Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/correiod/public_html/index.php:1) in /home/correiod/public_html/mainfile.php on line 168
=:Correio da Fronteira:=

 Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
11210214
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




DA NOITE
Diversos 08h02

Condutor perde controle de veículo, saí para fora da pista e carro fica destruído na MS-162
Condutor perde controle de veículo, saí para fora da pista e carro fica destruído na MS-162

O acidente ocorreu hoje (15) por volta das 13h15min, a cerca de 8km da cidade de Maracaju na MS-162, rodovia que liga Maracaju à cidade de Sidrolândia.

Segundo informações colhidas pela nossa equipe que esteve no local, o condutor do veículo Citroen C3 preto de placas NRF-7112 de Campo Grande – MS, seguia pela referida rodovia no sentido Maracaju/Sidrolândia quando perdeu o controle do seu veículo e saiu fora da pista, vindo a parar em meio a vegetação.

O veículo teve sua frente destruída, onde uma de suas rodas quebrou e se desprendeu do veículo.

Felizmente o condutor do veículo saiu ileso do acidente e aguardava no local a chegada do guincho para retirada do veículo.

O Corpo de Bombeiros e Polícia Militar se deslocaram até o local.

Perícia diz que ossada é de sumida em 2003 e crime fica sem punição Inquérito será concluído nos próximos dias em Campo Grande, diz polícia. Delegado diz que mãe da vítima quer "enterrar os restos mortais da jovem"

Laudo de exame de DNA em ossada deve sair em 30 dias, diz polícia de MS (Foto: Divulgação/ Polícia Civil MS)Laudo de exame de DNA em ossada deve sair em 30 dias, diz polícia de MS (Foto: Divulgação/ Polícia Civil MS)

A perícia criminal concluiu que a ossada, achada em fevereiro de 2015, no bairro Taveirópolis, emCampo Grande, é da jovem Marília Débora Caballero, de 21 anos. Ao G1 o delegado Messias Pires, responsável pelas investigações, disse que o inquérito será concluído nos próximos dias e que fica sem punições, por conta de uma morte e a prescrição.

“O exame de DNA foi feito com a mãe e um filho da vítima, concluindo que os restos mortais pertencem a jovem. E o principal suspeito do crime, que foi o companheiro dela, já é falecido. Já o caseiro da madeireira onde a vítima residia, poderia responder pela ocultação de cadáver, já que as evidências apontam que ele ajudou a enterrar o corpo. Mas, neste caso, o crime já prescreveu”, disse o delegado.

Além dos exames periciais, Messias afirma que ouviu inúmeras testemunhas e todas elas falaram sobre o relacionamento conturbado da jovem e o empresário, com 48 anos na época. “As pessoas ouvidas disseram inclusive que ele a presenteou com o silicone e também a ajudou a superar as drogas. Mas, com o passar do tempo, ela retornou ao vício e as brigas passaram a ser frequentes”, ressaltou.

Já no ano de 2003, mesma data do desaparecimento da jovem, o empresário teve um novo relacionamento. “Esta última mulher também prestou depoimento e inclusive falou de uma filha em comum com o suspeito. Atualmente ela está com 10 anos. A mulher ficou chocada com a história e disse até que se livrou de uma tragédia ao lado do empresário”, comentou.

Ocultação de cadáver
Durante as buscas, o delegado comentou que ficou comprovado que os ossos recolhidos pertenciam a um ser humano. “Ele alegou que enterrou apenas cachorros, porém somente ele tinha acesso ao local e a investigação acredita que ele ajudou a ocultar o cadáver. No entanto, o crime já prescreveu e fica sem nenhum indiciamento. O principal suspeito está morto”, explicou.

Sobre a família da vítima, Pires disse que a mãe quer enterrar os restos mortais da vítima. “Ela liga todo dia e diz que o que mais quer é dar um enterro digno para a filha. Vamos solicitar uma ordem judicial e verificar se o juiz autoriza”, comentou.

Entenda o caso
O material foi encontrado por volta das 13h (de MS), do dia 28 de fevereiro do ano anterior, na avenida Tiradentes. A polícia relatou que um empregado estava retirando areia da fossa quando achou a ossada a aproximadamente 2 metros de profundidade. Os ossos estavam divididos em três sacos de ração de cachorro que tinham, na data de fabricação, o ano de 2003. Isso, conforme o delegado, indica a antiguidade do soterramento.

“Pela estatura da bacia, pelo tamanho do fêmur, pelo crânio, era uma mulher que não devia ter mais de 1,75 metro. Parecia que o crânio tinha sinal de pancada”, detalhou na época o delegado Enilton Zalla, destacando que a morte pode ter sido violenta.

A Polícia Civil e a perícia recolheram o material e o levaram para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol). Zalla relatou que o silicone tinha número de série, fator que pode ajudar na identificação da vítima.

O caso será encaminhado para a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios (DEH). O delegado orienta que pessoas que tiverem parentes desaparecidos desde 2003 entrem em contato com a polícia pelo 190. De acordo com Zalla, o proprietário da empresa declarou que mudou-se para o local em 2009


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA HORA
Diversos

Cunha diz que recebeu ameaças de morte

  • Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Cunha diz ter recebido ameaças por celular e internet

 

Na véspera da sessão domingueira para votar o processo de impeachment da presidente Dilma, o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), recebeu ameaças de morte neste sábado por telefone e via internet e acionou a política legislativa para reforçar a segurança da Casa. Cunha também informou o governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, sobre as ameaças, para que a polícia garanta proteção à sua família, informa o blog Expresso da Época.
 

PT e governo defendem eleições gerais caso o Congresso aprove o impeachment de Dilma

  • Agência Câmara

    Damous: Temer não terá condições de governar por meio de um golpe


 

 O PT e o governo cogitam fazer uma grande campanha nacional em apoio a uma PEC que estabeleça eleições gerais no Brasil caso o Congresso aprove o impeachment da presidente Dilma. A ideia passou a ser defendida abertamente pelos estrategistas próximos a Dilma. "Se o impeachment de fato for decretado, passar pelo Senado, nós vamos defender eleições gerais, porque não reconhecemos no vice-presidente condições morais e jurídicas para vir a presidir o Brasil. O caminho para isso é apresentar uma PEC com amplo apoio popular, recolher milhões de assinaturas. Eu vou defender isso dentro do PT e acredito que o PT vai defender também. Nós vamos conviver com um golpe? Não. Assim como não convivemos com a ditadura" disse o deputado Wadih Damous (PT-RJ), ex-presidente da OAB-RJ, um dos principais articuladores da reação chamada de "contra-golpe". O ex-presidente Lula sugeriu a interlocutores que preferia ver o país nas mãos do PSDB, em uma derrota eleitoral do PT, do que entregue ao grupo do vice. "Se o impeachment for admitido aqui, acho muito difícil que o doutor Michel Temer tenha condições de governar, porque obviamente terá se tratado de um golpe. Ele da nossa parte não merecerá o tratamento de presidente, ele é um usurpador, um conspirador, um traidor", disse Damous. (Com Estadão de SP)

Frente de MS envia caravana à Brasília em apoio a Dilma e faz vigília na praça Ary Coelho

  • Imagem e foto Divulgação

    Convite para vigília e ônibus que saiu hoje da Capital rumo à Brasília

 

Além de uma caravana de ônibus que levou manifestantes de Mato Grosso do Sul para apoiar o governo Dilma em Brasília, manifestantes da Frente Brasil Popular de MS (que une PT, CUT, sindicatos, movimentos populares e siglas aliadas) vão se concentrar a partir das 19h de hoje na Praça Ary Coelho em Campo Grande para passar a madrugada em vigília no local até o horário da votação do processo de impeachment da presidente pela Câmara dos Deputados neste domingo. Na praça haverá shows, manifestações religiosas, exibições de teatro, capoeira e debate.

 

Contra Dilma, grupo vai montar telão na rua para ver sessão do impeachment na Capital

  • Fotos Alan Nantes/Campo Grande News Reprodução

    Manifestantes em adesivagem e cartaz anunciando telão na Afonso Pena


 

 

Integrantes do movimento Reaja Brasil fizeram adesivagem e protestos em favor do impeachment neste sábado na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, e preparam fazer uma carreata no centro da cidade neste domingo em comemoração, caso o afastamento da presidente Dilma Rousseff seja aprovado na Câmara dos Deputados. O grupo voltará a ocupar o canteiro central da avenida amanhã pela manhã onde será montado um telão para acompanhar ao vivo a votação do impeachment.

 

Para garantir voto no impeachment, Azambuja 'exclui' deputado de evento em Dourados

  • Chico Ribeiro/Governo MS

    Ao lado do prefeito Zauith, Azambuja abre Caravana da Saúde em Dourados


 

 

Ao discursar neste sábado na abertura da "Caravana da Saúde" que hoje faz atendimentos em Dourados, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que pediu ao deputado federal Geraldo Resende, do seu partido, para não comparecer ao evento e ficar em Brasília para não correr o risco de perder o voo de volta à capital federal. O motivo: garantir o voto do parlamentar em favor do impeachment da presidente Dilma. Antes, em entrevistas à imprensa local, Azambuja disse que os governadores tucanos vão apoiar o novo governo "para ajudar o País" e "virar a página da crise". "Eu não tenho nada contra a presidenta, mas acho que ela errou muito. E agora o Congresso tem a oportunidade de reparar esse erro e nós respirarmos um novo momento", declarou.
 

'Impeachment no Brasil é liderado por políticos corruptos', diz New York Times

  • Ilustração/Reprodução

    Matéria do NYT destaca hipocrisia na política brasileira


cipal

O The New York Times, principal jornal dos EUA, destaca em reportagem nesta sexta-feira que o processo de impeachment contra a presidente Dilma é liderado por políticos que enfrentam acusações como corrupção, fraude eleitoral e até abusos de direitos humanos. Frisando que a petista não é acusada de roubar dinheiro público, "uma raridade", o jornal fala em hipocrisia dos líderes brasileiros. Sob o título "Dilma Rousseff alvo no Brasil de legisladores que enfrentam seus próprios escândalos", a reportagem diz que a presidente "não enfrenta acusação de corrupção". "Em vez disso, ela é acusada de usar dinheiro dos gigantescos bancos públicos para cobrir lacunas no Orçamento, danificando a credibilidade econômica do Brasil". "A senhora Rousseff, então, é uma raridade entre as grandes figuras políticas: Ela não é acusada de roubar dinheiro para ela mesma", acrescenta.
 
O NYT cita vários parlamentares favoráveis à saída de Dilma que enfrentam acusações de corrupção, como "o poderoso presidente da Câmara", Eduardo Cunha, o vice-presidente Michel Temer e o presidente do Senado Renan Calheiros, todos do PMDB. A matéria também elenca parlamentares não envolvidos diretamente no processo, mas que apoiam a saída de Dilma como os deputados Éder Mauro (PSD-PA), investigado por tortura e extorsão; e Beto Mansur (PRB-SP), acusado de manter 46 empregados em fazendas de soja em condições análogas à de escravidão. O texto também cita "Paulo Maluf, um congressista brasileiro, está tão mal pelos próprios escândalos de corrupção que os seus próprios eleitores o descrevem com o slogan 'Rouba, mas faz'. Mas, como uma série de outros membros do Congresso do Brasil atingidos por outros escândalos, o senhor Maluf diz que ele estão tão farto de tanta corrupção no País que apoia a saída da presidente Dilma Rousseff".

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIA
Diversos

Agente da polícia nacional do Paraguai foi executado a tiros na Fronteira

Pistoleiros da mafia que atua na fronteira atacam a tiros, agente da Policia Nacional do Paraguai na cidade de Pedro Juan Caballero na fronteira.

O oficial inspetor, Fabio Brizuela, foi atacado a tiros de pistola ao sair de um campo de futebol na noite de sexta feira (15) por volta das 20:15hs, na rua Panchito Lopez a uns 100 metros da sede da Seção de Investigação de Delitos da Policia Nacional do estado de Amambay, situado no bairro São Geraldo, o mesmo foi auxiliado a uma clinica da cidade onde faleceu minutos após ao não resistir os ferimentos.

Segundo as primeiras informações o mesmo se encontrava no campo de futebol, onde estavam jogando vários agentes da policia, de onde ao sair a vitima e ao entrar em seu veiculo VW-Gol para ir a sua residência, foi atacado pelos pistoleiros que se encontravam a bordo de um veiculo tipo Ford Fiesta cor escuro, da qual teria decido os pistoleiros que realizaram vários disparos de arma de fogo contra o oficial da policia do Paraguai na cidade de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã.

Agentes da Policia Nacional realizam buscas na região de fronteira a fim de encontrar os pistoleiros que atacaram o agente da Policia Nacional.

Homem é preso com 90kg de maconha que seria distribuída em Goiás

Ele receberia R$ 15 mil pelo transporte do entorpecente

Homem de 46 anos foi preso, na manhã de sexta-feira ontem (15), transportando 90 kg de maconha em uma pick-up Fiat Strada com placas de Goiás. Apreensão do entorpecente aconteceu na BR-163, próximo a Dourados, 225 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor alegou ter pego o veículo carregado com as drogas na cidade de Ponta Porã e tinha como destino a cidade de Itumbiara (GO). Ele receberia R$ 15 mil pelo transporte. Ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia Civil.

2016 05h08

Acidente mata ciclista na MS 162 em Dourados Causas do acidente são investigadas pela polícia

A vítima ainda não foi identificada (Foto: Arquivo / Divulgação / Adilson Domingos )A vítima ainda não foi identificada (Foto: Arquivo / Divulgação / Adilson Domingos )


Um acidente registrado na noite desta sexta-feira (15), causou a morte de um ciclista em Dourados. Foi na MS 162 no km 15, perto do posto da base da PMRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) e também próximo ao distrito de Picadinha. A vítima ainda não foi identificada. 
Segundo informações apuradas no local, ainda não se sabe a causa do acidente, se foi atropelamento ou por outras circunstâncias.
A perícia esteve no local e as causas estão sendo apuradas.
 

Jaqueline Tauber e Ermeson GamarraJornal O Vigilante em Dourados


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

 16h14

Sede do Conselho Tutelar de Amambai tem sido apredrejada


Amambai (MS)- A sede do Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente de Amambai tem sido alvo de ataques na última semana. A porta de acesso e mais seis janelas foram apedrejadas nas noites de segunda, terça e quinta-feira, dias 11, 12 e 14..

Segundo o coordenador do Conselho Tutelar, Dirleu Zanetti, esses ataques são uma forma de represália contra os conselheiros, que muitas vezes são responsáveis por tirar a criança do convívio familiar em caso de situação de alta periculosidade.

"Sabemos que quem fez isso não foi para furtar e sim para assustar, devido ao nosso trabalho que visa a proteção da criança e do adolescente e muitas vezes vai de frente com a vontade daquele pai ou daquela mãe - que expõe o filho a situação de risco - ficarem com a criança", afirma Dirleu Zanetti.

Dirleu Zanetti, coordenador do Conselho Tutelar / Foto: Moreira ProduçõesDirleu Zanetti, coordenador do Conselho Tutelar / Foto: Moreira Produções

Segundo o coordenador, o conselho realiza diversos trabalhos visando a segurança da criança e do adolescente, bem como para fortalecer os vínculos familiares. Ele explica que o recolhimento para a Casa da Acolhida Fraterna, popular Lar do Menor, acontece em último caso, apenas quando a criança está exposta a um alto grau de periculosidade.

"O recolhimento é feito em último caso, quando constatamos que a criança se encontra em estado de periculosidade, nós procuramos familiares, não tendo ninguém ou se esse parente não tiver condições estruturais para cuidar da criança, nós levamos-a para o abrigo; e só depois que o Cras [Centro de Referência de Assistência Social], o Creas [Centro de Referência Especializado em Assistência Social e a Assistência Social estruturarem a família é que o Juiz devolve a criança para o meio familiar, isso leva em torno de dois e três meses. Uma vez dando entrada casa de acolhimento, somente o Juiz para tirar, mas há pais que não se conformam", explica o coordenador.

Outras ameaças

O coordenador conta que os conselheiros recebem diversas ameaças por telefone, cartas anônimas e outros meios de pais que não se conformam com a retirada dos filhos do convívio familiar.

Seis janelas da sede do Conselho Tutelar foram danificadas / Foto: Moreira ProduçõesSeis janelas da sede do Conselho Tutelar foram danificadas / Foto: Moreira Produções

Segundo o Dirleu, os conselheiros precisam de muita cautela ao sair de suas casas e procuram ir sempre acompanhados pela polícia quando se deslocam para determinadas regiões do município. "Depois de receber essas ameaças, nós sempre procuramos a polícia e sempre que necessitamos ir até determinadas regiões de Amambai nós solicitamos o acompanhamento da Polícia Militar e Civil, e no caso das aldeias, vamos acompanhados pela Casai [Casa de Apoio à Saúde do Índio]", afirma Dirleu.

De acordo com Dirleu, esse apedrejamento deixou todos os conselheiros apreensivos mesmo com a Polícia Civil investigando o caso e a Polícia Militar realizando rondas noturnas na sede do conselho. "Isso nos deixou muito preocupados, pelo fato dos conselheiros que realizam plantão a noite então pedimos para a Polícia Militar realizar rondas na nossa sede", finaliza o coordenador.an

Simted de Amambai investe em melhorias na sede

Foi construída área para estacionamento e adquirido novo aparelho de climatização para o salão de festa

Fonte: Assessoria do Simted

A área de estacionamento pode ser usada para a realização de pequenos eventos sociais / Foto: Assessoria

Amambai (MS) – Com o objetivo de melhorar as condições dos serviços que são prestados aos associados e a comunidade em geral, a direção do Sindicato dos Trabalhadores na Educação Básica de Amambai (Simted) está realizando obras e instalando novos equipamentos na sede.

O novo aparelho de climatização garante conforto durante os eventos realizados no salão de festas / Foto: AssessoriaO novo aparelho de climatização garante conforto durante os eventos realizados no salão de festas / Foto: Assessoria

A diretoria do sindicato adquiriu novo equipamento de climatização para o salão de festas e construiu área de estacionamento. Na área de estacionamento foi construída cobertura para abrigar sete veículos, instalada pia e implantada jardinagem.

O local pode ser usado pelos associados que frequentam a piscina e também para realizar eventos sociais menores, ou seja, com um número reduzido de pessoas . Para usar o local, o associado não tem custo financeiro, porém precisa deixar o local limpo.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MS
Diversos

Placar do impeachment é 5 a favor e 3 contra entre os parlamentares de MS

Deputados federais de MS vão quase que divididos para votação de domingo na Câmara 

 15/04/2016 - 13h23

Willams Araújo

Com agências locais 

Vander é contra o afastamento de Dilma (Foto: Divulgação )

O placar do impeachment entre os oito representantes de Mato Grosso do Sul na Câmara dos Deputados indica que cinco votarão pelo afastamento da presidente Dilma Rousseff e três devem se posicionar contra. Carlos Marun (PMDB), Elizeu Dionízio (PSDB), Geraldo Resende (PMDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Tereza Cristina (PSB) se dizem favoráveis ao impeachment. Zeca do PT, Vander Loubet (PT) e Dagoberto Nogueira (PDT) se posicionaram contra.


Os  parlamentares prepararam para votar no processo de impeachment da presidente, no domingo. A nossa bancada será a sétima a votar, conforme ordem definida na tarde de ontem, pelo presidente da Mesa Diretora da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).


A votação seguirá a ordem Norte-Sul, alternada por Estados. O primeiro Estado a votar será Roraima e Alagoas, o último. Dentro dos Estados, a ordem de votação dos deputados será alfabética.


O primeiro a votar na sessão do impeachment é Marun, seguido dos deputados: Dagoberto, Elizeu, Geraldo Resende (PSDB),  Zeca do PT, Mandetta, Tereza Cristina e Vander.


A análise do processo começou nesta sexta-feira com o discurso dos parlamentares e domingo (17) a votação do impeachment. Para passar, o processo precisa ter 342 votos favoráveis – ao todo, são 513 parlamentares na Câmara dos Deputados.


A ordem da votação importa porque o placar parcial no domingo pode representar uma pressão de última hora sobre os ainda indecisos. Para os governistas, Cunha quer criar uma “onda” favorável ao impeachment durante a votação. A decisão anunciada no início da tarde foi discutida com partidos de oposição.


Os cinco Estados da região Nordeste, onde Dilma tem mais apoio, por exemplo, seguem sendo os últimos. A Bahia, por exemplo, será o 25º Estado.


SEGURANÇA 


O trânsito na Esplanada dos Ministérios fica fechado desde a madrugada de hoje até domingo à noite nos dois sentidos após a rodoviária do Plano Piloto. O objetivo é garantir a segurança durante atos previstos para ocorrer no local durante a votação do processo de impeachment da presidente Dilma na Câmara dos Deputados.


A Polícia Militar desviou o trânsito para as pistas N2 e S2, paralelas ao Eixo Monumental. Motoristas que estacionaram em algum ministério ou em frente à Catedral tinham até as 9h para retirar o veículo. Quem estacionou em local irregular terá o automóvel guinchado. Motoristas que estacionaram em vaga regular só poderão pegar o carro no domingo à noite.


O governo do Distrito Federal determinou que a área em frente ao Congresso Nacional fique isolada e restrita apenas a policiais, bombeiros e militares da Força Nacional.


O governo do Distrito Federal decidiu reformular parte do esquema de segurança e liberar o uso de bonecos infláveis por parte dos manifestantes durante a votação do impeachment neste final de semana. Também foi acordado que os grupos que tiverem os interesses atendidos no processo poderão desfilar com trio elétrico pela Esplanada dos Ministérios, mas somente depois da dispersão dos movimentos opostos. O aumento no número de carros de som está em discussão.


A decisão foi tomada na tarde de terça-feira (12), depois de discussão entre representantes da Secretaria de Segurança Pública e membros de diversas entidades, como Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), MBL (Movimento Brasil Livre), MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), Resistência Popular, Vem Pra Rua e UNE (União Nacional dos Estudantes).


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CONCORDA ?
Diversos

COMO PERDER UMA ELEIÇÃO PARA PREFEITO

 

COMPOR COM UM VICE MUITO FRACO, SEM CARISMA , DESCONHECIDO E REJEIÇÃO COM MAIS DE 40 POR CENTO...

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CONEXÃO INTERNACIONAL
Diversos
CONEXÃO INTERNACIONAL
Diversos

Conexão Internacional é na FM 100.9 Nhu-Verá e Conquista 90.7

O Programa Conexão Internacional é apresentado pelo Jornalista que sabe das coisas, Jorge Pacheco, nas FMs Nhu-Verá 100.9 e Conquista 90.7, todos os Sábados a partir das 11Horas. Entrevista: , ,, , Gilmar Vicentim, Vereador Valter BritoDR BANDEIRA, SEGUNDO ROCHA,, PRESIDENTE DA CAMARA MUNICIPAL DE PONTA PORà PRÉ CANDIDATO A PREFEITO  PUKA Entre Outras...

CORREIODAFRONTEIRA.COM.BR 11 MILHÕES DE ACESSOS

MUITO OBRIGADO INTERNAUTAS, O NOSSO SITE CORREIODAFRONTEIRA.COM.BR. CHEGOU AOS 11 MILHÕES DE ACESSOS.VAMOS CONTINUAR JUNTOS E FIQUE SEMPRE BEM INFORMADO.

JORGE PACHECO


 


Clique aqui (Leia mais... | 9541 bytes adicionais | comentários? | Pontos: 0)

QUEM NUNCA COMPROU VOTO ??????????????
Diversos

PT reafirma inexistência de crime de responsabilidade; PHS pede impeachment

Vice-líderes do PT

Vice-líderes do PT, os deputados Carlos Zarattini (SP) e Maria do Rosário (RS) voltaram a afirmar, em Plenário, que a presidente Dilma Rousseff não cometeu nenhum crime de responsabilidade. “Essas acusações não têm substância, são vazias e não têm profundidade”, disse Zarattini. Segundo ele, o processo de impeachment é uma eleição indireta em que o vice-presidente da República, Michel Temer, busca se eleger.

Para Zarattini, a oposição tem perdido votos a favor do impeachment na reta final para a votação. “A correlação de forças está mudando. A cada dia, mais deputados estão mudando de opinião e combatendo o golpe.”

Maria do Rosário ressaltou que Dilma tem o “amálgama” de 54 milhões de votos, ao contrário de Temer. “Coração valente, ela, sim, pode unir o Brasil, nós podemos unir o País porque o amálgama que ela tem é o voto popular que Michel Temer não tem”, defendeu. Ela voltou a criticar o fato de o processo de impeachment ser comandado por Eduardo Cunha, presidente da Câmara. “Temos um processo presidido por alguém que é réu no STF. Comparem a biografia de Dilma com a de Eduardo Cunha”, sustentou.

Favorável ao impeachment

Por sua vez, o deputado Diego Garcia (PHS-PR) argumentou que a presidente Dilma sabia dos desvios de recursos da Petrobras e nada fez. “Há denúncias confirmadas pelo doleiro Alberto Youssef de que a presidente sabia, sim, de todas as propinas que estavam acontecendo”, afirmou Garcia, que é vice-líder do PHS.

Ele defendeu as ações da Operação Lava Jato e disse que o Brasil tem uma oportunidade única para virar uma página “escrita por mãos erradas, de tal maneira que vem envergonhando nossa nação e País”.

17:56

Ex-vereadora é condenada por compra de votos e terá que dormir em albergue

A Justiça Eleitoral condenou a ex-vereadora Thais Helena (PT) no processo em que foi acusada de trocar vale-combustível por voto na eleição de 2012. Os outros dois acusados, Paulo Pedra (PDT) e Vanderlei Pinheiro de Lima, o Delei Pinheiro, foram inocentados, em julgamento realizado nesta sexta-feira (15) no TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

Todos os processos eram referentes a denúncia de compra de voto. As decisões serão publicadas no Diário Oficial que circula na próxima segunda-feira (18)

Em sua decisão, o juiz David de Oliveira Gomes Filho condenou Thais Helena a um ano de reclusão, mas a pena foi aumentada em 1/6 pelo fato de ter cometido crime continuado, totalizando 1 ano e 2 meses. Mas, com base no artigo 44 do Código Penal, o magistrado converteu a pena privativa de liberdade por duas penas restritivas de direito: nos finais de semana ela terá que ficar durante cinco horas na Casa do Albergado ou outro local indicado pela Justiça, e também terá que doar à Central de Execução de Penas Alternativas 50 salários mínimos, o equivalente a R$ 44 mil.

Thais Helena já havia sido condenada em outro processo também por compra de votos e a decisão foi confirmada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), e agora ela aguarda resultado do recurso apresentado. Teve o mandato cassado no final do ano passado, assumindo no seu lugar o suplente Roberto Durães, que deixou o PT e foi para o PSC. Na decisão do TRE, ela poderá recorrer da sentença em liberdade. 

De acordo com o despacho, o magistrado entendeu que ficou comprovado que Thais Helena forneceu vale-combustível para que os eleitores participassem de carreatas. Nos depoimentos, os eleitores confirmaram isso e afirmaram que não existia a obrigatoriedade de eles votarem na candidata, o que, para o magistrado, evidencia que a intenção era conquistar a simpatia da população.

Já Paulo Pedra, que também teve o mandato cassado pelo TSE, foi absolvido neste processo. Ele recorreu da decisão do Tribunal Superior Eleitoral e até o mês passado era o secretário municipal de Governo. Delei Pinheiro também escapou da condenação no TRE.

No entendimento do juiz David de Oliveira Gomes Filho, em ambos os casos não ficou comprovado o uso de vale-combustível em troca de votos. As testemunhas ouvidas disseram que recebiam combustível para trabalhar na campanha de ambos.

O Campo Grande News tentou contato com a ex-vereadora Thais Helena, mas o celular estava desligado. Tentamos contato com o advogado dela, Valeriano Fontoura, mas ele não atendeu as ligações.

Deputados do PSB defendem afastamento da presidente da República

Bancada de 32 integrantes

Deputados do PSB, que possui uma bancada de 32 integrantes, ocuparam a tribuna do Plenário ao longo da última hora para defender o impedimento da presidente Dilma Rousseff pela prática de crimes de responsabilidade.

O deputado Tadeu Alencar (PE) argumentou que há motivos suficientes para justificar o afastamento da presidente da República. “Presentes os requisitos políticos e jurídicos, não há por que não se cumprir a Constituição”, disse.

Ao comentar as chamadas pedaladas fiscais, Alencar destacou que esse descontrole nas contas não pode ser visto como um defeito de menor importância. “Não é apenas um desajuste de caixa. Trata-se de rolagem bilionária, que escondeu da sociedade a situação caótica das contas públicas. E democracia pressupõe eleições limpas”, salientou o parlamentar, acusando Dilma Rousseff de ter iludido seus eleitores sobre a real situação fiscal do País durante as últimas eleições.

Na esfera política, Alencar acrescentou que a incapacidade de diálogo, de liderança e a falta de respeito da sociedade já são razões suficientes para que a presidente seja afastada.

Por sua vez, o deputado Fabio Garcia (MT) ressaltou que a Câmara dos Deputados será chamada à sua responsabilidade constitucional neste domingo. “A decisão não se limitará ao processo de impeachment, mas incidirá também sobre o fim de um projeto político de poder que levou o País à maior crise de sua história”, declarou.

Segundo ele, uma análise de todos os pontos da denúncia permite concluir que a presidente cometeu, sim, crimes de responsabilidade ao atentar contra a lei orçamentária e a Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar 101/00). “Com a edição de decretos sem atentar para a autorização do Congresso, Dilma desrespeitou a lei orçamentária, comprometendo a estabilidade fiscal do País”, argumentou Garcia.

Na opinião dele, não votar pela continuidade do processo de impeachment poderia abrir um precedente para que governantes possam no futuro descumprir a lei orçamentária.

Para o deputado Danilo Forte (CE), o Brasil precisa se harmonizar dentro de um projeto capaz de reverter tantos resultados maléficos causados pelo atual governo. “Esse governo precisa ser punido porque fez mal uso dos recursos públicos “, defendeu, ao comentar que a Caixa Econômica teria acionado a Justiça para obrigar o governo federal a pagar o que devia.

Já o deputado Flavinho (SP) criticou a tese de que o impeachment é um golpe. “Se dizem que é um golpe, vão ter que dizer que o Supremo Tribunal Federal (STF) é golpista. Porque estamos apenas cumprindo o rito definido pela corte”, afirmou ele, sustentando que o processo tem por base indícios de improbidade administrativa e o desrespeito à lei orçamentária.

Por fim, o deputado Heráclito Fortes (PI) salientou que o impeachment é um processo penoso, mas, na opinião dele, é o único mecanismo dentro do sistema democrático capaz de livrar o País do caos em que ele se encontra. “Se esse impeachment está avançando, nós devemos às ruas. Nós somos a ressonância do Brasil. Quem está pedindo são os brasileiros, do Oiapoque ao Chuí”, declarou Fortes.

O deputado ainda criticou o PT por tentar deslegitimar um eventual governo do vice-presidente, Michel Temer, afirmando que ele não possui voto. “Dizem que Michel Temer não tem voto. Então, para que a necessidade de aliança do PT com o PMDB? Por que repetiram a aliança em 2014?”, indagou Fortes, defendendo a honestidade de Temer. “É um homem honesto e não se envolveu no processo até para não se comprometer”, finalizou.

Deputados de MS confirmam verdadeiro clima de guerra em Brasília

Votação do pedido de impeachment de Dilma ocorre domingo

A bancada federal de Mato Grosso do Sul confirma o clima de guerra que se instalou em Brasília devido a proximidade da votação do pedido de impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff (PT), tanto dentro quando fora do Congresso. Oposição e base correm contra o tempo para angariar votos, enquanto manifestantes de ambos os lado se organizam para acompanhar a movimentação ao vivo.

Tereza Cristina (PSB), que está em seu primeiro mandato, relatou que o clima está muito tenso e espera que o pedido seja aprovado. “O governo está jogando com a arma dele e a posição com as nossas, mas estamos firmes para ganhar essa batalha”, disse. A deputada vai se pronunciar na tribuna neste sábado (16) em espaço aberto, porém com tempo cronometrado em 3 minutos.

“Nós fomos orientados a votar a favor, agora temos deputados que não vão votar, esperamos de 27 a 33 votos na nossa bancada (do PSB)”, contou. Elizeu Dionízio (PSDB) o clima é tenso e pesado como deveria estar e culpa a presidente por isso. “O governo Federal tem tentado se manter no cargo com propostas não republicanas. Infelizmente a Dilma não entendeu que impeachment é democrático e está instalando verdadeira guerra civil”.

Geraldo Resende, recém filiado ao PSDB, diz que embora a tensão esteja no ar, acredita que o impeachment vai ser aprovado com maioria esmagadora. “Temos um levantamento com mais de 370 votos e para passar são necessários 342”, disse. O deputado José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, se limitou a dizer que não há novidade e é preciso esperar o domingo. “Estou confiante”.

Da bancada federal o único que ainda não pronunciou voto foi o presidente regional do PDT, Dagoberto Nogueira. A reportagem tentou contato com ele, porém sem sucesso. No início da semana ele chegou a dizer que só votaria a favor da saída de Dilma se o mesmo processo ocorresse com o vice-presidente Michel Temer (PMDB).

 16:33

Golpe e corrupção: opiniões divididas no 2º impeachment em 24 anos

 

Bandeira do Brasil em destaque durante protesto, em março, contra a corrupção e o governo do PT; Brasil dividido (Foto: Fernando Antunes)

Após manifestações nas ruas, bate-boca nas redes sociais, debates acalorados em rodinhas de família, o Brasil se prepara para assistir no domingo (dia 17) a votação do segundo pedido de impeachment de um presidente nos últimos 24 anos.

No domingo, o funcionário público Vinícius Siqueira, 39 anos, pretende estar em cima de um caminhão de som, em Brasília. No mesmo dia 17, o professor universitário Tiago Resende Botelho, 32 anos, espera o resultado da votação para ver se consegue ter um feliz aniversário.

Vinícius é fundador do grupo Chega de Impostos em Campo Grande e espera a aprovação do pedido de afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT) para “coroação de um trabalho muito bonito”. Tiago é voz contra o impeachment para que a “democracia saia viva”. De lados opostos, ambos se encontram em reportagem que abre espaço para as opiniões.

Golpe - “Não vejo ilegalidade ao ponto de impeachment numa democracia tão nova. O processo que está em tramitação, que vai ser votado no domingo, não tem nada a ver com a Lava Jato, delação premiada, vazamento de escuta ilegal. Ela vai responder por seis decretos suplementares que ampliaram o orçamento e as pedaladas fiscais”, afirma Tiago Botelho, doutorando em Direito Público.

Para ele, não há crime. “Chamo a atenção para uma coisa. As pessoas estão utilizando a Lei de Responsabilidade Fiscal, quando a Constituição, no artigo 85, e a Lei do Impeachment falam de crime de responsabilidade quando atentar contra a Lei Orçamentária. Ademais, não existe crime de responsabilidade culposa, é preciso que tenha a vontade praticar, ou seja, dolo. O que não está presente no impedimento da presidenta. Não existe crime de responsabilidade a ponto de ter impeachment. O que está em curso é um golpe. Não pode deixar o Eduardo Cunha tirar um presidente quando ele bem entender”, afirma.

Segundo Tiago, a aceitação do processo de impeachment foi retaliação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), porque a bancada do PT votou contra ele para abertura de investigação no Conselho de Ética.

Corrupção – Para Vinícius Siqueira, o eventual afastamento de Dilma seria o começo de uma faxina contra a corrupção. “Não vamos limpar a casa com uma vassourada só. Mas o trabalho não termina. O grupo não é só contra o PT, mas de combate a corrupção. Não somos partidários, queremos o cumprimento da lei”, afirma.

Ele avalia que há motivos para que a presidente seja afastada. “Precisamos cumprir o que é determinado pela Constituição e pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Quando o governo está em déficit, ela precisa de autorização do Congresso. Fez decretos abrindo a suplementação de crédito. Foi um crime de responsabilidade”, diz Vinícius.

Segundo ele, Campo Grande colocou 12,5% da população na rua contra a presidente. “Vamos ajudar a derrubar essa mulher”, afirma.

Fim da coalizão – Para o cientista político Tito Machado, a votação de domingo reflete uma conjunção de fatores de irresponsabilidades. “Que vão desde o governo ao Congresso Nacional. É o fim de um modelo de presidencialismo de coalizão, ele está completamente esgotado”, afirma.

Em bom português, essa modalidade de administração favorece à política do toma lá da cá. De acordo com Tito, o fato de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não ter vindo da elite que compunha o quadro politico fez com que o apoio custasse mais caro.

“É um sujeito que vem destoar do quadro da política brasileira. O fato é emblemático porque encarece o apoio do Congresso ao Executivo. Enquanto para conseguir o segundo mandato,o Fernando Henrique precisou de x, para manutenção do governo de Lula foi 4,5 vezes x. Se não faz parte do meu quadro, meu apoio é mais caro”, salienta.

Apesar do esgotamento do modelo, o futuro não sinaliza mudanças significativas. “Necessita de uma vontade política muito grande de haver mudança profunda no modelo que aqui está. Não consigo visualizar no quadro político, em todos o níveis, vontade e capacidade política de mudar”, afirma o cientista político.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

safadão
Diversos

Para ficar perto do Safadão, vale até chegar seis horas antes de show

O evento teve polêmica por causa de meia-entrada

Fãs do cantor Wesley Safadão, que deverá subir por volta da meia-noite ao palco, começaram a chegar às 18 horas no Parque Laucídio Coelho, para o show durante da Expogrande (Exposição Agropecuária de Campo Grande) .

A estudante Suziane Brum, 24, que pagou meia-entrada, disse à reportagem que chegou ao Parque por volta das 18 horas. A também estudante Renata Souza, 22, também chegou mais cedo para garantir um lugar próximo ao palco. “É um show muito esperado eu sou fã do Wesley Safadão”, disse.

O evento teve polêmica que foi resolvida com um acordo garantindo a venda dos ingressos com desconto para estudantes e idosos. A meia-entrada foi permitida após reunião entre o Procon (Superintendência de Orientação e Defesa do Consumidor),  MPE (Ministério Público Estadual) e a Santo Show, empresa responsável pelos shows da feira.  

A empresa firmou um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com Ministério Público Estadual e o Procon/MS (Superintendência de Orientação e Defesa do Consumidor), nesta quinta-feira (14). Durante a reunião na Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, entre as partes, foi desconsiderada a possibilidade de cancelamento do evento, que causaria um prejuízo muito grande.

Sendo assim, a empresa se comprometeu a disponibilizar os ingressos a mais para cumprir a cota de 40% de ingressos com desconto que dispõe a lei federal nº 12.852. A meia entrada para área VIP custará R$55, enquanto a para pista será de R$20.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

EMFOQUES DIVERSOS

Votação do impeachment começará mal

  • Divulgação

    Deputado Abel Mesquita Jr. (DEM-RR), o Abel Galinha

 

Do Ricardo Noblat em blog no O Globo:
 
"Até ontem, quem estava escalado para abrir na Câmara a votação do processo de impeachment da presidente Dilma era o deputado Afonso Hamm (PP-RS). Hamm é um dos políticos investigados na Operação Lava-Jato. A votação começaria pelo Estado dele.
 
Como agora começará por Roraima, segundo decisão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, o primeiro voto será dado pelo deputado Abel Mesquita Jr. (DEM), também conhecido como Abel Galinha, nome de sua rede de postos de gasolina.
 
Quando era vereador, Galinha pagou para si mesmo R$ 80 mil pela compra de combustível destinado ao seu gabinete. 'E eu ia comprar de quem?', perguntou na época.
 
Candidato a prefeito de Boa Vista, Galinha votará a favor do impeachment, assim como o preterido Hamm."
 
 
 

Em apoio a Dilma, MST bloqueia BRs em MS

  • MST-MS Divulgação

    Bloqueio na BR-163 entre Mundo Novo e Eldorado hoje

 

As principais rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul amanheceram com bloqueios montados por integrantes do MST nesta sexta-feira: a BR-262 entre Terenos e Anastácio, a BR-163 entre Mundo Novo a Eldorado e a BR 267, próximo a Casa Verde, estrada que liga MS a SP. A ação, conforme a coordenação, faz parte de movimento nacional em defesa do governo Dilma chamada por eles de "contra o golpe, em defesa da democracia"; em solidariedade aos sem-terra do Paraná atacados pela PM, no dia 7 deste mês; contra a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) de paralisar a reforma agrária; e para lembrar os 20 anos Massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996. O superintendente regional do Incra, Humberto de Mello, deve ir nesta manhã ao bloqueio na BR-262 conversar com integrantes do movimento.
 

Deputados fazem 'bolão' do impeachment

  • Ailton Freitas/O Globo Reprodução

    Carlos Manato com o bolão dos deputados e Paulinho da Força


 

 

O deputado federal Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força Sindical, lançou um "bolão" do placar da votação do processo de impeachment da presidente Dilma na Câmara. Cada cota sai por 100 reais. A participação é aberta a todos, não só aos deputados, e Paulinho diz que vai procurar os petistas para ver se querem palpitar. "Estamos precisando tirar dinheiro deles", ironizou. A arrecadação está à cargo do deputado Carlos Manato (SD-ES), que avisou que avisa: para vencer o bolão é necessário acertar os dois placares: a favor e contra. Paulinho foi o primeiro a apostar: cravou 382 votos a favor e 118 contra o impeachment. Manato, segundo da lista, marcou 379 a favor e 117 contra. "Se ninguém acertar os dois placares doaremos o dinheiro a uma instituição de caridade", disse Manato. (Com O Globo)

Traficantes tentam atropelar policias na abordagem e dois acabam presos com 634 quilos de maconha na MS-289

.

Traficantes tentam atropelar policias na abordagem e dois acabam presos com 634 quilos de maconha na MS-289

J. B., de 25 anos e T. L. C., de 18 anos foram presos na madrugada desta quinta-feira (14) por policiais do DOF (Departamento de Operações da Fronteira) depois de tentar furar um bloqueio policial, na MS-289 em Amambai, cidade localizada a 359 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações da ocorrência, por volta da uma hora da madrugada desta quinta-feira (14), durante um bloqueio do DOF uma caminhonete com três pessoas tentou furar o bloqueio policial jogando o veículo contra os policiais que estavam na estrada.

Na tentativa de evitar a fuga foram feitos disparos contra os pneus do veículo, que teve o pneu traseiro atingido. O motorista perdeu o controle do carro vindo a parar o veículo em uma mata. Os três autores tentaram fugir, mas dois foram capturados.

No veículo foram encontrados 634 quilos de maconha, e aos policiais os autores afirmaram que foram contratados para levar a droga até a cidade de Naviraí e que pelo transporte do entorpecente receberiam cada um R$ 1 mil.

Jovem fura bloqueio na rodovia e é morto em troca de tiros com policiais

Ele conduzia um Fiat Strada na BR-267

Fernando Augusto Gonçalves de Moraes, de 22 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (15) depois de furar um bloqueio e atirar contra policiais, na BR-267, em Maracaju distante 160 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com informações policiais, por volta das 3 horas da madrugada desta sexta-feira (15) foi dada ordem de parada para o jovem que conduzia um veículo Fiat Strada, na BR-267 que não obedeceu à ordem dos policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) sendo perseguido pelas viaturas.

Ao chegar ao acesso para a rodovia MS-462, Fernando desceu do carro e começou a efetuar disparos contra os policiais que revidaram acertando o jovem, que foi socorrido e levado para o hospital de Maracaju, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS
Diversos

Kombi cai em valeta após condutor ser fechado por carreta na BR-267 em Bataguassu

O condutor informou a reportagem que foi fechado por uma carreta

Na noite desta quinta-feira (14), um veículo VW Kombi, conduzido por um homem de 41 anos, acabou caindo em uma valeta do canteiro central da rodovia BR-267, em Bataguassu (MS). O condutor do veículo e seu passageiro não se feriram.

Segundo informações apuradas no local, pela reportagem RPN, por volta das 22h, um homem de 41 anos, que conduzia um veículo VW Kombi e seguia com destino ao Assentamento Montana, localizado na zona rural de Bataguassu, ao tentar realizar uma ultrapassagem, acabou caído com o veículo em uma valeta do canteiro central da BR-267, a cerca de 5 quilômetros do centro de Bataguassu.

FOTOS: SÉRGIO MELUCCI / RÁDIO PORTAL NEWS

Fosfoetanolamina: pacientes vão arcar com custos para compra, diz ministério

12115579_1001947023198300_4627596111122053065_n

O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira (14) que participa da elaboração de uma regulamentação para o uso, a pesquisa e o fornecimento da fosfoetanolamina sintética, conhecida popularmente como pílula do câncer. Por meio de nota, esclareceu que, com a autorização de uso, os pacientes interessados terão de arcar com todos os custos, já que a substância não foi incorporada ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 

A lei que autoriza o uso da fosfoetanolamina sintética por pacientes diagnosticados com câncer foi sancionada hoje  pela presidenta Dilma Rousseff. A ingestão da substância poderá ser feita por livre escolha do paciente, que precisa ter um laudo médico que comprove o diagnóstico e assinar um termo de consentimento e responsabilidade. O texto ressalta que a opção pelo uso voluntário da fosfoetanolamina sintética não exclui o direito de acesso a outras modalidades de tratamento contra o câncer.

 

Estudos

 

“Trata-se de possibilidade de fornecimento da substância em fase de estudos para pacientes em estado avançado da doença. Por esse motivo, será necessária a assinatura de termo de responsabilidade resguardando a autonomia humana, o direito de expressar sua vontade, o direito que cada indivíduo tem de fazer suas próprias escolhas e assumir a responsabilidade por elas’”, destacou o ministério na nota.

 

Acrescenta que o termo de responsabilidade deverá especificar que o uso da fosfoetanolamina sintética não substitui as terapias convencionais e que o paciente se compromete a realizar exames periódicos para acompanhar a evolução do tratamento e assume os riscos de eventuais efeitos colaterais dele advindos.

 

Pesquisa

 

De acordo com o comunicado, um comitê gestor terá como tarefa assegurar e acompanhar a realização de pesquisa científica em terapias inovadoras, garantindo a segurança e eficácia dos tratamentos contra o câncer, além de estimular a pesquisa científica, os testes pré-clínicos e clínicos necessários para o registro sanitário da fosfoetanolamina sintética junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 

“O plano poderá fomentar ainda o desenvolvimento da monoetanolamina e outras substâncias potencialmente ativas no tratamento da neoplasia maligna. Será reforçada à Anvisa a priorização da análise de pedidos de pesquisa clínica e registro da fosfoetanolamina sintética”, destacou o ministério. Informou ainda que os estabelecimentos fornecedores de fosfoetanolamina sintética deverão manter um balanço específico com a movimentação da substância.

 

Para a incorporação ao SUS, segundo a nota, seria necessária avaliação por parte da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), responsável por análises baseadas em evidências e que levariam em consideração aspectos como eficácia, acurácia, efetividade e a segurança da tecnologia.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIAL
Diversos
7h45

Brasileiro é morto com armas artesanais durante briga em penitenciária no Paraguai

saias Poli, 59, foi morto durante briga dentro da prisão situada na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com o Brasil através de Ponta Porã. O rapaz estava preso por um caso de homicídio na região de Salto del Guaira, que também faz fronteira com o país.

Após a prisão, a vítima foi transferida para a Penitenciaria Regional de Pedro Juan Caballero. A briga ocorreu com outros presos do local, no dia 6 deste mês.

Em meio a discussão, Isaías foi ferido com golpes de facões facas e estoques artesanais. Ele foi encaminhado para o Hospital Regional da cidade, mas não resistiu aso ferimentos e faleceu nesta quinta-feira (14).

Até o momento, a direção da penitenciária não conseguiu identificar os autores do ataque. Além dos golpes, o homem teve ferimentos na região da cabeça.

20h45

Três morrem em acidente na Perimetral em Dourados Acidente ocorreu na Perimetral Norte, entre a PED e a Coamo, em Dourados

Foram identificados os três mortos do acidente registrado na noite desta quinta-feira (14) no trecho entre a Coamo e a PED (Penitenciária Estadual de Dourados), na Perimetral Norte. Dois homens e uma mulher acabaram perdendo suas vidas após o veículo em que estavam colidir frontalmente contra uma carreta.

Maria de Lourdes Alves de Souza, 45, Manoel Firmino dos Santos, 75 e Humberto Mendes Pena, moradores em Dourados, foram a óbito no local. Lucas Felipe Benites acabou encaminhado pelo Corpo de Bombeiros em estado grave para uma unidade hospitalar do município.

De acordo com as informações apuradas na região onde ocorreu o acidente, os quatro estavam num Fiat Pálio Weekend e escoltavam uma motocicleta de um amigo que havia apresentado problemas na rodovia.

Enquanto seguiam sentido a PED, o motociclista teria ultrapassado um caminhão e foi seguido pelo Pálio, que acabou atingindo frontalmente o caminhão Volkswagen. Manoel seria o condutor do veículo que com o impacto foi arremessado para fora da pista.

A polícia esteve no local e apura os fatos.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA MAHÃ
Diversos 09h28

Jovens levam amigo feito de papelão em viagem porque noiva do rapaz não permitiu que ele embarcasse junto

 

Um grupo de rapazes resolveu comemorar o aniversário de um deles viajando, mas precisou levar a imagem fabricada em papelão do aniversariante – e em tamanha real – porque a namorada do jovem não permitiu que ele viajasse.

Kevin aparentemente não pôde viajar com seus amigos porque sua noiva não permitiu que ele a deixasse sozinha.

Mas o que de fato aconteceu foi que os amigos não lhe convidaram para a referida viagem, e o tempo todo planejaram levar apenas o molde de papelão do rapaz.

As imagens acabaram se tornando sensação na internet, já que ganharam um teor muito divertido.

Kevin, mais tarde, se pronunciou a respeito da imagem. Ele disse que nunca soube que eles tinham planejado ir ao Canadá, e disse que mesmo que quisesse, não poderia, já que não tem visto para o país.

Ele ainda disse que não gostou do fato de terem envergonhado sua noiva, que nada teve a ver com o incidente, e relatou que possui uma família e que realmente não poderia ter deixado todos para curtir a viagem com os amigos.

10h11

Xampu seco caseiro com 3 ingredientes baratinhos que você tem em casa

O xampu seco se tornou um grande aliado da beleza, especialmente nos dias em que não dá tempo de lavar o cabelo ou quando a raiz está oleosa demais. Seu uso não limpa os fios, mas tira instantaneamente a oleosidade e deixa um aspecto de recém-lavado, ideal para compromissos de última hora.

Para conseguir esse efeito não é preciso gastar muito. Com alguns itens baratinhos e que todo mundo tem é possível fabricar o seu próprio xampu seco caseiro. 

Como fazer xampu seco
Ingredientes

1 colher de sobremesa de amido de milho
1 colher de sobremesa de talco de bebê
2 colheres de arroz cru
1 saleiro de plástico para armazenar

Modo de fazer

Misture bem o amido e o talco. Em seguida, misture o arroz, que serve para que o produto não grude no recipiente depois de ser armazenado.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA HORA
Diversos

Amambai: Última rodada da Copa Ouro foi marcada por goleada da equipe Sport Boca

Sport Boca goleou por 4 x 0 a equipe do Desportivo Pavão

Aconteceu nessa quinta-feira (14) mais uma rodada da Copa Ouro, tradicional torneio de futebol suíço de Amambai e região.

Seis equipes entraram em campo e mostraram que o futebol suíço amador também pode ser repleto de emoção.

Confira os resultados:

Exata Materiais para Construção 2 X 0 Vale Veículos
San Jorge 0 X 1 Tereré
Desportivo Pavão 0 X 4 Sport Boca

O certame segue nesta sexta-feira (15) com os seguintes jogos:

19h - Vila Doriane X Auto Elétrica Conesul
20h - Mega Point X Clube dos 40
21h - Prefeitura de Tacuru X Amambai Futebol Clube

PRB anuncia apoio ao pré-candidato Dr. Bandeira em Amambai

Partido se reuniu na noite dessa quinta-feira e decidiu por unanimidade apoiar o pré-candidato tucano nas eleições 2016.

Vilson Nascimento

O PRB (Partido Republicano Brasileiro) se reuniu na noite dessa quinta-feira, dia 14 de abril, para definir o rumo à tomar nas eleições de 2016, em Amambai.

Segundo o presidente da sigla no município, o empresário do ramo de publicidade Tiago Serejo Mariano, por unanimidade os membros do diretório e filiados ao PRB local decidiram abraçar o projeto e integrar o grupo político encabeçado pelo pré-candidato do PSDB no município, o médico ortopedista e atual vice-prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz Bandeira, o “Dr. Bandeira”.

De acordo com Tiago Mariano, o Partido Republicano Brasileiro chega ao grupo politico trazendo oito pré-candidatos a vereador, entre eles um representante da comunidade indígena e três mulheres.

MST bloqueia principais rodovias de MS em protesto contra impeachment

PRF ainda faz levantamento da situação

BR-163, em Mundo Novo BR-163, em Mundo Novo
O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais de Mato Grosso do Sul) bloqueou, na manhã desta sexta-feira (15), as principais rodovias do Estado, como parte de uma ação nacional contra a decisão do TCU (Tribunal de Contas da União) que suspendeu a reforma agrária no país e contra o impeachment da presidente Dilma Roussef. Aproximadamente mil famílias participam da atividade, garantem os organizadores.

As rodovias bloqueadas, segundo o movimento, são a BR-262, entre Terenos e Anastácio, a BR-163, entre Mundo Novo a Eldorado e a BR- 267, próximo a Casa Verde, estrada que liga MS a SP. Fazem parte da ação os acampamentos Dorcelina Folador, Antônio Irmão, José Marcio Zoia, Florestan Fernandes, Teixeirinha, Zumbi dos Palmares, Graciano e 12 de Abril.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) ainda faz levantamento dos trechos de rodovias bloqueados. Já está confirmado bloqueio na BR-262, em Terenos e aglomeração na BR-163 em Anhanduí. Em Nova Andradina, a rodovia também está ocupada por manifestantes. A BR-163 está congestionada no quilômetro 29, próximo a Mundo Novo. 

Em nota, o movimento informou que ação acontece em solidariedade aos Sem Terra do Paraná, contra a decisão do TCU (Tribunal de Contas da União) de paralisar a reforma agrária, contra o golpe, em defesa da democracia e para lembrar o Massacre de Eldorado dos Carajás.

“O que não podemos permitir é que se paralise a reforma agrária no país, enquanto o processo se desenrola com a morosidade costumeira. São milhares de famílias passando fome em seus barracos de lona, às margens da rodovia”, diz trecho do documento. “Por fim, ressaltamos que temos lado na disputa política que vem sendo travada nacionalmente no Brasil. Somos contrários ao impeachment da presidenta da república, Dilma Rousseff, porque estamos do lado da democracia”.

Os manifestantes informaram que aguardam a presença do superintendente do Incra MS, Humberto de Mello, na BR-262, para debater questões ligadas a Reforma Agrária. 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

notícias da manhã
Diversos

Permanência de Dilma na presidência começa a ser discutida na Câmara

Permanência da presidente Dilma Rousseff à frente do País começa a ser debatida nesta sexta-feira (15) pelo plenário da Câmara dos Deputados. A primeira sessão de análise da admissibilidade do processo de impeachment começou com a exposição, por 25 minutos, do jurista Miguel Reale Junior, um dos autores da denúncia contra a presidenta. Em seguida, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, faz a defesa de Dilma, também por 25 minutos. De acordo com o regimento da Casa, os tempo são improrrogáveis.

Paralelamente às apresentações da acusação e da defesa é aberto o prazo para que os deputados interessados em discursar sobre o processo se inscrevam na Mesa Diretora. As inscrições serão encerradas às 11h. Os inscritos poderão se manifestar da tribuna da Câmara, por três minutos, no sábado (16), em sessão marcada para ter início às 11h, conforme cronograma definido pelo presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e os líderes partidários.

Durante o todo o processo de discussão e votação, serão realizadas sessões de quatro horas, prorrogáveis por mais uma hora, quantas forem necessárias até a conclusão da votação, prevista para domingo (17).

Terminada a fase de apresentação da acusação e da defesa, os 25 partidos com representação na Casa terão direito a uma hora para discutir o processo, independentemente do tamanho das bancadas. O tempo poderá ser dividido entre até cinco deputados da legenda. Os líderes da maioria (governo) e da minoria (oposição) também poderão falar por igual período.

Os primeiros deputados a apresentar seus argumentos serão do PMDB, maior bancada da Casa. Isso se a bancada indicar os nomes dos oradores até o início dos debates. Caso não indique, a discussão prosseguirá com a chamada dos representantes da segunda maior bancada, no caso o PT, e assim sucessivamente. Os partidos que não indicarem os nomes até o início dos seus horários de discussão, poderão fazê-lo ao longo dos debates.

Pai suspeito de estuprar filha
de 9 anos é encontrado morto em cela

Preso na quarta-feira (13) suspeito de abusar sexualmente da filha de 9 anos, homem de 42 anos foi encontrado morto na cela onde estava detido, em Corumbá, distante 444 quilômetros da Capital. A Polícia Civil acredita que o homem tenha se suicidado na tarde de ontem (14).

Segundo apurou o Diário Corumbaense, o homem estava em uma cela na 1ª delegacia de polícia de Corumbá e teria tirado a própria vida ao se enforcar com um casado. Ele teria amarrado a roupa no pescoço e em um registro de água.

Os policiais só descobriram o corpo quando foram retirar o preso da cela para prestar depoimento, na tarde de ontem. A cela passou por perícia e o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

O CASO

A Polícia Militar foi acionada às 18h de quarta-feira, pela irmã de 18 anos, depois de comprovar o delito do pai. Conforme o Diário Corumbaense, quando os policiais chegaram ao local, a jovem de 18 anos relatou à guarnição que também sofreu abusos do pai em outra época.

A jovem contou aos policiais que desconfiou das atitudes do homem e do comportamento das irmãs, fingiu que estava dormindo e, minutos depois, escutou barulho estranho e a voz do pai em tom baixo.

Foi quando conseguiu acender as luzes e flagrar o pai sobre a criança, que estava com o short abaixado. Flagrado, o autor jogou um cobertor em cima da vítima, correu até a cozinha e pegou uma faca para ameaçar todos que estavam na casa. Nesse momento a jovem acionou a polícia.

Em buscas pela casa a polícia verificou a presença de seis crianças, que foram retiradas do local. O homem foi encontrado em outro cômodo, desacordado por causa do excessivo de consumo de álcool. Na cintura do autor foram localizadas ainda uma faca de serra e uma broca de furadeira, utilizadas nas ameaças.

A criança de 9 anos afirmou que o pai vem abusando sexualmente dela há meses, mas não contou aos familiares por medo de ninguém acreditar. O autor já tinha passagens pelos crimes de estupro de vulnerável e ameaça.

Mulher fornecia casa para ex-marido guardar carregamento de maconha

Parte de carga de maconha apreendida ontem (14), por policiais federais, foi encontrada na casa da ex-companheira de um dos traficantes, que era fornecida para depósito. A apreensão ocorreu na cidade de Ponta Porã – fronteira com o Paraguai.

De acordo com informações da instituição de segurança, após denúncia, policiais foram até uma residência, no Jardim das Flores, onde encontraram dois homens, de 26 e 39 anos, e no carro Peugeot 307, que estava na garagem, havia 108 quilos de maconha.

Um dos traficantes confessou que havia mais droga armazenada na casa da ex-companheira e, no imóvel dela, no Parque dos Ypês II, foram apreendidos outros 156 quilos. Ao todo, policiais apreenderam 264 quilos. A dupla foi presa em flagrante por tráfico de drogas.

Entre sábado (9) e ontem, policiais federais interceptaram na região de Ponta Porã mais de uma tonelada, segundo a instituição.

Depois de invadir rodovia e
fazer carro capotar, motorista foge

Colisão entre dois carros terminou com um deles capotado e o motorista que causou o acidente fugido. O acidente aconteceu por volta das 10 horas desta sexta-feira (15), na BR-262, na saída de Campo Grande para Três Lagoas.

Testemunhas afirmam que o motorista de um Fiesta saiu do pátio de posto de combustíveis e invadiu a rodovia. O carro acabou colidindo com um Palio Weekend que seguia no sentido Campo Grande-Três Lagoas.

Com a força do impacto, o Fiesta ficou parcialmente destruído e ao Palio capotou várias vezes por cerca de 50 metros. O carro só parou depois de colidir em um ponto de ônibus.

O condutor do Palio, Valdenir Silveira Miranda, de 28 anos, teve ferimentos leves e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros até a Santa Casa da Capital.

O motorista do Fiesta fugiu e até agora não foi encontrado. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazem buscas pelo motorista. A pista está parcialmente interditada.

Revoltada com internação de parente, mulher faz quebra-quebra em hospital

Mulher, de 31 anos, promoveu quebra-quebra no Hospital Municipal de Itaporã, por volta da 1h30min desta sexta-feira (15). Segundo declaração de testemunha, ela estava embriagada e revoltada com a internação de um parente.

Conforme informações do Boletim de Ocorrência, o vigia da unidade de saúde acionou policiais militares depois de a mulher ter chegado transtornada, ofendido funcionários e quebrado o vidro de uma porta com murro. A testemunha relatou que a mulher estava agressiva por causa da internação de um parente, mas não descreveu se houve desentendimento entre ela e funcionários.

A mulher se recusou a acompanhar os policiais até a delegacia, inclusive, arranhou um deles no rosto. Por isso, foi necessário uso de força física para contê-la e ela foi encaminhada à delegacia. Deve responder pelo crime de dano ao patrimônio público, lesão corporal e resistência.

Carga de R$ 1,3 milhão de cocaína teria saído da Capital com destino a SP

Traficante que teria saído da capital sul-mato-grossense foi preso com carga de 72 quilos de cocaína, avaliada em cerca de R$ 1,3 milhão, na cidade de Marília, em São Paulo.

Conforme informações divulgadas ontem (14), a prisão ocorreu durante operação em conjunto entre Polícia Federal, Rodoviária Federal e Rodoviária Estadual da cidade paulista.

O traficante ocupava um carro, com placas de Campo Grande. Por isso, a suspeita de que ele tenha saído de MS com destino que seria o município de Bauru.

O preso se recusou a fornecer mais informações sobre o tráfico e disse somente onde o entorpecente seria deixado. A carga de cocaína esta em compartimentos falsos no veículo. 

Sexta-feira começa e deve terminar 
chuvosa em Campo Grande

Sexta-feira (15) começou chuvosa e há possibilidade de chuva para todo o dia, em Campo Grande, conforme a estação meteorológica Climatempo.

Ainda pela manhã o sol deve aparecer acompanhado de aumento de nuvens e estão previstas pancadas de chuva à tarde e à noite. Na madrugada termômetros marcaram temperatura mínima de 21ºC e máxima deve ser de 33ºC.

No interior do Estado, em Dourados, Corumbá e Três Lagoas, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) prevê céu com muitas nuvens com curtos períodos de sol com pequena chance (inferior a 30%) de chuva à tarde. Em Três Lagoas, o sol predomina na maior parte do dia. Calor deve ser de 36ºC.

Rapaz erra a mira e acerta tijolo que 
era para rival em motociclista

Rapaz jogou tijolo em rival que passava por via pública de bicicleta, mas errou a mira e acertou uma motociclista, de 26 anos. O episódio aconteceu no fim da tarde de ontem (14), na Rua Otacílio Severo dos Santos, no Bairro Santo André, em Coxim.

De acordo com informações do site Edição de Notícias, a vítima denunciou o caso na polícia e relatou que conduzia a moto pela rua quando foi atingida pelo tijolo. A motociclista sofreu lesões no braço e ombro esquerdo e boca.

O homem que seria o alvo foi encontrado, depois de uma criança que assistiu a cena indicar quem era. Ele esclareceu que passava de bicicleta perto da motociclista  quando o tijolo foi arremessado e que era para ele ter sido atingido, tendo em vista que tem  rixa com o autor da agressão. O suspeito não foi encontrado. 

Três pessoas morrem em colisão frontal entre carro e caminhão em rodovia de MS

Três pessoas morreram em acidente ocorrido na noite desta quinta-feira (14), na Perimetral Norte, em Dourados (MS). Maria de Lourdes Alves de Souza, 45, Manoel Firmino dos Santos, 75 e Humberto Mendes Pena estavam em veículo que colidiu de frente com uma carreta. Luis Felipe Benites também ocupava o carro, mas foi socorrido com vida e encaminhado para hospital no município. As informações são do Dourados News.

As vítimas estavam em um Pálio Weekend e faziam escolta a uma motocicleta de um amigo que havia apresentado problema na rodovia. O motociclista teria realizado ultrapassagem. Ao fazer a mesma manobra, o Pálio foi atingido de frente por caminhão que seguia na pista contrária.

Manoel seria o condutor do veículo que com o impacto foi arremessado para fora da pista.

A polícia esteve no local e apura os fatos.

Petistas perdem a esperança 
na salvação do mandato de Dilma

Cabisbaixos, os deputados estaduais do PT de Mato Grosso do Sul circularam pelos corredores da Assembleia Legislativa ontem (14), já num prenuncio do que deve acontecer neste domingo (17) em Brasília (DF), quando será votado pelo plenário da Câmara dos Deputados o pedido de impeachment da presidente Dilma Roussef.

“Dificilmente a gente reverte o golpe”, ponderou Cabo Almi. Para o deputado o momento é de reflexão para o partido. “Temo que aprender muito com os últimos acontecimentos. O PT tem que pensar o que tem que fazer para voltar a ter ética, diretrizes e a credibilidade da população”, concluiu. 

Comerciante é multado por extrair cascalho ilegalmente

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental (PMA) autuou nesta quinta-feira (14), um proprietário rural que possuía um comercio do município de Bonito, localizada a 300 quilômetros de Campo Grande, por extração de cascalho, sem autorização ambiental. O infrator foi autuado e multado administrativamente em R$ 3 mil.

De acordo com a PMA, as atividades do comerciante funcionava em uma propriedade rural que lhe pertencia, localizada a 7 quilômetros do município. No local, os policiais questionaram o comerciante, que confirmou que possuía um requerimento de licença prévia, porém, já operava a atividade ilegalmente.

Uma pá-carregadeira e um caminhão caçamba foram apreendidos. As atividades de extração de cascalho foram paralisadas pelos policiais até a regularização junto ao órgão ambiental for confirmada.

O comerciante,morador do municipio de Bonito, foi autuado administrativamente e multado em R$ 3 mil. Ele também responderá por crime ambiental de funcionar uma atividade protecionalmente proibida sem autorização ambiental. A pena é de três a seis meses de detenção.

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


DESVIO
Diversos

Ex-prefeito, servidores e empresários são indiciados por desvio de R$ 1 milhão

Ex-prefeito, servidores e empresários são indiciados por desvio de R$ 1 milhão

Fraude em obras públicas e crimes eleitorais resultaram no indiciamento, na quarta-feira (14), do ex-prefeito José Dodô da Rocha (PTB) e outras 21 pessoas em Selvíria, a 422 quilômetros de Campo Grande. Os acusados, conforme a Polícia Federal de Três Lagoas, teriam causado prejuízo de R$ 1 milhão.

Na investigação, realizada em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), se constatou que obras nos assentamentos Alecrim e São Joaquim tiveram direcionamento na licitação e execução inadequada na recuperação de áreas degradadas, construção de casas e de rede para abastecimento de água.

Os crimes eleitorais, conforme o delegado Nivaldo Lopes da Silva, incluíam assédio para transferência de título eleitoral em troca de lote nos assentamentos. “Um ex-vereador, com ajuda de um assentado, utilizava o slogan ‘seu título vale a escritura de um sítio’. Era a barganha por votos para ele e o ex-prefeito”, pontuou.

Servidores do município, da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri-MS) também integram a lista de indiciados, assim como seis empresários de Campo Grande e um de Aparecida do Taboado.

Os crimes, que incluem estelionato, teriam ocorrido entre 2008 e 2012. Se condenados, os indiciados podem ficar até seis anos na prisão.



Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

MEGA SENA
Diversos

Mega-Sena, concurso 1.808: ninguém acerta e prêmio vai a R$ 60 milhões

Veja as dezenas sorteadas: 02 - 14 - 20 - 25 - 41 - 45.
Quina teve 141 apostas ganhadoras e cada uma levou R$ 31.327,32.

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.808 da Mega-Sena, cujo sorteio foi realizado nesta quarta-feira (13) no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo (SP).

Veja as dezenas sorteadas: 02 - 14 - 20 - 25 - 41 - 45.


MEGA-SENA
CONCURSO 1808
021420
254145

A quina teve 141 apostas ganhadoras e cada uma levou R$ 31.327,32. A quadra teve 9.208 apostas ganhadoras, e cada uma levou R$ 685,29.

Com o resultado, o prêmio acumulou para R$ 60 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal. O próximo sorteio será realizado no sábado (16).

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada.

Para a aposta simples, com seis dezenas (e preço de R$ 3,50), a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Para uma aposta com o limite máximo de 15 dezenas (e preço de R$ 17.517,50), a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003.


 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIM DE TARDE
Diversos

'Se ganhar, vou propor um pacto; se eu perder, sou carta fora do baralho', diz Dilma

  • Dida Sampaio/Estadão Reprodução

    Dilma em entrevista à imprensa em seu gabinete no Planalto


Em conversa com jornalistas hoje no Planalto, Dilma Rousseff disse estar confiante em uma vitória na Câmara contra o pedido de abertura de processo de impeachment. Caso isso aconteça, a presidente afirmou que vai propor um amplo pacto nacional com todas as forças políticas, inclusive da oposição. Indagada se participaria de um pacto no caso de derrota, Dilma respondeu: "Se eu perder, sou carta fora do baralho". "Digo qual é o meu primeiro ato pós votação na Câmara. A proposta de um pacto, de uma nova repactuação entre todas as forças políticas, sem vencidos e sem vencedores. Seja pós Câmara mas também pós-Senado, sobretudo. No pós Senado é que isso será mais efetivo", disse Dilma. A proposta de repactuação vai se estender a oposição. "A oposição existe", declarou.

Delcídio será pelo impeachment no Senado

  • Reprodução/Arquivo

    Delcídio promete votar a favor do impeachment de Dilma


 

Delator da Lava Jato, o senador Delcídio do Amaral (sem partido, MS) vai votar pela aprovação do impeachment de Dilma Rousseff caso o afastamento da presidente seja aprovado no próximo domingo na Câmara dos Deputados e siga para o Senado. Os dois outros senadores de Mato Grosso do Sul, Waldemir Moka e Simone Tebet (ambos do PMDB), também declararam votar a favor do impeachment. É o que diz levantamento divulgado hoje pelo Estadão de S.Paulo apontando que já há 42 senadores favoráveis e 17 declararam contrários ao processo. Dez afirmam estar indecisos, oito não quiseram responder e quatro não foram encontrados, acrescenta o jornal. Para que o processo seja admitido e aberto no Senado, são necessários 41 votos.
 

Primeiro deputado a votar é pró-impeachment

  • Reprodução

    Afonso Hamm abrirá o placar do impeachment


 

Do Severino Motta no blog Radar da Veja:
 
"Com a decisão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de começar a votação do impeachment pelo Rio Grande do Sul, o primeiro deputado a se manifestar no domingo será Afonso Hamm, do PP gaúcho. O placar será aberto com um 'sim', pelo afastamento de Dilma Rousseff."
 

Com grupo contra o impeachment, deputado de MS chama Cunha de 'maluco' e 'bandido'

  • Reprodução de vídeo

    Dagoberto ao receber grupo contra impeachment: críticas a Cunha


 

Ao receber nesta semana um grupo de advogados em Campo Grande que foi prestar apoio à sua posição de seguir a orientação de seu partido para votar contra o impeachment da presidente Dilma, após protestos em frente à sua casa pressionando pela derrubada da petista, o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT-MS) teceu duras críticas ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Em vídeo gravado e postado nas redes sociais hoje pelo jornalista Gerson Jara, da Frente Brasil Popular de MS, Dagoberto diz que o atual processo de impeachment "não tem elementos suficientes para esta cassação", afirma que "o presidente da Câmara é um cara completamente maluco, bandido, comprovadamente bandido", que "tem dois pesos e duas medidas", ao aceitar o pedido de impedimento contra Dilma e rejeitar contra Michel Temer (PMDB) pelo mesmo assunto. Por fim, reforça que o impeachment "não tem fundamento jurídico". Veja aqui o vídeo.
 
P.S.: O jornalista Gerson Jara informou aqui ao Blog que retirou o vídeo do YouTube atendendo solicitação da Frente Brasil Popular de MS a pedido do parlamentar.

Deputados fazem 'bolão' do impeachment

  • Ailton Freitas/O Globo Reprodução

    Carlos Manato com o bolão dos deputados e Paulinho da Força


Concurso da Assembleia na berlinda

  • Divulgação

    Vencedora do pregão do concurso da Assembleia tem B.O. no Paraná

O primeiro concurso público da Assembleia Legislativa de MS está sob suspeita da própria direção da Casa. O deputado presidente Júnior Mochi (PMDB) mandou pesquisar em empresas do estado, do RS e do DF, e constatou que o valor proposto pela Opus Concursos, de Maringá (PR), de R$ 79,9 mil, que ganhou o pregão para realizar o certame, é muito baixo, não chegando a 15% do valor inicial proposto pelas demais empresas, e teme que ela não seja capaz de dar conta do serviço. A propósito, a Prefeitura de Tibagi (PR) anunciou nesta semana o cancelamento do concurso público que contrataria servidores, depois que a procuradoria jurídica do Município registrou B.O. na Delegacia de Policia local apontando irregularidades na aplicação das provas pela Oppus, também contratada por licitação. Leia aqui no site Concursos no Brasil.
 

Governo aciona STF para barrar impeachment

  • Agência Brasil/Arquivo

    Cardozo: com a 'corda no pescoço', governo aciona o Supremo


 

Com a "corda no pescoço" diante da perda de apoio de deputados às vésperas da votação de domingo quando o plenário da Câmara vai dizer sim ou não à saída da presidente Dilma Rousseff do cargo, o advogado-geral da União (AGU) José Eduardo Cardozo pediu hoje ao Supremo Tribunal Federal (STF) o processo de impeachment contra a petista, alegando que os atos do processo têm "vícios que impedem a sua continuidade". A gestão petista balança. A três dias da votação, ao sair de café-da-manhã de Dilma com deputados e ministros hoje cedo, o líder do PT na Câmara, deputado Afonso Florence (BA), foi o primeiro porta-voz governista a admitir publicamente que Dilma ainda não tem o mínimo de 172 votos. "Hoje, eles (os pró-impeachment) não têm 342 votos. O governo tem quase os 172. Mas ausências e abstenções caracterizarão na prática os "não 342", afirmou Florence
 
 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CACAU
Diversos

Cacau posa para o Paparazzo, em ensaio que vai ao ar nesta segunda-feira, 11. - Foto: Roberto Teixeira / Paparazzo

Cacau posa para o Paparazzo, em ensaio que vai ao ar nesta segunda-feira, 11. - Foto: Roberto Teixeira / Paparazzo

Durante seu ensaio para o Paparazzo, Matheus revelou que gosta de fazer sexo anal por ser encantando com o bumbum das brasileiras. No entanto, o ex-BBB precisará de muita lábia para convencer a namorada, Maria Claudia, a Cacau do "BBB 16",  a satisfazer seu desejo.

Enquanto fazia suas fotos para o Paparazzo - que vão ao ar nesta segunda-feira, 11 -, Cacau disse que nunca teve uma experiência assim e que não sabe se atenderá a vontade do namorado: "Nunca fiz anal. Não tenho vontade. Ele está ferrado, mas vamos ver, né?".


Matheus é o segundo homem com quem a estudante de Publicidade, de 19 anos, se relacionou na vida. Antes, ela teve um namorado com quem perdeu a virgindade. Como o relacionamento só durou oito meses, pouco deu para Cacau realizar fantasias sexuais. Caberá a Matheus satisfazê-la.


"Quero que o Matheus me surpreenda em muita coisa. Estou esperando. Só fiz o básico com o outro, foi minha primeira experiência. Às vezes as pessoas podem associar que pelo fato de eu ter perdido a virgindade tarde possa ser frígida. Mas não tem nada a ver. Como um homem tenho muitos desejos, não há diferença. Quero pegada, lugares diferentes, inusitados", disse ela, que ainda não conseguiu ter uma relação com Matheus desde que saiu do "BBB 16".


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CROCODILO
Diversos 15h36

Com 5,48 m, maior crocodilo em cativeiro do mundo é atração na Austrália

O zoológico Marineland Melanasia está localizado na paradisíaca ilha Green Island, no nordeste da Austrália e ao lado da Grande Barreira de Corais. Mas turistas não viajam até lá para admirar parentes do peixe Nemo ou fofos coalas.

A grande atração do lugar é um animal que atende pelo singelo nome de Cassius e que, atualmente, é considerado pelo Guinness World Records como o maior crocodilo em cativeiro do mundo.

O comprimento do bicho é de 5,48 metros e calcula-se que ele tenha pelo menos 110 anos de idade. Seu peso ultrapassa uma tonelada.

No Marineland Melanasia, os turistas podem ver o fundador do zoológico, George Craig, alimentando Cassius com carne de porco, peixes, galinha e de "visitantes da ilha", brinca o site do local.

Craig chega extremamente perto do crocodilo, que está no zoológico desde os anos 1980, quando foi trazido do rio Finniss, situado no extremo norte da Austrália, em uma área temida por abrigar crocodilos gigantescos.

O site do zoológico afirma que, quando vivia no Finniss, Cassius era conhecido por atacar alguns dos barquinhos que passavam pela área, às vezes arrancando pedaços das embarcações.

Além dele, o Marineland Melanasia abriga 40 crocodilos, alguns com mais de quatro metros de comprimento. No local há também um aquário com peixes do oceano Pacífico.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1485 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Quinta, abril 28
· CAFE DA MANHÃ
Quarta, abril 27
· Zeca do PT luta por melhores condições de vida para imigrantes haitianos em MS
· FRONTEIRA
· DA NOITE
· UEMS abre Museu para visitação em Amambai
· COLIRIO
· POLITICANDO
· AMAMBAI
· FALECEU
· DA HORA
· GOVERNO
· GIROFLEX
· giroflex
Terça, abril 26
· LEGISLATIVO PONTA PORÃ
· POLICIA
· NOTICIAS
· SHOM
· DA MANHÃ
· CAFE DA MANHÃ
Segunda, abril 25
· PONTA PORÃ
· SAINDO DA ROTINA
· FIM DE TARDE
· AMAMBAI
· ENFOQUES
· DEPUTADO ONEVAN
· DA HORA
· DA TARDE
· ELEIÇÕES 2016 EM AMAMBAI
· AMAMBAI
· GIROFLEX

 Calendario de Eventos
Maio 2016
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB