Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
9128326
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




MEGA
Diversos  21h51

Aposta do PR acerta Mega-Sena e leva prêmio de R$ 46,9 milhões

Uma aposta da cidade de Toledo (PR) acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas na noite deste sábado (11) e levou sozinha um prêmio de R$ 46.904.093,93. A Caixa Econômica Federal sortou os números do concurso 1694 em São Lourenço do Sul (RS).

Veja as dezenas: 20 – 29 – 34 – 37 – 45 – 57.

A quina teve 348 apostas ganhadoras e o prêmio para cada uma delas é de R$ 14.457,94. A quadra teve 10854 apostas ganhadoras, cada uma delas com direito a R$ 662,21.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

LADO B
Diversos 2015 09h52

Lado B das Olimpíadas: Sem grana para pagar advogado, Rebeca virou modelo

Dando continuidade ao quadro "Lado B das Olimpíadas", que segue quinzenalmente até a véspera dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, com histórias que vão muito além do esporte, o ESPN.com.br traz mais um personagem nesta semana. Figuaras históricas dentro e fora das competições, eventos que marcaram época. Em sua segunda edição, o Lado B das Olimpíadas contará a história de Rebeca Gusmão, ex-nadadora brasileira que conquistou quatro ouros no Pan-Americano de 2007, mas depois teve as medalhas retiradas após ser banida do esporte pelo uso de anabolizantes.

Ao atender o telefone, minutos antes do treino na academia, ela já demonstra um tom suave e tranquilo na voz. Hoje com 30 anos, Rebeca Gusmão já se recuperou das polêmicas, do duro período em que foi banida da natação por conta do doping e até da depressão.

Excluída das piscinas pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) pelo uso de anabolizantes, a agora ex-nadadora respira novos ares. Rebeca Gusmão trabalha como personal trainer em Brasília (DF), dá palestras motivacionais e faz até ensaios sensuais. O corpo já está bem diferente daquele dos tempos de atleta, quando aos 14 anos disputou o Pan-Americano de 1999 ou então ganhou 4 medalhas de ouro no Rio de Janeiro em 2007.

As medalhas, retiradas dela por conta do doping, e a participação nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004 não representam a maior emoção da vida da ex-nadadora, que hoje em dia serve de inspiração e até ajuda idosos a superar o medo das piscinas.

Veja abaixo a entrevista de Rebeca Gusmão ao ESPN.com.br na série "Lado B das Olimpíadas".

Quais são suas lembranças do Pan de 2007?
Eu acho que o Pan foi um evento marcante na minha vida porque foi o primeiro grande evento em que eu competi em casa. Estava sempre acostumada a competir fora. Isso foi o que mais me marcou, a minha família e a torcida a favor.

Foi um choque de realidade ter disputado a Olimpíada de 2004 em termos de nível técnico?
O Pan é uma competição de nível técnico alto, mas nada é comparado a uma Olimpíada. O Canadá e Estados Unidos mandam o time B no Pan-Americano. Mas o Pan ainda está um nível abaixo do Mundial e Olimpíada

© Fornecido por ESPN Brasil© Fornecido por ESPN Brasil

Como foi o período em que você foi acusada de doping e teve as quatro medalhas do Pan retiradas?
Foi um período muito difícil. Primeiro porque eu era muito nova, tinha 22 anos. A falta de maturidade, de entender o que está acontecendo. Foi uma barra muito difícil. Tanto que fiquei anos aí brigando. Fui absolvida pela justiça brasileira e fui condenada lá fora. Foi sem dúvida o momento mais difícil da minha vida. Tirar de você a coisa que você sabia fazer a vida toda não é fácil.

Você se arrepende de algo que fez?
Eu não me arrependo de algo que eu fiz. Eu me arrependo de não ter feito, por falta de maturidade. Eu acho que a Justiça tarda, mas não falha. Eu tenho minha consciência tranquila, isso é o mais importante. Eu só queria ter metade da maturidade que tenho hoje naquela época porque tenho certeza que seria diferente.

Alguns outros atletas foram pegos no teste antidoping na natação e não receberam a mesma punição que você. Você vê injustiça no seu caso?
A questão doping eles escolhem. É um jogo de xadrez. Se você não tem dinheiro e não entrar no jogo, você está fora do tabuleiro. A gente pegou um evento de visibilidade enorme no Brasil, muitas pessoas não sabiam quem eu era. As pessoas acham que eu apareci do nada com um físico daquele tamanho. Eu sempre fui muito forte. Existe muito dinheiro envolvido. Existem as pessoas que não se vendem. Mas tem uma coisa que é a vaidade. Infelizmente existe muito isso no esporte. Acho que no caso de outros atletas que até foram pegos com a mesma substância que eu e foram absolvidos é a prova disso. Na época eu não tinha R$ 250 mil para pagar um advogado. Se eu tivesse, estaria hoje treinando para o Pan-Americano do Canadá.

Você passou por depressão?
Eu tive uma depressão forte. Eu engordei muito, cheguei a pesar 104kg e ao mesmo tempo eu tinha preocupação com a minha família porque minha mãe também entrou em depressão. Tudo na minha casa girava em torno da natação, do que eu fazia. Eu tinha que me concentrar naquele momento em me manter forte. Quando eu precisava de colo, eu tinha que estar como uma rocha, mas queria desmoronar. Eu acordava 4h30min da manhã e ia para a casa dos meus pais para pegar o jornal, para eles não verem. Na hora do noticiário da hora do almoço ou da noite, eu procurava estar na casa deles para não deixar eles verem porque o dia que eu vi uma repórter na televisão falando que eu podia pegar de 3 a 5 anos de prisão...escutar a voz da minha mãe no fundo, chorando, foi duro. Desde aquela época meu pai e minha mãe não assistem mais televisão, não leem jornal, não vêm noticiário. Eu até achei engraçado porque quando fui na casa deles outro dia eu falei "Pai, você viu o avião que caiu?" e ele respondeu: "Que avião?". Eles se desligaram do que acontece no mundo.

A depressão mata, eu quase morri duas vezes por causa dela. A primeira foi por causa da natação. Eu fiquei muito mal, várias vezes na minha cabeça passou fazer alguma besteira. A outra foi quando acabou meu casamento, foi uma depressão mais profunda. Emagreci bastante. Eu tive uma overdose de medicação. Eu cheguei a ficar 3 dias em coma. Depois que eu acordei desse coma parece que acendeu a luz na minha vida. Eu ainda uso a medicação até hoje, mas numa dose menor. Antes eu precisava ficar dopada o dia todo. Hoje não, uso da mesma forma que um diabético precisa da insulina.

© Fornecido por ESPN Brasil

© Fornecido por ESPN Brasil

Como foi o momento em que você ficou sabendo que não poderia mais competir, em 2009?
Foi uma decepção muito chocante e absurda. Eu fiz aquilo minha vida toda, era o que mais amava. Em qualquer Justiça, criminal, cível, ninguém toma pena perpétua. Eu sofri uma pena de morte. O que é difícil entender é isso. Por que o cara que mata sai na rua de novo, no meio da sociedade? E se eu tivesse feito alguma coisa errada, já que não fiz e a Justiça brasileira provou isso, por que eu sofri essa pena? Eu não posso falar para você como é a defesa até porque a mídia me prejudicou. Do outro lado do jogo, eu vejo que realmente foi absurdo.

Como está sua vida hoje em dia?
Hoje eu estou trabalhando como Personal Trainer, sou modelo também, dou palestras. Hoje eu estou fazendo uma coisa que eu nunca pensei que fosse fazer. Descobri que mais gratificante que ganhar uma medalha, representar seu país, é você ajudar as pessoas a conseguir seus objetivos. Tenho alunos que eram obesos e hoje são magros. Essa semana me emocionei com uma aluna minha de 66 anos que tinha pavor de água e ela entrou, mergulhou, nadou comigo. São coisas que realmente você vê que valem muito mais de uma medalha. Eu estou amando o momento que estou vivendo.

Como é seu trabalho como modelo?
Eu faço ensaios fotográficos para marcas, para campanhas, coleções. E dou palestras motivacionais. De tudo que eu passei, superei. Eu acho mais legal que eu recebo pelo menos 40, 50 mensagens por dia de pessoas que têm depressão e que mandam a minha foto, eu gorda e depois magra e falam "Eu colei a sua foto na minha geladeira. Você é minha inspiração". Eu hoje me vejo como uma pessoa que toca muito mais as pessoas do que quando eu era atleta.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

VIOLENCIA
Diversos 08h09

Durante assalto, professora universitária é amarrada e apanha de bandidos em MS

Uma professora universitária apanhou de bandidos e foi ameaçada durante assalto na casa onde mora, no bairro Jardim dos Ipês 4, em Três Lagoas. A ação aconteceu por volta das 7h desta sexta-feira (10).

Segundo o jornal TL Notícias, o marido da professora havia acabado de sair de casa quando dois homens armados com facas entraram no local. De imediato, a vítima imaginou que fosse o esposo voltando para a residência, mas logo percebeu a ação dos criminosos.

Ação - Eles anunciaram o roubo e agrediram a mulher, batendo a cabeça dela várias vezes contra a parede. Depois, as mãos dela foram amarradas. Enquanto isso, a dupla roubou uma corrente de ouro dela, alianças, dinheiro, objetos eletrônicos e outros bens da casa.

Ainda de acordo com o TL Notícias, os criminosos exigiram que ela entregasse dois cartões de débito com as senhas para realizarem saques nos terminais do município e, em seguida, fugiram com a moto do esposo da professora, uma Yamaha XT 600 E ano 2000, de cor preta, com placa CQP 6335, de Penápolis, São Paulo.

Ajuda - Quando notou que a dupla já tinha deixado o local, a vítima saiu de casa e pediu ajuda a uma pessoa que passava pela rua. A pessoa levou a professora até a casa de amigos da vítima, que acionaram a Polícia Militar.

Em vistoria no local do crime, a polícia constatou que a dupla teve acesso ao interior do imóvel depois de subir em uma pilha de ferro que estava encostada no muro.

Depois de romperem a cerca elétrica da residência, invadiram o local. A ocorrência foi registrada na Polícia Civil, que investiga o caso. Foram mobilizadas equipes de trânsito, Rotai (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior) e o Serviço Reservado (P2).


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA TARDE
Diversos

Movimento quer mais de 6 mil pessoas no protesto deste domingo em Dourados

Valéria Araújo
Protesto em Dourados realizado mês passado levou cerca de 6 mil pessoas às ruas
Foto: Hedio Fazan/arquivo Protesto em Dourados realizado mês passado levou cerca de 6 mil pessoas às ruas
Foto: Hedio Fazan/arquivo

Movimento “Vem pra rua”, que acontece em várias cidades brasileiras neste domingo, espera reunir pelo menos 6 mil pessoas em Dourados. De acordo com a programação, a concentração acontece na Concha Acústica da Praça Antônio João a partir das 15h. As entidades ainda vão decidir se farão ou não a tradicional passeata pela área central.

De acordo com o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (ACED), Antônio Nogueira a expectativa é de reunir o mesmo número de manifestantes do primeiro protesto realizado no último dia 15. Isto porque, segundo ele, as pessoas ainda continuam indignadas com as medidas adotadas pelo governo federal que oneram cada vez mais a população. “A Presidente Dilma simplesmente incorporou o discurso de que o país está muito bom, que a economia vai bem e que a Petrobras já limpou o que tinha que limpar. Isto é tripudiar em cima do raciocínio da população”, destacou.

Nogueira disse que neste protesto, os manifestantes e representantes sindicais que já foram selecionados, farão uso da fala. Uma estrutura com carro de som e microfone está sendo providenciada.

Segurança

O manifesto vai contar com o apoio da tropa de choque em Dourados como procedimento padrão da Polícia Militar em casos de protesto. O objetivo é garantir segurança aos manifestantes. O comandante da PM, tenente coronel Carlos Silva. explica que apesar de contar com o apoio da tropa de choque, a equipe ficará na retaguarda e só será mobilizada se for necessário, em caso de eventual tumulto. Ele assegura que vão apoiar as manifestações, 130 policiais militares, sendo que 60% deles estarão desarmados. Segundo ele, a proposta é garantir a segurança para os manifestantes que estarão nas ruas.

Protesto

Bonecos com a caricatura da presidente Dilma, pedindo o impeachment, serão utilizados durante o manifesto, avisam os organizadores.

De acordo com os manifestantes, em todo o país, o “Vem pra Rua” está dividido em grupos que apenas vão manifestar a repulsa à gestão petista, sem pedir a destituição de Dilma. Eles também se dizem contra qualquer pedido de intervenção militar. O grupo diz ter o apoio de juristas e, com base neles, toma decisões sobre seus posicionamentos.

Com Massa em 4º, Hamilton faz 3ª pole consecutiva na China



 

A vantagem de Lewis Hamilton sobre o restante da Fórmula 1 nos treinos classificatórios é evidente. Neste sábado, ele conquistou sua terceira pole position em três provas da categoria na temporada, ao garantir a primeira colocação do grid do Grande Prêmio da China.
 

Hamilton andou a 1min35s782 com apenas 0s042 de frente para o alemão Nico Rosberg, seu companheiro de equipe na Mercedes. A dupla da escuderia alemã conseguiu a dobradinha deixando a segunda fila do grid em Xangai para Sebastian Vettel e Felipe Massa.
 

O alemão da Ferrari ficou em terceiro com a marca de 1min36s687, com o brasileiro da Williams em quarto, com 1 min36s954. Valtteri Bottas foi o quinto, seguido por Kimi Raikkonen, Daniel Ricciardo e Romain Grosjean. Felipe Nasr aparece na nona colocação, dividindo a quinta fila com o sueco Marcus Ericsson.
 

Hamilton, campeão da temporada passada da categoria, também largou na frente este ano na Austrália, prova que venceu, e na Malásia, em que acabou a corrida na segunda colocação, superado por Sebastian Vettel.
 

O britânico se torna também o primeiro piloto a obter três poles consecutivas no Grande Prêmio da China de F1, disputado desde 2004. No Mundial passado, completou a prova na primeira colocação. Em 2013, também começou na frente, mas subiu ao pódio da corrida em terceiro.
 

A superioridade de Hamilton em Xangai ficou clara já na primeira parte do treino classificatório, em que andou apenas com os pneus médios. O britânico ficou com a quinta colocação do Q1, superado em 0s783 pelo alemão Sebastian Vettel, que liderou a atividade andando com os compostos macios, aproximadamente 2s mais rápidos por volta.
 

A fase inicial do treino na China também acabou com as esperança dos pilotos da McLaren, ainda sofrendo muito com problemas em sua unidade de potência da Honda. Jenson Button ficou com a 17ª colocação, dividindo a nona fila do grid com o espanhol Fernando Alonso.
 

O passeio do britânico sobre seus rivais continuou no Q2, em que liderou sem grandes problemas. A segunda fase da atividade também foi positiva para a Sauber, que conseguiu classificar Felipe Nasr e Marcus Ericsson à luta pela pole position, deixando para trás competidores como Carlos Sainz Jr. Daniil Kvyat e Max Verstappen.
 

Lewis Hamilton garantiu a pole já em sua primeira saída dos boxes no Q3. O britânico foi o primeiro piloto a andar abaixo de 1min36s em todo o fim de semana em Xangai e garantiu a primeira colocação. Rosberg ainda ameaçou o domínio de seu companheiro de equipe nos segundos finais da atividade, mas ficou em segundo com 0s042 de desvantagem.
 

Uma das surpresas foi a presença de Felipe Massa na segunda fila do grid. O brasileiro bateu na sexta-feira e sofreu com rendimento abaixo do esperado no treino livre de sábado, mas conseguiu superar o histórico de problemas para andar a 1min36s954
 

Veja o resultado do treino classificatório para o GP da China de F1: 
1: Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1min35s782 
2: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1min35s824 
3: Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – 1min36s687 
4: Felipe Massa (BRA/Williams) – 1min36s954 
5: Valtteri Bottas (FIN/Williams) – 1min37s143 
6: Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1min37s232 
7: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) – 1min37s540 
8: Romain Grosjean (FRA/Lotus) – 1min37s905 
9: Felipe Nasr (BRA/Sauber) – 1min38s067 
10: Marcus Ericsson (SUE/Sauber) – 1min38s158 


11: Pastor Maldonado (VEN/Lotus) – 1min38s134 
12: Daniil Kvyat (RUS/Red Bull) – 1min38s209 
13: Max Verstappen (HOL/Toro Rosso) - 1min38s393 
14: Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso) – 1min38538 
15: Sergio Pérez (MEX/Force India) – 1min39s290 


16: Nico Hulkenberg (ALE/Force India) – 1min39s216 
17: Jenson Button (ING/McLaren) – 1min39s276 
18: Fernando Alonso (ESP/McLaren) – 1min39s280 
19: Will Stevens (ING/Manor Marussia) – 1min42s091 
20: Roberto Merhi (ESP/Manor Marussia) – 1min42s842


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

11h53

Veterinário e treinador morrem após veículo capotar na MS-080 Vítimas morreram com o impacto, veículo teve perda total

Vítimas morreram com o impacto (Foto: Via WhatsApp)Vítimas morreram com o impacto (Foto: Via WhatsApp)

O veterinário James Dantas Rodrigues, de 21 anos, e o treinador do Rancho da ACQM de São Gabriel do Oeste, Marco Suel Stief, de 32 anos, morreram na madrugada deste sábado (11). O fato ocorreu no Km 59 da MS-080.

Por volta das 3h30, equipes do Corpo de Bombeiros e da PMRv (Polícia Militar Rodoviária) estiveram no local, porém as vítimas não resistiram ao impacto. Ainda não são sabidas as causas do acidente.

Informações preliminares dão conta de que, as vítimas estavam no Fiat Uno Smart, vermelha, placas HRU-0531, de Campo Grande (MS), que capotou por diversas vezes, ocasião que saiu da rodovia e chocou-se em uma árvore.

As vítimas foram arremessadas do veículo com o impacto. James era o proprietário e condutor do automóvel, que seguia no sentido Rochedo a Campo Grande. A Perícia Criminal e a Polícia Civil também foram chamadas.

10h41

Por ciúmes, homem agride a companheira e a faz comer terra

Na madrugada de hoje (11), na área rural de Mundo Novo, Cleide Rodrigues dos Santos, 41 anos, foi agredida pelo companheiro Sidnei Catarino dos Santos, 41 anos, que segundo ela, a teria agredido por ciúmes.

A vítima informou que vive com o autor há dez anos, e nesta madrugada estava indo para um sítio quando Sidnei parou a moto e passou a agredi-la fisicamente.

Segundo informações policiais, o autor teria visto quando a tela do celular da vítima ascendeu e desconfiou que ela estaria recebendo ligações de algum homem.

Motivado pelo ciúme, o autor teria feito a vítima comer terra e ainda desferiu vários chutes e tapas e a abandonou no local que fica a aproximadamente 20 quilômetros da cidade.

A vítima saiu correndo para o matagal e posteriormente iniciou uma caminhada até a cidade, onde denunciou o caso à polícia.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS
Diversos

Morre frei que passou mal durante celebração

DOURADOSNEWS


Frei Éterson Terce morreu na noite de sexta-feira - Foto: Divulgação

Morreu na noite de sexta-feira (10) em Dourados, o frei Éterson Terce, 40, da Paróquia São José Operário. Ele estava internado em coma induzido no Hospital do Coração em Dourados desde o dia 4 de abril, quando passou mal durante celebração de vigília Pascal.

 

Natural de Urânia (SP), o frei estava em Dourados desde 2012, e tinha problemas com diabetes, porém, segundo pessoas próximas a ele, nunca apresentou problemas mais graves e cuidava bem de sua saúde.

 

No dia em que precisou de atendimento, Éterson teve náuseas acompanhadas com sangue e uma parada cardíaca ainda na sacristia.

 

Ele foi reanimado e encaminhado para a unidade de saúde, onde acabou morrendo.

 

Segundo a Rádio Coração, o velório acontece desde as 6h na São José Operário e será enterrado às 17h no cemitério Santo Antônio de Pádua.

Prefeituras têm mais de R$ 134 milhões para receber em ‘restos a pagar’



 

As prefeituras têm mais de R$ 134 milhões para receber em ‘restos a pagar’ do governo federal referentes aos exercícios financeiros de 2013 e 2014, segundo a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).


A estratégia visando à eventual liberação dos valores será amplamente debatida na manhã desta sexta-feira (10), durante assembleia-geral dos prefeitos no plenário da entidade, em Campo Grande.


Convocada pelo presidente da Assomasul, Juvenal Neto (PSDB), a reunião contará com a presença da bancada federal (senadores e deputados) e representantes da Caixa Econômica Federal.


De acordo com Ana Cristina Vieira de Andrade, técnica administrativa da Central de Projetos da Assomasul, o relatório dos municípios com contratos de repasse referente a 2013 com pendências na Caixa Econômica indica que 59 deles têm para receber R$ 74.495.174,32 em emendas parlamentares.


Segundo ela, o valor total de emendas disponibilizadas para 62 municípios que estão com clausula suspensivas em 2014 é de R$ 59.774.965,72.


No total, essas prefeituras têm R$ 134.270.140,04 em emendas parlamentares para receber referentes a 2013 e 2014.


Atualmente, o governo federal deve R$ 35 bilhões às prefeituras em todo o País, conforme informações da CNM (Confederação Nacional de Municípios).


Para Juvenal Neto, é importante a participação maciça dos prefeitos, por se tratar de uma reunião na qual os parlamentares e os representantes da Caixa Econômica vão esclarecer pontos fundamentais em relação à liberação de verbas.


Em meio à falta de recursos até mesmo para manter serviços essenciais, o dinheiro faz falta nos cofres de quase a totalidade das prefeituras brasileiras.


Os ‘restos a pagar’ (RAPs) nascem da dificuldade que a União tem de executar o orçamento.


O montante de débitos só aumenta e as prefeituras estão entre as mais impactadas, pois boa parte dessa dívida é referente a obras nos municípios.


Na prática, os prefeitos conseguem emendas parlamentares para custeio de obras, mas quando o Orçamento Geral da União sofre cortes, elas são contingenciadas e prejudicam lá na ponta os municípios. Assim, ou a obra fica inacabada ou o prefeito paga com recursos próprios aquilo que deveria ter sido pago com a emenda.


A União tem, ao todo, R$ 198,9 bilhões em restos a pagar. A maior parte é de não processados - um total de R$ 165,7 bilhões - quando a despesa não foi realizada ou ainda não foi aferida/atestada e por isso não foi paga.


Os processados somam R$ 33,1 bilhões e são aquelas despesas que foram executadas, e aferidas/atestadas e só faltam ser pagas.


No caso dos ‘restos a pagar’ devidos aos municípios, 31,5 bilhões (90%) são de não processados. O restante do recurso, os R$ 3,4 bilhões, são de processados.


O RAP processado apresentava queda nos últimos anos e em 2014 passou a crescer.


Por outro lado, o RAP não processado tinha um crescimento considerável e a partir de 2012, depois de uma estagnação, o crescimento está em média de 10% ao ano.


Existem milhares de obras paradas e isso é preocupante, pois a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) proíbe que no último ano de mandato, no caso em 2016, haja ‘restos a pagar’.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GOVERNO MS
Diversos

Reinaldo prioriza concluir obras inacabadas e incentivos às indústrias

CGNEWS


Reinaldo disse que renegociou contratos de obras deixadas pela gestão anterior. (Foto: Marcelo Calazans)

Durante comemoração dos 100 dias do seu governo, na noite desta sexta-feira (10), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, o governador Reinaldo Azambuja destaca que está trabalhando para concluir as obras inacabadas deixadas pela gestão anterior. Ainda nesta semana, na prestação de contas, ele informou que falta no caixa para concluí-las a quantia de R$ 192 milhões, mas que 80% serão terminadas até dezembro deste ano.

 

Segundo o governador, para terminar todas as obras seriam necessários R$ 578.801.346,31. Mas, a gestão anterior deixou em caixa somente R$ 331.705.785,84, montante adquirido através de convênios com terceiros, além de R$ 53.828.640,33 em saldo da conta corrente do Governo e R$ 913.210,50 de saldo da Sanesul (conta corrente) para dar em contrapartida nos seus projetos com o poder público.

 

Ao todo são 301 obras. São 77 empreendimentos viários como: pavimentações de rodovias e construção de pontes de concreto; 60 empreendimentos civis como: construção de órgãos públicos e presídios e 64 obras de infraestrutura urbana.

 

Na cerimônia, Reinaldo também citou o que já fez até o momento, desde quando entrou no Governo. Para terminar as obras, por exemplo, ele renegociou os contratos e estruturou o novo modelo de contratação de serviços em obras do Estado.

 

O tucano ressaltou que trabalhou para criar a nova lei de incentivos para atrair novos investimentos no Estado. Ele lançou o FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste), orçado em R$ 1,4 bilhão. A ampliação de crédito para empresas de pequeno porte também foi um dos feitos.

 

Reinaldo conseguiu o fortalecimento das ações de Defesa Sanitária Animal, especialmente na região de fronteira para combater a febre aftosa e a brucelose. Inclusive, ele viajou ao país vizinho para manter contato e ter apoio nesta questão. Pecuarista ele não esqueceu de fortalecer das ações de assistência técnica e extensão rural e criou um novo manual de licenciamento ambiental. 

 

Reinaldo prioriza concluir obras inacabadas e incentivos às indústrias


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

SABADO, DIA 11 NA CAMARA MUNICIPAL DE AMAMBAI
Diversos

PDT de Amambai discute problemas locais com a presença de deputados

 
Dois meses depois de empossados, o deputado federal Dagoberto Nogueira e o deputado estadual Beto Pereira, ambos do Partido Democrático Trabalhista (PDT), participam em Amambai de encontro político promovido pelo diretório municipal do partido. O evento acontece no próximo sábado (11), às 19h, no plenário da Câmara de Vereadores.

De acordo com o presidente do partido em Amambai, empresário Gilmar Vicentin, o evento vai servir como ponto de discussão sobre os diversos problemas que a cidade vem enfrentando nos últimos anos, como desemprego, limpeza pública e saúde. Na oportunidade, afirma Gilmar, será debatida a implantação de políticas públicas para solucionar os problemas. “Amambai parou e, infelizmente, o que escutamos são somente desculpas”, lamenta Gilmar.

Troca de experiências

Considerado um dos melhores prefeitos do Mato Grosso do Sul, durante os oito anos de mandato no município de Terenos, o ex-prefeito e atual deputado Beto Pereira, vai falar sobre a implantação de projetos e programas que foram bem sucedidos na sua gestão.

“Com a presença do Beto Pereira vamos ter a oportunidade de ouvir como é possível numa cidade pequena, do interior, obter desenvolvimento sustentável. O Beto conquistou isso em Terenos, é claro que podemos conquistar o mesmo desenvolvimento em Amambai”, destaca Vicentin.

 

Gilmar ressalta ainda que a participação do deputado federal Dagoberto Nogueira no evento contribui com a definição de políticas públicas - buscando a melhoria da qualidade de vida da população de Amambai. Dagoberto foi secretário de Segurança e Produção do Estado, no governo Zeca do PT. Em seu primeiro mandato na Câmara Federal se destacou pelas diversas emendas destinadas para o município de Amambai, lembra Gilmar.

De acordo com a coordenação do evento, está confirmada ainda a presença de representantes do magistério, dos setores empresarial e estudantil, dos agentes patrimoniais e de lideranças das vilas e das comunidades indígenas, do município de Amambai.

Filiações

Na ocasião, o partido vai realizar a filiação de novos membros da sigla.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIQUE SABENDO
Diversos  10h37

Maracaju: Mulher nua chocou populares em Avenida Se a moda pega neste calor, vamos ter muitos vídeos para alimentar o whatsapp.

Se a moda pega neste calor, vamos ter muitos vídeos para alimentar o whatsapp.

Se a moda pega neste calor, vamos ter muitos vídeos para alimentar o whatsapp.

O fato ocorreu na manha de hoje sábado (7) por volta das 09h10min bem defronte a Panificadora Santo Antônio localizada na referida Avenida.

Populares que estavam realizando compras no comércio adjacentes do local e se espantaram quando notaram que uma mulher aparentando ter entre 25 e 30 anos estava nua e após várias pessoas notarem a cena inusitada filmaram e fotografaram a nudez em plena região comercial de Maracaju.

A mulher começou a se vestir naturalmente, como se estivesse em uma praia de nudismo, alguns homens que passavam pelo local gostaram da cena e um vídeo já circula no whatsapp.

A Polícia Militar foi acionada via fone de emergência 190 sobre o atentado ao pudor e uma viatura policial se deslocou ao local, mas não localizou êxito em encontrar a mulher nudez, que após se vestir rapidamente saiu do local tomando rumo ignorado pelas testemunhas.

Algumas pessoas que presenciaram a cena relatam que a mulher possui problemas mentais e que a mesma é moradora da Vila Juquita.

Se a moda pega neste calor, vamos ter muitos vídeos para alimentar o whatsapp.

17h44

Ameaça de bloqueio de ‘restos a pagar’ provoca correria nas prefeituras em MS Prefeitos estão preocupados com o curto prazo que têm para assegurar recursos federais

Prefeitos e bancada federal debateram assunto nesta manhã  (Foto: Divulgação)Prefeitos e bancada federal debateram assunto nesta manhã (Foto: Divulgação)

A ameaça do bloqueio de ‘restos a pagar’ decorrente do decreto presidencial 8.407, de 24 de fevereiro deste ano, provocou correria nas prefeituras de Mato Grosso do Sul, principalmente as com pendências de documentos na Caixa Econômica Federal.

O assunto foi amplamente discutido na manhã desta sexta-feira (10) entre prefeitos e representantes do Estado no Congresso Nacional e da Caixa Econômica Federal, durante reunião na Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande.

O decreto disciplina o bloqueio e possível cancelamento das despesas inscritas até 2014 em restos a pagar não processados dos órgãos e entidades do Poder Executivo Federal.

A maior preocupação dos prefeitos é com o curto prazo que eles têm para tentar assegurar recursos como parte de emendas parlamentares, até porque muitas obras já foram licitadas e há exigências a serem cumpridas.

O eventual desbloqueio de recursos para investimento em obras nos municípios só poderá ocorrer até o dia 30 de junho deste ano, conforme atestou o superintendente da Caixa Econômica Federal, Paulo Antunes, presente a assembleia-geral convocada pelo presidente da Assomasul, Juvenal Neto (PSDB).

“A nossa maior preocupação é que fizemos os projetos e queremos saber se os recursos vão ser bloqueados ou não, até porque os prefeitos estão sendo cobrados em seus municípios. Por isso não poderíamos fazer essa reunião sem a presença da bancada federal”, colocou Juvenal Neto, ao abrir o encontro.

No total, as prefeituras têm mais de R$ 134 milhões para receber em ‘restos a pagar’ do governo federal referentes aos exercícios financeiros de 2013 e 2014.

De acordo com a Central de Projetos da Assomasul, o relatório dos municípios com contratos de repasse referente a 2013 com pendências na Caixa Econômica indica que 59 deles têm para receber R$ 74.495.174,32 em emendas parlamentares.

Já o valor total de emendas disponibilizadas para 62 municípios que estão com clausula suspensivas em 2014 é de R$ 59.774.965,72.

No total, essas prefeituras têm R$ 134.270.140,04 em emendas parlamentares para receber referentes a 2013 e 2014.

UNIÃO DA BANCADA

Em discurso durante o encontro, o deputado federal Vander Loubet (PT), coordenador da bancada, advertiu sobre o risco de os municípios ficarem sem os recursos diante da crise econômica do País.

Apesar disso, Vander aconselhou os prefeitos a fazer uma espécie de ‘esforço concentrado’ na tentativa de garantir a liberação do dinheiro empenhado.

“Estou preocupado com o momento, com a situação econômica do País. O governo está buscando um ajuste muito forte e a gente precisa se preparar, se organizar, principalmente em relação a questão das emendas”, colocou o deputado, referindo-se ao decreto baixado pela presidente Dilma Rousseff cujo objetivo é avaliar, em conjunto com os ministérios, a execução financeira e o planejamento fiscal das ações e projetos que ainda não foram liquidados.

Há R$ 142,6 bilhões inscritos em restos a pagar disciplinados por este decreto.

Vander alertou ainda sobre as seis etapas que os gestores terão de obedecer, como licitação, autorização de início da obra, medição, etc.

“Se vocês não cumprirem essas etapas, vão cancelar, vamos perder muitos recursos”, observou, acrescentando que a bancada federal não tem medido esforço na tentativa de ajudar os municípios.

O coordenador da bancada defendeu a necessidade de os prefeitos serem mais práticos possíveis no acompanhamento de seus projetos junto a Caixa, para que os municípios não percam recursos.

Mesmo dizendo-se ciente da crise econômica e institucional que o País atravessa, o senador Waldemir Moka (PMDB) disse que não iria entrar no mérito da questão, preferindo defender a união da bancada, independente de questões partidárias dos deputados e dos senadores.

“A crise é real, não tem dinheiro. Os recursos são poucos. As emendas têm prazo e o governo tem uma pilha de restos a pagar. O que vai acontecer, os restos a pagar não vão ter as mesas prioridades de que as emendas individuais porque tem o orçamento impositivo”, advertiu o senador, lembrando o comprometimento da bancada visando auxiliar os prefeitos.

“Sei do compromisso da bancada, ela nunca falhou, nunca se dividiu para ajudar o Estado. Os senadores Delcídio do Amaral (PT) e Simone Tebet (PMDB) não vieram porque não puderam mesmo, então, temos de nos unir para garantir esses recursos”, disse Moka.

ICMS

Durante a reunião, os prefeitos discutiram outros temas, como eventuais mudanças na distribuição do bolo tributário estadual, como ICMS e Fundersul, cujo projeto de lei deve tramitar na Assembleia Legislativa.

Representando a Assembleia, o deputado Renato Câmara (PMDB), expôs o projeto de lei de autoria do presidente da Casa, Júnior Mochi (PMDB), que versa sobre novos critérios de distribuição proporcional dos recursos do ICMS entre os municípios do Estado.

O secretário de Estado de Turismo do Estado, Nelson Cintra, falou sobre ICMS Ecológico


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS DA NOITE
Diversos

Cem dias de governo tucano em MS

  • Deurico/Capital News

    Reinaldo Azambuja: cem dias de governo em MS


Os primeiros 100 dias do governo Reinaldo Azambuja são tema de evento às 19h desta sexta-feira no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. Na ocasião o governador tucano vai assinar o termo de adesão e compromisso ao Programa Brasil Transparente, criado pela Controladoria Geral da União (CGU) para auxiliar estados e municípios na implementação das medidas de governo transparente previstas na Lei de Acesso à Informação (LAI). Os secretários de Estado vão assinar seu "Contrato de Gestão para 2015" relativo às prioridades e metas de cada secretaria.
 

Um adolescente de 17 anos perdeu a vida depois de ser atingido na cabeça por um tijolo arremessado por um macaco que estava no topo de um edifício em Chandigarh, Haryana e Punjab, no norte da Índia.

A vítima, Harry, que trabalhava em uma loja de vestuário, estava fora da loja no último dia 31 de março, quando foi atingido pelo tijolo, lançado por um macaco.

Harry foi levado para o Instituto de Pós-Graduação de Educação Médica e Pesquisa, pela proprietária da loja e sua equipe, onde não resistiu aos ferimentos e morreu, no último dia 4 de abril.

Paramjit Singh, um parente da vítima, disse que o tijolo estava em cima de uma capa de um taque de água para evitar que ela se soltasse.”O macaco o removeu e atirou para baixo, o que infelizmente atingiu Harry”, disse ele.

Paramjit Singh culpou as autoridades por não conseguir controlar a ameaça de macacos na cidade. “Tropas de macacos estão assustando moradores com suas aterrorizantes palhaçadas”, disse ele.

 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CONEXÃO INTERNACIONAL É FM 100.9 NHU-VERÁ E CONQUISTA 90.7
Diversos

TODOS OS SABADOS
CONEXÃO INTERNACIONAL

Foto de Jorge Pacheco.

O PROGRAMA CONEXÃO INTERNACIONAL É APRESENTADO PELO JORNALISTA QUE SABE DAS COISAS- JPRGE PACHECO NA FMs NHU-VERÁ 100.9 E CONQUISTA 90.7, TODOS OS SABADOS A APARTIR DAS 11 HORAS. ENTREVISTA:  GOVERNADOR DO DEPARTAMENTO DE AMAMBAY-PEDRO GONZALEZ, - , LOUBET, CHAPA C, VALTER BRITO, PRESIDENTE DA CAMARA DE VEREADORES DE CAPITAN BADO- DENILSO SANCHEZ ,  VEREADOR FREDY BUENO,  GILMAR VICENTIM,ENTTRE OUTRAS.
MUITO OBRIGADO INTERNAUTAS PELOS NOVE MILHÕES DE ACESSOS
Diversos
COMPLETAMOS  MAIS DE  NOVE MILHÕES DE ACESSO,MUITO OBRIGADO

MUITO OBRIGADO INTERNAUTAS PELOS 8 MILHÕES DE ACESSOS, ATE O MOMENTO NO SITE CORREIODAFRONTEIRA.COM.BR

Foto

Mulher Melão  (Foto:  Daniel Pinheiro / R2 / Divulgação)


 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

A DROGA É UMA DROGA
Diversos

Com 72 anos, vovó do tráfico abastecia Tijuca há pelo menos 6

'Vovó do tráfico' diz que vendia droga para complementar aposentadoria

Após denuncias, investigadores da Delegacia Especializada em Combate ao Narcotráfico (Denar), chegaram a Nadir Benites Ferreira de 72 anos, responsável por abastecer usuários na região do bairro Tijuca. A vovó foi presa na manhã desta quarta-feira (8), quando chegava em casa.

Nadir relatou a polícia, que já vendia o entorpecente há seis anos e essa foi a primeira vez que foi presa. Na casa da idosa, aparentemente normal, um veículo também foi preso. Segundo ela, o veículo foi comprado com o dinheiro da aposentadoria e só vendia drogas para comprar comida.

Os tabletes de 30 gramas cada, que estavam na casa, foram divididos a partir de um tablete de 1 quilo, comprado por R$ 750. Cada tablete de 30 gramas era vendido a R$ 50. Na residência, os investigadores também apreenderam R$ 2.080,00, um televisor, um aparelho de som e petrechos para preparação da droga, como faca e balança.

Durante a apresentação de Nadir, a advogada de defesa não permitiu o registro fotográfico da imprensa.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CONTRABANDO
Diversos

Quatro pessoas foram presas na ação

(Foto: Divulgação)

A Polícia Rodoviária Federal desmontou , por meio do helicóptero, um depósito de cigarros na Chácara das Mansões, próximo ao KM 453 da BR 163 em Campo Grande.

A quadrilha recebia grande quantidade de cigarros contrabandeados do Paraguai e utilizava pequenos furgões (Fiat/Fiorino) para distribuição em Campo Grande e o interior do Estado. 

O trabalho envolveu as equipes de solo e da Divisão de Operações Aéreas da Polícia Rodoviária Federal. Além do contrabando, foram presos 4 homens que trabalhavam na distribuição da mercadoria. 

A ocorrência foi encaminhada para Delegacia de Polícia Federal de Campo Grande. As demais circunstâncias do crime ainda estão sendo apuradas.  Em 2014, foram apreendidos 1.227.622 pacotes, em 2015 já foram apreendidos 307.119 pacotes contrabandeados.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DESCOBERTA
Diversos

Remédio que impede contágio por HIV pode decretar fim da era da camisinha

Remédio Truvada vai ganhando popularidade e cobertura nos Estados Unidos

Método da camisinha pode deixar de ser o principal no combate ao vírus HIV
Método da camisinha pode deixar de ser o principal no combate ao vírus HIV (Foto: Agência EFE)

Mais de dez anos após ser aceito como tratamento para o HIV e passados já 30 meses desde que conseguiu ser oficialmente considerado como uma profilaxia para o vírus (PrEP), o remédio Truvada vai ganhando popularidade e cobertura, influenciado a vida sexual dos americanos.

Este medicamento produzido pelo laboratório Gilead, que tem sua versão genérica do laboratório indiano Cipla, passou por vários estados: tratamento regular para infectados, pílula "do dia anterior" ou do "dia seguinte" de ter relações de risco e, já há dois anos e meio, tratamento regular diário para pacientes em risco.

Neste último formato, o PrEP só funciona por enquanto nos Estados Unidos, Brasil e África do Sul, embora esteja em processo para ser aprovado na França.

E enquanto os laboratórios, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC na sigla em inglês) são claros e o catalogam como uma precaução adicional ao uso de outras medidas, especialmente o preservativo, a aplicação prática não é exatamente assim.

"Eu escolhi não usar preservativos. Estou tomando PrEP desde o dia 19 julho de 2011. No primeiro ano o combinava com preservativos, porque ainda era muito novo. Minha cabeça não podia sentir-se segura sem preservativo. Mas, uma vez que minha experiência demonstrou que realmente funciona e que o tomo todos os dias, já não uso preservativo", disse à Agência Efe Damon Jacobs, terapeuta sobre transmissão do HIV e medicado com Truvada.

Jacobs está em tour pelos Estados Unidos com uma palestra na qual conta sobre sua experiência com o remédio, que foi adquirido em farmácias com prescrição médica para uso profilático por 3.253 pessoas entre janeiro de 2012 e março de 2014.

O Truvada, uma combinação dos antirretrovirais tenofovir e emtricitabine, já é um tratamento aceito em modo coparticipativo pela grande maioria dos seguros médicos privados, no Obamacare, para o qual a própria farmacêutica oferece um plano de financiamento. Nova York e Washington são os estados que encabeçaram esta medida.

O medicamento pode interferir na função renal e provocar dores de cabeça e náuseas nos primeiros meses de uso. Para Jacobs, tudo muito pouco perto dos benefícios.

"Os únicos efeitos colaterais que tive são paz mental e um sexo incrível, porque sexo sem medo é algo extraordinário e não sabia o que era até agora pouco", comentou.

O terapeuta faz parte de um dos grupos apontados pela OMS como os de maior risco: a população homossexual, à qual "recomendou encarecidamente" que adote a medicação como medida para acabar com a epidemia da aids, já que tem 99% de efetividade, assim como outros grupos de risco, como heterossexuais com vários parceiros sexuais e usuários de drogas injetáveis.

"Nos últimos dez anos, a população negra, gay e bissexual, entre 13 e 24 anos é a que mais registrou aumentos do percentual de contaminação pelo HIV", explicou Jacobs.

Talvez por isso, e porque no caso dos homossexuais não existe risco de concepção, nos sites e aplicativos de contatos para gays, a palavra PrEP começa a entrar na categoria de sexo com ou sem preservativo.

A fabricante explicou que 40% dos usuários do Truvada são mulheres (especialmente do sul dos Estados Unidos), mas embora o consumo entre homossexuais esteja aumentando, entre as mulheres está caindo.

Como é possível imaginar, seu uso não está livre de polêmica. Michael Weinstein, o presidente da Fundação do Cuidado da Aids, é seu principal crítico, por considerá-lo contraproducente, por causa do risco de uso irregular da pílula ou da possibilidade que o vírus se tornar mais forte e imune ao fármaco. Para ele se trata de "um desastre sanitário em processo".

Jacobs insistiu que ele é uma "camada extra" de proteção para quem não pratica sexo seguro. "As pessoas têm feito sexo sem preservativo de maneira persistente nos últimos anos. Por isso há 50 mil novas infecções por ano", contestou Jacobs.

"A parte racional do cérebro é neutralizada quando estamos excitados e esse é o momento em que precisamos lembrar de usar preservativo. É mais provável tomar um comprimido no dia seguinte", argumentou Jacobs.

Em todo caso, ainda existe entre a população o medo lógico de uma medida incapaz de ser fiscalizada como o látex e a própria farmacêutica decidiu não divulgar este uso do Truvada para pacientes que não são HIV positivo.

"A companhia não empreendeu atividades de promoção do Truvada como tratamento profilático", informou à empresa em comunicado enviado à Agência Efe, mas realizou uma campanha informativa "sobre o uso apropriado" do medicamento.

Também há vozes que apontam que a utilização do PrEP como alternativa ao preservativo poderia aumentar o contágio de outras doenças como gonorreia ou clamídia, embora seu uso também obrigue os usuários a realizarem controles trimestrais para monitorar as condições renais e a sorologia.

"Já não há argumentos científicos ou econômicos para rebatê-lo e só restou o argumento de que as pessoas vaão fazer mais sexo com o remédio, o que parece continuar a incomodar alguns setores da sociedade. Aconteceu o mesmo quando a pílula anticoncepcional foi inventada ou quando descobriram a cura para a sífilis", concluiu Jacobs.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS DA MANHÃ
Diversos

 07h55

Ex-deputados são presos em nova fase da Operação Lava Jato

Na 11ª fase da Operação Lava Jato, policiais federais cumprem 32 mandados judiciais Divulgação/Polícia Federal

Na 11ª fase da Operação Lava Jato, policiais federais cumprem 32 mandados judiciais Divulgação/Polícia Federal

Sete pessoas foram detidas na manhã desta sexta-feira (10) na 11ª fase da Operação Lava Jato, intitulada A Origem, que investiga desvios de recursos na Petrobras. Entre os presos estão os ex-deputados Luiz Argôlo, (SD-BA), Pedro Corrêa (PP-PE) e André Vargas (PT-PR).

Além deles, o irmão de André Vargas, Leon Vargas, a secretária de Argôlo, Elia Santos da Hora, Ivan Mernon da Silva Torres, e Ricardo Hoffmann, que é diretor de uma agência de publicidade, também serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.

Na nova fase da operação, cerca de 80 policiais federais cumprem 32 mandados judiciais: sete de prisão, nove de condução coercitiva e 16 de busca e apreensão nos estados do Paraná, da Bahia, do Ceará, de Pernambuco, do Rio de Janeiro e de São Paulo e no Distrito Federal. Também foi decretado o sequestro de um imóvel de alto padrão na cidade de Londrina, no Paraná.

De acordo com a PF, a atual fase tem como bases a investigação feita em diversos inquéritos policiais e a baixa de procedimentos que tramitavam no Supremo Tribunal Federal, apurando fatos criminosos atribuídos a três grupos de ex-agentes políticos, que abrangem os crimes de organização criminosa, quadrilha ou bando, corrupção ativa, corrupção passiva, fraude em procedimento licitatório, lavagem de dinheiro, uso de documento falso e tráfico de influência.

O órgão informou que a investigação abrange, além de fatos ocorridos no âmbito da Petrobras, desvios de recursos em outros órgãos públicos federais.

07h50

Reinaldo diz que herdou R$ 253 mi em dívidas e "cenário preocupante"

Governador apresentou resultado de auditoria realizada nas contas estaduais

Governador apresentou resultado de auditoria realizada nas contas estaduais

André Puccinelli (PMDB) deixou R$ 253 milhões em dívidas com fornecedores e gastos com pessoal, segundo o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que apresentou o resultado da auditoria na tarde de ontem na Governadoria. Ele destacou que o antecessor não deixou dinheiro em caixa para quitar os débitos. O tucano destacou que o cenário herdado foi de “desequilíbrio econômico e preocupante”.

No dia 1º de janeiro deste ano, segundo o governador, o Estado de Mato Grosso do Sul tinha R$ 301,753 milhões em caixa. No entanto, todos os recursos tinha destino carimbado, como compensação ambiental, Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da  Educação Básica) e Plano Previdenciário. Este dinheiro não poderia ser usado para outra finalidade.

Outro problema foi o não cumprimento de três das seis metas do PAF (Programa de Ajuste Fiscal), que poderia resultar na aplicação de multa de R$ 24.813.580,34. A penalidade não foi aplicada porque o Governo estadual assumiu uma dívida de R$ 34 milhões da gestão anterior e transferir para este exercício.

As metas não cumpridas foram superávit primário (as contas públicas registraram déficit em 2014); privatização, permissão ou concessão de serviços públicos, reforma administrativa e patrimonial; e despesas de investimento em relação a Receita Líquida Real.

Outro problema, apontado pela auditoria, é que R$ 410 milhões em empenhos foram cancelados e não liquidados. De acordo com o governador, o problema é que alguns serviços foram feitos e um novo levantamento está sendo realizado para apurar o que será, de fato, cancelado.

Dos R$ 253 milhões em débitos, R$ 143 milhões são valores descontados da folha dos servidores como os empréstimos consignados e a previdência, mas não repassados para os bancos e para a Ageprev (Agência Estadual de Previdência). Outros R$ 110 milhões são com fornecedores por serviços de manutenção e limpeza, contratos de publicidade, convênios terceirizados, entre outros. 

Ele disse que a herança de André vai comprometer o orçamento estadual deste ano.

Carol Muniz revela que foi atraída pelo poder do presidente da CBF

Carol Muniz,

Na tarde desta quarta-feira (8), um vídeo polêmico da ex-musa do Bahia, Carol Muniz, vazou nas redes sociais, no qual a loira aparece nua na cama com um homem. Aparentando não saber que está sendo filmada, a modelo faz supostas declarações sobre o ex-namorado, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero.

Nas imagens, quando questionada pelo homem que faz a filmagem, Carol Muniz relata que não gosta de homens que frequentam academia e afirma que ficou com ele (sem citar quem) apenas pelo poder.

"Na época, no início, o poder envolve você. O poder, o cara influente. O cara é presidente, poder, mulher tem muito essa coisa. Não gosto de homem academia, malhado, gosto de homem que eu admire. Ele é um cara muito inteligente. Não foi por dinheiro, foi pelo poder. O que me tentou foi o poder dele, a inteligência dele, é um cara respeitado, entendeu?!", diz a ex-musa do Bahia.

Por conta do vazamento da filmagem, Carol Muniz pode processar o autor do vídeo que não é identificado nas imagens. A reportagem tentou entrar em contato com a ex-musa tricolor, mas não obteve êxito.

Pátio do Defron superlotado é ponto de risco para dengue

Valéria Araújo
Amontoado de carros no pátio da polícia é risco de dengue
foto - Hedio Fazan Amontoado de carros no pátio da polícia é risco de dengue
foto - Hedio Fazan

Com estrutura precária, o pátio da Delegacia de Fronteira (Defron) de Dourados está lotado e não comporta mais veículos apreendidos. Com mais de 50 carros no terreno, a polícia deixa uma média de 30 expostos todos os dias em frente a unidade. No pátio, os veículos que estão há anos amontoados a céu aberto e que deveriam ter passado por leilões, geram risco de foco de dengue.

O local que foi improvisado para deixar os veículos é o canteiro da avenida Coronel Ponciano. A área é de grande fluxo de motoristas e os carros expostos revelam a fragilidade da estrutura da unidade e a necessidade de leilões mais frequentes para esvaziar o local.

O delegado titular da Delegacia de Fronteira, Venâncio Caputti diz que uma nova área para abrigar os veículos já está sendo cogitada pelo Governo do Estado. Ele também disse que em relação aos riscos de dengue, o local passou por inspeção recente e que vem sendo monitorado.

O delegado reconheceu o excesso de veículos expostos e alertou que leilões eletrônicos já estão previstos com o objetivo de esvaziar os pátios da delegacia. Segundo o delegado o processo de leilões para veículos inservíveis, enfrentam morosidade por conta das etapas obrigatórias previstas em lei que devem passar. De acordo com o delegado, o número excessivo de veículos está relacionado as apreensões e inquéritos que dobraram desde julho do ano passado.

Em Dourados, tanto a Delegacia de Fronteira como o Departamento de Operações de Fronteira dividem o mesmo prédio construído há 20 anos e que foi cedido para o funcionamento das atividades dessas forças policiais.

De acordo com o delegado, os policiais almejam a construção da nova unidade que tem recursos garantidos e uma área destinada para esta finalidade.

NOVA ESTRUTURA

A nova sede do Departamento de Operações de Fronteira e Defron, está orçada em R$ 6 milhões em investimentos. O projeto prevê área construída de 2.380 metros quadrados o que inclui serviços de heliponto, estande de tiros indoor, além de equipamentos de última geração e espaço para armazenamento de materiais apreendidos como veículos e drogas.

De acordo com o projeto, a estrutura será construída em área de 14,7 mil metros quadrados localizada às margens da MS-156 no Jardim Guaicurus, nas proximidades da BR-163 e BR-463, rodovias que dão acesso à Ponta Porã e Fátima do Sul. O terreno foi doado pelo Executivo Municipal.

Os recursos que vão custear as obras de construção são de emendas parlamentares destinadas pelos deputados federais Geraldo Resende (R$ 1 milhão) e Fábio Trad (R$ 1 milhão), além do então deputado Reinaldo Azambuja, hoje governador do Estado que destinou mais (R$ 1 mil) no Orçamento Geral da União de 2015. Com R$ 3 milhões provenientes de emendas parlamentares, que ainda precisam ser aprovadas no Orçamento Geral da União de 2015, o governador já assumiu o compromisso de destinar a contrapartida no mesmo valor, ou seja, outros R$ 3 milhões, o que garante R$ 6 milhões para custear o projeto.

Assim que as emendas forem aprovadas, o Estado pode iniciar os processos burocráticos para contratação da empresa que fará as obras.

Recentemente o comandante do DOF de Dourados, tenente-coronel Ari Carlos Barbosa, disse que a nova estrutura servirá para aumentar substancialmente a segurança nas fronteiras. Segundo ele, o DOF atua hoje em 51 municípios de Mato Grosso do Sul, sendo 44 na fronteira seca.

Ele explicou na ocasião que o DOF não tem sede própria e funciona em estrutura que não é pública, mas cedida pela Ong Salve (Sociedade Amigos da Liberdade, Vigilância e Esperança) em regime de comodato. A estrutura foi edificada no ano de 1994, com cerca de 1.100 m² de área construída e cedida ao Governo do Estado.

Segundo o coronel, a nova sede é um “sonho” de todos os policiais do Dof e da Delegacia da Fronteira (Defron), já que poderão atuar com mais qualidade. “A população é a maior beneficiada”, comemora, observando que torce para que os trâmites de construção sejam rápidos.

Dengue

Dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, 12 já estão enfrentando uma epidemia de dengue e mais 13 estão em alerta, segundo o último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Entre as cidades em alerta está Campo Grande com 846 notificações. Dourados, a segunda maior cidade do Estado, está com 63 notificações nos primeiros dois meses deste ano.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

RATOS NO LUGAR CERTO
Diversos
Servidor da Câmara soltou ratos e tumultou sessão da CPI (Divulgação, Luis Macedo, Câmara dos Deputados)Servidor da Câmara soltou ratos e tumultou sessão da CPI (Divulgação, Luis Macedo, Câmara dos Deputados)

Considerado o principal depoimento realizado até agora pela CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Petrobras na Câmara, a fala do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, começou em meio a um tumulto e bate-boca entre parlamentares.

Antes de Vaccari iniciar sua exposição com tom professoral, sobre doações partidárias, deputados da oposição articularam uma confusão para marcar a chegada do petista à CPI.

Logo após a entrada de Vaccari, cercado por seu advogado e uma dezena de parlamentares petistas para demonstrar força e apoio interno, um homem abriu uma caixa e soltou cinco ratos no plenário da CPI. O ato irritou petistas.

O autor foi identificado como o servidor Márcio Martins de Oliveira, está lotado no gabinete da segunda vice-presidência, controlada pelo deputado Giacobo (PR-PR). Ele é servidor comissionado, contratado por indicação política, ocupando a função de assistente de gabinete desde 9 de março e recebe salário mensal de R$ 2.300.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já determinou ademissão do servidor.

"Infelizmente tivemos um procedimento infeliz, mas já tomamos as providências. Quero deixar bem claro que nada nos impedirá de dar prosseguimento à reunião. Tivemos procedimento infeliz e nós vamos seguir com a oitiva do senhor Vaccari", disse o presidente da comissão, deputado Hugo Motta (PMDB-PB).

O deputado Jorge Solla (PT-BA) acusou o deputado delegado Waldir (PSDB-GO) de ser o responsável pelos episódio.

"Isso não pode passar despercebido. O deputado delegado deu a deixa para um comparsa soltar os ratos. Quero que isso conste na ata", disse o petista.

O tucano reagiu e eles bateram boca. "Acabei de ser acusado e quero que ele prove isso. Não estou armado aqui. Vou processar ele. Gostaria de estar com algema para prender bandidos aqui".
Os dois parlamentares trocaram gritos de "bandido é você".

O deputado Ricardo Izar (PSD-SP) solicitou para ficar com os animais. Segundo ele, foram soltos na CPI dois esquilos da mongólia, dois ratos cinzas e um hamster.

Relator da CPI, o deputado Luiz Sérgio (PT-RJ) reclamou do que chamou de "circo armado". "Quero deixar aqui minha insatisfação com a ação encomendada que depõe contra o parlamento. O circo armado mostra o nível que nos encontramos. Aqueles que reclamam da aprovação do governo, mas as pesquisas mostram que a aprovação do Parlamento é ainda pior. Este circo armado que depõe contra o parlamento, que é essencial à democracia e ao debate."

Vaccari está sendo processado por lavagem de dinheiro pelo Ministério Público Federal e é apontado por delatores do esquema de desvio de dinheiro da Petrobras como arrecadador de propinas de empresas contratadas pela estatal.

Na véspera do depoimento, Vaccari recorreu ao STF (Supremo Tribunal Federal) para ser liberado de dizer a verdade. O receio dos petistas era de que algum deputado tentasse dar voz de prisão ao tesoureiro, criando um fato político.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS - PDT DE AMAMBAI
Diversos

Governo amplia Caravana da Saúde e segue para região de Ponta Porã

programa prevê reestruturação dos serviços de saúde e redução de filas para exames e cirurgias (Foto: Foto: Chico Ribeiro)

    O projeto Caravana da Saúde, que disponibiliza atendimento médico para a população, vai estender seus serviços para 12 municípios da região de Ponta Porã e Amambai ainda neste mês. A declaração foi feita nesta tarde (7) pelo secretário estadual de saúde, Nelson Tavares, durante evento realizado na Governadoria, quando prometeu ainda, a ampliação dos atendimentos.

Segundo o secretário, o programa passa a atender com uma estrutura ainda maior do que a utilizada no município de Coxim, primeira cidade a ser atendida pelo projeto. Em Ponta Porã, o atendimento terá início no dia 30 de Abril, no Hospital Municipal da cidade. Durante este período, a caravana também realizará atendimentos simultâneos em unidade instalada no Hospital Municipal de Amambai.

A estimativa é que os atendimentos simultâneos nestes locais transcorram por um período de pelo menos dez dias. Ainda conforme declarações de Nelson Tavares, o governo optou por cancelar a realização de eventos nestes locais, para priorizar os atendimentos.

Conforme dados do governo, a estimativa é de que as cidades de Ponta Porã e Amambai, além dos municípios da região que serão atendidos, irão necessitar de um número maior de realização de exames do que consultas.

Além da ampliação do programa, o governo também prometeu continuar com investimentos na área de capacitação do pessoal da saúde. Parceiros como o Hospital Alfredo Abrãão também devem dar suporte nos serviços prestados pela Caravana da Saúde.

Caravana da saúde - O programa tem como objetivo a reestruturação dos serviços de saúde e redução de filas para exames e cirurgias em Mato Grosso do Sul.

O projeto Caravana da Saúde é um programa desenvolvido pelo Governo do Estado direcionado à reestruturação da rede de assistência de forma progressiva e priorizando as áreas de maior carência de atendimento. A estimativa é de que em suas 11 visitas, a Caravana realize cerca de 18 mil procedimentos no âmbito SUS, nas especialidades de Ortopedia, Oftalmologia, Urologia, Cirurgia Geral, Ginecologia e Urologia. Além de consultas odontológicas, tomografia computadorizada, raio-x, mamografia, exames para aferição da pressão arterial, glicemia, HIV, capacitação, palestras e gincanas.

 

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIAL
Diversos 21h19

Acidente de ônibus mata pelo menos 25 pessoas

Pelo menos 25 pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas depois do ônibus no qual viajavam bater contra várias árvores no centro de Bangladesh, informou à Agencia Efe uma fonte policial.

"Alguém falou para o motorista acelerar porque um veículo estava vindo rápido atrás dele. Achamos que ele perdeu o controle assim, mas não temos certeza porque não o encontramos até agora. Não sabemos se ele morreu ou se fugiu", explicou o superintendente da polícia da região de Kaibudi, Bijoy Basak.

Entre os 20 feridos, 15 foram levados a um hospital próximo ao local do acidente. O restante preferiu ser transferido para a capital Dacca para receber atendimento.

O ônibus, pertencente a uma empresa privada, ia de Dacca à cidade de Barisal, a cerca de 140 quilômetros ao sul da capital do país.

Os acidentes de trânsito são frequentes em Bangladesh, onde se misturam fatores como a má conservação das estradas, vários engarrafamentos e um comportamento imprudente dos motoristas.

R7

 

21h12

POR NÃO ACEITAR SEPARAÇÃO HOMEM MATA EX-MULHER A TIROS E EM SEGUIDA SE MATA

Um tragédia chocou a população de Santa Teresinha, a 202 km de Salvador, na tarde desta quarta-feira, 08/04. Paulo Ricardo matou a sua ex-esposa  Aline e em seguida tirou a própria vida.


Segundo informações, a  tragédia aconteceu dentro da Secretaria de Saúde da cidade. A arma usada no crime foi um revólver calibre 38. A mulher recebeu dois tiros e em seguida, o assassino detonou a própria cabeça. Ainda com vida foi levado ao Hospital Municipal mas não resistiu ao ferimento e foi a óbito.


Populares e amigos do casal informaram que o motivo do crime seria porque Paulo não aceitava o fim do relacionamento. Os corpos foram removidos para o Departamento de Polícia Técnica de Santo Antonio de Jesus.

 21h14

MÃE ADOTIVA ESPANCA FILHO DE 9 ANOS PORQUE ELE NÃO SABIA A HISTÓRIA DO PINÓQUIO

Estas são as feridas horrendas deixadas em um menino de nove anos de idade, pela sua mãe adotiva simplesmente porque ele não conseguia terminar a lição de casa por não saber a história do Pinóquio.

 

A polícia diz que o menino apanhou com uma barra de ferro, corda de pular e ainda levou chutes da sua mãe adotiva que tem cerca de 50 anos e foi presa por suspeita de abuso infantil depois que os professores da sua escola em Nanjing a denunciou.


Ela adotou o menino quando ele tinha apenas 6 anos e foi abandonado pelo seu primo, que deixou a criança acreditando que ele teria condições melhores de vida, mas infelizmente não foi isso que aconteceu! As fotos do menino extremamente ferido foram divulgadas na internet e o caso chocou o mundo.


O menino contou apavorado que sua mãe adotiva havia dado a surra quando ele não conseguiu responder algumas perguntas do livro infantil Pinóquio, que a professora tinha dado como lição de casa.


Agora ele está temporariamente de volta com seus pais biológicos e alguns psicólogos de Nanjing foram listados para oferecer apoio a criança!


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS DA NOITE
Diversos

André x Zeca de novo?

  • Ilustração Milton César/Midiamax Arquivo

    André x Zeca de novo?

 Você acreditaria em um novo embate André x Zeca na disputa pela Prefeitura de Campo Grande em 2016 como num replay do confronto histórico vencido pelo primeiro 20 anos atrás? Pois nas fileiras do PT regional há quem aposte nisso. E diz até que caso André vença de novo como em 1996, Zeca se credenciaria a virar governador dois anos depois como na primeira versão desse filme. Os personagens principais, até agora, asseguram que não serão candidatos. Vai vendo.

Choque na CPI

  • Fotos Roberto Higa/ALMS

    Beto relator e Paulo presidente da CPI: denúncias anônimas


 

 

O presidente da CPI da Energia, Paulo Corrêa (PR), e o relator Beto Pereira (PDT), foram questionados hoje por jornalistas na Assembleia sobre denúncias anônimas de que uma ONG ligada ao primeiro teria ganho um ônibus da Enersul (atual Energisa) e que o chefe de gabinete no segundo foi por quase três décadas funcionário da concessionária de energia elétrica atuando nas relações com o poder público. Correia alegou que a ONG que ajudou a fundar há 20 anos comprou o ônibus usado e teria recibo para comprovar. Beto Pereira, por sua vez, afirmou que seu chefe de gabinete Valter Bortoletto de fato trabalhou por 29 anos na Enersul e acabou demitido em janeiro e entrou com ação trabalhista contra a empresa, não havendo, portanto, qualquer ligação favorável do hoje servidor com seus antigos patrões. Para os deputados, o surgimento de tais denúncias seria consequência da "quebra de tradição" na composição da CPI.
 

Dilma abdica

  • Dilma e Temer: comando político do governo com o PMDB

    Dilma abdica

 

Do site jurídico Migalhas:
 
"7 de abril é conhecido no calendário histórico brasileiro como o 'Dia da Abdicação'. Com efeito, neste dia, em 1831, D. Pedro I, depois de enfrentar vários meses de angustiantes protestos, como a famosa 'noite das garrafadas', decide abdicar o trono em favor de seu primogênito, Pedro de Alcântara, depois D. Pedro II. No mesmo dia 7, o ex-imperador embarcou no navio inglês Warspite, deixando para sempre o Brasil. 
 
Ontem, também num 7 de abril, a presidente Dilma repetiu o gesto abdicatório, entregando o comando político do governo ao vice-presidente da República. Ao que se tem notícia, diferentemente de D. Pedro, não embarcou para lugar algum. Continua, pois, em solo pátrio.
 
Na falta de tu, vai Temer mesmo
 
A trapalhada governamental é de corar o mais inábil dos políticos. Entre idas e vindas, Dilma mostrou que o vice-presidente da República era uma segunda opção. E mais, nomeou alguém que ela não pode demitir. De fato, afora a atipicidade de pôr no comando político alguém estranho a seu partido, ela criou um problema eterno, pois o vice, como se sabe, não é demissível."
 

Só com fusão

  • Fotos Divulgação

    Antônio João e Marquinhos enquanto o PL não vem


 

Para uma eventual troca do PMDB pelo PSD onde poderia disputar a sucessão do prefeito Olarte em Campo Grande em 2016, Marquinhos Trad terá de esperar. Caso ingresse em partido já existente, o deputado pode perder o mandato para a sigla que o elegeu. Vai daí que a migração só poderá ser feita sem riscos, caso Gilberto Kassab consiga oficializar a criação do PL em tempo hábil para seus filiados disputarem as eleições do ano que vem e fundir a sigla com o PSD. Sobre o empresário Antônio João Hugo Rodrigues ter sugerido a Kassab seu nome e o do irmão Fábio para que comandem o PSD regional, Marquinhos me disse há pouco: "Recebo esse convite com muita alegria, principalmente partindo dele [Antônio João] que é ficha limpa e é um administrador competente e respeitado. Todavia, tenho de analisar as consequências da saída do meu partido para uma sigla já registrada no TSE. E o André já disse que se eu continuar dizendo que vou sair vai pedir meu mandato".

Canto de sereia

  • Roberto Higa/ALMS

    Marquinhos Trad não acredita em candidatura pelo PMDB


 

 

Antônio João propõe a Kassab que Fábio e Marquinhos Trad comandem o PSD em MS

  • Clodoado Silva/Correio do Estado Reprodução

    Kassab e Antônio João que quer ver os Trad no comando do PSD-MS

 

Depois de começar a semana anunciando no Facebook que deixaria a política, o empresário Antônio João Hugo Rodrigues, sócio acionista do Correio do Estado, entregou o comando estadual do PSD em encontro com o fundador da sigla e atual ministro das Cidades, Gilberto Kassab, e o presidente nacional da legenda, Guilherme Campos, em reunião ontem na sede do partido em Brasília. No encontro, o empresário propôs a Kassab e Campos que o PSD seja comandado em Mato Grosso do Sul pelo ex-deputado federal Fábio Trad e em Campo Grande pelo irmão dele, o deputado estadual e pré-candidato à prefeitura Marquinhos Trad (PMDB). Em matéria publicada hoje no diário do qual é sócio, AJ afirma:
 
– "Agora vem o Marquinhos (Trad) também, se Deus quiser, vou convidá-lo a vir para a legenda. Ele queria vir para o PSD, ele não pensava assim: quero ir para ser presidente de qualquer partido. Ele queria vir para o PSD. Agora ele tem a  chance de vir para comandar o partido em nível municipal e o Fábio (Trad), se aceitar, comandar o partido em nível estadual. Vai ser do jeito que eles acharem melhor. Os dois  são as minhas indicações para o Kassab, e o presidente Guilherme (Campos). Eles são políticos eleitorais, políticos da política, eu sou político ocasionalmente. De repente me chamam eu vou, arrumo,  ajudo. Entrei no PTB, fortaleci o partido. Depois sai do PTB. Agora no PSD fui para fundar o partido. Estou feliz”.
06h43

Dilma recebe prefeitos e diz que cortes no Orçamento de 2015 serão grandes

Dilma recebe prefeitos e diz que cortes no Orçamento de 2015 serão grandes

A presidente Dilma Rousseff disse hoje (8) a prefeitos, em reunião no Palácio do Planalto, que os cortes no Orçamento de 2105 serão grandes e que os municípios devem se preparar para a redução de recursos do governo federal. A informação é do presidente da Frente Nacional de Prefeitos e prefeito de Porto Alegre, José Fortunati.

“A presidente disse que temos que nos preparar. O Brasil de 2015 tem que ser olhado com muita atenção em função da contingência internacional, do momento que o Brasil atravessa e que certamente o contingenciamento será grande; nisso ela foi muito explícita”, disse Fortunati em entrevista após o encontro com Dilma, que durou quase três horas.

“[Ela] Não falou em percentuais, não deu dados, simplesmente disse para nos prepararmos, mas que o governo é parceiro para que, junto com os municípios, a gente possa encontrar caminhos para atender as demandas mais prementes do povo brasileiro”.

Além de Dilma, também participaram da reunião o vice-presidente Michel Temer e os ministros da Fazenda, Joaquim Levy, da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e do Planejamento, Nelson Barbosa.

Os prefeitos apresentaram as demandas dos municípios e ouviram de Dilma que o governo federal está aberto ao diálogo com as prefeituras. Segundo Fortunati, reuniões como a de hoje deverão se repetir periodicamente.

Um dos pontos discutidos nessa terça-feira foi a renegociação da dívida dos municípios com a União. De acordo com Fortunati, o ministro Joaquim Levy pediu prazo de 15 dias para que o governo consiga um acordo no Congresso sobre o projeto que altera o indexador da dívida de estados e municípios com o governo federal.

A lei foi sancionada pela presidente Dilma, mas ainda não foi regulamentada. Um projeto em tramitação no Senado quer retirar a necessidade de regulamentação e fazer a lei entrar em vigor. A votação da proposta foi adiada ontem (7), mas pode voltar à pauta ainda esta semana.

Segundo Fortunati, Levy concordou que os municípios devem recorrer à Justiça pela renegociação da dívida caso não haja acordo sobre a regulamentação da lei que muda o indexador dos débitos.

“Se esse prazo se estender, o governo concorda que os municípios devem entrar na Justiça para se resguardarem em relação ao cumprimento da dívida. Tem a concordância do ministro Levy de que, caso não haja um acordo no Congresso Nacional em um prazo diminuto, os municípios busquem o Judiciário para se resguardar. O ministro concordou, mas pediu prazo de 15 dias [para negociar]”.

O prefeito disse que os representantes concordaram com o prazo, mas esperam uma definição sobre a aplicação da lei que muda o cálculo das dívidas. “O que não podemos é ficar nesse período nebuloso onde não exista definição. Não podemos chegar ao ponto de postergarmos de forma indefinida ou termos todos que fazer como o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e apelar à Justiça para garantir que não haja asfixiamento dos municípios por causa da dívida”.

Ainda segundo Fortunati, durante a reunião, Dilma se comprometeu a apoiar os prefeitos na discussão no Congresso Nacional de um novo indexador para o reajuste do piso salarial dos professores.

“A presidente Dilma declarou que é favorável a uma renegociação no Congresso Nacional para que possamos buscar não o que gostaríamos – que é pelo índice de inflação – mas alguma medida intermediária que possibilite que os professores tenham um ganho salarial, mas que isso não venha a asfixiar os orçamentos dos municípios”, argumentou. Fortunati disse que, pelo atual cálculo atual, o reajuste pode chegar a 20%, com forte impacto nas contas de algumas prefeituras.

Além do prefeito de Porto Alegre, a Frente foi representada na reunião por mais onze gestores municipais, entre eles os prefeitos de São Paulo, Fernando Haddad, e de Belo Horizonte, Márcio Lacerda.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ACONTECEU
Diversos

Servidor do Tribunal de Justiça morre atropelado por caminhão no Anel Viário

O corpo da vítima apresentava sinais de pneus; motorista fugiu do local e não foi identificado

OSVALDO JÚNIOR9 de Abril de 2015 | 14h03
Acidente ocorreu no Anel Viário, na BR-163 
(Foto: Álvaro Rezende/Correio do Estado)
Acidente ocorreu no Anel Viário, na BR-163

O servidor do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Rivail Madureira de Castro, 53 anos, morreu às 13h30min desta quinta-feira nas proximidades do viaduto da saída para Três Lagoas, que dá acesso à BR-163, no Anel Viário de Campo Grande. A Polícia Rodoviária Federal (PRF), pelos indícios, acredita que a vítima que estava em uma motocicleta foi atropelada por um caminhão.

De acordo com as informações, havia marca de pneus sobre o corpo da vítima. O motorista do caminhão fugiu do local e não foi identificado.

Rivail trabalhava na biblioteca do Judiciário há anos e participava de grupo de motociclistas. 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1314 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Quinta, abril 23
· FATALIDADE
· DROGA
· GIRO POLICIAL
· POLITICA
· ISTO É INCRIVEL
·
· DIA DE SÃO JORGE
· DIA DO ESCOTEIRO
Quarta, abril 22
· AMAMBAI
· AVISO
· PEC
· ACUSAÇÃO
· POLICIA
· VOTO DISTRITAL
· DIPIRONA
· CPI
· BRASIL
· AMAMBAI: EM BUSCA DO NOVO
· PÉ DE SOJA SOLTEIRO
· SAUDE
· NOTICIAS DA MANHÃ
Terça, abril 21
· POLITICA
· PAULA & PAOLA
· FIQUE SABENDO
· NOTICIAS DA NOITE
· TORNADO
· 22 de Abril - Dia do Descobrimento do Brasil
· TIRADENTES
· POLICIAL
Segunda, abril 20
· DENGUE

 Calendario de Eventos
Abril 2015
  1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB