Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/correiod/public_html/index.php:1) in /home/correiod/public_html/mainfile.php on line 168
=:Correio da Fronteira:=

 Menu
 Inicio
 Registro
 Administrador
 Menu
 Torpedos
 Downloads
 Enquete
 Galeria de Fotos
 Seus Links
 Recomende-nos
 Internet_TV
 Artigos
 Internet_Radio3
 Publicações
 Conteudos
 Album
 Estatística
 Fale Conosco

· Procurar

 Radio On
Ouça Agora:
Nenhuma opção foi escolhida



<a href=''>Play Nenhuma opção foi escolhida</a>

Abrir em janela pop-up

 Previsão

 Visitas
Até o momento, recebemos
9610650
vizualizações de páginas (page views) desde July 2007

 Apoios:




NOTICIAS DIVERSAS
Diversos

08h32

Quer estudar no exterior? Veja dicas para redações das 'applications'

A estudante Marina SchonA estudante Marina Schon

Os estudantes que desejam entrar nas universidades estrangeiras encontram pela frente um processo seletivo bem diferente do brasileiro. Entre os componentes das applications (nome dado ao processo de admissão usado por algumas universidades do exterior), as redações aparecem como uma oportunidade para ver quais são as características do candidato.

Foi por meio da redação que Marina Schfor, 17, aluna do 3º ano do ensino médio, conseguiu uma bolsa integral para cursar ciências aplicadas, durante o mês de julho, na University of British Columbia (UBC), no Canadá.

"Escrevi sobre a ideia de um aplicativo que eu tinha para ajudar na economia de água durante o banho", conta Marina. O projeto não chegou a sair do papel, mas a maneira como Marina escreveu sobre ele vai levá-la ao Canadá.

Separamos três dicas dadas por Marina e pela especialista de carreira da Fundação Estudar Carolina Lyrio para as redações das applications:

1. Deixe claros seus interesses

"[A universidade] quer captar o seu perfil através de uma coisa super simples", explica Marina. "Pode ser qualquer pessoa escrevendo sobre o tema, mas você tem que mostrar como se diferencia", conta.

A inscrição de Marina tinha sido para o curso de ciências ambientais, mas a universidade sugeriu que ela mudasse para ciências aplicadas, após a leitura do texto. "Você tem que deixar clara a sua personalidade, mostrar pelo que você se interessa", afirma.

2. Conte suas experiências

Para Carolina Lyrio, a redação é muito importante para que as universidades entendam o estudante como ser humano. Pelo texto, o aluno consegue contar com a voz dele as experiências pelas quais passou.

"[As universidades] não estão procurando só um aluno, estão procurando alguém que vai entrar 100% naquele universo", explica Carolina. Portanto, a redação serve para ver se as características do estudante se adequam com o que a universidade procura.

Marina conta que é essencial buscar experiências além da sala de aula. "Procure fazer coisas fora do colégio. É importante expandir, não ficar preso à grade curricular. Pensar em projetos, trabalho voluntário, coisas que te diferenciem", afirma.

3. Planeje-se

Os processos de seleção das universidades estrangeiras começam em agosto, com a liberação dos temas das redações. O prazo termina no final do ano. "É essencial se planejar. O estudante pode usar estes quatro meses para trabalhar a redação e caprichar. Só não pode deixar para a última hora", afirma Carolina Lyrio

08h11

Jornalista recorre à Justiça para manter gravidez que exige uma injeção por dia

Karen nasceu de cinco meses e enfrenta o mesmo problema para dar luz ao primeiro filho (Foto: Facebook)Karen nasceu de cinco meses e enfrenta o mesmo problema para dar luz ao primeiro filho (Foto: Facebook)

A demora da justiça em viabilizar injeção à grávida de risco comoveu e mobilizou vários interessados em ajudar em custear o medicamento, que custa caro e deve ser aplicado até 45 dias após o nascimento. A jornalista Karen Andrielly, 29 anos, conta que é fruto de uma gestação de risco. Ela nasceu de 5 meses no interior do Mato Grosso e, pelo o que sua médica acredita, esta trombofilia gestacional tem 99% de chances de ser hereditária.

Agora, grávida, ela enfrenta o mesmo problema da mãe. No entanto, já venceu a primeira etapa em que o feto poderia não ter sido formado. No sexto mês (24 semanas), nesta etapa o risco é que a criança possa nascer prematuramente a qualquer momento. Por este motivo, Karen precisa aplicar na barriga uma vez por dia a injeção Clexane, que afina o sangue e fortalece a placenta impedindo um aborto prematuro. A jornalista já teve abortos em 2013 e 2014.

O medicamento já foi solicitado à Justiça, que determinou a aquisição e entregue à paciente. Segundo o prazo dado para que o município ou o Estado entregue a injeção, Karen corre risco de já ter dado à luz sem receber o auxílio do poder público.

Ela descobriu a trombofilia após ter feito 26 diferentes tipos de exames para descobrir o motivo dos abortos anteriores. E contou que não poderia engravidar agora, pois estava no meio de um tratamento para recuperar o útero, mas foi pega de surpresa e está tomando todos os cuidados para que vença mais esta etapa.

O tratamento exige a aplicação de uma injeção, que custa R$ 50, por dia. O tratamento deve ser feito por nove meses até depois do parto.

Sobre a doença - A trombofilia é um problema grave de saúde, que pode ser a causa de "abortos sem explicação". A doença precisa ser tratada o mais rápido possível. Se ignorada, pode trazer sérios problemas para a mãe e até causar a morte do bebê. O risco é que os coágulos obstruam os vasos sanguíneos, causando o entupimento das veias dos pulmões, coração e cérebro materno, como também obstruindo a circulação na placenta.

É importante que o ginecologista que acompanha a gestante conheça o histórico da paciente e faça um acompanhamento mais detalhado caso tenha história pessoal ou familiar de trombose ou tenha sido registrado mais de dois abortos

Miss envolvida em acidente passa por cirurgia

Keytianny foi submetida a uma cirurgia na coluna.

A miss Palmas 2013, Keytianny Alencar de Oliveira, de 26 anos, que sofreu um acidente na última sexta-feira (24) na BR-153 próximo a Gurupi, foi submetida a uma cirurgia de coluna na tarde desta quarta-feira (29), em Goiânia. As informações foram passadas pela prima da miss, Lanna Alencar, de 38 anos. O boletim sobre a cirurgia ainda não foi divulgado para família.


Keytianny foi transferida por uma Unidade de Terapia Intensiva Aérea na segunda-feira (27) para o Instituto Ortopédico de Goiânia. Ela estava internada em um hospital particular de Gurupi. A prima dela afirma que a miss está bem e respirando sem ajuda de aparelhos. A vítima saiu da UTI no sábado (25).


Ainda conforme Lanna, durante uma conversa com a prima, ela disse que o acidente aconteceu quando um caminhão foi ultrapassar outro caminhão e bateu de frente com o carro de passeio que a miss dirigia.


Por causa do impacto, Keytianny ficou presa às ferragens e precisou da ajuda do Corpo de Bombeiros para ser retirada do veículo.


De acordo com a prima, a família da vítima mora em Goiânia e ela está sendo acompanhada pela mãe, que não teve nome divulgado. Lanna disse ainda que a prima será submetida nesta sexta-feira (31) por mais duas cirurgias, uma no fêmur e outra em dois dedos do pé direito.


Lanna Alencar disse em entrevista, que a outra passageira que estava com a miss no veículo, Ananda Caroline Barreira Silva, 29 anos, teve uma hemorragia interna, mas não soube afirmar qual estado de saúde atual dela.


Acidente


O acidente que deixou a miss Palmas 2013 ferida aconteceu na noite da última sexta-feira (24), por volta das 21h, na BR-153, na altura do km 732 , próximo a Gurupi. Ela foi levada para o Hospital Regional de Gurupi após o acidente. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o carro de passeio em que as duas estavam bateu de frente com um caminhão.


A outra ocupante do veículo Ananda Caroline Barreira da Silva, também ficou ferida. O motorista do caminhão, Francisco Gonçalves, de 44 anos, não sofreu nenhum tipo de lesão.

Gêmeas dão à luz juntas e de parto normal em hospital

Joyce e Jéssica ficaram lado a lado nas contrações. 'Uma deu força à outra'.Meninas nasceram com 3 horas de diferença no domingo (26), dia da avó.


Jéssica, à esquerda, e Joyce deram à luz Valentina e Emanuelle no domingo (26) (Foto: Arquivo Pessoal)

Duas gêmeas idênticas, de 23 anos, deram à luz duas meninas na manhã deste domingo (26), na mesma sala de parto de um hospital da rede pública de Içara, no Sul de Santa Catarina. Emanuelle e Valentina, respectivamente filhas de Joyce Lino e Jéssica Lino, nasceram de parto normal, com intervalo de três horas. A família garante: nada foi planejado.

As irmãs contam que descobriram a gravidez na mesma época. Joyce, porém, estava duas semanas adiantada. “Estava já com 40 semanas e no sábado comecei a sentir uma dor bem fraquinha, nem estava dando muita importância. Então minha irmã me falou pelo celular que também estava sentindo dores. Aí contei pro meu marido que nós duas estávamos sentindo dorzinha”, conta Joyce, que é pescadora e vive em Içara.

Joyce e Jéssica engravidaram na mesma época
(Foto: Arquivo Pessoal)

As duas continuaram se falando por mensagem ao longo do dia. Quando as dores aumentaram, na noite de sábado (25), a família inteira foi para o Hospital São Donato. “Viemos em caravana”, conta o marido de Jéssica, o professor de educação física Luis Augusto de Moreira. “Chegamos todos juntos. A gente não acreditava que elas fossem nascer juntas, foi um fato inédito”, lembra o motorista Jorge José Bezerra Júnior, marido de Joyce.

As irmãs foram levadas para a mesma sala e ficaram lado a lado durante o trabalho de parto, que atravessou a madrugada. “A Jéssica estava sentindo mais dor. Eu quase fui liberada para voltar para casa, mas fiquei para dar apoio a ela e acabou que minha filha nasceu antes”, conta Joyce.

Juntas no trabalho de parto

Durante o trabalho de parto, elas contam que deram apoio uma à outra. “Mas não falávamos muito, estávamos desnorteadas de dor”, lembra Joyce, que teve o primeiro filho, hoje com 6 anos, de cesariana. “Eu estava muito ansiosa”.

Em meio às fortes contrações, Jéssica viu Joyce dar à luz Emanuelle às 8h de domingo. “A hora em que ela nasceu, acelerou meu processo, que estava demorando”, conta Jéssica. Às 11h, nasceu Valentina. Desde então, as duas viraram atração na maternidade. “Toda hora vem alguém no quarto querendo saber das gêmeas que tiveram neném”, diverte-se Joyce.

As crianças também nasceram praticamente do mesmo tamanho. “A minha nasceu com 2,8 kg e 48 centímetros. A da Joyce, com 2,7 kg e 47 centímetros”, conta Jéssica. O avô paterno de Valentina, Vilmar Moreira, garante que as primas são bem parecidas, assim como as mães. “São idênticas, só muda a boquinha”.

De acordo com o hospital, as crianças nasceram da maneira mais natural possível e não foi necessário usar nenhum método de indução.

Presente duplo para a avó

As coincidências não param por aí. As meninas também nasceram no dia da avó. “Voltei no tempo, relembrei o dia que ganhei as duas, de parto normal, e nem sabia que eram gêmeas”, conta a funcionária pública Clenir Lino Borges, mãe de Joyce e Jéssica. “Acho que Deus ia mandar gêmeas para uma delas, mas resolveu dividir”, acredita a avó.

Clenir, mãe das gêmeas, ganhou presente duplo no dia da avó em Içara (Foto: Lucas Lemos/Hospital São Donato)

As gêmeas, que até amamentam ao mesmo tempo, devem receber alta até esta terça (28). Mesmo morando em cidades diferentes – Jéssica mora com o marido e a mãe no município vizinho de Balneário Rincão, elas garantem que as primas devem crescer juntas. “Espero que sejam como eu e a Joyce, sempre unidas”, diz Jéssica.

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FESTIVAL
Diversos 08h05

Festival de Inverno de Bonito começa nesta quinta com entrada franca

Almir Sater será uma das atrações do Festival de Inverno de Bonito - Foto: DivulgaçãoAlmir Sater será uma das atrações do Festival de Inverno de Bonito - Foto: Divulgação

Um encontro envolvente para turistas, moradores e comunidade artística. O merecido destaque para os talentos de Mato Grosso do Sul e a população bonitense tornando-se protagonista e anfitriã do evento. É com esta nova diretriz que o FIB (Festival de Inverno de Bonito) chega a sua décima sexta edição entre hoje e o próximo domingo, dias 30 de julho e 2 de agosto. Ao contrário dos anos anteriores, em 2015 todas as atrações do festival terão entrada franca.

A programação reúne em quatro dias de evento 180 artistas, sendo 135 do próprio Mato Grosso do Sul e 45 de outros estados brasileiros. São músicos, escritores, artistas plásticos, artesãos, atores, dançarinos, pensadores e profissionais de diversas áreas que irão se dividir em aproximadamente 50 atrações artísticas, entre shows, peças, concertos, performances, seminários e debates. O festival ainda terá oficinas e atividades especiais para crianças e adolescentes. O público vai encontrar um ambiente sensível e harmônico para comungar e se nutrir de arte.

A diversidade de estilos estará presente nos shows musicais. No primeiro dia do evento, Almir Sater vai dividir o palco com os amigos Renato Teixeira e Sérgio Reis, em um show inédito ainda em Mato Grosso do Sul, em que os três artistas referências da música popular brasileira se unem para cantar juntos os grandes clássicos das respectivas carreiras. Mas são várias as vertentes musicais que irão passar pelo palco da Praça da Liberdade, como o moderno maranhense Zeca Baleiro, o som misturado do paulistano Curumin e sertanejo da dupla sul-mato-grossense Patrícia e Adriana. Não vai faltar ainda a banda Chá Noise, representantes da nova geração de músicos de MS, o quarteto fantástico da música regional (Dino Rocha, Guilherme Rondon, Paulo Simões e Celito Espíndola) unidos no Chalana de Prata e o maior representante da música paraguaia em solo sul-mato-grossense, o cantor Victor Hugo de La Sierra, que se apresenta ao lado do filho e da neta no fronteiriço Canto Guarani.

A cantora Delinha, que se apresenta com sua banda no primeiro dia do festival, será uma das homenageadas deste ano. Prestes a completar 79 anos e com mais de cinco décadas de carreira, a “Lua da música sertaneja brasileira” vai relembrar os sucessos que compôs ao lado do saudoso parceiro Délio. Juntos, formaram a dupla germinal da música de Mato Grosso do Sul ainda no final dos anos 1950. Dona de uma voz potente e com mais de 200 composições gravadas, Delinha segue firme na carreira solo e, como a matriarca da cultura de MS, merece a homenagem do FIB nesta edição. A outra homenageada é a saudosa atriz Janaína Menezes, falecida em 2010 e que se destacou como um dos maiores talentos das artes cênicas nascidos em Bonito. Assim como o brilho contagiante de Janaína será relembrado no festival, outros “prata da casa” terão espaço para mostrar a sua arte. O cantor Kalú e o trio Kuery Porã são a prova de que o solo bonitense produz artistas de gabarito, o que será comprovado pelo público em suas respectivas apresentações.

Exposições de artesanato e artes plásticas também irão destacar o talento dos artistas que produzem na cidade de Bonito, como Alessandra Mastrogiovanni, Barbosa Junior, Beto Marson e Shoitchi Yamada. Destaque para a legítima bonitense, a artista plástica Buga, que na elogiada exposição “Comitiva Pantaneira” cria a sua versão para esta centenária tradição cultivada nos campos do cerrado e invernadas pantaneiras. A programação do festival mergulha ainda mais profundamente nas artes plásticas de Mato Grosso do Sul com a exposição “Pantanal e Sua História nas Artes Plásticas Sul-mato-grossense”, com curadoria e acervo do Professor Gilberto Luiz Alves. São mais de 70 obras que revelam a riqueza das artes plásticas do estado e levam o público a compreender de que maneira a região pantaneira influenciou o trabalho de nomes expressivos como Ilton Silva, Humberto Espíndola e Jorapimo.

As peças teatrais apresentadas na Praça da Liberdade também irão proporcionar uma interação intensa entre plateia e atores. O clássico “O Santo e A Porca”, por exemplo, do mestre Ariano Suassuna vai ganhar versão sul-mato-grossense da Cia. Fulano di Tal. O espetáculo sem palavras “Bebê a Bordo” tem um que do genial Charles Chaplin, com Anderson Lima vivendo um palhaço andarilho com um grande desafio pela frente. É o festival unindo o teatro erudito e o popular, seguindo o objetivo de criar uma programação emocionante, com um novo foco, aflorar sentimentos. É o que faz os visitantes do Distrito Federal, a trupe do Coletivo Instrumento Ver, que irá montar em solo bonitense suas estruturas especiais para aparelhos aéreos em um espetáculo cativante de 40 minutos com acrobacias e números divertidos para todas as idades.

Para qualquer faixa etária também é a apresentação do Camalote. O grupo sul-mato-grossense de danças tradicionais traz para o festival um espetáculo vibrante, que atrai o público pelo figurino com estampas pantaneiras e uma trilha sonora gostosa para bailar, a base de muita ciranda, catira, siriri, polca e chamamé. A magia da música também estará presente. O maestro Eduardo Martinelli vai comandar a Orquestra Prelúdio, formada por um grupo de músicos clássicos que atuam em Mato Grosso do Sul. Juntos, eles irão interpretar os grandes clássicos da música erudita.

Durante o FIB vai acontecer oficinas de skate com o Coletivo VivaRua, de grafite com Guto Naveira e de dança de rua com Marcos Mattos e Lívia Lopes. Os alunos irão apresentar no final do festival o que aprenderam nas oficinas, seguindo a nova orientação do FIB de levar informação e cultura para a população envolvida com o festival. O debate de ideias e experiências também terá espaço na décima sexta edição do Festival de Inverno de Bonito.

Um seminário de economia criativa vai reunir no festival importantes pensadores e personalidade envolvidas com o assunto, de suma importância para entender a cadeia produtiva da cultura. Em dois encontros com palestras e roda de conversa, autoridades e envolvidos com o meio cultural irão refletir de que maneira economia e cultura devem caminhar juntas. A experiência de 20 anos do Conselho Municipal de Turismo de Bonito (COMTUR) e a Rota Pantanal Bonito são assuntos que também serão debatidos.

Em 2015, o público infantil ganhou uma atenção especial no FIB. Haverá várias atividades para as crianças envolvendo literatura, artes plásticas e cultura em geral. Os baixinhos também poderão assistir o “Cinemagia 3D”, um local aconchegante em que crianças irão acompanhar o curta ‘S.O.S Planeta Terra’, que enfoca os efeitos da influência que o homem exerce sobre o meio ambiente. Para fechar com chave de ouro a programação o festival proporciona ao público o contato com o espetáculo cênico musical “Crianceiras”. Concebido pelo músico Márcio De Camillo a partir da obra poética de Manoel de Barros, o musical circula pelo país desde 2012 e contabiliza mais de 100 apresentações, sendo visto por aproximadamente 120 mil pessoas. O espetáculo cênico-musical mistura poesia, música, dança, imagem, ação e movimento em uma encenação delicada e bela para todas as idades.

A realização do Festival de Inverno de Bonito (FIB) é da Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei) e do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA MANHÃ
Diversos

Executivo preso na Lava Jato é vice-almirante da Marinha

Othon Luiz da Silva comandou programa secreto de enriquecimento de urânio

Preso na manhã desta terça-feira (28) durante a 16ª fase da Operação Lava Jato, o diretor-presidente licenciado da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva, é vice-Almirante da Marinha, posto mais alto para engenheiros navais.

Engenheiro naval, mecânico e nuclear, ele é o fundador e responsável pelo Programa de Desenvolvimento do Ciclo do Combustível Nuclear e da Propulsão Nuclear para submarinos da Marinha. O programa levou ao desenvolvimento de centrífugas de enriquecimento de urânio que, atualmente, produzem parte do combustível das usinas nucleares de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

Os detalhes do programa comandado por Othon foram mantidos sob sigilo de Estado durante a ditadura militar brasileira. Em 1994, ao completar 55 anos, o oficial se aposentou da Marinha e abriu uma empresa de consultoria para projetos na área de energia.

Em 2005, durante o primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o vice-Almirante assumiu a presidência da Eletronuclear, subsidiária da Eletrobras.

Foi sob a gestão de Othon da Silva que as obras da usina de Angra 3 foram retomadas, após duas décadas do início da construção. Ele foi afastado do cargo em abril deste ano, quando surgiram denúncias de pagamento de propina a dirigentes da empresa.

Durante as investigações da Lava Jato, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal

(MPF) encontraram indícios de pagamentos de propina para dirigente da Eletronuclear, feitos pelo consórcio de empreiteiras Angramon e pela Engevix, de acordo com os investigadores.

Segundo investigações, a Engevix e as empresas que fazem parte do consórcio – Andrade Gutierrez, Odebrecht, Camargo Corrêa, UTC, Queiroz Galvão, EBE e Techint – pagaram vantagens indevidas ao então diretor-presidente da Eletronuclear em contratos de 2009, por meio de empresas intermediárias. A Polícia Federal e o procurador federal Athayde Ribeiro Costa afirmaram que o dirigente recebeu R$ 4,5 milhões em propina.

Governador veta projeto que previa transparência financeira do Detran

Reinaldo Azambuja argumentou que as informações já constam no Portal da Transparência do Estado

O governador Reinaldo Azambuja, do PSDB, vetou o projeto que previa o acesso às informações provenientes da arrecadação e da destinação de receitas públicas no Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul. O projeto é de autoria do deputado estadual Cabo Almi, do PT.

Na mensagem encaminhada a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, sobre o veto, Reinaldo diz que apesar de existir a Lei que dá direito ao acesso à informação, as informações solicitadas pelo parlamentar estão disponíveis no Portal da Transparência, por esta razão, a proposta apresenta inconstitucionalidade formal.

"À vista do exposto, com amparo na manifestação da Procuradoria-Geral do Estado, não me resta alternativa senão a de adotar a dura medida do veto total,contando com a compreensão e a imprescindível aquiescência dos Senhores Deputados para sua manutenção", declarou ao final da mensagem.

Com isso, o Projeto de Lei volta para a Assembleia para apreciação dos deputados estaduais que podem decidir pela manutenção ou derrubada do veto. 

07h58

Aposta única leva o prêmio de R$ 46 milhões da Mega-Sena
G 1
G 1

Uma aposta de São Paulo acertou as 6 dezenas do sorteio do concurso 1.727 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira, dia 29 de julho, em Osasco (SP) e levou um prêmio de R$ 46.391.009,23.

Veja as dezenas sorteadas: 04 - 06 - 19 - 20 40 - 41.

A quina teve 122 acertadores, que levaram prêmio de R$ 37.224,08 cada um. Além disso, houve 8.814 ganhadores na quadra, que rendeu R$ 736,05.

Para apostar

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

 

 

Presidente da Assomasul critica prejuízo de 26% em repasse do FPM às prefeituras

Juvenal Neto (PSDB), a baixa receita verificada nos últimos meses deixa um sinal de alerta para os gestores públicos. (Foto: Edson Ribeiro/ Divulgação)

O FPM (Fundo de Participação dos Municípios), fechou o mês de julho com 26% de prejuízo às 79 prefeituras de Mato Grosso do Sul, em comparação aos valores transferidos em junho pelo governo federal.

Segundo a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o prejuízo entre um mês e outro representa mais de R$ 21,5 milhões. Em julho as prefeituras dividiram um total de R$ 61.388 milhões em FMP, enquanto em junho o valor transferido foi de R$ 82.904 milhões.

Para o presidente da entidade, Juvenal Neto (PSDB), a baixa receita verificada nos últimos meses deixa um sinal de alerta para os gestores públicos. “As prefeituras estão falidas e não têm como pagar as contas porque o governo federal cria programas e não indica de onde tirar dinheiro”, diz.

Em comparação a maio, o acumulado dos meses de junho e julho despencou 36%. Segundo as contas da Assomasul, a queda do FPM no mês de junho em comparação a maio foi de 10%, quando o bolão atingiu R$ 92.386 milhões.

Segundo Juvenal, a crise sentida pelas prefeituras nos últimos anos chegou à casa do cidadão. “Está cada vez mais grave e os prefeitos pedem que a reformulação do pacto federativo seja levada adiante no Congresso Nacional”, acrescenta.

Mobilização - Na próxima quarta-feira (5) prefeitos se reúnem em Brasília para participar da “Mobilização Permanente”, organizada pela CNM, a fim de pressionar o governo federal por mais recursos.

O decréscimo registrado no mês atual preocupa os prefeitos, ao mesmo tempo em que reforça a campanha que a Assomasul irá lançar no próximo dia 10, onde as prefeituras prometem fechar às portas em protesto a crise econômica pela qual estão passando.

Os prefeitos darão continuidade a campanha publicitária em seus municípios, com faixas e cartazes explicativos. A ideia é mostrar a responsabilidade de cada ente federado (governo federal, governo estadual e municípios).

Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CAFE AMARGO
Diversos

Advogado de Giroto acusa PF, estranha 'vazamentos' e afasta delação premiada

José Valeriano afirma que até o momento não conseguiu ter acesso aos autos do processo

O advogado José Valeriano, que defende o ex-secretário do Ministério dos Transportes, Edson Giroto, revelou ao TopMídia News que está com dificuldade em obter os documentos sobre o inquérito para defender o cliente. Segundo ele, a Polícia Federal estaria criando 'uma política de obstrução' para que advogados não tenham acesso aos documentos.

"Estou com uma advogada há dias lá na Polícia Federal para que eu possa fazer a defesa do meu cliente. Eles liberaram até agora só para a imprensa, que ligam perguntando sobre o processo e fico impedido de falar porque não sei o conteúdo do processo. Até agora ainda não tive acesso a ele", revela indignado.

Valeriano explica que o vazamento de informações para a imprensa sobre a Operação Lama Asfáltica tem o objetivo de 'tumultuar o processo'. "Resta saber sobre a que interesse. Ou qual é o interesse político que está por trás disso. O meu cliente não foi indiciado e nem denunciado no caso".   

A defesa ainda alega que, no dia em que a Operação Lama Asfáltica foi deflagrada pela Polícia Federal, computadores foram levados pelos agentes da Polícia Federal da casa de Giroto.

"Eles entraram na casa dele e levaram quatro notebooks. Isto é o que eu sei e até agora estou sem acesso ao inquérito. O que eu fico sabendo é o que sai pela imprensa e fico até perguntado para quem me liga o que tem mais neste processo que todo mundo já teve acesso, menos a defesa", finaliza.

Ao ser indagado se a defesa tentaria a delegação premiada de Giroto para colaborar com as investigações, Valeriano afirmou que a pergunta 'não teria cabimento' e reafirmou que o seu cliente não foi denunciado e nem indiciado no processo.

Durante a investigação da Operação Lama Asfáltica, Giroto foi flagrado em escutas telefônicas intermediando a sub-contratação da Proteco, de João Amorim, para a realização do Aquário do Pantanal. O ex-candidato a prefeitura de Campo Grande também aparece em supostas fraudes em contratos na pavimentação da MS-430 e na revitalização das avenidas Duque de Caxias e Ludio Martins Coelho, além de outras licitações investigada pela Polícia Federal. 

 

Empresário era considerado ‘novo Amorim’ com ascensão de núcleo Trad

André Luiz dos Santos se relacionava com Amorim, mas se referia a ele de forma pejorativa

O empresário André Luiz dos Santos, mais conhecido como ALS, foi considerado pela PF (Polícia Federal) como o sucessor do empreiteiro João Krampe Amorim, pivô da Operação Lama Asfáltica, em uma possível ascensão da família Trad ao poder.

Conforme documentos obtidos pelo Top Mídia News, o empresário até se relaciona com o atual ‘imperador’ das obras públicas em Mato Grosso do Sul, mas se refere a João Amorim de formas pejorativas como “cara do Extra” e “bandido”, entre outros nomes.

De acordo com o relatório da PF, “a maior parte de suas ligações parece refletir falcatruas e conchavos políticos. Declaradamente participa de esquemas fraudulentos, principalmente em Corumbá/MS”.

André teria um bom relacionamento com o empresário Carlos Clementino, proprietário da Engepar Engenharia e Participações Ltda., que mantém diversos contratos com as prefeituras de Campo Grande e Corumbá, e é um dos principais doadores de campanha da família Trad.

Entre as obras tocadas pela Engepar estão a edificação da UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Bairro Tiradentes na Capital e a construção de 338 unidades habitacionais em Corumbá. Alguns dos contratos somam mais de 13 aditivos e ultrapassam os R$ 10,8 milhões.

Também relacionado a André, estaria o empresário José Laureano Ribeiro, dono da rede de postos de gasolina Trokar Postos e Serviços Ltda. Em conversa interceptada pela PF em 28 de abril de 2014, às 12h50, o empresário pergunta a José Laureano se ele conseguiu acertar o pagamento do “bandido” que, segundo as investigações, seria João Amorim.

Conforme o inquérito civil nº 67/2009, iniciado pela 34ª Promotoria de Justiça do Meio Ambiente da comarca de Campo Grande, André Luiz dos Santos comanda as empresas A. L. dos Santos & Cia Ltda., e Transportadora Fretão Ltda.

Na ocasião do inquérito, o MPE (Ministério Público Estadual) investigava a ocorrência de danos ambientais decorrentes da atividade de extração de areia na BR 163, em Campo Grande, sem licença, autorização ambiental ou contrariando as normas legais.

Núcleo Trad

O núcleo Trad é composto pelo deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), o ex-deputado federal Fábio Trad (Sem Partido) e o ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), sendo o último citado em diversos trechos das investigações.

Conforme a PF, Nelsinho teria recebido pagamentos ilícitos da organização criminosa liderada por João Amorim, que também é seu ex-cunhado, e recebeu diversas doações de campanha de empresas investigadas pela Operação Lama Asfáltica.

Operação Lama Asfáltica

O nome da operação faz referência a um dos insumos utilizados em obras com indícios de serem superfaturadas identificadas durante as investigações. Durante o cumprimento de mandados e apreensão na casa dos envolvidos, a polícia apreendeu documentos, uma obra de arte e mais de R$ 747,9 mil, em moedas nacionais e estrangeiras. 

Entre os contratos com indícios de fraude aparecem as licitações para a pavimentação da MS-430, que liga o município de São Gabriel do Oeste a Rio Negro, o aterro sanitário de Campo Grande, o Aquário do Pantanal e as Avenidas Lúdio Coelho Martins e Duque de Caxias

Os suspeitos teriam cometido os crimes de sonegação fiscal, formação de quadrilha, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, corrupção ativa, corrupção passiva e fraudes à licitação.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

TIRANDO DUVIDAS
Diversos 10h16

Não depilar é falta de higiene? Entenda a relação com doenças e cheiro forte

Depilar-se ou não é uma questão pessoal. Você não precisa se sentir na obrigação de eliminar seus pelos nem de deixá-los ao natural. Mas antes de tomar uma decisão, que tal desbancar o mito de que se depilar é questão de higiene?

Pelo dá mau cheiro? 

Existem dois fatores que podem causar odores fortes na região íntima e nenhum deles está ligado à presença dos pelos.

O primeiro está relacionado a infecções causadas por vírus, fungos e bactérias. Esses micro-organismos podem mudar acor e cheiro do corrimento, causando odor forte.

A segunda causa é a falta de higiene. Em todo o corpo, as células mortas são descamadas. Na vulva, uma área úmida, elas tendem a se acumular entre os pequenos e grandes lábios. Junto com a oleosidade natural da pele, elas formam o esmegma, uma secreção branca que gera odor forte se não for retirada.

Secreções acumuladas nos pelos 

Isso só acontecerá se o volume de corrimento estiver muito aumentado, caso contrário a secreção normal ficará entre a saída da vagina e a calcinha. Se a sua secreção for naturalmente volumosa, uma boa ideia é deixar os pelos aparados, garantindo que a secreção não se espalhe.

Mau cheiro durante a menstruação 

O fluxo da menstruação pode se espalhar pela vulva e se acumular nos pelos, o que deixa um odor característico. A depilação, nesse caso, ajuda na hora de fazer a higiene íntima, mas não é indispensável. Usar coletor menstrual ou absorvente interno são boas estratégias para manter o sangue concentrado em um só lugar. Lencinhos umedecidos também quebram um galho. Mas lembre-se: o ideal é conversar com o ginecologista para descobrir qual a melhor alternativa para você.

Doenças 

Fazer depilação não tem correlação comprovada com prevenção de doenças. Ao contrário, alguns estudos já mostraram que remover os pelos pubianos aumenta as chances de contrair uma Doença Sexualmente Transmissível (DST). Isso acontece porque as pequenas lesões deixadas pela 'puxada da cera' ou mesmo pela gilete facilitam a entrada de micro-organismos no corpo.
Um desses levantamentos, publicado pelo periódico Journal of Sexually Transmitted Infections, investigou a relação entre depilação íntima e aparecimento de molusco contagioso, uma infecção viral que causa pequenas verrugas na pele.

Para isso, eles perguntaram a 30 homens e mulheres infectados com o vírus se eles haviam se depilado. Como resultado, encontraram que 93% havia usado cera ou gilete para retirar os pelos.
Um estudo de caso australiano contou a história de uma jovem que teve uma grave infecção por herpes e estafilococos depois de uma depilação íntima com cera. Febre, hepatite e corrimento purulento foram alguns dos sintomas da infecção

Por último, médicos têm observado que a incidência de pediculose pubiana, comumente chamado de “chato”, tem diminuído. A possível causa seria a eliminação dos pelos, que se tornou comum nas últimas décadas.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIM DE TARDE
Diversos

Pensando em 2016, siglas iniciam peregrinação por municípios de MS

Desafio é superar crise e devolver unidade às cúpulas

Jéssica Benitez

Após sofrerem derrotas seguidas nas últimas eleições para Prefeitura de Campo Grande e Governo de Mato Grosso do Sul e em meio a uma das maiores crises políticas do Brasil, PT e PMDB já iniciaram peregrinação pelo Estado para tentarem virar o jogo em 2016. Outro

desafio é recuperar unidade dos correligionários e evitar debandada, caso a janela eleitoral seja aberta. A medida, que ainda não passou pelo Senado, permite que políticos façam migração sem perder mandato.

A cúpula petista está há dois meses mapeando os municípios para saber em quais poderão lançar candidatos próprios ou firmar aliança. Já o PMDB deve iniciar convenções municipais no próximo dia 6. A intenção é praticamente a mesma: passar por cidades com potencial eleitoral.

Segundo o presidente regional do PT, prefeito de Corumbá Paulo Duarte, primeiro será feito diagnóstico em cada região, depois os diretórios municipais serão consultados e, por fim, os nomes em potencial serão colocados definir o representante da sigla nas urnas.

“O mapeamento não está concluído ainda, mas servirá de base para discussão que será feita necessariamente em todas as direções”, contou. Não há prévia do levantamento, porém Duarte confirmou que em Campo Grande os nomes são os do deputado federal Zeca do PT, do deputado estadual Pedro Kemp e do presidente da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado) Ricardo Ayache.

Sobre os rumores de que o médico deixaria o PT, ele disse não existir pedido algum. “Eu conversei pessoalmente com o Ayche na semana passada e não tem decisão alguma neste sentido. Ele não demonstrou nada neste sentido”, garantiu

O dirigente regional do PMDB, deputado estadual Junior Mochi, contou que na próxima semana a executiva deve se reunir para debater sobre as análises feitas em cada município. As amostragens servirão de termômetro para escolha dos candidatos a prefeitos e vereadores. “No fim de semana terminamos de receber as pesquisas que encomendamos. Veremos cada cenários e os nomes possíveis para disputa”, explicou.

As convenções dos diretórios municipais começam no próximo dia 6 e vão até 23 de agosto. A data para Campo Grande ainda não foi definida. Nem mesmos os nomes que podem ser lançados ao pleito de 2016.

Empreiteiro diz que passou lista de doação ao PT para operador de propina

O depoimento não deixa claro em que ano foi feita as doações

O vice-presidente da Engevix Engenharia Gerson de Mello Almada revelou aos investigadores da operação Lava Jato que encaminhou uma lista indicando políticos do PT para receberem doação da empresa ao lobista Milton Pascowitch, apontado como operador de

 propinas da empreiteira e que decidiu fazer acordo de delação premiada na Lava Jato. O empreiteiro, contudo, disse não se recordar se a doação aos políticos da sigla foi abatida das "comissões" que ele devia a Pascowitch.

"Que a lista refere-se a uma doação feita ao Partido dos Trabalhadores, tendo o declarante (Gerson Almada) nominado os candidatos que gostaria de verem beneficiados com parte dos recursos; que essa lista foi entregue a Milton Pascowitch, tratando-se a doação no valor de R$ 400 mil feita de forma espontânea", relatou o executivo à Polícia Federal, em depoimento no dia 1º de abril de 2015.

Ele indicou ainda que o dinheiro foi repassado para as campanhas dos parlamentares Vicente Cândido, Maria do Rosário, "Mirian" (que o depoimento não identifica), os deputados estaduais do PT Rio Grande do Sul Altemir Tortelli, Marcos Daneluz e Nelsinho Metalúrgico, além dos irmãos Nilto Tatto e Enio Tatto, deputado federal e deputado estadual por São Paulo, respectivamente. O depoimento não deixa claro em que ano foi feita as doações, mas todos os parlamentares citados conseguiram ser eleitos no ano passado.

Réu na Lava Jato acusado de integrar o núcleo empresarial que cartelizava as licitações da Petrobras e pagava propina para diretores da estatal indicados por partidos políticos, Gerson Almada decidiu colaborar espontaneamente com as investigações, mesmo sem ter firmado um acordo de colaboração premiada.

Acusado de operar pagamentos de propina para a empreiteira Engevix, Pascowitch é dono da Jamp Engenheiros e pagou R$ 400 mil do imóvel comprado por José Dirceu, onde funcionava a sede da empresa de consultoria do ex-ministro da Casa Civil (governo Lula), em São Paulo, a JD Assessoria e Consultoria Ltda.

Preso em abril na sede de Polícia Federal, em Curitiba (PR), base da Lava Jato, Pascowitch tem vínculos apontados nos autos da Lava Jato com o PT e o esquema de propinas na Petrobrás por intermédio do ex-diretor de Serviços Renato Duque e o ex-gerente de Engenharia Pedro Barusco. O lobista decidiu colaborar com as investigações e firmar um acordo de delação premiada em junho. Com isso, ele deixou a prisão e passou a utilizar tornozeleira eletrônica.

Investigadores acreditam que Pascowitch pode colaborar com as novas frentes de apuração, em especial na área de navios e sondas do pré - sal e também os esquemas de consultorias de ex-políticos e agentes públicos, como José Dirceu e Renato Duque.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA HORA
Diversos

MPE investiga gastos de publicidade de Puccinelli após denúncia

O Ministério Público Estadual (MPE) decidiu abrir inquérito para investigar os gastos da área da publicidade do ex-governador André Puccinelli (PMDB), após denúncia feita pelo deputado federal Zeca. . A abertura da investigação foi publicado ontem, no Diário Oficial do Ministério Público.

Zeca denuncia e MPE vai investigar Puccinelli por gasto com publicidade
Zeca denuncia e MPE vai investigar Puccinelli por gasto com publicidade

O fato pode estar correlacionado com o grupo investigado na Operação “Lama Asfáltica” da Polícia Federal, que também deverá chegar ao setor da comunicação.

Em fevereiro, Zeca protocolou um pedido de investigação questionando possíveis irregularidades cometidas por Puccinelli na gestão dos recursos destinados a publicidade. “De março de 2013 até dezembro de 2014, período de um ano e dez meses, o governo de André Puccinelli gastou R$ 130.541.282.24 com propaganda, média mensal de R$ 5.933.694.64 ou, se preferirem, R$ 197,7 mil por dia”,, descreveu no documento.

O Ministério Público já solicitou cópias de procedimentos licitatórios de publicidade e propaganda, assim como as agências vencedoras dos certames na gestão Puccinelli e dará continuidade na investigação por meio do inquérito civil público.

Em nota divulgada à imprensa, o ex-governador André Puccinelli (PMDB) informou que todas as contratações de serviços no governo dele foram feitas com base na lei e com orientação jurídica. O ex-chefe do Executivo estadual afirmou que está à disposição da Justiça para esclarecimentos e se dispôs a autorizar a quebra dos sigilos bancário, fiscal e patrimonial dele

Rose discute reestruturação econômica do país com Dilma

A vice-governadora participa de encontro com a presidente e demais governadores do estados brasileiros. O encontro acontece amanhã, em Brasília

A vice-governadora Rose Modesto, do PSDB, deve representar nesta quarta-feira (30), o governador tucano Reinaldo Azambuja, em encontro com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília, sobre a reestruturação econômica do país, que passou por uma série de ajustes e cortes no orçamento neste primeiro semestre.

Rose explicou, durante agenda nesta manhã (29) que teve a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que a iniciativa partiu da própria presidente e que ela deve se reunir com os demais chefe de Estado.

Segundo Rose, aproveitando a presença do governador paulista, uma reunião foi realizada entre Reinaldo, Alckmin e Rose onde um pacto foi fechado antecedendo a reunião com Dilma. "Nós pactuamos hoje de manhã, durante uma conversa com Alckmin, que não vamos abrir mão de fortalecer o nosso Estado visando o interesse do nosso povo. Nós queremos haja mais empregos, melhor desenvolvimento da agropecuária e ainda temos a questão do ICMS", comentou.

Mesmo em tempos de crise, a vice-governadora lembrou que Reinaldo já deu exemplo abrindo mão de receita para beneficiar a população. "Nós tivemos aí a redução da alíquota do diesel como uma forma de aumentar a nossa competitividade e fomentar os negócios, mesmo tendo que abrir mão da receita. Mas isso foi positivo para o nosso povo".

Antes da reunião, o PSDB fará um encontro com os demais governadores tucanos para afinar o discurso antes de conversarem com a presidente Dilma Rousseff. "Nós vamos ter uma pré-reunião amanhã, por volta das 13h30, antes do encontro com a presidente. Depois nós vamos lá para ouvir o que ela tem a dizer. Foi um convite feito pela presidência e nós aceitamos", ressaltou Rose.

Reinaldo

O atual governador explicou que não poderá participar do encontro com a presidente por conta da abertura do Festival de Inverno de Bonito que acontece amanhã. "Eu não estarei presente, mas a Rose vai nos representar".

O chefe do Executivo ainda comentou que só assinaria uma proposta vinda da presidente petista se oferecesse garantias para Mato Grosso do Sul. "Eu nunca assinaria um acordo se não tivesse ressarcimento para o nosso Estado. Nós temos aí, a Lei Kandir, que não nos ressarciu nem em perdas. Por isso, o vamos analisar a proposta que ela fará", destacou.

Por fim, após o evento, Reinaldo ainda comentou que "o PSDB jamais seria contra qualquer postura que viesse atingir o país", principalmente na questão tributária. "Por isso, o PSDB vai reunir antes para conversar", finalizou. 

Alckmin alfineta PT e diz que partido está no 'fundo poço'

O governador paulista Geraldo Alckmin não perdeu a oportunidade de 'cutucar' o maior rival político, o PT

Visitando Mato Grosso do Sul, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do PSDB, não poupou esforços e atacou o principal rival político, o Partido dos Trabalhadores. Segundo ele, "O PT está no fundo do poço e o país não pode ir junto com ele".

O ataque acontece um dia antes dos governadores se encontrarem com a presidente da República, Dilma Rousseff, em Brasília. A declaração ocorreu durante o evento do Circuito Expocorte que acontece hoje (29), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande.

O governador paulista ainda declarou que a missão é tentar "recuperar a economia", "preservar o emprego" e evitar que as pessoas paguem por um 'desajuste finaneiro' feito pelo Governo Federal. No primeiro semestre deste ano, Dilma anunciou cortes no orçamento que devem atingir todos os setores.

Segundo Alckmin, os tucanos estão comprometidos em ajudar o país a se recuperar desta crise econômica. Na ocasião, ele também cobrou uma investigação mais rigorosa sobre a Operação Lava Jato que atinge diretamente o governo petista.

Após o fim do evento, Geraldo Alckmin retornou para a capital paulista e Reinaldo Azambuja foi para a governadoria a pé, lembrando a mesma ação praticada pelo ex-governador André Puccinelli, do PMDB.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

BOMBANDO
Diversos

Muri Rodrigues usa shortinho cavado para malhar

 'Mudei totalmente meu estilo, era mais encorpada, sequei e me dediquei a isso, me tornei apaixonada pelo universo fitness', declarou ela.

Muri Rodrigues tem sobrevivido da fama como "musa da barriga chapada" e agora quer conquistar o mercado americano. Durante a feira Arnold, a modelo foi convidada para representar uma marca de suplementos.

"Fico muito feliz pelo reconhecimento que estou tendo, eu mudei totalmente meu estilo, era mais encorpada, sequei e me dediquei a isso, me tornei apaixonada pelo universo fitness, hoje sou chamada até mesmo para competir. Aqui nos Estados Unidos me receberam tão bem, estou muito feliz aqui!", declarou ela, que divulgou fotos malhando de shortinho cavado. Sucesso!

 
 

Ego


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DA HORA
Diversos

Puccinelli teria ‘encenado’ indicação de Arroyo e queria Giroto no TCE

Puccinelli teria ‘encenado’ indicação de Arroyo e queria Giroto no TCE

Articulações do ex-governador preocuparam João Amorim que precisou interferir para evitar 'Lava Jato Pantaneira'

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) teria ‘encenado’ a indicação do ex-deputado estadual Antônio Carlos Arroyo (PR) para uma vaga no TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado). Segundo as investigações da Polícia Federal, Arroyo seria barrado por questões judiciais abrindo caminho para o ex-secretário estadual de obras, Edson Giroto.

A ‘traição’ teria sido descoberto por Arroyo que ameaçou divulgar informações comprometedoras sobre os envolvidos. Durante os diálogos entre o ex-deputado e o empreiteiro João Krampe Amorim não há detalhes sobre quais esquemas seriam revelados, mas as investigações levam a crer que sejam as fraudes em licitações organizadas pelo grupo.

Em documentos obtidos pelo Top Mídia News, a Polícia Federal relata “indícios de uma grande armação para a nomeação do ex-secretário Edson Giroto para o TCE-MS, com uma verdadeira ‘encenação’ em torno de uma indicação do ex-deputado estadual Antonio Carlos Arroyo por Puccinelli, mancomunado com os conselheiros do TCE e com o Judiciário sul-mato-grossense, para o consequente impedimento da posse de Arroyo na Corte de Contas”.

De acordo com a PF, nesta manobra, o peemedebista teria previsto as diversas impugnações administrativas e judiciais que ocorreram após o processo de indicação de Arroyo, que culminou na anulação da aposentadoria do conselheiro José Ricardo Cabral em junho deste ano.

O objetivo, desde o princípio, seria garantir a nomeação do conselheiro Osmar Jeronymo, que levaria o então secretário-adjunto de fazenda, André Cance, para ser chefe de seu gabinete na Corte Fiscal, e tentar um acordo com o próximo governo, de Reinaldo Azambuja (PSDB), para indicar Edson Giroto.

A ‘dança das cadeiras’ articulada por Puccinelli preocupava João Amorim, que interferiu na condução do processo que, segundo a PF, poderia levar a uma eventual ‘Lava Jato Pantaneira’. Tanto que Amorim recorreu ao empresário Walter Gargione Adames, dono da Adames Rações e Suplementos Ltda., mais conhecido como ‘Waltinho’ para interceder pelo grupo junto ao ex-deputado.

Nos diálogos interceptados em 30 de dezembro de 2014, João Amorim conversa com um Arroyo irritado, que ameaça divulgar um dossiê durante a posse de Osmar Jeronymo na Corte Fiscal, e se compromete a resolver o impasse. “Eu quero te falar o seguinte: eu tô à disposição pra ajudar no processo, pelo menos de susto [sic]”, garante.

As negociações provavelmente resultaram em um acordo, pois Jeronymo tomou posse no dia 1º de janeiro de 2015 sem nenhum contratempo e o assunto não foi retomado nas ligações gravadas até 9 de janeiro de 2015. Conforme a PF, “parece que os ânimos exaltados foram serenados por alguma espécie de bálsamo, que mostrou que, na verdade, vale a pena engolir sapos e prometer aquilo que jamais será cumprido, perdendo qualquer tipo de credibilidade, pela perpetuação de um esquema que, no final das contas, acaba agradando a todos”.

Desfecho

Seguindo o planejado, Arroyo chegou a ser indicado para uma vaga na Corte Fiscal, através do Decreto "P" nº 5.451, de 23 de dezembro de 2014, mas teve o pedido questionado na Justiça. O TCE considerou a aposentadoria do conselheiro José Ricardo Cabral nula, por ter sido enviada para aprovação do Executivo estadual sem a assinatura do conselheiro-corregedor Ronaldo Chadid, que estava viajando na ocasião do imbróglio.

O Tribunal de Justiça declarou a ilegalidade do processo por oito votos a sete, pois, na opinião do desembargador Júlio Roberto Siqueira Cardoso, o ato contém vício insanável, pois, além de o processo administrativo de aposentação ter sido enviado ao governador por autoridade incompetente, os autos entregues a ele eram suplementares e sem validade, puramente cópias do processo original.

Em sua defesa, Júlio ressaltou que o corregedor do TCE é autoridade competente para avaliar o processo de aposentadoria, visto que, na época, era vice-presidente em exercício naquela Corte. Ressaltando que houve flagrante ofensa ao devido processo legal, o desembargador lembrou que ao publicar decreto que efetivava a aposentadoria de José Ricardo, o governador ignorou parecer da Procuradoria do Estado, feito a seu próprio pedido, de que o conselheiro não preenchia os requisitos legais para ser aposentado.

Finalizado o impasse judicial, José Ricardo Pereira Cabral resolveu desistir da aposentadoria antecipada, que seria usada para tratamento de saúde. Com 61 anos de idade, ele poderá ficar no posto até 2029, quando os magistrados são obrigados a aceitar a aposentadoria compulsória. Se a vaga for aberta até 2018, o governador Reinaldo Azambuja que indicará o sucessor do conselheiro.

UFC avisa lutadores sobre os ‘perigos do Rio': favelas, prostuição e AIDS

O UFC retorna ao Rio de Janeiro, no próximo sábado (01), pela sexta vez em sua história. Mas nem mesmo as constantes visitas à Cidade Maravilhosa fizeram com que algumas preocupações com a segurança dos atletas fossem diminuídas. Apesar de durante as outras edições no Rio nenhum lutador reclamar de problemas na cidade, o UFC alertou seus funcionários sobre favelas, AIDS e prostituição.

UFC 190 acontece no dia 1º de agosto, na HSBC Arena, no Rio. Foto: Reprodução
UFC 190 acontece no dia 1º de agosto, na HSBC Arena, no Rio. Foto: Reprodução

Através de um documento oficial enviado a todos os atletas, a Zuffa – empresa que controla o UFC – exige que os atletas não deixem o hotel sozinhos e pede que sejam evitados encontros em boates pelo risco de contrair AIDS.

“A Zuffa está obrigando todos os funcionários do UFC a não deixar o hotel, exceto para funções relacionadas ao evento, ou a menos que haja circunstâncias extremamente importantes. Você precisará da aprovação de um supervisor e é necessário que ele saiba o seu paradeiro exato”, diz um dos trechos do comunicado.

“Evite sair marcando encontros em boates, no hotel ou em qualquer lugar. Você pode ser a isca para um ladrão. Existe uma alta incidência de AIDS entre as prostitutas e um número considerável também entre as menores de idade. Sempre fique de olho nos seus drinks“, completa.

Confira abaixo a transcrição completa do documento enviado pelo UFC aos atletas:

UFC alerta lutadores sobre ‘os perigos do Rio de Janeiro':

A Zuffa está obrigando todos funcionários do UFC a não deixar o hotel, exceto para funções relacionadas ao evento, ou a menos que haja circunstâncias extremamente importantes. Você precisará da a aprovação de um supervisor e é necessário que ele saiba o seu paradeiro exato, precisamos saber onde estão os lutadores o tempo todo

É importante ter em mente:

• Por causa da favela do Vidigal, é preciso ter extremo cuidado ao chegar e ao sair do Rio Sheraton. Não saia do hotel a pé, use as vans do UFC.

• Segurança extra será fornecida para o nosso grupo dentro do hotel e para as chegadas e partidas programadas, bem como sobre as vans e ônibus fretados do UFC.

• Nunca abra a porta do quarto do hotel até que você confirme quem está do outro lado através de seu olho mágico ou ligando para a recepção do hotel. Tranque as portas por dentro e você também pode utilizar uma cunha de borracha, que estará dentro do quarto do seu hotel para ajudar a prevenir uma entrada forçada. (Isso porque um pequeno hotel em Santa Teresa foi tomado por bandidos no mês passado, que foram de quarto em quarto com uma chave mestra e roubaram todos os hóspedes).

• Só carregue o que você precisa. Pouco dinheiro (local), Nada de joias, eletrônicos, câmera, etc .

• O risco de crime é maior à noite, mas pode ocorrer a qualquer hora do dia ou da noite.

• Nunca resista aos criminosos, eles poderão não hesitar em usar a força. Resistir a um assalto normalmente gera uma lesão grave ou morte.

• Fique longe de todas as favelas (Empresas privadas oferecem passeios que não são seguros e devem ser evitados).

• Fique longe das praias a noite e de manhã cedo.

• Nunca saque dinheiro na rua.

Áreas para serem evitadas:

• Qualquer favela ou redondezas,

• Santa Teresa é muito divulgado para turistas, mas existe um alto nível de criminalidade na área.

• Lapa é conhecida pela sua vida noturna e boates, mas também tem a maior taxa de criminalidade e deve ser evitada.

• Evite sair marcando encontros em boates, no hotel ou em qualquer lugar. Você pode ser a isca para um ladrão. Existe uma alta incidência de AIDS entre as prostitutas e um número considerável também entre as menores de idade.

• Sempre fique de olho nos seus drinks.

• Leblon, Ipanema e Copacabana são os bairros mais seguros da cidade.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

DATENA 2016
Diversos

Datena diz que será candidato à prefeitura de São Paulo

Apresentador do "Brasil Urgente" disse que recebeu uma proposta "honesta" do PP

O apresentador da TV Bandeirantes José Luiz Datena disse na noite desta terça-feira (28) que será candidato a prefeito de São Paulo na eleição de 2016. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o apresentador confirmou aliança com o PP após ser cortejado por outros dois partidos: PSB e PSDB.

Datena teria sido convencido a disputar o cargo pelo deputado Delegado Olim (PP), que é amigo pessoal do apresentador. A chapa da sigla será encabeçada por Datena e terá Olim como vice.

Segundo Olim, Datena ainda não assinou nenhum documento. “Temos mais do que isso, temos a palavra dele", justificou. Questionado pela Folha sobre a decisão pelo PP, Datena disse que “não se sentiu usado” pelo partido. "Eles fizeram uma proposta honesta, direta e reta. Eu não me senti usado. Simples assim", falou.

Agora o partido entra em um processo de negociação com outras siglas para definir, entre outras coisas, o tempo de propaganda eleitoral na TV. Em entrevista à colunista Lígia Mesquita, da Folha, Datena disse que não se submeteria aos truques de marqueteitos. “Não sou produto de marketing. Sou um cara estourado. Se um dia me aventurasse, seria o que sou mesmo, não mudaria em nada", disse. 


 

ELEIÇÕES 2015
Diversos

Los candidatos que pugnarán por la intendencia de Capitán Bado en las elecciones generales son Denilson Sánchez Garcete de la ANR y Jorge Martínez PLRA.

DENILSO VENCE EM CAPITAN BADO, SERÁ O CANDIDATO E FUTURO INTENDENTE
Diversos
 
En Cap. Bado, de la mano de Rubén Sánchez, su hermano Denilson Sánchez, se impuso por 135 voto de diferencia, en la interna de la A.N.R. para las elecciones municipales. la interna de la ANR, se desarrollo con total normalidad en la ciudad de Cap. Bado
 
 
En las Internas liberales, como ya se previa, la arrolladora victoria de José Carlos Acevedo, quien se impuso por amplio margen. Mientras que en las carpas coloradas, el Dr. Cesar Villagra se consagro ganador, dejando atrás a la concejala Sonia Gonzales y el Diputado Marcial Lezcano
 
 
(PLRA) y Ramão Velázquez (ANR) ganadores en Zanja Pytã
 
  Fecha: 2015-07-26 visita 903
Los candidatos que pugnarán por la intendencia de Zanja Pytã en las elecciones generales son Andrés Ortiz (PLRA) y Ramão Velázquez (ANR).
notas
Miguel Louteiro es ganador en Bella Vista
Miguel Louteiro de la Lista 2A es el ganador de la candidatura a la intendencia por la ANR en Bella Vista Norte. El Partido Liberal Radical Auténtico (PLRA) tuvo apenas un precandidato a la intendencia de Bella Vista Norte, Catalino Díaz.
notas
 
11180323_969790176375683_3313334986186322908_n
 
Denilson Sanches:GANADOR A INTENDENTE POR LA ANR PARA CAPITAN BADO.
Sever Rodney Villalba Rios 1.288 VOTOS
Denilson Sanches 1.421 VOTOS
GANADOR A INTENDENTE POR LA ANR PARA CAPITAN BADO.
 
Foto de Avança Brazil.

A CASA CAIU – EMPREITEIRO REVELA ATUAÇÃO DE LULA NO PETROLÃO E COMO LULINHA FICOU MILIONÁRIO

Daqui a pouco, a revista VEJA começa a chegar às bancas e aos assin...antes. Título da capa: “A VEZ DELE”.

O destaque explica: “Amigo de Lula, o empreiteiro Leo Pinheiro decidiu contar ao Ministério Público tudo o que sabe sobre a participação do ex-presidente no petrolão e como o filho Lulinha ficou milionário”.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

CAFE DA MANHÃ
Diversos

Curso de Auxiliar Administrativo é oferecido pelo Senac em Amambai

As aulas têm início na terça-feira (28) e as vagas são garantidas por ordem de inscrição e matrícula

As aulas iniciam nesta terça-feira (28) / Foto: Ilustração As aulas iniciam nesta terça-feira (28) / Foto: Ilustração

Amambai (MS) - O Senac oferece 25 vagas para o curso gratuito na área de gestão - Auxiliar Administrativo - aos moradores de Amambai, por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG), que proporciona qualificação profissional para pessoas de baixa renda. As aulas têm início dia 28 de julho e as vagas são garantidas por ordem de inscrição e matrícula.

O PSG é uma ação de inclusão social que vem transformando a vida de milhares de pessoas, oferecendo oportunidades de um futuro melhor para todos. Os alunos do Programa Senac de Gratuidade recebem material didático gratuito.

Para se inscrever o candidato precisa atender aos pré-requisitos do curso escolhido, que é idade mínima de 16 anos e ensino médio incompleto (1º ano), possuir renda familiar mensal per capita de até dois salários mínimos, estar matriculado ou ter concluído a educação básica e ser trabalhador – empregado ou desempregado.

As inscrições devem ser feitas no Cras do município, localizado na Rua Dom Pedro II, 3.625, Vila Primavera. Já o curso será realizado no Centro de Capacitação Profissional de Amambai, na Rua Marechal Deodoro, 711, Centro, das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Aciso acontece na vila Nossa Senhora Aparecida, nesta quarta-feira (29)

Após mudança da data a ação será realizada na EM Polo João Rodrigues, no horário das 9h às 12h.

A Ação Social é promovida pelo 17º RC Mec, em parceria com a prefeitura de Amambai / Foto: Divulgação A Ação Social é promovida pelo 17º RC Mec, em parceria com a prefeitura de Amambai / Foto: Divulgação

Amambai (MS) – A Prefeitura de Amambai, em parceria com o Exército Brasileiro realiza, uma série de ações denominadas pelo Exército como Aciso (Ações Cívico Sociais).

A Aciso acontece dentro do contexto da Operação Ágata, edição 9, que teve início neste dia 23 de Julho.

Serviços como atendimento médico, de enfermagem, odontológicos, distribuição de remédios, corte de cabelo e distribuição de lanches serão oferecidos à população, que também poderá prestigiar apresentações musicais da Fanfarra do 17° RC Mec (Regimento de Cavalaria Mecanizado).

As etapas da Aciso aconteceram no sábado (25) na sede da Escola Municipal Antônio Pinto da Silva. No domingo (26), as ações foram desenvolvidas na Aldeia Limão Verde e, conforme cronograma, na segunda (27), seria realizado na Escola Municipal Polo João Rodrigues. No entanto o cronograma foi alterado e as ações acontecerão nessa quarta-feira (29), na mesma localidade prevista anteriormente. A Aciso acontece no período de 9 horas às 12 horas da manhã.

A Prefeitura de Amambai e o Exército Brasileiro demonstram, através destas ações, a preocupação em promover melhor qualidade de vida e de desenvolvimento social aos moradores das regiões contempladas.

Prefeitos amargam prejuízo de R$ 28,8 milhões com repasse de FPM

Estado recebeu R$ 1,2 bilhão a menos em quatro anos

 

Os prefeitos de Mato Grosso do Sul alegam que receberam R$ 28,8 milhões a menos de repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) nos meses de junho e julho de 2015, que impacta, segundo a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), principalmente, nas prefeituras menores.

 

Segundo a Assomasul, em maio as 79 prefeituras dividiram R$ 95,281 milhões de FPM, incluindo R$ 2,8 milhões de transferência da chamada “estimativas de receitas”,  que os recebem uma vez por ano.

O valor foi considerado razoável se comparado aos meses anteriores. Porém, em junho, este repasse reduziu 10%, totalizando R$ 82,883 milhões e um prejuízo de R$ 15,623 milhões para os municípios do Estado.

 O mês de julho ainda não acabou, mas os prefeitos esperam novo prejuízo. Eles acreditam que os 79 municípios devem acumular redução de 16,9%, totalizando um prejuízo de R$ 13,261 milhões. Segundo a Assomasul, em quatro anos as prefeituras de MS já perderam R$ 1,2 bilhão só em FPM.

Os prefeitos também temem que o Governo Federal não repasse R$ 135 milhões que teriam direito de restos a pagar, do orçamento de 2013 e 2014. O pessimismo tem como base o corte de R$ 79,4 bilhões do orçamento, já anunciado pelo Governo Federal.  

O presidente da Assomasul, Juvenal Neto, explica que prefeitos licitaram e até iniciaram obras, mas são obrigados a paralisar porque o Governo Federal não honra com compromissos. “Temos enfrentado uma pressão muito grande, porque os problemas estão nos municípios. São R$ 35 bilhões do Governo Federal que estão atrasados para conclusão de obras e serviços”, reclamou. Com informações da Assomasul.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

Zeca do PT insiste para que o vereador Anilson Prego volte para PT
Diversos Vereador Anilton Prego com o deputado federal, Zeca do PT
Foto: Divulgação Vereador Anilton Prego com o deputado federal, Zeca do PT
Foto: Divulgação

Amambai (MS) – Após manter contato com lideranças do Partido dos Trabalhadores (PT)_em Amambai, o vereador Anilson Prego (PSB) recebeu proposta do deputado federal, Zeca do PT, para filiar-se ao partido.

O desejo foi manifestado pelo deputado há alguns dias atrás. O objetivo, segundo ele, é criar espaço para uma possível candidatura a prefeito do município, visto que, no passado Anilson Prego foi prefeito de Amambai, quando pertencia ao PT e, grandes obras foram realizadas em prol da comunidade.

As possibilidades de Anilson Prego se filiar ao PT ainda não foram reveladas pelo parlamentar, mas ele afirma estar estudando, fazendo sua análise da proposta - sabendo da importância da consolidação do trabalho como vereador e liderança política expressiva e reconhecida. Quando foi prefeito, o vereador Anilson Prego foi quem trouxe a maior fonte geradora de empregos (Frigorífico Amambai), para o município e, com isso, fomentando a instalação de outras indústrias na cidade.

O PT em Amambai teve seu grande momento, onde, mostrou resultados na administração municipal, quando pagou melhores salários aos servidores públicos municipais, em nível de estado, e também construiu obras importantes, como o Terminal Rodoviário, realizou o orçamento participativo no município e eleições diretas para diretores das escolas públicas municipais, além das ações que promoveram geração de empregos e o resgate da cidadania.

No período em que foi prefeito de Amambai (1989 a 1992), Prego promoveu o município na condição de polo regional, através da execução de importantes obras de infraestrutura e de ações democráticas que até hoje são lembradas por segmentos da comunidade. Administrando com seriedade, competência e aplicando com transparência os recursos públicos, a sua administração, apesar de não ter apoio das esferas federal e estadual de governo, trouxe resultados positivos para a população - construindo um Amambai Melhor para Todos.

O PT a nível nacional enfrenta uma das maiores crises da história, mas o parlamentar ressalta que “são situações vividas hoje por toda a classe política e não apenas pelo governo federal. E se cada município não procurar administrar com criatividade e buscando soluções para seus próprios problemas, o governo federal não dará respostas às questões que são próprias de cada esfera de poder. Por esse motivo a classe política tem seu compromisso a partir da base onde cada liderança atua, essa é uma das situações caraterísticas e próprias da responsabilidade de cada ente federativo” afirmou o vereador.

O deputado federal Zeca do PT quando eleito, fez o compromisso com o município de Amambai de olhar para os pequenos produtores, para as comunidades indígenas e a população amambaiense como um todo, através do mandato do vereador Anilson Prego, dando respaldo para com as propostas e projetos que vierem da comunidade e encaminhadas pelo vereador Anilson Prego


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

PARAGUAY
Diversos
Fiscal explica sobre la orden de detención de Denilson Sánchez
  Fecha: 2015-07-29 visita 237
El Dr. Marcelo Pecci explicó sobre el tema que involucra a Denilson Sánchez, recientemente electo como candidato colorado a pugnar por la intendencia de Capitán Bado.
notas

Pecci sostuvo que entregó la orden de detención a la Senad en la misma fecha que entregó las órdenes de sus hermanos Carlos y Ardonio.

Refirió que no puede comunicar a todas las autoridades sobre las órdenes por cuestiones de procedimiento a fin de evitar que se filtre la información. “Si trabajo con la Senad no lo comunico a la policía” dijo el Fiscal

Afirmó que hay cierta desconfianza entre las fuerzas de seguridad aunque no puede probar que haya filtraciones en alguna de las instituciones.

“Sería ineficaz trabajar al mismo tiempo con ambas instituciones sabiendo que hay desconfianza” refirió Pecci.

Explicó que priorizaron la detención de Carlos Rubén y Ardonio Sánchez porque si procedían primeramente a la detención de Denilson los otros dos se fugarían del país.

Senad asume culpa por no detener a hermano de Rubén Sánchez

Denilson Sánchez, electo como candidato colorado a la Intendencia de Capitán Bado, cuenta con orden de captura y debe estar detenido al igual que sus hermanos Rubén y Ardonio Sánchez. La Senad asumió la responsabilidad de no haberlo arrestado.

El ministro de la Secretaría Nacional Antidrogas, Luis Rojas, explicó que desde el principio contaban con las órdenes de captura para los tres hermanos, sin embargo, la prioridad eran Ardonio y Carlos Rubén.

Explicó que si primero arrestaban a Denilson iban a entorpecer la operación, ya que los dos ahora recluidos, hubieran aprovechado para escapar.

A esto se suma que Denilson Sánchez, electo el domingo pasado como candidato colorado a la Intendencia de Capitán Bado, presentó un recurso de hábeas data.

“Es responsabilidad de Senad de ejecutar y dar cumplimiento a esa orden de captura, asumo esa responsabilidad absoluta, pero no es mi obligación informar a las autoridades electorales”, expresó Rojas en contacto con la 780 AM.

Manifestó que un día antes de los comicios remitieron una copia a la Policía Nacional para solicitar apoyo en el operativo, sin embargo, se envió el documento “equivocado”.

Por su parte, el fiscal Marcelo Pecci, indicó que mandó la orden de detención únicamente a la Senad para que se ocupe del asunto y aclaró que no puede informar a las demás instituciones como la Policía Nacional, para evitar que se filtren los datos.

 
Corte suprema habilita a Intendentes a buscar un tercer mandato
  Fecha: 2015-07-28 visita 281
El pleno de la Corte Suprema rechazó “in límine” una inconstitucionalidad planteada contra 22 precandidaturas a intendentes para un tercer periodo. La acción fue promovida por el Movimiento Colorado Añetete. El voto en disidencia argumentó que se debía estudiar la acción para dejar un precedente.
notas

La Sala Constitucional de la Corte, integrada por el pleno, ratificó ayer la re-reelección de 22 intendentes colorados que fueron habilitados por el Tribunal Superior de Justicia Electoral (TSJE). La máxima instancia judicial rechazó así in límine la acción promovida contra el fallo por el movimiento disidente Colorado Añetete, que postuló al titular del Congreso, Mario Abdo Benítez, a la presidencia del Partido Colorado.

La inconstitucionalidad fue planteada por el abogado Marciano Delfín Torales, quien alegó que la ley solo habilita a una reelección a los intendentes, ya sea en forma consecutiva o alternada.

Hubo voto dividido entre los miembros del Máximo Tribunal, también integrado por camaristas civiles. Con ello, no estudiaron el fondo de la cuestión, ya que no reunía, según la mayoría, los requisitos necesarios para una inconstitucionalidad.

Este fallo habilita a 22 intendentes colorados –entre ellos, los cuestionados Roberto Cárdenas, de Lambaré, y Heriberto Mármol, de Roque Alonso– a presentarse de nuevo a los comicios, para una re-reelección.

Según la resolución, el impugnante solo se limita a discrepar con el fallo, sin mencionar las normas infringidas.

Los ministros de Corte Suprema de Justicia dijeron para argumentar el rechazo “in límine” que “el fallo cuestionado –emanado por la justicia electoral– ha sido emitido respetando las normas del debido proceso y en particular del derecho a la defensa. Los magistrados intervinientes han hecho una adecuada valoración de los elementos fácticos y una correcta aplicación de las disposiciones legales que regulan el caso sometido en estudio”.

Agregan: “Han actuado dentro de los límites de su competencia, de modo que no surgen indicios de arbitrariedad”, señalan los ministros Antonio Fretes, Gladys Bareiro de Módica, Alicia Pucheta de Correa, Luis María Benítez, Miguel Óscar Bajac, José Raúl Torres Kirmser y la camarista Mirtha Ozuna de Cazal.

Votaron en disidencia el ministro César Garay y el camarista Alberto Martínez Simón, quienes propusieron que la acción planteada por el representante legal del Movimiento Colorado Añetete, Marciano Delfín Torales, debía ser admitida y estudiada por la máxima instancia judicial, ya que a criterio de los mismos, la presentación reunía las condiciones para ello.

Agregan que este debate amplio en la máxima instancia judicial iba a sentar precedente sobre este controvertido tema de la postulación para un tercer periodo.

La acción de inconstitucionalidad fue promovida contra la sentencia definitiva N° 17 del 7 de julio de 2015, emanada por el Tribunal Superior de Justicia Electoral (TSJE).

Antecedentes

Entre los precandidatos habilitados y que participaron de las internas partidarias realizadas el domingo último se encuentran Roberto Cárdenas de Lambaré, Heriberto Mármol en Mariano Roque Alonso, Élida Marecos de Choré, Agustín Duarte de General Elizardo Aquino, Carlos Matto Maidana de Atyrá, Gustavo Franco de Nueva Colombia, entre otros.

Los ministros del TSJE Jaime Bestard, Alberto Ramírez Zambonini y María Elena Wapenka, rechazaron la demanda del Movimiento Colorado Añetete en contra de la resolución del Tribunal Electoral Partidario de la ANR, por la que habilitaron a 22 precandidatos que van por el re-rekutu.

 


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ARROYO
Diversos

Arroyo ameaçou revelar esquema de corrupção para ser indicado ao TCE-MS

Ex-deputado estava se sentindo traído pelo ex-governador André Puccinelli que estudava indicar Giroto

O ex-deputado estadual Antônio Carlos Arroyo (PR) teria ameaçado revelar o esquema de fraude em licitações, investigado pela Operação Lama Asfáltica, se não fosse indicado pelo ex-governador André Puccinelli (PMDB) para ocupar uma vaga no TCE-MS (Tribunal de Constas do Estado).

Conforme documentos obtidos pelo Top Mídia News, as ameaças preocupavam o empreiteiro João Krampe Amorim, que temia manobras perigosas do ex-governador para beneficiar outro pré-candidato ao posto: o então secretário estadual de obras, Edson Giroto, considerado seu braço direito e um dos articuladores do esquema de corrupção.

Em conversa interceptada pela PF (Polícia Federal) após autorização judicial, Amorim revela suas preocupações para o empresário Walter Gargione Adames, dono da Adames Rações e Suplementos Ltda., mais conhecido como ‘Waltinho’ que, conforme as gravações, parece ter um relacionamento íntimo com o ex-deputado.

No telefonema realizado em 30 de dezembro de 2014, às 20h25, o empreiteiro pergunta a situação de Arroyo e sobre suas intenções. Waltinho responde que ele está "mau" e que a esposa dele, Maria Aparecida Albuquerque Arroyo, pretende "apelar". João Amorim pede que o empresário interceda pelo grupo e consegue falar diretamente com Arroyo, em uma segunda chamada realizada minutos depois.

Para Amorim, Arroyo diz que está “segurando a Cidinha”, apelido carinhoso de sua esposa, para “não fazer besteira”. O ex-deputado afirma ainda que o “que fizeram não se faz com homem”, em referência a suposta traição do ex-governador André Puccinelli, e ameaça divulgar detalhes do esquema para a imprensa se o ex-chefe de gabinete da gestão anterior, Osmar Jeronymo, tomar posse no TCE-MS.

Em trecho do diálogo, Arroyo declara que o fizeram de idiota, encenando sua nomeação em frente a sua família, e relata um diálogo com Jerson que tentou dissuadi-lo da delação. Segundo a Polícia Federal, trata-se de Jerson Domingos, ex-presidente da Assembleia Legislativa e hoje conselheiro do TCE-MS.

“Hoje o Jerson até falou: ‘pô, você está desconfiando de mim?’. Falei, Jerson, tô desconfiando. Só não desconfio de Deus mais, só de Deus. Agora não gostaria de tomar as atitudes que, de repente, eu vou ter que tomar. Porque, infelizmente, entraria gente que não tem culpa nisso, cê entendeu, João? Porque se achar que fez esse teatro e livrou o dele [Puccinelli], ninguém vai livrar não”, afirma.

Arroyo ainda completa que já ‘passou do limite’ e que Cidinha quase ligou para a esposa do superintendente regional da Polícia Federal, Edgar Marcon, para revelar o esquema de corrupção. Ele também revela que teria recebido “algumas propostas” que não o interessaram, pois ele só gostaria do que lhe foi prometido, ou seja, a cadeira vitalícia de conselheiro do Estado.

Após a conversa, que durou cerca de meia hora, Amorim e Arroyo combinaram um encontro pessoal para ‘acalmar os ânimos’. Conforme a PF, a reunião provavelmente surtiu o efeito desejado, pois Osmar Jeronymo tomou posse no TCE-MS sem maiores problemas e nenhum documento foi revelado à imprensa da Capital.

Briga judicial

Arroyo chegou a ser indicado para uma vaga na Corte Fiscal, através do Decreto "P" nº 5.451, de 23 de dezembro de 2014, mas teve o pedido questionado na Justiça. O TCE considerou a aposentadoria do conselheiro José Ricardo Cabral nula, por ter sido enviada para aprovação do Executivo estadual sem a assinatura do conselheiro-corregedor Ronaldo Chadid, que estava viajando na ocasião do imbróglio.

O Tribunal de Justiça declarou a ilegalidade do processo por oito votos a sete, pois, na opinião do desembargador Júlio Roberto Siqueira Cardoso, o ato contém vício insanável, pois, além de o processo administrativo de aposentação ter sido enviado ao governador por autoridade incompetente, os autos entregues a ele eram suplementares e sem validade, puramente cópias do processo original.

Em sua defesa, Júlio ressaltou que o corregedor do TCE é autoridade competente para avaliar o processo de aposentadoria, visto que, na época, era vice-presidente em exercício naquela Corte. Ressaltando que houve flagrante ofensa ao devido processo legal, o desembargador lembrou que ao publicar decreto que efetivava a aposentadoria de José Ricardo, o governador ignorou parecer da Procuradoria do Estado, feito a seu próprio pedido, de que o conselheiro não preenchia os requisitos legais para ser aposentado.

Finalizado o impasse judicial, José Ricardo Pereira Cabral resolveu desistir da aposentadoria antecipada, que seria usada para tratamento de saúde. Com 61 anos de idade, ele poderá ficar no posto até 2029, quando os magistrados são obrigados a aceitar a aposentadoria compulsória. Se a vaga for aberta até 2018, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) que indicará o sucessor do conselheiro.

Operação Lama Asfáltica

As interceptações mostram a influência do empreiteiro João Amorim nas três esferas do poder, incluindo negociações sobre as vagas no Tribunal de Contas, responsável por julgar as contas do Governo do Estado. Os suspeitos teriam cometido os crimes de sonegação fiscal, formação de quadrilha, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, corrupção ativa, corrupção passiva e fraudes à licitação.

O nome da operação faz referência a um dos insumos utilizados em obras com indícios de serem superfaturadas identificadas durante as investigações. Durante o cumprimento de mandados e apreensão na casa dos envolvidos, a polícia apreendeu documentos, uma obra de arte e mais de R$ 747,9 mil, em moedas nacionais e estrangeiras. 

Entre os contratos com indícios de fraude aparecem as licitações para a pavimentação da MS-430, que liga o município de São Gabriel do Oeste a Rio Negro, o aterro sanitário de Campo Grande, o Aquário do Pantanal e as Avenidas Lúdio Coelho Martins e Duque de Caxias


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

GIRO POLICIAL
Diversos

Fiéis tentam sair de igreja e são ameaçados de morte por pastor em MS

As vítimas queriam parar de frequentar o local

De acordo com as vítimas, de 19 e 26 anos, elas eram frequentadoras da igreja evangélica Pentecostal Esperança e Fé. O casal avisou o pastor Adriano de Souza que deixaria de ir à igreja e afirmam que foram ameaçados. O pastor teria dito que se eles saíssem da igreja, “sentiriam o gosto da ponta de uma faca”.

Ainda segundo depoimento do casal, o pastor manipula os fiéis. As vítimas ainda relevaram que, na madrugada de segunda-feira (27), a casa delas foi invadida e que o suspeito seria o pastor, que foi visto por uma janela, mas que fugiu ao perceber que foi flagrado.

O caso foi registrado como ameaça na Delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante.

Indígenas ocupam mais duas fazendas em Aquidauana

Ao todo, cinco propriedades estão ocupadas pelos terena no Distrito de Taunay

_Indígenas montaram acampamento em cinco fazendas
(Foto: Giselli Figueiredo / O Pantaneiro)
Indígenas montaram acampamento em cinco fazendas
 

Indígenas da etnia terena ocuparam mais duas fazendas na região do Distrito de Taunay, em Aquidauana, município distante 143 km de Campo Grande, nesta terça-feira (28). Os índios, que já haviam ocupado as fazendas Ouro Preto e Cristalina na segunda-feira (27) e Persistência na manhã desta terça, ocuparam também as fazendas Esperança e Maria do Carmo, somando cinco propriedades.

De acordo com o site O Pantaneiro, aproximadamente mil índios participam da retomada de terras. Uma das lideranças indígenas, Gilson Tiago, 43 anos, disse que os terenas aguardam a chegada de representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai) e que a ocupação é pacífica.

Os indígenas reivindicam a demarcação de 17 fazendas da região, que segundo eles, pertencem aos terenas, e não devem deixar as propriedades até que o governo demarque as áreas.

Ainda de acordo com o site, os donos das fazendas já deixaram as casas e fazem a retirada dos animais. Mesmo sem indícios de conflito, a Polícia Civil esteve no local.

O advogado que representa os proprietários das fazendas Ouro Preto e Cristalina informou que depois da entrada na fazenda, os indígenas determinaram que os moradores retirassem os pertences em 24 horas e montaram acampamento.

De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Federal (PF), os agentes analisam as informações sobre a ação dos índios e não há previsão de deslocamento para as fazendas ocupadas.

Uma jovem, de 21 anos, foi vítima de abuso sexual no último fim de semana, em Três Lagoas, a 338 quilômetros da Capital. A informação é de que o ato ocorreu na volta do trabalho para casa .

De acordo com a Polícia Militar, a jovem ia do Distrito Industrial de Três Lagoas para casa, por volta das 5 horas, quando notou que era seguida. Conforme apuração do site Minuto MS, ao passar por um trecho de mata, nas proximidades da MS-158, o suspeito a segurou pelos cabelos.

Ainda há informação de que o homem ordenou que a vítima ficasse quieta e a levou para o meio da mata, onde cometeu abuso sexual. Ele ainda a agrediu com socos na cabeça e, durante as agressões, a jovem chegou a desmaiar. Algum tempo depois, a vítima recuperou a consciência e o homem já havia fugido.

Buscando ajuda, a vítima foi até um hotel, nas proximidades de onde o crime ocorreu, onde conseguiu chamar a polícia. A jovem foi encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), pois se queixava de dores no pescoço e rosto. Os policiais fizeram buscas no local onde o crime ocorreu e encontraram roupas e um preservativo.

O suspeito ainda não foi identificado. 

Por solução, governador vai vistoriar estradas que viram pó

Por solução, governador vai vistoriar estradas que viram pó

Os problemas de rodovias recém-pavimentadas e que simplesmente esfarelam depois de poucos meses da inauguração serão acompanhados de perto pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Na próxima semana, o governador deve começar a vistoriar pessoalmente as rodovias inaugurados pelo antecessor André Puccinelli (PMDB).

A reportagem apurou que assim que as rodovias forem vistoriadas e os problemas identificados, Azambuja deve se reunir com os empreiteiros e cobrá-los de uma solução rápida para os problemas. Se nada for feito no prazo combinado, há grandes chances de o Governo do Estado iniciar uma série de medidas judiciais contra as empresas que fizeram um mau serviço.

A medida tem por objetivo ser um exemplo para as novas empreiteiras que estão sendo contratadas para recapear e manter rodovias de várias regiões do Estado. Ao todo, o Governo deve gastar R$ 155 milhões em um ano para manter as estradas.

PROBLEMAS

Na edição de hoje do Correio do Estado, mais uma situação complicada de estrada recém-inaugurada foi mostrada. O asfaltamento da MS-430, rodovia que liga Rio Negro à cidade de São Gabriel do Oeste, custou R$ 54,9 milhões e quem por ela atravessa vê logo que os empreiteiros que executaram o serviço deixaram de lado o padrão e preocuparam-se apenas em catar o dinheiro público.

Do montante investido na estrada em questão, recurso que o governo estadual emprestou do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES, R$ 53,2 milhões ficaram com a Proteco, empreiteira de João Amorim, apontado pela PF como o chefe da organização criminosa que arrecadava milhões e reais fraudando as licitações.

Menino de 8 anos é encontrado morto em córrego de fazenda em MS

A criança teria se afogado em um poço do córrego

Um menino de 8 anos, foi encontrado morto, na tarde desta terça-feira (28), no córrego de uma fazenda, localizada na região da Serra da Alegria em Rio Verde de Mato Grosso, 201 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Edição de Notícias, a criança teria se afogado num poço do córrego, onde o corpo foi encontrado boiando. Uma equipe da Polícia Civil de Rio Verde segue para o local para apurar o caso.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

POLICIA
Diversos 13h58

Criança de 3 anos mata o pai acidentalmente com tiro de espingarda As informações são de que o pai estava se alimentando quando o menino apareceu com a arma gritou em tom de brincadeira “é a polícia” e atirou

Uma verdadeira tragédia aconteceu no município de Cantagalo, na região centro do estado do Paraná, no final da tarde de segunda-feira (27). Um homem de 40 anos morreu após ser baleado por um tiro de espingarda calibre 44, disparado acidentalmente pelo próprio filho, um menino de aproximadamente 3 anos de idade.

Aguinaldo Nogueira da Rosa foi atingido no rosto. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu pouco depois de dar entrada no hospital da cidade. O corpo foi recolhido ao IML de Guarapuava.

Conforme a Polícia Civil, as primeiras informações são de que o pai estava se alimentando quando o menino apareceu com a arma gritou em tom de brincadeira “é a polícia” e atirou acidentalmente. A arma teria sido encontrada no almoxarifado de um lavacar de propriedade da família, que fica em anexo a residência.

O fato está sendo apurado pela polícia, que nas próximas horas deve ouvir a mãe do menino e esposa da vítima.

Polícia apreende 1,4 tonelada de maconha em depósito

Ninguém foi preso; investigação irá apurar donos da droga

GABRIEL MAYMONE28 de Julho de 2015 | 16h39

Policiais encontraram 85 fardos da droga no chão de imóvel 
(Foto: Divulgação)
Policiais encontraram 85 fardos da droga no chão de imóvel

A Polícia Civil de Mundo Novo (MS) apreendeu, nesta terça-feira (28) 1,4 tonelada de maconha em uma residência que funcionava como depósito do tráfico de drogas.

Os investigadores estavam monitorando o local há dias e, ao entrarem no imóvel, encontraram 85 fardos da droga no chão. No momento da apreensão não foi localizado nenhum morador, porém, constatou-se que a casa era frequentada apenas esporadicamente, pois no local havia somente alguns poucos utensílios domésticos e móveis.

A polícia apura de quem era a droga.  

 

Testemunhas reafirmam acusações de exploração sexual contra políticos com fins de extorsão

Os seis depoentes ouvidas até agora em audiência no processo que apura esquema de exploração sexual de adolescentes envolvendo políticos e empresários de Campo Grande confirmaram as informações repassadas na fase policial, de acordo com o promotor de Justiça, Fernando Zalpa. “Até o momento, não houve nenhuma surpresa, mas tão somente confirmaram tudo o que já foi dito até agora””, destacou Zaopa.

Promotor de Justiça, Fernando Zalpa Foto Luana Campos
Promotor de Justiça, Fernando Zalpa Foto Luana Campos

São réus o ex-vereador Alceu Bueno, o ex-deputado estadual Sérgio Assis e o advogado Robson Martins.

Só uma das adolescentes que era explorada sexualmente na trama compareceu ao Fórum nesta terça-feira, junto com a mãe e uma psicóloga. Todos os acusados foram intimados a comparecer. “A vítima esclareceu muito detalhes sobre a orquestração e confirmou todo o fato narrado na denúncia, citou nomes, datas, o que aconteceu e como aconteceu”, declarou Zaopa.

O ex-vereador Alceu Bueno e o ex-deputado estadual Sérgio Assis estão presentes. Ambos tiveram que sair da sala enquanto a adolescente prestava depoimento, a pedido do juiz Marcelo Ivo. Também compareceu o ex-vereador Robson Martins. Todos estão acompanhados dos respectivos advogados.

Dois envolvidos no caso, o empresário Luciano Pageu e Fabiano Viana Otero, estão presos e também acompanham a audiência.

Assis e Bueno negam ter mantido relação com as adolescentes, apesar dos encontros terem sido gravados em vídeos. Além deles, outros políticos podem estar envolvidos e Otero teve a delação premiada aceita por Marcelo Ivo de Oliveira.

Durante a audiência na tarde de hoje, segundo o advogado de Robson Martins, José Roberto Rosa, houve uma polêmica. Os advogados cobraram do juiz o vazamento do inquérito, que estava em segredo e foi amplamente divulgado nos meios de comunicação. No entanto, não foi apontado culpado pelo vazamento.

Luana Campos

18h18

Mulher é morta a golpes de canivete pelo ex-companheiro Caso aconteceu em Rio Brilhante e suspeita é que crime foi motivado por ciúmes 

Ogracenir da Silva Marcelino, está sendo procurado pela Policia. (Foto: Olimar Gamarra -Rio Brilhante News)
Mulher é morta a golpes de canivete pelo ex-companheiroMulher é morta a golpes de canivete pelo ex-companheiro

Uma jovem de 19 anos foi morta a golpes de canivete pelo ex-companheiro, de 27 anos, na tarde desta terça-feira (28) em rio Brilhante, município distante 158 quilômetros de Campo Grande.

 

O delegado André Luis MendonçOgracenir da Silva Marcelino, está sendo procurado pela Policia. (Foto: Olimar Gamarra -Rio Brilhante News)a Fernandes disse ao Portal Correio do Estado que o suspeito já tem passagens pela polícia pelos crimes de ameaça e desobediência de medidas protetivas contra a vítima.

Conforme o delegado, na manhã desta terça-feira, o suspeito invadiu a casa onde da jovem e foi retirado do local pelo pai dela, que também mora na residência. Durante a tarde, o suspeito voltou a residência, pulou o muro e, armado com uma faca, desferiu golpes que atingiram a vítima superficialmente.

Ela conseguiu correr, mas foi alcançada próximo a casa de uma vizinha e foi atingida por quatro golpes de canivete, sendo três na região do tórax e um na lateral das costelas.

A mulher foi socorrida e encaminhada para o hospital de Rio Brilhante. Devido a gravidade dos ferimentos, ela foi transferida para o hospital de Dourados, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

De acordo com o delegado, a vítima arrumou um novo namorado e a suspeita é que o crime tenha sido motivado por ciúmes. Testemunhas disseram a polícia que a vítima era ameaçada constantemente pelo ex-companheiro, mas de acordo com o delegado, ela se recusava a representar contra ele.

O suspeito fugiu depois do crime e ainda não foi localizado. O caso será registrado como feminicídio, com agravo por ter sido praticado na frente de familiares.  

Por: Olimar Gamarra/


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIM DE TARDE
Diversos

Justiça realiza primeira audiência do caso de exploração sexual envolvendo políticos

Foi realizada na tarde desta terça-feira (28) a primeira audiência do caso de exploração sexual envolvendo ex-políticos de Mato Grosso do Sul. O ex-vereador Alceu Bueno, o ex-deputado estadual Sérgio Assis, o empresário Luciano Pageu e Fabiano Viana Otero foram ouvidos na 5ª Vara Criminal. As adolescentes que filmaram os envolvidos no escândalo praticando os atos também prestaram depoimento.

CASO

Além de Alceu Bueno, o ex-deputado Sérgio Assis também foi indiciado pela Polícia Civil acusado de exploração sexual de adolescentes. Estão presos Fabiano e Luciano. Também está envolvido ex-vereador da Capital Robson Martins, indiciados por exploração sexual, indução de adolescentes a incorrer ao ato ilícito e extorsão.

Fabiano Otero é apontado como o chefe do esquema. Ele descobriu que Alceu Bueno saía com garotas mais novas e, juntamente com seu amigo, Luciano Pageu, montaram um esquema para extorquir o político. Assis foi outro político que eles acabaram envolvendo no esquema. 

Reinaldo apresenta MS a empresários de 40 países durante feira em São Paulo

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) participou nesta terça-feira (28) da abertura do Siavs (Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura), no Anhembi Parque, em São Paulo.

O evento, o maior do setor no País, é uma iniciativa da Associação Brasileira de Proteína Animal, e contou com a presença de representantes de empresas nacionais e multinacionais de 40 nações, além de imprensa de pelo menos 17 países.

Governador Reinaldo Azambuja (à direita) e Beto Richa (PR) (Foto: Eduardo Amorin )
Governador Reinaldo Azambuja (à direita) e Beto Richa (PR) (Foto: Eduardo Amorin )

“Foi uma agenda extremamente positiva. Durante a Feira apresentamos Mato Grosso do Sul como uma opção de investimento, e voltamos com boas perspectivas de investimentos. Tenho certeza que a política de desenvolvimento do governador Reinaldo Azambuja vai acarretar em crescimento desse setor, que mesmo em momentos de crise tem feitos importantes investimentos”, destacou Jaime Verruck, titular da Semade (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico), que acompanha o governador na agenda em território paulista.

O evento, que acontece em uma área de mais de 10 mil m², tem a participação de agroindústrias produtoras de aves, ovos e carne suína, casas genéticas, empresas de equipamentos, fornecedores de insumos, logística, laboratórios, certificadoras e outros segmentos da cadeia de proteína animal.

Anfitrião do evento, o governador paulista, Geraldo Alckmin, destacou  o que classificou de ‘empenho’ e ‘competência’ do setor organizou a feira. Para ele, o Estado precisa oferecer condições para ampliação da produção.

“Precisamos reduzir custo Brasil, se não, não teremos como competir e vamos acabar ficando no fim da fila. Dinheiro do governo é fruto do suor e do trabalho da população, cada custo que se cria, numa Câmara, Assembleia ou no Congresso é um tributo a mais pesando sobre a sociedade, dificultando a competitividade e limitando criação de empregos e riquezas”, afirmou Alckmin.

Ao todo, mais de uma centena de empresas participarão da exposição comercial do evento, ofertando novos produtos, tecnologias e oportunidades de negócios. Junto com a feira, a programação do Congresso Brasileiro de Avicultura e Suinocultura reunirá 76 palestrantes do Brasil e universidades e empresas de países das Américas e Europa, para tratar sobre os mais diversos assuntos técnicos e conjunturais da cadeia produtiva avícola e suinícola.

A promotora do Siavs, a ABPA, é a maior associação de proteína animal do mundo. É a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil. Congrega mais de 130 empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 10 bilhões.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

NOTICIAS DA TARDE
Diversos

Marginais entram em creche, quebram brinquedos, picham paredes e defecam no local

O Centro Educacional Municipal (Ceim) Irany, anexo à Escola Elza Farias, entre Cohab II e Vila Cachoeirinha, foi invadido por vândalos que deixaram um rastro de destruição no estabelecimento.

Vândalos deixaram rasto de destruição por toda parte em creche de Dourados  Foto Cido Costa/Douradosagora
Vândalos deixaram rasto de destruição por toda parte em creche de Dourados Foto Cido Costa/Douradosagora

O assalto ocorreu na madrugada de ontem e deixou perplexos os funcionários que chegaram cedo para trabalhar. No local, a destruição é quase total.

Armários foram revirados, materiais didáticos espalhados, berços e brinquedos ficaram sujos, alimentos desperdiçados em meio a água e detritos.

Foto: Joandra Alves / Dourados News
Foto: Joandra Alves / Dourados News

Os vândalos fizeram necessidades fisiológicas fora do vaso sanitário, em várias partes do Ceim que também teve paredes pichadas.

O crime ocorreu durante ainda período de férias escolares. As aulas devem iniciar nesta quinta-feira. Os funcionários retornaram mais cedo para organizar o ambiente do Ceim que foi recém reformado durante as férias. No local, não há vigias.

O jornal Douradosagora esteve no Ceim, mas os funcionários não quiseram falar por temer retaliações. O prejuízo é grande, principalmente no setor da merenda, já que a maioria dos alimentos não poderá ser utilizado.

O caso foi denunciado junto á Delegacia da Polícia Civil que investiga o caso. Quem tiver qualquer informação que possa ajudar o trabalho policial, deve comunicar pelos telefones: 3411.8080 (Serviço de Investigação Geral -SIG); 190 (Polícia Militar) e o 199 (Guarda Municipal).

Geraldo Resende reafirma pré candidatura e entende desejo de Marçal Filho e Délia Razuk

O Deputado Federal Geraldo Resende(PMDB), reafirmou nesta terça-feira(28) ao programa Capital Meio-Dia da FM Capital e ao Portal de Notícias Página Brazil, a sua pré candidatura a prefeitura de Dourados nas eleições de 2016.

Deputado miniminiza debandada no PMDB  com saídas dos grupos de Marçal e Délia Foto Paulo Francis
Deputado miniminiza debandada no PMDB com saídas dos grupos de Marçal e Délia Foto Paulo Francis

A corrida pela prefeitura  movimenta a política da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. A cadeira ocupada há quatro anos pelo prefeito Murilo Zauith (PSB), que já foi reeleito em 2012 e não poderá entrar na disputa no ano que vem, já desperta os interesses de pelo menos três fortes pré-candidatos: além de Resende, o ex-deputado federal Marçal Filho e da vereadora Delia Razuk.

Resende atenua o fato do PMDB na cidade sofrer uma debandada, por conta da saída Marçal, que foi o primeiro a confirmar o embate. Ele deixou o PMDB e foi para o PSDB com intuito de concorrer com o rival. Agora é a vez de Délia Razuk pensar na saída. Ela estuda mudança para o PR, também para concorrer ao cargo de prefeita.

“Marçal e Délia indicaram que irão deixar o partido, mesmo após inúmeros pedidos para que isso não ocorresse, inclusive do ex-governador André Puccinelli que foi até Dourados na tentativa de convence-los. São duas situações que nós tentamos persuadi-los, colocando que o projeto tem espaço para todos, mas não logramos exito. Logicamente que não gostaríamos de perder lideranças tão expressivas mas deixamos a porta aberta para construirmos um projeto para o que for melhor para a nossa cidade”, relata.

Mesmo com a saída dessas duas lideranças do partido, Geraldo acredita que sua pré candidatura não sofrerá prejuízos, pois comenta que já está bastante consolidada na cidade. ” Nós fizemos pesquisas nos vários cenários que estão demonstrando que está bastante forte hoje a aceitação do nosso nome como pré candidato a cidade de Dourados. E no cenário em que nos colocam como possíveis adversários Marçal Filho e Délia Razuk, nós estamos com uma vantagem bastante significativa”, afirma.

Sobe o andamento dos trabalhos no partido e as alianças politicas, Geraldo conta que está trabalhando em dois cenários, o primeiro é de buscar um entendimento com todas as forças politicas de Dourados e em segundo fortalecer o PMDB. “Caso as saídas de Marçal e Délia do partido sejam consolidadas, haverá a necessidade de buscar outros companheiros. Estamos conversando com as varias lideranças com representação forte na nossa cidade. Temos conversado com os deputados estaduais Zé Teixeira (DEM), Barbosinha (PSB), Jorge Takimoto (PDT), João Grandão (PT), entre outros, no sentido de formatar uma grande aliança por Dourados. Vamos buscar também lideranças empresariais, de trabalhadores, comunitárias, para construir uma grande chapa de candidatos que possam dar sustentação ao nosso projeto”, finaliza.

Paulo Francis

Em seis meses, Antonieta Amorim apresenta apenas quatro projetos

Entre as proposições, deputada também sugeriu mudar protetores solares de prateleiras e a criação das semanas de amamentação e de combate a depressão

Neste primeiro semestre, a deputada estadual Antonieta Amorim (PMDB) apresentou quatro projetos de lei. Ela também realizou 18 requerimentos de informações e mais de 150 indicações, que são solicitações realizadas para o Executivo, sem o compromisso de realização.

 

Entre as proposições apresentadas pela deputada está o projeto de lei que acaba com a revista íntima, ou seja, sem roupas, nos estabelecimentos prisionais de Mato Grosso do Sul, com exceção para casos em que o visitante seja suspeito de carregar objetos ilícitos. O texto é semelhante ao apresentado pela OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil) no início de maio.

 

Ainda em tramitação na CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), a proposta define a revista mecânica como procedimento padrão, que deverá ser executado através da utilização de equipamentos como detectores de metais e aparelhos de raio-x, para preservar a integridade física, psicológica e moral do revistado.

 

Se a lei for aprovada, as gestantes e os portadores de marca passo ficam dispensados da revista mecânica, assim como as autoridades dos três poderes, entre ministros, secretários de Estado e deputados, além de membros dos Conselhos Penitenciários, diretores das instituições e advogados, quando no exercício da função.

 

Se os agentes penitenciários suspeitarem que o visitante levou consigo objetos, produtos ou substâncias ilícitas, a revista manual será permitida. No entanto, a suspeita deverá ser registrada em ata com a identificação do funcionário e a descrição detalhada do fato de forma objetiva, além das assinaturas do revistado e de duas testemunhas.

 

Antes da busca pessoal, o responsável pelo estabelecimento ainda fornecerá ao visitante declaração escrita sobre os motivos do procedimento, dando-lhe a opção de recusar a passar pelo protocolo, desde que desista da visita. A revista será em local reservado, por agente prisional do mesmo sexo, obrigatoriamente acompanhado de duas pessoas.

 

Em outro projeto, Antonieta pretende retirar as embalagens de protetor solar das prateleiras de cosméticos nos estabelecimentos comerciais. A medida visa informar o consumidor sobre as isenções tributárias incidentes sobre o produto previstas através da lei nº 3.495/2008 que mudou o protetor solar da categoria cosmético para medicamento, reduzindo os impostos cobrados sobre a mercadoria.

 

Assim, a proposta prevê também que os estabelecimentos fixem placas ou cartazes com a concessão de Isenção Tributária ou Redução Tributária do Protetor Solar, sob pena de sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor. Este projeto está na Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor.

 

Nas outras proposições, Antonieta institui a ‘Semana Estadual da Amamentação’ e ‘Semana Estadual de Prevenção e Combate a Depressão’. Os requerimentos, em sua maioria, solicitam detalhes sobre a paralisação de obras, entre elas das UBSFs (Unidade Básica da Saúde da Família) do Bosque Santa Mônica, do Ana Maria do Couto, Jd. Campina Verde, Jd. Itamaracá, Bairro Sírio Libanês e do Jardim Presidente.

 

Antonieta também requereu informações sobre as paralisações de obras nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil) do Jardim Talismã, Nova Lima, Jardim Centenário e Conjunto Nascente do Segredo, além das obras de duplicação da Avenida Guaicurus, em Dourados. Não há registros de providências tomadas em relação às obras. A deputada ainda assinou com outros parlamentares um projeto de resolução e uma proposta de emenda à constituição.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

FIQUE SABENDO
Diversos 08h23

Desodorante não deve ser usado de manhã e sim antes de dormir

Alguma vez já leu a indicação de uso do desodorante ou anti-transpirante que usa? Continua a colocá-lo todas as manhãs depois do banho e mesmo assim transpira e emana odores desagradáveis?

E se tiver usado o desodorizante da forma errada este tempo todo? É possível e quem o diz é Chris Plante, editor do site The Verge.

De acordo com este jornalista, a aplicação do desodorante  não deve ser feita de manhã… mas sim à noite. Mas porquê? Porque à noite o corpo transpira menos e o desodorante consegue, assim, obstruir os poros responsáveis pelo suor e pelo mau cheiro, fazendo com que o efeito perdure ao longo do dia (e sim, mesmo depois de ter tomado o banho matinal).

Se as declarações deste jornalista não são suficientes para mudar um ‘hábito de vida’, a Yahoo! News revela que o site Consumer Report publicou, já em 2009 e com declarações de um membro da Academia Americana de Dermatoliogia, que a grande maioria dos produtos anti transpiração que se aplicam diretamente na pele devem ser usados à noite, antes de dormir.

Também no site Dermatology Times, a médica Zoe Diana dava as mesmas recomendações: ler o rótulo e aplicar o produto antes de dormir.


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)

ATÉ QUANDO ???????????
Diversos 08h18

Três propriedades rurais são invadidas por indígenas em Aquidauana

Na manhã desta segunda-feira (27) mais de 300 indígenas da etnia Terena invadiram três propriedades rurais localizadas no distrito de Taunay, no município de Aquidauana. Com os novos casos, o número de invasões em Mato Grosso do Sul subiu de 88 para 91 propriedades, segundo os dados da Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária de MS.

De acordo com o advogado Guilhermo Ramão Salazar, que representa os proprietários das fazendas Ouro Preto e Cristalina, os indígenas entraram, abordaram os administradores e, na sequência, armaram acampamento. “O grupo chegou às 6h e determinou ao responsável que todos deveriam retirar os pertences pessoais em 24 horas, pois eles invadiriam o local. Logo em sequência se posicionaram na entrada da sede”, ressalta Salazar. A terceira propriedade invadida é a fazenda Persistência e fica localizada ao lado das duas outras propriedades. Ao todo, Aquidauana apresenta atualmente seis propriedades rurais invadidas.

O produtor rural, José Lippi, afirma que a propriedade está na família há mais de 30 anos e, até então, nunca teve problema com os indígenas antes. Lippi destacou que o gerente e sua família foram obrigados a se retirar o mais rápido possível e que agora está preocupado com a lida com os animais. “Temos 1,6 mil cabeças de bovinos que necessitam de lida diária. Nós precisamos tomar conta ou tirá-los do local o quanto antes. É uma situação que assusta, pois, nunca tivemos invasão aqui”, ressalta.

Segundo o presidente da Famasul, Nilton Pickler, as invasões desta segunda-feira (27) agravam o quadro de insegurança jurídica no campo no Estado. "O que aconteceu hoje em Aquidauana é infelizmente, mais um capítulo triste de uma história que parece não ter fim. Mais três fazendas, legalmente tituladas, que vão parar de produzir. Este cenário lamentavelmente nos coloca em total insegurança de produzir".

Para o assessor jurídico da Famasul, Carlo Daniel Coldibelli, a ação ocorrida hoje se trata de uma manobra de pressão para ampliação das demarcações. "Considerando que essas últimas invasões ocorreram em propriedades vizinhas a uma terra indígena já demarcada, a exemplo do que ocorreu em Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti, isso demonstra que a ação tem como objetivo político tentar desviar a atenção em relação à orientação do STF - Supremo Tribunal Federal em que o processo da Funai - Fundação Nacional do Índio não pode ser utilizado para ampliação de área indígena já demarcada".


Clique aqui (comentários? | Pontos: 0)


Página selecionada de 1351 páginas.
Fotos

Nova pagina 2


Notícias

Terça, julho 28
· DENILSO VENCE EM CAPITAN BADO, SERÁ O CANDIDATO E FUTURO INTENDENTE
· UFC
· CAFE DA MANHÃ
Segunda, julho 27
· COLIRIO
· Após mudança de data, Aciso acontece na quarta-feira (29) em Amambai
· FIQUE SABENDO
· da tarde
· ELEIÇÕES 2015
· NAS MALHAS DA LEI
· CAMPO GRANDE MS
· CAFE DA MANHÃ
Domingo, julho 26
·
· DENILSO VENCE EM CAPITAN BADO, SERÁ O CANDIDATO E FUTURO INTENDENTE
· DESCOBERTOS
· PONTA PORÃ
· GIRO POLICIAL
· FHC
· NOTICIAS
· ZECA DO PT
· FOTOS
· CAFE DA MANHÃ
Sábado, julho 25
· PARABENS CAPITAN BADO 101 ANOS DE GLORIAS
· FIM DE NOITE
· FIQUE SABENDO
· FIM DE TARDE
· Fluminense Dívida
· Casal deixa filho deficiente sozinho e sai para beber
· Governo reduz pauta do diesel e preço deve cair nos postos
· Motociclista de 48 anos é encontrado morto na BR-262
· Bandidos seguem vítima e a fazem refém para roubar caminhonete

 Calendario de Eventos
Julho 2015
  1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  

Eventos

 Hora Certa

 Amigos do Site!

Image and video hosting by TinyPic




RondPoint Web Services Web site powered by MEGAWEB