das Terras Indígenas na Assembleia Legislativa, pela manhã, Azambuja segue para São Gabriel do Oeste onde cumpre agenda e será homenageado hoje à noite na Câmara com título de cidadão, por indicação do vereador Juninho Gazineu (PROS).

Dilma cai e Aécio avança, diz Datafolha

FolhaOnline/Reprodução

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira pela Folha de S.Paulo confirma a queda da presidente Dilma Rousseff (PT) na preferência do eleitor e aponta o avanço dos opositores, reforçando a tendência de segundo turno na eleição presidencial. Dilma que em fevereiro, pelo Datafolha, aparecia com 44% e em abril caiu para 38% agora está com 37%. 
 
A diferença é que Aécio Neves (PSDB), que manteve 16% nas duas pesquisas anteriores, agora avançou 4 pontos e está com 20%. E Eduardo Campos (PSB), ainda pouco conhecido em nível nacional (25% dos eleitores sabem quem ele é, enquanto 42% conhecem Aécio e 86% conhecem Dilma) que havia passado de 9% para 10%, avançou para 11% hojeD. 
 
O bloco dos nanicos é liderado pelo Pastor Everaldo (PSC) com 3%, tenicamente empatado com os demais. Eduardo Jorge (PV), José Maria (PSTU), Denise Abreu (PEN) e Randolfe Rodrigues (PSOL) aparece com 1% cada e com menos de um ponto estão Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Yasi (PCB). Dilma lidera em rejeição com 35%, contra 33% de Campos e 31% de Aécio.
 
Brancos e nulos somaram 16% e indecisos 8%. Registrada no TSE com nº BR-00104/2014 a pesquisa foi feita ontem e anteontem (dias 7 e 8) com 2.844 pessoas em 174 cidades do País. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos com nível de confiança de 95%.

Para maioria, Lula deveria ser candidato

FolhaOnline/Reprodução

A pesquisa Datafolha supracitada sobre a eleição presidencial divulgada hoje pela Folha de S.Paulo diz que a maioria dos eleitores (58%) acham que Lula deveria ser o candidato do PT ao Planalto. Entre os que declaram preferência pelo PT, 75% disseram preferir Lula na disputa. Um aspectivo positivo para a presidente Dilma Rousseff é que as expectativas econômicas dos eleitores pararam de deteriorar. Porém, continuou a crescer o desejo do eleitorado por mudança. Hoje, 74% dos eleitores dizem querer mudanças na forma como o País é governado. Para 38%, Lula é o mais preparado para fazer essas mudanças. Dilma foi citada por 15%. Ela tinha 16% há um mês e 19% em fevereiro", diz a FolhaOnline. Em rejeição, Lula apareceu com 17%, atrás de Dilma (35%), Campos (33%) e Aécio (31%).

CCJ aprova projeto que torna crime hediondo o tráfico de pessoas para fins sexuais

Fotos Agência Câmara/Arquivo

Projeto que inclui no rol de crimes hediondos o tráfico interno e internacional de pessoas para fins de exploração sexual, de autoria do deputado licenciado Edson Giroto (PMDB-MS), foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara ontem com parecer favorável do relator da matéria Fábio Trad (ambos do PMDB-MS). Hoje, o Código Penal prevê reclusão de três a oito anos para esse tipo de crime, penas que podem ser aumentadas se a vítima for menor de 18 anos, se quem praticou for parente ou empregador da vítima, entre outros agravantes. No caso do tráfico interno de pessoas, a pena de reclusão varia de dois a seis anos, sem contar os agravantes. Com o projeto, a punição será mais rigorosa, explica o relator Fábio Trad, em seu parecer: "Os crimes hediondos não admitem anistia, graça e indulto, fiança e liberdade provisória. A pena por crimes hediondos deve ser cumprida inicialmente em regime fechado, e a progressão de regime dar-se-á após o cumprimento de 2/5 da pena, se o apenado for primário, e de 3/5 da pena, se reincidente". O tráfico de pessoas para exploração sexual ganhou repercussão ao ser abordado pela autora Glória Perez na novela "Salve Jorge" levada ao ar pela Globo há pouco mais de um ano.

Senadores pedem alteração nas regras para cooperativas de eletrificação rural

Divulgação

Em reunião com o ministro Edison Lobão (Minas e Energia), os senadores Ana Amélia (PP-RS), Waldemir Moka (PMDB-MS), Ivo Cassol (PP-RO) e Cidinho Santos (PR-MT) pediram, ontem, a revisão das regras de operação das cooperativas de eletrificação rural que atendem milhares de produtores e moradores das áreas rurais em todo o Brasil e estão sob risco de subsistência. Ana Amélia e Moka entregaram um documento assinado pelo presidente da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), Márcio Lopes de Freitas, para readequação dos decretos 4.541/2002 e 7.891/2013, com alterações que respeitem as características do cooperativismo. Moka enfatizou que o problema é grave no Rio Grande do Sul, mas também atinge cooperativas em diferentes regiões do país. "Temos problemas semelhantes em Mato Grosso do Sul", acrescentou.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

JUIZ ODILON DE OLEVEIRA NA CONEXÃO INTERNACIONAL
Diversos

Juiz Odilon de Oliveira faz palestra sobre "Família, Drogas e Escola", em Amambai

A palestra reuniu autoridades, servidores e alunos do município
Juiz federal, Odilon de Oliveira, durante palestra em Amambai / Foto: Moreira Produções

Amambai (MS) - Foi realizada na manhã desta sexta-feira (9) uma palestra com o juiz federal, Odilon de Oliveira, que escoltado por policiais federais, esteve no município desenvolvendo o tema "Famíla, Drogas e Escola". Autoridades do município e do estado, funcionários públicos, alunos das escolas do município e membros da comunidade estiveram presentes no evento, realizado no salão de eventos do Alphaville Clube. O evento foi promovido pela prefeitura de Amambai, através da secretaria municicipal de Educação.

O Juiz primeiramente agradeceu a presença de todos e ao convite, além de elogiar o prefeito pela dificuldade enfrentada hoje em dia pelos prefeitos das cidades fronteiriças, devido ao elevado indíce de tráfico de drogas na região.

“A atitude de vocês de me convidar serve de incentivo e motivação para que os pais e educadores encontrem o caminho ideal contra a epidemia do memento, que são as drogas”, disse o juiz.

O vereador Carlos Roberto do Nascimento, Carlinhos, que no ato representou o presidente da Câmara Municipal de Amambai, disse que é uma satisfação receber no município a palestra que trata de assunto reelevante e presente na vida das pessoas, que moram nos municípios fronteiriços. “A droga é algo nefasto que entra em nossas vidas de uma maneira muito sorrateira e quando percebemos todos já estão envolvidos, nós temos a sorte de ter em nosso estado um combatente desse feito como o Dr. Odilon”, diz o vereador.

O prefeito municipal, Sérgio Barbosa, destacou a presença do juiz e a importância do tema ser debatido junto ao público formado por estudantes. “Todos aqui vieram para ouvir sua experiência de vida profissional combatendo a proliferação das drogas - que parece uma luta perdida, mas o senhor veio mostrar que não podemos desistir”, ressalta o prefeito.

Equipe da Secretaria Municipal de Educação junto com o juiz Odilon / Foto: Moreira Produções

Segundo o Juiz, um dos desafios da escola nos dias atuais é enfrentar a epidemia das drogas, pois, o Brasil está se transformando em uma cracolândia e o aumento da violência nas escolas está interligado a esse problema. “Com esta campanha queremos mostrar o papel da família, da escola e das igrejas, neste cenário”, afirma Odilon.

Ele relata que o consumo de drogas cresce de maneira incontrolável e que o Brasil ocupa o 2º lugar no mundo, no consumo de cocaína e o 4º lugar, no consumo de drogas injetáveis, além de ter cerca de 235 mil usuários de crack, com idade inferior a 18 anos; 140 mil crianças usuárias de cocaína e mais de 800 mil, usuários de maconha.

Segundo ele, 27% da classe carcerária foi presa por uso ou trafico de drogas. "Só no Mato Grosso do Sul, 43% foram apreendidos pelo crime e, se existe o trafico de drogas, logicamente, existe o uso e a violência”, destaca.

Outras problemas apresentados pelo juiz foram às mortes por AIDS, segundo ele, 26.000 pessoas morreram pela doença que foi transmitida pelo uso de seringas contaminadas. “Entre 10 pessoas com AIDS, uma delas pegou a doença pelo uso de drogas injetáveis”, conta Odilon.

Juiz Odilon com o prefeito de Amambai, Sérgio Barbosa / Foto: Moreira Produções

O desempenho da polícia também é alvo de Odilon, principalmente, da esfera federal, ele afirma que apenas 13,7% dos policiais federais são destinados às faixas de fronteiras e acabam como culpados por não suprirem a demanda de casos de drogas encontrados.

A falta de políticas públicas para o tratamento de pessoas viciadas é enfocada pelo palestrante como responsável pelo grande número de pessoas não recuperadas do uso de drogas. “ Não existem locais apropriados para tratar um viciado. Quem tem que cuidar de viciado é a área da saúde e não a polícia”, diz.

Citando dados estatísticos, Odilon afirma que apenas 3,5% do PIB são investidos na saúde pública do país e que o necessário seria de 6 a 7%.

“Cerca de 437 mil homicídios por ano, continua Odilon, 50 mil apenas no Brasil e a maioria dentro do próprio lar e dentre estes, 8% são contra menores de 18 anos”. Ele acrescenta, ainda, que a cada dez minutos acontece um assassinato, que a cada 30 horas no Brasil há um estupro e que 85% da comercialização de pessoas é para exploração sexual.

“Se diminuir a droga, haverá uma redução dos homicídios, além de outros crimes, como os furtos”, lembra.

A escola, segundo o Juiz, também precisa se prevenir, pois 17 ou 18% dos jovens compram drogas dentro dos institutos de ensino. Assim como dentro de casa, ele diz que se não houver um lugar onde o adolescente pode receber um abraço ele irá procurar um outro lugar e este lugar pode ser as drogas.

No final da palestra, Odilon tirou fotos junto aos servidores públicos e alunos / Foto: Moreira Produções

“O Neymar é um ídolo para quem gosta de futebol, bem como para os filhos, os pais são ídolos, se o Neymar faz algo mesmo errado, para seus fãs, aquilo está certo, assim é com os pais, o que estes fazem refletem nos filhos”, ilustra ele.

Entre os métodos para se livrar a epidemia, Odilon inclui o dialogo entre as famílias e entrega do coração a Deus que, segundo ele, independente de religião, pode preencher um vazio que também pode ser preenchido pelas drogas.

Estiveram presentes, prestigiando a palestra, o prefeito municipal de Amambai, Sérgio Barbosa; a deputada estadual, Mara Caseiro; os vereadores Carlos Nascimento, Ilzo Vitor e Fernando Fischer; a secretária municipal de Educação, Vera Lorenzetti; o secretário de Governo, Odil Puques; o secretário de Indústria e Comércio, Rodrigo Selhorst; o presidente da Fundesc (Fundação de Desporto e Cultura), Elton Marques; o secretário de Habitação, Josué de Barros; comandante do 2º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros de Amambai, Romiran Oliveira Cerqueira e membros da comunidade escolar do município.

PM conta com helicóptero para combater o crime em operação

GABRIEL MAYMONE E LAURA HOLSBACK 
foto
Foto: Divulgação
Policiais sobrevoam a cidade para combater o crime

Militares do 10º Grupamento Aéreo, do Batalhão de Choque, iniciaram às 16h de hoje (09), a Operação Saturação, que se estenderá por toda a noite em Campo Grande. 

O trabalho de monitoramento conta com o helicóptero da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e começou na região sul da cidade, considerada mais perigosa.

O objetivo é promover segurança à população

CONEXÃO INTERNACIONAL FM 90.7- CONQUISTA
Diversos

CONEXÃO INTERNACIONAL É UM PROGRAMA APRESENTADO PELO JORNALISTA QUE SABE DAS COISAS-JORGE PACHECO- TODOS OS SABADOS PELA RADIO CONQUISTA DE CAPITAN BADO-PY 90.7, A PARTIR DAS 12  HORAS.   FIQUEM DE ANTENAS LIGADAS.HOJE ENTREVISTA EXCLUSIVA  COM O JUIZ FEDERAL ODILON, SENADOR DA REPUBLICA MOKA, PREFEITO DE AMAMBAI SERGIO BARBOSA, VICE PREFEITO DR. BANDEIRA, DEPUTADA ESTADUAL MARA CASEIRO  VEREADOR BRITO ,ENTRE OUTROS.


Foto: Passo Fundo é a 71ª cidade do Brasil para investir em negócios, conforme a edição n.º 1064 da Revista Exame, divulgada no dia 30 de abril, na reportagem de capa “As melhores cidades para os negócios”.

Leia em http://bit.ly/1mmdbJt

MINHA QUERIDA   PASSO FUNDO , A CIDADE MAIS GAUCHA DO RIO GRANDE DO SUL

Foto: Horarios para tomar agua. #salud


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLITICANDO
Diversos

Reinaldo diz que é pré-candidato do PSDB ao governo estadual 'a pedido de Aécio'

Aumentar texto Diminuir texto

Waldemar Gonçalves e Juliene Katayama

Gerson Walber

O deputado federal Reinaldo Azambuja afirmou, pela primeira vez, que é pré-candidato ao governo de Mato Grosso do Sul pelo PSDB. Segundo ele, a decisão resulta de pedido do senador e presidenciável tucano Aécio Neves.

Azambuja participa na manhã desta sexta-feira (9) de evento na Assembleia Legislativa, no qual fazendeiros, índios e parlamentares estaduais e federais discutem a PEC 215, que transfere ao Legislativo federal a prerrogativa de homologação de terras indígenas.

No dia 30 de abril, a presidente da República, Dilma Rousseff, rejeitou a proposta do PT no Estado, de fazer uma coligação com o PSDB, na qual o senador Delcídio do Amaral encabeçaria a chapa, tendo Azambuja como candidato ao Senado.

Desde então, fortaleceu-se o discurso de o deputado tucano alçar voo rumo à Governadoria, ainda que, oficialmente, o PT local mantinha a ideia de uma “aliança branca”. “Vamos atrás com aqueles que querem a terceira via”, sentenciou hoje Azambuja.

Segundo ele, o PSDB já conversa com “mais de dez partidos” em busca de apoio e há, também, a promessa do empenho de Aécio na viabilização do projeto. Azambuja defende a tese da oposição responsável, apontando as críticas e sugerindo soluções.

O deputado federal diz que o projeto de governo do PSDB é diferente do PMDB e PT, “basicamente os dois partidos que governaram Mato Grosso do Sul desde sua criação”. Agora, os tucanos correm atrás de aliados para, também, conseguir um “tempo razoável” no horário eleitoral gratuito na televisão.

Moka destaca crescimento 'em ritmo chinês' da economia de MS

DA REDAÇÃO 
foto
Foto: Agência Senado
Senador Moka (PMDB-MS)

O senador Waldemir Moka (PMDB) destacou ontem (08), em pronunciamento da tribuna do Senado, os números positivos da economia de Mato Grosso do Sul. O senador mencionou reportagem de 100 páginas da revista Valor, editada pelo jornal Valor Econômico, que coloca a economia do Estado entre as que mais crescem no país.

De acordo com a publicação, em pouco menos de uma década, Mato Grosso do Sul deixou para trás a dependência do Binômio soja e boi e deu salto de desenvolvimento. A revista compara o crescimento da economia do Estado ao da China.

“Seu Produto Interno Bruto triplicou, enquanto o perfil da economia mudou e diversificou-se. O Estado, que completou 35 anos de existência, agora atrai grandes indústrias de setores variados, enquanto a agropecuária evolui e se diversifica com o emprego de alta tecnologia”, aponta a revista.

A revista continua com sua avaliação: “Entre 2002 e 2011, o PIB sul-mato-grossense cresceu 225%, com expressiva participação do setor industrial, que avançou 335% e ampliou sua fatia na economia de 17% para 23%”.

Moka atribuiu o crescimento espetacular da economia sul-mato-grossense às duas administrações do governador André Puccinelli (PMDB), a quem considera “um homem corajoso, competente e focado nos objetivos de atender aos anseios da população, com oferta de emprego e melhorias das condições de vida”.

O senador diz que a população sentirá falta de André, mas aposta que o pré-candidato do PMDB, Nelson Trad Filho, vencerá as eleições de outubro e dará continuidade ao trabalho do atual governador. “Creio que só há uma pessoa para substituir André à altura: É Nelsinho Trad, que também o sucedeu na prefeitura de Campo Grande”, observa.


 

Nelsinho mantém contato com Campos por teleconferência e torce por PSB na chapa

 

Evelin Araujo

Pré-candidato ao governo pelo PMDB em Mato Grosso do Sul, Nelson Trad Filho confirma que mantém contato com o pré-cadidato à presidência da República, Eduardo Campos (PSB). Em uma reunião com lideranças e o presidente regional do partido no Estado, Murilo Zauith, em Dourados nesta sexta-feira (9), Nelsinho disse que conversa sempre com o presidenciável pelo celular ou teleconferência.

“Conversamos na semana passada, mas ao contrário do que disseram o Eduardo Campos não veio a Campo Grande. Mantemos contato por telefone, direto”, afirmou. Na ocasião, Campos estavam em Belo Horizonte (MG).

Nelsinho aposta o apoio a candidatura de Campos e diz que a decisão final cabe ao PMDB e ao PSB. “Já fizemos o convite ao Murilo. Conversei com a Tatiana Ujacow e com o vice-presidente Sérgio Assis sobre a minha posição. O PSB está convidado a indicar o vice da nossa chapa e um candidato à suplência no senado”, destacou.

Compondo com a pré-candidata Simone Tebet ao senado, Nelsinho diz que a aliança mais viável é com o partido de Campos. “O PT está com a Dilma Rousseff, o PSDB com o Aécio Neves. Cabe a nós apoiarmos o Eduardo Campos em Mato Grosso do Sul. É um plano de governo novo, do qual estamos mais próximos. Chega de PT no Estado”, defendeu.

Dilma pede apoio do PMDB em MS e governador oferece 'palanquinho do André'

Aumentar texto Diminuir texto

Waldemar Gonçalves e Juliene Katayama

Gerson Walber

Durante reunião em Brasília (DF), na quarta-feira (7), a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), pediu oficialmente ao governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), o apoio dos peemedebistas locais à sua reeleição.

“Tem jeito de o PMDB ficar comigo?”, disse Dilma a Puccinelli, conforme contou o próprio, na manhã desta quinta-feira (8), durante lançamento de obras, no Buffet Yotedy, em Campo Grande. O governador reafirmou o apoio à presidente petista.

Ele disse ter prometido a Dilma que levaria o pedido de poio ao diretório regional do PMDB antes da convenção partidária. “Vou tentar induzi-los por mim. Se o PMDB não ficar com ela, eu fico me licencio do partido”.

No entanto, Puccinelli ressaltou que vai apoiar o pré-candidato do PMDB ao governo estadual, Nelsinho Trad, em detrimento do PT local, que deve lançar o senador Delcídio do Amaral à Governadoria. “Vou subir no palanque do Nelsinho Trad. A Dilma terá o ‘palanquinho do André’”, disse o governador, completando que, caso seja convidado por ele, a presidente virá a Mato Grosso do Sul durante a campanha.

Ao anunciar a construção de duas pontes na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai para ainda este ano, Puccinelli comentou que espera retribuir o apoio de Dilma quando for inaugurar as obras. “Vou convidar a fada-madrinha Dilma e agradecer, com um belo churrasco, o que ela fez e fará mais pelo nosso Estado”.

Corrupção na Petrobras influenciou

O candidato do PSDB se referiu à pesquisa Datafolha divulgada hoje na qual o tucano cresceu quatro pontos percentuais

FOLHAPRES 

O presidenciável tucano, Aécio Neves (Foto), afirmou hoje que o crescimento nas pesquisas se deve às provas que estão aparecendo contra o governo federal, comandado pela petista Dilma Rousseff, no caso da gestão petista da Petrobras.

"As denúncias de corrupção influenciaram [no resultado da pesquisa]. Afinal, uma quadrilha estava levando a Petrobras à situação de insolvência e a população está vendo isso", afirmou ele, que participou de uma sabatina na manhã de hoje no auditório do Hotel Jatiúca, por empresários ligados às Fiea (Federações das Indústrias do Estado de Alagoas).

O candidato do PSDB se referiu à pesquisa Datafolha divulgada hoje na qual o tucano cresceu quatro pontos percentuais (de 16% para 20%) e a presidente oscilou negativamente (de 38% para 37%) entre abril e maio. O quadro aumenta as chances de haver segundo turno nas eleições presidenciais deste ano.

Segundo Aécio, porém, as pesquisas não são a eleição. O tucano afirmou que toda vez que vem a Alagoas, ele sobe nas pesquisa. Aécio lembrou que há 30 anos esteve em Maceió com Tancredo Neves, seu avô, poucos dias antes de derrotar Paulo Maluf no Colégio Eleitoral e se eleger presidente.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Barbosa nega autorização para Dirceu trabalhar fora da Papuda

G1 
foto
Foto: Divulgação
Ministro Joaquim Barbosa recusou benefício a Dirceu

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, negou nesta sexta-feira (9) pedido da defesa do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado no processo do mensalão do PT, para trabalhar em um escritório de advocacia, fora do Complexo Penitenciário da Papuda, nos arredores de Brasília.

Condenado no regime semiaberto, no qual é possível deixar o presídio durante o dia para trabalhar, Dirceu pediu autorização para atuar como auxiliar em um escritório de advocacia da capital federal com salário de R$ 2,1 mil, mas a análise de benefícios ao ex-ministro foi suspensa em razão de suspeita de uso, por ele, de celular dentro da prisão.

O presidente do Supremo entendeu que, para obter trabalho externo, é necessário o cumprimento de pelo menos um sexto da pena, conforme estabelece a Lei de Execução Penal (LEP). Na quinta (8), Barbosa revogou trabalho de dois presos do processo do mensalão com o mesmo argumento, o que indicava que ele poderia revogar benefício de outros condenados e negar o pleito de Dirceu.

Pelo entendimento de Barbosa, Dirceu só poderia ter aval para sair do presídio em março de 2015, quando terá cumprido um sexto da pena de 7 anos e 11 meses pelo crime de corrupção ativa. "Para que tenha direito à prestação de trabalho externo, é preciso que cumpra, ao menos, 1 ano, 3 meses e 25 dias de prisão."

"A imediata concessão do trabalho externo ao preso condenado ao regime semiaberto configura violação à Lei de Execução Penal, que no artigo 37 exige o cumprimento deno mínimo um sexto da pena para que a concessão do benefício seja objetivamente possível", afirma Barbosa.

Nesta semana, o advogado José Luís de Oliveira Lima, que defende o ex-ministro da Casa Civil, criticou a demora na análise do pedido de trabalho externo. Ele afirmou que o cliente tinha tratamento de "exceção" e que têm sido adotadas "medidas protelatórias" em relação ao pedido de trabalho externo de Dirceu.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, chegou a dar parecer favorável ao trabalho externo de Dirceu. Para ele, não há necessidade de cumprimento de um sexto da pena.

Ao decidir sobre o pedido de trabalho externo, Joaquim Barbosa destacou que ainda haverá decisão sobre se houve ou não falta grave com o uso do celular dentro da prisão.

Assim como fez ao revogar as autorizações de trabalho para Romeu Queiroz e Rogério Tolentino na véspera, Barbosa destacou, pelo país, os condenados obtêm autorização para trabalho externo sem cumprir os requisitos mínimos por conta de entendimentos do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de que a saída para trabalhar é possível.

Para Barbosa, "ao eliminar a exigência legal de cumprimento de uma pequena fração da penal total aplicada ao condenado a regime semiaberto, as VEPs e o Superior Tribunal de Justiça tornaram o trabalho externo a regra do regime semiaberto, equiparando-o, na prática, ao regime aberto, sem que o Código Penal ou a Lei de Execução Penal assim estabeleçam".

'Arranjo entre amigos'

O presidente do Supremo destacou ainda que, no caso do Dirceu, há um segundo aspecto que impede o trabalho externo, o fato de que a proposta de emprego foi formulada por um escritório de advocacia criminal. Para Barbosa, houve no caso um "arranjo" entre amigos.

 " Não se presta a arranjos visivelmente voltados a contornar a necessidade e o dever de observância estrita das leis e das decisões da Justiça." Ministro Joaquim Barbosa sobre o exercício da advocacia.

"É lícito vislumbrar na oferta de trabalho em causa uma mera 'action de complaisance entre copains', absolutamente incompatível com a execução de uma sentença penal. É que no Brasil os escritórios de advocacia gozam, em princípio, da prerrogativa de inviolabilidade que não se harmoniza com o exercício, pelo Estado, da fiscalização do cumprimento da pena."

Para o ministro, o exercício da advocacia é "atividade nobre". "Não se presta a arranjos visivelmente voltados a contornar a necessidade e o dever de observância estrita das leis e das decisões da Justiça."

O presidente do Supremo completa ainda que Dirceu já trabalha na biblioteca do presídio, conforme depoimento prestado pelo ex-ministro durante apuração sobre o uso do celular.

"Não há, assim, motivo para autorizar a saída do preso para executar serviços da mesma natureza do que já vem executando atualmente, considerada a finalidade do trabalho do condenado", completou.

Nelsinho Trad quer dar palanque a Eduardo Campos

DA REDAÇÃO 
foto
Foto: Divulgação
Nelsinho durante evento em Dourados nesta sexta-feira

O pré-candidato a governador Nelson Trad Filho (PMDB) tem se aproximado cada vez mais do PSB, partido do presidenciável Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco, para que o PMDB apoie o candidato socialista em Mato Grosso do Sul. Esta semana Nelsinho falou por teleconferência com Campos, reunião da qual também participou a cúpula do PMDB, e ofereceu ao PSB as vagas de vice-governador na sua chapa e uma das suplências da candidata ao Senado, Simone Tebet (PMDB).

Nelsinho defende a união com os socialistas porque acredita que o melhor para o partido seria apoiar a terceira via para a presidência, tendo em vista que o senador Delcídio do Amaral segue com a presidente da República, Dilma Rousseff (PT) e o deputado federal tucano Reinaldo Azambuja vai garantir palanque para o senador Aécio Neves.

O pré-candidato peemedebista está animado com a possibilidade de aliança com o PSB e acredita que assim o palanque ficará ainda mais competitivo. “Defendo que o PMDB apoie o Eduardo Campos em Mato Grosso do Sul. Estou buscando construir esta aliança de maneira racional e democrática”, explicou Trad, que completou: “não combina subir no palanque de nossos adversários”.

Segundo Nelsinho, que já obteve o aval do partido para construir as alianças, as negociações com o PSB estão avançadas.

Esta tarde em Dourados, Trad aproveitou para conversar novamente com o presidente regional do PSB, prefeito Murilo Zauith, durante solenidade de entrega das 232 unidades habitacionais do Residencial Harisson Figueiredo, obra executada pelo Governo do Estado em parceria com a União, pelo programa Minha Casa, Minha Vida.  

Delcídio diz que pré-candidatura de Reinaldo ‘não preocupa’ e que PT trabalha com 1° turno

Aumentar texto Diminuir texto

Evelin Araujo

Arquivo Midiamax

Não ficamos nem um pouco preocupados”, afirmou o senador Delcídio do Amaral, pré-candidato ao governo do Estado pelo PT nesta sexta-feira (9), após a confirmação da pré-candidatura do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) também ao governo.

Delcídio disse que os petistas já aguardavam este posicionamento, que é ‘absolutamente natural’, mas que não foi avisado antes por Reinaldo sobre este anúncio.

Sobre uma terceira via dividir mais a opinião pública e, consequentemente, os votos, Delcídio disse que o partido ainda não fez uma avaliação, mas que os dois pré-candidatos têm o mesmo campo, mas que ninguém entra em uma disputa pensando em perder.

“É como em um jogo de futebol, ninguém entra na disputa pensando em empatar. Nosso projeto é de vitória no primeiro turno, sem dúvidas”.

O senador disse que desde o início das eleições, vários cenários foram analisados pelo partido. “Nós já prevíamos três candidaturas, então não estamos surpresos mesmo”, concluiu.

Sobre a disputa mais acirrada também pelas alianças, Delcídio disse que pretende encaminhar conversas com outros partidos já nos próximos dias.

Para o senador, o PSB já é um aliado perdido. “Conversei pela última vez com o Murilo Zauith em Dourados. Há três semanas com outras lideranças, depois não conversamos mais”. 



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DANÇA
Diversos

Bailarinos de MS levam dança folclórica paraguaia para encontro nacional de pontos de culturas

 

Com os pés descalços e saias rodadas elas giram no salão. Enquanto as mulheres rodopiam para mostrar sua graça, eles dançam para conquistá-las. Como uma encenação de um cortejo, a dança folclórica paraguaia encanta a cada movimento.

O ritmo que embala bailes e encanta sul-mato-grossenses que desde meninos estão acostumados ao som da harpa saído da fronteira vai chegar longe. Bailarinos, que são filhos, netos ou apenas apaixonados pela cultura e pelos costumes fronteiriços vão levar para Natal, no Rio Grande do Norte, entre os dias 19 e 24 de maio, um pouquinho do som das cordas que soam nos salões.

No período, acontece a Teia Nacional da Diversidade 2014 - evento  fortalece o exercício dos direitos culturais, a atuação em rede, o diálogo e a parceria entre a sociedade civil, gestores, instituições de ensino, instâncias de participação social e sociedade em geral no campo cultural para a qualificação e o fortalecimento de políticas e ações de valorização e promoção da cultura brasileira em todos os seus aspectos e segmentos culturais.

De Mato Grosso do Sul sairão dois representantes. Um grupo de Rio Verde, e o grupo de dança folclórica paraguaia, da Colônia Paraguaia de Campo Grande.

Professora do grupo campo-grandense, Luciene Bicudo, de 36 anos, conta orgulhosa que das 511 inscrições que tiveram de grupos de todo o País, o dela foi um dos 63 selecionados para a mostra em Natal. “Aqui em Mato Grosso do Sul classificaram dois grupos. Nós e um de Rio Verde. No Brasil foram 63, de 511 inscritos”, conta.

Ela explica que as bailarinas dançam descalças porque é a forma mais tradicional da dança. “Quando surgiu essa dança, lá na fazenda, no campo, as mulheres dançavam descalças. Por isso mantemos a tradição. Apenas quando nos apresentamos em algum lugar mais complicado colocamos uma sapatilha”, diz.

Bisneta de paraguaios, Bicudo conta que se apaixonou pela cultura daquele país ao entrar na faculdade e começar a estudar mais a região fronteiriça. Quando vi já estava envolvida, dando aulas e ensinado o que estudara. “Formei-me em artes visuais. Comecei a estudar mais sobre a fronteira e quando vi já estava ensinando”, diz.





Para manter essa tradição tão buscada por ela, uma vez ao mês, a Colônia traz de Concepción, um professor de dança folclórica para mostrar novidades e ensinar um pouco do seu trabalho. “Uma vez ao mês o Zenon Sanabria Fretes vem nos ensinar um pouco do que sabe. Ele é estudioso e tem uma escola de dança em Concepción, uma das melhores do País”, revela.

Ciente de que tudo que vai mostrar é bem diferente do que se costuma ver na região norte do país, a professora diz  acreditar que de início a apresentação possa até causar uma certa estranheza, mas nada que o ritmo envolvente e a dança não mude a impressão. “Acho que de início as pessoas vão estranhar. Até porque é uma dança paraguaia que já está incorporada na nossa cultura. É diferente de tudo que já vimos por lá”, revela, contando que já foi em outros encontros do gênero.

Participando do encontro pela primeira vez, o estudante Vinicius Peixoto, de 16 anos, conta que dança há seis e está preparado para fazer bonito no norte do País. “Penso que vão ficar muito surpresos. E que vão gostar muito, pelo menos é isso que eu espero”, diz. Neta de paraguaios, Gleysiever Aquino Netto, de 27 anos, carteira, diz que a expectativa dela é dançar o mais bonito possível e levar a cultura e os costumes paraguaios para quem não conhece conhecer. “é uma responsabilidade muito grande. Vamos apresentar uma cultura que não é nosso, que pegamos para nós, para outras pessoas que não conhecem, conhecer. Como sul-mato-grossense acredito eu vamos mostrar o quanto somos fronteiriços”, diz.

Serviço

A Teia Nacional da Diversidade 2014 acontecerá de 19 a 24 de maio, em Natal no Rio Grande do Norte. O evento tem como parceiros o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (Funcern), a Universidade Federal do RN (UFRN), o governo do RN, a Fundação Capitania das Artes e a Comissão Nacional dos Pontos de Cultura.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS

Mãe joga filhos do quarto andar para salvá-los de incêndio

G1 
foto
Foto: Reprodução/YouTube/LiveFocus West
Mulher jogou filhos pela janela do quarto andar de um prédio para salvá-los de incêndio na Rússia

Uma mulher de 36 anos salvou seus dois filhos de um incêndio ao jogá-los do quarto andar do prédio em que estavam na vila de Energetic, na Rússia. Os filhos, de 4 e 13 anos, sobreviveram. 

Mila Aksakova estava com os filhos no prédio onde moravam quando ocorreu um incêndio. A saída de emergência do apartamento foi bloqueada pelas câmeras, e a única opção para deixar o local passou a ser as janelas.

Vizinhos do local seguraram lençóis no chão para tentar amortecer a queda das crianças. A mulher não pulou, e aguardou dentro do prédio em chamas até a chegada dos bombeiros. Ela também foi resgatada com vida, segundo o jornal britânico "Daily Mail".

As causas do incêndio ainda são desconhecidas

Pai de Bernardo poderá passar por detector de mentiras

TERRA 
foto
Foto: Facebook / Reprodução
Pai de Bernardo poderá dar novo depoimento com o uso de detector de mentiras

O médico Leandro Boldrini poderá prestar um novo depoimento sobre a morte do filho, Bernardo, 11 anos, encontrado morto dez dias após ter desaparecido em Três Passos (RS). Desta vez, com o uso de detector de mentiras. A proposta foi feita pela Polícia Civil à defesa do suspeito, o advogado Jader Marques.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, o uso de detector de mentiras em depoimentos é algo proposto a qualquer suspeito. O inquérito do caso deverá ser entregue à Justiça na próxima terça-feira. O médico, a mulher, a enfermeira Graciele Ugulini, e a assistente social Edelvânia Wirganovicz serão indiciados. Eles estão presos pela suspeita de envolvimento na morte do menino desde 14 de abril, dia em que o corpo foi encontrado em Frederico Wetsphalen.

Em entrevista coletiva no dia 29 de abril, a delegada Caroline Bamberg Machado afirmou que existe a certeza de que os três participaram do assassinato. "Em todas as coletivas ressaltei que estamos individualizando os crimes, mas nós temos certeza que os três participaram", avisou Caroline.

A reportagem tentou contato com o advogado Jader Marques, mas ele não deu retorno.

O caso
Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, desapareceu no dia 4 de abril, em Três Passos (RS), depois de – segundo a versão da família - dizer ao pai que passaria o fim de semana na casa de um amigo. O corpo do garoto foi encontrado no dia 14 de abril, em Frederico Westphalen (RS), dentro de um saco plástico e enterrado às margens do rio Mico.

Na mesma noite, o pai, o médico Leandro Boldrini, a madrasta Graciele Ugulini, e a assistente social Edelvânia Wirganovicz foram presos pela suspeita de envolvimento no crime. Segundo a Polícia Civil, o menino foi dopado antes de ser morto, possivelmente com uma injeção letal. Os três se encontram temporariamente presos. 

Adolescente que matou outro espancado foi flagrado com comparsa realizando assaltos

 

Divulgação/10º BPM

Equipes da Força Tática do 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar) flagraram na noite de quinta-feira (8) dois rapazes realizando assaltos. Com eles, foram encontrados dois celulares roubados, um revólver calibre 32 com munições e uma motocicleta Titan furtada sem placa. A dupla foi abordada na Rua Evelina Selingard, no Bairro Parque Lageado, região sudoeste de Campo Grande. 


Os policiais seguiam para a delegacia, quando a dupla ultrapassou a viatura em alta velocidade e estavam sem capacete. Os policiais perseguiram o veículo, que parou para a abordagem. Foi identificado o piloto com 18 anos e o garupa, o adolescente, responsável por uma morte por meio de espancamento.

Com o jovem estava o revólver com numeração raspada, além dos dois aparelhos celulares. O piloto contou que, ambos fizeram um assalto no Jardim Tarumã, área sudoeste de Campo Grande. Os militares descobriram que o veículo era furtado pela numeração do chassi, já que a placa foi retirada. 

CRIME 

Na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Bairro Piratininga, região sul, foi descoberto que o adolescente é apontado como o autor do assassinato de Alexandre Guimarães Echague, de 37 anos, ocorrido há uma semana, no Bairro Parque do Lageado, região sudoeste de Campo Grande. 

O jovem também é apontado com o membro do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que age dentro dos presídios do país. Ele é temido na região, onde mora e que cometeu o homicídio doloso, com intenção de matar. O nome adolescente não foi divulgado, conforme prevê o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). 

AMEAÇA 

No dia do crime, durante os trabalhos policiais, o adolescente estava na cena do crime, mas não foi denunciado por ninguém, pois é temido na região. Ele se intitula membro do PCC e já tem uma ficha extensa, justamente por anunciar que, “nada acontece comigo, seja por lei por facção”. 

Nesta semana, o delegado da Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento a Infância e Juventude), Maércio Alves Barbosa, pediu a apreensão de um adolescente de 17 anos. Durante as investigações, foram colhidas depoimentos de amigos e conhecidos. Com isso, foi identificada a namorada da vítima que trabalha como garota de programa na região norte da cidade, mas morava próximo ao local do latrocínio, roubo seguido de morte, no Bairro Lageado. 

Alexandre foi até a suposta residência da namorada e ao pedir informações se “estranhou” com o adolescente de 17 anos. Em depoimento, o pai do jovem disse que o filho agiu com requintes de crueldade. 

A vítima já estava embriagada, em estado de vulnerabilidade, diante disso, o adolescente espancou Alexandre, até que ele caísse no chão. Em seguida, chutou a cabeça da vítima e mesmo vendo ela agonizando ainda pulou com seus dois pés no peito e depois no pescoço para “acabar de matar”, mas negou que teria praticado o crime para roubá-lo. 

O delegado ressalta que, “como o adolescente não foi apreendido em flagrante, ele responderá em liberdade”. Porém, foi pedido à promotoria da infância e juventude pela internação dele. 

 ENTENDA O CASO 

Alexandre foi espancado até a morte na madrugada da sexta-feira (2), no Bairro Parque do Lageado. A região é conhecida como  ‘cracolândia’. Na data do crime, testemunhas disseram que a vítima gritava pelo bairro “quero ela de volta”, “volta pra mim” e “não me deixa assim”. 

Foi apurado pela polícia que a vítima estava embriagada e ofereceu R$ 20 para um usuário de drogas encontrar a namorada dele. A vítima foi atraída para uma armadilha, e sem dinheiro, acabou sendo espancado até a morte. Ele ainda tentou fugir e acabou caindo na calçada. 

O adolescente apontado como suspeito do crime, foi para casa com a roupa suja de sangue e confessou o homicídio. A polícia foi até a casa do suspeito e o pai dele além de revelar que o filho havia confessado o crime, entregou as roupas sujas de sangue

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

AMAMBAI
Diversos
JUIZ ODILON

Juiz Odilon Sérgio e Moka dão ordem de serviço para obras nesta 6ª em Amambai

Ato dará ordem de serviço para início de pavimentação asfáltica de drenagem em várias duas da Vila Cassiano Marcelo.

O prefeito Sérgio Diozébio Barbosa (PMDB) e o senador da República, Valdemir Moka, também do Partido do Movimento Democrático Brasileiro, realizam a assinatura, nessa sexta-feira, 9 de maio, de ordem de serviço para obras de drenagem a pavimentação asfáltica na Vila Cassiano Marcelo, em Amambai.

No total serão empregados R$ 458,8 mil reais para implantar galerias de águas pluviais e asfalto em vários ruas da vila.

Dos recursos à serem aplicados, R$ 394,2 mil é de verba vida do Governo Federal através de emenda do Senador Moka e R$ 64,6 mil reais são oriundos de receita própria do município.

De acordo com a secretaria de governo da Prefeitura de Amambai, o ato de assinatura da ordem de serviço está programado para acontecer a partir das 15h desta sexta na esquina das ruas, José Bonifácio com Lourino Albuquerque, na região à ser beneficiada com as obras anunciadas acima.

 

Escola Agrícola de Amambai recebe investimentos

Prefeitura inaugurou reforma do alojamento e anunciou novos investimentos na unidade escolar

Foi inaugurada na manhã desta quinta-feira (8) obras de reforma de um dos alojamentos da Escola Agrotécnica Lino do Amaral Cardinal, da rede de ensino de Amambai.

A inauguração aconteceu durante visitação coletiva por iniciativa do prefeito municipal de Amambai, Sérgio Barbosa. “Amanha às 8 horas quem puder, vamos conhecer a nova realidade da escola agrícola; incentive seu filho a conhecer e quem sabe ser um técnico agrícola no futuro”, anunciou o prefeito em sua página em rede social na Internet.

Integraram o grupo que visitou a unidade escolar, além do prefeito, os vereadores Roberto Dias e Jaime Bambil, secretários municipais de Educação, Administração, Serviços Urbanos, Agricultura, Vera Lorensetti, Odil Puques, Vilmar Cubas, Jodeilton Amaral, respectivamente; presidente da Fundesc, Elton Marques; presidente do Sindicato Rural de Amambai, Diogo Peixoto; imprensa e alunos.

Na ocasião, alunos matriculados no 9º ano das escolas municipais Júlio Manvailer, Flávio Derzi, Maria Bataglin Machado e Antônio Pinto da Silva e da escola estadual Vespasiano Martins visitaram a escola, onde participaram de almoço, visitação as instalações da unidade escolar e assistiram palestra sobre Serviços de Inspeção, proferida pelo médico veterinário Rafael Martins.

A unidade escolar atende 45 alunos matriculados no Curso Técnico em Agropecuária.

Funcionamento da escola

Hoje, a unidade escolar atende 45 alunos matriculados no Curso Técnico em Agropecuária, através do Curso Integrado ao Ensino Médio, uma extensão da Escola Estadual Vespasiano Martins. O curso funciona em regime integral, conta com 10 professores, um coordenador e oito funcionários. Os alunos recebem transporte, café da manhã, almoço e lanche no período da tarde.

Além do curso técnico, a escola mantém parceria com a Fundação MS e a Cooperativa Coopersa - que garantem apoio educacional, através de palestras, acompanhamento das aulas práticas e plantio de culturas para a realização de pesquisas agropecuárias.

A aluna do 1º ano, Fabiane Garcia Soares, 19 anos, diz que está na escola por influência da mãe e que está gostando. “Aqui, agente vê de perto as coisas; estou aprendendo como examinar a fertilidade da terra e fazer compostagem”, diz Fabiane.

Eneir Dutra, que mora há dez anos na escola trabalhando como cozinheira, fala que a verdura consumida pelos alunos é toda produzida na própria horta. “Eu sou apaixonada pela escola, gostaria que tivesse mais equipamentos para as aulas práticas”, lembra Eneir.

O prefeito de Amambai, Sérgio Barbosa, e a secretária de Educação, Vera Lorensetti.

Escola agrícola é extensão do Vespasiano Martins

O diretor da escola estadual Vespasiano Martins, professor José Carlos, ressaltou as parcerias efetivadas com o município, com a Fundação MS e a Coopersa e também os investimentos realizados pela prefeitura de Amambai. “Estamos animados com a retomada dos investimentos para o funcionamento do curso, devido à importância da qualificação profissional destes jovens”, ressalta José Carlos.

A secretária municipal de Educação, professora Vera Lorensetti, afirma que a administração municipal tem dado atenção especial a escola com a realização de parcerias e investimentos de recursos próprios. Vera anunciou a destinação de cinco novos computadores para a sala de informática, de mais um bebedouro e a efetivação de matrícula para o 2º ano do curso. “Este espaço escolar não estava sendo bem aproveitado; nesta gestão, vamos dar o tratamento que a escola merece”, garante a secretária.

O presidente do Sindicato Rural de Amambai, Diogo Peixoto, disse que o sindicato está disponível para realizar parcerias. “Através do sindicato e do Senar, podemos promover cursos profissionalizantes junto aos alunos”, diz Diogo.

O presidente do legislativo municipal, vereador Roberto Dias, lembra que o segmento do agronegócio precisa de técnicos qualificados e que a escola pode gerar estes profissionais. “Hoje, o conhecimento tecnológico é fundamental para os profissionais serem aproveitados pelo mercado de trabalho”, fala Dias.

Geração de mão de obra

Segundo o prefeito Sérgio Barbosa, a administração municipal tem a escola agrícola como uma das principais fontes geradora de mão de obra qualificada, de conhecimento e de pesquisa. “A escola agrícola está diretamente ligada com a nossa região, com nossa atividade; por isso, a efetivação de parcerias e os investimentos que estamos realizando são no sentido de torná-la referência na região como provedora de técnicos capacitados e local para a realização de eventos científicos que sirvam para fomentar o desenvolvimento agropecuário de Amambai e da região”, afirma o prefeito.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PARABENS A TODOS CAVALARIANOS
Diversos

Militar e político gaúcho, Manuel Luís Osório, mais conhecido historicamente como General Osório, nasceu em 10 de maio de 1808, na cidade de Santo Antônio do Arroio, Rio Grande do Sul. Faleceu em 4 de outubro de 1879, no Rio de Janeiro.

Era filho do peão Manuel Luís,  catarinense descendente de açorianos, e de Ana Joaquina Luísa Osório, filha de proprietários de terras. Aos quatorze anos de idade, General Osório ingressou na carreira militar, entre os anos de 1822 e 1823, época da Guerra da Independência.

Na ocasião, ajudou a combater as tropas do exército português fixadas na Província da Cisplatina. Também lutou na Guerra da Cisplatina, promovido a tenente na Batalha do Passo do Rosário.

Na Guerra do Farrapos, iniciou luta ao lado dos rebelados, depois da declaração da República Rio-grandense, mudou de ideia e passou a lutar junto com as tropas imperiais do Brasil. Na 2ª Legislatura da Assembleia Legislativa Provincial do Rio Grande do Sul, elegeu-se deputado provincial.

Entre os anos de 1851 e 1852, lutou na Guerra contra Oribe e Rosas, conhecida como batalha de Monte Caseros. Em 1856, tornou-se general e, em 1865, marechal de campo, ao ter organizado, no Rio Grande do Sul, o exército brasileiro para aGuerra do Paraguai.

A Guerra do Paraguai ocorreu entre os anos de 1865 a 1870, General Osório comandou as nossas tropas que invadiriam o sul do Paraguai em 16 de abril de 1866. Foi responsável pela estratégia que , como conseqüência, permitiu que as tropas brasileiras vencessem a Batalha de Tuiuti. Recebeu o título de Barão e, posteriormente, de marquês do Erval.

Em julho de 1866, manteve-se no Rio Grande do Sul, onde formou novas tropas. Em 1868, retornou à batalha para conquistar a fortaleza de Huimaitá, durante a batalha do Avaí.

Findada a Guerra, sete anos depois, foi convidado pelo próprio imperador do Brasil, a ocupar uma cadeira no senado, sendo promovido marechal de exército. No ano de 1878, foi nomeado ministro de guerra, permanecendo no cargo até a sua morte.

Em sua juventude era defensor dos ideais republicanos, mas durante suas investidas militares tornou-se partidário ao monarquismo. Recebeu importantes títulos no decorrer de sua vida, entre eles o de barão de Erval (1866), Visconde do Erval(1868) e marquês do Erval (1869).

Sua esposa era Francisca Fagundes, foi pai de quatro filhos : Fernando Luís Osório, Adolfo Luís Osório , Manuela Luísa Osório e Francisco Luís Osório. Numa ocasião na corte, ao despachar junto a outros ministros, percebeu que D. Pedro II cochilava sem prestar atenção aos discursos dos ministros, numa estado de fúria, General Osório deixou suas armas cairem no chão, despertando o imperador que disse: “Acredito que o senhor não deixava cair suas armas quando estava no Paraguai, marechal”. General Osório retrucou: “Não, majestade”, respondeu Osório, “mesmo porque lá nós não cochilávamos em serviço…”

 

REGIMENTO SOLON RIBEIRO DE AMAMBAI, COMEMOROU COM GARBO

O surgimento da guerra como choque de vontades determinou aos homens incansável busca por lutar com superioridade. Os guerreiros de outrora perceberam, enfim, a importância da situação em que se devia combater: criaram-se plataformas móveis e foram feitas associações aos animais de maior porte, obtendo-se, desse modo, decisiva vantagem em mobilidade e poder de choque. Tal avanço, em sânscrito, foi denominado “akva”, origem da palavra “cavalaria”.

O caballus, palavra do latim, foi o animal que melhor encarnou essa forma de combater.

Inicialmente empregado em carros de guerra ou bigas no Egito, Suméria e Roma, somente com sua montaria, em simbiose única na Natureza, gerou-se o mais formidável conjunto da História, sob o comando do Cavaleiro, monarca dos horizontes largos e desconhecidos.

A velocidade dos corcéis transformou a percepção humana do tempo e do espaço, expandiu consciências e, sob a égide equestre, uma plêiade de chefes militares fez impérios florescerem e ruírem: Alexandre Magno, Aníbal, Júlio César, Átila, Gengis Khan, Carlos Magno, Frederico II e Napoleão.

Frederico II e Napoleão, de modo especial, empregaram magistralmente a Cavalaria, modulando suas missões clássicas de “reconhecer, cobrir, retardar, envolver e perseguir” consolidando-a, assim, como a Arma da Decisão.

No Brasil, as origens da Cavalaria ligam-se à organização do Regimento de Dragões Auxiliares, em Pernambuco, ao término da resistência contra os holandeses em Pernambuco, em meados do século XVII.

Após a Independência, a Cavalaria Imperial produziu líderes de indiscutível valor, sintetizados na figura genial e eletrizante do digno patrono da Arma: Marechal Manuel Luis Osorio – Marquês do Herval.

O “Legendário” nasceu no seio de humilde família, a 10 de maio de 1808, na Vila de Nossa Senhora da Conceição do Arroio, Província do Rio Grande.

Esse local, no atual município de Tramandaí (RS), é hoje preservado como Parque Histórico, guardando, também, os despojos do Marechal.

Osorio assentou praça na Cavalaria da Legião de São Paulo, aos quinze anos incompletos e teve seu batismo de fogo a 13 de maio de 1823, nos embates de consolidação da Independência.

Ainda alferes, durante a Guerra Cisplatina (1825-28), rompeu, de forma espetacular e audaz, o cerco inimigo em Sarandi (1825).

Na Guerra contra Oribe e Rosas (1851-52), à frente do 2º Regimento de Cavalaria Ligeira, desempenhou importante papel em Monte Caseros (1852), sendo promovido a coronel por merecimento.

Intitulado “A Lança do Império”, consagrou-se na Guerra da Tríplice Aliança (1865-70), inicialmente como Comandante em Chefe das Forças de Terra, comandando o III Corpo de Exército e o I Exército na fase final.

Sobressaiu-se, particularmente, nas batalhas de Passo da Pátria (1866), sendo o primeiro soldado em solo paraguaio e Tuiuti (1866), maior embate campal da América do Sul.

Também combateu em Humaitá e Avaí (1868), quando, atingido no rosto, envolve-se em um poncho e percorre as linhas a galope, bradando: “Carreguem, camaradas! Acabem com este resto!”.

Herói, à frente de heróicos cavalarianos como Menna Barreto e Andrade Neves!

Liderança incomum que magnetizava os soldados, mesmo argentinos e uruguaios. Modéstia e generosidade que cativava a todos, multiplicando sua bravura pelos campos onde se fazia presente.

Em tempo de paz, Osorio desempenhou, ainda, profícua carreira política como Senador e Ministro da Guerra, vindo a falecer em pleno exercício desta função, no Rio de Janeiro, em 4 de outubro de 1879, aos setenta e um anos.

Tão grandiosos feitos militares, políticos e exemplos de conduta afirmam-no como modelo de soldado, líder, cavalariano e cidadão, alçando-o ao domínio da lenda, não obstante seu sincero desprendimento.

A inexorável evolução bélica, com os adventos da metralhadora (1893) e do carro blindado (1916), substituiu o cavalo por este como meio de combate.

Desde a Segunda Guerra Mundial (1939-45) até as atuais guerras de movimento, não lineares, os blindados, síntese da ação de choque, proporcionada pela mobilidade, proteção e potência de fogo, reafirmam-se como senhores absolutos dos campos de batalha modernos.

A Cavalaria Brasileira, quer Hipomóvel, Mecanizada ou Blindada, inspirada pelo natalício do seu Patrono, o insigne Osorio, renova hoje o compromisso com o passado de glórias e o futuro de desafios, impelida pelo mesmo espírito cavaleiro do “Bravo dos Bravos”, com tudo o que ele compreende de decisão, lealdade e nobreza de atitudes.

Atraves do comandante do 17 RC MEC  DE AMAMBAI-MS- Ten-Cel HERON SALOMÃO CARDOSO ANGELIM, vivenciamos na manhã deste 08 de maio, uma das melhores e dinamica comemoração do DIA DA CAVALARIA em AMAMBAI, com entrega das BOINAS PRETAS aos incorporados.

Madrinhas entregaram as BOINAS

DEMOSTRAÇÕES DA TROPA CONSAGROU OS TREINAMENTOS COM PREPARO

RAPIDEZ E EFICIENCIA É A MARCA DO REGIMENTO SOLON RIBEIRO

SENTIMOS ORGULHO DE SERMOS BRASILEIROS E VER QUE UM FILHO TEU NÃO FOGE A LUTA

AUTORIDADES PRESTIGIARAM O EVENTO

 

EXERCITO BRASILEIRO, BRAÇO FORTE, MÃO AMIGA

ORGULHO DOS PAIS EM VER FILHO SERVINDO A PATRIA

O LEGENDARIO CAVALO, SALVE A CAVALARIA


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

VACINA
Diversos

Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra gripe

Pouco mais de metade do público pretendido tomou a vacina.
Esforço de imunização deve prosseguir até que meta seja atingida.

Vacinação contra a gripe é prorrogada no país (Luciano Lanes / PMPA)

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (8) que a campanha de vacinação contra a gripe será prorrogada em todo o país.  Até esta quinta, mais de 21,3 milhões de pessoas se vacinaram contra a doença, o que representa 53,6% da meta estabelecida, que é de atingir 80% do grupo prioritário para a imunização, de 49,6 milhões de pessoas.

A pasta destaca que é importante que as pessoas procurem por um posto de saúde o quanto antes para não deixar para se vacinar nos últimos dias, já que a imunização demora cerca de 15 dias para fazer efeito e no período de frio aumentam as chances de contágio.

Os públicos-alvo da campanha são as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional.

No ano passado, o público infantil incluído na campanha tinha idade de seis meses a 2 anos -- houve ampliação, portanto. Segundo o ministério, pessoas com doenças crônicas e "condições clínicas especiais" também devem se vacinar.

Imunização
A imunização via injeção protege contra os subtipos do vírus influenza: H1N1, H3N2 e B. As doses devem ser aplicadas antes do período de inverno.

Segundo o ministério, serão distribuídas neste ano 53,5 milhões de doses da vacina para os 65 mil postos de saúde. De acordo com a pasta, a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonia e de 39% a 75% os índices de mortalidade por influenza.

Ainda de acordo com o ministério, a pessoa que é vacinada não fica gripada em função da imunização.

arte gripe (Foto:  )

PARAGUAY
Diversos

¡Vuelven a elegir a Larissa como la “Musa del Mundial”!

larissa-5860974

El 14 y 15 de mayo serán días feriados

Antiguamente, el único día feriado nacional era el 14 de mayo, no así el día 15 en que se celebraba el Día de las Madres. Sin embargo, llegó un momento en que a algún parlamentario se le antojó que el 15 de mayo también debería ser feriado, partiendo de la premisa que la gesta comenzó el 14 y culminó el 15 de mayo, y fue en ese entonces, que en el año 1990, por ley N° 8/90, el 14 de mayo dejó de ser feriado nacional, siendo únicamente el 15 de mayo, aunque los desfiles estudiantiles, que dicho sea de paso, ya son pocas las ciudades en las que se realizan, siempre se realizaron el 14 de mayo, porque las profesoras, que también son mamás, tenían que celebrar ese día con sus hijos y con sus madres.

Por Decreto Ley  N° 4531 del 21 de noviembre de 2011, a partir del 2012, el 14 de mayo volvió a ser feriado nacional, día no laboral, que sumado al 15 de mayo, ya son dos días hábiles sin trabajar en un país que lo que más necesita es trabajar.

En contrapartida, otro feriado muy importante para nuestro país, como lo es sin lugar a dudas el 12 de junio, fecha en que finalizó la guerra del Chaco, ganada por Paraguay ante Bolivia, pasará para el lunes 16. Por lo tanto, el jueves 12 de junio será un día normal.  


 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PETROBRAS RESPINGARÁ EM POLITICOS
Diversos

Justiça decreta a quebra do sigilo bancário da Petrobras e de ex-diretor

Juiz federal do PR determinou devassa das contas de Paulo Roberto Costa.
Decisão é um desdobramento das investigações da operação Lava Jato.

A Justiça Federal do Paraná decretou nesta quinta-feira (8), a pedido do Ministério Público Federal (MPF), a quebra do sigilo bancário da Petrobras nos contratos da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, com empresas investigadas na operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF). O empreendimento da estatal, alvo de suspeitas de superfaturamento, está sendo investigado pelo Ministério Público e pelo Tribunal de Contas da União.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Petrobras informou que ainda não foi intimada sobre a decisão e disse que "reafirma seu compromisso de continuar colaborando com o Poder Judiciário para esclarecimento dos fatos".

No mesmo despacho, o Judiciário determinou a quebra do sigilo bancário do ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, um dos presos pela operação. Ele é réu no processo referente à Lava Jato pelos crimes de lavagem de dinheiro e participação em grupo criminoso organizado.

Costa é apontado pelo MPF como um dos chefes de uma quadrilha especializada em lavar dinheiro no exterior, por meio de operações de câmbio fraudulentas. Conforme a denúncia dos procuradores da República, o ex-diretor da Petrobras usou empresas de fachada, comandadas pelo doleiro Alberto Youssef, para lavar dinheiro da construção da Refinaria Abreu e Lima.

Além do ex-dirigente da estatal, terão as contas bancárias devassadas outras seis pessoas, entre as quais duas filhas e dois genros de Paulo Roberto Costa.

Também foi autorizada a quebra do sigilo bancário das empresas GFD Investimentos e da Sanko Sider e Sanko Serviços de Pesquisa. A decisão engloba todas as movimentações das contas bancárias, inclusive, a origem e o destino de débitos e créditos.

Por meio de nota oficial, a assessoria de imprensa do grupo Sanko Sider afirmou que todos os contratos do conglomerado "foram feitos apenas com empresas privadas, construtoras ou consórcios particulares". O grupo também destacou no comunicado que "não faz vendas diretas à Petrobras, excetuando-se alguns itens para manutenção".

Na nota, a Sanko Sider "repudia veementemente as ilações que vêm sendo feitas e reafirma total transparência, legalidade e legitimidade de seus negócios".

Já a GFD Investimentos informou que não havia sido comunicada da decisão e que não iria comentar a ordem da Justiça Federal.

O objetivo da quebra de sigilo solicitada pelo MPF é tentar apurar o rastro do dinheiro usado para construir a refinaria pernambucana. As investigações da operação Lava Jato tentam identificar se os recursos repassados para a obra teriam abastecido o esquema bilionário de lavagem de dinheiro e evasão de divi

Limite das investigações
A decisão da Justiça Federal limita a quebra de sigilo às transferências da Petrobras realizadas entre janeiro de 2009 e dezembro de 2013 para a construtora Camargo Corrêa, responsável por parte da obra da Refinaria de Abreu e Lima, e para as empresas Sanko Sider e Sanko Serviços de Pesquisa. De acordo com as investigações da PF, essas empresas teriam sido usadas para lavar dinheiro da obra.

Em nota oficial, o consórcio CNCC, liderado pela construtora Camargo Corrêa, alegou "que não praticou nenhuma irregularidade" e reiterou que, como responsável por parte das obras da refinaria Abreu e Lima, "tem relacionamento comercial com as empresas Sanko Sider e Sanko Serviços, empresas cadastradas pela Petrobras para o fornecimento de tubos”.

O despacho determina que a Petrobras apresente em 20 dias o resultado da quebra de sigilo, discriminando as transferências, as data, os valores e as contas envolvidas na construção da planta de refino de petróleo. A Justiça exigiu ainda que a estatal do petróleo discrimine as transferências às empresas, relacionando os pagamentos por obras, produtos e serviços na refinaria.

Entenda a Operação Lava Jato
A operação Lava Jato foi deflagrada pela 
Polícia Federal em 17 de março para desarticular um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões. Os policiais federais executaram mandados em sete unidades da federação: Distrito Federal, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Segundo as investigações da PF, um dos chefes da quadrilha seria o doleiro Alberto Youssef. Preso no Paraná, ele é réu por evasão de divisas, lavagem de dinheiro, fraude em contratos de câmbio, operar instituição financeira sem autorização e formação de quadrilha.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS DA NOITE
Diversos

Salário mínimo necessário para suprir demandas básicas deveria ser de R$ 3 mil

Pesquisa da Dieese aponta alta de 11,7% no valor da cesta básica em Campo Grande no mês de abril

GABRIEL MAYMONE 

Ainda em vigência, o decreto de Lei número 399 de 1938 estabelece que o salário mínimo deveria ser suficiente para suprir as despesas com alimentação, educação, saúde, higiene, transporte, moradia, vestuário, lazer e previdência. No mês passado, o governo federal propôs que o valor mínimo que um trabalhador brasileiro recebesse fosse de R$ 779, para 2015. Porém, uma pesquisa elaborada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), aponta que, para esse decreto ser uma realidade, seria necessário um salário mínimo de R$ 3.019,07.

A análise é feita a partir do preço da cesta básica. Em abril, segundo a pesquisa, a relação dos treze itens básicos da alimentação do campo-grandense ficou por R$ 330,61, por pessoa. Levando em conta uma unidade básica familiar, composta por dois adultos e duas crianças, o Dieese concluiu que a cesta básica familiar custou R$ 991,83, valor 1,37 maior do que o salário mínimo.

Dos itens pesquisados, apenas quatro ficaram mais baratos em abril se comparados com o valor registrado em março. A carne bovina (-1,3%), farinha de trigo (-0,48%), manteiga (-0,34%) e o tomate (-21,07%) - que colaborou para que o valor total não fosse ainda maior.

A maior alta verificada foi na banana nanica (18,83%), batata (15,25%), feijão (6,68%), óleo de soja (5,33%), leite (4,43%), pão francês (2,78%), arroz (1,84%), café (1,41%) e açúcar (0,58%).

Há um ano, em maio de 2013, o valor da cesta básica era de R$ 271,65 por pessoa e R$ 814,95 a familiar, uma variação de 11,7% e o salário mínimo necessário era de R$ 2.892,47.

Identificada mais quatro vítimas de acidente com van

GABRIEL MAYMONE 
foto
Foto: Márcio Rogério
Acidente aconteceu em dezembro do ano passado

Depois de quase cinco meses, foram identificadas mais quatro vítimas do acidente envolvendo uma van e uma carreta frigorifica, que terminou com 11 mortes, em dezembro do ano passado, na BR-267, no distrito de Casa Verde, entre Bataguassu e Nova Andradina (MS). A van transportava comerciantes do Shopping Popular de Três Lagoas.

Após exames de DNA, o Instituto Médico Legal (IML) de Campo Grande identificou Huang Tasan Ming, Samuel Fernandes de Pinho, Douglas Alexandre Ferreira e Rafael Moraes da Silva.

O velório está sendo realizado em Três Lagoas. Segundo familiares, ainda não há previsão do horário do sepultamento, devido a preparativos que serão necessários, assim como a expectativa de esperar pela chegada de parentes que moram em outras localidades.

Acidente
A Van estava seguindo para o Paraguai, onde os comerciantes fariam compras para revender no shopping. Segundo testemunhas, próximo a Casa Verde, a Van colidiu de frente com um caminhão e, em seguida, pegou fogo.  Todos os ocupantes morreram carbonizados.

Justiça quebra sigilo bancário da Petrobras

G1 08/05/2014 15h53 
 

foto
Foto: Divulgação
Paulo Roberto Costa teve o sigilo bancário quebrado pela Justiça

A Justiça Federal do Paraná decretou nesta quinta-feira (8), a pedido do Ministério Público Federal, a quebra do sigilo bancário da Petrobras nas transações financeiras realizadas a partir de contratos firmados para a construção da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco.

O empreendimento da estatal no estado da Região Nordeste é alvo de suspeitas de superfaturamento.

O Judiciário também determinou a quebra do sigilo bancário do ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, um dos presos pela operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF). Além do ex-dirigente, terão as contas bancárias devassadas outras seis pessoas, entre elas duas mulheres apontadas pela PF como filhas de Paulo Roberto, além dos maridos delas.

Também foi autorizada a quebra do sigilo bancário das empresas GFD Investimentos e da Sanko Sider e Sanko Serviços de Pesquisa. A quebra engloba todas as movimentações das contas bancárias, inclusive, a origem e o destino de débitos e créditos.

O objetivo da quebra de sigilo solicitada pelos procuradores da República é tentar apurar o rastro do dinheiro usado para construir a refinaria pernambucana. As investigações da operação Lava Jato, da Polícia Federal, tentam identificar se os recurso repassados para a obra teriam abastecido o esquema bilionário de lavagem de dinheiro e evasão de divisas liderado pelo doleiro Alberto Yousseff.

A decisão da Justiça Federal determina que a quebra de sigilo é válida para as transferências da Petrobras feitas entre janeiro de 2009 e dezembro do ano passado para a construtora Camargo Corrêa e para as empresas Sanko Sider e Sanko Serviços de Pesquisa. De acordo com as investigações da PF, essas empresas eram usadas para lavar dinheiro.

O despacho determina que a Petrobras apresente em 20 dias o resultado da quebra de sigilo, discriminando as transferências, as data, os valores e as contas envolvidas no construção da planta de refino de petróleo. A Justiça exigiu ainda que a estatal do petróleo discrimine as transferências às empresas, relacionando os pagamentos por obras, produtos e serviços na refinaria. 

Polícia desmonta esquema de adolescentes que roubavam e vendiam peças de moto

Pelo menos quatro adolescentes, sendo três de 17 anos e um de 16, além de Valdir de Mora Rocha, de 51 anos, e Rodrigo Ferreira da Silva, de 18 anos, foram flagrados por furto de motociclistas e revenda de peças dos veículos. O caso foi descoberto após uma abordagem de rotina pelos policiais militares, no Bairro Los Angeles, região sul de Campo Grande. 


Os nomes dos adolescentes não foram divulgados, assim como prevê as normas do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). 

Na Rua Lafaiete Câmara de Oliveira, os policiais abordaram um jovem de 16 anos que estava com uma motocicleta Titan Today. Durante a vistoria descobriram que o veículo era furtado. O rapaz revelou que comprou por R$ 800 o veículo de um adolescente de 17 anos, que mora no Los Angeles, área sul de Campo Grande. 

Ao chegar à casa do jovem de 17 anos, ele apontou Rodrigo como o responsável por vender a moto. Já na casa do suspeito de 18 anos,ele foi encontrado no portão com uma Honda Titan, com motor adulterado. 

Ao ser questionado sobre a venda de veículos roubados e o motor adulterado, ele disse que furta veículos para “passar para frente ou desmontar e revender as peças”. Dentro da casa de Rodrigo foram encontradas várias peças da mesma motocicleta que ele acabara de desmanchar, inclusive no terreno ao lado, algumas partes  estavam sendo queimadas, e em uma sacola que estava no lixo foi encontrada uma placa do veículo. 

A Honda Fan, de cor cinza, placa NRR-3566, de Campo Grande (MS), desmanchada que havia sido furtada no dia 6, um dia antes do flagrante. Rodrigo contou que encontrou a moto estacionada em uma rua, ele empurrou o veículo até uma área segura, onde fez a ligação direta e fugiu. 

Além disso, ressaltou que boa parte das peças eram entregues a Valdir, que tem uma loja de autopeças, e revendiam os objetos no local. Na casa do suspeito de 51, os policiais encontraram a YBR Yamaha, de cor vermelha, de placa HRV-6656, de Campo Grande (MS), que também foi roubada no dia 6. 

Próximo da casa de Valdir, havia um adolescente de 17 anos com uma Biz, de cor vermelha, que era roubada. Segundo ele, pagou R$ 500 pelo veículo e apontou outro jovem de 17 anos como o vendedor. 

O vendedor, que tem várias passagens por diversos delitos, foi encontrado pelos policiais no Bairro Aero Rancho, região sul, e confirmou a informação de ter vendido a moto.

Arlindo Florentino

 

Rapaz é espancado por dez adolescentes ao sair de feira no Aero Rancho

Na noite de quarta-feira (7), um jovem de 24 anos foi agredido por dez adolescentes quando saía de uma feira no bairro Aero Rancho, região sul de Campo Grande.

Segundo a vítima, ele comia na feira quando os jovens se aproximaram e sem motivo começaram a jogar pedaços de salgados e o ameaçaram.

Para evitar o confronto, o jovem saiu da feira, mas os infratores o impediram. Ele foi golpeado com vários chutes e socos, que deixaram marcas por todo seu corpo.



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS
Diversos

 Cerca de 600 lideranças indígenas estão reunidas em Miranda para discutir conflito de terras

Lideranças indígenas de todo o Mato Grosso do Sul estão reunidas nesta manhã (8) na Aldeia Babaçu, em Miranda – a 203 quilômetros de Campo Grande, para discutir a questão territorial indígena.

De acordo com Lindomar Terena, 600 lideranças de todas as etnias discutirão os próximos procedimentos a respeito da demarcação de terras no Estado. “Agora pela manhã vamos apresentar os dados e no período da tarde vamos discutir sobre todas as áreas em conflito em Mato Grosso do Sul e como vamos proceder”, afirma.

Pontes devem triplicar produção 
de frigorífico

VÂNYA SANTOS E PAULA VITORINO 
foto
Foto: Bruno Henrique / Correio do Estado
Parceria para a construção das pontes foi assinada nesta quinta-feira

O governador  André Puccinelli e o vice-presidente do Paraguai, Juan Afara Macial, assinaram nesta quinta-feira (8) uma parceria que viabiliza a construção de duas pontes sobre o Rio Apa, ligando a cidade de Porto Murtinho (MS) ao Paraguai.

A expectativa do governador é de que a obra possibilite o intercâmbio cultural, de sanidade animal e triplique a produção do frigorífico de Porto Murtinho.

André Puccinelli garantiu que as pontes serão inauguradas ainda neste ano.

Polícia apreende carreta com 1 ton 
de maconha

VâNYA SANTOS E CAMILA MORTARI 

A Polícia Militar Rodoviária Estadual (PMRE) apreendeu uma carreta basculante transportando uma tonelada de maconha, ontem (07), em Amambai (MS). Durante fiscalização, policiais abordaram o veículo, na Rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Caarapó.

A droga estava distribuída em tabletes, alguns deles com uma espécie de “selo de qualidade” com os dizeres, “Droga Verde/Índio” com a caricatura de um indígena. O entorpecente era transportado em um fundo falso.

O motorista, Juliano Dias dos Santos, de 31 anos, disse à polícia que mora na cidade de Ituverava (SP). Ele pegou o caminhão em um posto de combustível na cidade de Amambai e carregaria com milho em uma cooperativa em Dourados, depois seguiria com a carga até seu estado de origem.

Segundo a polícia, num primeiro momento o motorista negou ter conhecimento da existência da droga na caçamba.

Juliano, junto com a carreta e a maconha foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil local.

Homem é morto a facadas após se envolver em briga na Capital

VâNYA SANTOS E CAMILA MORTARI 

Emerson Germani Cavalhero Montiel, de 29 anos, foi morto a facadas ontem (7) na Rua Siriguela, no Bairro Jardim das Hortênsias, em Campo Grande (MS).

Segundo informações do boletim de ocorrência, moradores da região disseram que a vítima se envolveu em uma briga com três ou quatro rapazes antes do crime e que alguém efetuou um disparo para o alto.

Logo após a briga, ele pediu socorro na rua. A vítima foi atingida com golpes de faca pelo corpo.

O homem disse antes de morrer que se chamava Felipe, mas foi identificado posteriormente como Emerson.

A polícia investiga o caso.

Matéria editada às 11h45min para acréscimo de informações.

Colaborou Laura Holsback

Operário morre após descarga elétrica na Arena Pantanal, em MT

G1 
foto
Foto: Christian Guimarães/ Globo Esporte
Equipes do Samu foram até a Arena e tentaram reanimar vítima

Um operário morreu nesta quinta-feira (8) após receber uma descarga elétrica enquanto trabalhava na obra de construção da Arena Pantanal, em Cuiabá. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atendeu a ocorrência, a vítima sofreu uma parada cardiorrespiratória. Duas equipes médicas o atenderam no próprio estádio, porém, ele não resistiu. A vítima não chegou a ser encaminhada para o hospital e morreu no local do acidente.

O corpo do trabalhador foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), na capital.
Ele trabalhava em uma empresa terceirizada contratada pelo consórcio responsável para executar a obra. No momento do acidente, a vítima, que morava na capital, estava no setor leste da Arena Pantanal, onde serão sediados os jogos da Copa do Mundo, no próximo mês.

A assessoria da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa) ainda não se manifestou sobre o assunto e informou que irá se pronunciar durante uma entrevista coletiva no período da tarde. O horário, no entanto, ainda não foi confirmado.

O chefe de Fiscalização da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Mato Grosso, José Almeida, disse que as causas do acidente serão averiguadas e reclamou de o fato de o Ministério Público do Trabalho (MPT) não ter sido comunicado do fato. "Ficamos sabendo pela imprensa e isso já é um erro. Primeiro, vamos verificar as circunstâncias do acidente e não podemos considerar que a morte seja normal", afirmou.



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ANDRÉ
Diversos

Governo anuncia duas novas pontes ligando MS ao Paraguai, na região de Porto Murtinho

Aumentar texto Diminuir texto

Waldemar Gonçalves e Juliene Katayama

Gerson Walber

O governo de Mato Grosso do Sul oficializou na manhã desta quinta-feira (8) uma série de ações em parceria com o Departamento de Concepción e o governo do Paraguai. Entre elas, anunciou a construção de duas pontes sobre o Rio Apa, na região de Porto Murtinho, ligando o Estado ao Paraguai.

Segundo as informações oficiais, uma das pontes levará a Valemi. Custará R$ 8,6 milhões e terá 180 metros.

A outra ponte fará ligação a San Carlos, ao custo de R$ 5 milhões. Ambas serão construídas ainda em 2014, garantiu o governador do Estado, André Puccinelli.

O objetivo das novas ligações por terra – bem como de todo o projeto de integração – é viabilizar rotas de exportação aos mercados asiáticos, via portos chilenos. Em contrapartida, o governo de Concepción vai investir em melhorias na infraestrutura logística do outro lado da fronteira.

André diz que não sobe em palanque de Delcídio nem para apoiar Dilma

Aumentar texto Diminuir texto

Fernanda Kintschner e Juliene Katayama

Apoiar a reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT) é algo já definido pelo governador André Puccinelli (PMDB). Porém, o maior adversário do seu partido na disputa pelo Governo do Estado é o pré-candidato petista, senador Delcídio do Amaral, que fará palanque para Dilma. Portanto, subir no mesmo palco que Delcídio está fora de cogitação para o governador.

“Eu não vou subir no palanque do Delcídio. Eu vou fazer o palanquinho do André”(sic), declarou o governador em agenda pública nesta quinta-feira (8). Segundo o governador, ele tem muito a agradecer a presidenta, pelos recursos disponibilizados para Mato Grosso do Sul.

O senador Delcídio foi procurado pela reportagem para comentar as delcarações de André, porém até o fechamento da matéria não retornou as ligações.

Já o nome do PMDB para disputar o governo do Estado, Nelsinho Trad, declarou por vezes que discorda do apoia à Dilma e que André iria apoia-la sozinho, pois a aliança PMDB-PT nacionalmente não será reproduzida no Estado, sendo os partidos rivais há muitos anos.

Em anos anteriores Puccinelli fez campanha contra a presidente Dilma e ainda passou por saia justa no ano passado quando lançou obras e outros benefícios como se fossem adquiridos pelo Estado, mas que tinham recursos federais.

Dilma então veio a Mato Grosso do Sul no ano passado entregar ônibus escolares e contornou o impasse com o governador, que começou a apoia-la. A dificuldade entre alianças PT-PMDB também esteve presente nas eleições de 2010, em que o ex-presidente Lula chegou a dizer que não subiria em palanque nenhum. Ao final, Puccinelli apoiou o ex-ministro José Serra (PSDB), que perdeu para Dilma.

Puccinelli diz ter recebido de Dilma garantia da inclusão da BR-419 nas obras do PAC

Aumentar texto Diminuir texto

Waldemar Gonçalves e Juliene Katayama

Gerson Walber

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), disse na manhã desta quinta-feira (8) que recebeu da presidente da República, Dilma Rousseff (PT), o compromisso de incluir o projeto da BR-419 no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). A meta oficial é concluir a obra em dois anos.

A BR-419 já foi citada como principal peça no jogo de apoio político à reeleição de Dilma em Mato Grosso do Sul. A rodovia tem 214 quilômetros e liga Rio Negro a Aquidauana, abrindo uma nova rota viária dentro da planície pantaneira, em um projeto da ordem de R$ 390 milhões.

Em reunião em Brasília (DF) na quarta-feira (7), Puccinelli também encaminhou projetos como o da chamada Sul-Fronteira Integração, nova rota ferroviária ligando polos produtivos de Mato Grosso do Sul ao Paraná.

O governador afirmou, durante evento nesta manhã na Capital, ter conversado com a presidente sobre as liberações de verbas federais para a ferrovia. A contrapartida do Estado será de R$ 50 milhões.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Diversos

Homenagem a Debora Barros Quinzani

Foto: Hoje é o seu aniversário e você não está aqui para receber um abraço, mas sabemos que você está nos braços do Pai.. Queria poder te falar o quanto eu te amo, o quanto eu penso em você e como você faz falta.
Você causou uma impressão duradoura em muitas pessoas e não deixaremos de sentir sua falta. Você foi uma guerreira muito corajosa. Você impactou muitas vidas de uma maneira profunda. Quando você nos deixou, parte de mim se foi junto. Minha força e minha esperança desapareceram. Agora eu a levo comigo, você continua ocupando um lugar no meu coração que pertence somente a você e vai ser sempre assim. Não me lembro de suas últimas palavras, mas me lembro como me senti ao falar no telefone com você, sua voz estava tão fraca, e você me disse que doía para falar... A sensação de ver você dormir e saber que estava me ouvindo mas não podia responder...
Eu sei que fui fraca e não consegui falar tudo o que estava sentindo mas fiquei te olhando por um vidro e pensando no quanto eu te amava. 
Tenho tanta sorte de ter estado ao seu lado. Obrigada por tudo o que fez por mim e desculpa por não falar/demonstrar isso enquanto você estava aqui do meu lado! E eu continuo te amando bebezinha <3
Deborah Quinzani

Pela vida da Debora, pelos dias que passou conosco, por tudo que aprendemos com ela, pelo carinho, pela alegria, pela força e pela bondade. Somos gratos ao Senhor.

Pelas pessoas que estão conosco neste momento de dor, pelas orações, pela ajuda, pela força, pelas colaborações, pelo pensamento positivo, pelas lágrimas.

Que as grandes bênçãos do Senhor Deus sejam derramadas sobre vossas vidas. 

O nosso muito obrigado

Família Barros e Família Quinzani.

Foto: #GRATIDÃO


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1246 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Quarta, outubro 22
· JAIME BAMBIL
· RENOVAÇÃO
· CAFE DA MANHÃ
Terça, outubro 21
· PANORAMA POLITICO
· MACONHA
· AECIO EM CAMPO GRANDE
· GIRO
· CORREIO MULHER
· CRUELDADE
· MAIS NOTICIAS
· NOTICIAS DA TARDE
· AMAMBAI
· NOTICIAS
· CAFE DA MANHÃ
Segunda, outubro 20
· SONHO DE CONSUMO
· MAIOR ARANHA
· RONDA POLICIAL
· PESCARIA
· OBRIGADO INTERNAUTAS
· DANÇA
· PONTA PORÃ
· 45 NA FRENTE NO MS
· ELEIÇÕES 2014
Domingo, outubro 19
· AMAMBAI
· NOTICIAS DA NOITE
· AZAMBUJA
· CAFE DA MANHÃ
· POLICIA
Sábado, outubro 18
· ACIDENYE
· ENFOQUES DIVERSOS

 Calendario de Eventos
Outubro 2014
  1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB